Você está na página 1de 34

|  

     

  
     
 
 

    


| 

  

 

Finalidade dos equipamentos
‡ Os equipamentos devem ser utilizados de forma correta,
afim de cobrir o investimento inicial.
‡ Ajuda a mina a definir e atingir novos padrões de
segurança, eficiência e rentabilidade.
Fatores Fundamentais

‡ Dimensionamento dos equipamentos;


‡ Técnicas de operações;
‡ Mão-de-obra qualificada;
‡ Condições dos acessos e praças;
‡ Prevenção e manutenção dos
equipamentos;
Caminhões
Desempenho

‡ Tempo de basculamento

Ideal. . . . . . . . . . . . 42 s
Aceitável. . . . . . . . .54 s
Caminhões
Posição de carga

‡ A carga deve estar centralizada ao longo da caçamba;


‡ Minimizar material na cabeceira da caçamba;
‡ Minimizar derramamento aos lados, cantos e na traseira;
‡ Material dividido em 66% na parte dianteira e 33% na
traseira.
Carga correta Carga correta
Carga correta
Carga incorreta
Caminhões
Posicionamento

‡ O operador da máquina de carga deve posicionar para o


caminhão manobrar;
‡ Posição de tempo de ciclo mais rápido:
- Caminhão - 45 ° da carregadeira;
‡ Minimizar a espera o tempo
na carregadeira.
Escavadeiras
Características
‡ Inflexível na operação (máquina de escavação e carregamento);
‡ Limitado a projetos de longa duração (vida útil 40.000 horas;)
‡ Baixa mobilidade (não apropriada para lavra seletiva e blendagem);
‡ Cuidados com a distribuição elétrica e manejo dos cabos de linha;
‡ Motores elétricos e sofisticados sistemas de controle (alta eficiência
operacional);
‡ Habilidade de escavar (peso, tração e capacidade de deslocamento do
guindaste);
‡ Montagem sobre esteiras favorece operação em locais não apropriados
para pneus;
‡ Reduzida fadiga do operador.
Escavadeiras
Vantagens
‡ Construção robusta adequada para escavações de material
de dureza relativamente alta e serviços de carregamento;
‡ Segurança e eficiência;
‡ Baixo custo operacional em projetos de longa duração

Desvantagens
‡ Baixa flexibilidade e mobilidade;
‡ Alto investimento inicial.
Escavadeira Elétrica
Desempenho

‡ Tempo de ciclo;
28 a 32 s (31 s em média)

‡ Fator de enchimento da caçamba;


100-105%

‡ Passes necessários;
3 a 4 passes
(depende da capacidade da caçamba)
Escavadeira Elétrica
Condições

‡ Altura ideal da bancada


- Deve ser tal que ao se atingir
a crista do banco a caçamba esteja
totalmente cheia;

‡ Boas condições da praça de carga:


- condição do piso: nivelado, ´limpoµ
sem ´borrachudosµ;
- largura da praça: Deve ter pelo menos
duas vezes a largura da máquina + o caminhão
Escavadeira Elétrica
Máximo desempenho e segurança

‡ Manter ângulo de giro entre 70º a 90º, giros maiores


ocasionam perda de produção;
‡ Manter o piso nivelado perpendicularmente às esteiras;
‡ Monitorar o cabo de energia, que deve estar sempre
perpendicular às esteiras da máquina;
‡ Sempre operar perpendicularmente à face do banco, pois
em situações de emergência a retirada da máquina é fácil e
rápida;
‡ Nunca deslocar com a caçamba cheia;
‡ Para deslocamento em rampas, sempre deve ter o apoio de
um trator de esteiras.
Escavadeira hidráulica
Desempenho

‡ Tempo de ciclo;
27 a 30 s (28 s em média)

‡ Fator de enchimento da caçamba;


90-100%

‡ Passes necessários;
4 a 6 passes
Escavadeira hidráulica
Condições

‡ Altura ideal da bancada


- Deve ser tal que ao se atingir
a crista do banco a caçamba esteja
totalmente cheia;

‡ Boas condições da praça de carga:


- condição do piso: nivelado, ´limpoµ
sem ´borrachudosµ;
- largura da praça: Deve ter pelo menos
duas vezes a largura da máquina
mais o caminhão
Retroescavadeira hidráulica
Desempenho

‡ Tempo de ciclo;
24 a 28 s (26 s em média)

‡ Fator de enchimento da caçamba;


90-110%

‡ Passes necessários;
4 a 6 passes
Retroescavadeira hidráulica
Condições

‡ Altura e quantidade de materiais ideais da pilha:


- Deve ser posicionada no plano da altura da báscula do caminhão;

‡ Caminhão abaixo da escavadeira;

‡ Ângulo de giro entre 45 e 60º;


Carregadeira ou Pá mecânica
Características
‡ Flexível na operação (máquina de escavação, carregamento,
serviços auxiliares, alimentação de britadores, etc.);
‡ Excelente mobilidade sendo apropriada para lavra seletiva e
blendagem;
‡ Habilidade de escavar (peso, tração e capacidade de
deslocamento do guindaste);
‡ Montagem sobre esteiras favorece operação em locais não
apropriados para pneus;
‡ Reduzida fadiga do operador.
Carregadeira ou Pá mecânica
Vantagens

‡ Alta mobilidade;
‡ Pode fazer blendagem e lavra seletiva;
‡ Retorno de investimento favorecem as carregadeiras (alta
produção e baixo investimento);
‡ Pás carregadeiras requerem menor habilidade do operador;
Carregadeira ou Pá mecânica

Desvantagens

‡ Necessidade de escavar material reduz produção das


carregadeiras e aumenta custos;
‡ Máquina menos robusta, pára por manutenção muito mais
que uma escavadeira;
‡ Comumente é necessário um equipamento auxiliar fazendo
desmonte para a carregadeira;
Carregadeira ou Pá mecânica
Desempenho
‡ Tempo de ciclo;
30 a 40 s (38 s em média)

‡ Fator de enchimento da caçamba;


90-110%

‡ Passes necessários;
4 a 6 passes
Carregadeira ou Pá mecânica
Condições
‡ Grande volume de material desmontado;

‡ Boas condições de praça:


- largura da praça (no mínimo 2 X a
largura da máquina mais o caminhão);
- piso nivelado e sem borrachudos.

‡ Boa drenagem;

‡ Material bem fragmentado;


Motoniveladoras
Posição da lâmina

‡ Manter a navalha superior a 50 milímetros acima do piso;

‡ Manter a ponta da navalha a 90° da superfície;

‡ Manter constante o ângulo da ponta


da navalha.
Motoniveladoras
Ângulo da lâmina
‡ Utilização mais ampla com a utilização do ângulo da lâmina
em torno de 10º;
‡ A lâmina deve apresentar um nivelamento de acordo com o
grade do acesso.
Trator de esteira
Funções

‡ Utilizado para desmonte mecânico;

‡ Alimentar minério para as pás mecânicas;

‡ Espalhar materias;

‡ Abertura de acesso;
Tratores de Rodas
Funções

‡ Realiza serviços auxiliares como:


‡ Auxiliar na descarga de materiais;
‡ Limpeza de praças de carga;
‡ Manutenção de acessos;
‡ Reboque de peças, equipamentos;
‡ Auxiliar em locomoções de
escavadeiras elétricas;
Tratores
Perfuratrizes
Fatores Perfuratriz rotativa Perfuratriz de martelo de superície Perfuratriz de martelo de fundo de furo
àààààà
à àà
 à àààààà àààà ààà
à
àà 
 à  à
à 
 àààà
à!

à

$àà %àà &àà
à
à'ààà
"#àà &àà
à

àà
à
 
à 

(
à
&à*
à à &à*
àà &à*
à à
)%ààà
 à
/ààà
#à
01à#.àà
à
,à-.à#ààà àààà20à#à 4à%àà#0à
ààà
+
ààà

à#.à àà
à#à0àààà 
àà#0àà ààà-
àà
*


 àà
à&)*
à)
à à*
à3à

.à3àà
àà

8%àà à 4à%àà#0à#àà


4-à5#
67à 8à#0ààà!àà
àà
ààà àààà#àà
*
 -à
à
 -
'0à#àà3àà#%à
'*
àà-àà /#ààà-àà01à
à àà à#à#à
àà à à
+àà ààà-à ààà#à#àà àààà#à
àà ààà
 ààà
0 à# à3%ààà à)àà ààà#à#à
à#à#à
àà àààààà

 à

#à#à
àà à

4
ààà
à "%àààà*
ààà "%à-ààà!àà
ààà3 à ààà
à"%ààà
à&à%ààà
 àà
"%àà#0

ààà
àà ààà"%àà %àààà àààà à
9àà àà
àà #:àààà-

'
àà1àààààà 2-àà
ààà3%à*
àààà
2-àà
 ,à3% #à&)*
à)
à àà
# à'
àà#à
#
àà-àà
à àà

Perfuratrizes
Inclinação de Rampas
Grade
‡ Manter grade da pista compatível com equipamento
(geralmente 10% para fora de estrada
‡ Manter constante os percentuais de grade;

Correct Incorrect
Raios de Curvatura
‡ Utilizar o raio máximo possível nas curvas empregando uma
super elevação (rodo) no sentido de direção da curva para
melhorar a estabilidade dos
equipamentos quando
trafegando no acesso.
Largura das Pistas de Rolamento
‡ Em pistas simpes: Largura deve ser no mínimo 3 x a largura
do maior equipamento;
Pistas duplas: 3,5 x a largura do maior equipamento;
Em curvas: 4 x a largura do maior equipamento.

Pista simples

Pista dupla

Em curvas
Largura das Praças de carga

‡ Largura mínima deve ser igual a largura do raio de trabalho


da máquina de carga + 2x a largura do caminhão.

Bench Width
Leira de Segurança
‡ A altura de segurança da leira deve ser pelo menos 1/3 da
altura do pneu do maior equipamento da mina.

1/2 altura da roda

Drenagem
Vantagens do bom dimensionamento:
‡ Uso correto das máquinas podem:
Reforçar a segurança
Melhorar a produtividade e aumentar vida de útil do
equipamento
Estender vida útil do pneu (!)
Muito Obrigado!