Você está na página 1de 10

Modulo 2

Batalha Espiritual – Onde tudo começou Arma de Guerra.

Tiago 4:1-5 – De onde


vêm as guerras e
Arma de Guerra. pelejas entre vós?
Porventura não vêm
disto, a saber, dos
vossos deleites,
que nos vossos
membros guerreiam?
Cobiçais, e nada
tendes; matais, e
sois invejosos, e
nada podeis
alcançar; combateis
e guerreais, e nada
tendes, porque não
pedis. Pedis, e não
recebeis, porque
pedis mal, para o
O mundo inteiro vive em guerra espiritual, nascidos no pecado gastardes em vossos
guerreiam contra si mesmo, como a bíblia diz para seu próprio desejo deleites. Adúlteros
e adúlteras não
carnal, o inimigo opera na carne aonde opera o pecado. A
sabem vós que a
humanidade inteira guerreia consigo mesmo e a origem dessa guerra
amizade do mundo é
já conhecemos. Todo tipo de guerra visto no mundo se iniciou
inimizade contra
primeiro no mundo espiritual, muitas vezes não percebemos o que
Deus? Portanto,
está acontecendo no mundo numa percepção ou numa visão
qualquer que quiser
espiritual por parecer costumeiro, mas sua origem é única, e
ser amigo do mundo
espiritual. Mas vamos começar a perceber e entender como o
constitui-se
inimigo trabalha já que entendemos agora como tudo é gerado no
inimigo de Deus. Ou
mundo espiritual.
cuidais vós que em
Independentemente de aeronaves, forças terrestres, naves especiais vão diz a
ou navios transitando pela água, que são utilizados em guerras, Escritura: O
existem vários tipos diferentes de guerras que pode ser travada no Espírito que em nós
mundo com várias táticas, e identificando no mundo essas guerras, habita tem ciúmes?
entendemos que o inimigo guerreia escondido através das pessoas,
que o inimigo se levanta investindo nas pessoas envolvidas na guerra
fazendo um inimigo do outro. O inimigo também peleja contra sua vida, cria armas contra você, te observa
procurando seus pontos críticos procuram meio de derrotar como servo de Deus.

Quando Deus abre o mundo espiritual e mostra a tática do inimigo, II Reis 6:8 -18 Eliseu acorda pela
madrugada e vê toda cidade cercada pelo inimigo, e o rei da Síria, e ele então se desespera e pede socorro
“...Ai! Meu senhor! Que faremos? ” (II Rs 6:15b). Foi nesse momento que através da oração
do profeta Eliseu, algo sobrenatural e impressionante acontece, Deus abre o mundo espiritual para Eliseu.

Eliseu pede por seu moço, para que Deus também abra os seus olhos e enxergue a vitória que o Senhor
proporcionaria imediatamente ele viu, o mesmo que o profeta via, e que Israel não seria sucumbido pelo rei
da Síria. Precisamos nos levantar como Eliseu desta geração onde o mundo sobrenatural pode ser visto por
todos, principalmente para os moços da nossa geração, os mais fracos, os inexperientes, esse mundo é pra
todos e não apenas para alguns como ensinam por ai.

Outro episódio também com Eliseu, era que, toda a armação que o rei da Síria armava contra Israel, Deus
revelava para o profeta e ele contava para Israel orientando Israel inúmera vezes, esse foi o motivo do Rei da
Síria descer e cercar a casa de Eliseu e Dotã, a Bíblia diz que o exército cerca a cidade inteira por causa de
Eliseu, pois o rei manda busca-lo.

Deus só não mostrava tudo o que inimigo armava contra seu povo, como tinha um exército inteiro ao redor
de Eliseu. Eliseu ourou e ousadamente pediram para que Deus cegasse todos eles, e assim foi. Eliseu sozinho
os conduziu até seus inimigos, levou seus inimigos para dentro de Israel serviu do melhor que tinha melhor e
despediram eles em paz, pois a guerra não era contra o exército terreno era no mundo espiritual.

Deus não só revela as armadilhas do inimigo, como tem um exército inteiro a nosso favor. Assim sendo você
não está só na batalha, e na maioria delas você não guerreia apenas contempla o resultado estamos falando
de guerras vencidas no mundo espiritual. Muitas vezes Deus abre o mundo espiritual através de sonho e
revelação, manifestação, sensação na alma, para seus filhos, o Espirito Santo lhe traz peso, conflito, sensação
de que algo está acontecendo, seu sentido percebe, se você tem essas reações, entenda o mover do espirito
santo para te armar, você entra em oração, entra em proposito, levanta o clamor, fortalece sua fortaleza e
tudo se acalma de novo dentro de você. Muitas vezes por inexperiência a interpretação errada desses
momentos acaba, levando os crentes a entender que está sendo atacado pelo inimigo, mas Deus está
abrindo o mundo espiritual para que você perceba os ataques do inimigo, pois você pode esta distraído
possibilitando alguma porta aberta, então o Espirito Santo te alerta, ou as situações estão ligados a você
como intercessor, ou pelo dons dado, ou simplesmente por ser participante do lugar celestial e estar em
condições do Espirito Santo lhe compartilha segredos, em que vive. por você, reaja fecha a porta, alerta, é
assim que Deus faz te protege de todos os lados!

A guerra espiritual é a análise e a participação ativa do crente na batalha espiritual invisível. A sua vitória já
foi decretada em Cristo, a nossa vitória na batalha espiritual não está fundamentada na oração continua a fim
de fortalecer os anjos que pelejam como se ensina, tal ideia é tirada do livro de ficção de Frank Peretti, a
nossa vitória está em Cristo Jesus, não está no que podemos fazer para mudar, mas está no que Jesus fez por
nós, já entramos na batalha com ela em andamento por nascimento e por salvação. Apesar da afronta e
acusação do inimigo em Cristo somos mais que vencedores, nossa oração é arma de comunhão com aquele
que guerreia por nós a fim de temos intimidade com Deus, como Jesus mesmo ensinou. Paulo quando fala
da oração que nos edifica espiritualmente. Ele inclui o estudo das forças opostas do bem e do mal, as
estratégias de Satanás e as estratégias espirituais para superar o inimigo.

Ele inclui participação ativa na guerra pela aplicação destas estratégias na vida e no ministério. Uma das
estratégias mais eficazes de Satanás é manter os crentes ignorantes de seus dispositivos espirituais. Paulo
disse que é importante conhecer as estratégias de Satanás. Para que Satanás não alcance vantagem sobre
nós:. Pois não somos ignorantes de seus dispositivos (II Coríntios 2:11);

Saber adequadamente sobre batalha espiritual é um disposto poderoso de guerra que nos temos. Devemos
aprender tudo o que puder sobre as estratégias de ataque de Satanás. Nós também devemos compreender a
base bíblica da vitória sobre Satanás e as forças do mal. Somos chamados ao combate inteligente.
1. Início da guerra

Confronto da guerra espiritual no nível celestial se Deu nos céus.

Judas 1.9. Mas o Arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a
respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição
contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda. Satanás se sentia no
direito do corpo de Moises. “Especulação” (Ex 2,11-12). Moisés sendo
assassino teria o diabo o direito de reclamar seu corpo.

Em Daniel 10:12 vemos outro lugar menor batalha, Demônio que são Princeses (Principados) confrontando
com os Anjos.

Este capítulo explica que Daniel estava de luto por três semanas e não comeu carne ou vinho. Durante este
tempo ele recebe a visita de um anjo de Deus. O anjo fala estas palavras a ele no verso 13 “Mas o príncipe do
reino da Pérsia se pôs defronte de mim vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio
para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia. 14. Agora vim explicar-lhe o que acontecerá ao seu
povo no futuro”.

O anjo trouxe a resposta a Daniel. Daniel foi respondido e pode se alegrar, mas a batalha continuava nos
céus. O anjo teria que voltar e enfrentaria outra guerra ainda maior em seu retorno, pois Satanás reforçou
seu exército chamando o príncipe da Grécia. Daniel 10: 20-21

2. Início da guerra com o homem


Está guerra com o homem começou no Éden. Por conta da atitude de Adão e Eva, o homem foi separado de
Deus e condenado à morte. Deus fala em Oseias 6:7 da transgressão da aliança feita por Adão, sendo desleal,
traiçoeiro. O pecado de Adão quebrou este pacto condicional com Deus e os homens tornam-se um estado
caído, mas Deus logo faz um segundo pacto, incondicional de resgate com Adão e Eva. Quando o homem o
peca e cumpre o desejo de satanás levando o homem e sua descendência a morte, por suas mentira e
enganos. "Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de
vosso pai vai fazer. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou
na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala
de seu próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira "(João 8:44).

Eva, então, permitiu-se a ser enganada em três áreas. Em primeiro lugar, Eva viu que o fruto era bom para
comer, apelando para a carne e corporais sentidos. Em segundo lugar, ela viu que era bonita e atraente pelas
suas emoções, e terceiro lugar, se sentiu tentada e atraída em sua mente e intelecto, na medida em que ela
queria ser sábia. Nestas áreas do seu domínio que guerreamos todos os dias e somos provados como eles
foram. Essa foi a proposta da serpente para eles através do engano de que Deus não era mais suficiente,
ferramentas de engano de Satanás permanece o mesmo hoje. Ele apela à fraqueza da nossa carne, emoções
e intelecto.

Só que depois que Adão pecou contra Deus “caiu à ficha”, em vez dele se elevar como Deus como o Diabo
propôs, ele sucumbiu, seu grande erro foi querer ser igual a Deus e o erro do nosso inimigo (Satanás) foi
querer fazer seu trono acima de Deus.

Esta morte foi à morte espiritual de separação de Deus e a morte física, pois quando o homem pecou Satanás
entrou no sistema genético com as maldições de doenças e enfermidades. Mas Deus amou o homem tanto
que Ele fez um plano especial para salvá-lo do pecado, já no ato do pecado. Aquele que pisaria na cabeça da
serpente viria ao mundo! Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele
que crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o Seu Filho ao mundo para condenar o
mundo; mas que o mundo através dele pudesse ser salvo (João 3: 16-17).
Esse ato também resultou na guerra invisível entre o homem e as forças do mal: E porei inimizade
entre ti (Satanás) e a mulher (a humanidade), e entre a tua descendência
(as forças do mal) e a sua semente (as forças do bem representados pelo
Senhor Jesus Cristo) ... Gênesis 3:15 . Por isso estamos em guerra, em um nível espiritual mesmo
estando em carne.

Conhecendo o inimigo.
Satanás demonstra a capacidade intelectual, emoções e uma vontade ativa.

Sua inteligência é refletida na sua capacidade de memorizar as Escrituras. Quando ele tentou Jesus (Mat. 4:
6), ele citou um verso obscuro fora de contexto (Sl 91:11, 12.) Para dar autoridade à sua tentação. Seu
intelecto superior é ainda demonstrado pela sua capacidade de organizar o excesso de 100 milhões de anjos
no ceu. A Bíblia também retrata as tentações do diabo em termos como "ciladas" (Ef. 6:11), "profundidades"
(Ap 2:24), e "dispositivos" (2 Cor. 2:11). A Bíblia não faz nenhum esforço para esconder a astúcia de Satanás.
Quando os falsos mestres e falsos apóstolos apareceram na igreja em Corinto, Paulo escreveu: "E não é
maravilha, para o próprio Satanás se transforma em anjo de luz "(2 Con 11:14). O apóstolo reconheceu um
dos seus propósitos em escrever uma segunda carta aos Coríntios foi "para que Satanás não alcance
vantagem sobre nós; pois não somos ignorantes de seus dispositivos "(2 Cor. 2:11). Ele reconheceu ainda
mais o personagem astuto e sutil de Satanás quando ele aconselhou os efésios a "colocar toda a armadura de
Deus, para que possais resistir às ciladas do diabo" (Ef. 6:11).

Reconstruindo a visão de batalha espiritual a luz da bíblia

Vivemos em dias que as pessoas demonstram seu fascínio pelo diabo e todas as suas obras, isso que
se que apresenta não é batalha espiritual, não segundo a bíblia, talvez seja em outros segmentos,
mas não para nós cristão. Mais pessoas no mundo leem sobre o oculto do que sobre Cristo. Você
ouve o Senhor Jesus falando com as pessoas: "Vocês pertencem ao seu pai, o diabo"
(João 8:44). Ele não estava se dirigindo a um grupo de criminosos, ou mundanos, mas homens e
mulheres comuns dentro da casa de Israel. Eles poderiam virar para Jesus e dizer "Quem é ele
para dizer isso para nós?" Mas na verdade ele não conseguiam acreditar nas palavras
de Jesus, devido a sua relação com as coisas impuras do maligno. Quando as questões malignas são
maiores dentro das pessoas do que as de Deus, ele precisa de libertação, precisa passar a limpo seu
passado.
Judas Escariotes, viveu com o Senhor Jesus por três anos, ele ouviu o Sermão da Montanha snedo
pregado, viu Jesus falar, viu os ventos e as ondas lhe obedecem, testemunhou Lázaro ressuscitar dos
mortos e ainda assim ele traiu Cristo por trinta moedas de prata. Judas tinha destruído tal amizade
por tão insignificante soma. Não foi a ganância que moveu Judas, "Satanás entrou em
Judas" (Lc. 22: 3). Judas nunca foi aliado de Mamom, como justificam, Judas era um ladrão e
nunca se converteu, (Jo.12.6) e estava dentro do Ministério de Jesus praticando seus delidos
deliberadamente. E depois que foi vendido, Jesus nunca ficou debaixo de sua autoridade de
Mamom como ensinam, Jesus ficou debaixo da autoridade do Pai para fazer sua vontade. Gálatas
1:3-4 diz que Jesus se entregou voluntariamente, ele mesmo traçou o plano de salvação ele mesmo
fez cumprir tudo que tinha dito no decorrer da história, e na profecia de Zacarias 11.12: “Eu lhes
disse: se vos parece bem, dai-me o meu salário; e, se não, deixai-o.
Pesaram, pois, por meu salário trinta moedas de prata”. Mamom não era
um Deus ou Espirito, é termo semita usado no antigo testamento para riquezas exemplos Lc 16:9
por meio de riquezas, riqueza injusta Lv 16:11 . Deus e a mamom ou seja Deus e ao Dinheiro Lc
16:13, Mt 6:24. O jovem rico teve dificuldade de seguir a Jesus por servi a suas riquezas, escolheu a
riqueza Mc 10:18.

Então vamos abrir os nossos olhos espirituais para verdades e descontruir pequenos sofismo que
estão tentados nos fazer acreditar, tirando nosso foco da verdade e do poder desse evangelho.

Nomes revelados por fonte segura - Bíblia


Existem vários espíritos diferentes mencionados no Novo Testamento, revelados a luz da bíblia:
Assim como no Antigo., cada atuação sua identificação sua ação e o nomeia segundo a bíblia;
Vemos o caso de Jesus ao perguntar o nome de uma manifestação no endemoniado de Gadara, e
ele responde aquilo que ele se nomeava por sua formação de legião, por que eram muitos. Aqueles
demônios que se chamavam legião (porque eram muitos), saíram daquele homem e entraram numa
manada de porcos (com a autorização de Jesus), que morreram se precipitando de um
despenhadeiro. Marcos 5:1-5.
Também temo Paulo alertando a igreja de Éfeso. Os Apóstolos viam a sua atuação identificando
pela sua ação. Em um estudo mais apurado observaremos que muito tiveram seus nomes a partir do
grego e hebraico e os tem até hoje, mesmo depois de sua transliteração para outras línguas,
permanece o que originalmente foi nomeado.
Gálatas 3:1-3. Ó insensatos gálatas! Quem vos fascinou para não
obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo
foi evidenciado, crucificado, entre vós?
Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da
lei ou pela pregação da fé?
Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis
agora pela carne?
(Gálatas 3:1). Vos fascinou: Bewitched, grego baskaino que significa se encantar, lançar um feitiço
com as palavras.
Provérbios 02:16. Assim como a mulher estranha usa palavras lisonjeiras
para capturar sua vítima para fazer os espíritos enganadores como
Jezabel também seduzir usando palavras persuasivas para adoçá-lo.

O espírito de Jezabel não pode enganar você sem te seduzir primeiro, então se Paulo faz menção a
uma espirito de sedução em os Gálatas usando a mesma palavra. Para alcançar esse objetivo,
Jezabel ela vai usar vários espíritos em sua rede, incluindo o espírito de sedução. Existem vários
espíritos demoníacos Pneuma mencionados na escritura vejamos:
a) Pneuma poneron, um espírito maligno (Atos 19:15).
Palavra Original: πονηρός, ά, όν
Transliteração: Poneros ortografia fonética: (pon-ay-ros ') Definição sucinta: mal, mau, mal, mau,
mau, mal-intencionado, preguiçoso. Tradução ruim (5), crimes (1), invejosa (1), a inveja * (1), o mal
(50), um mal (5), as coisas más (1 ), malignas (1), mais o mal (1), mais ímpios (1), vicioso (1), mau (6),
o homem mau (1), as coisas más (1), sem valor (1). Vezes que aparece na Bíblia. Doente ou cego,
Mateus 06:23 ; Lucas 11:34. Seu olho e mau Mat.6:23. Sendo maus Mat. 7:11. Dá mau fruto Mt
7:17. o homem mau, ou seja, o malfeitor falado, 1 Coríntios 5:13 o mal homem, que te fere, Mateus
5:39 ., o maligno : Mateus 5:37 ; Mateus 6:13 ; Mateus 13.19, 38 . Ocorrências na Bíblia usando esse
nome 79.

b) Pneuma python, um espírito python ou espírito de adivinhação (Atos 16:16).


Transliteração do grego: puthón Curto Definição: um espírito de condão. Definição: um espírito de
adivinhação, Python, chamado após a serpente. Lucas escreve no original em atos 16.16 Espirito
pyton. 1 Ocorrência na bíblia.

c) Pneuma astheneias, o espírito de enfermidade (Lucas 13:11).


Astheneia ou Asthenes - Palavra Original grega: ἀσθένεια, ας, ἡ parte do discurso. Ortografia
fonética: (as-then'-i-ah) Definição sucinta: falta de força, fraqueza, doença Definição: falta de força,
fraqueza, doença, sofrimento, calamidade, fragilidade. Sua fraqueza nativa e fragilidade: 1 Coríntios
15:43 ; 2 Coríntios 13: 4 . Debilidade de saúde; doença: João 5: 5; João 11: 4 ; Lucas 13:11, 12 ;
Gálatas 4:13. Ocorrência na bíblia. Doenças (1), doenças (1), doente (1), doença (1), enfermidades
(1), doença (3), doenças (2), fraco (1), fraqueza (9), fraquezas (4).
Doenças, enfermidade Lucas 8:1, espírito de enfermidade de 18 ano...Luc. 13:11.

d) Pneuma alalon, um espírito mudo, um sem discurso (Marcos 9:17).


Alalos: mudo, sem palavras
Palavra Original: ἄλαλος, ον
Fonética: (al'-al-os) Definição sucinta: incapaz de falar, incapaz de falar ou articular; sem palavras.
Ocorrências e texto: Espirito que o fez mudo Mc 9:17, (1) ouvir os mudos falarem Mc. 7:37 (1),
espirito de surdo e mudo Mc 9:25 (1)
e) Pneuma akathartos, um espírito imundo (Marcos 1:23).
Palavra Original: ἀκάθαρτος, ον
Transliteração: akathartos ortografia fonética: (ak-ath'-ar-tos) Definição: sujo, impuro .
Ocorrências na bíblia: impura (1), impuro (29), coisas impuras (1).
Lhe deu autoridade sobre os espíritos Mat. 10:1, Mat. 12:43, Mc 1:23, Mc. 1:26. Espíritos impuros
Mc 1:27,
Mc 3:11, ele tem um espirito imundo Mc 3:30, Mc 5:8, impuros de espirito Mc 6:7, comanda espirito
imundos Lc 4:36, Profano At. 10:28,24.

f) Pneuma plana, um espírito sedutor ou espírito do erro (1 Timóteo 4:1).


Palavra Original: πλανάω
Transliteração: planaó fonética: (plano-ah'-o) Definição: enganar, iludir, a vagar. Raiz de planeta (
"corpo errante").
Ocorrencia na bíblia enganar (3), enganado (9), engana (3), enganando (2), extraviar (1), se
desviaram (3), leva ... extraviados (2), desviados (1), equivocada (1), enganar (4), engana (2),
enganado (1), confundido (3), desviando (2), estáticas (1), vagando (1) .
Se desviem, vagar, vagar Mt. 18:12 ; 1 Pe. 2:25, Hb. 11:38. Desviado Mt 18:12, enganado Mat.
22:29, ninguém te engane, enganarão Mat. 24:5, Mat. 24:22, induzir ao erro Mt 24:24, erro Mc.
12:24, desviado Jo 7:47, Não se deixe enganar para imoralidade, sexualidade 1Cor.6:9, 1Cor 15:33.
Extraviar o coração Heb 3:10. Errantes Heb. 5:2, enganar Tg. 1:1.

Assim como outros já traduzidos para sua facil compreensão.

Nomes para o Inimigo


Abadom em hebraico em grego Apolion = (hebraico: Destruidor) = Apocalipse 9:11
Acusador dos irmãos = Apocalipse 12:10
Adversário = (aquele que está de encontro a) I Pedro 5: 8
Anjo do abismo = Apocalipse 09:11
Anticristo = (aquele contra Cristo) I João 4: 3
Belzebu = (deus das moscas, deus estrume) Marcos 3:22, Lucas 11:15
Belial = II Coríntios 6:15
Diabo = (falso acusador, diabo, caluniador) Mateus 4: 1, Lucas 4: 2, 6, Apocalipse 20: 2
Inimigo = Mateus 13:39
Espírito maligno = I Samuel 16:14
Pai de todos os mentirosos (mentiroso) = João 8:44
Deus (Deus) deste mundo = II Coríntios 4: 4
Grande dragão vermelho = Apocalipse 12: 3
Lucifer = (rendição romana de estrela da manhã) = Isaías 14:12
Homem do pecado = II Tessalonicenses 2: 3
Assassino = João 8:44
Antiga serpente = Apocalipse, 12: 9, Apocalipse 20: 2
Poder das trevas = Colossenses 1:13
Príncipe deste mundo = João 12:31, João 14:30, João 16:11
Príncipe do poder do ar = Efésios 2: 2
Régua da escuridão = (entendida como) = Efésios 6:12

Para muitas pessoas o Espírito Santo é apenas evidência de falar em outras línguas (Atos 2: 1-8; 8:
14-18; 10: 45-46; 19: 5-6). Para os discípulos de Jesus por foi dado o poder para pisar serpentes e
sobre todo o poder do maligno. Eles não perderam tempo enfrentando demônios e expulsando os
espíritos imundos. Indo ao confronto de Batalhas, todos esses nomes citados acima foram ditos por
e escrito na Bíblia revelado pelo espirito Santos em confrontos, esses espíritos estão atuando até
hoje, podem até trocar seus nomes, mas através do Espíritos santos eles serão reconhecidos e
expulsos.

Quando falamos de ter acesso ao mundo Espiritual falamos das regiões Celestiais do quais estamos
junto com Cristo. Mas existe leis divinas a respeito disso foram estabelecidas por Deus uma vez e
devem ser seguidas. O fato dele ser real até mesmo para os não cristãos, os de religiões pagãs,
místicas, entendemos pela palavra que existe um limite imposto por Deus. Há lei a respeito da busca
do homem pelo místico espiritual e foi estabelecida desde de a antiguidade. Ultrapassou o limite é
feitiçaria. Por isso a questão do mundo espiritual para o crente é vista com muito temor nesse
aspecto e realmente merece vigilança.

(Levítico 19:31) NTLH “Não procurem a ajuda dos que invocam os espíritos dos mortos e dos que
adivinham o futuro. Isso é pecado e fará com que vocês fiquem impuros. Eu sou o SENHOR, o Deus
de vocês. ”

(Levítico 20:6) JFA “Quando alguém se virar para os adivinhadores e encantadores, para se prostituir
com eles, eu porei a minha face contra ele, e o extirparei do meio do seu povo. ”

(Levítico 20:27) NVI. “Os homens ou mulheres que, entre vocês, forem médiuns ou consultarem os
espíritos, terão que ser executados. Serão apedrejados, pois merecem a morte.

Vemos, portanto, que para Deus a invocação dos espíritos, consultas são consideradas como
ofensas graves. Deus ordena ao seu povo para que fique longe de tais práticas que eram realizadas
por outros povos, a fim de não se contaminarem com tais atos ilícitos.
Por isso por isso o inimigo usa sua tática: a mentira, falsas doutrinas sem base bíblica, falso
ensinamentos usando a própria bíblia. Deve se andar com cuidado e muita segurança pois até
mesmo na batalha espiritual principalmente para o que são libertadores e atuam nisso, tem
surgidos muitas práticas que deixam dúvida. Mas Jesus é a única fonte de revelação através de seu
Espirito Santo, Hebreus 1:1,2.
Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a
nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho. A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez
também o mundo.
Deus está acima de todos e merece plena honra (Colossenses 1:13-18).
É errado buscar orientação espiritual de outras fontes? Jesus não excedeu de perguntar um nome,
por que ele identificava algo incomum no homem de Gadara. Não temos como seguro informações
dos próprios espíritos quer seja manifesto ou incorporados, neles não há verdade, nem em nada
que vem deles. (Colossenses 2:8-9, 3:1).

Colossenses 2:8,9. Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por
meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens,
segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;
Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade;
Colossenses 3: 1, Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as
coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.
Precisamos entender a luz da Bíblia que os Demônios não são ONIPRESENTE, ONIPOTENTE E
ONISCIENTE como Deus. A sua organização como um Reino pode dar essa ideia, ‘de um reino
poderoso’, mas o Reino de Deus também é organizado por hierarquia e muito mais poderoso em
ação, poder, glória, majestade. Antes de falar para você como é a organização desse reino do mal,
vamos conhecer a organização do Reino de Deus. Quando estudamos em batalha espiritual sobre a
organização do reino do mal primeiro sem falar do reino de Deus, pode dar a ideia que o Reino de
Deus está em desvantagem, assim como ensinam tudo sobre o reino do mal, seu poder, sua ação,
seus nomes, mas nada falam da trindade, do que Jesus fez, da cruz, nos dá também a ideia que o
Reino de Deus está em desvantagem, todo mundo sabe de cor a organização do mal. Mas parecem
saber pouco da soberania do reino de Deus, da grandeza, da organização e autoridade do reino da
luz, das quebras das maldições, e novas leis, da nova aliança de um reino cuja a cadeira da direita
nos comporta juntamente com Rei, e é terrivelmente tremenda sua ação em todo universo que
deixa a ação do reino das trevas do tamanho do tapete de entrada de portas.
Colossenses. 1.16 e Romanos. 8.38 no traz esse entendimento de classificações de organização e
funções atribuídas aos anjos.
Cl.1:16. Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na
terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam
principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.
Rm. 8:38. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os
anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o
porvir,
O próprio inimigo nos cria ilusão ensinando quem ele é.
Por isso há uma hierarquia de exércitos, legiões, principados, potestades e etc. Ele depende dos
seus emissários, seus anjos e desta hierarquia toda para agir, sua organização é para isto. O futuro
lhe é desconhecido. Ele tenta se antecipar, ou antecipar as coisas, tentando adivinhar, assim como
os astrólogos, feiticeiros, e falsos profetas. Deuteronômio 18: 18-22. Ele parece ser um gênio, mas
só trabalha com informações previamente obtidas. Atos 16:15-18, nos mostra uma mulher que
tinha um espírito de adivinhação, e falava de Paulo aquilo que Paulo já fazia. Pregava o evangelho
de salvação.
O diabo trabalha com informantes, assim como qualquer setor de “inteligência” de qualquer país,
pois ele é astuto, 2 Coríntios 11:3,4. Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua
astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da
simplicidade que há em Cristo. Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos
pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes,
com razão o sofreríeis.
Ao derredor
Tudo o que Deus revelou está em sua palavra. Fiquemos atentos! Em Isaías 42: 8-9, 46: 9, e 48: 3-5.
Deus se mostra como o Único que pode saber o futuro, e desafia os falsos deuses a fazer o mesmo.
Em Daniel 2: 1-2, 4, 10, 12; 27-28 vemos que o diabo não pôde ler os pensamentos do rei e por isso
os astrólogos ficaram sem resposta.
Vemos em I Coríntios 2: 11-12, que somente o Espírito Santo sabe o que o que se passa no coração
do homem. Por isso, a maior parte daquilo que o diabo sabe, é ou foi obtido através da observação.
Por isso ele precisa de um exército de demônios bem organizado. Ele é uma criatura e não possui os
atributos divinos (Romanos 2: 16; I Cor. 4: 5). Ele está ao derredor o tempo todo, esperando por
uma oportunidade, ele só terá permissão para entrar nas fortalezas que te cercam se você permitir.
Após você ser irar, você tem pouco tempo para mudar essa situação diz a bíblia até o pôr do sol
Efésio 4:26:27, Sal. 30:5, assim como o choro que dura uma noite, esse é o tempo que você tem
para se arrepender e concertar as coisas antes do pôr do sol do próximo dia. Afim se sua fortaleza
não ficar indefesa.
Dualismo
Não devemos cair no erro de crer no dualismo (lado a lado). Bem e mal em igualdade de força, pois
não há equiparação. Crer que Satanás seja igual, ou praticamente igual a Deus é elevar o diabo ao
nível de Deus, e baixar Deus ao nível do poder do diabo. É crer que Deus vota a favor e o diabo
contra, e há uma luta para ver quem sairá vencedor. É um erro comum entre os carismáticos
modernos. O diabo está envolvido em tudo, nas doenças, na política, nos esportes, nos problemas
financeiros, e até mesmo dentro de algum cômodo da casa trazendo maus fluídos. (I Pedro 3: 22 –
Hierarquia de anjos estão sujeitos a Cristo, Efésios 1: 20-22 – Cristo acima de toda autoridade –
Romanos 8: 38- Nem anjos, nem todo exército constituído pode nos separar do amor de Cristo – I
João 4: 4 - Maior, mais forte, mais poderoso é o que está em vós. Tudo o que o Senhor quer fazer,
Ele faz (Salmo 135: 6; Daniel 4: 35), porém Satanás, tem poder outorgado, emprestado e limitado.
Colossenses 2:15 "E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles
triunfou em si mesmo."
Despojar é um termo militar muito usado nos textos do Antigo Testamento que representa a ação
de tomar os bens e todas as posses do exército inimigo após vencê-lo. Nós estávamos entre esses
bens....

Ação dos espíritos desde a antiguidade.

O objetivo de satanás é afastar as pessoas de Deus, ele veio para roubar, matar e destruir, João
10.10
Estamos vivendo uma época, em que a ação de espíritos sobre no meio dos crentes é tão sutil. O
momento atual da Igreja evangélica é o pior de todos os tempos, pois estamos diante de “espíritos
enganadores “que atuam de várias maneiras, com aparência do Espírito Santo”“. Enquanto estamos
nomeando os espíritos, aprendendo seus nomes pelas suas ações para batalha espiritual ou
libertação, passa-se despercebido a ações do inimigo no meio da igreja, pois para isso ele não se
revela, mas a bíblia revela, quando não o Espirito Santo também revela aos seus ungidos. O dom de
discernimento de espírito tem que atuar no seio da igreja.
Há principados que governam todas as redes religiosas e as Escritura provam isso facilmente. I
Coríntios 2: 7-8 diz: "Mas falamos a sabedoria de Deus em mistério, a sabedoria oculta, a qual Deus
ordenou antes dos séculos para nossa glória, a qual nenhum dos príncipes deste mundo
compreendeu; porque se a tivessem -lo, eles não teriam crucificado o Senhor da glória ".
O que quero dizer é que quando lidamos com coisas espiritual, toda arma vem de Deus para nós em
secreto, pelo seu Espirito Santo, nos capacitando para libertação, confrontos, revelação dos nomes
dos espíritos, lugares que eles estão ocupando, como agem, somos levados em espíritos em lugares
celestiais por seu espirito a ver. A ação do Espirito Santo está sendo substituído pela religiosidade e
o desejo do homem de saber o oculto para seus olhos por outras fontes.
O lado negro não tem esse benefício, o seu conhecimento dos mistérios de Deus, a sua eficácia é
nula e sem efeito. Como crentes, devemos aproveitar o Cristo em nós. Se você é um crente, e você
sente que não têm tirado partido do seu discernimento espiritual, não é tarde demais, afiar seu
discernir se sujeite adequadamente e pede para o Espirito Santo mostrar tudo que precisa saber, ele
é sua fonte segura pede para ele fazer como fazia com Eliseu: O rei da Síria suspeitava que houvesse
um espião em seu próprio governo, então alguém falou ao Rei, o profeta Eliseu fica sabendo de
tudo e conta ao Rei de Israel as nossas estratégias 2Reis 6:12.
Para todo o dom que Deus lhe deu, o inimigo enviou uma falsificação. Tiago disse que "todo dom
bom e perfeito vem do alto e desce do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de
variação" (Tiago 1:17). A linha fina do inimigo é o engano e a falsificação, por respeito as pessoas
que são influenciadas por esses espíritos, nos calamos, mas não negue a voz do Espirito Santo em
seu Coração, não importa quem seja o ‘usado”. Esse tipo de espirito não se manifesta, eles apenas
atuam aonde encontra brechas.
Em 1 Coríntios, Paulo enfatizou que ele estava ensinando pelo Espírito Santo, comparando coisas
espirituais com coisas espirituais (2:4). Ao fazer isso, ele identificou que o inimigo iria dificultar o
verdadeiro discernimento das coisas de Deus- "o homem natural, Paulo disse que o homem natural
não aceita as coisas do Espírito, porque lhe são loucura. 1 Cor. 2:14, Ele continua a dizer, o homem
natural não pode saber as coisas mais profundas de Deus, porque elas se discernem espiritualmente
. Exemplo é que alguns adentram as informações do ocultismo, magia negra, macumba, umbanda,
e suas táticas para ficarem bem informados de como é o outro lado e atuarem. A maldição do
homem natural é o fruto da sua religião. Mesmo sendo livre em Cristo se mantém em carregar sua
bagagem do passado ou justificam o que carregam. Outro fator grave é que muitos crentes não
acreditam no que estão bíblia, se enredam em ficções e negam o poder de tudo que a bíblia diz que
é, acham que está faltando alguma coisa. A parte triste é que existem demônios por trás desses
atos, e eles entram de forma desenfreada nas igrejas.
1 Timóteo 4: 1: "Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão
da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios."

Interesses relacionados