Redutores de Velocidade Aplicando Corretamente

Amauri Dellallibera – Cestari S/A – 2005

Redutores, por quê precisamos deles?
• Existem aplicações nas mais diversas áreas de nossa vida cotidiana • Principais grupos de aplicação • 1 – Movimentação de materiais • 2 – Processos e Automação • Praticamente todo tipo de atividade industrial utiliza redutores

Redutores. por quê precisamos deles? • A principal função do redutor é reduzir a velocidade de um motor. de acordo com a sua aplicação . com suas vantagens e desvantagens. aumentando o torque • Existe uma ampla gama de tipos de redutores.

por quê precisamos deles? • Os principais exemplos são: • Redutores Coroa e Rosca Sem Fim: simplicidade. facilidade de manutenção. médio custo. baixa relação entre torque transmitido/peso Redutores de Engrenagens Helicoidais: Relativa simplicidade. facilidade de manutenção. média facilidade de manutenção • • . boa capacidade térmica. reduções elevadas com um único estágio. ótima relação entre torque transmitido/peso. baixo custo.Redutores. baixo rendimento. alto custo. alta durabilidade. consegue-se baixas reduções para transmitir altas potências. baixa capacidade térmica. alto rendimento. baixa capacidade térmica. peso elevado para grandes reduções com alto torque Redutores Planetários: Alta capacidade de torque.

por quê precisamos deles? • Os principais exemplos são: • Redutores Coroa e Rosca Sem Fim: • Redutores de Engrenagens Helicoidais: • Redutores Planetários: .Redutores.

torque. etc • • . umidade.Como selecionar um redutor? • Devemos considerar os seguintes itens: • Capacidade/Rendimento: Potência consumida/instalada. verificação de capacidade de carga radial e axial Fatores de Projeto: Informações a respeito dos equipamentos acionadores (motor) e acionado (máquina). rendimento do redutor. etc) Condições Ambientais: Ambiente empoeirado. ao tempo ou coberto. capacidade térmica. como será montado no equipamento. tipo de acoplamento na entrada e saída. fator de serviço. temperatura. correias. montagem mais adequada. elementos de transmissão (polias. agentes corrosivos ou explosivos. disposição dos eixos do redutor.

ambiente empoeirado. Trabalho – 24hs/dia. Tambor de acionamento – diâm. – 20m/min. 300mm. Motor acionador – 1750 rpm.Exemplos de seleção • Elevador de carga (montacargas) • • • • • • • • Dados: Carga a ser elevada: 300Kg. Vel. Temperatura ambiente – 35ºC. acoplamento direto entre motor/redutor e redutor/carga .

d = 300mm = 0.15 = 45kgf.d.3 i = 83. velocidade entrada/velocidade saída i = 1750rpm/21rpm = 83.n n = v/(π.3m V = π.0.3 .3) n = 21rpm Redução necessária i = ne/ns .m Velocidade = 20m/min.0.Exemplos de seleção • • • • • • • • • Determinação das características: Torque = F.r Temos que T=300.d) Rotação = n = 20/(π.

5Kgf. o Fator de serviço recomendado pelo fabricante = 1.5 Recálculo da Capacidade Necessária Torque do redutor = Torque requerido x Fator de serviço MR = MS x FS MR = 45 x 1.5 • • • • MR = 67.m .Exemplos de seleção • • Fator de Serviço Considerando o tipo de acionamento e regime de trabalho.

e dividimos pelo fator de serviço considerado (1.45Cv).5). a nossa escolha Para escolhermos o motor mais indicado. temos então: Pmotor = 4. no catálogo Magma. que atende às necessidades calculadas. que é 1:80 Verificamos na tabela de 1750 rpm na entrada.Exemplos de seleção • • • Seleção do Redutor Temos a redução i = 1:83.m. sendo esta.7Kgf.3.5 = 2. podemos considerar a capacidade do mesmo redutor na entrada (4. é de 78.97Cv Aproximando o resultado. 4 polos • • . e corresponde ao redutor tamanho 12. pela redução mais próxima. na redução 1:80.45 / 1. temos que o momento de torção na saída. então optamos. podemos então utilizar um motor de 3Cv. portanto.

Motor elétrico de 1750rpm.Exemplos de seleção • Diluidor de Açúcar . 30ºC. Rotação do eixo – 30 rpm.9CV.Agitador • • • • • • Potência consumida no eixo do agitador – 1. Acoplamento direto entre motor/redutor e entre redutor/carga . Trabalho 24 hs/dia. Ambiente industrial.

9CV x 1.Exemplos de seleção • • • • • • • • • Redução necessária i = ne/ns .33 Fator de serviço Considerando o tipo de acionamento e regime de trabalho.33 i = 58.375CV .25 Recálculo da potência necessária Potência do redutor = Potência requerida x Fator de serviço NR = NS x FS NR = 1.25 = 2. o Fator de serviço recomendado pelo fabricante FS = 1. velocidade entrada/velocidade saída i = 1750rpm/30rpm = 58.

temos Nmotor = 3. o redutor selecionado tem um rendimento de 0. K-10. como não existe.9/0. então para definirmos o motor a ser usado.58 usaremos um motor de 4CV • • • . selecionamos o redutor Magma Tam.38CV na saída.27CV.58.365CV. optamos por Redutor de Coroa e Sem fim Linha Magma Considerando a potência para acionamento. Nmotor = NR/η = 1.Exemplos de seleção • • • Seleção do Redutor Em função do torque e potência relativamente baixos. com redução i = 60. 2. cuja capacidade é de 2. Seleção do motor Conforme tabela.

e este redutor deverá ter 3 pares de engrenagens. com fator de serviço 1.Exemplos de seleção • Diluidor de Açúcar .5Kw) No catálogo Vertimax. o motor de que necessitaremos deverá ser de 1.3 (que atende nossa especificação) Assim.02CV (ou 1. então seu rendimento será de 94%. próxima ao que necessitamos. temos 2 opções: K-10 1 36 ou V-06 3 36.Agitador • • Com os mesmos dados do exemplo anterior podemos selecionar um motorredutor da Linha Vertimax Como o rendimento dos redutores com engrenagens helicoidais é de aproximadamente 98% por par de engrenagens.94 = 2. a redução 1:66.5Kw.73. e o redutor tamanho V-06 3 36.9/0. escolhemos. e vamos escolher a que for mais econômica • • . Assim. página 21. no motor de 1.

com redução por polias entre motor/redutor. 30ºC. Motor elétrico. relação 1:2. Montagem direta entre redutor/carga . Ambiente industrial. Rotação do eixo – 45 rpm. 1750 rpm.6CV. Trabalho 24 hs/dia.Exemplos de seleção • Elevador de Canecas • • • • • • Potência consumida no eixo do elevador – 2.

o Fator de serviço recomendado pelo fabricante FS = 1.5 .Exemplos de seleção • • • • • • • Determinação das características Como temos uma redução por polias na entrada. então precisamos determinar a RPM de entrada no redutor ne = nmotor/i = 1750/2 = 875rpm Redução necessária i = ne/ns = 875/45 = 19.44 Fator de serviço Considerando o tipo de acionamento e regime de trabalho.

9CV Seleção do Redutor Em função do torque e potência relativamente baixos.9CV. com 875 rpm de entrada. então necessitamos fazer uma conversão. optamos por Redutor de Coroa e Sem fim Linha Magma Considerando a potência para acionamento.6CV x 1.Exemplos de seleção • • • • • • • Recálculo da potência necessária Potência do redutor = Potência requerida x Fator de serviço NR1 = NS x FS NR1 = 2. 3.5 = 3. porém as tabelas de capacidades da Linha Magma são para 1750 rpm de entrada. .

e verificamos nas tabelas que o redutor tamanho K-12 tem uma capacidade na saída de 10.8CV Utilizamos a redução 1:20. basta utilizar o mesmo fator de cálculo NR875 = NR1750 X Fator = 10.9 / 0.Exemplos de seleção • • • Fator de conversão = 875/1750 = 0.5 NR = NR1 / Fator = 3. o que atende a nossa condição Para sabermos a capacidade desse redutor a 875RPM na entrada.08CV. mais próxima da redução definida.08 X 0.5 = 7.5 = 5.04CV • • .

então para definirmos o motor a ser usado.8 Nmotor = 4.875CV.80. temos Nmotor = NR/η = 3.9/0.Exemplos de seleção • • • Seleção do motor Conforme tabela. usaremos um motor de 5CV . o redutor selecionado tem um rendimento de 0. como não existe.

35CV. Acoplamento direto entre motor/redutor e redutor/carga (eixo vazado) . Ambiente industrial. T= 30ºC. Cargas intermitentes. Trabalho 24hs/dia. Motor elétrico com 1750 rpm. Rotação 60 rpm.Exemplos de seleção • Esteira Transportadora • • • • • • • Potência consumida no eixo da esteira – 0.

17 Fator de serviço Considerando o tipo de acionamento e regime de trabalho.17 i = 29.5 = 0. então podemos calcular i = rpm entrada/rpm saída 1750/60 = 29.53CV NS = NR x FS • • • .5 Daí. e temos a rpm de saída. o Fator de serviço recomendado pelo fabricante = 1.35 x 1.Exemplos de seleção • • • Determinação das características Redução Uma vez que o motor está acoplado direto. temos que a capacidade mecânica do redutor no eixo de saída deverá ser 0.

30CV a 1750rpm de entrada.56CV a 1750rpm de entrada. 0.59 0. a potência de saída dos redutores. cap. 0.56 = 0. rendimento 0.59 = 0.17CV L-04. assim. rendimento 0.33CV NS = NE x η L-05.30 x 0.89CV a 1750rpm de entrada. mas temos seus rendimentos. considerando a redução 1:30 Não temos.61 = 0. Vejamos: L-03. cap.89 x 0.55CV NS = NE x η • • • .Exemplos de seleção • • • • Seleção do redutor Em função do baixo torque e potência requeridos. rendimento 0. vamos escolher um redutor da linha Alumag Vamos utilizar a tabela do catálogo. e podemos.56 NS = NE X η 0.61 0. nas tabelas. 0.56 x 0. calcular a potência de saída. cap.

motor de 0. redução 1:30.55CV de capacidade na saída.53CV.61 = 0.64CV • • Como não existe motor nessa capacidade. como necessitamos de 0. então a escolha cai no redutor L-05. que tem 0.75CV .Exemplos de seleção • • Seleção do redutor Dessa forma. escolhemos a potência acima mais próxima. Seleção do motor Seguindo o princípio inverso.39/0. no caso. como necessitamos de um redutor com 0. temos que Nmotor = NR / η • 0.39CV na saída.

Fator de Serviço .

Fator de Serviço .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful