Você está na página 1de 139

NACCO MATERIALS HANDLING GROUP, INC.

Guia do Participante

Visão Geral do Sistema


Elétrico
WHE
Visão Geral Elétrica

NACCO MATERIALS HANDLING GROUP, INC.

Guia do Participante

©NMHG 2012
Av das Nações Unidas 22777
São Paulo, SP 04795-100
252.931.5100

O objetivo deste programa de treinamento é familiarizar os Técnicos de Serviço


com os sistemas e procedimentos de manutenção nas empilhadeiras. Este
treinamento deve ser feito NECESSARIAMENTE com o auxílio do Manual de
Serviço.

Antes de efetuar QUALQUER reparo ou manutenção nas empilhadeiras, consulte


o Manual de Serviço para os corretos procedimentos de manutenção e
segurança..

NMHG Technical Training


Visão Geral Elétrica

Índice
Introdução ..................................................................................................................... 1 
Acrônimos e Abreviações ............................................................................................. 2 
Geral.............................................................................................................................. 3 
Controlador Zapi........................................................................................................ 3 
Esquema Elétrico .......................................................................................................... 5 
Pagina a (=1) da esquerda para a direita ................................................................. 5 
Pagina b (=2) da esquerda para a direita ................................................................. 7 
Pagina C (=3) da esquerda para a direita ................................................................. 8 
Detalhes dos Componentes .......................................................................................... 9 
Contator principal ...................................................................................................... 9 
Painel de Instrumentos .............................................................................................. 9 
Rele da Buzina......................................................................................................... 10 
Sensor do timão ...................................................................................................... 10 
Acesso para o Controlador ......................................................................................... 11 
Conexão do Handset Zapi + Dongle ...................................................................... 11 
BDI Standard ........................................................................................................... 13 
MDI Opcional ........................................................................................................... 14 
Ajustes de Tração ....................................................................................................... 17 
Ajuste da velocidade máxima de tração .................................................................. 17 
Aceleração da tração ............................................................................................... 17 
Ajuste do controle de aceleração ............................................................................ 17 
Redução da velocidade de tração (Cutback speeds) ............................................. 18 
Frenagem ................................................................................................................ 18 
Configurações do Hidráulico ................................................................................... 19 
Elevação (P2) .......................................................................................................... 19 
Abaixamento (P3) .................................................................................................... 20 
Temporizador do bloco de elevação ....................................................................... 20 
Redução quando atingir o final de curso da elevação e abaixamento .................... 21 
Ajustes do Controle Hidráulico ................................................................................ 21 
Calibração ............................................................................................................... 22 
Configuração da placa ............................................................................................ 22 
Calibração da placa ................................................................................................. 24 
Apêndice 1: ................................................................................................................. 26 
Apêndice 2: Configuração da empilhadeira ................................................................ 30 
Apêndice 3: Menu Tester ............................................................................................ 33 
Modulo Combi ......................................................................................................... 33 
Controlador Curtis ....................................................................................................... 34 
Identificação de Componentes ................................................................................ 34 
Esquema Elétrico ........................................................................................................ 35 
Esquema Elétrico 1.................................................................................................. 35 
Esquema Elétrico 2.................................................................................................. 35 
Esquema Elétrico 3.................................................................................................. 35 

NMHG Technical Training i


Visão Geral Elétrica

Descrições dos items do Esquema Elétrico ............................................................ 39 


Detalhes dos Componentes ........................................................................................ 40 
Contactor Principal .................................................................................................. 40 
Painel de Instrumentos ............................................................................................ 40 
Painel de Fusíveis .................................................................................................... 41 
Rele da Buzina......................................................................................................... 42 
Contator da bomba ................................................................................................. 43 
Sensor do Timão ..................................................................................................... 43 
Sensores de Rotação e Temperatura do Motor....................................................... 44 
BDI Standard ............................................................................................................... 45 
Voltagem da bateria com o BDI Standard básico ................................................... 45 
Horimetro ................................................................................................................. 46 
MDI Opcional .............................................................................................................. 47 
Sequencia de partida .............................................................................................. 47 
Horimetro da Tração ................................................................................................ 48 
Horimetro da bomba ............................................................................................... 48 
Indicador do Nível de Carga da Bateria................................................................... 49 
Aviso Indicador de Alarme e Manutenção ............................................................... 49 
Funções da Empilhadeira ........................................................................................... 50 
Controle de velocidade para a frente & ré ............................................................... 50 
Redução de velocidade e temperatura de bloqueio da tração................................ 50 
Frenagem. ............................................................................................................... 50 
Interruptor de Barriga (Belly switch) ........................................................................ 50 
Função Caracol ....................................................................................................... 51 
Controles Hidráulicos .............................................................................................. 51 
Modulo de Controle .................................................................................................... 52 
Especificações técnicas: ......................................................................................... 52 
Acesso para o Controlador ......................................................................................... 53 
Conexão do cabo Curtis & cabo IFAK ..................................................................... 54 
Conexão com a empilhadeira .................................................................................. 55 
Menu Parametros do Dispositivo ............................................................................. 57 
Menu Monitor .............................................................................................................. 62 
Alarmes, Solução de Problemas – Modulo do Sistema de Diagnóstico.................. 62 
Calibração ................................................................................................................... 65 
Configuração da placa ............................................................................................ 65 
Calibração da Placa................................................................................................. 67 
CONTROLADOR ISKRA .............................................................................................. 69 
Descrição do controlador ........................................................................................ 69 
Detalhes do Controlador ......................................................................................... 69 
Refrigeração do Controlador ................................................................................... 69 
Montagem do Controlador ...................................................................................... 69 
Conexões de fios ..................................................................................................... 70 
Direção Assistida Eletricamente .............................................................................. 70 
Esquemas Elétricos: ................................................................................................ 70 
Teclado .................................................................................................................... 73 

NMHG Technical Training ii


Visão Geral Elétrica

Dashboard ............................................................................................................... 75 


Sequência de partida: ............................................................................................. 75 
Modo de tração ....................................................................................................... 75 
Menu Tester ............................................................................................................. 76 
Acesso para o Menu Tester ..................................................................................... 76 
Variable group 1: ..................................................................................................... 76 
Variable group 2: ..................................................................................................... 76 
Variable group 3: ..................................................................................................... 76 
Variable group 4: ..................................................................................................... 76 
Entradas do Combi.................................................................................................. 77 
Entradas do Timão .................................................................................................. 77 
Versão da Eprom ..................................................................................................... 78 
Painel de alarmes .................................................................................................... 78 
Códigos de alarme do Combi ................................................................................. 79 
EPAS – código de alarmes do Timão & DDI............................................................ 79 
Calibrações.............................................................................................................. 79 
Atualização de Software .............................................................................................. 82 
Primeira atualização ................................................................................................ 82 
Segunda atualização: .............................................................................................. 85 
Teclado ....................................................................................................................... 86 
Controladores Zapi ..................................................................................................... 87 
Menus Tester............................................................................................................... 92 
Tester 1: Traction Motor (mostrada MLOP) ............................................................. 92 
Tester 2: Motor da bomba (mostrada MLOP) .......................................................... 92 
Tester 3: (mostrado da MLOP) ................................................................................ 93 
Tester 4: (mostrado da MLOP) ................................................................................ 94 
Tester 5: (mostrado da MLOP) ................................................................................ 94 
Tester 6: (mostrado da MLOP) ................................................................................ 95 
Menu Alarms ............................................................................................................... 96 
Numero de identificação dos Modulos: ................................................................... 96 
Inserindo Senhas ........................................................................................................ 98 
Menus Principais Ocultos 2 & 3 .................................................................................. 98 
Menu Principal 2 – Programação do Bloco de Elevação 1, 2 & 3 ........................... 98 
Program Block 1 – Main Menu 2: ............................................................................ 99 
Program Block 2 – Main Menu 2: ............................................................................ 99 
Program Block 3 – Main Menu 2: ............................................................................ 99 
Traction Block – Main Menu 2 ............................................................................... 100 
Menu Principal 3 ....................................................................................................... 102 
Programa de Senha............................................................................................... 102 
Programa de Senha – Main Menu 3 ...................................................................... 102 
Senha de Serviço (S) ............................................................................................. 102 
Senha do Operador (U) ......................................................................................... 103 
Monitor Read Users– Main Menu 3........................................................................ 104 
Program Offset Cbn – Main Menu 3 ...................................................................... 104 
Program Low Fork – Main Menu 3 ......................................................................... 105 

NMHG Technical Training iii


Visão Geral Elétrica

Pre-Height Selector (Pré selecionador de altura) .................................................. 105 


Ajuste do Nível ....................................................................................................... 105 
Utilização do pré-selecionador de altura ............................................................... 106 
Elevação da cabine ............................................................................................... 106 
Abaixamento da cabine ......................................................................................... 107 
Configuração da empilhadeira com o HandSet/ PC.............................................. 108 
Velocidade de Tração para FWD/REV fora do corredor ........................................ 108 
Elevação/Descida da cabine ................................................................................. 112 
Configuração padrão dos parâmetros do módulo .................................................... 116 
Solução de problemas .............................................................................................. 116 
Circunstancias de redução de velocidade ............................................................ 116 
Circunstâncias em que o deslocamento da empilhadeira está bloqueado:.......... 118 
Esquema Elétrico M.L.O.P. .................................................................................... 119 
Esquema Elétrico H.L.O.P. .................................................................................... 122 
Resumo ..................................................................................................................... 131 

NMHG Technical Training iv


Visão Geral Elétrica

Introdução

Resumo do Modulo
Este módulo abrange as informações gerais da tecnologia do produtos para
armazenagem Hyster incluindo porta-paletes, empilhadores, selecionadoras de
alta, média e baixa altura.
Este módulo permite ao treinador prover uma informação mais profunda sobre os
aspectos gerais da série.

Pré-requisitos
Conhecimentos técnicos gerais e familiaridade com o software para PC e o
Handset.

Objetivos de Aprendizagem — Após a conclusão deste módulo, você será capaz


de fazer o seguinte:
¾ Identificação do modelo e número de série
¾ Ser capaz de identificar e localizar os principais componentes
¾ Compreender como essas empilhadeiras operam em geral

Objetivos de Habilidades: Após a conclusão deste módulo, você será capaz de


fazer o seguinte:
¾ Demonstrar onde estão localizados os componentes principais
¾ Ser capaz de explicar como essas empilhadeiras operam em geral
¾ Explicar as características e seus benefícios
¾ Explicar as grandes mudanças nesta série de empilhadeiras

NMHG Technical Training 1


Visão Geral Elétrica

Acrônimos e Abreviações

WHE – Equipamentos para Armazéns


SEM – Separeted Exited Motors
DC – Corrente Continua
AC – Corrente Alternada
EPAS – Eletric Powered Assisted Steering - Direção Assistida Eletricamente
BLPM – Brushless Power Motor
VNA – Very Narrow Aisle (Corredor Muito Estreito)(trilaterais)
MLOP – Midi Level Order Picker – Selecionadora de Pedido de Média Elevação
HLOP – High Lift Order Picker – Selecionadora de Pedido de Grande Elevação
OHG – Overhead Guard – Protetor do operador
BEM – Electromagnetic Brake – Freio Eletromagnético

NMHG Technical Training 2


Visão Geral Elétrica

Geral
A gama de produtos WHE Hyster é composta de diferentes produtos e modelos.
Estão equipados com diferentes conjuntos de controladores que vamos estudar
agora.
Controlador e marcas instalados em empilhadeiras atualmente em produção.
¾ Zapi: marca bem conhecida, com fornecimento de controladores DC e AC para
a NMHG a muitos muitos anos.
¾ Curtis: Essa empresa norte-americana tem agora 50 anos e é um fornecedor
mundial de instrumentação de veículos elétricos e controles. A Curtis produz
controladores para a classe III de manuseio de material com Ssitema de
Controle Hidráulico & Tração AC que combina controle avançado do motor de
tração AC, juntamente com a velocidade da bomba hidráulica DC variável e
válvula de controle proporcional em um pacote integrado compacto
¾ Iskra: fabricante esloveno que foi introduzido em nossa produção em 2005.
Esta empresa iniciou em 1960 a produção de motores de arranque, geradores,
sistemas de acionamento elétrico, sistemas mecatrônicos e peças para
automóveis, manuseio de materiais e outras indústrias. Nós compramos
motores de corrente contínua sem escovas e controladores da Iskra.

Controlador Zapi
Nós introduzimos este controlador 'Combi ACO inverter "em nossas stackers MS10
(C846. ..) com motor de tração AC.

Figura 2.1: Zapi ‘Combi ACO inverter’

NMHG Technical Training 3


Visão Geral Elétrica

Este controlador combina duas habilidades de controle de motores. Primeiro, o


motor de tração com corrente alternada. Segundo o motor da bomba com
corrente CC.

1. Motor Tração AC
2. Motor Bomba DC
3. Electro Magnetic Brake
4. Sensor do timão
5. Timão
6. Contactor principal
7. BDI
8. Relay da buzina
9. Fusível 10A
10. Power fuse 300A
11. Combi ACO inverter
12. Botão de Emergencia
13. Buzina
14. EV1

Figura 2.2: Arranjo Geral eletrico

NMHG Technical Training 4


Visão Geral Elétrica

Esquema Elétrico
Veja o apêndice para uma melhor qualidade de impressão destes três páginas.

Pagina a (=1) da esquerda para a direita


¾ Um carregador de bordo está conectado com uma linha pontilhada para os
polos da bateria. Esta linha pontilhada significa que ele é uma opção.
¾ O fio + da bateria protegido com um fusível de 10 A vai diretamente a página 2
para o BDI.
¾ O contactor principal K2 é alimentado através de um fusível de 10 A ao positivo
da bateria.
o Para a bobina do relé da buzina;
o Para o EMB e a válvula solenoide através do Combi.
¾ O cabo de alimentação que sai do contactor principal K2 vai para o motor em
série DC da bomba e ao Combi (através de um fusível de 300 A)
¾ Um terceiro fusível de 10 A. saindo do K2 alimenta com o positivo da bateria o
switch do carregador e a chave.
¾ Um quarto fusível de 10 A. alimenta com positivo da bateria a buzina e o
interruptor da buzina.
¾ O motor de tração AC está ligado por 3 cabos de alimentação com o
controlador "Combi ACO inversor", assim como o encoder e o sensor de
temperatura. Um círculo pontilhado significa que os fios do encoder são
blindados à terra do encoder.
¾ O encoder é alimentado com 12V formados no controlador. Dois sinais A e B
permitem a determinação da velocidade e da direção de rotação do motor.
¾ Na saída da chave interruptora o + da bateria atinge a bobina contator
principal K2.
¾ Da mesma saída do controlador para o encoder de rotação de tração, um
positivo de 12V termina no MDI quando instalado na página c (= 3).

NMHG Technical Training 5


Visão Geral Elétrica

Figura 2.3: Pagina a (=1)

NMHG Technical Training 6


Visão Geral Elétrica

Pagina b (=2) da esquerda para a direita


¾ A bobina do EMB (R2) é ativada pela tensão da bateria por meio do
controlador.
¾ A partir do mesmo controlador uma saída de 24 volts da bateria é fornecida
a bobina EV1 (Q1). Assim, o controle proporcional da válvula de
abaixamento EV1 é feito pelos pulsos negativos do controlador. Um diodo
(K3) é montado através dos terminais da bobina para absorver a corrente
fly-back gerada entre os pulsos.
¾ O negativo da bobina da Buzina (K1) é reenviado para o controlador e um
díodo de fly-back é montado entre os terminais como um supressor.
¾ O terminal negativo da bobina do contator principal (K2) é ligado ao
controlador. Nenhum diodo fly-back é instalado entre os terminais K2.

Figura 2.4: Pagina b (=2)

NMHG Technical Training 7


Visão Geral Elétrica

Pagina C (=3) da esquerda para a direita


¾ O BDI só é mostrado. Ele está ligado ao + de 24V e ao Combi para MH
¾ e a Batt - para a interrupção de elevação e para o interruptor de ignição.
¾ A placa do timão mostra no topo todas as ligações de interruptores ON e
OFF e os controles proporcionais para elevar e abaixar.
¾ N esquema da placa do timão são mostrados os interruptores da buzina
(P8) snail (P10) e da barriga (S9).
¾ Sob a placa do timão o sensor do timão é mencionado como um sensor de
proximidade e no RHS CAN Bus um resistor 120 Ω com um equipamento
PC Tool ligado.

Figura 2.5: Pagina c (=3)

NMHG Technical Training 8


Visão Geral Elétrica

Detalhes dos Componentes


Contator principal
Contator principal está localizado sob o painel, com o interruptor de emergência.

Painel de Instrumentos
Interruptor de emergência, BDI, chave interruptora e interruptores dos acessórios.

Figura 2.6: Painel de instrumentos

NMHG Technical Training 9


Visão Geral Elétrica

Rele da Buzina
O relé de buzina está localizado sob o controlador, perto dos fusíveis. O interruptor
da buzina está localizado no cabeçote do timão.

Figura 2.7: rele da buzina

Sensor do timão
O sensor do timão é um sensor de proximidade localizado na dobradiça do timão
e é ativado quando o timão é abaixado.

1 - Timão abaixado 2 - Timão elevado


Figura 2.8 - Sensor do timão

NMHG Technical Training 10


Visão Geral Elétrica

Acesso para o Controlador


Comunicação via CAN-Bus, diagnóstico e programação das empilhadeiras pode
ser feito através de um PC portátil ou um handset.
¾ O Software PC Tools ainda não está disponível e portanto a conexão com o
cabo IFAK não é usado neste momento, mas apenas com o software Zapi.
¾ Nos dias atuais o handset Zapi devem ser utilizado com o dongle especial:
Hyster P / N 582000044
O aparelho Zapi não pode ser conectado diretamente a empilhadeira. Este dongle
especial abaixo é utilizado entre o handset e a empilhadeira.

Figura 2.9: Dongle

Conexão do Handset Zapi + Dongle


Chave desligada, ligar o handset via dongle em ambos os conectores localizados
no compartimento da bateria.

NMHG Technical Training 11


Visão Geral Elétrica

1. Conexão CAN na empilhadeira


2. Alimentação do Dongle

Figura 2.10: Conexão do dongle sob o capo da bateria.

Seguindo o menu descrito nos próximos capítulos, o técnico pode ter acesso ao
“controlador COMBI AC0”.

Figura 2.11: Handset e dongle.

NMHG Technical Training 12


Visão Geral Elétrica

BDI Standard
A tensão da bateria com o BDI Standard básico:
Se a empilhadeira é equipada com um BDI padrão nenhum ajuste de voltagem é
necessário.
O pequeno parafuso na parte traseira do monitor (ver figura 8) permite definir a
tensão da célula em que o visor indicará que a bateria está descarregada.
Ajustes Volt/cel bateria descarregada
K 1.57
L 1.63
M 1.68
N 1.73 (ajuste de fábrica)
O 1.78
P 1.82
Q 1.84
R 1.86
S 1.89
T 1.91
U 1.93

Figura 2.12: BDI standard

¾ Ampulheta pisca quando horímetro está gravando o tempo.


¾ Cada segmento do BDI = 10% de carga.
¾ Quando restar 30% de carga o 3º segmento pisca
¾ Quando restar 20% de carga o 2º segmento pisca e a elevação é inibida.
¾ Recarregue a bateria a 100% para resetar o indicador de carga da bateria e
restaurar a elevação.

NMHG Technical Training 13


Visão Geral Elétrica

MDI Opcional
¾ Ampulheta pisca quando o tempo é registrado.
¾ Ícone da bateria pisca com 30% restante.
¾ Ícone da bateria pisca e elevação é interrompida com 20% de carga
restante.
¾ Ícone Tartaruga indica que uma redução de velocidade esta ativa.
¾ Indicador de aviso = LED piscando + ícone Spanner exibidos + código de
falha exibidos
¾ Forma de código de falha é XX A YY onde: XX = módulo em questão e YY
= código de falha (consulte o manual de serviço para detalhes dos
alarmes)

1. Indicador do total de horas de


trabalho e códigos de avisos
2. Indicador de nível de carga
da bateria
3. Diodo emissor de luz - LED
em estado de alerta
4. Horímetro
5. Indicador de status de
redução de velocidade
6. Indicador de manutenção
programada e alerta de falha

Figura 2.13: MDI Opcional

Ajuste da tensão da bateria com MDI Opcional:


É uma boa prática testar essa configuração quando uma nova empilhadeira ou
uma nova bateria é instalada.
Primeiro verifique a tensão da bateria com um DMM (-bat e pino 10 do conector A)
Então compará-lo com a seguinte configuração = COMBI /config. menu
adjustment / adjust battery (COMBI / config. menu de ajuste / ajustar bateria)
Finalmente ajustar este parâmetro para o mesmo valor medido com o DMM.

NMHG Technical Training 14


Visão Geral Elétrica

1. – da Bateria
2. Pino 10

Figura 2.14: Ajuste da voltagem da bateria

Bateria com 100% de carga com MDI opcional


Com a bateria totalmente carregada, se o MDI não indicar 100% de carga então
aumentar passo a passo o seguinte parâmetro = COMBI / config menu adjustment
/ bat. max adj.

Lembrete de manutenção
Quando ativado, se a manutenção não for feito a tempo, a velocidade de
deslocamento será primeira reduzida e depois interrompida.
Diferentes comportamentos da empilhadeira pode ser definido através do
parâmetro:
COMBI / config menu adjustment / check up type
¾ NONE: sem alarme
¾ OPTION #1: Aviso depois de 300 horas.
¾ OPTION # 2: Aviso após 300 horas + redução de velocidade após 340
horas.
¾ OPTION # 3: Aviso após 300 horas + redução de velocidade após 340
horas + tração bloqueada após 380 horas.
Uma vez que a manutenção seja realizada, o lembrete de manutenção pode ser
redefinido pelo parâmetro: COMBI / config menu adjustment / check up done
ON

NMHG Technical Training 15


Visão Geral Elétrica

Interruptor de Barriga (Belly Switch)


Enquanto estiver deslocando para a frente se o interruptor "P9" for pressionado, a
empilhadeira imediatamente vai para à ré.
O procedimento inverso de emergência é ativado com a empilhadeira conduzida
para FWD e o timão na posição de condução (sensor do timão "S10" ativo) e o
botão “ITERRUPTOR DE BARRIGA” pressionado.
Esta inversão de emergência pode ser configurada para três cenários diferentes:
Modo de reversão em base contínua, ou com um atraso de tempo (5 segundos),
ou desabilitado.
Ativação / desativação do modo reverso de emergência
Menu COMBI / config conjunto opções / inversão rápida
¾ NONE: desativado
¾ BELLY: ativo e operado pressionando o interruptor de barriga.
¾ TIMED: ativo durante após certo atraso, após o interruptor de barriga ser
pressionado.
A função do interruptor da barriga pode inverter a direção da empilhadeira ou
pará-la.

Ativação / desativação do modo de reversão de emergência


COMBI / config menu set options / belly with inv.
o ON: Quando "P9" é pressionado a inversão de sentido da unidade está ativa
o OFF: Quando "P9" é pressionado a empilhadeira será parada

Função caracol (Snail)


A função "caracol" permite operar a empilhadeira com cana o timão levantado em
baixa velocidade. (sensor do timão "S10" não está ativo). Isto é dedicado a
aplicações em áreas apertadas.
Pressionando "P3" na cabeça do timão a função de caracol é ativada enquanto a
tração é controlada pela borboleta do acelerador.
Configuração da velocidade de tração "caraco”l no modo:
COMBI / main menu parameter change / snail speed

NMHG Technical Training 16


Visão Geral Elétrica

Ajustes de Tração
Ajuste da velocidade máxima de tração
COMBI / main menu parameter change / max speed forwd
COMBI / main menu parameter change / max speed back

Aceleração da tração
COMBI / main menu parameter change / acceleration delay

Ajuste do controle de aceleração


Curva de aceleração de tração pode ser configurado com diferentes parâmetro
"Throttle 0 Zone", "Throttle X point" e “Throttle Y point”.
A Fig. 10 abaixo mostra a correspondência entre as diferentes situações de saídas
de aceleração e relevantes rotações dos motores de tração.

Figura 2.15: Controle de aceleração/rotação do motor de tração

NMHG Technical Training 17


Visão Geral Elétrica

Redução da velocidade de tração (Cutback speeds)


Existem dois níveis de redução de velocidade disponíveis neste equipamento.
¾ 50% a 100% da velocidade máxima = redução de velocidade 1
Ajuste: COMBI / main menu parameter change / cutback speed 1
¾ 5% a 50% da velocidade máxima = redução de velocidade 2
Ajuste: COMBI / main menu parameter change / cutback speed 2
¾ Com sensores de altura opcionais: os níveis de redução de velocidade são
definidos como a seguir.

Figura 2.16: Redução de velocidade/altura de elevação (opcional)

Frenagem
Diferentes situações de travagem:
¾ Frenagem por liberação do acelerador.
¾ Frenagem por inversão do sentido.
¾ Frenagem pelo botão de emergência ff
¾ Frenagem por um aviso de emergência que requer uma parada imediata.
¾ Frenagem ativada uma velocidade cutback.
¾ Acionamento do freio de estacionamento
Configurações de frenagem disponíveis:
¾ o ajuste da curva de desaceleração de frenagem por liberação
COMBI / main menu parameter change / release braking
¾ o ajuste da curva de desaceleração parcial de frenagem por liberação
COMBI / main menu parameter change / decel braking
¾ o ajuste da curva de desaceleração de frenagem por reversão
COMBI / main menu parameter change / inverse braking
¾ Ajuste da curva de desaceleração para a redução de velocidade.
COMBI / main menu parameter change / speed limit braking

NMHG Technical Training 18


Visão Geral Elétrica

Configurações do Hidráulico
¾ Configuração de velocidade máxima da elevação - Controle Proporcional –
COMBI / main menu parameter change / speed limit
¾ Velocidade máxima de abaixamento - Controle Proporcional -
COMBI / main menu parameter change / min evp
COMBI / main menu parameter change / max evp
¾ Velocidade máxima de elevação / abaixamento – Controle On & Off -
COMBI / main menu parameter change / initial lift
COMBI / main menu parameter change / initial lower
As rampas de aceleração e desaceleração podem ser ajustadas através do
programa. Isto permite alterar o comportamento dos controles do mastro.

Elevação (P2)
¾ Ajuste da curva de desaceleração da empilhadeira: Elevação parada. (P2
liberado)
COMBI / main menu parameter change / pu. acceler delay
¾ Ajuste da curva de aceleração da empilhadeira: Elevação ativada. (P2
acionada)
COMBI / main menu parameter change / pu. deceler delay

NMHG Technical Training 19


Visão Geral Elétrica

Abaixamento (P3)
O atraso da abertura ou fechamento da EV1 pode mudar o comportamento do
abaixamento dos garfos.
¾ Ajuste da rampa de aceleração de abaixamento dos garfos:
COMBI / main menu parameter change / evp open delay
¾ Ajuste da rampa de desaceleração do botão de liberação proporcional de
abaixamento do garfo:
COMBI / main menu parameter change / evp close delay

Figura 2.17: Ajuste da elevação e abaixamento

Temporizador do bloco de elevação


Quando os botões de elevação (P2/P4) são ativados os garfos começam a elevar-
se por um período limitado. Isso pode ser em ajustado com os seguintes
parâmetros:
Configuração máxima do tempo da elevação proporcional dos garfos:
SICOS / main menu parameter change / lift max time
Após esse atraso, para termos novamente elevação é necessário pressionar
primeiro o botão para baixo.
É possível ativar / desativar o bloco empilhadeira cronometrado.
Ativação / desativação do temporizador do bloco de elevação dos garfos
COMBI / config menu set options / lifting block
Off: desabilitado
On: habilitado

NMHG Technical Training 20


Visão Geral Elétrica

Redução quando atingir o final de curso da elevação e


abaixamento
Não disponível.

Ajustes do Controle Hidráulico


O controle das eletroválvulas proporcionais pode ser definido usando diferentes
parâmetros que são: Throttle 0 prop”, “Throttle X prop”; “throttle Y prop”; “Throttle
X1 prop” e “Throttle Y1 pop”. Esses parâmetros permitem alterar o configuração
da seguinte curva que conecta a corrente na válvula proporcional, dependendo do
curso do botão de comando hidráulico.

A. Percentagem
do valor máximo
da corrente na
válvula
proporcional
B. Percentagem
do valor máximo
da distância do
curso do botão
proporcional.

Figura 2.18: Controle Hidráulico

NMHG Technical Training 21


Visão Geral Elétrica

Calibração

Figura 2.19: Jumper da placa do timão

Configuração da placa
Quando a placa do timão for substituída é necessário definir o controle ON/OFF ou
proporcional.
Para evitar disparar acidentalmente o micro da buzina durante a configuração, por
favor, faça a calibragem antes de inserir a placa de volta na carcaça do timão.
1. Chave OFF
2. Desligar a bateria.
3. Abra a carcaça do timão e mova o jumper da posição "P" (Parking) para a
posição "C" (Configuration)
4. Volte a ligar a bateria
5. Chave ON.

NMHG Technical Training 22


Visão Geral Elétrica

Figura 2.20: Visão da placa do timão

O display mostrará a configuração atual da placa.


• Com controle de elevação de botões ON/OFF o display mostrará um "3"
• Com um controle de elevação proporcional a tela mostrará um "4"
Para aumentar o valor, pressione o interruptor de caracol e para diminuir o valor,
pressione o botão da buzina.
6. Para confirmar a definição de "3" ou "4" pressione o botão da barriga e o display
de LED mostrará um ponto decimal ao lado do número de configuração.
7. OFF
8. Desligue a bateria
9. Coloque de volta o jumper da posição "C" para "P"
10. Reinstale a placa na carcaça do timão.

Figura 2.21: Configuração do display

Com o último boletim informativo FF125 o display LED mostra por padrão a letra
"c" para os botões de elevação/abaixamento do tipo on-off. A letra "d" corresponde
aos botões de controle proporcional de elevação/abaixamento.

NMHG Technical Training 23


Visão Geral Elétrica

Calibração da placa
¾ Quando a placa do timão é substituída
¾ Quando a velocidade máxima da empilhadeira não é atingida de modo
uniforme.
¾ Quando tração para no fim do curso do acelerador
¾ Quando há uma grande diferença entre as velocidades para frente e para
trás
Antes de iniciar a calibração assegurar que todos os botões de elevação e
abaixamento estão ligados à placa do timão e devidamente fixados nos seus
lugares.
1. Chave OFF
2. Mova o jumper de configuração da placa do timão da posição "P" (Parking) para
a posição "T" (Teaching)
3. Chave ON
4. Um traço é mostrado no display (pode ser necessário dar um pulso no botão
ON/OFF para acender o primeiro traço no visor).

Figura 2.22: Inicio da calibração

5. Gire a borboleta do acelerador até o final do curso para frente e segure-o na


posição.
6. Pressione e solte o botão de elevação localizado no lado esquerdo do timão.
7. Assim, o visor mostra outro traço que indica que a posição do acelerador esta
salva com sucesso.
8. Solte a borboleta do acelerador.

Figura 2.23:Frente salva

NMHG Technical Training 24


Visão Geral Elétrica

9. Gire a borboleta do acelerador até o final do curso reverso e mantenha na


posição.
10. Pressione e solte o botão de descida localizado no lado esquerdo do timão.
11. Assim, o visor mostra outro traço que indica que a posição do acelerador esta
salva com sucesso. (Ver fig 19).
12. Solte a borboleta do acelerador.

Figura 2.24: Ré salva

13. Retorne o jumper de configuração da placa do timão da posição "T" (Ensino)


para "P" (Parking). Assim, um ponto decimal aparece no visor LED.
14. Chave OFF

Figura 2.25: Final da calibração

Nota: Se a chave for desligada antes do jumper de configuração ser colocado de


volta na posição "P" (parking), os valores de calibração serão perdidos e o
procedimento precisará ser repetido.

NMHG Technical Training 25


Visão Geral Elétrica

Apêndice 1:
Esquema Elétrico Stackers– Zapi ‘combi ACO inverter MS10-12(C846...) & MS14-
16 (C852...)
A1 Combi controller XA1 Male 35 pin connector
A2 Tiller controller X28 XCJ2 8 pin male connector
A3 Battery charge indicator X3 XAJ2 6 pin male connector
B1 Encoder XJP1
B2 Heat sensor XJP2 XJP10 4 pin male connector
C1 Battery XJP12 X4
F1 Power fuse 300A X30 3 pin male connector
F2 10A fuse for 24V supply to key switch X31 XJP11 2 pin male connector
F3 10A fuse for 24V supply to solenoid XJP13 XJP14
valve coil
F4 10A fuse for 24V supply to horn relay XJP15 XJP16
F5 10A fuse for 24V battery supply to XJP17 X6
charge state indicator
K1 Horn relay X7 X14 Female terminals
K2 Main remote control switch XFF7 XFF20
K3 Recycling diode XFF8 XFF9
M Complete traction motor XFF10 XFF11
M1 Traction motor XFF15 XFF16
M2 Pump motor XFF18 XFF19
P Unused button XTF22 XTF23
P1 Horn XTF24 XTF25
P2 Proportional lift button XTF26 XTF27
P3 Proportional lowering button XTF28 XTF29
P4 On-Off Lift Button XFF2 XFF3
P5 On-Off Lowering button XFF12 XFF13
P6 Auxiliary function forward button XTR1 XTR4 Ring terminals
P7 Auxiliary function reverse button XTF14 XTR17
P8 Horn button
P9 Belly switch
P1 Snail button
0
Q1 Solenoid valve 1
R1 Varistore
R2 Electromagnetic brake
R3 Resistor 120 Ω
S1 Emergency button
S2 Socket micro switch - battery charger
plug
S3 Key switch
S9 Tiller sensor
T1 Battery charger
Tabela 2.1: Referencias esquemáticas e conectores

NMHG Technical Training 26


Visão Geral Elétrica

Figura 2.26: Esquema Pagina 1(a)

NMHG Technical Training 27


Visão Geral Elétrica

Figura 2.27: Esquema Pagina 2(b)

NMHG Technical Training 28


Visão Geral Elétrica

Figura 2.28: Esquema Pagina 3(c)

NMHG Technical Training 29


Visão Geral Elétrica

Apêndice 2: Configuração da empilhadeira

Figura 2.29: Ajuste do menu de configuração

NMHG Technical Training 30


Visão Geral Elétrica

Figura 2.30: Menu de configuração Set Options

NMHG Technical Training 31


Visão Geral Elétrica

Figura 2.31: Alteração de parametros (Parameter change)

NMHG Technical Training 32


Visão Geral Elétrica

Apêndice 3: Menu Tester


Este menu permite que ao técnico para testar as diferentes funções da
empilhadeira diretamente com o handset

Modulo Combi
MAIN TESTER MENU

Figura 2.32: Tester Menu

NMHG Technical Training 33


Visão Geral Elétrica

Controlador Curtis
Identificação de Componentes
Nós introduzimos este controlador 'Curtis' com corrente AC na tração em nossas
paleteiras: P1.8 - P2.0 & P2.0L - P2.2. ( E 438…)
Este controlador Curtis proporciona um 'inversor' dedicado para controlar o motor
de tração AC e também ativa o contactor do motor da bomba, a válvula solenoide
de abaixamento e o indicador de descarga da bateria (ou um MDI opcional). O
controlador é ligado a todos os recursos da empilhadeira via CAN.

1. Timão
2. Dashboard
3. Motor da bomba
4. Válvula solenoide de
abaixamento
5. Tanque & bomba
hidráulica
6. Motor de tração
7. Sensor do timão
8. Conector da bateria
9. Fusível principal
10. Contactor da bomba
11. Botão de emergência
12. Controlador Curtis
13. EMB

Figura 2.33: Arranjo elétrico geral

NMHG Technical Training 34


Visão Geral Elétrica

Esquema Elétrico
Veja o apêndice para uma melhor qualidade de impressão destas páginas.

Esquema Elétrico 1
Este esquema mostra os principais componentes, incluindo motores de tração e
bomba, controlador e conexões elétricas, contator principal (emergência) e de
bombas, contatores e fusíveis, sensores de rotação do motor de tração e de
temperatura e buzina.
A opção de carregador a bordo também é mencionada.
Note que o motor da bomba não é provido com sensor de rotação ou de
temperatura.

Esquema Elétrico 2
Este esquema mostra as diferentes bobinas de atuadores, tais como: o relé da
buzina, as bobinas dos contatores principal e das bomba, a bobina de aviso da
reversãor e buzina, a bobina do EMB e bobina da válvula de solenoide de descida.
Todos estas bobinas têm uma alimentação positiva de 24V comum do controlador
e conexão negativa individual energizado por transistores específicos no
controlador.
Note que as bobinas da buzina e sirene estão equipadas com diodos em paralelo
para filtrar piques de auto-tensão.

Esquema Elétrico 3
Este esquema mostra as conexões do timão e do Dashboard, incluindo os
interruptores de controle de elevação e abaixamento, o sensor do timão (Hall
Effect). A ligação ao PC são mencionados via conexão serial (software Curtis e
cabo) ou via conexão CAN bus (quando a ferramenta PC Service Tool e o cabo
IFAK são permitidos).

NMHG Technical Training 35


Visão Geral Elétrica

Figura 2.34: Esquema Elétrico 1

NMHG Technical Training 36


Visão Geral Elétrica

Figura 2.35: Esquema Elétrico 2

NMHG Technical Training 37


Visão Geral Elétrica

Figura 2.36: Esquema Elétrico 3

NMHG Technical Training 38


Visão Geral Elétrica

Descrições dos items do Esquema Elétrico

A1 Controlador Combi
A2 Controaldor do timão
A3 Indicador do nível de carga da bateria
B1 Encoder
B2 Sensor de aquecimento
C1 Bateria
F1 Fusível de potencia - 175 A
F2 Fusível de 10 A da alimentação de 24V para a chave de contato
F3 Fusível de 10 A da alimentação de 24V para a o relê da buzina
K1 Rele da buzina
K2 Bobina do contator principal
K3 Bobina da bomba
K4 Buzina de alarme de ré
M Motor de tração completo
M1 Motor de Tração
M2 Motor da Bomba
P Botão não utilizado
P1 Buzina
P2 Reversing warning buzzer
P3 On-off lifting button
P4 On-off lowering button
P5 On-off lifting button
P6 On-off lowering button
P7 Botão da buzina
P8 Interruptor de barriga (Belly switch)
P9 Botão Snail
Q1 Válvula solenoide 1
R1 Varistor
R2 Freio eletromagnético
S1 Botão de emergencia
S2 Battery charger socket-plug micro switch
S3 Chave de contato
S4 Sensor do timão
T1 Carregador da bateria

Conectores machos são chamados de "X" ou "XA" ou "XCJ" ou "XAJ" ou "XJP".


Conectores fêmeas são chamados de "XFF" ou "XTF".
Terminais de anel são nomeados "XTR".

NMHG Technical Training 39


Visão Geral Elétrica

Detalhes dos Componentes


Contactor Principal
O contactor principal chamado de K2 no esquema elétrico está localizado sob o
painel, com o interruptor de emergência em cima dele.
Ao desligar o contactor principal desliga-se o + bateria da empilhadeira
O contactor é mantido conectado pela bobina K2 de 24V que é energizada pelo
controlador.

Figura 2.37: Contator principal (K2)

Painel de Instrumentos

Figura 2.38: Painel de instrumentos


O painel em frente ao operador contem a chave do interruptor do contator de
emergência e o BDI.

NMHG Technical Training 40


Visão Geral Elétrica

Painel de Fusíveis
Sob o painel estão localizados dois fusíveis de 10A para o interruptor de chave e
para a buzina.
O fusível de alimentação de 175 A está localizado na parte superior do controlador
e alimenta diretamente o controlador e o motor da bomba através do contactor da
bomba. Por favor, consulte o Esquema Elétrico.

Figura 2.39: Fusível de 10 Amp (2 peças)

Figura 2.40: Fusível de potencia de 175A.

NMHG Technical Training 41


Visão Geral Elétrica

Rele da Buzina

Figura 2.41: Buzina e rele da buzina (K1)

NMHG Technical Training 42


Visão Geral Elétrica

Contator da bomba

Figura 2.42: Contactor da bomba (K3)

O motor DC da bomba com enrolamentos em série é alimentado através deste


contator que o liga a tensão da bateria. Ele é chamado K3 nos esquemas.

Sensor do Timão

Figura 2.43: Sensor do timão e localização do parafuso de trava

NMHG Technical Training 43


Visão Geral Elétrica

O sensor do timão é um sensor de proximidade localizado na parte inferior da


articulação do timão. Como se vê na Fig. 11, o timão apresenta um came no lado
esquerdo, que fica em frente do sensor, assim que o timão é movido para baixo. A
distância ideal entre o sensor e o excêntrico é de 4 mm.
O sensor é fixado na posição através de um pequeno parafuso de ajuste cross-
head que é acessível com o timão totalmente abaixado.
Uma mola a gás para o timão mantém o mesmo em repouso.

Sensores de Rotação e Temperatura do Motor.

O motor é alimentado com três fases de alimentação do controlador. Ele também


tem um sensor de rotação (de efeito Hall), que é visível, acessível e fixado com um
parafuso do lado do motor. Este sensor tem uma ligação de quatro fios, pois pode
detectar velocidades em ambos os sentidos de funcionamento.
Um sensor de temperatura no interior do motor e ligada com dois fios.
O terceiro conector do lado do motor é o conector da bobina do EMB.

1. Sensor de rotação
2. Conector da bobina do EMB
3. Conector do sensor de
temperatura
4. Conector do sensor de rotação
5. Chicote do sensor de
temperatura.

Figura 2.44: Motor sensors

NMHG Technical Training 44


Visão Geral Elétrica

BDI Standard
Voltagem da bateria com o BDI Standard básico
Se a empilhadeira esta equipada com um BDI padrão no qual nenhum ajuste de
voltagem é necessário.
Um pequeno parafuso na parte traseira do monitor (ver figura 13) permite definir a
tensão da célula em que o visor indicará que a bateria está descarregada.

Ajuste Volt/cel bateria descarregada


K 1.57
L 1.63
M 1.68
N 1.73 (ajuste de fábrica)
O 1.78
P 1.82
Q 1.84
R 1.86
S 1.89
T 1.91
U 1.93

O nível de carga da bateria é indicado no visor com 10 barras, cada uma


representa 10% da carga total da bateria.
Quando restar 30% de carga na bateria, a terceira barra começa a piscar.
Quando restar 20% de carga na bateria, as duas primeiras barras começam a
piscar e a função hidráulica de elevação da empilhadeira é inibida.
Não descarregar a bateria ainda mais para evitar danos.
O nível de carga deve chegar a 75% para restar o indicador de descarga da bateria
e para obter função de elevação operacional novamente.
No caso de uma bateria não fornecida com a empilhadeira, o procedimento de
ajuste da tensão da bateria deve ser realizada (ver seção manual de serviço
"instalação e configuração").

NMHG Technical Training 45


Visão Geral Elétrica

Figura 2.45: Vista traseira do BDI

Figura 2.46: BDI & Horimetro

Horimetro
Quando qualquer função da empilhadeira está ativa (leme abaixado, tração,
elevação / descida) a ampulheta pisca, indicando que o indicador de nível da
bateria está gravando as horas de funcionamento.
Se o indicador de nível de carga da bateria for substituído as horas de
funcionamento da empilhadeira será perdido.

NMHG Technical Training 46


Visão Geral Elétrica

MDI Opcional
1. Total de horas de funcionamento e
indicador de alarmes
2. LED verde - horímetro ON
3. LED amarelo - bateria fraca
4. LED vermelho - alarme e aviso de
manutenção

Figura 2.47: MDI Opcional

Sequencia de partida
Quando a chave é colocada em LIGADO, o MDI realiza uma série de testes e cada
elemento é iluminado durante um segundo.
Após esses testes, o display mostrará:
¾ O total de horas de funcionamento da empilhadeira (Exemplo 13,3 horas)
por alguns segundos,
¾ Em seguida, ele irá mostrar o estado de carga da bateria (exemplo 93%) e o
LED de operação verde acende.

Figura 2.48: Sequencia de partida do MDI Opcional

NMHG Technical Training 47


Visão Geral Elétrica

Horimetro da Tração
Quando o timão é abaixado ou tração é acionada, o total de horas de tração é
exibido por alguns segundos.

Figura 2.49: Horimetro da tração

Horimetro da bomba
Quando a elevação ou abaixamento é acionado, o total de horas de
funcionamento da bomba será exibido por alguns segundos:

Figura 2.50: Horimetro da bomba

NMHG Technical Training 48


Visão Geral Elétrica

Indicador do Nível de Carga da Bateria


A carga da bateria é indicada no display.
Quando esse nível chega a 20%, a função de elevação dos garfos é inibida.
O LED amarelo iluminado indica "bateria baixa".
Recarregue a bateria a 75%, para resetar o indicador de "bateria fraca" e para
habilitar a função de elevação do garfo novamente.

Figura 2.51: Indicador do nível de carga

Aviso Indicador de Alarme e Manutenção


O LED vermelho intermitente indica que um sinal de alarme foi gerado. O número
do código de falha relevante aparece no visor.
Quando o lembrete de manutenção atinge as horas registradas para a
manutenção o LED vermelho acenderá.
Após a manutenção ter sido realizada, resetar os parâmetros. Veja o procedimento
no capítulo do controlador.

Figura 2.52: Indicador de alarme e manutenção

NMHG Technical Training 49


Visão Geral Elétrica

Funções da Empilhadeira
Controle de velocidade para a frente & ré
A seleção de direção é feita através de dois sensores de efeito Hall, uma para cada
direção.
Ângulo de rotação da borboleta seleciona a velocidade de tração da unidade.
A velocidade da empilhadeira de F & R e a aceleração pode ser definida conforme
a necessidade, bem como o comportamento da borboleta.

Redução de velocidade e temperatura de bloqueio da tração.


Se a temperatura do motor de tração atinge 115 °C, a corrente do motor é limitada
causando uma redução de velocidade do veículo.
Se a temperatura do motor atinge os 140 °C, o bloqueio do motor é ativado.
Os valores limite de temperatura podem ser definidos. Veja o procedimento no
capítulo do controlador.

Frenagem.
A empilhadeira é equipada com quatro sistemas de frenagem:
¾ Frenagem por Liberação: quando a borboleta é liberada
¾ Frenagem por Reversão: quando a borboleta é movida na direção oposta.
¾ Frenagem de Emergência: quando o botão de emergência é usado ou
quando um alarme requer a parada imediata da tração.
¾ Freio de Estacionamento: quando a empilhadeira está parada e nenhum
controle de tração está ativado.
As configurações de parâmetros de freio estão disponíveis com o laptop. Veja o
procedimento no capítulo do controlador.

Interruptor de Barriga (Belly switch)

Figura 2.53: Interruptor de barriga (Belly switch)

NMHG Technical Training 50


Visão Geral Elétrica

Este procedimento inverso de emergência é ativado com a empilhadeira esta se


deslocando para a frente (no sentido oposto garfos), com o timão na posição de
condução (sensor do timão S4 ativo) e o botão de "Interruptor de barriga (BELLY
SWITCH)" P8 pressionado.

Função Caracol
1. Intrruptor caracol (Snail
switch)
2. Borboleta

Figura 2.54: Snail switch

Isto permite dirigir a empilhadeira em lugares muito pequenos onde o timão não
pode ser abaixado (sensor do timão S4 não está ativo).
Primeiro pressione o botão caracol na cabeça do timão (P9), então controle a
tração com a borboleta.
A velocidade de tração no modo "caracol" pode ser definida com o laptop. Veja o
procedimento no capítulo do controlador

Controles Hidráulicos
1. Botões internos para elevação dos
garfos
2. Botões externos para abaixamento
dos garfos

Figura 2.55: Controles hidráulicos

NMHG Technical Training 51


Visão Geral Elétrica

A velocidade de elevação dos garfos é definida pela tensão da bateria aplicada ao


motor da bomba série DC. Por conseguinte, esta velocidade não é ajustável.
Características que podem alterar a função de empilhadeira:
¾ Bloqueio da elevação que aparecerá assim que a carga da bateria cair
abaixo de 20% (ver procedimento no capítulo do controlador).
¾ Tempo de bloqueio de elevação: O tempo de duração da elevação que
pode ser definido no controlador para evitar que a bomba trabalhe por um
longo período de tempo. Quando o limite for atingido o botão de
abaixamento deve ser pressionado antes de o botão de elevação ser
pressionado novamente.

Modulo de Controle

Figura 2.56: Modulo de controle do detalhes do LED

Especificações técnicas:
Inversor para motores assíncronos de3 fases AC
Funções de frenagem regenerativa
Tensão 24V
Corrente máxima do inversor de (24V) 200A (RMS) para 2'
Freqüência de operação do PWM 10 kH
Freqüência máxima do encoder 15 kHz
Freqüência máxima de saída do controlador 300 kHz
Limites de temperatura externa - 40 °C a +50 °C

NMHG Technical Training 52


Visão Geral Elétrica

Acesso para o Controlador


O módulo está conectado e se comunica através da rede bus CAN, o que permite
o acesso ao diagnóstico da empilhadeira ou a programação via PC ou laptop.
O conector para o kit do cabo de conexão da interface ("PC Console") pode ser
acessado a partir do compartimento da bateria.
Este controlador Curtis foi utilizado pela primeira vez nos nossos produtos e a
ligação com o laptop é feito por meio do conector Curtis.
O cabo IFAK será utilizado tão logo este controlador seja adicionado à biblioteca
de software do PC Service Tool.
Atualmente o acesso ao controlador da empilhadeira é feito com um laptop e o
software Curtis ligada a empilhadeira via porta Curtis e com conversor USB.

Figura 2.57: Adaptador Curtis

O item Hyster P/N 4600071 é composto de:


4600069 - Adaptador 1309
4600070 - Adaptador USB para serial
4601142 - Chicote

NMHG Technical Training 53


Visão Geral Elétrica

Conexão do cabo Curtis & cabo IFAK


Ao lado do conector da bateria (item 2) encontram-se dois tipos de conectores
para ligar o computador para a empilhadeira.
O conector Curtis (Item 3) permite conectar o cabo Curtis acima e deve ser usado
com o software Curtis desde que o PC Service Tools para utilização do cabo IFAK
(Item 1) ainda não está pronto.

1. Conector Ifak
2. Conector da
Bateria
3. Conector
Curtis

Figura 2.58: Conexões da empilhadeira para o PC.

Usar o conector Curtis consiste em:


1. Instale o driver do adaptador USB fornecido com o adaptador. Para fazer isso,
siga atentamente os passos descritos no guia de instalação rápida fornecido com
ele. (ver anexo)
2. Verifique a instalação do driver no Windows. Para fazer isso no Windows
2000/XP, verifique no Gerenciador de Dispositivos os passos abaixo:
o No Windows 98SE/ME/2000/XP: botão direito do mouse no ícone "Meu
Computador" no desktop e selecione Propriedades> Sistema>
(Hardware)> Gerenciador de Dispositivos.
o No Windows Vista: Botão direito do mouse no ícone "Computador" no
desktop e selecione Propriedades> Gerenciador de Dispositivos.
o Nos grupos de portas (COM & LPT), um cordão semelhante ao USB para
porta serial ou USB Prolific para Serial Com Port deve ser exibido.
o Se houver uma pergunta ou ponto de exclamação ao lado do item, em
seguida, o driver não está instalado corretamente. Por favor, apague o
item e repita os passos de instalação.

NMHG Technical Training 54


Visão Geral Elétrica

Figura 2.59: Verificação da instalação do driver USB

É importante ter o Nr da Porta COM em mente para assegurar que a mesmo é


utilizada quando ligar o Controller. Assim que o driver USB for instalado, o
software da Curtis deve ser instalado. Mais uma vez, siga atentamente o passo a
passo das instruções dadas no manual da Curtis 1314.

Conexão com a empilhadeira


Conecte o Adaptador Curtis 1309 (2) para o PC e para a empilhadeira usando o
material já descrito.
Configure a porta de comunicação, selecionando a partir do menu
Options\Change Protocol Port: a seguinte tela será aberta:

Figura 2.60: Seleção de protocolo


Selecione a opção de protocolo "Enhanced Serial" como mostrado na imagem e
selecione a porta de comunicação adequada (já configurada no protocolo de
comunicação serial). No nosso exemplo, ela deve ser COM3 mencionada na fig.
27.
1. Pressionar o botão " Connect " para iniciar a fase de conexão da empilhadeira e
a seguinte tela aparecerá:

NMHG Technical Training 55


Visão Geral Elétrica

Figura 2.61: Tela de inicial de conexão

Quando o "PT" é mostrado, a conexão está OK e "Mode: CONNECTED " aparece


na parte inferior da janela.
Para exibir todos os ícones na barra superior você precisa clicar no ícone do "PT".

1 Connect/Disconnect
2. Refresh Device Tree
3. Device Information
4. Device Parameters
5. Monitor Device Test Data

Figura 2.62:Tela Principal & Icones.

NMHG Technical Training 56


Visão Geral Elétrica

Menu Parametros do Dispositivo


Este menu dá acesso a vários sub menus onde os parâmetros de ajustes podem
ser feitos (exemplo: velocidade máxima mostrado abaixo). A janela de
configuração dá informação completa com o mínimo e o máximo e o valor real.

1. Imprimir janela ativa (para criar


uma imagem da janela apresentada
para ser salvo no formato TIFF.).
2. Imprimir lista atual (para imprimir a
lista de dados exibidos atualmente
(parâmetros, avisos, etc) ..
3. Exportação de Dados (para
exportar a lista de dados em formato
Excel).
4. Leia todos os parâmetros de um
arquivo: para acessar o arquivo .par
desejado.
5. Escrever todos os parâmetros
para um arquivo: para salvar os
parâmetros para um arquivo .par.
6. Obter todos os parâmetros do
dispositivo: para adquirir os
parâmetros do controlador.
7. Enviar todos os parâmetros para o
dispositivo: para salvar os
parâmetros do controle.

Figura 2.63: Janela de Parametros

Quando um parâmetro é modificado na janela relevante, como acima, o da


velocidade máxima, então ao clicar em "OK" eo novo valor será salvo para o
controlador. Ao clicar no ícone (7) no lado direito da janela "Enviar todos os
parâmetros para o dispositivo" todos os parâmetros serão salvos no controlador.

NMHG Technical Training 57


Visão Geral Elétrica

Parâmetros:
Os manuais de serviços que estão disponíveis no Hypass on-line (Axcess on line)
mostra as configurações de fábrica. Abaixo estão algumas explicações sobre
esses vários parâmetros.

INTERLOCK TIMEOUT Depois do ajuste do atraso, o timão não permanecerá


operacional se nenhum comando for feito pelo
operador.
BUZZER OPTION 3 Opções: Nenhum ou Ré ou Frente & Ré
BUZZER DEAD BAND A velocidade em que a campainha está inativa
FORWARD MAX Define a quantidade de rotação da borboleta para
atingir a velocidade máxima para frente
FORWARD MAP Permite definir a correspondência entre a rotação da
borboleta e a velocidade do motor de acordo com um
mapa específico.
FORWARD DEAD BAND Defina a quantidade mínima de rotação da borboleta
antes de iniciar a rotação do motor a frente
REVERSE DEAD BAND Defina a quantidade mínima de rotação da borboleta
antes de iniciar a rotação do motor a ré
REVERSE MAP Permite definir a correspondência entre a rotação da
borboleta e a velocidade do motor de acordo com um
mapa específico
REVERSE MAX Define a quantidade de rotação da borboleta para
atingir velocidade máxima a ré

Figura 2.64: Mapa de deslocamento a frente

NMHG Technical Training 58


Visão Geral Elétrica

X = Rotação da borboleta (IN) Valores


negativos
Y = Percentagem da máxima velocidade
da empilhadeira

Figura 2.65: Mapa de deslocamento a rél

Ambos os mapas mostram as regras de correspondência entre a rotação


borboleta e a velocidade esperada do motor.
Alterar esses parâmetros vai mudar o comportamento da empilhadeira.
Como a empilhadeira pode reagir de maneira diferente recomendamos não alterar
esses parâmetros, sem uma boa razão para fazê-lo. Em todos os casos testar as
configurações com cuidado.

803 LOCKOUT ENABLE Para ativar ou desativar a função de


interrupção de elevação com bateria
baixa. (Sempre OFF com display
opcional)
LIFT RUN TIME Definir a duração máxima da elevação
contínua
LIFT DELAY TIME VALVE 1-2 Quando elevando os garfos, define o
tempo máximo durante o qual as
válvulas auxiliares opcionais
permanecem abertas depois de a
bomba hidráulica desligar.
LOWERING DELAY TIME VALVE 1-2 Ao abaixar os garfos, defini o tempo
máximo durante o qual as válvulas
auxiliares opcionais permanecem
abertas após a válvula de descida ser
desativada.

NMHG Technical Training 59


Visão Geral Elétrica

SNAIL SPEED Defina a redução da velocidade máxima


com o timão elevado & botão caracol
pressionado.
MAX SPEED Velocidade máxima de ambas as
direções
MAX ACCEL O tempo entre 0 a velocidade máxima
MAX DECEL Duração da frenagem por inversão com
a borboleta
NEUTRAL BRAKING Tempo de frenagem com borboleta
liberado
MAX BRAKING Tempo de frenagem quando o timão é
liberado
BDI WARNING ENABLE Ativar / Desativar a interrupção da
elevação e o led de alarme de bateria
fraca com display opcional.
BDI WARNING Definir o nível de bateria baixa para a
ativação da interrupção da elevação
TOTAL MAINTENANCE ENABLE Ativar/Desativar o lembrete de
Manutenção baseado nas horas da
chave ON. (apenas com BDI opcional)
TRACTION MAINTENANCE ENABLE Ativar/Desativar o lembrete de
manutenção com base nas horas de
tração. (apenas com BDI opcional)
PUMP MAINTENANCE ENABLE Ativar/Desativar o lembrete de
manutenção com base nas horas da
bomba. (apenas com BDI opcional)
MAINTENANCE INTERVALS Número de horas de funcionamento da
empilhadeira em que a manutenção é
necessária. Observe que o tipo de
horas é selecionado acima (total ou
tração ou bomba)
RESET TOTAL MAINTENANCE Redefinir para um novo intervalo o
lembrete de manutenção com base no
horimetro total (chave ligada). Não se
esqueça de desligar a empilhadeira e
ligar novamente após a reinicialização.
RESET TRACTION MAINTENANCE Redefinir para um novo intervalo o
lembrete de manutenção com base no
horimetro da tração. Não se esqueça
de desligar a empilhadeira e ligar
novamente após a reinicialização.

NMHG Technical Training 60


Visão Geral Elétrica

RESET PUMP MAINTENANCE Redefinir para um novo intervalo o


lembrete de manutenção com base no
horimetro da bomba. Não se esqueça
de desligar a empilhadeira e ligar
novamente após a reinicialização.
10S OF HOURS Definir o valor que vai ser usado para
programar o contador do tempo de
operação definida abaixo. Cada
unidade corresponde a 10 horas (por
exemplo, o valor 23 corresponde a 230
horas).
REMAINING HRS IN MINS Defini o valor que vai ser usado para
programar o horimetro operacional,
expresso em minutos (por exemplo,
360 corresponde a 6 horas)
PREST TOTAL HOURMETER Quando ajustado para ON, o número
de horas de funcionamento da
empilhadeira (key-on) é pré-definido
para um valor que é a soma dos dois
parâmetros acima "10s Of hours” &
“Remaining hrs in mins ". O valor do
Timer de Manutenção / total de horas
restantes é atualizado.
PRESET TRACTION HOURMETER Idem ao horímetro total, mas com as
horas de tração.
PRESET PUMP HOURMETER Idem horímetro total, mas com horas de
bomba.
TEMPERATURE HOT A esta temperatura, a corrente para o
motor é reduzida.
TEMPERATURE MAX A esta temperatura, a corrente para o
motor é interrompida (Zero).

NMHG Technical Training 61


Visão Geral Elétrica

Menu Monitor
O conteúdo deste menu é mostrado no apêndice. Este menu permite ao
engenheiro de serviço verificar as diferentes funcionalidades da empilhadeira para
encontrar falhas.

Alarmes, Solução de Problemas – Modulo do Sistema de


Diagnóstico
Os códigos de erro são mostrados apenas no visor MDI opcional, não no BDI
padrão.
O código de erro também pode ser detectado através da verificação dos dois
LEDs de informação diretamente sobre o próprio controlador.
Os cabos de potência que podem esconder os LEDs devem ser afastados um
pouco para ver as informações dos LEDs.
Existem dois LEDs. Um é vermelho e um é amarelo.
No caso de ocorrer uma falha, eles irão piscar para o código de erro
correspondente, tal como descrito abaixo:
O LED vermelho pisca uma vez para indicar que o sistema mostrará o primeiro
dígito do código de erro
Em seguida, o LED amarelo pisca um número de vezes correspondente a este
primeiro dígito.
Então, agora o LED vermelho pisca duas vezes para indicar que o sistema
mostrará o segundo digito do código de erro
Em seguida, o LED amarelo pisca um número de vezes correspondente a este
segundo dígito.
Os dois LEDs têm diferentes modos de funcionamento, que são utilizados para
sinalizar diferentes tipos de informação.

LED LED STATUS


VERMELHO AMARELO
OFF OFF O controlador está desligado ou danificado.
OFF FLASHING O controlador está em operação.
ON ON O controlador está no modo Flash Program

ON OFF Erro Watchdog ou software não está instalado.


Desligue e reinicie a empilhadeira ou instale o
software..

FLASHING FLASHING O controlador detectou um erro.


O código de dois dígitos é sinalizado pelo piscar
dos dois LEDs em uma sequência cíclica.
cyclical sequence.
Figura 2.66: Códigos dos LEDs

NMHG Technical Training 62


Visão Geral Elétrica

Por favor, consulte o manual de serviço para obter mais informações sobre os 88
códigos de falha aqui listados abaixo.
O manual de serviço descreve cada código e dá as causas possíveis, bem como
os efeitos sobre a unidade e o procedimento de reparação.

LISTA DE ALARMES
12 - “Controller Overcurrent”
13 - “Current Sensor Fault”
14 - “Precharge failed”
15 - “Controller Severe Undertemp”
16 - “Controller Severe Overtemp”
17 - “Severe Undervoltage”
18 - “Severe Overvoltage”
21 - “Controller Undertemp Cutback”
22 - “Controller Overtemp Cutback”
23 - “Undervoltage Cutback”
24 - “Overvoltage Cutback”
25 - “+5V Supply Failure”
26 - “Digital Out 6 Overcurrent”
27 - “Digital Out 7 Overcurrent”
28 - “Motor Temp Hot Cutback”
29 - “Motor Temp Sensor Fault”
31 - “Coil 1 Driver Open/Short”
32 - “EM Brake Driver Open/Short”
33 - “Coil 3 Driver Open/Short”
34 - “Coil 4 Driver Open/Short”
35 - “PD Open/Short”
36 - “Encoder Fault”
37 - “Motor Open”
38 - “Main Contactor Welded”
39 - “Main Contactor Did Not Close”
41 - “Throttle Wiper High”
42 - “Throttle Wiper Low”
43 - “Brake Wiper High”
44 - “Brake Wiper Low”
45 - “Pot Low Overcurrent”
46 - “EEPROM Failure”
47 - “HPD/Sequencing Fault”
47 - “Emer Rev HPD”
49 - “Parameter Change Fault”
51 - “CAN Startup Failure”
52 - “CAN PDO Timeout”

NMHG Technical Training 63


Visão Geral Elétrica

LISTA DE ALARMES
61 - “BB Sequence Fault”
62 - “Interlock SRO”
68 - “VCL Runtime Error”
69 - “External Supply Out Of Range”
71 - “OS General”
72 - “PDO Timeout”
73 - “Stall Detected”
87 - “Motor Characterization Fault”
89 - “Motor Type Fault”
92 - “EM Brake Failed To Set”
93 - “Encoder LOS (Limited Operating Strategy)
94 - “Emer Rev Timeout”
Figura 2.67: Lista de códigos de alarmes

NMHG Technical Training 64


Visão Geral Elétrica

Calibração

Figura 2.68: Jumper da placa do timão

Configuração da placa
Para ser feito quando a placa do timão é substituída.
Para evitar acionar acidentalmente o micro da buzina durante a configuração, por
favor, faça a calibragem antes de inserir a placa de volta na carcaça do timão.
1. Chave OFF
2. Desligar a bateria.
3. Abra a carcaça do cabeçote do timão e mova o jumper da posição "P" (Parking)
para a posição "C" (Configuration)
4. Volte a ligar a bateria
5. Chave ON.

NMHG Technical Training 65


Visão Geral Elétrica

Figura 2.69: display da placa do timão

O LED display mostra 0 (sem configuração) ou um número de identificação do tipo


de configuração salva na placa.

Pressione o micro-interruptor do caracol para aumentar o valor até o número de


configuração 3 (empilhadeiras com botões de elevação e abaixamento tipo on-off)
aparecer no visor LED. Para diminuir o valor, pressione o micro interruptor da
buzina.

Confirme a configuração pressionando o interruptor de barriga.


No display LED um ponto decimal aparece após o número de configuração.

Desligue a empilhadeira.
Mova o jumper na placa de circuito leme da posição C (Configuration) para a
posição P (Parking)
Coloque a placa em seu alojamento na carcaça do timão.

Figura 2.70: Fig 71 Display de configuração

Com o último boletim informativo FF125 o display LED mostra por padrão a letra
"c" para o tipo botões de elevação/abaixamento on-off. A letra "d" corresponde à
botões de controle de elevação/abaixamento proporcional.

NMHG Technical Training 66


Visão Geral Elétrica

Calibração da Placa

¾ Quando a placa do timão é substituída.


¾ Quando em alta velocidade a empilhadeira não viaja a uma velocidade
constante.
¾ Se tração para quando o controle da borboleta está na posição de totalmente
acelerado.
¾ Quando há uma diferença considerável de velocidade entre deslocamentos
para frente e ré.

Antes de iniciar a calibração assegure-se que todos os botões de elevação e


abaixamento estão ligados à placa do timão e devidamente conectados nos seus
lugares.
1. OFF
2. Mova o jumper de configuração da placa do timão da posição "P" (Parking) para
a posição "T" (Teaching)
3. Chave ON
4. O display mostra um traço
5. Pressione e solte o botão de elevação localizado no lado esquerdo do timão
para salvar a posição neutra da borboleta.

Nota: Se o mostrador LED mostra o valor 8, indica que no momento em que a


posição foi gravada, o controlo de borboleta não estava na posição de ponto morto
(exatamente a 90 ° em relação ao eixo de rotação).

Figura 2.71: Inicio da calibração

O display LED irá mostrar um traço (pode ser necessário dar um impulso no botão
ON/OFF para acender o primeiro traço no visor).
Gire a borboleta do acelerador até o final do curso para frente e segure-a na
posição.
Pressione e solte o botão de elevação localizado no lado esquerdo da cabeça do
timão.
Assim, o visor mostra um outro traço que indica que a posição do acelerador foi
salva com sucesso.
Solte a borboleta do acelerador.

NMHG Technical Training 67


Visão Geral Elétrica

Figura 2.72: Frente salva

Gire a borboleta do acelerador até o final do curso para ré e segure-á na posição.


Pressione e solte o botão de descida localizado no lado esquerdo da cabeça do
timão.
Assim, o visor mostra um outro traço que indica que a posição do acelerador foi
salva com sucesso.
Solte a borboleta do acelerador.

Figura 2.73: Ré salva

Mova o jumper de configuração da placa do timão da posição "T" (Ensino) para "P"
(Parking). Assim, um ponto decimal aparece no visor LED
Chave OFF

Figura 2.74: Final da calibração

Nota: Se a chave for desligada antes da ponte ser movido para trás, na posição "P"
(parking), os valores de calibração serão perdidos e o procedimento precisa ser
repetido.

NMHG Technical Training 68


Visão Geral Elétrica

CONTROLADOR ISKRA
Descrição do controlador
O Combi Controller AC da ISKRA combina a unidade controle dos motores de
tração AC e a bomba (série) DC.
Este módulo se comunica com o timão do leme através de um chicote de
comunicação CANbus.
Este sistema totalmente integrado tem um único plugue de diagnóstico, que pode
ser ligada ao PC com o ETACC
Ferramenta de diagnóstico PC interna.
Nós não vamos encontrar nenhum contator de bomba nessas unidades. Quatro
modos de deslocamento e a possibilidade de monitorar as funções-chave da
empilhadeira.

Detalhes do Controlador

Tensão de alimentação nominal 24 V


Faixa de tensão de operação 16 V ≤ U ≤ 36 V
Saída de tensão máxima (até 24V) 3 X 17 V ( RMS )
Corrente máxima da tração (2 min) 400 A ( RMS )
Corrente máxima da tração (60 min) 220 A ( RMS )
Corrente máxima da bomba ( 2 min ) 300 A
Corrente máxima da bomba ( 60min ) 200 A
Frequência de comutação 10 KHz
Temperatura ambiente. Faixa de operação -30°C ≤ Temp. ≤ 45°C
Grau de proteção IP65
Tipo de conector AMP 7762311 (35 pins)
Torque máximo dos terminais de potencia 8 Nm

Refrigeração do Controlador
O arrefecimento é um ponto crucial, especialmente com os inversores de corrente
alternada onde há uma elevada concentração de semi-condutores geram calor.
Por este motivo o controlador é equipado com um eficiente radiador.
Um ventilador opcional cilíndrico pode ser montado para aumentar o fluxo de ar
através do radiador. Este ventilador é padrão nas MO20F com garfos longos de
mais de 1.600 milímetros. O ar do compartimento do motor é puxado para fora
através do radiador e de uma tomada do lado da empilhadeira.

Montagem do Controlador
Para proteção do controlador contra vibrações, incluindo o ventilador quando
disponível, todo o conjunto é montado sobre o chassi sobre blocos
amortecedores.

NMHG Technical Training 69


Visão Geral Elétrica

Conexões de fios
Todas as ligações estão localizadas na face frontal da caixa do controlador.
¾ A alimentação da bateria:
o Positivo B +
o Positivo B + Depois fusível de 425A
o Negativo B -
¾ As 3 fases de ligações do motor de tração U V W
¾ Negativo B - Bomba
¾ O conector auxiliar para todas as ligações de controle da empilhadeira

Direção Assistida Eletricamente


Também chamada de "EPAS" este novo recurso de direção foi introduzido com
estas empilhadeiras. Dois sistemas estão conectando o timão que está ligado ao
MDU
Primeiro, através de uma transmissão mecânica de direção com U-joint que é
totalmente mecânica.
Segundo, através de um sistema elétrico incluindo um Motor BLPM dedicado.
Quando o condutor move o leme para o lado, o sensor de torque localizado sob o
eixo do timão vai “sentir” o ângulo e o torque aplicado ao timão. Assim, o motor da
direção será acionado em conforme necessário.

Esquemas Elétricos:
As unidades equipadas com este tipo de sistema elétrico têm arranjos de
diagramas semelhantes. As diferenças surgem a partir das opções ou
características que estão presentes em um veículo e não no outro.
Vamos nos concentrar nos esquemas da MP20XD que estão oferecendo uma
quantidade interessante de opções.
As linhas tracejadas azuis mostram os limites do controlador ISKRA (lado de
potencia e de controle)
As linhas tracejadas verdes mostram o limite do controlador EPS.
A linha preta cheia mostrar o limite do controlador do timão.
É claro para ler no diagrama que as linhas de CAN bus estão ligadas a todos os
módulos para permitir a circulação de informações na empilhadeira.

NMHG Technical Training 70


Visão Geral Elétrica

Figura 2.75: Esquema Elétrico

NMHG Technical Training 71


Visão Geral Elétrica

Figura 2.76: Esquema Elétrico - itens de referencia

NMHG Technical Training 72


Visão Geral Elétrica

Teclado
Como opção, temos disponível um teclado. Este teclado também está ligado via
CAN bus a todos os módulos da empilhadeira.
O próximo diagrama mostra essa opção como um exemplo de ligação CAN bus.
Para comunicar-se corretamente, os módulos devem estar preparados para
receber e compreender a informação transferida.

NMHG Technical Training 73


Visão Geral Elétrica

Figura 2.77: Esquema Elétrico com teclado

NMHG Technical Training 74


Visão Geral Elétrica

Dashboard
¾ BDI - indicador de descarga de bateria
o Cada barra = 10%
o Sob as barras estão números que dão a informação da carga,
duplicando a informação das barras.
o Com 30% de carga restante, a barra pisca
o Com 20% de carga restante, a elevação é inibida e a corrente de
tração é reduzida para 50%.
¾ A tartaruga é o ícone para a indicação de redução de velocidade ativada.
¾ A ampulheta indica quando uma função está ativa e a quantidade de hora
está sendo registrada.
¾ Indicador do modo de Tração, mostra o modo de tração que esta ativo:
SOFT-SLOW-STD-HARD

Sequência de partida:
Cada vez que a chave é ligada a seguinte sequência é mostrada no painel:
¾ Modo selecionado
¾ Hrs tração
¾ Hrs bomba
¾ Hrs Direção
¾ Total de Hrs da empilhadeira
¾ Distância total percorrida F & R (km)
¾ Horas restantes antes da manutenção
¾ Modo atual

Modo de tração
¾ Modos de tração
¾ Botão da buzina ON + timão levantado + chave ON. Solte o botão da
buzina depois de 5 segundos.
¾ Modo atual selecionado é mostrado
¾ Mudar o modo com os botões de elvação & abixamento esquerdo.
¾ Abaixe o timão para confirmar
Nota: Em todos os casos a ajuste a unidade no modo "STD" antes das
configurações do controlador e ou calibração.
¾ Duas lacunas estão disponíveis entre STD & HARD: 12,5% ou 25%, estão
acessíveis via ETACC

NMHG Technical Training 75


Visão Geral Elétrica

Menu Tester
Exibe informações sobre os seguintes parâmetros:
¾ As entradas de controle da tração.
¾ As saídas da placa do timão.
¾ O consumo de energia do motor.

Acesso para o Menu Tester


Chave ON e esperar a sequência de partida; então pressione ambos os botões
dos garfos do lado esquerdo (Elevação & Descida) juntos durante 5 segundos. A
tela do Grupo de variáveis 1 aparece. Pressione novamente os botões e a tela
variável muda de grupo. Depois da tela do grupo variável 4, pressionando
novamente o botão será permito sair deste menu.

Variable group 1:
EPS TS = 0008 Nm Î A resistência ao esforço da direção medido em Nm
EPS POT = 0005* Î Ângulo da direção do timão em graus
BATTERY = 0024V Î Tensão da bateria para a direção.
BATTERY = 0000A Î Corrente da bateria para a direção

Variable group 2:
TRM VOLT = 0008 V Î Tensão para o motor de Tração.
TRM CURR = 0000A Î Corrente para o motor de tração.
TRM TEMP = 0026° Î Temperatura do motor de tração
ENCODER = 0000 rpm Î Rotação do motor de tração.

Variable group 3:
PMT VOLT = 0023 V Î Tensão para o motor da bomba.
PMT CURR = 0028A Î Corrente para o motor da bomba.
ACC TEMP = 0019°C Î Temperatura do motor da bomba.
EVP CURR = 0000A Î Corrente para as válvulas solenoides atualmente
habilitadas.

Variable group 4:
SPEED = 0000% Î Posição da borboleta em %
LIFT = 0000% ÎPosição do botão de controle proporcional de elevação
em %

NMHG Technical Training 76


Visão Geral Elétrica

Entradas do Combi
Pressione ambos os botões do lado esquerdo de Elevação & Abaixamento ao
mesmo tempo e gire a chave para ON.
Mantenha esses botões pressionados 5 segundos e solte.
Quando uma entrada estiver ativa, o LED acendera.

4. SW2 Belly switch pressionado


5. SW12 Sensor de homem a bordo
6. SW1 Sensor de timão abaixado (ativo)
7. P6 Botão de FWD operador no chão
(BACKING)
8. P7 Botão de REV operador no chão
(BACKING)
9. Entrada de segurança de controle de
direção "EPAS"

Figura 2.78: Entradas do Combi (LO2.0 - LO2.0M - LO2.0F)

Entradas do Timão
Para exibir a "TILLER INPUT" pressione o botão de elevação dos garfos do lado
esquerdo e o mantenha pressionado por 5 segundos e libere-o.

1. 4 botão de elevação lenta ou elevação inicial


2. P5 botão de abaixamento lento ou elevação
inicial
3. Pot 1 frente/ré
4. Botão de buzina
5. Interruptor de barriga de emergência a ré
6. Botão P3 para avançando com timão para
cima.
7. P1-Pot 2 elevação rápida dos garfos ou SW
proporcional
8. P2-Pot 3 elevação rápida dos garfos ou SW
proporcional
9. SW1 sensor do timão
10. opcional
11. opcional

Figura 2.79: Entradas do timão (MO20)

NMHG Technical Training 77


Visão Geral Elétrica

Versão da Eprom
Para exibir as "VERSIONS": Acesse primeiro a tela de entrada do timão. Em
seguida, pressione o botão de elvação dos garfos do lado esquerdo 2 vezes, 5
segundos cada vez.
¾ Nro de versão da EEPROM
¾ TILLER - Ver 070 000 001
¾ COMBI - Ver 407 000 006
¾ EPAS - Ver 985 000 002
¾ DDI - Ver 069 000 001
Pressione ambos os botões de elevação dos garfos do lado esquerdo para voltar
para a tela inicial.

Painel de alarmes

1 2 3 4 5
Figura 2.80: Sequencia

Sequência: Os alarmes são exibidos de acordo com a ordem em que foram


acionados.
Limpar arquivo: Pressione os botões da Buzina e da Barriga ao mesmo tempo
para redefinir a lista de alarme.
Sair: Para sair do menu de alarme pressione por 5 segundos ambos os botões de
elevação & abaixamento do lado esquerdo do timão.
¾ Detalhes do painel
• FAULT LOG Log (registro de falhas): 001 ou 002 ou 003 LED
vermelho piscando
• Device (dispositivo): Módulo em questão:
• "Co" para o código de falha Combi.
• "Ep" para o código de falha EPAS
• "Ti" para o código de falha do timão
• código de falha "DDI"
• Erro: 21376 - código de alarme
• Time: 00017 - leitura HM quando o alarme foi ativado.
• Occ:. 010 - Número de vezes que o alarme ocorreu.
• Temp: 0011 - Temperatura do módulo de quando o alarme ocorreu.

NMHG Technical Training 78


Visão Geral Elétrica

Figura 2.81: painel de falhas

Códigos de alarme do Combi


Consulte o manual de serviço para a listas de códigos de falhas do COMBI onde
são mostrados:
¾ Codigos - Descrição - Quando é que o teste é realizado (partida /
deslocamento) - Onde está o problema (dentro/fora do AC Combi) -
Comportamento da empilhadeira - Efeito no circuito elétrico - Falha de
componentes - Vrificações / Soluções

EPAS – código de alarmes do Timão & DDI


Consulte o manual de serviço para a lista de códigos de falhas do EPAS onde são
mostrados:
¾ Código - Descrição - Problema - Possíveis causas - Método de ensaio

Calibrações
¾ Calibração do sensor da direção:
Deve ser feito quando o sensor de direção é substituído ou quando o motor da
direção é substituído e esta descrito no capítulo da direção.
¾ Potenciómetros da cabeça do timão
A calibração deve ser feito quando a placa do timão for substituído ou quando o
módulo AC Combi é substituído ou quando um dos botões proporcionais na
cabeça do timão é substituído
Nota: quando uma empilhadeira é equipada com comando hidráulico proporcional
sempre calibrar tanto a borboleta do acelerador como o botão proporcional.
Calibrar somente a borboleta do acelerador pode bloquear a empilhadeira.

NMHG Technical Training 79


Visão Geral Elétrica

¾ Calibração do potenciômetro da borboleta do acelerador de FWD/REV e


botões proporcionais de elevação/abaixamento (se aplicado):
Pressione ambos os botões de elevação e descida dos garfos do lado esquerdo +
chave ON.
Mantenha-os pressionados por cinco segundo e libere-os. "COMBI INPUT".
Pressione o botão de descida esquerdo por 5 segundos. Será exibido "TILLER
ANALOG INPUT".
Mova a borboleta lentamente para a frente até o final do curso. As mudanças
cursor para a esquerda no DDI, em seguida, retornar para o centro.
Mover a borboleta lentamente para trás, para o fim de curso. O cursor se desloca
para a direita no DDI, em seguida, retornar para o centro.
Repita a operação três vezes.
Se a empilhadeira não está equipada com botões proporcionais de elevação e
descida, pressione tanto os botões de elevação/descida dos garfos do lado
esquerdo, ao mesmo tempo, durante 5 segundos para salvar os dados e sair da
função de "calibração"
Se houver botões proporcionais de elevação e descida instalados também e
necessário realizar a calibração destes botões:
Pressione o botão de elevação proporcional lentamente até ao fim de curso e
solte-o, por três vezes. Assista ao movimento no DDI.
Pressione o botão de descida proporcional lentamente até o final do curso e
libere-o, por três vezes. Assista ao movimento no DDI.
Pressione ambos os botões de elevação e descida dos garfos, ao mesmo tempo,
durante 5 segundos para salvar e sair da função de calibração.
Importante: Após a calibração da borboleta sempre calibrar os botões
proporcionais (se instalado). Nunca calibrar um e não os outros.

Figura 2.82: Access to the tiller head calibration screen.

NMHG Technical Training 80


Visão Geral Elétrica

Figura 2.83: Calibração da borboleta de aceleração

NMHG Technical Training 81


Visão Geral Elétrica

Atualização de Software
Primeira atualização
Boletim de Serviço FG087R01 lançado em março de 2009, o software fornece
informações sobre as atualizações dos módulos ACombi e do Timão. Os modelos
das empilhadeiras e seus números de séries em questão são mencionados nesta
nota.
Mais ainda, um chicote adicional também foi introduzido, que é essencial com o
novo software. Essas modificações fazem com que os módulos de controle
ACombi e do Timão com o novo software sejam não intercambiável com os novos
módulos de controle ACombi e do Timão com as versões anteriores do software.
Por favor, preste especial atenção ao encomendar peças de reposição.
Para evitar problemas de incompatibilidade de software, é necessário seguir as
diretrizes de ordenação abaixo.

¾ Até empilhadeiras de numero de séries:


o C439X04056F (e C439X04058F, 59F, 60F, 63F, 64F, 74F)
o C442X02250F (e C442X02254F, 55F, 57F, 58F, 59F)
o B433X01613F A939X01770F D444T01710F
¾ Use o ACombi a partir da tabela abaixo:

Modelo e da configuração da empilhadeira Acombi P/N


P2.0S LO2.0M LO2.0 LO2.0L 2081155
S1.2S - S1.5SS1.2S - S1.5S straddle legs 2081157
S1.2Si.l. - S1.5Si.l.
P2.0SD 2081158
P2.0S direção mecânica e motor de tração de 4KW 2081154
P2.0S direção mecânica e motor de tração de 2,2KW 2093067
S1.2S - S1.5S direção mecânica e motor de tração de 4KW 2081156

¾ Use Tiller : P/N. 1606015


¾ Use EPAS : P/N. 1653992
¾ Use DDI : P/N. 2075572

A partir do número de série::


C439X04057F (exceto C439X04058F, 59F, 60F, 63F, 64F, 74F)
C442X02251F (exceto C442X02254F, 55F, 57F, 58F, 59F)
B433X01614F A939X01771F D444T01711F
¾ Use ACombi: P/N. 2107080 (e configurar os parâmetros da empilhadeira
usando o ETACC após o mesmo sewre instalado na empilhadeira)

NMHG Technical Training 82


Visão Geral Elétrica

Para ajudar na identificação P/N, empilhadeiras produzidas com o novo software


tem um adesivo branco no Acombi (ver figura abaixo).

Figura 2.84: exemplo da etiqueta branca/Novo software

¾ Use Tiller : P/N. 1692174


¾ Use EPAS : P/N. 1653992
¾ Use DDI : P/N. 2075572

Nota: Os controladores Combi adquiridos com o novo P/N 2107080 NÃO SÃO PRÉ-
CONFIGURADOS com o modelo e configuração da empilhadeira como antes. É
necessário fazer o download dos parâmetros corretos da empilhadeira usando
ETACC depois do controlador ser instalado.

¾ Atualização do Software

A partir dos números de série das empilhadeiras mencionados antes, o software


nos quatro módulos do controlador são:

ACombi 407.000.001 (novo software)


EPAS (direção) 546.000.005
Tiller 070.001.009 (novo software)
DDI (display) 069.001.005

¾ Diferenças na Configuração da Empilhadeira e Desempenho


o Empilhadeiras com esta nova atualização de software são
ligeiramente diferentes das empilhadeiras anteriormente construídas:
o Para evitar a criação de vários alarmes, depois de ligar a
empilhadeira, é necessário aguardar a conclusão da sequência de
partida da empilhadeira antes de baixar o timão (você pode ver o
modo selecionado no display (STND, HARD, SOFT ou SLOW ).
o Os controladores ACombi adquiridos com o novo P/N 580091747
NÃO SÂO PRÉ-CONFIGURADOS com o modelo e configuração da
empilhadeira como antes. É necessário baixar os parâmetros
corretos da empilhadeira usando o ETACC após a instalação do
controlador.

NMHG Technical Training 83


Visão Geral Elétrica

o A velocidade da empilhadeira com plataforma e sidegates fechados é


reduzida pela metade em comparação com as versões anteriores.
Para obter o desempenho anterior, alterar os parâmetros
CONTROLLER OPTION 2 de ‘DISABLE’ para ‘ENABLE’.
o Os parâmetros do CONTROLLER OPTION 4 e CONTROLLER
OPTION 5 deve ser definido como ' ENABLE’ ' (caso contrário, o
alarme CO28946 ou CO28947 será criado).
o Agora, com o timão na posição vertical (em repouso), para ativar as
funções da bomba é necessário pressionar também o botão 'Caracol'
ao mesmo tempo. Isto não é necessário quando o timão esta
abaixado.
o Agora, para acionar os estabilizadores hidráulicos (se presente), é
necessário também pressionar o botão "caracol", ao mesmo tempo
que os botões usuais utilizados.
o Para calibrar a direção em empilhadeiras com este software é
necessário abaixar o timão leme durante o procedimento completo
de calibração (que já deve estar abaixada com a empilhadeira
ligada).
o Para facilitar a configuração dos parâmetros em empilhadeiras com
este software, recomenda-se criar e usar um "Arquivo de
configuração personalizado” (Custom Configuration File) no ETACC.

¾ Altere os parâmetros "standard" a seguir:


o CONTROLLER OPTION 2 – de ‘Disable’ para ‘Enable’
o CONTROLLER OPTION 4 – de ‘Disable’ para ‘Enable’
o CONTROLLER OPTION 5 – de ‘Disable’ para ‘Enable’

¾ Localizando Falhas
A detecção de falhas mudou para os alarmes CO28945, CO28946, CO28947:
O que se segue é uma adição das falha existente na tabela para alarmes
CO28945, CO28946, CO28947
Se o ACombi tem software versão 407.000.001, verifique se os parâmetros
CONTROLLER OPTION 4 and CONTROLLER OPTION 5 estão definidos para
'Enable'.
Verifique as conexões do chicote do relé adicional.

¾ Diagramas elétricos
Diagramas elétricos atualizados seguirão com uma atualização para este Boletim.

NMHG Technical Training 84


Visão Geral Elétrica

Segunda atualização:

Também em março de 2009, um novo Boletim de Serviço FG 089 (E) foi lançado,
anunciando que o novo software mencionado no Boletim de Serviço FG 087R01
(E) foi atualizado.
Este novo software 407.001.001 substitui a versão anterior 407.000.001.
Gestão de peças de reposição, tanto para o ACombi (no qual o numero de peça
não muda) e para os outros módulos permanece como previsto no Boletim de
Serviço FG-087R01 (E).
Configuração e o desempenho da empilhadeira permanecem as mesmas que
para a versão do software anterior (407.000.001), exceto para os parâmetros do
CONTROLLER OPTION 2, CONTROLLER OPTION 4 e CONTROLLER OPTION 5.
* Com o novo software novo (407.001.001 ou acima), estes três parâmetros devem
ser definidos para "DISABLE" (que é o valor padrão no ETACC para esses
parâmetros).

Com o Software ACombi 407.000.001 as configurações são:


CONTROLLER OPTION 2 - ‘Enable’
CONTROLLER OPTION 4 - ‘Enable’
CONTROLLER OPTION 5 - ‘Enable’

Com o Software ACombi 407.001.001 as configurações são:


CONTROLLER OPTION 2 - ‘Disable’ (ETACC DEFAULT VALUE)
CONTROLLER OPTION 4 - ‘Disable’ (ETACC DEFAULT VALUE)
CONTROLLER OPTION 5 - ‘Disable’ (ETACC DEFAULT VALUE)

NMHG Technical Training 85


Visão Geral Elétrica

Teclado

Digite o código de serviço padrão = 5555 5555


Utilize os botões "2" e "8" para mover para cima e para baixo e "Ent" para
selecionar
Menu principal
¾ Start: é para iniciar
¾ Counter: dá acesso aos dados dos operadores
o códigos PIN do motorista no topo.
o "chave ligada", horimetro da "tração" e "bomba"
o sensor de choque de alta e baixa sensibilidade não são ajustáveis
¾ "Delete Pin" para remover um código pin existente
¾ Menu "New Pin" para adicionar um código PIN na unidade
¾ "New adm. PIN "para alterar o código PIN de administrador, deve ser
carregado 2 vezes
¾ "Delete data " para permitir a remoção de dados de todos os usuários e
administrador.
¾ "Default" para permitir o serviço de remoção de todos os usuários e todos os
valores guardados na memoria. Pode ser manipulado com cuidado.
¾ Menu " Date-time" permite ajustar os valores de data e hora atuais
¾ Ajustes:
o TIME SLEEP: Atraso antes do DDI ser desligado, se nenhuma senha
é selecionada.
o TIME LOGOFF: Atraso durante o qual a empilhadeira ligará sem
pedido de senha.
o MAX NUMBER WRONG LOGINS: Numero de erros da senha
permitidos antes de entrar em stand by.
o DELAY LOCKED KEYPAD: tempo de duração de bloqueio após o nro
de erros ser atingido (senha de administrador solicitada para
desbloquear)
o SERVICE ADMINISTRATOR UPPER 4 DIGITS: 1 º parte do código
senha de serviço
o SERVICE ADMINISTRATOR UPPER 4 DIGITS: 2 ª parte do código
senha de serviço
o SERVICE PRIVILEGES: Ativa ou não os menus "Delete Data" e
"Default"

NMHG Technical Training 86


Visão Geral Elétrica

Controladores Zapi
Os controladores Zapi são usados nas selecionadoras de pedidos de nível alto e
médio. A HLOP MO10/S (B865 ...) que é inteiramente AC e que recebeu módulos
separados foi lançada antes da MLOP MO10E (C862…), a qual está equipada com
um controlador do motor de tração AC Combi e do motor DC da bomba.
A HLOP tem seis módulos que são:

¾ MODULE 1: SICOS
¾ MODULE 2: AC2 Drive
¾ MODULE 5: AC2 Pump
¾ MODULE 6: EPS AC
¾ MODULE 9: Mhyrio
¾ MODULE 11: Fwd antenna (11 /0) Rev antenna (11 /1)

1. AC2 Pump
2. AC2 Traction
3. Mhyrio
4. DC/DC conversor
5. EPS

Figura 2.85: Layout HLOP

A MLOP tem 4 módulos, onde a da Bomba e de Tração estão localizados no


mesmo corpo:
¾ •• Module 1 – SICOS
¾ •• Module 2 – COMBI AC1 Traction
¾ •• Module 5 – COMBI AC1 PUMP
¾ •• Module 6 – EPS ACO
¾ •• Antennas (WG option)

NMHG Technical Training 87


Visão Geral Elétrica

1. Sensor de
centralização da roda
de tração
2. Motor de tração AC &
EMB
3. Contatores principais
e painel de fusíveis
4. Botão de
elevação/descida de
emergência da cabine
5. Modulo EPS ACO
6. Ventilador de
refrigeração
7. Modulo COMBI
8. Unidade de controle
Hidráulica & motor DC
9. Motor de direção AC

Figura 2.86: Lay out MLOP

A geografia do Dashboard e a iconografia do Sicos (dash display) que são


semelhantes em ambas as unidades permitem uma familiarização mais rápida.

NMHG Technical Training 88


Visão Geral Elétrica

1. Joystick de controle de Elev. & Desc. 13. Volante de direção


Da Cab. 14. Interruptor da luz de teto
2. Joystick de controle do freio de (opcional)
Emergência 15. Interruptor dos faróis (opcional)
3. Interruptor da função de apoio FWD 16. Guia indutiva
4. Interruptor da função de apoio REV 17. Opção
5. Interruptor de controle de descida dos 18. Balança
garfos 19. Interruptor do ventilador da cabine
6. Interruptor de controle de elevação (opcional)
dos garfos 20. Interruptor do aquecedor
7. Borboleta de aceleração FWD/REV (opcional)
8. Buzina 21. Botão de emergência
9. Sobreposição do bloco de elevação
10. Seleção de modo
11. Chave de contato
12. Autorização mão esquerda
Figura 2.87: Frente do Dashboard

NMHG Technical Training 89


Visão Geral Elétrica

1. Nível de carga da 6. indicator Velocidade / 10. Botão rolar para baixo


bateria Horimetro / Altura da 11. Indicador de
2. Modo de tração ativo Cabine / Alarmes elevação/descida da
3. Status de redução de 7. Botão Enter Cabine
velocidade 8. Botão rolar para cima 12. Indicador de
4. Freio de 9. Botão de Saida elevação/descida dos
estacionamento garfosr
5. Posição da roda de 13. Horimetro
direção & direção de 14. Modo de elevação da
sentido ativada cabine

Figura 2.88: Dash display

Controle dos garfos no lado dos garfos é semelhante em ambas as empilhadeiras


com um botão de consentimento para o operador na mão esquerda e com os
botões de controle de elevação e descida localizados no lado direito do operador.

NMHG Technical Training 90


Visão Geral Elétrica

1. Botões de elevação/descida dos garfos


2. Botão de consentimento para presença do operador na mão esquerda.
Figura 2.89: controle do garfos das HLOP & MLOP

Existem diferentes acessos à empilhadeira. Várias informações são diretamente


exibidas no visor.
A senha de serviço dá acesso a mais informações para os técnicos.

NMHG Technical Training 91


Visão Geral Elétrica

Menus Tester
Estas telas permitem que o técnico investigue o estado da empilhadeira, como por
exemplo: para verificar se o consumo ou a temperatura do motor é aceitável ou
não.

Tester 1: Traction Motor (mostrada MLOP)


¾ Esta tela dá acesso as informações do motor de tração AC:
o consumo de corrente do motor de tração (em amperes)
o voltagem fornecida ao motor de tração (em percentagem da tensão da
bateria)
o freqüência atual do motor de tração (em Hertz)
o temperatura de trabalho do motor de tração (em graus centígrados)

Figura 2.90: Main menu 1 – tester slaves – tela Tester 1 traction.

Tester 2: Motor da bomba (mostrada MLOP)


¾ Esta tela dá acesso as informações do motor da bomba DC:
o consumo de corrente do motor da bomba (em amperes)
o voltagem fornecida ao motor da bomba (em percentagem da tensão da
bateria)

Figura 2.91: Main menu 1 – Tester slaves – Tester 2 Pump screen.

NMHG Technical Training 92


Visão Geral Elétrica

Tester 3: (mostrado da MLOP)


Exibe o status de 24 entradas. A descrição de cada item é descrito abaixo.
Algumas entradas podem ser utilizadas ou não, dependendo das configurações
da empilhadeira.

Ref. Descrição das entradas apresentadas no visor


I1 safety steering
I2 botão de emergência
I3 sensores de corrente no mastro
I4 botão de elevação da cabina
I5 botão de descida da cabina
I6 sensor de presença no corredor
I7 sensor de desaceleraçãosensor
I8 sensor de parada
I9 safety in aisle sensor reset
I10 botão de deslocamento para frente
I11 botão de deslocamento para ré
I12 tração ativa
I13 sensor de sentido da direção
I14 sensor de presença no corredor
I15 frenagem de emergência
I16 livre
I17 livre
I18 livre
I19 livre
I20 livre
I21 livre
I22 livre
I23 livre
I24 livre

Figura 2.92: Main menu 1 – Tester slaves – Tester 3 inputs screen.

NMHG Technical Training 93


Visão Geral Elétrica

Tester 4: (mostrado da MLOP)


Exibe o horário de funcionamento de cada módulo: Tração (TR), Bomba (PU1) e
Direção (EPS)

Figura 2.93: Main menu 1 – Tester slaves – Tester 4 tela de horimetro.

Tester 5: (mostrado da MLOP)


Este menu exibe o status de 24 entradas do Sicos (módulo Dashboard). A lista
desses itens é mostrada e descrita abaixo. Algumas entradas podem ser utilizadas
ou não, dependendo das configurações da empilhadeira.

Ref. Description of the inputs shown on the display


I1 botão de tração a frente
I2 botão de tração a ré
I3 botão de emergência
I4 sensor de reset do encoder da cabine
I5 botão de elevação do garfo (com operador na
cabine)
I6 sensor de presença do operador
I7 botão
I8 sensor de batente da descida do garfo
I9 botão de elevação dos garfos (com operador no
chão)
I10 botão de descida dos garfos (com operador na
cabine)
I11 botão de descida dos garfos (com operador no
chão)
I12 sensor principal
I13 sensor das portas (portões)
I14 sensor de batente de elevação do garfo
I15 sensor de tração a frente
I16 sensor de tração a ré
I17 wg aut/man
I18 pressione o botão para conduzir com uma única

NMHG Technical Training 94


Visão Geral Elétrica

mão
I19 botão de by-pass da elevação
I20 freio de emergência
I21 elevação/abaixamento da cabine ativo
I22 modo de desempenho
I23 livre
I24 livre

Figura 2.94: Main menu 1 – Tester slaves – Tester 5 SICOS inputs screen.

Tester 6: (mostrado da MLOP)


¾ Esta tela exibe o status de diferentes entradas analógicas:
o potenciômetro de realimentação dos garfos (se aplicável),
o potenciômetro de tração,
o potenciômetro elevação / abaixamento da cabine,
o encoder da cabine (ENCODER B) e encoder redundante da cabine
(ENCODER C).

Figura 2.95: Main menu 1 – Tester slaves – Tester 6 analogue inputs screen.

NMHG Technical Training 95


Visão Geral Elétrica

Menu Alarms
Esse menu dá acesso aos últimos 20 alarmes armazenados.

Figura 2.96: Main menu 1 – Alarmes

¾ Para cada alarme o display mostrará:


o O número de vezes que o alarme foi acionado.
o O horimetro de funcionamento do módulo em questão (último horímetro
do alarme).
o O número do módulo em questão.

Numero de identificação dos Modulos:

¾ HLOP: (Módulos separados totalmente AC)


o MODULO 1: SICOS
o MODULO 2: AC2 Drive
o MODULO 5: AC2 Pump
o MODULO 6: Eps AC
o MODULO 9: Mhyrio
o MODULO 11: Fwd antenna (11 /0) Rev antenna (11 /1)

¾ MLOP (controlador Combi)


o Modulo 1 – SICOS
o Modulo 2 – COMBI AC1 Traction
o Modulo 5 – COMBI AC1 PUMP
o Modulo 6 – EPS ACO
o Antennas (WG option)

A seção 'Diagnóstico' do manual serviço dá para cada módulo, primeiro uma breve
descrição de cada alarme e segundo as medidas corretivas necessárias.

NMHG Technical Training 96


Visão Geral Elétrica

Figura 2.97: Main menu 1 – Alarms details screen (MLOP shown)

Por exemplo, o manual de serviço dá as seguintes informações sobre alarme nr 4


'MISMATCH BACKING' relativo ao módulo 1 (Sicos):
¾ Descrição:
Leitura incorreta de pedidos de apoio.
¾ Ação corretiva:
Verifique se o sinal para atuação retorno chega corretamente ao pino 13A no
SICOS. Se os sinais chegam corretamente o problema está com a aquisição de
entradas. Nesse caso, verifique se o módulo está com defeito e se ele precisa ser
substituído.
¾ Limpar Alarmes:
Ao pressionar 'Out' para sair esta pergunta será gerada no menu “clear alarm?”
¾ "ENC" mostrado no display
A empilhadeira é equipada com um codificador de altura e um sensor de reset:
O codificador da cabine (ENC) envia o sinal para o Sicos, que processa e mostra a
altura da cabina em relação ao chão no visor.
O Sicos faz uma comparação entre os sinais do encoder da cabine e redundantee.
Se houver uma diferença superior a 50 mm se gera o alarme " height enc. error " e
ativa a redução da velocidades de elevação / abaixamento da cabimne.
O Encoder é resetado através do abaixamento total da cabine.

NMHG Technical Training 97


Visão Geral Elétrica

Inserindo Senhas

Figura 2.98: Tela para Inserir Senha (vista da MLOP)


¾ Operador: A senha do operador é solicitada somente se a função de senhas
de operador esta ativada. O alarme ' PASSWORD NEEDED (senha necessária)'
será exibido antes de a empilhadeira ser liberada para uso. Assim, o operador
terá que pressionar 'Enter' para chegar 'Main Menu 1', em seguida, selecione "
Insert password” (Inserir senha) para preencher com a sua senha (4 dígitos)
com os números do teclado.
¾ A senha de serviço padrão é 5555

Menus Principais Ocultos 2 & 3


Somente o técnico pode ter acesso a qualquer momento aos menus ocultos
numero 2 e 3 por com sua senha do serviço (a senha de serviço padrão é: 5555)

Menu Principal 2 – Programação do Bloco de Elevação 1, 2 & 3


Os menus do bloco do programa 1, 2 e 3 permitem ao técnico definir diferentes
alturas de elevação em que a função de elevação para automaticamente.
Para levantar o mastro ainda mais será necessário pressionar o botão de override
no Dashboard (item 9, fig. 29). Isso é para evitar que os usuários elevem muito
alto, sem uma ação voluntária.

Figura 2.99: Main menu 2 program bock menus screen (MLOP shown)

NMHG Technical Training 98


Visão Geral Elétrica

Program Block 1 – Main Menu 2:


Definição do nível do primeiro bloco de elevação intermediária (parada).

Procedimento:
¾ Selecione program block 1' no menu principal 2 para acessar a tela de
configuração da fig 50.
¾ O ajuste pode ser feito de duas maneiras diferentes. Ou digitando a altura, em
mm, com o teclado numérico ou levantando a cabine para a altura necessária.
¾ Em ambos os casos, pressione 'Enter' para salvar o valor correto exibido.
¾ A mensagem "memo" indica que o valor foi armazenado.
¾ Girar a a chave de contato para OFF e voltar para ON para salvar as alterações
feitas.
¾ Após o ajuste ser feito, verifique se o bloco de elvação opera corretamente.

Figura 2.100: Main menu 2 – tela de ajuste do program block 1. (mostrada da MLOP)
Nota: se o parâmetro "program block 1" não for usado, defina-o como "program
block 3".

Program Block 2 – Main Menu 2:


Definição do nível do segundo bloco de elevação intermediária (parada).
Procedimento semelhante ao program block 1.:
Nota: se o parâmetro "program block 2" não for usado, defina-o como "program
block 3".

Program Block 3 – Main Menu 2:


Ajuste da altura máxima dos blocos de elevação.
Este bloco (stop) não pode ser sobreposto pelo botão de by-pass de elevação da
cabine.
É definido na produção, mas pode ser necessário re-programar no campo em
alguns casos como:
¾ Se o módulo de SICOS for substituído
¾ Se a aplicação requer a redução da altura máxima de elevação da cabina.

NMHG Technical Training 99


Visão Geral Elétrica

Procedimento:
¾ Selecione program block 3' no menu principal 2 para acessar a tela de
configuração fig 52.
¾ Digite a altura, em mm, com o teclado numérico. Este valor deve corresponder
a altura máxima mencionada na placa de identificação da empilhadeira, menos
100 mm.
¾ Pressione 'Enter' para salvar o valor correto.
¾ A mensagem "memo" indica que o valor foi armazenado.
¾ Girar a a chave de contato para OFF e voltar para ON para salvar as alterações
feitas.
¾ Após o ajuste ser feito, verifique se o bloco de elvação opera corretamente.

Figura 2.101: Main menu 2- tela de ajuste do program block 3. (mostrado da MLOP)

Traction Block – Main Menu 2


Permitir a criação de uma altura de elevação da cabine, onde o deslocamento da
empilhadeira será interrompido. As funções hidráulicas permanecem operacionais.
A cabine precisa ser abaixada para recuperar a função de deslocamento.

Procedimento de ajuste:

¾ Selecione traction block' no menu principal 2 para acessar a tela de


configuração fig 53.
¾ O ajuste pode ser feito de duas maneiras diferentes. Ou digitando a altura, em
mm, com o teclado numérico ou elevando a cabine para a altura desejada.
¾ Em ambos os casos, pressione 'Enter' para salvar o valor correto exibido.
¾ A mensagem "memo" indica que o valor foi armazenado.
¾ Desligue a chave e religue novamente para salvar as alterações feitas.
¾ Após o ajuste ser feito, verificar que se o bloqueio de deslocamento funciona
corretamente.
Como padrão a função do bloco de tração esta configurada como desativada.

NMHG Technical Training 100


Visão Geral Elétrica

Figura 2.102: Main menu 2 – tela de ajuste do program block 3. (mostrada da MLOP)

Para habilitar a função bloco de tração ajustar o parâmetro em: SICOS / config
menu set options / prog. block traction.
0 = não ativa
1 = ativa fora do corredor
2 = ativa no corredor
3 = ativa dentro e fora do corredor

NMHG Technical Training 101


Visão Geral Elétrica

Menu Principal 3
Este terceiro menu é acessível apenas para técnicos. Ela dá acesso ao registro de
senha (serviço ou usuários) para o horímetro por senha de usuário, para os
programas de compensação dos garfos e da cabine e para o programa de
abaixamento do garfo.

Programa de Senha

Figura 2.103: Main menu 3 program password and lifting offsets.

Programa de Senha – Main Menu 3

Este menu permite a configuração maxima de 20 senhas:

Figura 2.104: Main menu 3 – Programa de senha.

Senha de Serviço (S)


Este menu dá acesso a introdução de senha para o técnico. A senha de serviço
padrão pode ser alterado conforme a seguir.
A partir do 'main menu' e ‘program password’ e usando as diferentes teclas de
controle 'Enter’, ‘para cima' e 'para baixo' mova para a linha PASSr 01 como no
exemplo da fig 55:
¾ Digite a nova senha com o teclado numérico e selecione a letra S (serviço).
¾ Pressione 'Enter' para salvar o valor.
¾ A mensagem "memo" indica que o valor foi armazenado.

NMHG Technical Training 102


Visão Geral Elétrica

¾ Desligue a chave e religue novamente para salvar as alterações feitas.

Figura 2.105: Main menu 3 – Program password - Service

Senha do Operador (U)


Este menu permite registrar as senhas de usuário. Mas, como configuração
padrão, a função de senha do operador está desativada. Para ativar a solicitação
de senha o seguinte parâmetro deve ser definido em "ON": SICOS / config menu
set options / password ON.
Usando as diferentes teclas de controle 'Enter’, ‘para cima' e 'para baixo' mova
para a linha PASS01 por exemplo, então:
¾ Digite a senha com o teclado numérico e selecione a letra U (usuário).
¾ Selecione as definições para os modos de Tração (T) e Bomba (P).
Nota: 0 = soft e 3 = hard.
¾ Pressione 'Enter' para salvar o valor.
¾ P mensagem "memo" indica que o valor foi armazenado.
¾ Desligue a chave e religue novamente para salvar as alterações feitas.

Nota: a lista de nomes de usuários e suas senhas relevantes devem ser registrado
em algum lugar.

Figura 2.106: Main menu 3 – Program password – User (operador)

NMHG Technical Training 103


Visão Geral Elétrica

Monitor Read Users– Main Menu 3


Este menu permite que o técnico leia as horas de funcionamento da empilhadeira
quando a senha foi digitada e a chave foi ligada.

Figura 2.107: Main menu 3 – Program password – Read Users (operdores)

O sistema grava as últimas 20 senhas de operadores digitadas no sistema.

1. Senha
2. Horimetro
quando a senha é
inserida

Figura 2.108: Main menu 3 – Program password – Read users-

Program Offset Cbn – Main Menu 3


Ele permite registrar a altura do piso da cabina ao chão. (250 mm
aproximadamente). O módulo SICOS irá adicioná-lo com os números do encoder
da cabine para uma informação mais precisa do nível de elevação.

Figura 2.109: Main menu 3 – Program offset CBN (cabine)

NMHG Technical Training 104


Visão Geral Elétrica

Uma vez que o valor de ajuste é medido, digite-o com o teclado na tela e:
¾ Pressione 'Enter "para salvar o valor.
¾ A mensagem "memo" indica que o valor foi armazenado.
¾ Desligue a chave e religue novamente para salvar as alterações feitas.

Figura 2.110: Main menu 3 – Program offset CBN- Adjustment

Program Low Fork – Main Menu 3


Com somente o potenciômetro de realimentação do garfo. Este parâmetro refere-
se ao bloco de garfos, durante a descida, quando os botões SW33 - SW34 estão
habilitados (botão de descida do garfo com o operador no chão).
É a definição da distância do chão do bloco de descida do garfo.
É necessário realizar este procedimento em caso de substituição do módulo
SICOS.
Se a descida do garfo é controlada por meio do botão SW31 (controle traseiros), o
bloco de garfo é ignorado.

Pre-Height Selector (Pré selecionador de altura)


Este recurso permite que ao operador para empilhar ou para pegar o material de
um rack no modo semiautomático. Até 20 alturas diferentes podem ser
registradas. A desaceleração durante elevação/abaixamento e parada quando
atingido os níveis são automáticos.
Por padrão, a função de pré-seleção de altura está desativada. Para ativá-la, o
seguinte parâmetro deve ser definido para ON: SICOS / config menu set options /
pre-height selector ON

Ajuste do Nível
Digitar o número de prateleira selecionado no teclado. (Aqui 01)

NMHG Technical Training 105


Visão Geral Elétrica

Figura 2.111: Ajuste dos níveis de pré-seleção de altura


Use o controle elevação/abaixamento da cabine para alinhar os garfos com o nível
selecionado para pegar ou empilhar.
Em seguida, pressione "Enter" para confirmar a seleção. A mensagem "memo"
indica que o nível foi armazenado.
Repita esta sequência para armazenar outros níveis (02, 03, 04 ....)
Desligue a chave e religue novamente para efetivar as alterações.

Utilização do pré-selecionador de altura


Selecione o numero do nível com o teclado (aqui 01). O pré-selecionador de altura
está habilitado. O ícone mostrado à direita indica se a cabine tem de elevar ou
abaixar para chegar a este nível.

1. Nr do nível
2. Level height
value
3. Cab current
height

Figura 2.112: Tela usada para pré-selecionador de altura

Elevação da cabine
O movimento de elevação pára automaticamente quando o nível seleccionado é
alcançado.
A desaceleração antes do bloco de elevação acontecer pode ser definido com o
seguinte parâmetro: SICOS / main menu parameter change / pre-h. lift ctb

Esta desaceleração irá começar a uma certa distância do nível do alvo na fase de
elevação que pode ser definido com: SICOS / main menu parameter change / pre-
h. lift ctb

NMHG Technical Training 106


Visão Geral Elétrica

Abaixamento da cabine
O movimento de descida irá parar automaticamente quando o nível selecionado é
atingido.
A desaceleração antes do bloco descida ser atingido pode ser definida com o
seguinte parâmetro:
SICOS / main menu parameter change / pre-h. low ctb

Esta desaceleração começará a uma certa distância do nível alvo na fase de


decida, que pode ser definida com o seguinte parâmetro:
SICOS / main menu parameter change / pre-h. ctb low d

Figura 2.113 Fig. 114: Pre-selector levels lifting and lowering d: eceleration settings

NMHG Technical Training 107


Visão Geral Elétrica

Configuração da empilhadeira com o HandSet/ PC


Agora vem as configurações da empilhadeira que requerem o handset ou um PC
com o software Zapi.
Essas configurações são descritas em diferentes memorandos e manuais de
serviço. Este capítulo dará uma visão geral deles.

Velocidade de Tração para FWD/REV fora do corredor


Fora do corredor a empilhadeira está programada para uma velocidade máxima
de deslocamento (relacionado com a escolha do modo de tração)
A velocidade reduzida (cutback speed 1ou cutback speed 2) para alturas
diferentes podem ser programadas fora do corredor, definindo o seguinte
parâmetro:
SICOS / config menu set options / speed control:
0: maximum speed
1: cutback speed 2 (4 km/h)
2: cutback speed 1 (2.5km/h)

Figura 2.114: Função de redução de velocidade de deslocamento em função da altura da cabina

NMHG Technical Training 108


Visão Geral Elétrica

¾ Desaceleração com ângulo da direção


Velocidade máxima de tração é reduzida proporcionalmente com o aumento do
ângulo da direção.
Zona de 0° a 10,8° é a zona morta, sem redução de velocidade.
Acima de 10,8° a desaceleração começa e reduz a velocidade para 44% com a
roda virado a 90°.
¾ Definição de zona morta da direção:
AC1 TRACTION / main menu parameter change / steer dead angle
¾ Definição da desaceleração máxima com ângulo da direção a 90°:
AC1 TRACTION / main menu parameter change / curve cutback

1. Velocidade máxima
2. Angulo da direção entre 0° e 10.8° (zona morta ajustável) velocidade máxima
3. Angulo da direção de 10.8° a 90° desaceleração proporcional conforme o angula da direção
aumenta.
4. Angulo da direção a 90° ocrre a maxima redução de velocidade; pode ser ajustado com o
parametro “curve cutback”
Figura 2.115: Redução de velocidae com o angulo da direção
¾ Função de Apoio (Backing)
A função de "apoio" está ativa quando a borboleta tração esta na posição de
repouso e uma dos botões das funções de apoio é pressionado (1 FWD e REV 1
de cada lado).

Figura 2.116: interruptores de controles de apoio

NMHG Technical Training 109


Visão Geral Elétrica

¾ O operador está no chão (sensor de presença do homem não está ativo), a


auto centralização da direção acontece antes da liberação da movimentação
para a frente ou para trás.
¾ A empilhadeira para quando o botão for liberado ou o tempo de "apoio" acabar.
¾ O operador na empilhadeira (sensor de presença homem ativo), a auto
centralização acontece primeiro (borboleta do acelerador em repouso). A
velocidade da empilhadeira e a duração do tempo de "apoio" podem ser
definidas com o handset.
¾ Ajuste da duração do tempo "apoio"

SICOS / main menu parameter change / backing time f 0: 2.4 seconds


1: 2.9 seconds
2: 4.1 seconds
3: 5.1 seconds
..................
9: unlimited duration

¾ Ajuste da velocidade da empilhadeira na função de “apoio”:


SICOS / main menu parameter change /backing speed f 0: 3%
..................
9: 39%

¾ Frenagem

A empilhadeira é equipada com quatro sistemas de frenagem e realiza cada


frenagem de forma diferente.
¾ frenagem por desaceleração.
¾ frenagem por inversão de direção.
¾ frenagem de emergência.
¾ freio de estacionamento

NMHG Technical Training 110


Visão Geral Elétrica

Figura 2.117: Forward/Reverse control (Left) and emergency braking (Right) joy sticks

o Frenagem por desaceleração:


AC1 TRACTION / main menu parameter change / release braking
o Frenagem por reversão:
AC1 TRACTION / main menu parameter change / invers. braking
o Frenagem de Emergência:
Rampa de desaceleração quando o freio de emrgencia no Joystick é acionado.
AC1 TRACTION / main menu parameter change / pedal braking
o Redução da velocidade de frenagem: a velocidade Cutback 1, 2 ou 3 provoca
desaceleração gradual da empilhadeira durante o processo de frenagem.
AC1 TRACTION / main menu parameter change / speed limit brk..

NMHG Technical Training 111


Visão Geral Elétrica

Elevação/Descida da cabine
A velocidade de elevação e descida da cabine pode ser definida no menu de
mudança de parâmetro do módulo SICOS.
o Velocidade máxima de elevação da cabine
SICOS / main menu parameter change / cabin speed lift
o Velocidade máxima de descida da cabine
SICOS / main menu parameter change / cabin speed low
o Rampa de aceleração / desaceleração
Este recurso define o comportamento da cabine, quando o movimento começa ou
para seguindo o movimento de atuação do joystick.
A duração (rampa) da abertura e fechamento da válvula solenoide proporcional
relevante (EVP), definindo:
SICOS / main menu parameter change / evp acc cabin
SICOS / main menu parameter change / evp dec cabin
o Configuração da rampa de aceleração da elevação/abaixamento da cabine:
SICOS / main menu parameter change / pump acc. cabin
o Duração da parada quando o joystick (J1) de elevação/abaixamento é liberado,
definindo:
SICOS / main menu parameter change / pump dec. cabin

Figura 2.118: Velocidade de elevação da cabine, aceleração e desaceleração.

NMHG Technical Training 112


Visão Geral Elétrica

Figura 2.119: Velocidade de abaixamento da cabine, aceleração e desaceleração.

¾ A velocidade de elevação diminui na a altura total ou no bloco intermediário.


Velocidade de elevação da cabine começa a desaceleração 200 milímetros antes
da altura máxima ou de um bloco de elevação intermediária.
Essa desaceleração não pode ser definida com o programador.
¾ A velocidade de descida diminui no bloco intermediário ou nível do solo.
A velocidade de descida da cabine começa a desacelerar antes de chegar ao
bloco intermediário.
¾ Distância do bloco intermediário, onde a velocidade de descida começa a
diminuir.
SICOS / config menu adjustment / h block low cabin
¾ Definição da velocidade de desaceleraçãof
SICOS / menu de configuração de ajuste / amortecimento de táxi
¾ Definição de distância de desaceleração
SICOS / config menu adjustment / low ctb cab h
¾ Nível do solo:
Para ter estes recursos referentes ao nível do solo, o bloco intermediário de
descida deve estar desativado. Então a desaceleração e a distância do bloco
intermediário, onde a velocidade começa a diminuir será referente ao batente de
abaixamento.
Configuração da desabilitação do bloco intermediário de descida da cabine:
SICOS / config menu set options / stop lower cab f OFF

NMHG Technical Training 113


Visão Geral Elétrica

Figura 2.120: Elevação da cabine e bloco intermediario

¾ Elevação/abaixamento dos garfos

o Velocidade máxima de elevação garfo:


SICOS / main menu parameter change / speed forks up
o Velocidade máxima de descida do garfo:
SICOS / main menu parameter change / speed forks down
o Rampa de aceleração de elevação do garfo:
SICOS / main menu parameter change / pump acc. forks
o Definição do botão de controle da rampa de desaceleração
SICOS / main menu parameter change / pump dec. del. forks
Ao baixar, não há rampas de aceleração/desaceleração.
Nenhuma velocidades de desaceleração de elevação e descida dos garfos antes
de atingir o seu máximo superior e o curso inferior.

NMHG Technical Training 114


Visão Geral Elétrica

Figura 2.121: Elevação dos garfos e interruptor de controle da liberação

Figura 2.122: Abaixamento dos garfos e interruptor de controle da liberação

NMHG Technical Training 115


Visão Geral Elétrica

Configuração padrão dos parâmetros do módulo


As configurações de fábrica foram projetadas para terem o melhor compromisso
entre desempenho e desgaste de peças e quebras e capaz de corresponder a
maioria das aplicações.
No entanto performances podem ser personalizadas para atender às
necessidades específicas do cliente, mas nenhum parâmetro deve ser alterado se
isso coloca em risco a segurança da empilhadeira.
Antes da definição de qualquer parâmetro os modos de operação de elevação e
tração devem ser definido como STD.

Solução de problemas

Veja no Apêndice Tester & Alarms informação conveniente para:

Testar a empilhadeira: Todos os testes que podem ser realizados em cada módulo
são listados com comentários. O técnico pode processar testes completos usando
apenas um aparelho.

Confira os alarmes: Todos os alarmes disponíveis para os diferentes módulos


estão listados lá com uma breve explicação.
Para mais detalhes, consulte a seção SRM diagnóstico, onde uma uma

Circunstancias de redução de velocidade


¾ Velocidade Cutback com bateria descarregada: Quando a bateria atinge 20%
da carga a corrente da tração é reduzida pela metade, de modo que a
empilhadeira fica mais lenta. A bateria deve ser recarregada a pelo menos 40%
para remover a indicação de bateria fraca no visor do painel.
Desativando a velocidade de Cutback quando a bateria está com muito baixas
necessidades, para desativar as funções de verificação da bateria (em dois
módulos AC2T e Sicos na HLOP) não é seguro para a vida da bateria.
o AC2 DRIVE/config menu set options/battery check OFF
o SICOS/config menu set options/battery check OFF
¾ A função velocidade Cutback de altura de elevação fora do corredor: já foi
mencionada acima.
¾ A velocidade Cutback virando nas curvas já foi mencionada acima
¾ A velocidade Cutback no corredor, é função de altura de elevação.

NMHG Technical Training 116


Visão Geral Elétrica

Figura 2.123: Velocidade de Cutback com a altura de elevação

¾ Configuração da empilhadeira:
Ativando os sensores de carga: SICOS/set options/load cell ON
Desativar o peso da carga relacionados com a velocidade de cutback: SICOS/set
options/ctb aisle wgt OFF.
Nesse caso, a velocidade máxima da unidade é reduzida quando a altura do garfo
é > 2,5 m, independentemente do peso da carga.
Quando isto ocorre, a velocidade reduz, na proporção da altura dos garfos, até 4,0
metros. A partir desta altura até o fim de curso de elevação, a velocidade máxima
de cutback esta ativa (cutback speed 1).
A altura dos garfos onde a velocidade de corte começa pode ser definido através
do console.
SICOS/config. menu adjustments/aisle ctb 1 low
Para definir a altura do garfo em que a velocidade máxima corte começa (cutback
speed 1), selecione:
SICOS/config. menu/menu adjustments/aisle ctb 1 high
Se o sensor de altura garfo não estiver presente, os garfos são considerados na
altura do piso do operador + 800 mm.
Estas definições aplicam-se tanto para o deslocamento a frente e como ré.
¾ A velocidade Cutback para a função "apoio": já foi descrita acima
¾ Para o deslocamento de Frente/Ré com redução de velocidade de fim de
corredor e parada veja o capítulo WG.

NMHG Technical Training 117


Visão Geral Elétrica

Circunstâncias em que o deslocamento da empilhadeira está


bloqueado:

Figura 2.124: Truck travel locking

¾ Quando o capo do compartimento do controlador/motor esta aberto e o


sensor de capô não está ativo.
¾ Quando o sensor de rede aérea esta ativo. Se a empilhadeira dispõe desta
opção, ela deve ser ativada via: SICOS/config menu set option/over head
ON
¾ Quando a altura da cabina atinge a configuração de tração: já acima
mencionado
• " MAIN MENU 2 / program block TRACTION",

NMHG Technical Training 118


Visão Geral Elétrica

Esquema Elétrico M.L.O.P.

Figura 2.125: Esquema Elétrico 1

NMHG Technical Training 119


Visão Geral Elétrica

Figura 2.126: Esquema Elétrico 2

NMHG Technical Training 120


Visão Geral Elétrica

Figura 2.127: Esquema Elétrico 3

NMHG Technical Training 121


Visão Geral Elétrica

Esquema Elétrico H.L.O.P.

Figura 2.128: Chicote de potencia HLOP

NMHG Technical Training 122


Visão Geral Elétrica

Figura 2.129: HLOP Controle 1

NMHG Technical Training 123


Visão Geral Elétrica

Figura 2.130: HLOP Controle 2

NMHG Technical Training 124


Visão Geral Elétrica

Figura 2.131: HLOP Controle 3

NMHG Technical Training 125


Visão Geral Elétrica

Figura 2.132: HLOP Controle 4

NMHG Technical Training 126


Visão Geral Elétrica

Figura 2.133: HLOP Controle 5

NMHG Technical Training 127


Visão Geral Elétrica

Figura 2.134: HLOP Controle 6

NMHG Technical Training 128


Visão Geral Elétrica

Figura 2.135: HLOP Controle 7

NMHG Technical Training 129


Visão Geral Elétrica

NMHG Technical Training 130


Visão Geral Elétrica

Resumo

Î Resumo do Modulo— Este módulo forneceu uma familiarização geral


desta gama de empilhadeiras.

Î Objetivos de Aprendizagem — Agora que este módulo está completo


você deve ser capaz de fazer o seguinte:
• Discutir os diferentes arranjos do compartimento do operador
• Entender como operar a empilhadeira
• Explicar como navegar usando o SICOS
• Identificar os componentes principais do mastro e do acessório
• Discutir os procedimentos de segurança relacionados com a
operação da empilhadeira

NMHG Technical Training 131


©NMHG • 2012
NMHG • Av das Nações Unidas 22777 • São Paulo, SP • 04795-100