Objetivos: • Levar o aluno a perceber a diferença entre um texto narrativo e um texto poético.

• Perceber a estrutura da poesia, como os versos, estrofes, comparando-os com a estrutura de um texto narrativo, frases e parágrafos. • Mostrar que uma história (fábula, contos, poesia), também pode ser escrita em forma de poesia, valorizando as rimas. • Levar o aluno a perceber que uma música pode ser cantada ou simplesmente recitada, pois algumas poesias ganham a melodia e formam as músicas. • Despertar a curiosidade e motivá-los a escreverem suas próprias poesias, podendo até criar melodias, deixando assim que eles expressem seus sentimentos e emoções. MATERIAL UTILIZADO Livros com textos, livros infantis, livros de poesias, livros didáticos, jornais, revistas, gibis etc. Folhas de papel , cartolina, massinha de modelar, papéis coloridos, lápis de cor, latas de leite, cola, giz de cera, tintas, tesoura etc. Procedimento Etapas: Questionamentos: • Qual a diferença entre uma poesia e um texto de jornal; uma história em quadrinhos; um texto do livro didático? • Quem já leu alguma poesia? • O que é rima? Vamos brincar de rimar? • Qual o tipo de leitura que vocês preferem? Gibis, revistas, jornal... Sensibilização: Pedir aos alunos que tragam livros de poesia para a aula. Ler poesias dos livros da sala de leitura. Fazer uma roda de leitura com várias poesias de diversos autores e pedir para que cada um identifique a que mais gostou. Explorar a poesia (ler pela segunda vez para que, coletivamente, completem com as rimas), verificar número de versos, estrofes, o tema, se é uma música, inventar melodias etc. Listar palavras ditas coletivamente, explorar as rimas com as mesmas, para que sirvam de inspiração na criação de novas poesias.

Vinicius de Moraes. reúne de uma forma muito original. Com base nessa lista. fazendo assim vários grupos de palavras. O Caderno – Toquinho e Mutinho . às vezes rimam. recitar cinco poesias e posteriormente inventar uma música para cada uma. Fazer a exposição dos trabalhos pelo corredor da escola. Brincar de cantar e mudar a letra de uma determinada música (paródia). e não tem a mesma grafia. Guido Morra e Maurizio Fabrizio. POESIA E SUCATA Dividir a turma em grupos de quatro. Escolher qualquer palavra em grupo e listar todas as que rimam. O objetivo da série é estimular a iniciação à leitura e servir de apoio nas atividades desenvolvidas pelos professores em sala de aula. Toquinho e outros compositores. Colocar em exposição no quadro-negro. Mostrar que algumas palavras. a escreverem seus primeiros versos em torno de um assunto escolhido individualmente ou coletivamente. Concretização: CRIANDO POESIA Identificar com o grupo a diferença entre um texto narrativo e um texto poético. para serem vistos por toda a comunidade escolar. baseado no conteúdo dos livros. Ex: mal e mingau. letras de músicas e histórias. lançada pela Companhia Editora Nacional. Ler várias poesias.Motivar os alunos a expressarem seus sentimentos. Sugestão de Leitura: Mundo da Criança – Companhia Editora Nacional Série: Músicas para ler A coleção Mundo da Criança. contos populares de diversos países e obras com algumas das canções de Vinicius de Moraes. Aquarela – Toquinho. os alunos poderão montar a sua própria poesia. Confeccionar com sucata os instrumentos musicais para tocá-los na apresentação das músicas.

.Toquinho e Mutinho Errar é humano – Toquinho e Elifas Andreato Gêneros textuais utizados: • • • • Narrativa Poema Animaçao Fábula Propor aos alunos a assistir uma animação do desenho Pato Donalt. referente a música Aquarela do Brazil e outro de um clipe da música Aquarela de Toquinho . para eles descontrair.A bicicleta .