Você está na página 1de 17

Lista de Exercícios de Higiene do Trabalho I

Lista de Exercícios Ruído

Sabendo que
- NPS = Nível de Pressão Sonora (unidade dB);
- Cada freqüência possui um NPS;
- O ser humano percebe ruídos na faixa de freqüência de 20 a 20.000 Hz ( há vários NPS
nesta faixa);
- Existem 4 modelos matemáticos de integração que mais se aproximam da sensação humana
(entre vários):
- Curva “A” => usada para ruídos contínuos ou intermitentes;
- Curva “B” => usada em aplicações específicas como áreas urbanas, inspeção veicular,
laboratórios, etc ;
- Curva “C” => usada para ruídos de impacto;
- Curva “D” => usada em aplicações específicas em aeroportos,
- Gráfico de compensação das curvas da compensação:

1
1) Utilizando o gráfico fazer a compensação dos seguintes NPS:

a) Ruído contínuo com NPS = 80 dB em freqüência de f=200Hz:


b) Ruído de impacto com NPS = 95 dB em freqüência de f=10kHz:
c) Ruído intermitente com NPS = 85 dB em freqüência de f=2kHz:
d) Ruído de impacto com NPS = 70 dB em freqüência de f=30Hz:
e) Ruído intermitente com NPS = 70 dB em freqüência de f=30Hz:
f) Ruído contínuo com NPS = 97 dB em freqüência de f=1kHz:
g) Ruído de impacto com NPS = 97 dB em freqüência de f=1kHz:

2) Numa determinada empresa, a exposição do operador A no campo é a


seguinte:

Nível de ruído junto a zona auditiva Tempo de exposição diária


92 dB(A) 2 horas
85 dB(A) 4 horas
90 dB(A) 2 horas

Pergunta : A exposição ultrapassa o limite de tolerância? Demonstre

Considerar NR15 anexo 1

D= C1/T1 + C2/T2 + .....+ Cn/Tn

D=1,67 ou seja 67% > LT

3) Na mesma empresa, a exposição do operador B no campo é a seguinte:

Nível de ruído junto a zona auditiva Tempo de exposição diária


85 dB(A) 4 horas
95 dB(A) 1 horas
68 dB(A) 1 horas
90 dB(A) 2 horas

Pergunta : A exposição ultrapassa o limite de tolerância? Demonstre

D=1,50 ou seja 50% > LT

2
4) Um mecânico de manutenção possui o seguinte perfil de exposição

Nível de ruído junto a zona auditiva Tempo de exposição diária


90 dB(A) 2 horas
95 dB(A) 2 horas
85 dB(A) 4 horas

D=2 ou seja 100% > LT

5) Utilizando a tabela de somatório de fontes, encontre o NPS resultante da


relação entre as diferentes fontes simultâneas no recinto, em dB(A):

Diferença entre as fontes Valor a se somar (dB)


(dB)
0,0 3,0
0,2 2,9
0,4 2,8
0,6 2,7
0,8 2,6
1,0 2,5
1,5 2,3
2,0 2,1
2,5 2,0
3,0 1,8
3,5 1,6
4,0 1,5
4,5 1,3
5,0 1,2
5,5 1,1
6,0 1,0
6,5 0,9
7,0 0,8
7,5 0,7
8,0 0,6
9,0 0,5
10,0 0,4
11,0 0,3
13,0 0,2
15,0 0,1

3
a) NPS1 = 88 NPS2 = 89 dB(A):

NPS=91,5 dB(A)

b) NPS1 = 88 NPS2 = 89 NPS3 = 88 NPS4 = 88 NPS5 = 89 NPS6 = 87 dB(A):

NPS=96 dB(A)

c) NPS1 = 45 NPS2 = 44 NPS3 = 43 NPS4 = 44 NPS5 = 45 NPS6 = 43 dB(A):

NPS=51,8 dB(A)

6) Ruído de fundo é a exposição de fontes que não podem ser suprimidas na


medição (ruído urbano, empresas vizinhas, etc), pode-se subtrair seu valor
(conhecido) utilizando a TABELA PARA SUBTRAÇÃO DE RUÍDO DE FUNDO:

NPSt – NPSf (dB) 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

VARIAÇÃO (dB) 6,4 4,2 3 2,2 1,5 1,3 1 0,8 0,6 0,4

Utilizando a tabela para subtração de ruído de fundo, encontre o NPS da fonte, em


dB(A),para:

a) Máquina ligada: 89dB(A) Máquina desligada: 85 dB(A): NPS fonte=86,8 dB(A)

b) Máquina ligada: 70dB(A) Máquina desligada: 69 dB(A): NPS fonte=63,6 dB(A)

c) Máquina ligada: 80dB(A) Máquina desligada: 71 dB(A): NPS fonte=79,4 dB(A)

7) Usando a NR-15, responda as questões a seguir formula: T = 16

2 (L – 80)

Qual é o tempo diário máximo permitido para exposição ao um NPS de:

a) 88dB(A): tempo=5,28horas => 316,8 min


b) 90,5dB(A): tempo=3,73horas => 223,8 min

4
c) 60 dB(A): tempo=256horas => 15360 min
d) 105dB(A): tempo=0,5horas => 30 min
e) 130dB(A): tempo=0,016horas => 0,96 min
f) 108dB(A): tempo=0,33horas => 19,79 min

Qual é o NPS máximo permitido para exposição diária de:

a) 2h: NPS=95 dB(A)


b) 6h: NPS=87 dB(A)
c) 2h30: NPS=94 dB(A)
d) 7h40: NPS=85,5 dB(A)
e) 1h15: NPS=99 dB(A)
f) 23min: NPS=106,9 dB(A)

8) Nível Médio (Lavg) é o nível ponderado sobre o período de medição.


Considerado como o NPS contínuo, em regime permanente, equivalente à dose
encontrada, no mesmo período.
Para NR-15 considera-se: Dose máxima diária de 100%, para exposição de 8h
diárias, limite de 85dB(A) e incremento de duplicação da dose (q) igual a 5.
Lavg=80+16,61 x log ( 0,16 x D/T)

5
onde:

T => tempo de amostragem (em horas decimais);


D => Dose diária de ruído (em %).

Encontre o nível médio referente á exposição encontrada a seguir:

a) Tempo de amostragem T = 6h; D = 85%; Lavg = 85,90 dB (A)

b) Tempo de amostragem T = 6h30; D = 90%; Lavg = 85,74 dB (A)

c) Tempo de amostragem T = 7h15; D = 55%; Lavg = 81,40 dB (A)

d) Tempo de amostragem T = 4h40; D = 72%; Lavg = 86,51 dB (A)

Nível de Exposição Equivalente (NE) é o nível comparado ao Lavg para a ACGIH.


Para ACGIH, NHO-1 considera-se: Dose máxima diária de 100%, para exposição de 8h
diárias, limite de 85dB(A) e incremento de duplicação da dose (q) igual a 3.
NE=85+10 x log ((480/Te) x (D/100))
onde:
Te => tempo de duração da jornada de trabalho (em minutos);
D => Dose diária de ruído (em %).

Exercício 8) Encontre o nível de exposição referente á exposição encontrada a seguir:

a) Tempo de amostragem Te = 6h; D = 85%; NE= 85,54 dB (A)

b) Tempo de amostragem Te = 6h30; D = 90%; NE= 85,22 dB (A)

c) Tempo de amostragem Te = 7h15; D = 55%; NE= 82,73 dB (A)

d) Tempo de amostragem Te = 4h40; D = 72%; NE= 85,51 dB (A)

6
Lista de Exercícios: Vibração

Exercício 1) O que é vibração ?


Vibração é o movimento de oscilação de um corpo em relação a outro, tomado como
referência. Ocorrendo normalmente em veículos (tratores, máquinas agrícolas, rolos
compressores,...) e também em pontes rolantes, em máquinas de ferramentaria industrial
(tornos, gráficas, prensas,...), em equipamentos motorizados portáteis (furadeiras,
lixadeiras, ...).

Exercício 2) Qual o efeito das vibrações no organismo humano ?


Os efeitos são:
• Desordens músculo-esqueléticas:
reumatismos, deformações na coluna vertebral, estiramentos, atrofias musculares;
• Doenças digestivas:
epigastralgia (dor na boca do estômago), dificuldade na digestão, apendicite,
cólicas do cólon, sangramentos intestinais, náuseas;
• Desordens mentais:
lentidão dos reflexos, perda da acuidade visual, insônia, perda de concentração;
• Desordens circulatórias:
vasoconstrição periférica, edemas (inchaço, acúmulo de líquidos), síndrome dos
dedos brancos, varizes, hemorróidas, aumento da freqüência cardíaca;
• Desordens pulmonares:
alteração da ventilação pulmonar.

Exercício 3) Quais são os métodos de controle para as Vibrações ?


Os métodos de controle são:
• Neutralização - fixação de um sistema secundário para atuar inversamente às
oscilações do sistema principal.
• Dessintonia - acabar com a ressonância, através de distribuição de massa no
sistema.
• Amortecimento - através de equipamentos que limitem a amplitude da vibração.
• Isolamento - através de materiais elásticos.
• Controle da rigidez ou da fixação da estrutura do sistema.
• Controle do tempo de exposição.
• Luvas amortecedoras.

7
Exercício 4) Baseado no gráfico abaixo indicar:

Legenda: (1) indica o valor rms, (2) indica o nível médio, (3) indica o valor de pico a pico
e (4) indica o valor de pico.

• (3) O valor de pico-a-pico é muito útil porque indica a excursão máxima da onda,
uma quantidade na qual, por exemplo, o deslocamento vibratório de uma peça da
máquina atinge um ponto crítico quanto às considerações de máxima tensão ou de
folga mecânica.

• (4) O valor de pico é especialmente útil para indicar o nível de curta duração dos
choques, etc. Porém os valores de pico só indicam o nível máximo que ocorreu, sem
considerar a duração ou tempo de movimento, é particularmente usado na
indicação de níveis de impacto de curta duração.

• (2) Os valores médios, que indicam apenas a média da exposição sem qualquer
relação com a realidade do movimento, é usado quando se quer se levar em conta
um valor da quantidade física da amplitude em um determinado tempo.

• (1) O valor eficaz (rms) ou valor eficaz, que é a raiz quadrada dos valores
quadrados médios dos movimentos, é a medida mais importante de amplitude,
porque leva em conta tanto a cronologia da onda, como também considera o valor
de amplitude que está diretamente ligado à energia contida na onda, e, por
conseguinte, indica o poder destrutivo da vibração. O valor rms o requerido pelas
normas de avaliação da exposição a vibração do ser humano.

8
Exercício 5) Realize as conversões a seguir:
Medida a vibração por meio de freqüência de oscilação é facilmente identificável que a
vibração gera,ao seu redor, uma pressão (medida em dB), como o ruído. A fórmula que
representa a pressão devida a uma determinada aceleração é: La=20 x log (a) + 120 com
a aceleração em m/s2 e a pressão em dB.

a) a = 1,25m/s2 para La (dB): 121,94 dB

b) a = 1,20m/s2 para La (dB): 121,58 dB

c) a = 2,30m/s2 para La (dB): 127,23 dB

d) a = 4,10m/s2 para La (dB): 132,26 dB

e) La = 120dB para a (m/s2): 1,00 m/s2

f) La = 118dB para a (m/s2): 0,79 m/s2

g) La = 140dB para a m/s2): 10,00 m/s2

h) La = 111dB para a (m/s2): 0,35 m/s2

9
10
Lista de Exercícios: PPRA

Exercício 1) O que é o PPRA ?


Documento que reconhece, avalia e estabelece o controle dos riscos existentes nos
ambientes de trabalho.

Exercício 2) Quem tem que fazer o PPRA ?


Toda a Empresa e Instituições que admitam trabalhadores como empregados.

Exercício 3) Qual é o Objetivo do PPRA ?


O PPRA tem como objetivo a prevenção da saúde e a integridade física dos
trabalhadores,tendo em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos
naturais.

Exercício 4) Como é desenvolvido o PPRA ?


Consiste em:
Antecipação (percepção prévia da existência de riscos);
Reconhecimento (identificação e a explicitação dos riscos existentes);
Avaliação (caracterizar, através de metodologias técnicas, à exposição de trabalhadores
a agentes de risco, considerando-se os limites de tolerância e o tempo de exposição);
Monitoramento e controle dos riscos ambientais existentes nos locais de trabalho (deverá
ainda ser proposta medida necessária e suficiente para a eliminação, minimização ou
controle dos riscos ambientais).

Exercício 5) O que é avaliado ?


São avaliados os Riscos Ambientais:Químicos (poeira, fumos,...); Físicos (Ruído,
Radiações,...); Biológicos (Parasitas,...)

Exercício 6) Porque é avaliado ?


Para identificação de riscos ambientais e adoção de medidas preventivas/corretivas em
cada local de trabalho.

Exercício 7) Qual a periodicidade das avaliações ?


Anualmente deverá ser reavaliado, ou toda vez que houver mudanças significativas no
processo de trabalho.

Exercício 8) Quem realizará ?


A elaboração, implementação, acompanhamento e avaliação do PPRA poderão ser feitas
pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho -
SESMT ou por pessoa ou equipe de pessoas que, a critério do empregador, sejam capazes
de desenvolver o disposto na NR 09.

Exercício 9) Como deve ser a Divulgação do PPRA ?


O registro dos dados deverá estar à disposição dos empregados e seus representantes,
através do documento-base, e com registro no livro de atas da CIPA. Dependendo do
porte da empresa poderão ser efetuados treinamentos, reuniões, palestras, etc..

11
Exercício 10) Explique o que é o Plano da ação ?
Concluídas as etapas de reconhecimento e avaliação dos riscos, deverá ser desenvolvido
um conjunto de ações que visem o seu controle, através do Planejamento Global Anual,
onde serão definidos todas as atividades/controles os prazos e responsáveis pela
execução.

Exercício 11) Qual a responsabilidade do empregador com relação ao PPRA ?


O empregador e responsável por estabelecer, implementar e assegurar o cumprimento do
PPRA, como atividade permanente da empresa, além de ter que informar aos
trabalhadores sobre os riscos ambientais e meios disponíveis de proteção.

Exercício 12) Qual a responsabilidade dos trabalhadores com relação ao PPRA ?


Os trabalhadores têm como responsabilidade colaborar e participar na implantação e
execução do PPRA.

Exercício 13) O que é Higiene Ocupacional ?


É a ciência e arte dedicada à prevenção, reconhecimento, avaliação e controle dos riscos
nos locais de trabalho, os quais podem prejudicar a saúde e o bem estar das pessoas,
enquanto considera os possíveis impactos sobre o meio ambiente.

Exercício 14) O que são os riscos ambientais ?


Para efeito da NR – 9, Item 9.1.5, que trata do PPRA, são considerados riscos
ambientais os agentes FÍSICOS, QUÍMICOS E BIOLÓGICOS que, em função de sua
natureza, concentração ou intensidade e tempo de exposição, forem capazes de causar
dano a saúde do trabalhador.

Exercício 15) O que são os Agentes Físicos ? Dar exemplos.


São as diversas formas de energia a que possam estar expostos os trabalhadores.
Por exemplo: Ruído; Vibração; Pressões Anormais; Temperaturas Extrenas; Radiações
Ionizantes; Radiações Não Ionizantes; Infra-Som e Ultra-Som.

Exercício 16) O que são os Agentes Químicos ? Dar exemplos.


São as substâncias, compostas ou produtos que possam penetrar no organismo pelas vias
respiratória, pele, parenteral ou por ingestão. Por exemplo: Poeiras; Fumos; Névoas;
Neblina; Gases e Vapores.

Exercício 17) O que são os Agentes Biológicos ? Dar exemplos.


São os que se apresentam nas formas de microorganismos e parasitas infecciosos vivos e
suas toxinas. Por exemplo: Bactérias; Fungos; Bacilos; Parasitas; Protozoários e Vírus.

Exercício 18) O que é o nível de ação?


É o valor acima do qual deverão ser iniciadas as medidas preventivas de forma a
minimizar a probabilidade de que as exposições a agentes ambientais ultrapassem os
limites de exposição estabelecidos.

12
Lista de Exercícios: Radiações

Exercício 1) O que é Radiação ?


É a energia que se transmite pelo espaço como ondas eletromagnéticas. Em alguns casos
pode apresentar comportamento corpuscular.

Exercício 2) Qual a propriedade da Radiação ?


As Radiações podem ser refletidas, refratadas, difratadas, absorvidas.

Exercício 3) Qual são os efeitos principais da Radiação ?


Os efeitos são: Ionização (A radiação, ao atingir o átomo, divide-o em duas partes
eletricamente carregadas (par iônico))
Excitação (A radiação, ao atingir o átomo, não tem energia suficiente
para ionizá-lo. Apenas o excita)

Exercício 4) O que são Radiações Ionizantes ? Dar exemplo.


Ionizam os materiais sobre os quais elas incidem, produzindo a subdivisão das partículas
inicialmente neutras, em partículas eletricamente carregadas.
Exemplo de Radiações Ionizantes: Raios Alfa (α) e Raios Beta (β) são de natureza
corpuscular e por isso menos penetrantes, Radios (γ) e Raios X são de natureza
eletromagnética, logo são mais penetrantes.

Exercício 5) O que é desintegração ou tramutação radioativa ?


É o núcleo com excesso de energia que tende a estabilizar-se,
emitindo partículas alfa ou beta.
Em cada emissão de uma dessas partículas, há uma variação do número de prótons no
núcleo, isto é, o elemento se transforma ou se transmuta em outro, de comportamento
químico diferente.
Essa transmutação também é conhecida como desintegração radioativa, designação
não muito adequada, porque dá a idéia de desagregação total do átomo e não apenas da
perda de sua integridade. Um termo mais apropriado é decaimento radioativo, que sugere
a diminuição gradual de massa e atividade.

Exercício 6) O que é meia vida ?


Meia-vida, é o tempo necessário para a atividade de um elemento radioativo ser reduzida
à metade da atividade inicial.

Exercício 7) Qual a aplicação da Radiação na Saúde ?


É utilizado em terapias como: radioterapia, braquiterapia, aplicadores, radioisótopos.
Também utilizado em diagnósticos como: radiografia, tomografia, mamografia,
mapeamentos.

Exercício 8) Qual a aplicação da Radiação na Indústria ?


É utilizado em radiografias industriais, medidores nucleares,de nível, densidade, umidade,
detetores de fumaça, detetores de contaminação, irradiadores industriais de grande
porte, aceleradores de elétrons, geração de energia, etc..

13
Exercício 9) Quais são os efeitos Biológicos da Radiação ?
Os efeitos podem ser agrupados em dois tipos, os determinísticos e os estocásticos.

Exercício 10) O que são os efeitos Deterministicos ?


São os efeitos que apresentam-se em pequeno espaço de tempo e causam a morte
celular,os efeitos são mais severos com maior exposição, ou seja, a quantidade da dose
não determina a probabilidade de ocorrer, mas a severidade. Exemplo: alterações na
pele, esterilidade, redução de células no sangue, danos cromossômicos.

Exercício 11) O que são os efeitos Estocásticos ?


São os efeitos que, apresentam-se em maior espaço de tempo (Efeitos tardios são
estocásticos) e causam a transformação celular,existe uma probabilidade de ocorrer com
a maior exposição (aguda ou crônica), ou seja, a quantidade da dose determina a
probabilidade do efeito, não determina a severidade. Exemplo: catarata, câncer, retardo
mental,

Exercício 12) O que são Radiações Não Ionizantes ? Dar exemplo.


As radiações não ionizantes apenas excitam o átomo, aumentando sua energia interna.
Exemplo de Radiações Não Ionizantes: Microondas, ultravileta e laser.

Exercício 13) O que são Microondas ?


São ondas geradas por osciladores de alta freqüência emitidas através de algum tipo de
antena.

Exercício 14) Qual a aplicação das Microondas ?


São utilizados em:
• Militar: deteção de objetos (aviões, submarinos, etc)
– Em geral, as potências emitidas pela fonte são muito altas
– Radar, faixas comuns: S - n = 2.880 Mhz ; l = 10,40cm
X - n = 9.375 Mhz ; l = 3,2cm
• Medicina: usa a capacidade de absorção da micro-onda pela pele => aumento da
circulação sanguínea
– Parâmetros típicos: n = 2.450 Mhz ; l = 12,2cm
Potência = 125 Watts
• Forno de micro-ondas: cozimento rápido da comida
– Parâmetros típicos: n = 2.450 Mhz ; l = 12,2cm
• Outras aplicações: Comunicações, Secagem, Processos químicos industriais, etc.

Exercício 15) Quais são os efeitos das Microondas sobre o organismo?


Os efeitos podem ser agrupados em dois tipos, os crônicos e os agudos.
• Efeitos crônicos (exposição a baixa potência)
– Inibição do ritmo cardíaco
– Hipertensão e hipotensão sangüínea
– Intensificação da atividade da glândula tireóide
– Debilitação do sistema nervoso central
– Diminuição do sentido de olfato

14
– Aumento do conteúdo de histamina no sangue
• Efeitos agudos (exposições acidentais)
– Catarata
– Morte

Exercício 16) Quais são os controles de risco para Microondas ?


Os controles de risco são:
• Uso de telas de arame, material absorvente (sólidos, líquidos)
• Revisão periódica dos equipamentos e sistemas de segurança
• Acesso ao local de trabalho permitido somente ao pessoal indispensável e treinado
para o tipo de serviço
• Riscos de eletricidade
• Ventilação
• Exames admissionais e periódicos
• Especial atenção aos olhos

Exercício 17) O que é Radiação Infravermelha ?


São ondas eletromagnéticas que causam efeitos unicamente de caráter térmico.

Exercício 18) Qual a aplicação da Radiação Infravermelha ?


São utilizados em:
• Fotografias
• Tratamentos fisioterápicos
• Vidros especiais
• Aquecedor solar ( efeito estufa )
• Aquecimento de ambientes frios ( efeito estufa )

Exercício 19) Quais são os efeitos da Radiação Infravermelha sobre o organismo?


Os efeitos são:
• i) Intermação: distúrbio do CTR Centro-Termo-Regulador
Evidência: pele seca, quente e avermelhada
Sintomas: tonturas, vertigens, tremores, delírios, convulsões ===> podem levar a
morte ou deixar sequelas;
• ii) Prostação Térmica: distúrbio circulatório
Evidência: pele pálida e úmida, temperatura variável
Sintomas: dor de cabeça, tonturas, fraqueza, inconsciência
• iii) Outras Manifestações:
Catarata e lesões da retina
Queimaduras ou erupções da pele
Vasodilatação
Aumento de pigmentação

Exercício 20) Quais são os controles de risco para Radiação Infravermelha ?


Os controles de risco são:
• Relativas ao Ambiente
- Diminuir a temperatura da superfície da fonte radiante ou sua emissividade

15
- Uso de Barreiras refletoras (Ex. Al polido, vidros especiais, etc.)

• Relativas a pessoal
- Uso de equipamentos de proteção (Ex. roupas especiais, luvas, aventais, óculos e
protetores faciais)
- Limitação do tempo de exposição à radiação
- Exames médicos ( admissão, prevenção de doenças)
- Educação sanitária (higiene pessoal, conscientização dos trabalhadores sobre a
importância das medidas tomadas)

Exercício 21) O que é Radiação Ultravioleta ?


São ondas eletromagnéticas que possuem maior poder energético que as demais, sendo
capazes de produzir trocas de configurações eletrônicas de matéria viva que ocasionarão
a produção de reações fotoquímicas. Subdivide-se em UV-A; UV-B; UV-C.

Exercício 22) Qual a aplicação da Radiação Ultravioleta ?


São utilizados em:
• Iluminação de diais fosforescente
• Análise e síntese industrial química
• Esterilização de alimentos, água e ar
• Produção de vitaminas
• Tratamentos médicos

Exercício 23) Quais são os efeitos da Radiação Ultravioleta sobre o organismo?


Os efeitos são Limitados a pele e olhos:
• Carcinogênicos (câncer de pele)
• Eritêmicos (queimaduras da pele)
• Conjuntivite e queratite (inflamação da conjuntiva e da córnea)
• Bactericidas
• Moléculas gasosas (dissociação) > formação de outros compostos, p. ex.: ozônio

Exercício 24) Quais são os controles de risco para Radiação Ultravioleta ?


Os controles de risco são:
• Equipamentos de proteção
• Evitar produção de gases tóxicos (alta energia)
• Barreiras filtrantes ou refletoras

Exercício 25) O que é LASER ?


Light Amplificated Stimulated Emission Radiation
(AMPLIFICAÇÃO DA LUZ POR EMISSÃO ESTIMULADA DE RADIAÇÃO)
O laser é um feixe de luz eletromagnética, isto é, luz formada por ondas de mesma
freqüência, fase e direção, produzido por um instrumento ótico.

16
Exercício 26) Qual a aplicação do LASER?
São utilizados em:
• Indústria
– corte de chapas, soldagem, perfuração, alinhamento ótico, etc.

• Medicina
– microcirurgia, oftalmologia, tratamento de pele, varizes, etc.

• Comunicações
– fibras óticas

• Construção civil
– abertura de túneis, levantamento telemétricos, observações de zonas de
tensões em vigas, etc.

Exercício 27) Quais são os efeitos do LASER sobre o organismo?


Os efeitos são Limitados a pele e olhos:
• “Radiação direta ou refletida pode afetar os olhos ou a pele”

• “ O olho é o órgão mais sujeito a lesões devido a propriedade que possui a


retina de concentrar a radiação”

Exercício 28) Quais são os controles de risco para o LASER?


Os controles de risco são:
• Precauções Gerais
– Não olhar diretamente para o feixe nem para as reflexões especulares
– Evitar focalizar o laser com os olhos
– Usar óculos de segurança de densidade ótica
– Devem ser tomadas precauções especiais para fontes de alta voltagem
(geração de Raio-X)

• Precauções Específicas
– dependem do tipo (pulsado ou contínuo) e da potência do laser

17