Você está na página 1de 16

Cultura popular tocantinense

A contribuição dos negros e


indígenas na musica e na dança

Eletiva: Penso, logo escrevo!


Muitos questionam se o
Tocantins tem uma cultura
popular característica, já que
até pouco tempo atrás fazia
parte do território de Goiás.
A verdade é que apesar
de ser um estado novo a
cultura e a arte popular do
Tocantins tem suas próprias
características.
Especialmente a cultura
negra e indígena.
Os negros e os povos
indígenas deram uma contribuição
importante ao longo da história na
construção da identidade cultural
e artística tanto a nível nacional
como também regional.
Se formos buscar na historia veremos
que as raízes culturais mais profunda do
Tocantins estão na cultura dos povos
indígenas que já habitavam este território
muito antes dele ser desbravado pelos
bandeirantes que aqui chegaram em
busca de ouro e diamante.
A contribuição dos negros não
é menos importante – eles
tiveram um papel fundamental na
construção da cultura e da arte
nessa região que viria se tornar o
estado do Tocantins.
Foram os negros
escravizados pelos
bandeirantes na exploração do
ouro e diamante que, por
exemplo, criaram a súcia.
A súcia é uma dança de origem africana
trazida pelos negros que vieram trabalhar como
escravos nas minas de ouro e diamante em
Arraias, Natividade, Porto Nacional e outras
regiões do estado. Portanto a súcia é uma
expressão artística genuinamente tocantinense –
uma marca histórica da resistência dos negros
que foram tão explorados no Tocantins.
Já sobre á música feita no Tocantins
podemos destacar que a sua principal
característica é a sua diversidade, pois foi e é
construída por artistas que aqui nasceram,
mas também por aqueles que vêm de outras
regiões e escolheram o Tocantins para morar. E
é esta diversidade que faz a riqueza da musica
e a dança feita no Tocantins.
Porém seria prematuro afirmar que
temos uma arte popular acabada. Se o
próprio estado do Tocantins ainda esta em
construção, a arte popular feita no
Tocantins ainda esta em construção.
Sobretudo a arte que é feita pelas novas
gerações.
Arte esta que precisa
dialogar com as nossas
raízes culturais, sobretudo
as raízes culturais negras e
indígenas.
Nesse sentido podemos destacar
alguns artistas como Genésio Tocantins,
Juraíldes da Cruz, Toninho Andrade,
Everton dos Andes, Chiquinho Chocolate,
Dorivam e os tambores do Tocantins que
se preocupam em fazer esse diálogo nos
seus trabalhos artísticos tanto no campo
musical como na dança.
O Tocantins é um estado
multicultural – tal característica
se dá pelo fato de ser um
estado onde recebemos
pessoas de várias partes do
Brasil.
Essa formação
multicultural do Tocantins
reflete no tipo de arte que é
feita no estado. Uma arte
rica e diversa.
O povo tocantinense que aqui
nasceu ou aqueles que escolheram
essa terra para viver são
privilegiados por viver num território
com uma grande riqueza cultural.
Com uma arte popular importante,
mais ainda em construção.