Você está na página 1de 39

Massagem Relaxante e Energizante

Massagem
• Conjunto de manobras e
manipulações, realizadas harmoniosa
e metodicamente com fins
preventivos ou terapêuticos sobre os
tecidos subcutâneo, muscular,
vascular (linfático e sanguíneo e sobre
os sistemas nervoso e respiratório).
Efeitos da massagem no sistema
tegumentar:
• Aquecimento da pele
• Melhora a circulação Sanguínea e
Linfática
• Secreção de glândulas sebáceas
• Torna a pele mais flexível e maleável
• Rompe aderências faciais
• Restaura movimentos
Efeitos da massagem no sistema
Esquelético:

• Movimento articular,
• ↑O2
• Produção de líquido Sinovial
• Aumenta o nº de Hemácias e
leucócitos
• Melhora o sistema de defesa
Efeitos da massagem no sistema
Muscular:

• ↑Nutrição e desenvolvimento
• Acelera a eliminação de Ac. Lático,
• Flexibilidade de fáscias
• Relaxamento,
• ↑Excitabilidade,
Efeitos da massagem no sistema
Nervoso:

• ↑o nível de Dopamina (Mov. Voluntário)


• ↑o nível de Endorfinas (analgésicas)
• ↑o nível de Ocitocina (↑Limiar de dor)
• ↑o nível de Serotonina (regula o sono)
• ↓o nível de Cortisol (Anti-inflamatório
Natural)
Efeitos da massagem no Sistema
Circulatório:
• Melhora a permeabilidade capilar e
oferta de O2.
• Bomba de retorno venoso,
• Aumenta o fluxo da Linfa.
Efeitos da massagem no sistema
digestório:

• Estimula o metabolismo,
• Eleva o apetite,
• Acelera a digestão,
• Empurra mecanicamente os detritos indigeríveis.
Efeitos da massagem no sistema
respiratório

• Mobilização de secreção,
• Estimulação diafragmática,
• Auxílio à tosse.
Qualidade do toque

• Profundidade de Pressão: Leve, moderada e profunda.

• Arrasto: Quantidade de tração

• Direção: Centro ←→extremidade; Origem ←→Inserção.


Paralela, transversa ou circular.

• Velocidade: Rápida, Lenta ou variável.

• Ritmo: Regular ou irregular

• Frequência: Número X Tempo

• Duração: Tempo de permanência


Movimentos Fixos:

• Enraizamento
• Centramento
• Toque de Repouso
Enraizamento: É uma tela de proteção que
ajuda a manter a energia profissional isolada do
cliente.

• Posicionar-se próximo da mesa de massagem.


• Direcionar os pensamentos para o chão como se
os pés fossem raízes.
• Estabelecer contato c/ ombro, costas ou pés.
• Fechar os olhos, respirar, limpar a mente e
concentrar-se no cliente.
Centramento:

• Concentrar a sua atenção unicamente na sessão


de massagem e no momento presente.

• De olhos fechados, respirar profundamente,


sentindo a expansão torácica.
Toque de repouso:

• O Ato de parar de se movimentar e suavemente


pousar as mãos, os dedos ou o braços relaxados
sobre o cliente por alguns segundos.
• No início da massagem: Contato inicial
• Durante a massagem: Minimizar o numero de
vezes que se interrompe o contato.
Movimentos Básicos da Massagem.

• Deslizamento
• Percussão
• Pinçamento
• Amassamento
• Pressão
• Fricção
• Vibração
Percussão-
• Movimento rítmico rápido que usa as mãos como em uma
batida rápida de tambor (tapotagem).
• Classificada em leve ou pesada; A força dos golpes
determina a profundidade de penetração.

• Efeitos: É mais estimulante do que relaxante; Anestésico (


prolongado); Reflexo tendíneo; Eliminação de congestão do
pulmão;

• Aplicação: Com ou sem lubrificante; Golpes percussivos


rítmicos; Em concha; Com as almofadas dos dedos; Com a
borda medial das mãos; Com os punhos; Com a ponta dos
dedos.
• *não usar diretamente sobre a coluna, veias varicosas e
rins.
Fricção

• Pequenos movimentos profundos realizados numa área local


sem deslizamento sobre a pele; Usada basicamente para
romper aderências faciais e separar fibras musculares.

• Efeitos: Gera calor; Estimula o fluxo sanguíneo e linfático;


Hiperemia local; Previne e dissolve aderências; Em excesso
provoca queimadura por fricção da pele.

• Aplicação: A velocidade é moderadamente rápida; Usa-se os


polegares, as almofadas dos dedos ou a palma das mãos.

• Fricção superficial; Fricção profunda.


Vibração
• Movimentos vibratórios das mãos que podem percorrer a
superfície cutânea até órgãos profundos; Utilizada para
estimular nervos, músculos e órgãos.

• Efeitos: Contrações musculares (vibrador elétrico); Estimula


o sistema nervoso e a atividade orgânica; Reduz a
sensibilidade a dor; Aumenta a circulação e temperatura;
Reduz a tensão muscular.

• Aplicação: É necessário manter os ombros, braços e mãos


muito relaxados e ao mesmo tempo movimentá-los com
rapidez.

• Variações: Balanço; Ondulação.


Amassamento
“amassar”

• É uma série rítmica de compressões intermitentes combinadas com o


ato de agarrar e levantar. Os tecidos podem ser comprimidos contra
os ossos subjacentes ou apertados com as mãos.

• Variação: Rolamento da pele

• Efeitos: Melhora a circulação, Estimula a atividade glandular, Aquece


os tecidos moles, Torna mm. e fáscias mais flexíveis, Reduz tensão
muscular, Alivia dor, Promove relaxamento.

• Aplicação: A força varia com a espessura do tecido; Não utiliza


lubrificante; Semelhante a beliscões na pele; Deve-se mudar de área
para não sobrecarregá-la;
• Apertar, elevar, e liberar com ritmo alternado entre as mãos.
• Usa-se o polegar e almofadas dos dedos ou punho solto (concha).
Pinçamento

• Hiperemia local
• Estimulo de terminais nervosos
proporcionando pequenas contrações
musculares
• Indicação: flacidez muscular e tissular
• Execução: extremidade dos dedos
polegares, indicador e médio, pinçar
pequena quantidade de pele, alternando as
mãos.
. Deslizamentos := “Deslizar” e “tocar
leve”
• Por ser uma manobra básica, ele é usado em
todas as fases iniciais da massagem, além de
proporcionar o primeiro contato com o paciente.
• As várias formas de fazer deslizamentos podem
ser descritas juntas, mas basicamente sua direção
é centrípeta, ou seja, acompanhando os sistema
de retorno venoso e o sistema linfático e também
devem acompanhar as fibras musculares, que
estão sendo trabalhadas.
• A pressão dos movimentos pode ser leve e
gradativamente ser aumentada conforme a
necessidade do paciente, mas nunca, devera
ocorrer dor ou desconforto.
Deslizamentos

• • Superficial: Deve sempre ser aplicada ao iniciar


a massagem e sempre após cada manobra, sendo
um toque leve e suave, tem efeito calmante e é
indicado nos casos de varizes.
• • Suave: Tem quase o mesmo efeito do
deslizamento superficial. É usado com o objetivo
de preparar a musculatura para uma massagem
mais profunda.
• • Profundo: Provoca um escoamento mais rápido
do sangue venoso e da linfa. Deve ser sempre em
direção da circulação de retorno, é mais
energético que o deslizamento suave e é utilizado
para o aquecimento do local trabalhado.
Os efeitos do deslizamento são tantos
reflexos como mecânicos.
• As principais características dos deslizamentos são:

• • Movimentação do sangue para os vasos sanguíneos e


linfáticos, e empurra o conteúdo dos órgãos digestivos.
• • Reduz a dor. Pois com aumento do fluxo sanguíneo; ajuda
na remoção dos agentes inflamatórios e restos metabólicos.
• • Ajuda na diminuição dos edemas.
• • Libera por efeitos reflexos endorfinas.
• • Melhora a motricidade intestinal e a contração dos
músculos involuntários da parede intestinal.
• • Reduz a sensibilidade das terminações nervosas livres.
• • Auxilia no relaxamento muscular
Efeitos imediato das manobras na
pele
• O fluxo maior de sangue aumenta a
nutrição celular e a ação mecânica das
mãos sobre a pele permite uma retirada
inicial das células em descamação e do
sebo, além de produzir um aumento da
temperatura local. Outro efeito muito
importante sob o ponto de vista estético
funcional é a eliminação ou amolecimento
de aderências e retrações cicatriciais.
Efeitos e movimentos da
Massagem
• Fisiológicos

• Mecânicos

• Reflexos

• Metabólicos.
Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica

• I - Aspectos Éticos

• Deve ter padrões de higiene pessoal e limpeza, para que o


cliente se sinta confiante do tratamento que irá receber, do
mesmo modo também deve ter um alto padrão de prática
ética, pois os procedimentos com massagem, tem contato
direto terapeuta/cliente..

• Antes de iniciar o tratamento deve explicar ao cliente qual


será o procedimento utilizado. Este deve estar sem relógio ou
joias, e deve demonstrar atitudes e movimentos espontâneos
e relaxados.
Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica

• II - Conhecimento da Anatomia Superficial

• As técnicas de massagem exige que o profissional


tenha um conhecimento da anatomia superficial,
pois ao manipular é preciso que este esteja
familiarizado com as estruturas anatômicas
envolvidas.
Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica

• III - Preparação das Mãos

• As mãos devem estar limpas e as unhas bem cortadas e


cuidadas. As mãos ideais para a massagem são as bem
carneadas, quentes, flexíveis e secas, devem expressar
sensibilidade e suavidade, firmeza e força.
• Às vezes é necessário a utilização de luvas e hidratante
específico para as mãos.
• Devemos lavar as mãos antes e após o tratamento.

• Nos procedimentos por massagem, as mãos executam 2


funções: dão movimento a pele, tecidos, músculos e outras
estruturas e adquire informações sobre o estado destes
tecidos.
Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica

• IV - Lubrificantes
• Na maioria das vezes é necessário o uso
de lubrificantes ( óleos e cremes) para
facilitar os movimentos.

• Os Óleos, Cremes , géis são úteis no


tratamento, especialmente sobre
cicatrizes, pele seca e em áreas
deficientemente nutridas.
Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica
• V - Equipamento

• As mãos são os equipamentos mais importantes,


porém existem outros equipamentos que
permitirão outras técnicas interessantes.
• Também devemos ter equipamentos que
permitam posicionar o cliente para que sinta-se
bem sustentado em todas as posições.
Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica

• VI - Cobertura e Posicionamento do Paciente

• A posição do cliente é de suma importância para se obter um bom


resultado, pois é preciso que este se encontre bem relaxado para
que a massagem seja bem sucedida.

• O cliente deve ser aquecido durante a massagem, e a parte que


não for massageada deverá ficar coberta, a sala deve estar
aquecida, sem barulho e de preferência o paciente será tratado
individualmente.

• O profissional deve ficar de pé, de modo que possa entrar


confortavelmente em contato com o cliente; a massagem deve ser
realizada de modo lento e confortável.
Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica

• VII - Posições mais comuns

• - Deitado supino (com a face voltada para o teto)

• - Deitado em pronação (com a face voltada para o chão)


Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica

• VIII - Posição do Terapeuta

• Quando o cliente está deitado em uma cama ou mesa terapêutica,


a melhor posição para o profissional é em pé, e os pés devem
permanecer em contato com o chão em todos os momentos, para
que o equilíbrio seja mantido.

• A maca deve ter uma altura adequada para o profissional


reduzindo o risco de uma lesão dorsal.

• O terapeuta deve evitar uma excessiva flexão dos pulsos e


hiperextensão dos dedos.
Condições Básicas para a Massagem Terapêutica

• IX - Componentes da Massagem

• - Apoio e posicionamento confortáveis dos clientes, de modo que


possam ficar relaxados durante o tratamento;

• - Manutenção das mãos flexíveis, de modo que se encaixem ao


contorno da parte do corpo que esta sendo massageada.

• - Estabelecimento da velocidade correta dos movimentos.


• - Manutenção de um ritmo uniforme.

• - Regulagem da pressão de acordo com o movimento que esta


sendo realizado, o tipo de tecido (s) tratado (s), e a finalidade do
tratamento.
• - Manutenção do posicionamento postural adequado e da boa
mecânica corporal.
Condições Básicas para a Massagem
Terapêutica
• Fatores que tendem a inibir o relaxamento são:

• - Dor ou medo da dor;- Medo de um tratamento desconhecido;


• - Ambiente estranho ou novo;- Ruído excessivo;

• - Luzes intensas ou escuridão total;- Locais frios;


• - Dificuldades respiratórias;- Medo de se despir;

• - Fatores psicológicos, etc.

• Os fatores ambientais que podem facilitar o relaxamento são


ambiente tranquilo; iluminação suave, temperatura
moderada, ambiente sem corrente de ar e uma área de
tratamento limpa e arrumada.
Indicações para a massagem

• Flacidez cutânea
• Relaxamento
• Melhora de fluxo sanguíneo
• Melhora da nutrição celular
• Estimulo da circulação sanguínea e
linfática
Contra indicações para a massagem

• Relativas:
• Gravidez nos 3 primeiros meses de gestação.
• Hipertensão arterial descontroladas.
• Quando o cliente sofre muita dor.
• Em doenças de pele.
• Taquicardia.
• Hematomas graves.
• Imediatamente após operações cirúrgicas.
Contra indicações para a
massagem
• Absolutas: Pele lipídica e acneica, tumores
malignos, infecções (hipertermia), alterações
vasculares (trombose, tromboflebite),psoríase,
dermatites e dermatoses.
• Trombose
• Embolias
• Gânglios inchados
• Fraturas ósseas não consistentes
• Osteoporose grave