Você está na página 1de 8

1

Lição 11 – Permanecer no Evangelho

Texto Áureo – 3.1-17

ORAÇÃO

Introdução:

Deitado numa masmorra insalubre, fria e úmida. Cansado pelo árduo serviço à Deus, ainda está
preocupado com o futuro do evangelho.

A fornalha da perseguição contra a igreja está acesa, Paulo dá suas últimas recomendações a Timóteo,
um pastor jovem, doente e tímido, sobre como enfrentar esses tempos difíceis não se corrompendo
como os falsos mestres.

 No Capítulo 1 aprendemos que precisamos – Guardar o Evangelho;


 No Capítulo 2 aprendemos que precisamos – Sofrer pelo Evangelho;
 No capítulo 3 aprenderemos que precisamos – Permanecer no Evangelho;
 No capítulo 4 aprenderemos que precisamos – Pregar o Evangelho.

Vamos dividir o Texto em duas partes:

Primeira – Extrema corrupção nos últimos dias – VS 1-9


Os homens maus e seus comportamentos
Segunda – Exortação a perseverar na sã doutrina (Fidelidade à Palavra) - VS 10-17
O servo do Senhor é diferente.

Vamos ao texto:
Primeira - Extrema corrupção nos últimos dias – VS 1-9
Os homens maus e seus comportamentos

“Tempos difíceis” VS 1 – LER

 Últimos dias
Não é apenas uma referência escatológica, mas Compreende toda “Era da igreja”, o período
entre a primeira vinda de Cristo (Encarnação) e a segunda vinda (Arrebatamento e volta em
Glória).

 Tempos trabalhosos / Tempos difíceis


Paulo nos informa que esse tempo não é fácil ara ser vivido.
O termo grego “chalepos” (o mesmo usado para descrever os endemoninhados gadarenos que
estavam furiosos – Mateus 8.28).

Isso indica que a violência os últimos dias será incitada por darem ouvidos aos demônios 1Tm 4.1

Este termo era empregado em referência aos animais perigosos e selvagens e também ao mar
violento.

John Stott diz que “esse tempo é marcado por uma ativa oposição ao evangelho.”
2

Apesar de esse tempo compreender toda era da igreja, sabemos que esses tempos serão de
impiedade crescente que culminarão no clímax da maldade, a revelação do homem do pecado
2. Ts 2.1-12 (Mencionar)

A sociedade rendida ao pecado é apenas um reflexo do próprio homem pecador.

Jonh Locke disse “que o homem é uma tábula rasa” (uma folha em branco), que este é produto do
meio. Ele errou!

Sim as más conversações corrompem os bons costumes, mas o pecado está em si no homem e
acabamos compreendendo que o meio é fruto do que está no homem.

O Homem precisava de uma alforria dessa escravidão, e somente o que Cristo fez é capaz de dar
essa liberdade a ele.

No texto a seguir:

Paulo nos mostrará que as pessoas direcionam o amor para si mesmo, para o dinheiro e para o prazer:
Poder, dinheiro e sexo.

O que está essencialmente errado com essas pessoas?


O seu amor está mal direcionado!

Em vez de serem em primeiro lugar amigos de Deus, são amantes de si mesmos, do dinheiro e do prazer.

Deus ordena que o amemos acima de todas as coisas e que amemos ao próximo como a si mesmos (Mt.
22.34-40), mas se amarmos a nós mesmos acima de tudo, não amaremos a Deus nem ao próximo.

No universo há Deus, pessoas e coisas.

“Nós devemos adorar a Deus, amar as pessoas e usar as coisas. Mas se começarmos adorando a nós
mesmos, acabaremos ignorando a Deus, amando as coisas e usando as pessoas.”
Hernandes dias Lopes

“Conduta moral corrompida” VS 3-4 LER

Vamos dividir essa lista em três categorias de vícios morais.

I. Conduta moral em relação a si mesmo (4 pecados);


II. Conduta moral em relação ao próximo (7 pecados);
III. Conduta moral em relação a Deus (4 pecados);
IV. Conduta moral em relação a família (2 pecados);
V. Conduta moral em relação ao dinheiro (1 pecado).

Vejamos:

I. Conduta moral em relação a si mesmo (5 pecados);


3

1) Os homens serão egoístas (ARA) Amantes de si mesmos (ARC).


A palavra grega é “filautós” – Significa literalmente Amantes de si.

Essas pessoas são narcisistas, só se importam consigo mesmo e com seu bem –estar.
São como o ouriço – Aveludados por dentro e espinhosos por fora.

Essa idolatria do eu tem destruído relacionamentos na Família, Na igreja e na sociedade.

No momento em que a pessoa torna a sua vontade e o seu desejo o centro da sua vida, destrói as
relações com Deus e com o próximo.

“Uma vez que a pessoa se erige como Deus, a obediência a Deus e o amor ao próximo se tornam
impossíveis.”
Hernandes Dias Lopes A essência do cristianismo não e o egoísmo, mas o amor ao próximo.

2) Os homens serão jactanciosos (ARA) presunçosos (ARC)

A palavra grega “alazon” significa pretencioso, ostentador, orgulhoso.

Refere-se às pessoas que tocam trombeta proclamando virtudes que não tem, que se
apresentam mais fortes, mais sábias e mais ricas do que são.

Plutarco – Usou o termo para descrever um charlatão;


Aristóteles – Usou o termo para apresentar uma pessoa que se apresenta melhor do que na
verdade é;
Xenofontes – Usou o termo para descrever pessoas que prometem o que não podem cumprir.

Se jactanciosos tem a ver com o comportamento externo, já arrogantes tem a ver com
sentimentos interiores, vejamos:

3) Os homens serão arrogantes (ARA) Soberbos (ARC)


A palavra grega “huperefanos” significa literalmente soberbo.

É aquele que se sente sobre os demais, e por isso, assim se coloca. Que olha para os outros
empoleirado no palco da vaidade, que tem o nariz empinado. (Altivo)

Essas pessoas soberbas na igreja são como Diótrefes (3 João 1.9 - LER).

“Tenho escrito à igreja; mas Diótrefes, que procura ter entre eles o primado, não nos recebe.”
3 João 1:9

Eles veem os demais como concorrentes;


A estas pessoas Deus resiste – 1 Pedro 5.5 – LER

“Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e
revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.”
1 Pedro 5:5
4

“A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.”


Provérbios 16:18

4) Os homens não terão domínio de si (ARA) Incontinentes (ARC)


A Palavra Grega “akrates” significa sem domínio próprio.

São indivíduos escravos de si mesmos, dominados por suas paixões, desejos e vícios.
São escravos da ira, da língua, do sexo, das drogas

Esse caminho é inevitavelmente o caminho da ruina, porque ninguém pode dominar nada, a não
ser que domine em primeiro lugar a si mesmo.

II. Conduta moral em relação ao próximo (7 pecados);

1) Os homens serão implacáveis (ARA) irreconciliável

A palavra grega “aspondos” significa, sem trégua, sem perdão.

Trata-se de uma ira que não cessa de arder. Pode referir-se ao homem que abriga um ódio tão
profundo que nunca chegará a um acordo. Ou pode significar que o homem tem tão pouca honra
que chegará a romper e desconsiderar os termos de um acordo.

2) Os homens serão caluniadores (ARA/ ARC)


A palavra grega “diabolos” – Significa literalmente caluniador
O diabo é o padroeiro dos caluniadores e o senhor de todos eles.

É o pecado de espalhar contendas, disseminar intrigas, jogar uma pessoa contra a outra.
Esse é o pecado que Deus mais abomina – Provérbios 6.16-17

Um caluniador não ama e não respeita a história de ninguém, e destrói o maior patrimônio de
uma pessoa: O seu nome.

3) Os homens serão cruéis (ARA / ARC)


A palavra grega “anemeros” = não domesticado, selvagem, feroz.
Mostra alguém sem sensibilidade e que suas palavras ferem, suas ações ferem e suas reações
são intempestivas.

4) Os homens serão traidores (ARA / ARC)


A palavra grega “prodotes” significa delator
É a pessoa que não se pode confiar, entreguista, informantes traiçoeiros. Agem como o Alexandre
latoeiro (2.Tm 4.14) que delatou o próprio apóstolo Paulo que culminou em sua segunda prisão.

Um bom exemplo desses é Judas Iscariotes.

5) Os homens serão atrevidos (ARA)


5

A palavra grega “propetes” significa uma pessoa levada pela paixão.


É o ser humano que não se detém diante de nada para obter os seus propósitos.

6) Enfatuados (ARA) Orgulhosos (ARC)


A Palavre grega “tuphoo” significa insolente, tolo arrogante

A pessoa cheia de orgulho próprio, bom aos próprios olhos.

7) Os homens serão inimigos do bem (ARA) sem amor para com os bons (ARC)

A Palavra grega “afilagathos” Significa “aquele que não gosta de boas amizades.
São como urubus, preferem a podridão. Seu paladar moral perdeu completamente a
sensibilidade.

III. Conduta moral em relação a Deus (4 pecados).

1) Os homens serão blasfemadores (ARA) Blasfemos (ARC)


A palavra grega “blasfêmia” significa Insulto a Deus e aos homens, que injuria, abusivo.

Aqueles que abrem suas bocas para falar contra Deus e contra os homens com suas palavras
carregadas de veneno. É a critica cruel a Deus e ao próximo.

2) Os homens serão ingratos (ARA /ARC)

A Palavra Grega “acharistos” significa sem graça, sem gratidão.

Refere-se às pessoas que negam a reconhecer sua dívida com Deus e com o próximo.
Esse é o pecado que mais fere, pois é o mais cego de todos.

O termo refere-se a pessoas que mesmo recebendo tudo, não retribuem nada.
À exemplo dos nove leprosos curados.

3) Os homens serão irreverentes (ARA) Profanos (ARC)


A Palavra grega “anosios” significa Profano, ímpio, mau.

“Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a
verdade em injustiça.”
Romanos 1:18

4) Mais amigos dos deleites do que amigos de Deus

IV. Conduta moral em relação a família (2 pecados)

1) Os homens serão desobedientes a pais e mães.


Pior sinal de degradação de um povo. Quando os filhos não respeitam aos pais, perdem por
completo qualquer respeito a autoridade. O que se espera daí é a anarquia.
6

2) Os homens serão desafeiçoados / Sem afeto natural


A Palavra Grega “astorgos” significa sem amor familiar
Sem o amor entre pais e filhos e sem afeição no lar, não pode existir famílias saudáveis.

VI. Conduta moral em relação ao dinheiro (1 pecado).


1) Os homens serão avarentos (ARA) avarentos (ARC)

A palavra grega “philarguros” traduzida por avareza – Significa amantes da prata.


“Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé,
e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.”
1 Timóteo 6:10

Éfeso era a casa do tesouro da Ásia Menor. Muitos se perderam ali por causa da riqueza.

“Parecem mas não são, destes afasta-te” VS 5 LER

Os problemas relatados anteriormente não estão descrevendo apenas um mundo ímpio, mas pessoas
religiosas.
Pessoas que estão dentro das igrejas, mas não mudaram sua visão do mundo. Não enxergam pela ótica
de Cristo.

São aqueles que trazem até uma aparência de uma natureza temente a Deus, mas negam seu poder.
São apegados a forma da religião, mas estão longe do Senhor.

Preservam os costumes formais da religiosidade, mas não permitem influencia sobre sua vida.

Tem a aparência externa sem a realidade interna = religião sem moral.

As igrejas hoje crescem em número, e um grande número de pessoas colocam as mãos na obra.
Trabalham, mas negligenciam a essência de Cristo em si.

Usam a força do braço que um dia irá cansar.

Mostram números, mas não vida, tem carisma, mas não caráter.

A cosmovisão antiga precisa dar lugar a cosmovisão cristã genuína!

Precisam de uma METANÓIA:

“E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso
entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”
Romanos 12:2

Isso só nascendo de novo, se não conseguem se quer ver o Reino, dirá entrar. (João 3).

Destes afasta-te. (De quem?) (Dos pecadores?)


Paulo está dizendo que não devemos ter comunhão com hipócritas.
7

“O método dos hipócritas” – VS 6-9 LER

 VS 6 - Se introduzem sorrateiramente nas casas...


 VS 6-7 - Levam cativos mulheres néscias (prezas fáceis)
Assim como a serpente aproveitou a ausência de Adão, esses aproveitam da ausência dos
maridos.
Essas mulheres são descritas como pessoas moralmente vulneráveis e intelectualmente
limitadas.
Vivem em um estado tal de confusão mental, que dão ouvidos facilmente a qualquer “mestre”.
 VS 8 - Eles como Janes e Jambres, pois tem aversão a verdade. Eles resistem a verdade!
 VS 8 - São corruptos de mente, reprovados quanto à fé.

 VS 9 - Glórias a Deus que eles não irão à frente – estes tem sempre os dias contados!
O seu fracasso é inevitável!
Deus é o dono da igreja, tem não só os candelabros em sua destra, mas também as estrelas.
Ele abate e levanta, Ele abre e fecha, Ele dá a vida e tira a vida!

“Paulo ordena a Timóteo: Seja diferente destes, ande com Deus” VS 10-12 LER

Em evidente contraste ao declínio moral, religião inautêntica, propagação de falsas doutrinas, Paulo
chama a Timóteo para ser diferente, para andar na contramão, mesmo se assim como Paulo, Timóteo
ficar sozinho.

Paulo em contraste com os falsos elenca as marcas de um verdadeiro líder cristão:

1) Sua vida é um modelo digno de ser imitado – “Tu, porém, tens seguido, de perto, o meu
ensino...” VS 3a
Paulo não era um teórico da fé, ele vivia o que ensinava e Timóteo era um discípulo verdadeiro,
pois seguia de perto (Seguir de perto = seguia os passos de Paulo);

2) Sua doutrina é confirmada pelo testemunho – “...procedimento, propósito, fé, longanimidade,


amor, perseverança” VS 3b
Timóteo não seguiu apenas o ensino de Paulo, mas também a sua conduta.

 O procedimento de Paulo era irrepreensível;


 Seu propósito era testemunhar o Evangelho da graça, ainda que isso lhe custasse a própria vida;
 Sua fé estava ancorada em Cristo Jesus;
 Sua Longanimidade diante das reações hostis sofrida por todo caminho que passou era notória;
 Seu amor era inegável, pois ninguém sem esse amor coloca a vida a prêmio para pregar a verdade.

3) Sua fidelidade é demonstrada pela disposição de sofrer por Cristo.


“As minhas perseguições e os meus sofrimentos, quais me aconteceram em Antioquia, Icônio, e
Listra; que variadas perseguições tenho suportado! De todas entretanto, me livrou o Senhor. Ora,
todos quantos quiserem viver piedosamente em Cristo serão perseguidos.” VS 11-12

O Próprio Jesus falou a cerca de Paulo: “ Pois lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu
nome” (At 9.16) Sabemos o quanto Paulo sofreu.
8

No texto Paulo elenca somente o que Passou na Galácia durante sua primeira viagem missionária:
Foi expulso de Antioquia da Pisídia, teve que fugir par Icônio para não ser linchado; ,as em Listra
foi apedrejado e arrastado para fora da cidade como morto.
Foi nesse tempo que Timóteo se converteu.

“O caminho e o destinos dos hipócritas (Sua instabilidade)” – VS 14 LER

“Fidelidade a Palavra de Deus (Permaneça nas Escrituras)” – VS 14-17 LER

Corrigir VS 16.

a) Tu porém VS 14-15 – Mais uma vez Paulo começa cum parágrafo com “Tú porém”, distinguindo
Timóteo dos “homens perversos e impostores” do VS 13.

Precisamos tomar essa palavra para nós, tempos difíceis em que toda hora aparecem esses
“homens perversos e impostores” que se orgulham de inventar uma nova teologia.

b) A origem das Escrituras VS 16 – Paulo afirma categoricamente que “toda a Escritura é inspirada
por Deus”. Ela é soprada por Deus.
Paulo está afirmando duas verdades que o autor das Escrituras é o Próprio Deus.

c) O propósito da Escritura VS 15-17 – Paulo prossegue, mostrando que a utilidade das Escrituras é
tanto para doutrina cristã quanto para conduta do cristão.

- Dá sabedoria para salvação;


- É útil para ensinar a verdade;
- É valiosa para condenar o erro;
- É útil para corrigir as faltas;
- serve para que sejamos perfeitamente instruídos para toda boa obra.

Conclusão:

Vivemos hoje tempos difíceis, nós porém...