Faculdade de Ciências Farmacêuticas ± Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho

Relatório de Bioquímica
Quimica dos Carboidratos

Profa. Dra. Daniela Alonso Brochini Martins

Grupo: Débora Sávio Nayara Cauneto Stefane Paulo

frutose e galactose). apresentam como formula geral [C(H20)n]n.Introdução Os carboidratos são biomoléculas mais abundantes na natureza. lactose e maltose). O encontramos em três formas disponível: monossacarídeo (glicose. e os polissacarídeos (amido. Teste de Molish O acido sulfúrico concentrado é capaz de romper as ligações glicosídeas e desidratar rapidamente moléculas de monossacarídeos. celulose e glicogênio).. dissacarídeos (sacarose. 1. prova de iodo e de Benedict. e os polissacarídeos de carboidratos complexos. um anel de coloração violeta/lilás estável por algumas horas. sendo os dois primeiros nomeados como carboidratos simples. O aparecimento de cor proveniente do complexo de condensação entre furfural ou hidroximetilfurfural e resorcinol é mais rápido para cetoses que . de Seliwanoff. e são moléculas que desempenham papel importante em nosso organismo. 2. a reação de Seliwanoff só diferencia-se da reação de Molisch nos reagentes utilizados: o ácido que causará a desidratação do carboidrato é o ácido clorídrico (HCl) e o fenol que reage como o furfural e HMF é o resorcinol. inversão da sacarose e Hidrolise do amido) podemos obter a caracterização quimica e a identificação dos vários compostos e grupos de compostos classificados como hidrtos de carbono (=Carboidratos). pois este possibilita o desenvolvimento de uma coloração. pois é por meio deles que obtemos a energia celular para nosso metabolismo. Reação de Seliwanoff O uso de acido forte diluído e outro tipo de fenol (resorcinol) podem levar à distinção entre cetoses e aldoses. caso a solução em análise seja constituída de pentoses ou hexoses. numa reação que segue o mesmo mecanismo da reaçãodeMolish. Através de alguns teste ( Teste de Molish. respectivamente. levando à formação de furfural ou hidroximetilfurfural. Como o furfural ou hidroximetilfurfural são substâncias incolores colocamoos em presença de um composto fenólico no sistema de reação.

de alto peso molécular. mas em nenhuma das equações houve prejuízo do amido com a interação do iodo com a base (iodo complexado. podem sofre reações de descomplexação. apresenta cor avermelhada e o complexo iodo-amido apresenta cor azul. devido à presença das ramificações. de açúcar redutor). Um exemplo importante é a complexação da amilose e da amilopectina com o iodo. e a coloração menos intensa. Como a amilopectina não apresenta estrutura helicoidal. e moléculas como essas. a interação com o iodo será menor. Prova de Benedict Teste usado para pesquisa de sacarídeos redutores. . por exemplo.aldoses. ou com o ácido ( iodo descomplexado . portanto azul na presença de amido). O amido é formado pela combinação da amilose com a amilopectina. 3. Por esse motivo a extremidade que contém o -OH passa a ser chamada extremidade redutora e o açúcar. A propriedade redutora dos açucares (açúcares que apresentam a hidroxila livre no C-1 são bons agentes redutores. 4. resultando em complexo azul e vermelho-violáceo. A capacidade que esses compostos apresentam de reduzir íons metálicos em soluções alcalinas é um bom método de identificação desses compostos. portanto incolor). isso porque a formação do furfural é mais fácil que a formação do hidroximetilfurfural. Prova de Iodo Os dois fatores que determinam a cor desenvolvida quando o iodo interage com os polissacarídeos são o comprimento e a ramificação da cadeia. 3I2+6NaOH NaIO3+5NaI 5NaI+NaIO3+6HCl 3I2+6NaCl+3H2O Onde por meio desta equação podemos observar que a coloração do iodo deve-se a sua forma livre. respectivamente. é dependente da existência de grupos carbonila livre. O aprisionamento do iodo dá-se no interior da hélice formada pela amilose. com formação de compostos coloridos. O complexo iodo -dextrina.

Misturamos bem. O teste de Benedict é baseado na redução do Cu2+ à Cu+ devido ao poder redutor.0ml das soluções de amido a 1%. separadamente em cada um dos tubos. em solução alcalina. de grupos aldeídos ou cetonas livres dos açucares. Foram adicionadas 3 gotas de -naftol alcoólico 5%. colocando 1. soda limonada diet e destilada . .5ml de concentrado. Teste geral para açucares. glicose a 1%. sacarose a 1%. soda limonada tradicional.Quando soluções de açucares são aquecidas em presença de certos ions metálicos. Inclinamos o tubo e adicionamos cuidadosamente pelas paredes 1. Objetivo Caracterização química e identificação dos vários compostos e grupos de compostos classificados como hidratos de carbono Instrumentos y y y y y y y y y y y y y y y y y Solução de amido 1% Solução de glicose 1% Solução de sacarose 1% Solução de frutose 1% Solução concentrada de lugol (iodo) Soda limonada tradicional Soda limonada diet H2O destilada -naftol alcoólico 5% H2SO4 NaOH 1mol/L e 6mol/L HCl 1mol/L HCl concentrado Reagente de Selivanoff Reagente de Benedict Tubos de ensaio Erlenmeyer Métodos 1.Teste de Molish Preparamos 6 tubos de ensaio. o grupo carbonila se oxida e o ion metálico se reduz.

colocando 1. 3. glicose a 1% e destilada. Inversão da sacarose Transferimos 1ml de uma solução de sacarose 1% para um tubo de ensaio e adicionamos 3 gotas de ácido sulfúrico concentrado. que continha amido e lugol. Ao tubo 1. contendo 3 gotas de iodo. adicionamos 5 gotas de NaOH 1mol/L.Prova de Benedict. e outros 0. separadamente em cada um dos tubos. . soda limonada diet e destilada. Repetimos os teste de iodo e deBenedict como acima. Preparamos 5 tubos de ensaio. Foram adicionados a cada tubo 0. para as amostrar retiradas em intervalos de 2 minutos até que apenas a cor do próprio iodo ficasse perceptível. Adicionamos a cada tubo 5 gotas de solução concentrada de lugol. frutose a 1% e destilada. separadamente em cada um dos tubos.0ml das soluções de amido a 1%. Transferimos 0.0ml das soluções de amido a 1%. sacarose a 1%. Depois neutralizamos esse mesmo tubo. e resfriamos no gelo. mas utilizando 1ml do reagente.2. Preparamos 4 tubos de ensaio. adicionado igual número de gotas de HCl 1mol/L. Adicionamos ao tubo 2ml de reagente de Benedict e aquecemos em banho-maria durante mais 5 minutos. Retiramos os tubos do banho-maria.2ml das soluções de frutose a 1%. glicose a 1%.5ml da mistura para um tubo contendo 3 gotas de NaOH 6mol/L. colocando 0. glicose a 1%. Colocamos o erlenmeyer em banho de aquecimento e anotamos o tempo. Aquecemos em banho-maria ferventedurante 5 minutos. 5. Pesquisa de sacarídeos redutores .5ml da mistura para um tubo de ensaio. Neutralizamos a solução contendo o ácido com 6 gotas de NaOH 6mol/L. Prova do iodo. Adicionamos então 3ml de ácido clorídrico concentrado e misturamos. colocando 1. sacarose a 1%. Fervemos o tubo durante 2 minutos. Pesquisa de Polissacarídeos. 4. de acordo com o descrito no item 4. amido a 1%. Foram adicionadaos a cada tubo 2ml de reagente de Benedict. Retiramos os tubos do banho e deixamos esfriar. soda limonada tradicional. Hidrólise do Amido Foram colocados 25ml de solução de amido a 1% em um frasco erlenmeyer de 50ml.8ml do regente de Seliwanoff. Reação de Seliwanoff Preparamos 7 tubos de ensaio. separamente em cada um dos tubos. sacarose a 1%. Colocamos em banho de água fervente até o tubo com a sacarose colorir. 6. onde realizamos o teste de Benedict.

conseqüentemente. o qual contém um pouco de frutose. observamos a formação de um anel roxo claro. Isso pode ter acontecido devido a fato da soda conter suco de limão. no entanto. O tubo 6 não apresentou coloração pois só continha água. indicando que ela é uma aldose. A reação positiva é caracterizada pelo aparecimento de coloração avermelhada. Reação de Seliwanoff Tubo 1 2 3 4 5 6 7 Conteúdo Frutose a 1% Coloração Avermelhado Avermelhado claro Avermelhado claro Avermelhado Incolor Incolor Incolor Glicose a 1% Amido a 1% Sacarose a 1% Soda limonada tradicional Soda Limonada diet destilada Obs: o tubo 2 coloriu após o segundo aquecimento. indicando que estas são cetoses. que continha a soda limonada diet.Resultados 1. Os tubos que continham frutose. que indica a formação do complexo entre furfural ou HMF com o resorcinol e. indica presença de aldoses e cetoses. o glicose corou se fracamente. No tubo 5. revelando a presença de açúcares na amostra. amido e sacaro se coraram-se mais rapidamente.Teste geral para açucares Teste de Molisch Tubo 1 2 3 4 5 6 Conteúdo Amido a 1% Glicose a 1% Sacarose a 1% Soda limonada tradicional Soda Limonada diet destilada Coloração Roxo Roxo Roxo Roxo Roxo claro Incolor O surgimento de um anel de coloração roxa estável indica que houve formação de furfurais. . 2. pois a reação para cetoses é mais rápida e mais intensa do que para aldoses. Após voltar ao aquecimento. não deveria aparecer coloração.

Ao adicionarmos 5 gotas de NaOH neste tubo.3. tubo 1 2 3 4 conteúdo Amido a 1% Sacarose a 1% Glicose a 1% coloração Azul escuro intenso Laranja Laranja Laranja destilada Neste teste. ficou na forma de iodeto e iodato: . o complexo iodo-amido que antes estava livre. a solução ficou transparente. e era o responsável pela coloração azul. indicando a presença do polissacarídeo. Pesquisa de Polissacarídeos. foi possível identificar uma coloração azul bem intensa. todos ficaram da cor do próprio lugol (laranja). Isso aconteceu pois com a adição da base. Prova do iodo. Já no tubo que continha o amido. pois houve a complexação da amilose e da amilopectina com o iodo. indicando que não houve reação nos mesmos. com execeção do tubo que continha o amido.

ƒ  ƒ.

 ƒ.

 Quando neutralizamos a solução adicionando mais 5 gotas de HCl ao tubo. este hidrolisa a solução iodeto+iodato e a coloração volta a ficar azul. indicando que o complexo iodo-amido voltou a forma livre novamente. ƒ.

ƒ.

 Ž .

5. O tubo 1. que ocorre somente na presença de açucar redutor. que continha amido apresentou coloração azul-esverdeada. apresentaram coloração azul. Pesquisa de sacarídeos redutores . Neste teste. caracteristica do reagente de Benedict. O que ocorreu neste teste foi que com a adição de ácido sufúricoconcentrado . ƒŽ  4. portanto. indicando presença de açúcar redutor. não -1. a coloração obtida foi a vermelho-tijolo. pois a sacarose possui ligação glicosídica no carbono ou seja. indicando que não houve reação. que pode ter ocorrido devido a algum tipo de contaminação. possui hidroxila livre. Inversão da sacarose No tubo 2 do item 4 obteve-se a coloração azul caracteristica do reagente de Benedict. Os tubos 2 e 5. tubo 1 2 3 4 5 conteúdo Amido a 1% Sacarose a 1% Glicose a 1% Frutose a 1% destilada coloração Azul-esverdeado Azul Vermelho-tijolo Vermelho-tijolo Azul O desenvolvimento de um precipitado de coloração vermelho-tijolo indica que os íons Cu2+ do reagente de Benedict foram reduzidos a Cu+. indicando que estas soluções possuem hidroxila livre no carbono anomérico e são. já neste item. açucares redutores.Prova de Benedict. No outro tubo havia apenas água. apenas nos tubos que continham glicose e frutose foi possível observ a ar coloração vermelho-tijolo.

até chegar no seu monômero básico. e responsáveis pela coloração desenvolvida. Isso aconteceu pois quando o amido é tratado com ácido. 6. Devido a diminuição da quantidade de amido em solução. e as moléculas de glicose e frutose. a cor vai sendo perdida gradativamente. a coloração azul foi escurecendo. a escurecimento da cor azul nos tubos para este teste. a solução provavelmente ficaria vermelho-tijolo. e dessa forma. agora separadas. positivo para o teste de Benedict. partindo do azul escuro bem intenso (que indica formação do complexo amido-iodo) até um laranja. que é a cor do próprio lugol. as ligações glicosídicas da sacarose foram quebradas.a solução. e compostos intermediários menores (dextrinas) vão sendo formados. restaria no tubo uma solução de glicose. também comprovam que o amido estava sendo hidrolisado a glicose. a coloração dos tubos que continham o iodo foram ficando cada vez mais claros. Já nos tubos que continham o reagente de Benedict. têm hidroxila livre no carbono-1. Isso aconteceria pois a medida que o amido fosse degradado. . que é um açucar redutor. Ou seja. e são açucares redutores. Hidrólise do Amido Neste teste foi observado que com o passar dos minutos. reduzindo o — a — . quando feito o teste de Benedict. sob aquecimento. Se a solução de amido ficasse mais tempo sob aquecimento. sofre uma sucessão de hidrólises.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful