Você está na página 1de 55

alfaconcursos.com.

br

SUMÁRIO
Questões sobre a aula ....................................................................................................................................... 2
Gabarito ........................................................................................................................................................... 21
Questões Comentadas..................................................................................................................................... 23

MUDE SUA VIDA!


1
alfaconcursos.com.br

QUESTÕES SOBRE A AULA

1. Leia as afirmações abaixo referentes à colonização das Américas e assinale a única


alternativa correta.
I – Os primeiros colonos tinham diversas origens e condições sociais: degredados,
mulherespara serem leiloadas como esposas, órfãos, camponeses sem terra, grupos religiosos
fugidos da perseguição de que eram vítimas na Europa.
II – O modelo de colonização consistia em conceder a um colono o direito de escravizar
certonúmero de indígenas para fazê-los trabalhar na exploração de ouro, na agricultura ou em
serviços domésticos.
III – Houve preferência, desde cedo, à produção agrícola de larga aceitação na Europa,
comoo fumo, o algodão e o anil, em grandes propriedades monocultoras e com utilização de
mão deobra escrava.
IV – Era ideia entre boa parte dos colonos a visão de Calvino, para quem o ócio é pecado e
enriquecer trabalhando é indício de que o indivíduo seria salvo.
V – Nos primeiros contatos, os astecas pensaram que os colonizadores eram deuses e os
presentearam com ouro.
VI – Os colonos viam o trabalho como coisa para etnias consideradas inferiores.

Pode-se afirmar que

a) I, III e V referem-se à colonização inglesa na América do Norte.


b) II caracteriza a colonização portuguesa na América do Sul e as de números IV e VI, a
colonização inglesa na América do Norte.
c) I caracteriza a diversidade de colonos que chegaram às 13 Colônias após o desembarque
do navio Mayflower; a de número III, a colonização portuguesa no extremo sul do Brasil;
e a de número V descreve a forma como foram recebidos os colonizadores espanhóis ao
chegar ao Peru.
d) II foi adotada pelos espanhóis nas Américas; a de número III era uma forma comum de
produção nas colônias do Sul dos Estados Unidos; e a de número VI era a visão de boa
parte dos colonizadores que chegaram ao Brasil a partir do Século XVI.
e) I descreve claramente a variedade de colonos portugueses que aportaram no Brasil; a
de número IV era a visão da maior parte dos colonizadores espanhóis nas Américas; e a
de número V caracteriza a forma como foram recebidos os ingleses nas Antilhas.

2. Observe as ideias de três pensadores da Idade Moderna.


– Adam Smith (escocês), em sua obra A riqueza das nações, afirmava que a única fonte de
riqueza era o trabalho, e não a terra.
– A ideia central da doutrina de Karl Marx (alemão) é que a “história das sociedades
humanas é a história da luta de classes”.
– Thomas Malthus (inglês), em sua obra Ensaio sobre o princípio da população, escreveu
que a natureza impõe limites ao progresso material, já que a população cresce em progressão
geométrica, enquanto a produção de alimentos aumenta em progressão aritmética.

MUDE SUA VIDA!


2
alfaconcursos.com.br

Pode-se afirmar que

a) os três pensadores defendem o liberalismo clássico.


b) as três ideias propõem a ditadura do proletariado.
c) Adam Smith propõe o liberalismo clássico, Thomas Malthus e Karl Marx, o socialismo
utópico.
d) Thomas Malthus e Adam Smith defendem o pensamento liberal clássico e Karl Marx foi
um dos autores do socialismo científico.
e) Karl Marx e Adam Smith são considerados anarquistas, e Thomas Malthus, socialista
utópico.

3. Pedro I abdicou do trono, em 1831, em favor de seu filho Pedro de Alcântara, iniciando-
se no Brasil o Período Regencial. A partir de 1840 e durante todo o período imperial, a
vida política do País passou a ser dominada pelos
a) liberais e conservadores.
b) conservadores e socialistas.
c) liberais e republicanos.
d) comunistas e republicanos.
e) liberais e anarquistas.

4. O movimento intelectual conhecido como Iluminismo ocorreu no século XVIII. Leia as


informações abaixo.
I- O pensamento político e econômico dos iluministas correspondia aos anseios da
burguesia e ambos se opunham ao Positivismo.
II- O período ficou conhecido como o Século das Luzes.
III- O Iluminismo combateu o absolutismo monárquico, o mercantilismo e o poder da
Igreja.
IV- O Iluminismo encontrou forte resistência entre os adeptos do liberalismo.

Estão corretas

a) as afirmativas I, II, III, IV.


b) apenas as afirmativas I e II.
c) apenas as afirmativas III e IV.
d) apenas as afirmativas I e IV.
e) apenas as afirmativas II e III.

5. Com relação às Reformas Religiosas ocorridas na Europa no século XVI, podemos afirmar
que
a) foram reflexo de disputas políticas entre os jesuítas e o papa.
b) tinham o objetivo de estabelecer a venda de indulgências para os pecadores.
c) permitiram à Igreja Católica uma total hegemonia religiosa na Alemanha.
d) só foram possíveis graças às decisões adotadas no Concílio de Trento.

MUDE SUA VIDA!


3
alfaconcursos.com.br

e) na Inglaterra foram promovidas pelo rei Henrique VIII.

6. Os últimos anos do século X foram marcados, na Europa Ocidental, pela diminuição das
invasões bárbaras e pela queda da mortandade por epidemias. Tais fatos geraram
estabilidade e crescimento demográfico. A partir do século XI, o continente
experimentaria profundas transformações que levariam ao que se conhece como
Renascimento Comercial.
Com relação ao acima exposto, é correto afirmar que
a) o Iluminismo gerou uma mentalidade de busca pela prosperidade material, o que levou
ao incremento de práticas comerciais.
b) o restabelecimento de rotas comerciais com a Oceania favoreceu o estabelecimento de
novas empresas de comércio na Europa.
c) os avanços tecnológicos elevaram a quantidade da produção agrícola e o excedente
passou a ser vendido.
d) as Cruzadas impediram a circulação de mercadorias entre o Ocidente e o Oriente.
e) a intensificação do comércio provocou o enfraquecimento de feiras regulares nos
cruzamentos das rotas comerciais.

7. As viagens mercantis e os descobrimentos de rotas marítimas e de terras além-mar


ocorridas no que conhecemos por expansão europeia, mudou o mundo conhecido até
então.
Foram etapas na conquista dos novos caminhos, rotas e descobrimentos os seguintes
eventos:
1. Bartolomeu Dias atingiu a extremidade sul do continente africano, nomeando-a de Cabo
das Tormentas.
2. Fernão de Magalhães, português, deu início à primeira viagem ao redor da Terra.
3. Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil.
4. Conquista de Ceuta pelos portugueses.
5. Cristóvão Colombo descobriu o que julgou ser o caminho para as Índias, mas na verdade
havia aportado em terras desconhecidas.

A sequência cronológica correta dos fatos listados é


a) 1, 2, 3, 4 e 5.
b) 3, 5, 4, 1 e 2.
c) 5, 2, 1, 4 e 3.
d) 2, 4, 1, 5 e 3.
e) 4, 1, 5, 3 e 2.

8. Os fragmentos de texto abaixo foram extraídos de VICENTINO e DORIGO (2011) e se


referem à Igreja Medieval.
I - Pouco a pouco, a Igreja foi “se transformando na maior proprietária de terras da Idade
Média e construindo fortes vínculos com a estrutura feudal” .
II - Viviam afastados das tentações do mundo por meio do isolamento em abadias e de
votos de castidade, pobreza e silêncio. Com o tempo, num mundo em que uma restrita minoria
era

MUDE SUA VIDA!


4
alfaconcursos.com.br

alfabetizada, as igrejas, os mosteiros e as abadias converteram-se nos principais centros


da cultura letrada.
III - Viviam apegados aos bens materiais e em contacto com a sociedade, a terra, a
administração e a exploração das riquezas.
IV - A proibição de casamento rigorosamente aplicada a partir do Século XI liberava os
padres dos compromissos conjugais e contribuía, além disso, para a mautenção do patrimônio
eclesiástico feudal, ao evitar a divisão entre possíveis herdeiros dos membros do clero.

Os fragmentos I, II, III e IV referem-se, respectivamente, ao

a) poder temporal, clero secular, clero regular e celibato clerical.


b) celibato clerical, clero regular, clero secular e poder temporal.
c) clero secular, celibato clerical, poder temporal e clero regular.
d) poder temporal, clero regular, clero secular e celibato clerical.
e) clero regular, clero secular, poder temporal e celibato clerical.

9. No período compreendido entre o fim da Segunda Guerra Mundial e o início da década


de1980, a União Soviética se consolidou como uma superpotência, polarizando com os
Estados Unidos da América a disputa pela hegemonia mundial. (AZEVEDO e SERIACOPI,
2013).
Dentro do bloco comunista a insatisfação aumentava cada vez mais, sobretudo nos países
do Leste Europeu. Na Polônia , operários do estaleiro de Gdansk organizaram o sindicato
Solidariedade, liderados por Lech Walesa.

Sobre o sindicato Solidariedade, no período assinalado, podemos afirmar que


a) foi rapidamente absorvido pelo governo comunista que viu a necessidade de ouvir os
operários.
b) era entidade livre de influências do partido comunista.
c) conseguiu de imediato participar das eleições presidenciais, porém, por ser um partido
da classe operária, não obteve êxito.
d) conseguiu apoio dos soviéticos que pretendiam ter o controle sobre todos os sindicatos
do mundo comunista.
e) foi extinto, pois, em países de ideologia comunista, o governo representa a classe dos
trabalhadores,não necessitando, portanto, de sindicatos.

10. Acreditando que somente através da renúncia aos desejos e às necessidades mundiais
eleiria ao encontro da verdade espiritual, limitou suas posses ao essencial. Dentre os seus
poucospertences pessoais, conservava um exemplar do Bhagavad Gita, texto sagrado para
os hindus.
Violência e excessos eram igualmente repugnantes para ele. (Adaptado de A Sombra dos
Ditadores. São Paulo, Abril Livros, 1992. p. 113. Coleção Time-Life, In COTRIM, 2007)

O texto acima descreve parte do temperamento de

a) Jawaharlau Nehru, lider do Partido do Congresso, que lutava pela emancipação da Índia.

MUDE SUA VIDA!


5
alfaconcursos.com.br

b) Mahatma Gandhi, líder indiano que se opunha à dominação inglesa.


c) Muhammad Ali Jinnh, líder da Liga Muçulmana, que tinha como objetivo a criação de um
estado muçulmano independente no Indostão.
d) Nelson Mandela, líder sul-africano, que lutava contra o apartheid.
e) Martin Luther King, pacifista norte-americano, que lutava pela igualdade de direitos
entre brancos e negros.

11. Em 1985, toma posse na Presidência da República o Sr. José Sarney. Com o objetivo de
ganhar apoio popular e se firmar no poder, implantou, no início de seu mandato, o Plano
Cruzado, que, entre outras medidas, estabelecia
a) a criação de uma nova moeda, o cruzeiro, para substituir o cruzado.
b) eliminou vários impostos sobre importação, facilitando a entrada de um enxurrada de
mercadorias estrangeiras no País.
c) a criação do “gatilho salarial”, isto é, um reajuste automático dos salários sempre que a
inflação acumulada atingisse 20%.
d) lançou o programa “Fome Zero”, que combinava políticas estruturais voltadas para as
causas da pobreza e específicas de educação alimentar.
e) anunciou o fim do período de estatização da economia no País e deu início a um
programa de privatizações.

12. No fim do Século XVIII, era grande a insatisfação com a carestia e a opressão colonial. A
isso se somava a simpatia que muitas pessoas demonstravam em relação às lutas pela
emancipação do Haiti (1791-1804) e à Revolução Francesa (1789). Para difundir esta
ideia fundou-se a loja maçônica Cavaleiros da Luz.
Em agosto de 1798, alguns conspiradores afixaram em muros e postes da cidade
manifestos exortando a população à revolução. Os panfletos pregavam a proclamação da
República, a abolição da escravidão, melhores soldos para os militares, promoção de oficiais,
liberdade de comércio, etc.
Denunciado por um traidor, o movimento foi esfacelado. Alguns participantes foram
presos, outros fugiram e quatro foram condenados à morte: Luís Gonzaga das Virgens, Lucas
Dantas de Amorim Torres, João de Deus do Nascimento e Manuel Faustino dos Santos.
(adaptado de ARRUDA & PILETTI, p.351)

O texto acima descreve, em parte, a

a) Revolta dos Alfaiates, ocorrida em Salvador, Bahia.


b) Inconfidência Mineira, desencadeada em Ouro Preto, Minas Gerais.
c) Revolta de Beckman, que teve por palco São Luís, Maranhão.
d) Confederação do Equador, ocorrida em Recife, Pernambuco.
e) Cabanagem, ocorrida em Belém, Pará.

13. A Revolução Industrial, que teve lugar na Inglaterra do século XVIII, pode ser definida
como uma transformação sem precedentes no modo da produção manufatureira que
trouxe profundas mudanças na estrutura social e econômica da sociedade. Teve papel
preponderante na sua ocorrência

MUDE SUA VIDA!


6
alfaconcursos.com.br

a) o Cartismo.
b) o Ludismo.
c) uma ampla geração de energia elétrica.
d) a obtenção de empréstimos financeiros obtidos da França.
e) a Revolução Gloriosa que favoreceu o capitalismo.

14. Em 1578, dom Sebastião, rei de Portugal, morre na batalha de Alcácer-Quibir. Sem
descendentes, o trono foi entregue a seu tio dom Henrique, que viria a falecer dois anos
depois, sem deixar herdeiro. Depois de acirrada disputa, a Coroa portuguesa acabou nas
mãos de Filipe II, rei espanhol, dando início à chamada União Ibérica. Com esta união, um
tradicional inimigo da Espanha torna-se inimigo de Portugal. Das opções abaixo, assinale
aquele que se tornou inimigo de Portugal.
a) Holanda
b) Alemanha
c) Itália
d) Inglaterra
e) EUA

15. As relações entre a metrópole e a colônia foram regidas pelo chamado pacto colonial,
sendo este aspecto uma das principais características do estabelecimento de um sistema
de exploração mercantil implementado pelas nações europeias com relação à América.
Com relação ao Brasil, do que constava este pacto?
a) As colônias só poderiam produzir artigos manufaturados.
b) A produção agrícola seria destinada, exclusivamente, à subsistência da colônia.
c) A produção da colônia seria restrita ao que a metrópole não tivesse condições de
produzir.
d) A colônia poderia comercializar a produção que excedesse às necessidades da
metrópole.
e) Portugal permitiria a produção de artigos manufaturados pela colônia, desde de que a
matéria – prima fosse adquirida da metrópole.

16. O século X é caracterizado, na Europa, pela desestruturação do Império Carolíngio e pelas


invasões de outros povos. Esta situação acabou intensificando um processo de
ruralização já em andamento e a procura da proteção militar oferecida pelos nobres e
guerreiros, por parte das pessoas pobres ou com menos recursos. Era o início do que
ficou conhecido como feudalismo. As instituições feudais se originaram de elementos
romanos e germânicos. São elementos germânicos:
a) economia agropastoril, comitatus, beneficiun.
b) comitatus, fragmentação do poder político, beneficiun.
c) colonato, comitatus, fragmentação do poder político.
d) comitatus, beneficiun, colonato.
e) fragmentação do poder político, economia agropastoril, beneficiun.

MUDE SUA VIDA!


7
alfaconcursos.com.br

17. Diante do impasse econômico-financeiro no País e de circunstâncias internacionais, os


governos brasileiros, no período de 1986 a 1994, tentaram reverter esta situação
combatendo a inflação e procurando retomar o crescimento através de vários planos
econômicos que foram implementados naquela época.
Para a conquista da estabilização econômica, foram implantados os seguintes planos
econômicos:

1. Plano Cruzado
2. Plano Collor
3. Plano Real
4. Plano Verão
5. Plano Bresser

A sequência cronológica correta dos planos listados é

a) 4, 2, 3, 1 e 5.
b) 3, 5, 4, 1 e 2.
c) 5, 2, 1, 4 e 3.
d) 2, 4, 1, 5 e 3.
e) 1, 5, 4, 2 e 3.

18. A Primeira Guerra Mundial inicia-se em 1914. Coerentes com seu tradicional
isolacionismo, os Estados Unidos da América adotam, a princípio, uma posição de
neutralidade. Com relação a esses fatos, é correto afirmar que:

a) os EUA resolveram declarar guerra à Alemanha em função da disputa por territórios


coloniais na África.
b) a entrada dos EUA na Guerra foi motivada pela revelação de uma proposta de pacto entre
a Alemanha e o México e pelo afundamento de um navio norte-americano.
c) a adesão dos EUA ao tratado da Tríplice Entente, em 1914, motivou a Alemanha a
declarar guerra aos EUA.
d) o ataque a instalações militares americanas na Europa foi o principal motivo que levou
os EUA a guerra contra a Alemanha.
e) os EUA se mantiveram neutros até o final da Guerra.

19. Leia as afirmações abaixo referentes à Revolução Francesa.


I - Sua principal função social era defender a nação.
II - Fase da Revolução Francesa que durou de 1794 até 1799.
III- Revoltas camponesas comuns na França na década de 1780.
IV- Defendiam um governo central forte, o voto universal e a participação popular na
direção do processo revolucionário.

Os fragmentos I,II,III e IV referem-se, respectivamente, ao, a(s)

MUDE SUA VIDA!


8
alfaconcursos.com.br

a) jacobinos, diretório, nobreza, jaqueries.


b) nobreza, diretório, jaqueries, jacobinos.
c) diretório, jaqueries, jacobinos, nobreza.
d) nobreza, jaqueries, diretório, jacobinos.
e) jaqueries, jacobinos, nobreza, diretório.

20. A crise do sistema feudal motivou uma série de mudanças sociais e culturais com o
revigoramento do comércio e das cidades, entre os séculos XI e XIII, na Europa. Nas
alternativas abaixo, assinale aquela que se relaciona com o surgimento da burguesia.

a) Os avanços tecnológicos adotados na agricultura não foram suficientes para ampliar o


comércio de alimentos, incentivando a produção e comercialização de bens
manufaturados.
b) A intensificação das invasões bárbaras motivou o surgimento de cidades fortificadas
onde a prática comercial era intensa.
c) A Peste Negra, por ser mais facilmente combatida nas cidades, onde havia melhores
condições de higiene, fez com que as cidades multiplicassem suas populações e
ampliassem as trocas comerciais.
d) O crescimento do comércio com o Oriente e o surgimento de feiras nas principais rotas
comerciais da Europa favoreceram o estabelecimento de uma nova classe social de
mercadores e artesãos, assim como o surgimento de várias cidades no interior europeu.
e) O advento da Guerra Santa desmotivou as práticas comerciais entre os artesãos e os
organizadores das Cruzadas, em função de sérias ameaças às rotas comerciais no
Oriente, limitando o comércio ao continente europeu.

21. Entre 1939 e 1945, o mundo foi abalado pela Segunda Guerra Mundial. O Brasil,
inicialmente, adotou uma posição de neutralidade, porém, em 1941, acordos
internacionais começaram a ser feitos, para apoiar os aliados. Sobre a participação
brasileira na Guerra é correto afirmar que
a) o governo brasileiro era totalmente favorável a acordos com os aliados desde o início do
conflito.
b) os alemães afundaram navios brasileiros no final de 1941.
c) a FEB participou da Campanha da Itália, como parte do 5º Exército Norte Americano.
d) a Alemanha declara guerra ao Brasil em 1941.
e) no Dia D, por ocasião do desembarque, o Brasil sofreu grandes perdas.

22. As reformas religiosas ocorridas na Europa no século XVI devem ser analisadas como
parte integrante do processo de transição do feudalismo para o capitalismo. Desta forma,
implicaram conflitos entre a doutrina religiosa que vigorava e as novas práticas
relacionadas à nova ordem econômica.
Assinale a alternativa que se refere aos conflitos apresentados.
a) Tomismo
b) Teologia Agostiniana

MUDE SUA VIDA!


9
alfaconcursos.com.br

c) Ato de Supremacia
d) Predestinação Absoluta
e) Prática da usura

23. Em 1781, o general inglês Cornwallis rendeu-se aos revoltosos norte-americanos, na


batalha de Yorktown, dando início às negociações que levaram a Inglaterra a reconhecer
os Estados Unidos da América como nação livre. Na formação desse novo estado pode-se
destacar
a) um poder central forte e nenhuma autonomia política e administrativa aos estados
membros.
b) a adoção do sistema parlamentarista.
c) a participação política dos indígenas e negros.
d) um poder central muito fraco e estados membros com muita autonomia política e
administrativa.
e) a formação de um estado com base em ideias oriundas do Iluminismo.

24. No século XIX, uma corrente de filósofos acreditava ser possível reformar o capitalismo
pormeio da ação do estado ou da associação dos trabalhadores em cooperativas
autogeridas. Esses princípios são denominados
a) Materialismo Histórico.
b) Socialismo Utópico.
c) Socialismo Científico.
d) Liberalismo.
e) Anarquismo.

25. No início do século XIV, a China era a maior potência mundial e empenhava-se
intensamente na expansão marítima e comercial, chegando à Índia, quase um século antes
de Cabral. Os chineses estiveram no sul da África Oriental e no Mar Vermelho, enquanto os
portugueses mal iniciavam sua exploração na costa norte da África. Entretanto, antes de
1440, a expansão marítima chinesa estagnou.

Aponte, dentre as opções abaixo, aquela que apresenta a causa para o sucesso da
exploração marítima portuguesa.

a) O fato de os portugueses não terem desenvolvido tecnologias relacionadas à navegação


ultramarina não afetou suas ações exploratórias.
b) Em Portugal, a centralização monárquica só ocorreria no final do Século XIII, sendo este
fato de pouca influência no processo exploratório dos portugueses além-mar.
c) As finanças portuguesas não estavam estabilizadas e dificultaram os investimentos
necessários para os projetos relacionados às navegações, o que fez com que D. Henrique
procurasse financiamento público com os soberanos espanhóis.
d) Portugal, apesar da guerra de emancipação política com a Espanha, manteve a busca por
conhecimento para a consecução das grandes navegações.

MUDE SUA VIDA!


10
alfaconcursos.com.br

e) Em Portugal, as explorações foram conduzidas com recursos de empresas comerciais


privadas e apoio governamental.

26. No início do século XVIII, a concorrência das Antilhas fez com que o preço do açúcar
brasileiro caísse no mercado europeu. Os proprietários de engenho, em Pernambuco,
para minimizar os efeitos desta crise, recorreram a empréstimos junto aos comerciantes
da Vila de Recife. Esta situação gerou um forte antagonismo entre estas partes, que se
acirrou quando D. João V emancipou politicamente Recife, deixando esta de ser vinculada
a Olinda. Tal fato desobrigou os comerciantes de Recife do recolhimento de impostos a
favor de Olinda. O conflito que eclodiu em função do acima relatado foi a

a) Revolta de Beckman.
b) Guerra dos Mascates.
c) Guerra dos Emboabas.
d) Insurreição Pernambucana.
e) Conjuração dos Alfaiates.

27. O território brasileiro é, atualmente, bem maior do que as terras atribuídas a Portugal
pelo Tratado de Tordesilhas. A expansão da colônia ocorreu graças à ação de
bandeirantes, missionários, militares e pecuaristas que ocuparam as vastidões pouco
exploradas das áreas de ambos os lados da linha de Tordesilhas. O tratado em que a
França renuncia às terras que ocupava na margem esquerda do rio Amazonas e aceita o
rio Oiapoque como limite entre a colônia portuguesa e a Guiana Francesa é o
a) Segundo Tratado de Ultrech.
b) Tratado de Santo Ildefonso.
c) Tratado de Madri.
d) Tratado de Badajós.
e) Primeiro Tratado de Ultrech.

28. No início da Era Moderna, a Igreja Católica foi abalada por uma série de acontecimentos
que levaram a significativas mudanças internas e ao surgimento de novas religiões na
Europa. Entre as ideias dos principais reformadores e contra – reformadores, podemos
encontrar a(o):
I-Criação do Index.
II-Predestinação.
III-Criação da Companhia de Jesus.
IV-Uso da língua inglesa.
V-A Bíblia como fonte de fé e livre exame.
VI-Extinção da hierarquia eclesiástica.

Assinale, abaixo, a alternativa que apresenta ideias relacionadas com a Igreja Calvinista.

a) III, V e VI.
b) I, II e VI.
c) II, V e VI.

MUDE SUA VIDA!


11
alfaconcursos.com.br

d) I, II e V.
e) II, IV e V.

29. “Tendo subido os degraus da democracia, Hitler jogou a escada fora.”


Blainey, Geofrei em Uma Breve História da Século XX
De 1919 a 1933, a Alemanha viveu sob o signo da “República de Weimar”, primeira
experiência democrática da história alemã. Junto com a República de Weimar, nasceu o
Partido Nazista, que pregava, entre outras coisas: a existência da raça ariana; o
nacionalismo exacerbado; o totalitarismo; e o anticomunismo. Em 1932, o Partido
Nazista conquistou, democraticamente, 230 cadeiras no Parlamento, e Hitler foi
nomeado Chanceler. A partir daí, houve uma espiral totalitarista que resultou na 2ª
Guerra Mundial.

Aponte, dentre as alternativas abaixo, aquela que explica a ascensão democrática dos
Nazistas ao poder.

a) A Revolução Russa de 1917 já havia instaurado o comunismo em países como a Polônia,


a Hungria e a Tchecoslováquia e continuava avançando em direção à Europa Ocidental,
causando medo na população alemã, que resolveu eleger um partido claramente
anticomunista.
b) A grave crise econômica iniciada com a queda da Bolsa de Nova York, em 1929,
aumentou ainda mais o sentimento de humilhação imposto pelo Tratado de Versalhes,
gerando em grande parte da população o desejo por um líder carismático capaz de
resgatar a honra nacional. Isso justificava a escolha de um partido ultranacionalista que
promulgava a existência de uma raça superior.
c) A morte do Presidente alemão Paul von Hindenburg levou à necessidade de escolher
outro líder carismático, com capacidade de resgatar a honra nacional. Hitler, do Partido
Nazista, personificava esse líder.
d) O Fascismo na Itália, um regime claramente ditatorial, estava se expandindo por outros
países da Europa, como Portugal, Hungria e Polônia. Isso amedrontou a população
alemã, que optou por eleger, democraticamente, o Partido Nazista.
e) O sucesso da Guerra Civil Espanhola, que derrotou o socialismo naquele país, com apoio
do Partido Nazista, trouxe esperanças ao povo alemão, que resolveu eleger seus
integrantes.

30. “… Caxias tinha visão certa de que pacificar é um esforço por costurar… de concessões
recíprocas, de vontade sincera, tudo voltado para a conciliação...
“Neto, Jonas Correia em Revista Militar / Edição comemorativa do Bicentenário de Caxias,
2003, pág 9

O fragmento de texto acima ressalta uma das características marcantes de Luiz Alves de
Lima e Silva, o Duque de Caxias, evidenciada durante sua carreira militar: ser um
pacificador.

MUDE SUA VIDA!


12
alfaconcursos.com.br

Das rebeliões listadas abaixo, ocorridas no Brasil durante os 1º e 2º Reinados, as que


tiveram participação efetiva de Caxias foram a
a) Revolta dos Malês; e Questão Religiosa.
b) Sabinada; e Guerra dos Farrapos.
c) Cabanagem; e Revolução Praieira.
d) Conjuração baiana; e Sabinada.
e) Balaiada; e Guerra dos Farrapos.

31. As ideias iluministas começaram a circular no Brasil na segunda metade do século XVIII.
Elas refletiram-se em vários campos da atividade e do conhecimento humano. Assinale,
dentre as alternativas abaixo, aquela que apresenta um filósofo deste período, cujo
pensamento incentivou, de forma relevante, a Inconfidência Mineira.
a) Jean-Jacques Rousseau
b) Adam Smith
c) François Quesnay
d) Vicent de Gournay
e) Nicolau Maquiavel

32. Pouco depois da 1ª Guerra Mundial, em 28 de abril de 1919, os membros da Conferência


de Paz de Versalhes aprovaram a criação da Liga das Nações, atendendo a uma proposta
do presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson. Aponte, nas alternativas abaixo, o
país que não participou da Liga das Nações, com o respectivo motivo.
a) Estados Unidos, porque teve sua participação vetada pelo Senado Americano.
b) Inglaterra, porque, sendo uma ilha, não viu necessidade de participar da Liga.
c) França, porque era inimiga da Alemanha e queria sua destruição e não um acordo.
d) Itália, que não teve direito de participar porque inicialmente integrou a Tríplice Aliança.
e) Brasil, porque, sendo um país sul-americano, estava muito longe da guerra.

33. 41. O barrete frígio ou barrete da liberdade, constante da imagem ao lado, é uma espécie
de touca ou carapuça, originariamente utilizada pelos moradores da Frígia (antiga região
da Ásia Menor, onde hoje está situada a Turquia). Foi adotado, na cor vermelha, pelos
republicanos franceses que lutaram pela tomada e queda da Bastilha em 1789, que
culminou com a instalação da Primeira República Francesa em 1793.

As ideias a seguir também estão relacionadas com a Revolução Francesa.


I - Período do Terror
II - Segundo Estado
III - Primeiro Estado
IV - Jacobinos
V - Girondinos
VI - Comitê de Salvação Pública

Assinale a alternativa que apresenta as ideias relacionadas à Revolução Francesa e que


estejam ligadas à imagem acima.

MUDE SUA VIDA!


13
alfaconcursos.com.br

a) I, II e IV.
b) II, IV e V.
c) IV, V e VI.
d) I, IV e VI.
e) II, III e VI.

34. Após a 2ª Guerra Mundial, iniciou-se um período de fortes tensões políticas que duraram
até 1989, conhecido como “Guerra Fria”. Durante esse período, diversos conflitos foram
travados, realçando a disputa entre o comunismo e o capitalismo. Dentre esses conflitos,
o de maior duração, que representou uma séria derrota militar para o capitalismo, foi a
a) Guerra do Vietnã.
b) Guerra da Coreia.
c) Guerra do Iraque.
d) Guerra do Afeganistão.
e) Guerra do Pacífico.

35. O Estado Novo foi um período da chamada “Era Vargas”, em que o presidente tinha os
mais amplos poderes. Das alternativas abaixo, aponte aquela que corresponde a um
evento ocorrido durante o Estado Novo.
a) A população paulista deflagrou a chamada Revolução Constitucionalista.
b) Foi criado o Ministério da Educação e Saúde, em novembro de 1930.
c) Eclodiu a Intentona Comunista.
d) O Governo aprovou a Lei de Sindicalização, que definia os sindicatos como órgãos
consultivos.
e) O Brasil participou da 2ª Guerra Mundial com a Força Expedicionária Brasileira.

36. O conflito ocorrido no final do Século XIX, caracterizado pelo caráter messiânico
(religioso) e de contestação social, foi a
a) Guerra do Contestado.
b) Revolta da Armada.
c) Revolta Federalista.
d) Revolta da Vacina.
e) Guerra de Canudos.
37. Portugal foi um dos primeiros países europeus a pôr em prática uma eficiente
centralização político-administrativa. Em 1383, para solucionar problemas relacionados a
sua sucessão dinástica e, também, para evitar a sua anexação pelo reino de Castela,
deflagrou-se um movimento que ficou conhecido como Revolução de Avis. Esta levou ao
poder Dom
a) Manuel.
b) João.
c) Afonso Henriques.
d) Dinis.

MUDE SUA VIDA!


14
alfaconcursos.com.br

e) Fernando.

38. No período do Renascimento, ocorreram mudanças significativas na produção cultural


europeia. Considerando:
I- o desenvolvimento da Teoria do Heliocentrismo
II- o desenvolvimento da imprensa
III- a estratificação da sociedade
IV- a ação dos mecenas

Assinale abaixo o item que apresenta os aspectos que influenciaram o aumento da


produção cultural renascentista, assim como da sua qualidade.
a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) II e IV
e) III e IV

39. Do ponto de vista econômico, o sistema de capitanias, implantado em 1534, não alcançou
os resultados esperados pelos portugueses. Entre as poucas capitanias que progrediram
e obtiveram lucros, principalmente com a produção de açúcar, estavam as de
a) Rio Grande e Itamaracá.
b) São Vicente e Rio Grande.
c) Santana e Ilhéus.
d) Maranhão e Pernambuco
e) São Vicente e Pernambuco.

40. Durante o período conhecido por União Ibérica, ocorreu o Embargo Espanhol ao
comércio das colônias portuguesas com os holandeses. Isto motivou a Holanda a atacar
o Nordeste brasileiro com a finalidade de romper o embargo e reativar as rotas
comerciais entre o Brasil e a Europa. É fato relacionado à primeira investida dos
holandeses ao Brasil, ocorrida em 08 de maio de 1624, a (o)(s)

a) conquista de Porto Calvo por Matias de Albuquerque.


b) ocupação de Salvador.
c) governo de Maurício de Nassau.
d) fundação do Arraial do Bom Jesus.
e) Batalhas de Guararapes.

41. Durante a Idade Moderna, ocorreu o fortalecimento gradual dos governos das
monarquias nacionais em grande parte da Europa. Desse processo resultou o
absolutismo monárquico. Dentre os argumentos usados para se justificar tal condição,
havia um que definia o poder absoluto como condição necessária para a manutenção da
paz e do progresso. Assinale a alternativa abaixo que apresenta o responsável por tal
pensamento.

MUDE SUA VIDA!


15
alfaconcursos.com.br

a) Thomas Hobbes
b) Immanuel Kant
c) John Locke
d) Jean Le Rond D’ Alembert
e) Jacques Bossuet

42. A partir de 1764, o governo inglês adotou medidas que aumentaram a arrecadação fiscal
e restringiram a autonomia das 13 colônias norte-americanas. Nas alternativas abaixo,
assinale a medida que provocou o protesto dos representantes das 13 colônias que
realizaram o Primeiro Congresso da Filadélfia.
a) Leis Intoleráveis
b) Lei do Chá
c) Lei dos Alojamentos
d) Lei do Selo
e) Lei do Açúcar

43. Procurando colocar em prática a politica de solidariedade esboçada no Congresso de


Viena, Alexandre I propôs, em 1815, a criação de uma organização militarizada,
denominada Santa Aliança entre as monarquias europeias tradicionais e cristãs.
Participaram da Santa Aliança o
a) Reino da Prússia, Império Francês e Império Britânico.
b) Império Austríaco, Império Britânico e Reino da Prússia.
c) Império da Rússia, Império Austríaco e Reino da Prússia.
d) Império da Rússia, Império Francês e Império Britânico.
e) Império Britânico, Império Austríaco e Império Francês.

44. Quase duas décadas depois da Conjuração Baiana, durante a estada da Família Real
portuguesa no Brasil e o governo de D. João VI, ocorreu um levante emancipacionista em
Pernambuco que ficaria conhecido como Revolução Pernambucana. Um dos motivos
desta revolta foi
a) o fim do monopólio comercial de Portugal sobre a colônia.
b) a grande seca de 1816.
c) a elevação do Brasil a Reino Unido a Portugal e Algarves.
d) a liberação da atividade industrial no Brasil.
e) a cobrança forçada de impostos atrasados.

45. Em 1834, numa tentativa de harmonizar as diversas forças em conflito no País, grupos
políticos, como o dos moderados, promoveram uma reforma na Constituição do Império,
mediante a promulgação do Ato Adicional. Observe os enunciados abaixo.
I- Criação do Conselho de Estado.
II- Criação das Assembleias Legislativas provinciais.
III- A regência deixava de ser trina para se tornar una.
IV- Fundação do Clube da Maioridade.

MUDE SUA VIDA!


16
alfaconcursos.com.br

Assinale a opção em as afirmativas estão relacionadas ao Ato Adicional.

a) I e II
b) II e IV
c) II e III
d) I e IV
e) III e IV

46. O início do período republicano no Brasil foi marcado por uma série de conflitos que
culminaram com a Revolução de 1930, que levou Getúlio Vargas ao poder. Abaixo estão
listados atos e fatos relacionados a nossa história.
I- Modelo econômico agroexportador.
II- Comissão Verificadora de Poderes.
III- Possibilidade do Presidente nomear Interventores estaduais.
IV- Criação da Consolidação das Leis Trabalhistas.

Assinale a opção que apresenta elementos relacionados à Primeira República.

a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) II e IV
e) III e IV

47. No início do século XX, os trabalhadores brasileiros se organizaram para defenderem


seus direitos. Duas ideologias oriundas do século XIX predominavam nesta época: o
comunismo e o anarquismo. Avalie as afirmações abaixo.
I- Defendia a conquista do Estado e o estabelecimento de uma ditadura.
II- Era contraria a existência do Estado.
III- Valorizava o partido politico como meio de organizar as lutas.
IV- Não concordava com as eleições pois viam nestas um meio de manipulação do povo.

A opção que apresenta os fatos relacionados à doutrina do Anarquismo é


a) I e II.
b) II e IV.
c) I e IV.
d) II e III.
e) I e III.

48. Entre 1945 e 1964, existiam no Brasil dois projetos de Nação que disputavam a
preferência dos eleitores, o nacional estatismo, liderado por Getúlio Vargas, e o

MUDE SUA VIDA!


17
alfaconcursos.com.br

liberalismo conservador, liderado por Carlos Lacerda. Avalie as informações abaixo


listadas.
I- O Estado devia intervir na economia.
II- Abertura total às empresas e aos capitais estrangeiros.
III- O Brasil deveria alinhar-se com os EUA incondicionalmente.
IV- Criação das empresas estatais em áreas estratégicas.

A alternativa que apresenta propostas do liberalismo conservador é

a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) II e IV.
e) III e IV.
49. O Mundo Feudal baseava-se em uma sociedade rigidamente hierarquizada, na qual os
indivíduos encontravam-se subordinados uns aos outros por laços de dependência pessoal.
Havia uma grande massa de camponeses presos à terra, que viviam sob o domínio dos
senhores feudais e que se dividiam em dois grupos com características particulares:
a) Suseranos e vassalos
b) Cavaleiros e soldados
c) Servos e baixo clero
d) Servos e vilões
e) Vilões e salteadores

50. Que monarca francês representou o ponto culminante do Absolutismo em seu país e cujo
ministro, Colbert, lançou as bases do Mercantilismo, no período de 1643 a 1715?
a) Cardeal Richelieu
b) Henrique VIII
c) Luís XVI
d) Felipe II
e) Luís XIV

51. Muitos europeus acreditavam que, em direção ao sul, o mar seria habitado por monstros
e estaria sempre em chamas. Se arriscassem cruzar o oceano Atlântico, à época conhecido
como mar Tenebroso, iriam se deparar com o fim do mundo. Mesmo assim, os
portugueses se lançaram às Grandes Navegações, no final do século XV.
Considerando:
I – A Tomada de Constantinopla pelos turcos otomanos;
II – A Criação da Companhia das Índias Ocidentais;
III – A existência de um poder centralizador e de um Estado unificado;
IV – A descoberta da imensa mina de prata em Potosí pelos lusitanos;
V – A invenção da bússola pelos portugueses na Escola de Sagres.
Assinale abaixo a alternativa que apresenta as causas que levaram à Expansão Marítima
Portuguesa.

MUDE SUA VIDA!


18
alfaconcursos.com.br

a) I e II
b) I e III
c) I, II e III
d) III e IV
e) IV e V

52. No começo do século XVI, interessado em construir a basílica de São Pedro, em Roma, o
Papa Leão X negociou com o banqueiro Jacob Függer a venda das indulgências, que
garantiriam o perdão dos pecados àqueles fiéis que as comprassem. Esse abuso do poder
exercido pelo Papa causou profunda revolta em um monge do Sacro Império Romano-
Germânico chamado:
a) Erasmo de Roterdã
b) Thomas Morus
c) Pieter Bruegel
d) Martinho Lutero
e) Nicolau Copérnico

53. Na segunda metade do século XVIII, durante a administração do marquês de Pombal


(1750 a 1777), foram adotadas medidas que objetivavam tornar mais ágil e eficiente a
administração da colônia portuguesa do Brasil, dentre as quais se destaca:
a) a elevação do Estado do Brasil à categoria de Reino Unido a Portugal e Algarve.
b) o reconhecimento da importância das Regiões do Sul e Sudeste, em função do
incremento do ciclo econômico do café.
c) a transferência da capital do estado do Brasil, de Salvador para o Rio de Janeiro.
d) o estado do Grão-Pará e Maranhão recebeu a denominação de estado do Maranhão.
e) a restauração do sistema de Capitanias Hereditárias.

54. Assim como os fenômenos físicos – diziam os iluministas -, as relações entre os indivíduos
são regidas pelas leis da natureza. Os pensadores iluministas podem ser divididos em
dois grupos: os filósofos e os economistas. Respectivamente, são representantes desses
dois grupos:
a) Voltaire e Adam Smith.
b) Diderot e Montesquieu.
c) Piaget e François Quesnay.
d) Vincent de Gournay e Voltaire.
e) François Quesnay e Sartre.

55. A industrialização da segunda metade do século XVIII, particularmente na Inglaterra,


iniciou- se com a mecanização do setor têxtil, cuja produção tinha amplos mercados nas
colônias inglesas. Qual tratado abriu as portas das colônias portuguesas para as
manufaturas inglesas?
a) Tratado de Utrecht, de 1713.
b) Tratado de Methuen, de 1703.
c) Tratado de Paris, de 1763.

MUDE SUA VIDA!


19
alfaconcursos.com.br

d) Tratado de Madri, de 1750.


e) Tratado de Utrecht, de 1715.

56. Embora estivessem subordinadas às leis inglesas, as Treze Colônias norte-americanas


gozavam de certa autonomia no que dizia respeito aos assuntos internos. No século XVIII,
as relações entre as Colônias e Londres se deterioraram pouco a pouco. Os conflitos se
acirraram em 1773, levando o Parlamento britânico a aprovar medidas restritivas em
relação à Assembleia de Massachusetts, nas Treze Colônias, que foram denominadas
como:
a) Atos de Navegação de Cromwell.
b) Pacto do Mayflower.
c) Leis Intoleráveis.
d) Primeiro Congresso Continental.
e) Leis Townshend.

57. Ideias republicanas estavam presentes entre os brasileiros há tempos. No século XVIII,
inspiraram movimentos contra o domínio português. Em 1870, um grupo de políticos
lançou, no Rio de Janeiro, o Manifesto Republicano. Os seguintes episódios, ocorridos na
segunda metade do século XIX, abalaram o Império Brasileiro. Considerando os seguintes
fatos:
I – Questão Militar.
II – Questão de Fronteiras.
III – Questão Religiosa.
IV – Questão da Cisplatina.
V – Questão Abolicionista.

Assinale abaixo a alternativa em que todas as proposições estão corretas no que se refere
às questões que contribuíram para o fim do período Imperial Brasileiro.

a) I e II.
b) I, II e III.
c) I, III e V.
d) III, IV e V.
e) IV e V.

58. O ano de 1930 foi difícil para os cafeicultores brasileiros. De acordo com o historiador
Boris Fausto, o volume de vendas do café caiu mais de 35% naquele ano. O motivo
fundamental para a queda nas exportações do produto foi a crise mundial do capitalismo.
A principal causa dessa crise mundial foi
a) a desindustrialização da economia norte-americana, que acabou por desabastecer o
mercado internacional.
b) a superprodução da indústria dos Estados Unidos da América, que cresceu além das
necessidades dos mercados interno e internacional.
c) a vigorosa industrialização da União Soviética, que supriu satisfatoriamente os
mercados interno e internacional.

MUDE SUA VIDA!


20
alfaconcursos.com.br

d) o excesso do capital financeiro na Europa, que afetou diretamente o surgimento de


governos democráticos na Península Ibérica.
e) a quebra da Bolsa de Moscou, que acabou por induzir falências de empresas e de bancos
e milhões de desempregados nos Estados Unidos.

59. Se, por um lado, a Guerra Fria significou a inexistência de um conflito direto entre as
superpotências, por outro, a disputa entre elas por áreas de influência em todo o mundo
deu-se de forma intensa. Uma conferência internacional, que reuniu 29 nações africanas
e asiáticas, em 1955, teve a intenção de ser uma alternativa à bipolarização mundial entre
os Estados Unidos e União Soviética . Esta conferência foi realizada em
a) Bandung.
b) Teerã.
c) Yalta.
d) Pan Munjon.
e) Varsóvia.

60. Em 1985, a inflação brasileira chegou a 235% ao ano. Para corrigir essa situação, o
governo Sarney anunciou, em fevereiro do ano seguinte, um plano de estabilização
econômica, conhecido como Plano Cruzado. Observe as afirmativas abaixo.
I – Instituição da moeda chamada Real;
II – Congelamento de preços;
III – “Gatilho” salarial, determinando que os salários seriam reajustados sempre que a
inflação chegasse a 20% ao mês;
IV – Substituição da moeda corrente no país, o cruzeiro, pelo cruzeiro novo;
V – Introdução da Unidade Real de Valor (URV).

Assinale a alternativa em que todas as afirmativas estão relacionadas ao plano econômico


supracitado.

a) I e II.
b) I e V.
c) II e III.
d) III e V.
e) IV e V.

GABARITO
1. D
2. D
3. A
4. E

MUDE SUA VIDA!


21
alfaconcursos.com.br

5. E
6. C
7. E
8. D
9. B
10. B
11. C
12. A
13. E
14. A
15. C
16. A
17. E
18. B
19. B
20. D
21. C
22. E
23. E
24. B
25. E
26. B
27. E
28. C
29. B
30. E
31. A
32. A
33. D
34. A
35. E
36. E
37. D
38. D
39. E
40. B
41. A
42. A
43. C
44. C
45. C
46. A
47. B
48. C
49. D
50. E
51. B
52. D
53. C
54. A
55. B

MUDE SUA VIDA!


22
alfaconcursos.com.br

56. C
57. C
58. B
59. A
60. C

QUESTÕES COMENTADAS

1. Leia as afirmações abaixo referentes à colonização das Américas e assinale a única


alternativa correta.
I – Os primeiros colonos tinham diversas origens e condições sociais: degredados,
mulherespara serem leiloadas como esposas, órfãos, camponeses sem terra, grupos religiosos
fugidos da perseguição de que eram vítimas na Europa.
II – O modelo de colonização consistia em conceder a um colono o direito de escravizar
certonúmero de indígenas para fazê-los trabalhar na exploração de ouro, na agricultura ou em
serviços domésticos.
III – Houve preferência, desde cedo, à produção agrícola de larga aceitação na Europa,
comoo fumo, o algodão e o anil, em grandes propriedades monocultoras e com utilização de
mão deobra escrava.
IV – Era ideia entre boa parte dos colonos a visão de Calvino, para quem o ócio é pecado e
enriquecer trabalhando é indício de que o indivíduo seria salvo.
V – Nos primeiros contatos, os astecas pensaram que os colonizadores eram deuses e os
presentearam com ouro.
VI – Os colonos viam o trabalho como coisa para etnias consideradas inferiores.

Pode-se afirmar que

a) I, III e V referem-se à colonização inglesa na América do Norte.


b) II caracteriza a colonização portuguesa na América do Sul e as de números IV e VI, a
colonização inglesa na América do Norte.
c) I caracteriza a diversidade de colonos que chegaram às 13 Colônias após o desembarque
do navio Mayflower; a de número III, a colonização portuguesa no extremo sul do Brasil;
e a de número V descreve a forma como foram recebidos os colonizadores espanhóis ao
chegar ao Peru.
d) II foi adotada pelos espanhóis nas Américas; a de número III era uma forma comum de
produção nas colônias do Sul dos Estados Unidos; e a de número VI era a visão de boa
parte dos colonizadores que chegaram ao Brasil a partir do Século XVI.
e) I descreve claramente a variedade de colonos portugueses que aportaram no Brasil; a
de número IV era a visão da maior parte dos colonizadores espanhóis nas Américas; e a
de número V caracteriza a forma como foram recebidos os ingleses nas Antilhas.

RESPOSTA CORRETA: [D]

MUDE SUA VIDA!


23
alfaconcursos.com.br

A única combinação possível para a resposta exata é a alternativa D, onde a


afirmativa II remete à “Mita”, modelo de exploração adotado na América Espanhola,
durante o período colonial, que estabelecida uma forma de trabalho obrigatória,
imposta aos indígenas desta região. Na afirmativa III, há uma descrição do
“plantation”, modo de produção predominante nas colônias do Sul da América
inglesa. Na afirmativa VI, é perceptível o posicionamento eurocêntrico dos
portugueses em relação à cultura ameríndia.

2. Observe as ideias de três pensadores da Idade Moderna.


– Adam Smith (escocês), em sua obra A riqueza das nações, afirmava que a única fonte de
riqueza era o trabalho, e não a terra.
– A ideia central da doutrina de Karl Marx (alemão) é que a “história das sociedades
humanas é a história da luta de classes”.
– Thomas Malthus (inglês), em sua obra Ensaio sobre o princípio da população, escreveu
que a natureza impõe limites ao progresso material, já que a população cresce em progressão
geométrica, enquanto a produção de alimentos aumenta em progressão aritmética.

Pode-se afirmar que

a) os três pensadores defendem o liberalismo clássico.


b) as três ideias propõem a ditadura do proletariado.
c) Adam Smith propõe o liberalismo clássico, Thomas Malthus e Karl Marx, o socialismo
utópico.
d) Thomas Malthus e Adam Smith defendem o pensamento liberal clássico e Karl Marx foi
um dos autores do socialismo científico.
e) Karl Marx e Adam Smith são considerados anarquistas, e Thomas Malthus, socialista
utópico.

RESPOSTA CORRETA: [D]


Dos três pensadores expostos temos Adam Smith considerado o “pai” do
liberalismo, Karl Marx, junto com Engel, o pai do socialismo científico. O mais
desconhecido é Thomas Malthus, um clérigo anglicano inglês que viveu entre os anos
de 1766-1834 e foi um economista, sociólogo e, cujo pensamento social e econômico
girava em torno de sua teoria sobre o crescimento da população. Desta forma a única
opção correta é a alternativa D.

3. Pedro I abdicou do trono, em 1831, em favor de seu filho Pedro de Alcântara, iniciando-
se no Brasil o Período Regencial. A partir de 1840 e durante todo o período imperial, a
vida política do País passou a ser dominada pelos
a) liberais e conservadores.
b) conservadores e socialistas.
c) liberais e republicanos.

MUDE SUA VIDA!


24
alfaconcursos.com.br

d) comunistas e republicanos.
e) liberais e anarquistas.

RESPOSTA CORRETA: [A]


A questão pede elementos básicos do período que compreende a abdicação de
Dom Pedro I e Coroação de Dom Pedro II, denominado de período regencial. O
período foi dominado por um intenso embate político entre dois partidos opositores:
“Conservadores”, e “Liberais”, como sugere a alternativa A.

4. O movimento intelectual conhecido como Iluminismo ocorreu no século XVIII. Leia as


informações abaixo.
I- O pensamento político e econômico dos iluministas correspondia aos anseios da
burguesia e ambos se opunham ao Positivismo.
II- O período ficou conhecido como o Século das Luzes.
III- O Iluminismo combateu o absolutismo monárquico, o mercantilismo e o poder da
Igreja.
IV- O Iluminismo encontrou forte resistência entre os adeptos do liberalismo.

Estão corretas

a) as afirmativas I, II, III, IV.


b) apenas as afirmativas I e II.
c) apenas as afirmativas III e IV.
d) apenas as afirmativas I e IV.
e) apenas as afirmativas II e III.

RESPOSTA CORRETA: [E]


A alternativa I está incorreta ao propor uma oposição da burguesia à teoria
positivista e a alternativa IV ao afirmar a oposição dos liberai, nascidos no seio das
teorias iluministas, ao iluminismo, restando como corretas as afirmativas II e III.

5. Com relação às Reformas Religiosas ocorridas na Europa no século XVI, podemos afirmar
que
a) foram reflexo de disputas políticas entre os jesuítas e o papa.
b) tinham o objetivo de estabelecer a venda de indulgências para os pecadores.
c) permitiram à Igreja Católica uma total hegemonia religiosa na Alemanha.
d) só foram possíveis graças às decisões adotadas no Concílio de Trento.
e) na Inglaterra foram promovidas pelo rei Henrique VIII.

RESPOSTA CORRETA: [E]

MUDE SUA VIDA!


25
alfaconcursos.com.br

A reforma protestante teve seu principio simbolizado pela publicação das 95


Teses de Martinho Lutero, em 31 de outubro de 1517 na porta da Igreja do Castelo
de Wittenberg. Lutero abriu caminho para uma série de reformadores na Europa,
originando o “protestantismo”. Como destaque, ressaltamos o papel de João
Calvino, teólogo protestante francês, que por causa da perseguição religiosa fugiu
para a Suíça, onde fundou o movimento calvinista, e do rei inglês rei Henrique VIII,
fundador da igreja anglicana no Inglaterra.

6. Os últimos anos do século X foram marcados, na Europa Ocidental, pela diminuição das
invasões bárbaras e pela queda da mortandade por epidemias. Tais fatos geraram
estabilidade e crescimento demográfico. A partir do século XI, o continente
experimentaria profundas transformações que levariam ao que se conhece como
Renascimento Comercial.
Com relação ao acima exposto, é correto afirmar que
a) o Iluminismo gerou uma mentalidade de busca pela prosperidade material, o que levou
ao incremento de práticas comerciais.
b) o restabelecimento de rotas comerciais com a Oceania favoreceu o estabelecimento de
novas empresas de comércio na Europa.
c) os avanços tecnológicos elevaram a quantidade da produção agrícola e o excedente
passou a ser vendido.
d) as Cruzadas impediram a circulação de mercadorias entre o Ocidente e o Oriente.
e) a intensificação do comércio provocou o enfraquecimento de feiras regulares nos
cruzamentos das rotas comerciais.

RESPOSTA CORRETA: [C]


Durante os séculos XIII – XIV a Europa feudal viveu uma transformações, onde
pessoas saiam do campo para cidade, o comércio e as cidades renasciam. O período
denominao “baixa idade média” é marcado por melhoramentos técnicos no campo,
como o arado de ferro, a cangalha, a rotação das culturas e modernização dos
moinhos. Esses avançoes tecnológicos acabaram por elevar a produtividade, gerando
um excedente que passou a ser comercializado, abrindo caminho para o
renascimento comercial, como é exposto na alternativa C.

7. As viagens mercantis e os descobrimentos de rotas marítimas e de terras além-mar


ocorridas no que conhecemos por expansão europeia, mudou o mundo conhecido até
então.
Foram etapas na conquista dos novos caminhos, rotas e descobrimentos os seguintes
eventos:
1. Bartolomeu Dias atingiu a extremidade sul do continente africano, nomeando-a de Cabo
das Tormentas.
2. Fernão de Magalhães, português, deu início à primeira viagem ao redor da Terra.
3. Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil.
4. Conquista de Ceuta pelos portugueses.

MUDE SUA VIDA!


26
alfaconcursos.com.br

5. Cristóvão Colombo descobriu o que julgou ser o caminho para as Índias, mas na verdade
havia aportado em terras desconhecidas.

A sequência cronológica correta dos fatos listados é


a) 1, 2, 3, 4 e 5.
b) 3, 5, 4, 1 e 2.
c) 5, 2, 1, 4 e 3.
d) 2, 4, 1, 5 e 3.
e) 4, 1, 5, 3 e 2.

RESPOSTA CORRETA: [E]


A cronologia correta do processo de expansão marítimo dos ibéricos é: 1415:
conquista de Ceuta, no norte da África; 1418: chegada à Ilha da Madeira; 1427:
chegada a Açores; 1434: travessia do Cabo Bojador; 1488: travessia
do Cabo da Boa Esperança; 1492: Chegada de Colombo ao Novo Mundo (imaginando
se tratar da Índia); 1500: Chegada de Cabral ao Brasil; 1509: Fernão de Magalhães
inicia a primeira viagem de circum-navegação do globo.
A sequência melhor descrita é a da alternativa E.

8. Os fragmentos de texto abaixo foram extraídos de VICENTINO e DORIGO (2011) e se


referem à Igreja Medieval.
I - Pouco a pouco, a Igreja foi “se transformando na maior proprietária de terras da Idade
Média e construindo fortes vínculos com a estrutura feudal” .
II - Viviam afastados das tentações do mundo por meio do isolamento em abadias e de
votos
de castidade, pobreza e silêncio. Com o tempo, num mundo em que uma restrita minoria
era
alfabetizada, as igrejas, os mosteiros e as abadias converteram-se nos principais centros
da cultura letrada.
III - Viviam apegados aos bens materiais e em contacto com a sociedade, a terra, a
administração e a exploração das riquezas.
IV - A proibição de casamento rigorosamente aplicada a partir do Século XI liberava os
padres
dos compromissos conjugais e contribuía, além disso, para a mautenção do patrimônio
eclesiástico feudal, ao evitar a divisão entre possíveis herdeiros dos membros do clero.

Os fragmentos I, II, III e IV referem-se, respectivamente, ao

a) poder temporal, clero secular, clero regular e celibato clerical.


b) celibato clerical, clero regular, clero secular e poder temporal.
c) clero secular, celibato clerical, poder temporal e clero regular.
d) poder temporal, clero regular, clero secular e celibato clerical.
e) clero regular, clero secular, poder temporal e celibato clerical.

MUDE SUA VIDA!


27
alfaconcursos.com.br

RESPOSTA CORRETA: [D]


COMENTÁRIO: a afirmativa I, designa o poder temporal: preponderante papel
da Igreja Católica na formação do feudalismo; além de grande proprietária de terras,
estruturou a visão de mundo do homem medieval. Afirmativa II caracteriza o clero
regular, membros do cero que se envolviam, restritamente, com a questão espiritual,
sem um contato direto com o povo. Afirmativa III se refere ao clero secular, que é o
oposto do regular, abrangendo, principalmente, camadas inferiores da sociedade
feudal. Afirmativa IV relata o celibato clerical, voto que obriga os padres a
permanecerem castos. Desta maneira, a sequência de associações corretas está
disposta na alternativa D

9. No período compreendido entre o fim da Segunda Guerra Mundial e o início da década


de1980, a União Soviética se consolidou como uma superpotência, polarizando com os
Estados Unidos da América a disputa pela hegemonia mundial. (AZEVEDO e SERIACOPI,
2013).
Dentro do bloco comunista a insatisfação aumentava cada vez mais, sobretudo nos países
do Leste Europeu. Na Polônia , operários do estaleiro de Gdansk organizaram o sindicato
Solidariedade, liderados por Lech Walesa.

Sobre o sindicato Solidariedade, no período assinalado, podemos afirmar que

a) foi rapidamente absorvido pelo governo comunista que viu a necessidade de ouvir os
operários.
b) era entidade livre de influências do partido comunista.
c) conseguiu de imediato participar das eleições presidenciais, porém, por ser um partido
da classe operária, não obteve êxito.
d) conseguiu apoio dos soviéticos que pretendiam ter o controle sobre todos os sindicatos
do mundo comunista.
e) foi extinto, pois, em países de ideologia comunista, o governo representa a classe dos
trabalhadores,não necessitando, portanto, de sindicatos.

RESPOSTA CORRETA: [B]


COMENTÁRIO: Foi um dos agentes mais importantes a surgir na Polônia no
início dos anos 80, com o objetivo de pressionar o rígido e ortodoxo governo
comunista local a implementar mudanças na política do país.

10. Acreditando que somente através da renúncia aos desejos e às necessidades mundiais
eleiria ao encontro da verdade espiritual, limitou suas posses ao essencial. Dentre os seus
poucospertences pessoais, conservava um exemplar do Bhagavad Gita, texto sagrado para
os hindus.
Violência e excessos eram igualmente repugnantes para ele. (Adaptado de A Sombra dos
Ditadores. São Paulo, Abril Livros, 1992. p. 113. Coleção Time-Life, In COTRIM, 2007)

MUDE SUA VIDA!


28
alfaconcursos.com.br

O texto acima descreve parte do temperamento de

a) Jawaharlau Nehru, lider do Partido do Congresso, que lutava pela emancipação da Índia.
b) Mahatma Gandhi, líder indiano que se opunha à dominação inglesa.
c) Muhammad Ali Jinnh, líder da Liga Muçulmana, que tinha como objetivo a criação de um
estado muçulmano independente no Indostão.
d) Nelson Mandela, líder sul-africano, que lutava contra o apartheid.
e) Martin Luther King, pacifista norte-americano, que lutava pela igualdade de direitos
entre brancos e negros.

RESPOSTA CORRETA: [B]


O processo de independência da Índia teve como principal personagem
Mahatma Gandhi, que pregava a desobediência civil e a não violência como meios
de rejeição à dominação inglesa.

11. Em 1985, toma posse na Presidência da República o Sr. José Sarney. Com o objetivo de
ganhar apoio popular e se firmar no poder, implantou, no início de seu mandato, o Plano
Cruzado, que, entre outras medidas, estabelecia
a) a criação de uma nova moeda, o cruzeiro, para substituir o cruzado.
b) eliminou vários impostos sobre importação, facilitando a entrada de um enxurrada de
mercadorias estrangeiras no País.
c) a criação do “gatilho salarial”, isto é, um reajuste automático dos salários sempre que a
inflação acumulada atingisse 20%.
d) lançou o programa “Fome Zero”, que combinava políticas estruturais voltadas para as
causas da pobreza e específicas de educação alimentar.
e) anunciou o fim do período de estatização da economia no País e deu início a um
programa de privatizações.

RESPOSTA CORRETA: [C]


COMENTÁRIO: Com uma inflação batendo 225,16% no final de década de 1980,
foi lançado o plano cruzado realizando uma grande reforma monetária: cortou três
zeros do Cruzeiro e substituiu-o por uma nova moeda, o Cruzado. Congelou os preços
por um ano e também os salários, pelo valor médio dos últimos seis meses acrescido
de um abono de 8%. Previu, ainda, o chamado “gatilho salarial”: toda vez que a
inflação atingir ou ultrapassar 20%, os assalariados teriam um reajuste automático
no mesmo valor, mais as diferenças negociadas nos dissídios das diferentes
categorias.

12. No fim do Século XVIII, era grande a insatisfação com a carestia e a opressão colonial. A
isso se somava a simpatia que muitas pessoas demonstravam em relação às lutas pela

MUDE SUA VIDA!


29
alfaconcursos.com.br

emancipação do Haiti (1791-1804) e à Revolução Francesa (1789). Para difundir esta


ideia fundou-se a loja maçônica Cavaleiros da Luz.
Em agosto de 1798, alguns conspiradores afixaram em muros e postes da cidade
manifestos exortando a população à revolução. Os panfletos pregavam a proclamação da
República, a abolição da escravidão, melhores soldos para os militares, promoção de oficiais,
liberdade de comércio, etc.
Denunciado por um traidor, o movimento foi esfacelado. Alguns participantes foram
presos, outros fugiram e quatro foram condenados à morte: Luís Gonzaga das Virgens, Lucas
Dantas de Amorim Torres, João de Deus do Nascimento e Manuel Faustino dos Santos.
(adaptado de ARRUDA & PILETTI, p.351)

O texto acima descreve, em parte, a

a) Revolta dos Alfaiates, ocorrida em Salvador, Bahia.


b) Inconfidência Mineira, desencadeada em Ouro Preto, Minas Gerais.
c) Revolta de Beckman, que teve por palco São Luís, Maranhão.
d) Confederação do Equador, ocorrida em Recife, Pernambuco.
e) Cabanagem, ocorrida em Belém, Pará.

RESPOSTA CORRETA: [A]


COMENTÁRIO: O Brasil colonial contou com duas importantes revoltas de
caráter emancipacionistas, propondo o fim do pacto colonial e a criação de uma
república: A inconfidência mineira e a Conjuração baiana, também conhecida como
revolta dos alfaiates e inconfidência baiana. A principal diferença entre estas está nos
grupos que as compõe e ao fato da Conjuração baiana inserir em sua pauta a abolição
da escravidão.

13. A Revolução Industrial, que teve lugar na Inglaterra do século XVIII, pode ser definida
como uma transformação sem precedentes no modo da produção manufatureira que trouxe
profundas mudanças na estrutura social e econômica da sociedade. Teve papel
preponderante na sua ocorrência
a) o Cartismo.
b) o Ludismo.
c) uma ampla geração de energia elétrica.
d) a obtenção de empréstimos financeiros obtidos da França.
e) a Revolução Gloriosa que favoreceu o capitalismo.

RESPOSTA CORRETA: [E]


A série de acontecimentos na Inglaterra que levou à deposição de Jaime II do
trono inglês, conhecida como Revolução Gloriosa, levou Guilherme de Orange e Maria
Stuart se tornassem reis da Inglaterra, em 1688, consolidando a dominação burguesa
iniciada impulsionada pela Revolução Industrial.

MUDE SUA VIDA!


30
alfaconcursos.com.br

14. Em 1578, dom Sebastião, rei de Portugal, morre na batalha de Alcácer-Quibir. Sem
descendentes, o trono foi entregue a seu tio dom Henrique, que viria a falecer dois anos
depois, sem deixar herdeiro. Depois de acirrada disputa, a Coroa portuguesa acabou nas
mãos de Filipe II, rei espanhol, dando início à chamada União Ibérica. Com esta união, um
tradicional inimigo da Espanha torna-se inimigo de Portugal. Das opções abaixo, assinale
aquele que se tornou inimigo de Portugal.
a) Holanda
b) Alemanha
c) Itália
d) Inglaterra
e) EUA

RESPOSTA CORRETA: [A]


A morte de Dom Sebastião é o cerne da União Ibérica. A união trouxe consigo
as disputas entre Espanha e Holanda para o reino português que, por sua vez,
mantinha relações comerciais importantes com os holandeses. A Holanda possuía
grande participação na produção do açúcar brasileiro por causa de sua relação
amistosa com Portugal, todavia, a Espanha estava em guerra aberta contra a
Holanda. Com o domínio espanhol estendido sobre o Brasil, os holandeses resolveram
atacar o nordeste brasileiro para garantir seu controle sobre a produção e
comercialização do açúcar.

15. As relações entre a metrópole e a colônia foram regidas pelo chamado pacto colonial,
sendo este aspecto uma das principais características do estabelecimento de um sistema
de exploração mercantil implementado pelas nações europeias com relação à América.
Com relação ao Brasil, do que constava este pacto?
a) As colônias só poderiam produzir artigos manufaturados.
b) A produção agrícola seria destinada, exclusivamente, à subsistência da colônia.
c) A produção da colônia seria restrita ao que a metrópole não tivesse condições de
produzir.
d) A colônia poderia comercializar a produção que excedesse às necessidades da
metrópole.
e) Portugal permitiria a produção de artigos manufaturados pela colônia, desde de que a
matéria – prima fosse adquirida da metrópole.

RESPOSTA CORRETA: [C]


O pacto colonial estabelecido entre Portugal e seus domínios no América, o
Brasil, tem como principal objetivo o exclusivismo colonial. No entanto, a colônia só
produziria aquilo que fosse de interesse aos portugueses e que, obviamente, não
competisse com os produtos lusos no mercado europeu.

MUDE SUA VIDA!


31
alfaconcursos.com.br

16. O século X é caracterizado, na Europa, pela desestruturação do Império Carolíngio e pelas


invasões de outros povos. Esta situação acabou intensificando um processo de
ruralização já em andamento e a procura da proteção militar oferecida pelos nobres e
guerreiros, por parte das pessoas pobres ou com menos recursos. Era o início do que
ficou conhecido como feudalismo. As instituições feudais se originaram de elementos
romanos e germânicos. São elementos germânicos:
a) economia agropastoril, comitatus, beneficiun.
b) comitatus, fragmentação do poder político, beneficiun.
c) colonato, comitatus, fragmentação do poder político.
d) comitatus, beneficiun, colonato.
e) fragmentação do poder político, economia agropastoril, beneficiun.

RESPOSTA CORRETA: [A]


O processo de formação do feudalismo, na Europa Ocidental, se fez a partir de
junção de uma série de elementos estruturais dos modos de vida romano e
germânico, associados aos fatores conjunturais, num longo período, que engloba a
crise do Império Romano a partir do século III, a formação dos Reinos Bárbaros. A
economia agropastorial e o comitatus são elementos germânicos, ao passo que o
beneficiun é um agregador tipizamente romano.

17. Diante do impasse econômico-financeiro no País e de circunstâncias internacionais, os


governos brasileiros, no período de 1986 a 1994, tentaram reverter esta situação
combatendo a inflação e procurando retomar o crescimento através de vários planos
econômicos que foram implementados naquela época.
Para a conquista da estabilização econômica, foram implantados os seguintes planos
econômicos:

1. Plano Cruzado
2. Plano Collor
3. Plano Real
4. Plano Verão
5. Plano Bresser

A sequência cronológica correta dos planos listados é

a) 4, 2, 3, 1 e 5.
b) 3, 5, 4, 1 e 2.
c) 5, 2, 1, 4 e 3.
d) 2, 4, 1, 5 e 3.
e) 1, 5, 4, 2 e 3.

RESPOSTA CORRETA: [E]


Na tentativa de conter a hiperinflação presente no Brasil ao final da ditadura
militar, o governo lançou uma série de planos econômicos, entre as décadas de 1980

MUDE SUA VIDA!


32
alfaconcursos.com.br

e 1990, que alteraram o cálculo da correção monetária dos saldos de poupança. Os


planos são, respectivamente: Plano cruzado (1986) planos Bresser (1987); Verão
(1989); Collor I (1990) e Collor II (1991); finalmente o plano real (1994).

18. A Primeira Guerra Mundial inicia-se em 1914. Coerentes com seu tradicional
isolacionismo, os Estados Unidos da América adotam, a princípio, uma posição de
neutralidade. Com relação a esses fatos, é correto afirmar que:

a) os EUA resolveram declarar guerra à Alemanha em função da disputa por territórios


coloniais na África.
b) a entrada dos EUA na Guerra foi motivada pela revelação de uma proposta de pacto entre
a Alemanha e o México e pelo afundamento de um navio norte-americano.
c) a adesão dos EUA ao tratado da Tríplice Entente, em 1914, motivou a Alemanha a
declarar guerra aos EUA.
d) o ataque a instalações militares americanas na Europa foi o principal motivo que levou
os EUA a guerra contra a Alemanha.
e) os EUA se mantiveram neutros até o final da Guerra.

RESPOSTA CORRETA: [B]


No início de 1917 o Império Alemão iniciou uma guerra submarina total. A
medida confiava aos submarinos autorização para violar as leis de não agressão
marítimas e torpedear sem restrições as embarcações que encontrassem pelo
caminho, fossem elas inimigas, navios de países neutros, mercantes e de
passageiros. O ato acabou por atingir embarcações dos Estados Unidos, que até
então se mantinham neutros. Além disso existe o caso do Telegrama Zimmermann,
que buscava uma aliança com o México. Com o objetivo de distrair os inimigos norte
americanos, os alemães ofereceram aos mexicanos ajuda para recuperar territórios
tomados pelos americanos décadas antes. Os fatores acima foram decisivos para a
entrada dos Estados Unidos na I Guerra mundial

19. Leia as afirmações abaixo referentes à Revolução Francesa.


I - Sua principal função social era defender a nação.
II - Fase da Revolução Francesa que durou de 1794 até 1799.
III- Revoltas camponesas comuns na França na década de 1780.
IV- Defendiam um governo central forte, o voto universal e a participação popular na
direção do processo revolucionário.

Os fragmentos I,II,III e IV referem-se, respectivamente, ao, a(s)

a) jacobinos, diretório, nobreza, jaqueries.


b) nobreza, diretório, jaqueries, jacobinos.
c) diretório, jaqueries, jacobinos, nobreza.

MUDE SUA VIDA!


33
alfaconcursos.com.br

d) nobreza, jaqueries, diretório, jacobinos.


e) jaqueries, jacobinos, nobreza, diretório.

RESPOSTA CORRETA: [B]


Observamos as afirmações e atento ao papel dos grupos no processo
revolucionário da França no séc.XVIII, encontramos a nobreza o papel de defensora
da nação; o Diretório como o regime político adotado pela Primeira República
Francesa entre 1794 e o golpe de Estado do 18 de brumário de 1799; as Jaqueries
(revolta dos “João ninguém”) como as revoltas camponesas que se rebelavam contra
a ordem feudal; e os Jacobinos como defensores de um governo central, baseado em
voto universal.

20. A crise do sistema feudal motivou uma série de mudanças sociais e culturais com o
revigoramento do comércio e das cidades, entre os séculos XI e XIII, na Europa. Nas
alternativas abaixo, assinale aquela que se relaciona com o surgimento da burguesia.

a) Os avanços tecnológicos adotados na agricultura não foram suficientes para ampliar o


comércio de alimentos, incentivando a produção e comercialização de bens
manufaturados.
b) A intensificação das invasões bárbaras motivou o surgimento de cidades fortificadas
onde a prática comercial era intensa.
c) A Peste Negra, por ser mais facilmente combatida nas cidades, onde havia melhores
condições de higiene, fez com que as cidades multiplicassem suas populações e
ampliassem as trocas comerciais.
d) O crescimento do comércio com o Oriente e o surgimento de feiras nas principais rotas
comerciais da Europa favoreceram o estabelecimento de uma nova classe social de
mercadores e artesãos, assim como o surgimento de várias cidades no interior europeu.
e) O advento da Guerra Santa desmotivou as práticas comerciais entre os artesãos e os
organizadores das Cruzadas, em função de sérias ameaças às rotas comerciais no
Oriente, limitando o comércio ao continente europeu.

RESPOSTA CORRETA: [D]


No século XIV o cenário estava modificado, principalmente em função das
Cruzadas, que desenvolveram relações comerciais entre Ocidente e Oriente. Desta
forma, a atividade comercial foi renascendo na Europa, a partir da realização de feiras
que vendiam os artefatos trazidos do Oriente. O surgimento dessas feiras estimulou
na Europa a produção artesanal e têxtil, pois parte da classe servil passou a produzir
mercadorias que pudessem oferecer nessas feiras. Ao redor delas foram surgindo
pequenas cidades, denominadas burgos.

21. Entre 1939 e 1945, o mundo foi abalado pela Segunda Guerra Mundial. O Brasil,
inicialmente, adotou uma posição de neutralidade, porém, em 1941, acordos

MUDE SUA VIDA!


34
alfaconcursos.com.br

internacionais começaram a ser feitos, para apoiar os aliados. Sobre a participação


brasileira na Guerra é correto afirmar que
a) o governo brasileiro era totalmente favorável a acordos com os aliados desde o início do
conflito.
b) os alemães afundaram navios brasileiros no final de 1941.
c) a FEB participou da Campanha da Itália, como parte do 5º Exército Norte Americano.
d) a Alemanha declara guerra ao Brasil em 1941.
e) no Dia D, por ocasião do desembarque, o Brasil sofreu grandes perdas.

RESPOSTA CORRETA: [C]


No dia 1º de setembro de 1939, as forças nazistas alemãs de Adolf Hitler
invadiram a Polônia, dando início à Segunda Guerra Mundial. O Brasil passou a
participar do conflito a partir de 1942. Na época, o presidente da República era
Getúlio Vargas. A Força Expedicionária Brasileira (conhecida também pela sigla FEB)
foi uma força militar aeroterrestre constituída na sua totalidade por 25.834 homens
e mulheres, que durante a Segunda Guerra Mundial foi responsável pela participação
do Brasil ao lado dos Aliados, compondo o exercito Norte Americano na Campanha
da Itália

22. As reformas religiosas ocorridas na Europa no século XVI devem ser analisadas como
parte integrante do processo de transição do feudalismo para o capitalismo. Desta forma,
implicaram conflitos entre a doutrina religiosa que vigorava e as novas práticas
relacionadas à nova ordem econômica.
Assinale a alternativa que se refere aos conflitos apresentados.
a) Tomismo
b) Teologia Agostiniana
c) Ato de Supremacia
d) Predestinação Absoluta
e) Prática da usura

RESPOSTA CORRETA: [E]


Dentre os diversos conflitos presentes no decorrer da reforma religiosa, o
destaque para a parte econômica se apresenta, principalmente, no Calvinismo.
Defendido por João Calvino, o grupo religioso não incluía a prática da “usura” como a
mácula de ser um pecado, pelo contrário determinava, que a salvação era uma
vontade soberana de Deus, e isso não tinha relação direta com as ações dos homens
na vida terrena.

23. Em 1781, o general inglês Cornwallis rendeu-se aos revoltosos norte-americanos, na


batalha de Yorktown, dando início às negociações que levaram a Inglaterra a reconhecer
os Estados Unidos da América como nação livre. Na formação desse novo estado pode-se
destacar
a) um poder central forte e nenhuma autonomia política e administrativa aos estados
membros.

MUDE SUA VIDA!


35
alfaconcursos.com.br

b) a adoção do sistema parlamentarista.


c) a participação política dos indígenas e negros.
d) um poder central muito fraco e estados membros com muita autonomia política e
administrativa.
e) a formação de um estado com base em ideias oriundas do Iluminismo.

RESPOSTA CORRETA: [E]


O episódio da Revolução Americana, também conhecida como independência
dos Estados Unidos, em 1776, é o marco do fim da colonização inglesa sobre as treze
colônias americanas. Esse processo de independência foi amplamente influenciado
pelos ideais iluministas difundidos no Séc.XVIII e amplificadas pela singularidade do
processo de colonização dos ingleses na América.

24. No século XIX, uma corrente de filósofos acreditava ser possível reformar o capitalismo
pormeio da ação do estado ou da associação dos trabalhadores em cooperativas
autogeridas. Esses princípios são denominados
a) Materialismo Histórico.
b) Socialismo Utópico.
c) Socialismo Científico.
d) Liberalismo.
e) Anarquismo.

RESPOSTA CORRETA: [B]


Dentre as diversas ideologias socialistas, o Socialismo Utópico, difundido na
“Primavera dos povos” principalmente por Saint-Simon, Charles Fourier e Robert
Owen. A denominação vem de uma percepção Marxista e está relacionada com o fato
de tal corrente ideológica acreditar em uma total transformação da sociedade de
forma pacífica, sem a necessidade da luta armada, mas que seria promovida pela
luta de classes e pela revolução proletária.

25. No início do século XIV, a China era a maior potência mundial e empenhava-se
intensamente na expansão marítima e comercial, chegando à Índia, quase um século antes
de Cabral. Os chineses estiveram no sul da África Oriental e no Mar Vermelho, enquanto os
portugueses mal iniciavam sua exploração na costa norte da África. Entretanto, antes de
1440, a expansão marítima chinesa estagnou.

Aponte, dentre as opções abaixo, aquela que apresenta a causa para o sucesso da
exploração marítima portuguesa.

a) O fato de os portugueses não terem desenvolvido tecnologias relacionadas à navegação


ultramarina não afetou suas ações exploratórias.

MUDE SUA VIDA!


36
alfaconcursos.com.br

b) Em Portugal, a centralização monárquica só ocorreria no final do Século XIII, sendo este


fato de pouca influência no processo exploratório dos portugueses além-mar.
c) As finanças portuguesas não estavam estabilizadas e dificultaram os investimentos
necessários para os projetos relacionados às navegações, o que fez com que D. Henrique
procurasse financiamento público com os soberanos espanhóis.
d) Portugal, apesar da guerra de emancipação política com a Espanha, manteve a busca por
conhecimento para a consecução das grandes navegações.
e) Em Portugal, as explorações foram conduzidas com recursos de empresas comerciais
privadas e apoio governamental.

RESPOSTA CORRETA: [E]


Entre os séculos XV e XVI, europeus, principalmente ibéricos, se aventuraram
pelo “mar desconhecido”, isto é, pelo oceano Atlântico e também pelo Pacífico e
Índico dando início à chamada Era das Navegações e Descobrimentos Marítimos. Pelo
lado português, o responsável direto pela política ultramarina foi D. Henrique, que
manteve o incentivo necessário a todas as iniciativas, reunindo informações,
recompensando bem seus pilotos, distribuindo mercês e contratando peritos nautas
estrangeiros, comumente italianos. Tal apoio, junto aos proveitos econômicos que se
iam ampliando do saque ao comércio, atraiu a iniciativa privada que, ao final, foi
responsável por mais de trinta e quatro viagens, superando as do Estado.

26. No início do século XVIII, a concorrência das Antilhas fez com que o preço do açúcar
brasileiro caísse no mercado europeu. Os proprietários de engenho, em Pernambuco,
para minimizar os efeitos desta crise, recorreram a empréstimos junto aos comerciantes
da Vila de Recife. Esta situação gerou um forte antagonismo entre estas partes, que se
acirrou quando D. João V emancipou politicamente Recife, deixando esta de ser vinculada
a Olinda. Tal fato desobrigou os comerciantes de Recife do recolhimento de impostos a
favor de Olinda. O conflito que eclodiu em função do acima relatado foi a

a) Revolta de Beckman.
b) Guerra dos Mascates.
c) Guerra dos Emboabas.
d) Insurreição Pernambucana.
e) Conjuração dos Alfaiates.

RESPOSTA CORRETA: [B]


O Brasil colonial viveu uma crise, a partir de uma série de revoltas nativistas.
Dentre as principais destacamos a Revolta dos Beckman (1684, Maranhão); a Guerra
dos Emboabas (1707, Minas Gerais); a Guerra dos Mascates (1710, Pernambuco); e
a Revolta de Filipe dos Santos (1720, Minas Gerais). Neste sentido, a questão
abordada remete a Guerra dos Mascates ocorreu no ano de 1710 em Pernambuco e,
aparentemente, foi um conflito entre senhores de engenho de Olinda e comerciantes

MUDE SUA VIDA!


37
alfaconcursos.com.br

do Recife. Estes últimos, denominados "mascates", eram, em sua maioria,


portugueses.

27. O território brasileiro é, atualmente, bem maior do que as terras atribuídas a Portugal
pelo Tratado de Tordesilhas. A expansão da colônia ocorreu graças à ação de
bandeirantes, missionários, militares e pecuaristas que ocuparam as vastidões pouco
exploradas das áreas de ambos os lados da linha de Tordesilhas. O tratado em que a
França renuncia às terras que ocupava na margem esquerda do rio Amazonas e aceita o
rio Oiapoque como limite entre a colônia portuguesa e a Guiana Francesa é o
a) Segundo Tratado de Ultrech.
b) Tratado de Santo Ildefonso.
c) Tratado de Madri.
d) Tratado de Badajós.
e) Primeiro Tratado de Ultrech.

RESPOSTA CORRETA: [E]


Dentre os principais tratados de limites territoriais envolvendo o Brasil colonial,
se destacam o Tratado de Tordesilhas, Tratado de Santo Ildefonso, Tratado de Madri,
Tratado de Badajós e o Tratado de Ultrech, de 1713, onde foi Firmado entre Portugal
e a França o estabelecimento dos limites entre os dois países na costa norte do Brasil.
Estas disposições serviram, quase dois séculos após, para defender a posição
brasileira na questão do Amapa.

28. No início da Era Moderna, a Igreja Católica foi abalada por uma série de acontecimentos
que levaram a significativas mudanças internas e ao surgimento de novas religiões na
Europa. Entre as ideias dos principais reformadores e contra – reformadores, podemos
encontrar a(o):
I-Criação do Index.
II-Predestinação.
III-Criação da Companhia de Jesus.
IV-Uso da língua inglesa.
V-A Bíblia como fonte de fé e livre exame.
VI-Extinção da hierarquia eclesiástica.

Assinale, abaixo, a alternativa que apresenta ideias relacionadas com a Igreja Calvinista.

a) III, V e VI.
b) I, II e VI.
c) II, V e VI.
d) I, II e V.

MUDE SUA VIDA!


38
alfaconcursos.com.br

e) II, IV e V.

RESPOSTA CORRETA: [C]


O movimento protestante denominado Calvinismo foi conduzido no século XVI
por João Calvino, um estudioso francês que ao se converter ao Protestantismo em
1533. Seguindo a maior parte dos dogmas luteranos, como o livre exame da bíblia e
a quebra hierárquica eclesiástica, detinha certa singularidade ao defender,
principalmente, a predestinação, propondo que O homem nasceu com o pecado
original, herança de Adão e Eva. Na condição de pecador, somente pode ser salvo se
Deus assim o quiser, todos já estão predestinados a salvação ou não.

29. “Tendo subido os degraus da democracia, Hitler jogou a escada fora.”


Blainey, Geofrei em Uma Breve História da Século XX
De 1919 a 1933, a Alemanha viveu sob o signo da “República de Weimar”, primeira
experiência democrática da história alemã. Junto com a República de Weimar, nasceu o
Partido Nazista, que pregava, entre outras coisas: a existência da raça ariana; o
nacionalismo exacerbado; o totalitarismo; e o anticomunismo. Em 1932, o Partido
Nazista conquistou, democraticamente, 230 cadeiras no Parlamento, e Hitler foi
nomeado Chanceler. A partir daí, houve uma espiral totalitarista que resultou na 2ª
Guerra Mundial.

Aponte, dentre as alternativas abaixo, aquela que explica a ascensão democrática dos
Nazistas ao poder.

a) A Revolução Russa de 1917 já havia instaurado o comunismo em países como a Polônia,


a Hungria e a Tchecoslováquia e continuava avançando em direção à Europa Ocidental,
causando medo na população alemã, que resolveu eleger um partido claramente
anticomunista.
b) A grave crise econômica iniciada com a queda da Bolsa de Nova York, em 1929,
aumentou ainda mais o sentimento de humilhação imposto pelo Tratado de Versalhes,
gerando em grande parte da população o desejo por um líder carismático capaz de
resgatar a honra nacional. Isso justificava a escolha de um partido ultranacionalista que
promulgava a existência de uma raça superior.
c) A morte do Presidente alemão Paul von Hindenburg levou à necessidade de escolher
outro líder carismático, com capacidade de resgatar a honra nacional. Hitler, do Partido
Nazista, personificava esse líder.
d) O Fascismo na Itália, um regime claramente ditatorial, estava se expandindo por outros
países da Europa, como Portugal, Hungria e Polônia. Isso amedrontou a população
alemã, que optou por eleger, democraticamente, o Partido Nazista.
e) O sucesso da Guerra Civil Espanhola, que derrotou o socialismo naquele país, com apoio
do Partido Nazista, trouxe esperanças ao povo alemão, que resolveu eleger seus
integrantes.

MUDE SUA VIDA!


39
alfaconcursos.com.br

RESPOSTA CORRETA: [B]


Dentre outros fatores que explicam a ascenção nazista ao poder, a questão
solicita um destaque à crise de 1929, que está profundamente relacionada com as
consequências da Primeira Guerra Mundial e com os germes que viriam a gerar a 2ª
Guerra Mundial

30. “… Caxias tinha visão certa de que pacificar é um esforço por costurar… de concessões
recíprocas, de vontade sincera, tudo voltado para a conciliação...
“Neto, Jonas Correia em Revista Militar / Edição comemorativa do Bicentenário de Caxias,
2003, pág 9

O fragmento de texto acima ressalta uma das características marcantes de Luiz Alves de
Lima e Silva, o Duque de Caxias, evidenciada durante sua carreira militar: ser um
pacificador.
Das rebeliões listadas abaixo, ocorridas no Brasil durante os 1º e 2º Reinados, as que
tiveram participação efetiva de Caxias foram a
a) Revolta dos Malês; e Questão Religiosa.
b) Sabinada; e Guerra dos Farrapos.
c) Cabanagem; e Revolução Praieira.
d) Conjuração baiana; e Sabinada.
e) Balaiada; e Guerra dos Farrapos.

RESPOSTA CORRETA: [E]


Luís Alves de Lima e Silva, o duque de Caxias, foi um militar brasileiro que
participou de importantes acontecimentos da história do Brasil, prestando grandes
serviços ao governo imperial e sempre alcançando vitórias significativas. Dentre as
de maior destaque estão a Balaiada, a Guerra dos Farrapos e a Guerra do Paraguai.

31. As ideias iluministas começaram a circular no Brasil na segunda metade do século XVIII.
Elas refletiram-se em vários campos da atividade e do conhecimento humano. Assinale,
dentre as alternativas abaixo, aquela que apresenta um filósofo deste período, cujo
pensamento incentivou, de forma relevante, a Inconfidência Mineira.
a) Jean-Jacques Rousseau
b) Adam Smith
c) François Quesnay
d) Vicent de Gournay
e) Nicolau Maquiavel

RESPOSTA CORRETA: [A]


A Inconfidência mineira foi o primeiro movimento a manifestar com clareza a
intenção de romper o pacto colonial. A importância deste movimento está no fato de

MUDE SUA VIDA!


40
alfaconcursos.com.br

revelar a decadência da política colonial e ao mesmo tempo a influência das ideias


iluministas sobre a elite colonial que, na prática, foi quem organizou o movimento.
Dentre as principais influencias na Inconfidência estão as ideias de Locke,
Montesquieu e Rousseau, sendo este último o único presente em uma das alterativas.

32. Pouco depois da 1ª Guerra Mundial, em 28 de abril de 1919, os membros da Conferência


de Paz de Versalhes aprovaram a criação da Liga das Nações, atendendo a uma proposta
do presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson. Aponte, nas alternativas abaixo, o
país que não participou da Liga das Nações, com o respectivo motivo.
a) Estados Unidos, porque teve sua participação vetada pelo Senado Americano.
b) Inglaterra, porque, sendo uma ilha, não viu necessidade de participar da Liga.
c) França, porque era inimiga da Alemanha e queria sua destruição e não um acordo.
d) Itália, que não teve direito de participar porque inicialmente integrou a Tríplice Aliança.
e) Brasil, porque, sendo um país sul-americano, estava muito longe da guerra.

RESPOSTA CORRETA: [A]


Ainda durante a Primeira Guerra Mundial, a idéia de criar um organismo
destinado à preservação da paz e à resolução dos conflitos internacionais por meio
da mediação e do arbitramento já havia sido defendida por alguns estadistas,
especialmente o presidente dos Estados Unidos Woodrow Wilson, que apesar de ser
o idealizador os Estados Unidos não puderam participar da agremiação, pois o projeto
do seu presidente não obteve a aprovação da maioria de dois terços do Congresso
americano.

33. 41. O barrete frígio ou barrete da liberdade, constante da imagem ao lado, é uma espécie
de touca ou carapuça, originariamente utilizada pelos moradores da Frígia (antiga região
da Ásia Menor, onde hoje está situada a Turquia). Foi adotado, na cor vermelha, pelos
republicanos franceses que lutaram pela tomada e queda da Bastilha em 1789, que
culminou com a instalação da Primeira República Francesa em 1793.

As ideias a seguir também estão relacionadas com a Revolução Francesa.


I - Período do Terror
II - Segundo Estado
III - Primeiro Estado
IV - Jacobinos
V - Girondinos
VI - Comitê de Salvação Pública

Assinale a alternativa que apresenta as ideias relacionadas à Revolução Francesa e que


estejam ligadas à imagem acima.

a) I, II e IV.
b) II, IV e V.

MUDE SUA VIDA!


41
alfaconcursos.com.br

c) IV, V e VI.
d) I, IV e VI.
e) II, III e VI.

RESPOSTA CORRETA: [D]


O barrete frígio se tornou peço importante na caracterização dos Jacobinos
durante a Revolução Francesa. Assim, podemos relacionar os acontecimentos
destacados na questão a atuação dos jacobinos: Período do Terror e Comitê de
Salvação Pública.

34. Após a 2ª Guerra Mundial, iniciou-se um período de fortes tensões políticas que duraram
até 1989, conhecido como “Guerra Fria”. Durante esse período, diversos conflitos foram
travados, realçando a disputa entre o comunismo e o capitalismo. Dentre esses conflitos,
o de maior duração, que representou uma séria derrota militar para o capitalismo, foi a
a) Guerra do Vietnã.
b) Guerra da Coreia.
c) Guerra do Iraque.
d) Guerra do Afeganistão.
e) Guerra do Pacífico.

RESPOSTA CORRETA: [A]


Mesmo sendo a Guerra Fria um conflito de caracter ideológico, teoricamente
sem um confronto armado, de fato, alguns conflitos periféricos marcaram
indiretamente a disputa entre Capitalismo e Socialismo. Possivelmente o conflito de
maior destaque, a guerra do Vietnã foi um conflito entre Vietnã e EUA . Após longo
conflito, os EUA foram derrotados pelos vietcongues, e o Vietnã adotou o Socialismo
como forma de governo.

35. O Estado Novo foi um período da chamada “Era Vargas”, em que o presidente tinha os
mais amplos poderes. Das alternativas abaixo, aponte aquela que corresponde a um
evento ocorrido durante o Estado Novo.
a) A população paulista deflagrou a chamada Revolução Constitucionalista.
b) Foi criado o Ministério da Educação e Saúde, em novembro de 1930.
c) Eclodiu a Intentona Comunista.
d) O Governo aprovou a Lei de Sindicalização, que definia os sindicatos como órgãos
consultivos.
e) O Brasil participou da 2ª Guerra Mundial com a Força Expedicionária Brasileira.

RESPOSTA CORRETA: [E]


Estado Novo, ou Terceira República Brasileira, foi o regime político brasileiro
instaurado por Getúlio Vargas em 10 de novembro de 1937, que vigorou até 31 de
janeiro de 1946. É nesta fase que o Brasil entra na segunda guerra mundial,

MUDE SUA VIDA!


42
alfaconcursos.com.br

rompendo as relações diplomáticas com o Eixo e o enviando tropas para a Europa


em junho de 1944.

36. O conflito ocorrido no final do Século XIX, caracterizado pelo caráter messiânico
(religioso) e de contestação social, foi a
a) Guerra do Contestado.
b) Revolta da Armada.
c) Revolta Federalista.
d) Revolta da Vacina.
e) Guerra de Canudos.

RESPOSTA CORRETA: [E]


A Primeira República é a fase da História do Brasil compreendida entre 1889 a
1930. Foi um período cheio de tensões, seja na economia, seja na política e também
na sociedade como um todo. As quatro principais revoltas do período, são: Canudos,
Contestado, Revolta da Vacina e Revolta da Chibata. Destas revoltas, duas tiveram
caráter messiânico (Contestado e Canudos), mas somente a Revolta de Canudos data
do fim do séc. XIX, 1896 a 1897.

37. Portugal foi um dos primeiros países europeus a pôr em prática uma eficiente
centralização político-administrativa. Em 1383, para solucionar problemas relacionados a
sua sucessão dinástica e, também, para evitar a sua anexação pelo reino de Castela,
deflagrou-se um movimento que ficou conhecido como Revolução de Avis. Esta levou ao
poder Dom
a) Manuel.
b) João.
c) Afonso Henriques.
d) Dinis.
e) Fernando.

RESPOSTA CORRETA: [D]


A Revolução de Avis é como os historiadores conhecem a sucessão de
acontecimentos que se passou na Crise de 1383-1385. Essa crise, que se estendeu
por dois anos, foi iniciada pelo declínio da dinastia afonsina após a morte do rei D.
Fernando I. Com essa crise, iniciou-se uma disputa pelo trono que resultou no
começo da dinastia de Avis, quando o Mestre de Avis foi coroado como João I de
Portugal,

38. No período do Renascimento, ocorreram mudanças significativas na produção cultural


europeia. Considerando:

MUDE SUA VIDA!


43
alfaconcursos.com.br

I- o desenvolvimento da Teoria do Heliocentrismo


II- o desenvolvimento da imprensa
III- a estratificação da sociedade
IV- a ação dos mecenas

Assinale abaixo o item que apresenta os aspectos que influenciaram o aumento da


produção cultural renascentista, assim como da sua qualidade.
a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) II e IV
e) III e IV

RESPOSTA CORRETA: [D]


O Renascimento Cultural foi um movimento que teve seu início na Itália no
século XIV e se estendeu por toda a Europa até o século XVI. Apesar de possuir várias
características, a questão detaca o “aumento da produção cultural” no período. Desta
forma, destaca-se o desenvolvimento da imprensa, iniciado por Gutenberg em 1430
e ação do Mecenato, incentivo e patrocínio de artistas e literatos, e mais
amplamente, de atividades artísticas e culturais.

39. Do ponto de vista econômico, o sistema de capitanias, implantado em 1534, não alcançou
os resultados esperados pelos portugueses. Entre as poucas capitanias que progrediram
e obtiveram lucros, principalmente com a produção de açúcar, estavam as de
a) Rio Grande e Itamaracá.
b) São Vicente e Rio Grande.
c) Santana e Ilhéus.
d) Maranhão e Pernambuco
e) São Vicente e Pernambuco.

RESPOSTA CORRETA: [E]


As Capitanias Hereditárias foram um sistema administrativo implementado pela
Coroa Portuguesa no Brasil em 1534. Os principais objetivos eram povoar a colônia
e dividir a administração colonial. Porém, As únicas Capitanias que prosperaram
foram as de São Vicente e Pernambuco. O sistema foi um fracasso e as capitanias
foram abolidas dezesseis anos após sua criação.

40. Durante o período conhecido por União Ibérica, ocorreu o Embargo Espanhol ao
comércio das colônias portuguesas com os holandeses. Isto motivou a Holanda a atacar
o Nordeste brasileiro com a finalidade de romper o embargo e reativar as rotas
comerciais entre o Brasil e a Europa. É fato relacionado à primeira investida dos
holandeses ao Brasil, ocorrida em 08 de maio de 1624, a (o)(s)

MUDE SUA VIDA!


44
alfaconcursos.com.br

a) conquista de Porto Calvo por Matias de Albuquerque.


b) ocupação de Salvador.
c) governo de Maurício de Nassau.
d) fundação do Arraial do Bom Jesus.
e) Batalhas de Guararapes.

RESPOSTA CORRETA: [B]


As invasões holandesas no Brasil ocorreram quando os holandeses ocuparam
territórios no Nordeste brasileiro no século XVII. Em 1624, os holandeses atacaram
a capital do Brasil, Salvador. Depois de um ano, a resistência portuguesa conseguiu
expulsar os holandeses de Salvador. Em 1630, os holandeses voltaram-se
contra Pernambuco e obtiveram sucesso no processo de dominação

41. Durante a Idade Moderna, ocorreu o fortalecimento gradual dos governos das
monarquias nacionais em grande parte da Europa. Desse processo resultou o
absolutismo monárquico. Dentre os argumentos usados para se justificar tal condição,
havia um que definia o poder absoluto como condição necessária para a manutenção da
paz e do progresso. Assinale a alternativa abaixo que apresenta o responsável por tal
pensamento.
a) Thomas Hobbes
b) Immanuel Kant
c) John Locke
d) Jean Le Rond D’ Alembert
e) Jacques Bossuet

RESPOSTA CORRETA: [A]


Dos pensadores citados, somente Thomas Hobbes está associado ao texto.
Hobbes acreditava que o homem era naturalmente “mau”, bárbaro e egoísta. Em seu
estado de natureza, o ser humano estaria sempre disposto a sacrificar o bem-estar
do próximo em nome de suas vontades. Daí surgiria o incentivo para o
estabelecimento de um contrato social, em que todos se submeteriam a um Estado
maior que garantiria a salvaguarda dos direitos básicos, como a vida.

42. A partir de 1764, o governo inglês adotou medidas que aumentaram a arrecadação fiscal
e restringiram a autonomia das 13 colônias norte-americanas. Nas alternativas abaixo,
assinale a medida que provocou o protesto dos representantes das 13 colônias que
realizaram o Primeiro Congresso da Filadélfia.
a) Leis Intoleráveis
b) Lei do Chá

MUDE SUA VIDA!


45
alfaconcursos.com.br

c) Lei dos Alojamentos


d) Lei do Selo
e) Lei do Açúcar

RESPOSTA CORRETA: [A]


O país que hoje se conhece como Estados Unidos da América, na época colonial,
era chamado de as Treze Colônias. Elas eram colonizadas pela Inglaterra, que até
então estava preocupada apenas com os seus assuntos internos. No entanto, após a
guerra dos sete anos, uma série de impostos foram criados na colônia,
desencadeando manifestações contrárias, como a festa do chá de Boston. Em
resposta, a Inglaterra criou as Leis Intoleráveis, em 1774, que tinha entre as medidas
o fechamento do porto de Boston, além da cobrança aos colonos de todo o prejuízo
que tiveram. É a partir dai que se realiza o Primeiro Congresso da Filadélfia, como
reação às Leis intoleráveis.

43. Procurando colocar em prática a politica de solidariedade esboçada no Congresso de


Viena, Alexandre I propôs, em 1815, a criação de uma organização militarizada,
denominada Santa Aliança entre as monarquias europeias tradicionais e cristãs.
Participaram da Santa Aliança o
a) Reino da Prússia, Império Francês e Império Britânico.
b) Império Austríaco, Império Britânico e Reino da Prússia.
c) Império da Rússia, Império Austríaco e Reino da Prússia.
d) Império da Rússia, Império Francês e Império Britânico.
e) Império Britânico, Império Austríaco e Império Francês.

RESPOSTA CORRETA: [C]


Dos Nas primeiras décadas do século XIX, as monarquias européias foram
seriamente ameaçadas pela avassaladora expansão militar de Napoleão Bonaparte.
Com o objetivo de combater o liberalismo e restaurar o antigo regime, em 1815, os
reis da Prússia, Rússia e Áustria entraram em acordo para a criação dos exércitos
que comporiam a Santa Aliança.

44. Quase duas décadas depois da Conjuração Baiana, durante a estada da Família Real
portuguesa no Brasil e o governo de D. João VI, ocorreu um levante emancipacionista em
Pernambuco que ficaria conhecido como Revolução Pernambucana. Um dos motivos
desta revolta foi
a) o fim do monopólio comercial de Portugal sobre a colônia.
b) a grande seca de 1816.
c) a elevação do Brasil a Reino Unido a Portugal e Algarves.

MUDE SUA VIDA!


46
alfaconcursos.com.br

d) a liberação da atividade industrial no Brasil.


e) a cobrança forçada de impostos atrasados.

RESPOSTA CORRETA: [C]


A Revolução Pernambucana de 1817 foi um movimento separatista – o último
que ocorreu no período colonial – de caráter republicano que aconteceu na Capitania
de Pernambuco. Esse movimento foi motivado pela insatisfação popular com as
péssimas condições de vida que existiam nessa época, em grande medida pela seca
ocorrida em 1816, pela insatisfação das elites locais, cujos interesses conflitavam
com os da Coroa portuguesa.

45. Em 1834, numa tentativa de harmonizar as diversas forças em conflito no País, grupos
políticos, como o dos moderados, promoveram uma reforma na Constituição do Império,
mediante a promulgação do Ato Adicional. Observe os enunciados abaixo.
I- Criação do Conselho de Estado.
II- Criação das Assembleias Legislativas provinciais.
III- A regência deixava de ser trina para se tornar una.
IV- Fundação do Clube da Maioridade.

Assinale a opção em as afirmativas estão relacionadas ao Ato Adicional.

a) I e II
b) II e IV
c) II e III
d) I e IV
e) III e IV

RESPOSTA CORRETA: [C]


O Ato Adicional de 1834 foi uma medida legislativa tomada durante a Regência
Trina Permanente, contemplando os interesses dos grupos liberais. O Ato
Adicional alterava a Constituição de 1824 e foi uma tentativa de conter os conflitos
entre liberais e conservadores nas disputas pelo poder político central. Neste sentido,
foram criadas as assembleias provinciais, ofertando maior autonomia às províncias e
a transformação da regência trina em Uma, liderada pelo padre Feijó.

46. O início do período republicano no Brasil foi marcado por uma série de conflitos que
culminaram com a Revolução de 1930, que levou Getúlio Vargas ao poder. Abaixo estão
listados atos e fatos relacionados a nossa história.
I- Modelo econômico agroexportador.
II- Comissão Verificadora de Poderes.
III- Possibilidade do Presidente nomear Interventores estaduais.
IV- Criação da Consolidação das Leis Trabalhistas.

MUDE SUA VIDA!


47
alfaconcursos.com.br

Assinale a opção que apresenta elementos relacionados à Primeira República.

a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) II e IV
e) III e IV

RESPOSTA CORRETA: [A]


Primeira República é o período da história no Brasil compreendido com o fim da
monarquia em 15 de novembro de 1889 até a Revolução de 1930. Neste período o
modelo econômico agroexportador foi mantido. No campo da política, o destaque se
dá para o modelo oligárquico, reforçado pela comissão verificadora dos poderes,
instrumento utilizado para reforçar a política dos governadores, que tinha como
objetivo reconhecer a legitimidade dos deputados eleitos em cada estado e excluir
os da oposição.

47. No início do século XX, os trabalhadores brasileiros se organizaram para defenderem


seus direitos. Duas ideologias oriundas do século XIX predominavam nesta época: o
comunismo e o anarquismo. Avalie as afirmações abaixo.
I- Defendia a conquista do Estado e o estabelecimento de uma ditadura.
II- Era contraria a existência do Estado.
III- Valorizava o partido politico como meio de organizar as lutas.
IV- Não concordava com as eleições pois viam nestas um meio de manipulação do povo.

A opção que apresenta os fatos relacionados à doutrina do Anarquismo é


a) I e II.
b) II e IV.
c) I e IV.
d) II e III.
e) I e III.

RESPOSTA CORRETA: [B]


O movimento operário brasileiro do início do séc.XX foi bastante influenciado
pelas ideologias do séc. XIX, Anarquismo e Comunismo. Ambas correntes ideológicas
no Brasil se posicionavam contrárias eram contrárias a forma como as eleições se
faziam no país se posicionavam contra a existência de um Estado opressor.

48. Entre 1945 e 1964, existiam no Brasil dois projetos de Nação que disputavam a
preferência dos eleitores, o nacional estatismo, liderado por Getúlio Vargas, e o
liberalismo conservador, liderado por Carlos Lacerda. Avalie as informações abaixo
listadas.

MUDE SUA VIDA!


48
alfaconcursos.com.br

I- O Estado devia intervir na economia.


II- Abertura total às empresas e aos capitais estrangeiros.
III- O Brasil deveria alinhar-se com os EUA incondicionalmente.
IV- Criação das empresas estatais em áreas estratégicas.

A alternativa que apresenta propostas do liberalismo conservador é

a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) II e IV.
e) III e IV.

RESPOSTA CORRETA: [C]


A União Democrática Nacional, fundada a 7 de abril de 1945 como uma
“associação de partidos estaduais e correntes de opinião” contra a ditadura
estadonovista, personificada na figura de Carlos Lacerda, caracterizou-se
essencialmente pela oposição constante a Getúlio Vargas e ao getulismo. Ferrenha
defensora do liberalismo conservador e do militarismo, pregava uma política de
abertura econômica e aproximação dos Estados Unidos, contrariando as políticas
nacionalistas de Getúlio Vargas e dos Varguistas.

49. O Mundo Feudal baseava-se em uma sociedade rigidamente hierarquizada, na qual os


indivíduos encontravam-se subordinados uns aos outros por laços de dependência pessoal.
Havia uma grande massa de camponeses presos à terra, que viviam sob o domínio dos
senhores feudais e que se dividiam em dois grupos com características particulares:
a) Suseranos e vassalos
b) Cavaleiros e soldados
c) Servos e baixo clero
d) Servos e vilões
e) Vilões e salteadores

RESPOSTA CORRETA: [D]


O sistema feudal foi um conjunto de práticas envolvendo questões de ordem
econômica, social e política. Perdurou entre os séculos V e X, a Europa Ocidental. No
feudalismo a sociedade era estamental, divida em Clero, nobreza e servos, ou vilões.
Os servos eram camponeses que estavam presos à uma determinada propriedade,
devendo trabalhar para os seus senhores, pegando as obrigações feudais e ficando
com apenas uma parte da produção, durante toda a vida. Já os vilões, eram, em
muitos casos, filhos de camponeses livres, que podiam decidir continuar trabalhando
na terra ou se mudar para outra propriedade, até mesmo para a cidade, onde teria
mais liberdade econômica.

MUDE SUA VIDA!


49
alfaconcursos.com.br

50. Que monarca francês representou o ponto culminante do Absolutismo em seu país e cujo
ministro, Colbert, lançou as bases do Mercantilismo, no período de 1643 a 1715?
a) Cardeal Richelieu
b) Henrique VIII
c) Luís XVI
d) Felipe II
e) Luís XIV

RESPOSTA CORRETA: [E]


Jean-Baptiste Colbert foi um político francês que ficou conhecido como ministro
de estado e da economia do rei Luís XIV, tendo desenvolvido as bases para o sistema
mercantilista francês, o Colbertismo.

51. Muitos europeus acreditavam que, em direção ao sul, o mar seria habitado por monstros
e estaria sempre em chamas. Se arriscassem cruzar o oceano Atlântico, à época conhecido
como mar Tenebroso, iriam se deparar com o fim do mundo. Mesmo assim, os
portugueses se lançaram às Grandes Navegações, no final do século XV.
Considerando:
I – A Tomada de Constantinopla pelos turcos otomanos;
II – A Criação da Companhia das Índias Ocidentais;
III – A existência de um poder centralizador e de um Estado unificado;
IV – A descoberta da imensa mina de prata em Potosí pelos lusitanos;
V – A invenção da bússola pelos portugueses na Escola de Sagres.
Assinale abaixo a alternativa que apresenta as causas que levaram à Expansão Marítima
Portuguesa.

a) I e II
b) I e III
c) I, II e III
d) III e IV
e) IV e V

RESPOSTA CORRETA: [B]


Apesar da forte competitiva entre as nações se desenvolvendo ao longo da
Idade Moderna, o papel pioneiro desempenhado pela nação portuguesa no processo
de expansão marítima, colocou este Estado à frente de outros países durante um
bom tempo.O pioneirismo português está relacionado, principalmente, ao fato de
possuir um estado centralizado em um relativo curto período de tempo. Já no século
XIV, a chamada dinastia de Avis havia fixado uma situação política estável naquele
país. Outro ponto fundamental destacado na questão é Tomada de Constantinopla,
ocasião na qual a rota de acesso ao Mar Negro pela Europa, dando acesso à Índia,

MUDE SUA VIDA!


50
alfaconcursos.com.br

foi fechada e houve a necessidade de busca de uma nova rota marítima, o que
resultou nas grandes navegações e as conquistas ultramarinas

52. No começo do século XVI, interessado em construir a basílica de São Pedro, em Roma, o
Papa Leão X negociou com o banqueiro Jacob Függer a venda das indulgências, que
garantiriam o perdão dos pecados àqueles fiéis que as comprassem. Esse abuso do poder
exercido pelo Papa causou profunda revolta em um monge do Sacro Império Romano-
Germânico chamado:
a) Erasmo de Roterdã
b) Thomas Morus
c) Pieter Bruegel
d) Martinho Lutero
e) Nicolau Copérnico

RESPOSTA CORRETA: [D]


Insatisfeito com as práticas abusivas da Igreja católica, em grande medida por
conta da venda de indulgências, pagamento pela remissão total ou parcial de
pecados, no ano de 1517, Martinho Lutero fixou na porta da igreja do Castelo as 95
teses que criticavam certas práticas da Igreja Católica, iniciando o processo que
culminou na reforma protestante. A reforma trouxe grande transformação religiosa
da época moderna e rompeu a unidade do Cristianismo no Ocidente.

53. Na segunda metade do século XVIII, durante a administração do marquês de Pombal


(1750 a 1777), foram adotadas medidas que objetivavam tornar mais ágil e eficiente a
administração da colônia portuguesa do Brasil, dentre as quais se destaca:
a) a elevação do Estado do Brasil à categoria de Reino Unido a Portugal e Algarve.
b) o reconhecimento da importância das Regiões do Sul e Sudeste, em função do
incremento do ciclo econômico do café.
c) a transferência da capital do estado do Brasil, de Salvador para o Rio de Janeiro.
d) o estado do Grão-Pará e Maranhão recebeu a denominação de estado do Maranhão.
e) a restauração do sistema de Capitanias Hereditárias.

RESPOSTA CORRETA: [C]


Sebastião José de Carvalho e Melo, O Marquês de Pombal iniciou reformas
administrativas econômicas e sociais desenvolveu o comércio colonial, isentou
impostos para exportações, fundou o banco real, expulsou os jesuítas de Portugal e
modernizou o exército. No Brasil, Pombal impôs uma rígida política fiscal na colônia.
Com a descoberta de ouro na região de Minas Gerais, o eixo econômico se voltou
para o sudeste e o Rio de Janeiro figurava como o principal porto para escoamento
de pedras preciosas. Neste sentido, a capital do Brasil, que era Salvador, passou a
ser o Rio de Janeiro.

MUDE SUA VIDA!


51
alfaconcursos.com.br

54. Assim como os fenômenos físicos – diziam os iluministas -, as relações entre os indivíduos
são regidas pelas leis da natureza. Os pensadores iluministas podem ser divididos em
dois grupos: os filósofos e os economistas. Respectivamente, são representantes desses
dois grupos:
a) Voltaire e Adam Smith.
b) Diderot e Montesquieu.
c) Piaget e François Quesnay.
d) Vincent de Gournay e Voltaire.
e) François Quesnay e Sartre.

RESPOSTA CORRETA: [A]


O Iluminismo foi um movimento intelectual e cultural que se desenvolveu na
Europa nos, séculos XVII e XVIII. Nessa época, o desenvolvimento intelectual, que
vinha ocorrendo desde o Renascimento, deu origem a idéias de liberdade política e
econômica, defendidas pela burguesia. Comumente divididos em iluministas políticos
(filósofos) e econômicos, os subgrupos tem como principais representantes Voltaire
e Adam Smith, respectivamente.

55. A industrialização da segunda metade do século XVIII, particularmente na Inglaterra,


iniciou- se com a mecanização do setor têxtil, cuja produção tinha amplos mercados nas
colônias inglesas. Qual tratado abriu as portas das colônias portuguesas para as
manufaturas inglesas?
a) Tratado de Utrecht, de 1713.
b) Tratado de Methuen, de 1703.
c) Tratado de Paris, de 1763.
d) Tratado de Madri, de 1750.
e) Tratado de Utrecht, de 1715.

RESPOSTA CORRETA: [B]


A dependência econômica portuguesa dos ingleses que tem seu germe no
Tratado de Methuen, de 1703. Também conhecido como tratado de Panos e Vinhos,
é um acordo entre Portugal e Inglaterra vigente entre 1703 e 1836 e que envolvia a
troca entre os produtos têxteis ingleses e o vinho português. Tal tratado é um
principais fatores de supressão da indústria portuguesa e consequente atrelamento
da economia dos lusos à britânica.

56. Embora estivessem subordinadas às leis inglesas, as Treze Colônias norte-americanas


gozavam de certa autonomia no que dizia respeito aos assuntos internos. No século XVIII,
as relações entre as Colônias e Londres se deterioraram pouco a pouco. Os conflitos se
acirraram em 1773, levando o Parlamento britânico a aprovar medidas restritivas em
relação à Assembleia de Massachusetts, nas Treze Colônias, que foram denominadas
como:

MUDE SUA VIDA!


52
alfaconcursos.com.br

a) Atos de Navegação de Cromwell.


b) Pacto do Mayflower.
c) Leis Intoleráveis.
d) Primeiro Congresso Continental.
e) Leis Townshend.

RESPOSTA CORRETA: [C]


O país que hoje se conhece como Estados Unidos da América, na época colonial,
era chamado de as Treze Colônias. Elas eram colonizadas pela Inglaterra, que até
então estava preocupada apenas com os seus assuntos internos. No entanto, após a
guerra dos sete anos, uma série de impostos foram criados na colônia,
desencadeando manifestações contrárias, como a festa do chá de Boston. Em
resposta, a Inglaterra criou as Leis Intoleráveis, em 1774, que tinha entre as medidas
o fechamento do porto de Boston, além da cobrança aos colonos de todo o prejuízo
que tiveram.

57. Ideias republicanas estavam presentes entre os brasileiros há tempos. No século XVIII,
inspiraram movimentos contra o domínio português. Em 1870, um grupo de políticos
lançou, no Rio de Janeiro, o Manifesto Republicano. Os seguintes episódios, ocorridos na
segunda metade do século XIX, abalaram o Império Brasileiro. Considerando os seguintes
fatos:
I – Questão Militar.
II – Questão de Fronteiras.
III – Questão Religiosa.
IV – Questão da Cisplatina.
V – Questão Abolicionista.

Assinale abaixo a alternativa em que todas as proposições estão corretas no que se refere
às questões que contribuíram para o fim do período Imperial Brasileiro.

a) I e II.
b) I, II e III.
c) I, III e V.
d) III, IV e V.
e) IV e V.

RESPOSTA CORRETA: [C]


A crise instalada no II reinado que derrubou a monarquia no Brasil ocorreu
principalmente pela: questão religiosa, relacionada a bulla papal Syllabus e o conflito
em Dom Pedro II e a igreja católica no Brasil; questão militar, dada a insatisfação do
exercito brasileiro com o tratamento recebido; Questão abolicionais, colocando a elite
agrária contraria a monarqui. A Proclamação da República no Brasil ocorreu dia 15
de novembro de 1889 tendo à frente o Marechal Deodoro da Fonseca (1827-1892),
que se tornou o primeiro presidente do Brasil.

MUDE SUA VIDA!


53
alfaconcursos.com.br

58. O ano de 1930 foi difícil para os cafeicultores brasileiros. De acordo com o historiador
Boris Fausto, o volume de vendas do café caiu mais de 35% naquele ano. O motivo
fundamental para a queda nas exportações do produto foi a crise mundial do capitalismo.
A principal causa dessa crise mundial foi
a) a desindustrialização da economia norte-americana, que acabou por desabastecer o
mercado internacional.
b) a superprodução da indústria dos Estados Unidos da América, que cresceu além das
necessidades dos mercados interno e internacional.
c) a vigorosa industrialização da União Soviética, que supriu satisfatoriamente os
mercados interno e internacional.
d) o excesso do capital financeiro na Europa, que afetou diretamente o surgimento de
governos democráticos na Península Ibérica.
e) a quebra da Bolsa de Moscou, que acabou por induzir falências de empresas e de bancos
e milhões de desempregados nos Estados Unidos.

RESPOSTA CORRETA: [B]


A Crise de 1929, ficou conhecida como “A Grande Depressão”. Foi a maior crise
do capitalismo financeiro no século XX.
O colapso econômico teve início em meados de 1929, nos Estados Unidos, com
uma crise de superprodução e subconsumo. a quebra nos do mundo inteiro provocou
uma forte queda nos preços internacionais das commodities. A Crise de 1929 atingiu
em cheio a economia do Brasil, muito dependente das exportações de um único
produto, o café.

59. Se, por um lado, a Guerra Fria significou a inexistência de um conflito direto entre as
superpotências, por outro, a disputa entre elas por áreas de influência em todo o mundo
deu-se de forma intensa. Uma conferência internacional, que reuniu 29 nações africanas
e asiáticas, em 1955, teve a intenção de ser uma alternativa à bipolarização mundial entre
os Estados Unidos e União Soviética . Esta conferência foi realizada em
a) Bandung.
b) Teerã.
c) Yalta.
d) Pan Munjon.
e) Varsóvia.

RESPOSTA CORRETA: [A]


A Conferência de Bandung foi um encontro ocorrido nesta cidade de
Bandung ,indonésia, entre 18 e 24 de abril de 1955 e que reuniu os líderes de 29
estados asiáticos e africanos, responsáveis pelos destinos de 1 bilhão e 350 milhões
de seres humanos. A conferência tinha como objetivo promover uma cooperação
econômica e cultural de perfil afro-asiático, buscando fazer frente ao que na época
se percebia como atitude neocolonialista das duas grandes potências, Estados Unidos
e União Soviética.

MUDE SUA VIDA!


54
alfaconcursos.com.br

60. Em 1985, a inflação brasileira chegou a 235% ao ano. Para corrigir essa situação, o
governo Sarney anunciou, em fevereiro do ano seguinte, um plano de estabilização
econômica, conhecido como Plano Cruzado. Observe as afirmativas abaixo.
I – Instituição da moeda chamada Real;
II – Congelamento de preços;
III – “Gatilho” salarial, determinando que os salários seriam reajustados sempre que a
inflação chegasse a 20% ao mês;
IV – Substituição da moeda corrente no país, o cruzeiro, pelo cruzeiro novo;
V – Introdução da Unidade Real de Valor (URV).

Assinale a alternativa em que todas as afirmativas estão relacionadas ao plano econômico


supracitado.

a) I e II.
b) I e V.
c) II e III.
d) III e V.
e) IV e V.

RESPOSTA CORRETA: [C]


Na tentativa de criar um Plano de Estabilização Econômica, o o governo de José
Sarney laçou em 1986, o plano que ficou conhecido como “Plano Cruzado”. As
principais medidas do plano cruzado foram: Reforma monetária; Congelamento dos
preços em todo o varejo; Criação do Fundo Nacional de Desenvolvimento (FND);
Criação do “gatilho salarial”, um mecanismo pelo qual os salários sofriam reajuste
automático cada vez que a inflação atinge certo patamar.

MUDE SUA VIDA!


55