Você está na página 1de 3

Normalização e Confiabilidade

Análise de capacidade de processos


Lista de Exercı́cios - Respostas

Prof: Allan Jonathan

20/11/2017

1 Exercı́cios
A tabela abaixo apresenta valores de kσ e o número de falhas associadas em
partes por milhão (ppm) para um processo normalmente distribuı́do sob controle
estatı́stico.

Exercı́cio 1.1
Um processo está sob controle estatı́stico com

¯ = 20 e s = 1.2

As especificações são LIC = 16 e LSC = 24.


ˆ Estime a capacidade do processo. Ĉp = 24−16
6(1.2) = 1.11. Percebe-se que
o ı́ndice Ĉpk tem o mesmo valor. Pela tabela acima, podemos estimar a
quantidade de partes por milhão de defeituosos (967).

1
ˆ Itens produzidos abaixo do limite inferior de especificação são sucateados,
enquanto itens produzidos acima do limite de especificação são retraba-
lhados. Qual a proporção de saı́da do processo é sucata e qual a proporção
é retrabalho? psucata = P(X < 16) = Φ 16−20
1.2 = Φ(−3.33) = 0.00043.
pretrabalho = P(X > 20) = 1 − Φ 1.2 = 1 − Φ(3.33) = 0.00043.
24−20


ˆ Suponha que o sucateamento seja quatro vezes mais dispendioso que o


retrabalho. Isso sugere que o deslocamento do centro do processo po-
deria reduzir os custos gerais? Qual valor para o alvo do processo você
recomendaria? (Fazer no excel)

Exercı́cio 1.2
Um processo está sob controle estatı́stico com

¯ = 202.5 e s = 2.

As especificações são LIC = 196 e LSC = 206.


 
ˆ Estime a capacidade do processo.Ĉp = 206−196
6(2) = 0.83. Ĉpk = min 202.5−196 206−202.5
3(2) ; 3(2) =
min(1.08; 0.58) = 0.58.
ˆ Qual a capacidade potencial deste processo? Cp = 0.83 ou aproximada-
mente 16935 ppm.

ˆ Itens produzidos abaixo do limite inferior de especificação são sucateados,


enquanto itens produzidos acima do limite de especificação são retrabalha-
dos. Qual a proporção de saı́da do processo é sucata e qual a proporção
é retrabalho? psucata = P(X < 196) = Φ 196−202.5 2  = Φ(−3.25) =
0.00058. pretrabalho = P(X > 206) = 1 − Φ 206−202.52 = 1 − Φ(1.75) =
0.04006.
ˆ Como o sucateamento é mais caro que retrabalho, o processo foi centrado
mais próximo do limite superior de especificação. Se o sucateamento for
duas vezes mais dispendioso do que o retrabalho, a média do processo
estará na melhor localização possı́vel? Qual valor para o alvo do processo
você recomendaria? (Feito no excel)

Exercı́cio 1.3
Um processo está sob controle estatı́stico com

¯ = 100 e s̄ = 1.05 e n = 5.

As especificações são 95 ± 10. A caracterı́stica da qualidade tem distribuição


normal.

2
ˆ Estime a capacidade potencial. Temos que µ = x̄ ¯ = 100, s̄ = 1.05, logo
σ̂ = cs̄4 = 1.117. A capacidade potencial do processo é Cp = 6(1.117)
205−85
=
2.98.
 
ˆ Estime a capacidade efetiva. A capacidade efetiva é Ĉpk = min 3(1.117)
100−85 105−100
; 3(1.117) =
min(4.48; 1.49) = 1.49.

ˆ De quanto se reduziria a falha do processo se ele fosse corrigido de modo


a operar na especificação nominal? pef etivo = P(X < 85) + P(X > 105) =
P(X < 85) + (1 − P(X < 105)) = P(Z < 85−100 1.117 ) + (1 − P(Z < 1.117 )) =
105−100

Φ(−13.429) + (1 − Φ(4.476)) = 0 + (1 − 0.999996) = 0.000004.


ppotencial = P(X < 85) + P(X > 105) = P(X < 85) + (1 − P(X < 105)) =
1.117 ) + (1 − P(Z < 1.117 )) = Φ(−8.953) + (1 − Φ(8.953)) =
P(Z < 85−95 105−95

0 + (1 − 1) = 0.
ˆ Refaça as questões anteriores com s̄ = 2.5.

Interesses relacionados