Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA

CENTRO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS


CURSO DE GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA
DISCIPLINA 6 FIL 094 PRÁTICA DE PESQUISA EM FILOSOFIA III

ESTRUTURA PROJETO DE PESQUISA

A elaboração do Projeto de Pesquisa requer:

1. Apresentação (Quem?)
Capa e Folha Rosto

2. Objetivo (Para quê? Para quem?)

Tema

É o assunto que se deseja provar ou desenvolver. É uma dificuldade ainda sem solução
que o pesquisador deseja examinar, avaliar criticamente e apresentar uma solução.

Objetivo Geral

Descreve um produto ou resultado que se pretende alcançar ao final da pesquisa. O


Objetivo Geral é a visão global e abrangente do tema Não confundir com intenção,
quando é muito amplo, é uma intenção, como por exemplo: Desenvolver o senso crítico.

Objetivos Específicos

Apresenta caráter mais concreto. Tem função intermediária e instrumental. São


enumerados. Iniciam com verbo no infinitivo e representam uma Ação. Devem ser
formulados como metas a serem alcançadas. Os objetivos específicos, uma vez
realizados, levam à realização do objetivo geral.

3. Justificativa (Por quê?)

Expõe as razões, sejam teóricas, sociais ou de ordem prática, que tornam importante a
realização da pesquisa. Ressalta a importância e relevância, tanto teórica quanto social,
da pesquisa, apontando o que a pesquisa acrescentará ao que se conhece sobre o tema.
Destaca as contribuições que a resolução do problema proposto trará.

4. Objeto (o quê?)
Problema
A formulação do problema prende-se ao tema proposto. Consiste em um pequeno
texto que expõe argumentativamente e não de maneira meramente expositiva, os
elementos constitutivos do tema proposto pela pesquisa. Esclarece a dificuldade – a
questão, a pergunta – específica com a qual a pesquisa se defronta. Delimita com
exatidão que tipo de resposta deve ser procurada. O problema é sempre uma pergunta,
um questionamento; essa pergunta esclarece a dificuldade específica com a qual o
autor do trabalho se defronta e que pretende resolver por intermédio da pesquisa.
A formulação clara e precisa da pergunta necessita observar:
› O que quero saber?
› O que precisamente quero saber?
› Qual é a pergunta a que pretendo responder com meu trabalho de
pesquisa?
Para o problema ser cientificamente válido deve passar pelo crivo das seguintes
questões:
› Pode o problema ser enunciado em forma de pergunta?
› Pode ser objeto de investigação sistemática, controlada e crítica?
› Pode ser verificado em suas consequências?

Hipótese

Resposta provável, suposta e provisória ao problema formulado. É uma afirmação.

5. Embasamento teórico (Como?)

Teoria de base

São as premissas ou pressupostos teóricos sobre os quais o pesquisador fundamentará


sua interpretação.

Revisão bibliográfica

É a procura de documentos já existentes sobre o assunto da pesquisa. Cita as principais


conclusões a que outros autores já chegaram; demonstra ainda contradições ou lacunas
desses autores.

6. Metodologia (Como? Com quê? Onde?)

Refere-se ao caminho a ser percorrido para a concretização do projeto.


Métodos de abordagem

Refere-se à inspiração filosófica da pesquisa. Pode englobar entre outros: método


indutivo, método dedutivo, método hipotético-dedutivo, método dialético.

Métodos de procedimento

São as etapas mais concretas da investigação ligadas aos fenômenos menos abstratos.
Podem ser: histórico, comparativo, monográfico, estudo de caso, estatístico, tipológico,
etc.

Técnicas

Corresponde à coleta de dados. Independente da técnica escolhida deve se descrever


tanto a característica quanto a forma de sua aplicação e tabulação. Exemplos: pesquisa
documental e bibliográfica, observação direta, entrevista, questionário, testes, história
de vida, etc.

7. Cronograma (Quando?)

Previsão do tempo necessário para a efetivação de cada fase da pesquisa. O cronograma


é expresso através de uma tabela com os prazos (datas) e as atividades necessárias a
execução da pesquisa. Deve estar distribuído num esquema visualmente nítido e claro,
acessível a um simples olhar.

8. Instrumentos de pesquisa

Deve-se anexar ao projeto os instrumentos referentes às técnicas selecionadas para a


coleta de dados. (Questionário, roteiro de entrevista, etc).

9. Bibliografia
Apresenta uma lista completa de toda bibliografia que será consultada ao longo da
execução do projeto.

O projeto final deve ser apresentado com as seguintes partes nomeadas:

Capa e folha rosto


Tema
Objetivo Geral
Objetivos Específicos
Justificativa
Problema
Hipótese
Embasamento teórico
Metodologia e técnica
Cronograma
Bibliografia
Anexos - Instrumentos de pesquisa (caso houver)