Você está na página 1de 13

Sérgio Fernandes Marcus Facciollo

A vida

pode ser

mais leve

Conheça-se e seja mais feliz

Sérgio Fernandes Marcus Facciollo A vida pode ser mais leve Conheça-se e seja mais feliz

Sumário

Para Começo de Conversa.............................................11

A Insatisfação Não consigo nem me conformar nem entender...........................17 Sou um fracassado, ninguém me entende, ninguém presta..........29

Quem Sou Eu? Eu autêntico x eu fabricado.........................................................41 Autoaceitação é a solução............................................................53 Entender e superar limites...........................................................63

Acreditar e Fazer É possível ser melhor...................................................................69 É possível ter uma vida melhor....................................................75 Realizando seus sonhos...............................................................81 Tomando as rédeas do eu e da vida.............................................91

A Falha e a Culpa Falhar é humano.........................................................................99 Livrando-se da culpa.................................................................103 Você só é responsável pela sua vida...........................................107

A Felicidade........................................................................111

Para Começo de Conversa ...

Por que motivo resolvemos escrever este livro?

Em nossa relação de amizade, sempre conversamos mui- to sobre nossas experiências de vida e chegamos à conclusão de que tínhamos muitas em comum, principalmente no que se referia a crescimento e (re)descobertas pessoais. Ambos tivemos aquele momento em nossas vidas em que paramos para analisar o que nos acontecia, no íntimo e ao nosso re- dor, e percebemos que as coisas não estavam do jeito que deveriam estar, já que não nos sentíamos felizes e realizados de verdade. Esse primeiro momento foi carregado de frus- tração, descontentamento e sentimento de estarmos perdi- dos, sem saber por onde começar nem o que fazer.

A Vida Pode Ser Mais Leve

A partir daí, cada um de nós embarcou em proces- sos de autoconhecimento que, embora distintos, nos le- varam para onde realmente deveríamos ir, para dentro de nós mesmos, para o eu verdadeiro de cada um, com tudo de bom e nem tão bom assim que fazia parte dele, possibilitando um conhecimento real do que éramos, queríamos, podíamos ou não. Com esse conhecimento, foi possível começarmos a nos respeitar de verdade e re- organizar o dia a dia e as relações de acordo com o que de mais sincero havia em cada um de nós. Isso causou uma verdadeira revolução em nossas vidas, com satisfa- ções e dificuldades, mas que tem nos levado a viver de forma cada vez mais de acordo com nossas verdades.

Como foi gratificante quando os primeiros frutos foram colhidos! Descobrimos que muito do que achá- vamos que era nosso e negativo não o era na essência, e pudemos ir nos livrando pouco a pouco das coisas e ideias que nos atrapalhavam para termos interiores e vi- das mais sinceros e felizes. Muito do que parecia ser im- possível passou a ser perfeitamente aceitável e realizável. O entrar em contato verdadeiro com o eu e fazer tantas descobertas é algo que foi nos enchendo de entusiasmo e fazendo ver que, mesmo que tivéssemos agido de manei- ra a nos afastarmos de nós mesmos e tivéssemos trans- formado nossas vidas em algo que não gostávamos nem nos dava retorno satisfatório, era possível arrumar tudo, corrigir a rota. Era e continua sendo possível, pois con- tinuamos nessa jornada, cada um conhecendo-se melhor a cada dia, fazendo escolhas e adotando posturas de vida

Para Começo de Conversa ...

mais sinceras e em acordo com nossas verdades e anseios interiores.

Por percebermos o quão positivo e edificante é esse exercício de autoconhecimento e como pode ser bem empregado a nosso próprio favor para que tenhamos vi- das mais realizadas, nos amemos mais e sejamos pessoas melhores para nós mesmos e também para os outros, tivemos a ideia, o desejo de dividir nossas experiências e resultados com outras pessoas. Sem querer doutrinar ou nos colocar como donos da verdade, longe disso, mas re- latando em forma de livro os processos pelos quais temos passado e que têm sido tão positivos. Veio a vontade de dividir com os amigos leitores os pensamentos, dificul- dades e respostas que encontramos; o descobrir que se pode mudar sempre para melhor, caso seja desejado e se vá em busca disso, e também que muitas barreiras dentro de nós e na vida não são nada além de fantasias negativas que precisam, na realidade, de conhecimento e respeito interiores para serem reduzidas a pó e varridas de den- tro de nós, deixando terreno livre para exercermos o que temos de bom e vivermos com mais satisfação e alegria.

Escrevemos com conhecimento de causa, afinal, vi- vemos tudo o que está escrito, não são teorizações ou pensamentos mirabolantes. E, como tem sido muito bom para nós, com certeza pode ser muito bom tam- bém para outros. Por isso, amigo leitor, amiga leitora, os textos a seguir são a reprodução sincera no papel de experiências e conclusões reais, escritas por quem passou

A Vida Pode Ser Mais Leve

por elas, tem se sentido cada vez melhor e continua no maravilhoso aprendizado de se conhecer interiormente, entender e viver a vida de forma mais leve e feliz.

Desejamos uma boa e proveitosa leitura a vocês.

Sérgio e Marcus

14

A Insatisfação

Não Consigo nem me Conformar nem Entender

Quantas vezes, no decorrer da vida, não olhamos para nosso dia a dia, nossa situação, e percebemos que as coi- sas estão bem diferentes daquilo que gostaríamos?

Parece que muito do que sonhamos não se torna rea- lidade, pelo contrário, na maioria das vezes ocorre o oposto do que queremos. E haja dificuldades, reveses, decepções.

Também, com frequência, temos a nítida impressão, quase uma certeza, de que podemos mais. Não conse- guimos exercer todo o nosso potencial, as coisas não colaboram, nos dispersamos, o estresse da vida vai nos levando e perdemos o controle até de nós mesmos, para não falar de muitos outros fatores.

Tudo isso, somando-se acontecimentos desagradáveis, vai nos minando as forças, nos decepcionando e entriste- cendo. A perda de controle da vida, a não realização dos desejos e as dificuldades do viver acabam se tornando algo muito pesado, que se vai sobrepondo em importân- cia às coisas boas que todos temos, sempre. Sim, porque por pior que a situação esteja, há coisas boas na vida de cada um. Não?

17

A Vida Pode Ser Mais Leve

Se sua resposta foi “não”, pode ter certeza de que deu a resposta errada. Talvez você esteja tão mergulhado em pro- blemas e sentimentos negati- vos que não consiga perceber

Sim,

porque por pior que a situação esteja, há coisas boas na vida de cada um.

os aspectos bons da vida e, mais importante, seus próprios aspectos bons.

Mas, uma coisa de cada vez.

Vamos começar do ponto de partida: a insatisfação com uma situação.

A primeira reação que se tem a um fato ou constata- ção frustrante é ficar chateado. Claro, não é do jeito que queríamos! Empregamos tempo, trabalho, esperanças, e acontece algo errado, ou percebemos que estamos numa situação diferente daquela que imaginamos como ideal.

Após o sentimento de consternação inicial, ou ficamos revoltados, ou tentamos negar a realidade da coisa, ou nos resignamos, aceitando-a como definitiva.

Os piores caminhos são fugir da realidade, negando um fato, ou se resignar. Ao fugirmos da realidade, fingin- do que está “tudo bem”, passamos a viver uma mentira. Essa mentira é um refúgio frágil, que nos distancia de nós mesmos.

18

Este livro não termina aqui ...

Para ler as demais páginas, adquira-o em:

www.lojapalavraeprece.com.br