Você está na página 1de 15

Recuperação de Etanol por

Destilação com Refluxo

ELABORADO PELOS ALUNOS: CLAUDIA POZZER, MÁRCIA FALCÃO, RAFAELA FERREIRA, RONALDO XIMENDES
1
INTRODUÇÃO

O processo da destilação é um processo de separação físico


e é utilizado para separar misturas homogêneas a partir de
aquecimento. Para separar uma mistura do tipo sólido-líquido
utilizamos a destilação simples e para separar misturas do tipo
líquido-líquido utilizamos a destilação fracionada.

2
INTRODUÇÃO
Figura 1: Esquema de uma coluna de destilação.

• Pressão → influência na
volatilidade relativa;

Razão de refluxo → influência na


qualidade do destilado;

3
APLICAÇÕES NA INDÚSTRIA
❖ Petróleo
❖ Bebidas alcoólicas

Figura 2 : Bebida alcoólica Figura 3 : Torre de destilação do Petróleo

4
OBJETIVO
Objetivo geral

Recuperar etanol de uma mistura etanol-água através de uma coluna


de destilação a partir de uma razão de refluxo 2:1 (nominal).

5
OBJETIVO
Objetivos Específicos
• Estudar um processo de separação binária em uma coluna de destilação e entender os
fenômenos envolvidos nas transferências de calor e massa;
• Relacionar as composições e as temperaturas a partir de dados de equilíbrio líquido vapor;
• Definir o número de estágios teóricos de equilíbrio e a altura do recheio da coluna através do
conceito de HETP;

6
METODOLOGIA

• Mistura etanol-água

• Alimentação vapor saturado.

Figura 4: Módulo didático usado no experimento sendo: 1 condensador, 2 refluxador, 3 reservatório graduado, 4 manômetro
de vácuo, 5 coluna de destilação, 6 painel eletrico, 7 refervedor parcial.

7
METODOLOGIA

Figura 5 : Fluxograma da metodologia do experimento.

Fonte: Autores(2019)

8
METODOLOGIA DE CÁLCULO

9
METODOLOGIA DE CÁLCULO

10
METODOLOGIA DE CÁLCULO

11
RESULTADOS E DISCUSSÃO

Tabela 1: Frações molares do etanol ao longo da coluna

Local X etanol • ↑ concentração de etanol no


Condensador 0,85 topo da coluna;
Refervedor 0,065
• Etanol + volátil;
Fonte: Autores (2019).

12
RESULTADOS E DISCUSSÃO
Figura 6: Degraus teóricos

• Valor do número de
estágios teóricos foi de
8 e o valor de HETP
igual a 6,5; • RD= 2,1145.
• Rmin= 1,7620;

13
CONCLUSÃO
• Obteve-se o perfil de temperatura ao longo da coluna para a razão de refluxo em que esta foi
operada

• As concentrações alcoólicas apresentaram valores elevados no topo da coluna (destilado) e


valores menores para o refervedor. Com refluxo 2:1 as concentrações variaram entre 6,5% a
84%.

• A razão de refluxo real e mínima encontradas foram de 2,1145 e 1,7620 respectivamente.

• O número de estágios teóricos de equilíbrio foi igual a 8 para o refluxo 2:1 e o valor de HETP
igual a 6,5.

14
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
• AZEVEDO, E. G.; ALVES, A. M. (2009). Engenharia de Processos de Separação. Editora IST Press, Lisboa.
• CALDAS, J. N.; LACERDA, A. I. Torres recheadas. JR Editora Técnica Ltda., Rio de Janeiro, 1988.
• CADORE, I. R. Eficiência de Torres de Destilação. Trabalho de Conclusão de Curso. Porto Alegre- RS:
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2011. Pág 4.
• FOUST, A.S et al., (1982). Princípio das Operações Unitárias. Editora LTC, segunda edição, Rio de Janeiro-RJ.
• NASCIMENTO, A. J. V. Análise de modelos reduzidos de colunas de destilação para aplicações em tempo real.
2013. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio de Janeiro.
• KISTER, H. Z. Distillation design. New York: Ed. McGraw-Hill, 1992.
• SOUZA,W. L. R., Estudo do desempenho de uma coluna de destilação recheada na produção de etanol
anidro usando glicerol como solvente. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 2012.
• LOPES, M. M., Estudo comparativo da destilação em batelada operando com refluxo constante e com
composição do destilado constante. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo,2008.

15