Você está na página 1de 24

Empuxo do solo

Definição

Entende-se por empuxo de terra a ação horizontal


produzida por um maciço de solo sobre as obras com
ele em contato.

A determinação do valor do empuxo de terra é


fundamental para a análise e o projeto de obras
como muros de arrimo, cortinas de estacas-prancha,
construção de subsolos, encontro de pontes, etc.
Coeficiente de Empuxo (K0)

A relação σh’/σv’ é constante e chamada de coeficiente


de empuxo em repouso K0. Nestas condições:
NÃO OCORREM DEFORMAÇÕES LATERAIS NO
SOLO.
Empuxo do Solo

Para este cálculo, necessário para o dimensionamento


de estruturas de contenção, devemos utilizar os
conceitos de: Tensão Vertical e Horizontal
Lembrando...
Tensão Vertical
Empuxo do Solo

conceitos de: Tensão Horizontal


Lembrando...
A tensão horizontal é definida pelo coeficiente K0, que representa o
coeficiente de empuxo no repouso, multiplicada pela tensão vertical!

Tensão Horizontal
Calcular as tensões efetivas verticais e horizontais nos ponto A, B, C, D e E
do perfil geotécnico e desenhar os respectivos diagramas de variação
dessas tensões.
Calcular as tensões efetivas verticais e horizontais nos ponto A, B, C, D e E
do perfil geotécnico e desenhar os respectivos diagramas de variação
dessas tensões.

Alteração
de K0
Calcular as tensões efetivas verticais e horizontais nos ponto A, B, C, D e E
do perfil geotécnico e desenhar os respectivos diagramas de variação
dessas tensões.
Empuxo passivo (Ep)

 Ocorre quando a força é exercida pela estrutura


sobre o solo, ou seja, É a estrutura que é
empurrada contra o solo.

 Um caso típico de interação solo-estrutura:


fundações que transmitem ao maciço forças de
elevada componente horizontal, como é o caso de
pontes em arco.
Empuxo passivo (Ep)
Empuxo ativo (Ea)

Verifica-se quando uma estrutura é construída para


suportar um maciço de solo.

Neste caso, as forças que o solo exerce sobre as


estruturas são de natureza ativa.

O solo “empurra’ a estrutura, que reage.


Variações no tipo de empuxo com o
deslocamento da parede.
Empuxo Ativo e Passivo

Verifica-se em alguns tipos de obras a existência


concomitante dos dois tipos de empuxo o ativo e o
passivo, como é o caso da estaca prancha da Figura
abaixo.
Cálculo do Empuxo Ativo (Ea) – superfície plana
Método de Rankine
 No caso mais simples, considerando um solo
homogêneo, seco, não coesivo, 0 valor do empuxo
ativo total Ea é igual a área do triângulo ABD e pode
ser obtido pela expressão:

Ea

 A resultante do empuxo
situa-se em h/3
Cálculo do Empuxo Ativo (Ea) – superfície plana
Cálculo do Empuxo Passivo (Ep) – superfície plana

Admitindo-se que a parede se desloque contra o terrapleno


(maciço): para que se produza o deslizamento, o empuxo deverá
ser maior do que o peso do terrapleno.

Neste caso, valor do empuxo passivo Ep é igual a área do


triângulo ABD e pode ser obtido pela expressão:
Cálculo do Empuxo Passivo (Ep) – superfície plana
O muro de arrimo da figura está suportando um solo de peso
específico igual a 16 kN/m3 e com um ângulo de atrito interno de
30°. Pelo Método de Rankine, qual será o valor total do empuxo
ativo sobre este muro?
Muro com sobrecarga q:
Calcular, pelo método de Rankine, o valor do
empuxo ativo sobre o muro.
Empuxo em solo inclinado