Você está na página 1de 80

ii{l ,, * il

D D
§

í!
OV
2a1a
D \
D
Momentos d.e T1artilha

34
Receitas
PRESENTES
ORIGINAIS
ParaJà2,:r ent cut;rL
aol ntuito lmt)r
e sabor!

& ^rla,
r cp^
,êL coLEÇÃo
= (-, ,^ '/ô JOSEAV!LLEZ
Descubra as ieceltas
=
c.RE TE J.;; que o ClteJ'e cr;ioú para si.
bimby ,.o16. nordDtr,í 2018, EDITORIAL

& 4e zefete "n*n"6ta c«zy* Znnt eaZtuÁas,


pz"e"U 4 U^t 1. zzzertz"e #@
c u-tfo e a at
"a e n,or{.a ',ra'í6./ Ueh.la c,oiutol(n e
qe5alt4a,
?ar"n"4 a Fat u..t, Lt .L ,,,zs .lzt dc ç,Í"2.

ETEMPO DE SERVIR
CONFORTO A MESA
Ana Catarina Passos
Ed,itora Nooembro é como um relho amigo. Deq[eles com quem rão fazemos

momenlosdepartilha@vorweÍk.pl cerimónias. Sem precisar de aúso préüo, entra e senta-se para jân-
tar connosco. E nós recebemo lo com a simplicidade dos dias normais
Sigâ @bimbypoÉugál e uma mesa cheia de conforto. Â nosse êdição é assim. Um enorme
ÍJr@oB abra4o â quem chegâ â casa depois do irsbâlho, aos amigos que aparê-
cem sem aüsar, ao Natal quejá está com um pezinho dentro de nós e,
clarq a umâ das melhores coisas da época: as castanhas!

Em destâque temos üm tema dedicado aos Pr€sentee de Na.tal, para


que comece já a prepâr pequenas lembranças para oferccer; Pruros
reffir{ortantes com geslões para combâtfl o fÍio, saciar a fome e
econchegax a alma; os nossos superalirnentos q.re nos traz um ver-

E
§uruúmnds dadefuo elogio à casiarha, e Cazinha saudâ eI com uma sopa, uma
salada

Jose An
e r]m prato a vapor,

k é taÍÍ,JDéÍ\ úm convidado múto €special da nossa edição:


apresentamoslhe duâs das rcceitas que fazem parte da nolia coleção
disponível no Cookidooó com as sugestões do Chefe adaptadâs à Bimb)ro.
Por fiIrl não per.ca o nosso Iioreiro que desta i€z üos leva a Beja.

Qüe noüembro seja uma delíaía!


a Ed,g{i

VORWERK
\\1
C,

k)
COM PRATOS di
nEcoNFoRrÀNrEs N

1
cooKtDoo@ I .i
,)
EXPLoRE I
AS SUGESTOES I
DE RECEITAS I
OUE TRAZEM I

-
coNFoRr_o I ,JI
AS REFE!çOES I
Do DrA-A-D!A.
I

@
-x íli r'l
í i; t.'

os Nossos
SUPERALIMENTOS
â castanha é um verdadeiro
ROTEIRO iesouro do ponto de Íistâ
nutricionar. Sâiba mais sobre este
superatimento e use e abuse das
"câstânÀ⧠quentê§ e boas".
I

1a
Com um cunicnlo noiár.el,,l.uno Rodri.ques a!s:imrii
.e.entemcntc â chofia do reslaura.te Ôkah e do ba, :
irz?rge zazahcoodvies'. cm Sântos, Lisbl)à. D.i5 e:raÚs
...i, ,. n".q.--
úr4r." &. ucet*nç
\o prin)eiro. llruno oferece gastronomia sofist i.âdê
.orn un loque asiáilco, eio seguldotâlas e peiis.os

fl 30 Crême de ôastênhâ ê ôârll


47 Sopâ de cebola grãrinâdâ
52 Sopa de couve.ílor e a ho âssados
35 Sopa de egumes com tr go sarraceno

20 Bacalhau grarinado .om couv€

14 Pescada com creme de a ho Írancês e cogume os

48 BoeuÍ bourguignon
55 Bonego mediterên co
t4 Frango grat nêdo com ceno!.a e ombarda
53 Lasanha de irango com pesro
51 Massê grêti.ada com côuve dê bruxehs ê bâôón
2t Noodlês com êrv lhâs e chô!riqô
62 Pelto de frânoô com câr l
36 Peltos de frêngô reôhêrdôs ôôn equmês e bã1â1as

33 Estuiado dê lêôl lhâs ê câslanhâ.


44 Gelelâ de álhô e ffâlásuêtá :
39 IúostêÍdâ de cerveja € mel ,
WORKSHOPS 31 Rolô de batata-doc€ ê castanha ,
34 Sâlâdâ mo.na de qu noa e coLVe.de-br!xe as i
Gook iÉ 19 Tárte dê cosume os e alhoJrancês .

LOLOS n SOERri\r riS.\S


45 Bo achas dê a €cr m € queilo
23 Bô â.has dê coco
41 Bô achas de geng bre com creme de chocolate

22 Bo o de cenoura e laranja com cobenuÉ dê ôhocolale


63 Bolo de chocolate e banana com côulis dê môrânsô
60 Bolo de c!puaç! com calda de abacêxi
42 Bombons recheados
15 Ca.acóis de laranl. e chocolate
56 Pud m de brioche e chocolare

15 Choco ate branco quêô1e

L€qenda:d Âêceha veÍde


I EÃ-
rl

u WINÉ'íEST

r junto à 6nt ada pr.. !. "P..rivanos.le


máisesna..o paÍa ... r. mn rú.'dade
os muilo:i rrtur!ã.1.r.:3 r)!r). r. !d. untar
Casa Emelihdá Fteitas paÍadêsrrutar.nr. L, rÍr. i,r.:r irf Íma o
org.nraa.r ! 1rj al.r. n. r.r., !. a daia
OUASE NO s. p.r. Ío!. na:i d.:00
nLr 40 n o.l,rr.Fi.!fr. v a.J.n n.a
INVERNO? 7rcrc§o,o1.ocor,,o" ""o
Com a chegêda dô ÍÍ ô ê
êprôrimaÇão da
a
ópoca íesr va, aúmêntâ a comp exidade e
ntensdadê dos prêtos Nê mesma medda,
vinhos t.tôs mê s ntê.sôs e comp exos, @
ass m comó brân.os da mesma lnha, seÍáo MANTEIGAS
semp.e, cômô.hamêmos, v nhos de werno

I Mas nem tudôô qúê é regra se aplca, e.omo


temos constatêdô nôs Ú tmos anos a a iera!ão
c mátlca €m àcontecido emtodasas épocas
FESTIVAL
DE OUTONO
FESTA DO
CASTANHEIRO
Ass m, ôâda me hor do que propormos pêÍâ GasÍonomla, show.oo(iigs, an mação, a 35'.Cçáo da Fesla d. CaslanheÍc
esre mês de novembro p.atos complexose concerios e cam nhadas são as alivdâdês F. r. dã Cãst:.liê ês1á Lle rÊgrês:ô.ôri
1.1ê.sôs, ê pedÍos mesmos vnhos, ô! pÍêlos por que podem esperâr os v s tantes nú t. v..ô Ê.:siânhês,.ôm maoústos
mâis evêse modernoscom vnhosêô mêsmô do Festivalde Outono. Esta ln.êrvà, Êni rôdâa v : Expos!á.elenda de
ôivÊ â êcômpanhal Continuan]os a te. ô promovida pela cámara Múô.ipa de !rtê:â.a1ô e prôdúi.s reit c.a s an nraÇao
pro ôngámento do veÍão a nive gasÍonómcô Mantegas, G!êÍda, decoÍe d!ra.tê CÉ r.a ê !êrôs e3petê.u os mLS.a s serao

ê êôôlógico pois cadavezdamos úàis três dias na Praça do Mún.ipiô. .!Í.3 pôni.s:.rrê3 do eve Í.
mpôrtân.a náo só ao que comemos ê àôqúê
bêbêmos, mas também ao eqll íbÍ ô êntre ês
qúê ldades gâstronóm ca e eôo óg cê. CASTELO BRANCO

Bâca hâú graunado.om couvê, pá9.20 FEIRA


Vinha da Valentina Brânôô
Noodes com etulhas e chôlriço, pá9.27
NACIONAL
DO MEL
Sahda moÍia de q! noa pÍmordia importéôôiê pâÍa
Este evento de
e couve dÊ bruxe as, pág 34
todos os nterven entes do se1or aplcôê
Vinha do Fosário Branco Ligeirô
seÉ este ano êspêcâlmênte dêd ôêdo
BôeuÍ bolrgu gnon, pég.4a
aos produtôs de qúa idêde. A'17á êd Çáo
Totrão neserva Tinrô
dêrá destàqúêàs nove Denomnaçóes de
Qrqem P.otêg da do me nacona e ao mel

! T u@ffi@E
ERVIDEL

- i1: VINECULTURA
&
IE No últ moÍ m de sehênê de nôvêmbro vaipoder descobr r o néctar dês êdegas dâ
alde a, que abrem as suas portês parê dêÍa co.heceÍo vinho pÍodlzido eh Ervde,
em Alustre. Esie vi.hô, ôôn.êbdo dê io.ma artesanal, em ta ha de bêío, é m!itô
conhecdo na Íêgiáo e Íê.ôme.dado pelos apreciadoÍes. Descubrê-o no La.gô da
L berdade, onde podeÉ tânbém encônÍerariesênato, doçaÍia, azeile e enchidos,
entre ouÍos produtos.
NoTlclas BlMAY! n.r.rrlr.

rl JA CHEIRAA NATAL
Nos woRKSHoPS Cook
www.cookitby.bimby.pt
limuy

\ WORKSHOP DE NATAL I
A CONVERSA COM
JUSTA NOBRE ENTRE
cAça o BACALHAU
DêTrá§-os-Mont63, lÍouxe a alma e o vai pÍepaíaí com a aiuda da CheÍe. Vai r4
1il
sabor da cozinhâ Íadiciona I portuguesa
e reinventou-á, mantendo-se sêmpíê
íiel às suas íaÍzes Venha conhecêÍ dê
perto a CheÍe Justa Nobre e coznhaÍ
têí oportundade de aprender novas
recetas, muilos Ílques de cozinha e
colocar dúvldas à CheÍe. Tudo numam
blente lnÍorma e de convivo ênÍe par
tJ
,'l

um menu de Nâtal ingsquec lve . O te.nê


é caça e bacalhâu' e as TeceÍas sáo
de comer e chorar por ma sr Bro nhas
ticipantes, que culm na na dêgustâção
*\ il
de batata doce e inguÇa; Perdz com É á no dia I dê d.z.mbro na Loia ''{' Á
molho de vilãot Cuscos Íânsmontanos Bimbyo dos Olivsis
com bêcalhâu ê camaíáo e Fondárl de Beserve iá o seLr lusâí êín wwwlicke-
castanha, são algumas das iguaÍiasque tline.sapo.pt

NATAL
Neste workshop varnos ênsnáÊhe tldo o
que precisa de sabeí parâ píêpâraÍ o seu Na
tal desde a entrada, passando pelo prato prin
cipa € sobremesa, até ao Íâd cional bolo rei
ê aindê a gumas deias de presentes parâ esta

Cook VALE OFERTA


N@emhrc:2s,24 | oe2.mbro: 8 . 15

O PRESENTE DE NATAL
UMA CEIA DE NAÍALVEGETABIANA
OUE LHE FALTAVA
Unra experiência enÍiquêcedora, divertida 6
Receitas alternatvas, sem carne fem peixe,
q!ê vêl de xar boas rnemóras. Os va ês oÍerta
paÍa um Nêtêl dêicloso e completanrente ve
pêra Workshops Cook t by Bimby@ permitem-
getariano: Ro o de seitan recheêdo; Abóbora dê
-lhe cornprar o pÍesênte êrn quaquêr momen-
Nata, Tofu com ÍÍutos secos e batêta-doce...
to, deircndo Lberdade para quê o presênteado
e Ínuiio mais receitôs, dicas e sugestóes paÍa
êscolha o tema, o loca e a data qLrê mâs he
píepaÍara sua Íesta dê Natalvegetar ana.
agrada e he convém.
Novmbre:22 | Dêzembro: 6
Cadá V.lê Orênr têm a vâlidadê dê 6 m6êi

Consultê o c.lsndárlo .m:

>>TICK€TLINE
n!r.,rbr. NorÍcÁs BrMsY'

fl D
D lt
Monxentos iJe partilha
D
§r?
11- '
'

!/

i1*i}

STA BIMBY@
-tt OrS a,
Quem lê a nossa revista tem uma pa avra a dizer e gostávamos muito
de conhecer melhor os nossos leitores e descobrir as suas sugestóes.
PaÍticipê no nosso questionário e receba um presentê de agradêcimento
a sua oPrNrÃo É rvponmxre
PARA NOS! EíP.TIT'IE

http://bit.lylquêstionariorevistabimby20l I ffiffi
i'ít{
Elr,F_
ilOTlâAS B|MBY, naú?màro

SHOllt,COO l(Il.l G

I
g NOUEI,IBRO
til T0Dls [s L0Jls BlllBY'

$Í,,9l'í[frqf{f,qf
:'i,'íil,i'i,i,l#
T i,9,',T ilii,,,

Começâmos apensar em pÍesentes para oÍeÍeceÍ


SHOWCOOKING DE mar os dtês dê íêsra para receber a familia €
roÍrlâ desconra
e a pÍogÍê,
os amigos, de uma

NATAL BIM BY@


dê e diverlioa para aiudar nesta preparaçao,
Eoúroa Bimbvo prepêrou urr shol oo&rq êspec.â
-
tas idêiâs. ,n.oraÇoes e surpÍesds pa,a eía quadrà.
a
c oÍr m I -

NOVEMBRO É teupo or nas nossas lojas no próximodia 9. Contamos


consigo!
V,s1€-nos

INIC]AR OS PREPARATIVOS Como os lugâÍes sêo Umirados, e obÍigatório


inscreveFse
p'eúàTenterunro do seu Agentê Bimbv@
PARA O NATAL. oL a,,aves do rosso
5eru(o de Apo o âo Crerre - númêro vêÍde 8OO í)O
202.
noüemà7ó NOÍCIAS SIMBYú

PLANO COOKIDOO@

O CHEFE
J9SE AVTLTEZ
JA CHEGOU AO
cooKIDoo@...
E TRAZ-NOS RECEITAS
SURPREENDENTES
Descubrâ â últiÍra novdêde do Portal de Receltas Cookldoo@
-uma colêçáo de 1l Íeceitas criatlvas e cheias de sabor de uma
das grandês referências da nossê cozinha.
Convide os seus anr gos paÍa jêntêr e surpreenda os com uma
refe ção nesq uêcível. Sa ba rna s sobre a nova co eÇão de Re-
ceitas na páginê 6I e não deixe de exper menta r as duas suges-
tôês do CheÍe que pa(ilhamos nesta ediÇão

ffi
Dispo.ívêl no Plano Cookidooó
Por36€/anô tenha acesso a m lhaÍes de Íecôiras Rêqisrê se e usuírua de 30 dias graluilos
BIMBY'ONLINE ndúrmÜro

rl
BIMBY@
ONTINE
Bimby@ Portugal
A EOUIPA DE RECEITAS BIMBY@
ForAo GHEFS ON FIRE
Foi no passado dia 23 de setêmbro que decorrêu o prlmeiro festlva de música
e comida ao vivo. O pequeno-grande detalhe destâ festa Íoi a enorme fogueira
(f/re pli de 90 metros quadrados que lentamente cozinhou muitas das iguarias aqui
servidas. Com um grande Íoco na responsabilidade ambiental e social, êste evento
Íoi 100% livre dê p ástico e parte do va or dos bi hêtes reverteu para os bombeiros.
Contou com a presença de sete chefes
nacionais de renome - Ljubomir
Stânisic, lViguel Rocha Viêirâ, Joáo
Rodrigues, António Galapito, Vasco
Coelho Santos, Pedro Lemos e Manuel
Maldonado - e, claro, com a equipa
Bimbyo Porrugal.

Delicie-se com alguns dos prátos


cozinhâdos neste dia. PoÍ aqui iá
estamos a ansiar pelâ pÍóx;mã ediçáo

@ instasram.com/bimhyportusôl
nouzmàro BIMBY! ONLINÉ

Sigia-nos!

Bimby6 Portugal

ALBUNS BIMBY@ NO PINTEREST


Temos novos álbuns no Pinterest: N/lenus Cookldoo'ir com ma s de 100 de as
para preparar a sua semana e Receitas Vegetar anas, cr ativas e che as de sabor

MENUS cOOKIDOO + DE 100 IDEIAS RECEITAS VEGETARIANAS

@ q *,'*
c
Menus Cookidoo + de 1OO ideF : Receitas vegetarianas
as
MI iͧ\

g
hmênâg*r. pbdução
PâE n.,.
{á'

H€I
pd
.rJ*.G& Lsl
PáÍ. daÍas boas-vindasà pÍim...
ô ,.! ã. - gt.rl (.,i.iii:
1a Sêcções 231 pins 26 pins
Rêunimos os menus Cookidoonjá pub icados nesta revisla Receitas vegetêrianês, práticâs para o dia-a-dia ou mais
num álbum cheio de boas inspiraçóes. Festas, jantares elaboradas para as ocaslôes especials.
. or ênigos. -e.eitds oêÍê o did a did. -eíei!o"s pa-a -r"
iamí ia de quatro pessoas... e multos outros temâs.

Siqá @bimbyportügal

elnoE
BECEITÁS DA COMUNIDADE ,.@nrlo

a rol(i

Fran§o gfati,nado Pescad,a com creme


com cenoura, e lombarda de alho-francês e coplumelos
Ô e.bv. z. roEr 50 mii dô$s trà.i óBhúy Í.i rd, r ú. ê4dors !rí
td Doss "
Enors.: ?3ás k 6a4
-2
ka /pror.:3i s/u d. c,b. 2e s/Gôd. € sfibÍa:5 orcôrê* tu2ms Uô -_ .. r.,-.
INGR]]DIEN'I'TS INGREDIDN'IES
80 s quejo mozare a 50 g águâ 400 g lombos de pescadê
% c. chá dê sal, mais q.b. 1 c. chá de sal, mais q.b. p/ lernperar
120 g cebola cortada em

% lirnão, só o sumo
80 g broa de rnilho coÍtada em pedaços
50 g azeile 209 manteigê
CaÍil êm pó q.b.
95 g cenoura 40 g fârinha
10 g coêntros
100 g couve-lombarda 400 g leite
cortâda enr juliánâ 275 g alho"francês cortado êm pedaÇos
60 g frângo cozido desfiado 40 g cogumê os Portobello frescos
50 g vinho branco
30 g ieite
PRDPÀRÂçÃo
1. Coloque no copo o queijo e rale 5 seg/vel7. Retire
PREPAR-{çÃo
2. Coloque no copo a cebola, o alho e o azeite, 1. Pre-aqueça o forno ê 180'C. Disponha num tabuleiro
pique 5 seg/vel5 e refogue 5 min/120'Clvêl 1 os lombos dê pescada, tempere com o sal, 1 pitada
lTNil3l 5 min/Varomá/vel 1). de pimenia e o sumo de llmão. ReseÍve.
3. Adiclone a cenoura e pique 10 seg/vel 5. 2. Coloquê no copo a broa, 1 pitêda de caril, e 5 g
4. Adicione â couvê'lombarda, o frango, o vinho, a águâ, de coentros e tÍiture 15 seg/vel9. Retire e reserve.
o sa, 1 pitada de pimenta ê 1 pitada de noz'rnoscada 3. Coloque no copo o alho-francês, os cogumelos
e coza 10 minl120'C/vel 1 (IM31: '10 min/Varoma/vel 1). e 5 g de coentros ê plque 5 seg/vel 5.
Retire parê um pirex e reserve.
4. Adlcjonê 1 fio de azeite, I pitada de caril, 1 pitada de
5. Pré-aqueça o forno a 250"C. sa e 1 piiada de pimenta e cozinhe 10 min/1oo"C/vel 1.
6. No copo lirnpo coloque a manteiga e derreta
5. Adlcionê o leite e bêta 1 min/vel5-7, aumentando
3 min/loo'C/vel 1.
progrêssivamente a velocidade. Deite sobre os lombos
7. Adicionê a fârinha ê cozinhe 3 min/1oo"C/vel 1. de pescâdâ, polvilhê corn a broa reservada e leve ao
8. Adicione o leite, 1 pitada de sal, 1 pitada de pimenta forno a 180'C ceÍcâ de 30 rninutos. Sirva com arroz
e 1 pjtadâ de noz-moscadâ, envolva bem com a ajuda da
espátula e cozinhe 6 min/go'C/vel4. Deite sobre o Írango,
polvilhê com o quêijo ralado e leve ao JoÍno a 250"C cerca
Ao bater o ê iê r. pa$o 5, i:.â.ô prôqEssiváhente vel5-7.
de 15 rnlnLrtos- E íLrndamenr: es!..:.3 i 5 s.Aúndôs aniês dê abr Í â 1âmpa para
permtr.?stabr::r:rr: oúido e âvilaÍ ô pêr gô dê sálpicôs
T

RECEITAS

dê Rê.ê tê5 Bimby sugêre


É6nqoqÍâtinado com

dê lãrânjà ê cho.orôre e
chocolat€ bra nco q uê ntê.
Expê rim ênte e dêliciê-sê.

t' mundode€cenàsbimby.
coh-pt partilhê
€.e
as 5uà5
tàs ê hàb rlte-sê a

Caracóis d,e laranja e chocolate Chocolatebra,nco


Ô er.oy",r.r ro.r,zra5-. -1süiidad4 !íácrr
][lnidads EmE 7s4rn1eokáfÍôL:4sÂrid Grb:27slcoÍd:3sribÉ 2slcoreí:74ms
quente
es.br B-i, r " ,Emi srdoss !ri.,
INGREDIENTES l! D.* Eie4 r45rj'36r 6"rP.ô',
Bêchêio
70 g leite % aranja (eôscâ, I\GREDIENTDS
50 g açúcar só a parte laranja) 80 g chocolate branco
70 g açúcar T c. chá de essência de bauni hê ou % vâgem
60 g manreigâ 100 g chocolate p/ culinaria dê bauni ha, só âs sementes
partido em pedaços 400 g leite
20 g Íermenio de padeiro
Íresco ou 1 c. chá de Farinha q.b. p/ polvilhar 20 g anrido de rnilho
Íermento de padelro seco 25 g mantêigê derrêtida
1 pitêda de gengibre ern pó
420 g íarinha tipo 65, mais 2 gemas de ovo baiidas
Chocolate p/ cu inárla ralado q.b. p/ guarnecer
q.b. p/ polvilhâr -l- Açúcar em pó q.b.
2 ovos p/ polvilhar
PREPAR^çÂo
PREP-{RAÇÃO 1. Coloque no copo o chocolate e triture
Turbo/2.0 seg/1 vez (TM31: Turbo durante 2 seg).
1. Coloque no copo o lêite, o açúcar o sal, a mêntelgâ Baixe com ê ajuda da espátu a o qLre ficou na parede
e o íermento e aqueça 1 min 30 seg/37'Clvel2.
2. Adlcione 200 g de farinha e os ovos e envolva 5 seg/vel6. 2.Adicione a baunilha, o leite, o êmldo ê o gengibre
3. Adicione 220 g de faÍinha e amasse 2 min^'. Retlrê para e aqueça I min/90"C/vel 4. Guarneçê com Íaspas
unr tabuleiro po vilhado com faÍlnhê e deixe evedar num de chocolate e sirva de seguida.
ocal morno cercâ de t hora ou até dobrar de volumê.
Ut llze chô.o ate branco que.ontenha ma.ta ga de cacâu fos
4. Co oqu"'o copo a .dç.a oe ldrdnja ê o acJr dr e
pulverlze 15 seg/vel9 Balxe com a ajuda da espátu ê
o quê ficou na parede do copo.
5. Adiclone o chocolate e plque Turbo/l.0 sêg/3 vezes

6. Após a massa evedar pré aqueça o íoíno a 180'C.


Forre com papel vegeta um tabulelro de forno.
7. Numa supeÍfície polvllhadê com fêrinhâ ê com a ajuda
de um rolo, estendê a massa e forme um retângulo.
Pini -l- con ndr terga 4ere_'od e o'slr'o rd o o. u dr or
chocolate. Enro e e corte Íodêlâs de 2 cm. ColoqLre no
labuleiro, pincele conr as gemas e deixe evedar cercô de
t hora. Leve ao forno a 180"C cerca de 18 mlnutos. Slrva
polvi hados coÍn acúcar em pó.

urENsiLros Pape !:!:i: ar o na hâssê r P..e -i- I a -:, iaz


cALENoÁRto BtMsY! ro@mâr,

NOVEMBRO
- 2018 -

I «No dia de São Martinho, pão,


sardinhas, castanhas e vinho.>>

2 " FEIFA 3." FEIFA 4'FE RA 5,' FE BA 6,'FE RA sÁBADo DotvitNGo

01 02 03
FERIÀDO
DIA DE ÍODOS

., lrt,r,à I
OS S,ANTOS

06 07 lB 08 11
-11.4-fl
7 sloYrxono
i- .-," *'"
1e
12
Íl 14 '15 17 18

1e_t'à
§::,",;x'"::'j'
rr
20 21
o 24 25

26 27 28 29 30@ Cook iÍ
-/i

D

I

(',

gelêia'e

+cooxrooôÊÁzMEvraJAR


t
PARA TODOS
OS DIAS 1
Com a Bimby@
I
O,o&8r/" e todos os dias.
I

Sabemos que os dias de semarra são atarcfados e que náo Iuí muito tempo, mas
o certo é que com uma Bimblp na cozinha é muito mais fácil e nípido sair da roüna
com uma receita especia.l.

O NOSSO DESAFIO DESTE MÊS é que surpreenda a sua Íamília com um boto ou umâs
bolachas a meio da semanâ.

Além das sugestões Bolachas e biscoitos Bolos


que encontÍa nesta êdição,
o seu Livro ABC da Bimby@ Q e*i"" § noto ae maça

disponibiliza diversas â Cookies de chocotâte N noto a. iog",t"


rêceitas práticas. â Biscoitos da otinda
Q nob mármore

A,nsr.f- Partilhe os sêus bolos e bolachas Bimby@


4a m?5 Com o #Bim bytodososd ias
)\;"

, t. Tarte de copgnnelos
:' e clho-francês
Ôe.w rg."
i! Dosê
roc
Ê.e's úa
ao
rr,ass
"- :ad.*' !Íá"
krrP,"

, INGREDIEN'TI'S

.l t' -r z5u g massa rornaoa 7, c. chá de sal


, retangulâr (25x35 cm 1 pitada de pimentô
. aÍ 2 pes de tomilho,
só as rolhas
100 g cogqmelqs
cortâdos êm quartos

'';'*e
t '1
* ,' -4tor
'Coloque sobre
com papelvegetal,
t cm aprox.). Com a ajuda de
uma incisáo (sem atravessar
a massa)com uma margem de4cm a
doietângulo de massâ e reserve.
no copo o queijo e rale 5 seg/vel7. RetiÍe

icopo limpo coloque a manteiqa, o alho'


o alho,o sal, a pimenta e otomiiho,
5 sêg/vóI5 e refogue 15 min/loo'C/vel í.
coqqmelos e salteie
I (TM31:3 min/varoma/vel l).
deitê sobre a mâssâ folhada têndo o cuidado
ô margem e guarneça com o queijo.
a mârgem com a gema e leve ao forno
cêrca de 20 minutos. Retire e s;rva com

-ro",;[,o.

nG,,G. urENsÍLtos:

flt
Ê'w
'.\
*-l
q*
'

&,
-# *;:
.-
I
.-{

e. io3. !,úi
,110 r1 5,r iúrrPrc1

. -1*
'i... .ii5*
ç, . .*,r,,r.r

{
300 g leite
60 g fariaha

h.ii 30 g mantêiga
Y2 c. chá de sql

? pitada de pimênta
lpitada de noz moscada
lOO q natás
ü.
UÍENS,LtOSi
Pnex

Aacâlhâu Béchamel
í. Coloquê no copo o aTeite, ã ceboja, a cenourâ e O;lho, 6. Pré-aqueça o forno a 250.C.
pique 5 sêg/vel5 e reÍog ue 5 mintl2o"Ctuet l ll 7 Coloque no copo o leite, a farinha, a mánteigs, o sal,
. rMr'.5 min/Varomê/vêl 'tl. ü a pimenta e ê noz-moscada e cozinhe 6 min/go.C/vet 4.
2.Adicioneâ couve-portuguesa, o sal eo louro e salteie 8. Adicione as natase cozinhe2 min/go.C/vêt 4. Cubra
10 min/12o"C/vel í (TM31: 10 min/Varomâ/vet l). o puté coín o béch,rhel e lêve ao lorno a 250"C cerca
3. Adicione o bacalhau e cozinhe 5 min/120.C/vel rí de 10 minutos ou até dourâr.
(TM31: 5 min/Varoma/vêl /). Retire a íolha de touro
e coloque num pirex.

Puré viuhê da valentiúa Bmeo


4. lnsira a borboleta. Coloque no copo a batatâ, o sal
e o leite e coza 35 min/go"C/vel l
5. Adicione a manteiga e â noz-moscadae bata 30 sêg/vel3.
Retire e deite sobre a mistura de bacâlhau com couves.
l.r§"f
=,
bJ
tT"

..,\

§J
.:l

],1
T
I

Nooilies eom eruilh,ãTi


ôBhby.,36 -h róbri@.h !Íicr
t -6dosss
Dô3ê Eiê,o. 2or{i *i/aB kcd/P.or.: 16 q?!id c b.: 4r o/Gôrd :

INCREDIENl'ES
300 g massa tipo noodles
'1500 g águâ

2 c. chá de sâl sale aqueÇa 12


de 5 minutos para
15 g salsa
35 g azeite
3 dentes de alho
230 g chouriçô cortado em rôdelás
400 g couve branca êortadâ

'l pitâda de pimenta


300 g ervilhâs descongeladâs

Fmbhaao§Úniprtrirro'maç
PARÁTODOS OS DlÁS ,Deml)

I
C

Bolo d.e elaranja'


corn
!r D-e É' q zzi,E€krtrtu

250 g açúcar 20 seglvelT.


50 g manteig; p/ untar 4.
-

' Coberturâ
Cobertura
60 g açúcâr
6. Coloque no copo o ovo, o açúcar e a manteiga e bata
60 g manteiga 4 min/7oôC/vel4.
60 g chocolate p/ culinária
7 Adicione o chocolâte, aguarde 1 minuto até que derreta
e misture 15 sêg/vel6. Retire e deite sobre o bolo.
urENslllos:
Forma de fu.dô amovivêl(@ 2s cm)
t
k,

l l

t. 2.Colooueum
e pese a oqôô;

en,)oiüa no reiiãírte coão rosfadô:Ernbrulhe/em'bêlícula


aderente e levê ÍrigôrÍfico celcate 'l hora. ^
"o , ,
5. Pré-aqueÇd o forno â '180'C. Fore com papel vegetâl
,,-,,t',ii.i," a. r".^".
6. Côrte o rolo êm íati6 (1 cm âproi.), disponha '
UTENsÍLros:
no tabulêiÍo deixando 5 cm entre si e 1eÀ,,e ao forno,
a 'l8O"C cerca de '15 minutos] De ixe a rrefecer antes ,
Cêira d lampâ h€Íméticâ de sprvir ou quaÍdar numa caixa com tdmpa hermética.
t'l' ,i.p,

Êffi§ 'r' . !{

tB:',".'
m;"

.:

3 l cgE l
3
;ó:o+
$? ã; õ

E o o âi

ü-
tit :,'-,
,t" \ q.

Sh itake
O cosumelo shitakê. prêsente na sopa miso
ou€ lhe suqerimos nesta edição, é dotado
de propriedadqs anti-inflamatóíias e que
estimu am o sistema imunitário. Pode ser
!sado como alimento mas também coÍno
rêmédio pâra a circulação sanguinea, hepatites,
irâquêzã e pÍoblemas rêspiratóÍios superiores
\"

Schta que
os
SA-o

potrissio, fiós
uav4anês.
'',,1.:'
\ewo e cól,ca.
' i|,ttn.,,"tinns do xot
B. ultnmi,uns d-, D eC,
aissu'lr col,l.lo col14poús'. :rl

tPnoli.os, tarpen s.
€r,ltre oulas sr&stáx4ia§
gue apresevlawt e[eÍfn s
a iaxtÀntes.

,',, ;
ÍENDÊNC|AS zo.€,i àro

N."
,ouamúrrTENDÊNclas

Sopamiso
Ôe.»,, o.n r"r,ro.r -sdô"ês
tr,.r
l& Dose, Ena.s : a7, ki/Í 3 r.a /PÍot
:

lN(iRIiDlEN" l FlS

Caldo
2000 g água 100 g noodles de arroz vermice i

100 g pasta de rniso


4 tlras de alga kombu 2 deniês de a ho cortados em lâmlnas
80 g cogume os shitake 50 g couve kale
10 g genglbre cortado em pedaÇos 80 g cogumelos shitake laminados
5 g gengibre cortado em pa itos
200 g tofu cortado em cubos

Cebo o cortado em rode as q.b.

PREP-{RÂçÃo
Caldo
1. Coloque no copo a água, o sal e o cesto com a âlga konrbu, os cogLrmelos
e o gêngibrê e cozinhe 20 min/98"C/vel 1. Retire o cesto com â ajudâ dâ êspátulâ,
descarte o contêúdo do cesto e reserve o caldo.

Miso
2.Coloque um recipiente sobre atêmpa da Bimby, pese os noodlese reserve.
3. Coloque um recipienle sobre a tampa da Bimby , pese a pasta de miso,
adicione 200 g do caldo reservado e envolva bem com a ajuda da espátula
4. Coloque no copo o rêstante caldo, a mlstura de miso, o alho, a couve,
os cogumelos, o gêngibre e o tofu e cozinhe 10 min/í oo"C/arlvel l. Dêite sobÍe
os r,oodles e deixe hidratar cerca de 4 minutos. cuarneÇa com o cebolo e sirva
de segu ida.

Por motv.s de s€gura.ça,.s re.e tas ex. us vas Birnby TM5 nãô pódênr s.Í prêparádâs à
Bimby lM3l A capacdadê dô.ôpô,..laVdroma.la Binby ÍM5ésuperorà dâ Bimby TM3l
os Nossos
SUPERALIMENTOS
t

Chegado o mês de novembro, a tradiçáo exige que o Dia de São Martinho


seja celebrado com o magtrrsto, comemoração cujo alimento central é a
castanha. Do ponto de üsta nutricional é um verdadeiro tesouro. Des-
cubra todos os beneficios deste alimento e utilize-o de diversas formas
nas suas refeições.

Oqueéacastanha?
Allmento típico do outono, o seu nome cientííic! xidantes. Das vitaminas presentes, é dê íealçar
e Costd1-à sat:rà e oeÍtsnce d ldmrlià dos fF- ê grdnde quar ridade de viramina C ri.m nr, vi-
ros se' o-. \o entanto, a sua composiçáo e mài< tamina 86 e acioo'ólico. Ouanlo aos rrinerais.
rs, uma vez que e o Lrnrco a castanha fornece quântidades aprêciáveis de
is hidratos de carbono cálcio, ferro, magnesio, potássio, fósforo, zinco,
também muito mênos
do âos seus familiares.

Caraterísticas nutricionais
De uma forma geÍal, a castanha possui um va-

?
lor calórico modêrãdo (100 q fornecem 211 kcãl),
sendo rica em ásuá, ílbras, amido e pobrê em
gordura quando compaíada com ouüos
oleaginosos dá sua ÍâmÍlia. Do ponto dê vista
nutricional. é um â iÍnento semelhantê aos ce-
reais, com a vantagêm de ser isento de glÚtên, ê,
portanto, bastante inteíessante para o§ doentês

A em disso, a castanha e íonte de rutrientes, no_


meadamenle vitarninâs, minerais e compostos _

químicos protetores das célu âs, nos-quals se


destâcârn a luteína, zeaxantinâ e diversos com_
páslos fenóllcos considerados. poderosos antio-
Alimenlo muito versá1il
::apre castanhas - er tê r.s de oonregáo, é
'sabor.sa essaia coz da em
p!re, numa sopâ .ú mcsmo em

As caíbnhas podem ser


conseÍvadas com casca no
congeládorduranteÍês
mêses, já no lrisoríÍicô
âguentam !m mês, se
acondiclonadas em sêcos de
p ástlco pêrfurados,

À temperatura
q
smbienrê. duram

lugar lrêsco e seco,


ressuardâdas da ruz
e sem utilizâção de

r EJ',: i !;:i :;: : :. ;:i. -- : ,i l'.':::a:: ': ,i..t .. .


um sâco dê p ásiicô,
pois fàcilmente

>
:ii:;iii+ í ;i:.i:ii: : :' ; ;'i :!; "''' sanhrm bolor,

,'.
Ouais os principais
beneÍícios para a saúde?
- Prêvine gíipês e constipêçóes por ser
extremamêntê rica em vitamina C:
Beoulâ ôs niveis de aÇúcar no sanoue;
§*§ Promove a saciedade;
*Ehh Conlrola os niveis de colesterol;
Previne â obstipaçãoi
3
I
Promove a manulenção saudável do sisteÍna
nervoso pê â quantidade apreciávelde
viiêminês dô complexo B e fósÍoro;

ado por conier triRtofano;


Previne doenças cardiovasculares;
Combate a anemia poÍ sei'uma excetente
íonte de ferro e ácido fólico.
SUPEAALIMENTO no@móm

Creme d,e

INGNET)TENTDS
600 g cenoura cortadê em pêdâços
200 g alho-francês coÍtado
em pedaios
3 dehtes de alho
% malâgueta (opcional)

1 c. chá de sal

.l,l
\

*l-t S ,.,
t,
) ,)
"-l'-
§ú| t,
t,teaà,o SUPERÁLIMENTO6

Rolo d,ebatata-doce e eastarúm


Ôshry',r-a r"or,s -. -6doe tí.rir
L Dúê c*Ej 1713 &/a6 butu.j 3 9/nld. c.'b.: 56 er'Goú B etu e sÉ.r4: 7] .n

If,GREDIENTES PREP-{R{çÀo
Bolo Rolo
250 g castanhas descongêlada6 l. Pré aquêça o íorno a 200"C. Unte com manteiga e íorre com papel
vegetal uma foíma de bolo inglês (12x24 cm aprox.).
60 g alpercê seco cortado em
2. Coloque no copo 100 g de castanhas e pique 5 sêg/vel 5. Retire e reserve.
3. Coloquê no copo o alperce, o páo, â noz e a salsa e tÍiture 6 sêg/vel 7.
50 g sobras de páo
50 g noz
4. Coloque no copo a cebola, a salvâ e a manteigâ, pique 5 seg/vel 5 e
te l5 g salsa .efogue 5 min/120'C/vel 1 {TM3l; 5 min/Vâroma/vel 1).
'150 g cebolacoÍtadâ êm pedaços 5. Adicione a batata-doce e 150 g de castanhas e cozinhe 5 min/loo"C/vol 1.
J oé de salva Írescâ. só âs Íolhâs 6.Adicione o gráo'de-bico, a misturâ dê páo râlado, o ovo, o sâl
I " -,","'", mái< d tt ô/ e a pimentâ e misture5 seg/vel5.
',nrâr z Adicione âs câstanhas picâdas e envolvâ com a sjuda da espátula. Retire,
coloque na Iorma e leve ao Íorno a 200oC cercâ de 30 minutos. Entretanto

I:ti=ír*"*
'-.,j ":"-;..
pÍepare a cobertúra.

Coberturâ

m'tffi 8. No copo limpo coloque a mânteigâ e deneta 2 min/1o(rc/vêl 1.


9. Adicione as cdstanhas, o alperce e o mel e cozinhe 5 min/120'C/vêl/
, DesenforÍre o rolo, regue com a coberturâ
_ ê s Ívâ com umâ salôda.

-
rF- ?
i.lffit*":'*"" p:,. T1I

urENsiLtos:

foma de bolo inslês llrxrf,

i L

1
tu
),b
j L-,
r rílr

Ç ..

t:
nd&,tITTO SUPERÀLIMENTO

Estufado d.elentilhas e castanha


ô si.wq a. ' rca, r r o -a -6dos t rã.
tn Dôsê, 2333 ki/ 570 karP,or.: rs sfrid. aó:7ôs/cod.
Eiê,0. 16 q/Fi

INGREDIENTES
350 g lentllhês verdes
l5gsasa 150 g cogumeios castanhos cortâdos
150 g queijo emmêntal
1 c. chá de pâpr ka 250 g castanhas descongelâdas
1c.chádeahoempó 50gvnhobranco
35 g azeite, mais q.b. p/ plnce ar 400 g águâ, mais q b. p/ demolhar
150 g cenouÍa cortada em pedaços
150 g cebola cortada em pedaÇos I p tada de pimentá

2 dentes de a lho 6 8 íôtias de pão


80 g êipo co.tado em Íatlês Ílnas 20 g vlnag íe balsâmlco

TREPTR\ç,iO
1. Coloque um recipiente sobre ê tampa da Birnby', pese as lentllhas, cubra com

F] áqua e deixe a demolhãr cerca de T horâ.


2. Coloque no copo a sa sa e pique 2 seg/vel 7. Retire e reserve.
*l 3. Coloque no copo o queijo, a pa pri ka e a alho em pó e ra e 8 seg/vel 7. RetiÍe

4. Pré aqueça o forno a 200"C.


5.Coloque nocopooazelte,êcenoura,acebo aeoa hoeplquê5sêg/vel5.
6. Adlclone o âlpo e o louro e refogue 5 min/120"C/vel 1.
7. Adlclone os cogurnelos, as castânhas, o vinho, a água, as lenlilhas escoÍÍidas,
o sal e a pimenta e cozinhe 20 min/100"C/§t/vell.
8. Plnce e o páo com êzeite, disponhê num tab!leiro e leve ao fo.no a 200'C cêrca
de I mi.utos. Retire, cubra cada fatia de pão com !mE porcáo do queijo râ ado
" lpve ao Ío 10.200"C rer.d de 4 n nL,tos
9. Adlclone no copo o vinagre e cozinhe 2 min/120'Cl6tlvel l. Rerire, polvi hê
com a sâ sã e siívâ com âs tostas de queijo.

PoÍ mot vos ae s€guranqa, as rece tas exc uslvas B mby Ílú5 náo podem ser prcpâradas
I
na Blmby ÍM31 A capô. dêde rlo.opo e.jdVaroma da mby Íll5 é s!peÍioÍà da Bimby TÍ\rl3r.

UTENSILIOS:
;t
, I à
i

de qt no a e co up e - d,e.-bruu elas s
o bÉ;?ehn rôhirhon
-6d;ss !iíc ! ,
se:E&r0, 1365rri27ha,Prci 12s/Hrd b

INCREDIENTES PREPAR.lçÂO t^
350 g abóbora-manleigâ 2 denls de a lho 1, Pré-aqueça o íorno a 2oo"c. I
eortada em cubos 300 glouve-de bruxelas 2. Coloque um Íecipiente sobre a ttnpâ da Bimby!,
pequenos (1x1 cm aprox.)
50 g andos ou passas pese a abóboÍa-manteiqa, tempêÍe com 1 ílo de azeite,
1% c. chá de sal
4od glsráo-de-bico cozido 7, c. de chá de sal e I pitada de pimenta e leve âo Íqr4o
Pimênta q.b. escoúido â 200'C cêrca de 25 minutos a assar- ReseÍve. ' I

larda r 3. Co.oquê no copo à aqua. . c. de.hd dÊ sdl e a


g qulnoê preta dl quinoê ê , o/à 18 min/100'C/O/vel y'. s. or'ê conF

g âze.ite, mais q.b. t . a ajuda do cesto e resêrve.


rs
,tempàra r
{
i'tempdrar
i L hrr
.
4, Coloque no copo o azeite e o alho, pique 3 sêg/vê|8 ê
refogue 3 min/120'C/vêl 1 I I [,r .] I :l riin/!'if.ri;,,i,e 1r.

tI
5-Adicione a couvê-de-bruxelas e os arandos, pique

x:: .a
23b€/vê15 e cozinhe 5 min/too"C/vêl 1.
6. ÁÉscione o
' p,try, a"
oráo-oe-oiLo c. de cha dé .d-
oii,".tu o nostaraa. envotva c§hâif{a
dà esÊà]ula . coTirl-e" 3 min/1ooôC/Ç/vêl /. Reliíe.
envo'v#qpm a q.linoa e Lom a abobo'd dssdoa. Siívd
de sesuià1

,lI
r ll
Il
I

!_úha do Roírio Btu@ ügeirc


IT
Pdo Éeâi. hvà m6 de $b* hbM. qs iúd' um

BÉno - pÍ@i .nc ds Édas Femáo Pnâ! o lvo*der


rI

!.
Sopa d.e lepgtmes com
âs-uv,az." ro" aôiiâ
lJ Dôs -6d** ti.
Êâ€,o . 6oa kÍras k.arP,oi.

I
I\GRIiDIENTE§
t
100 g trigo sarraceno
l0 g gengibre
t
1

te, l0 g curcuma fresca ou I c, chá


de curcuma ern pó
t
:,,
30g azeite, maisq.b. p/ternperar lUcplque.§e9/v€1.'í
3. A.i c o.ê c êze te, a cebola ê o alho e pique 5 seg/v6l 5.
150 g cêbola roxa cortâda 4,Ad c cre. cênoura, os br( à.ôuvêJlôrê à âhôhórà êcàltêiÊ .' ír
min/120a|/U/uel 4
'1 min/120ac/U/uel4 :.' i Ii:, ::.: .r,,.:'.
3 dentês de alho 5. Adic one a aguê, o sâ1, aSortà,â, o trigo tostado e a couve,
100 g cenoura cortada em cubos envo vê rom a aludê da espátulê e
200 g brócolos, só os floretes 10 min/120"C/O/vet I l.r3!': 2i r:
200 g couve{lor, só os fioretes
de azeite e 'l fio de vinagrel sirva seguida.
100 g abóbora cortada em cubos
I150 g água

I pé de hortelã, só asfolhas
100 g couve kale cortada em pedaços
l5 g coentros, só as folhas
V nagre q.b. p/ternperar

#
I

nd
,,8

ri?

i
ffiH ,\- 1,,
cOZlNtlA SAUDÁVÉL rrremrro
\

P eit o s d.e.fr an §o r e ch e a d,o s


com leplumes e batatas
Ô ar,w. so. ro.r r r, s,i"
"166a kj/3§B ba /PÍo -6
doses lráci
nr Dosê EDêre.

INGRIiDIIINTIS
200 g curgete cortada em pedaços 100 g pimento amarelo coriado
em pedaços pequenos
200 g pimento verme ho cortado 30 g azelte
em pedaÇos pequenos 100 g cebolâ
1 queljo mozare ê fresco
(140 g êprox.)
300 g tomate em pedâços
2% c. chá dê sal 'l pitada de pimenta de caiena

10 folhas de Ínênjer cão l/, c. chá de açúcar mascavado


6 pêltos de frango (750 g âprox.)
600 g água
800 g batara (de casca vermelha
p/ frliar) cortada em Íode as grossas

PRIPARAÇÀO
1.Coloque no copo 100 g de curgete e 100 g de plmenlo vermêlho e piqLe 6 seg/vel4
Baixe com a ajuda da espátulê o que íicou na parede do copo.
2. Adlcione o queljo, % c. de chá de sal, 1 pitada de pimenia e 5 folhas de manjericão
e misture 5 seg/vel3. Retire e reserve. Faça um golpe êm cada peito de fíângo, rechere
com a mistura de queijo reservada e íeche com um palito. Ternpêrê com 1 c. de chá de sa
e 1 pitada de pimenta e coloque na Vâroma.
3. Co oque no copo a água,r,,; c. de chá de sal e o cesto com a batata. Coloquê a Varoma
com os peitos de Írango, coloquê o tabuleiro da Varoma corn 100 g de curgête, 100 g de
plmento verme ho e o pimento amare o e cozinhe 30 min/Varoma/vêl 1. Betlre a Varorna
ê mantênha quente. Descarie a água do copo.
4. Coloque no copo o azeite, a cebola e o alho, plque 5seg/vel 5 ê refogue 5 min/l20'Clvê1 1
-r it " ..i ./
5. Adlcione o tomate, 5 Íolhês de manjer cão, % c. de chá de sal, a plmenta-dê-caiêna
e o aÇúcar e cozinhe 15 min/1oo"C/vel 1.
6. De seguida pique 10 sêg/vel 5 Retire e sirva o fÍango corn as batatas, os egumes
iif t

p.
,l
)
.:
.'!

,J

ri-, '-."':Z
,l l ài-_ I

.{..'
,,\'-i--- |

F neêÊr frb ;'


-1

a3 R ESENlTES
flsB E NATATL
O Natal aproxima-se e é hora de começar a pensar nas lembranças que ha-
bitualmente nesta altura do ano se oferecem, não só à família mas também
aos amigos, colegas de trabalho, professores dos filhos.., Descubra as cinco
receitas que lhe sugerimos e saiba como transformá-las ern quinze presentes
originais.

Patw,oacalcgrugMunp,
Mostarda de cervejâ e mel .rl
*'""f"ffi* e'
2 Prã .oa,pegttcrtoa, \11a g)

ll.-Ãe ae cnocotate
15 bohcna'
13;coEôde
i€ ffr"nm*"
tt Z pa4codpa444tto4l11a ?'?oeeümD, ,t

(t},
g)
Fit'i^..|ffi17,1,",

tfuioo+amiont
êtffi::':;*;:"

e EMEEIEEf,IIIEEEEEE

Não perca o u/orkshop

Cook it ..1
Ver calendário na pá9. 08
Mostarila d,e ceroeja e mel
J: -5y 6.. Íd,,,rh-* -2ôe tr."
r'r0s: Eners: r,a qh31ka Prcl

I\GREDIENTE§ PREPARÂÇio
50 g sementes de mostarda 1.Co,oque um rêcipiente sobre ê tampa da Bimby', pese as sêrnêntes
: ..chá de mostarda em pó de mostaÍdá, a mostaÍda em pó, a cerveia, o vinagre, o sal e a pimenta-
'20 g ceíveja de-caiena, envolva com a ajuda da espátula e deixe h;dratar cerca de
12 hoÍâs.
:l g vinagÍe
2.Col9que no copo o gengibre, o mel e â misturâ de mostardâ Íeservada
e triture 30 seg/vê|7
' pltada de pimenta'de-caiefa
3. De seguida aqueça 5 min/1oo'C/vel 4. Retiíe para um frasco previamente

'l esterilizado com tampa hermética e feche de imediato. Beserve no


g gengibre
ÍrigoríÍico até ao momento de oÍerecer.
'5 g mel

-rÍENSILIOSI

' *:"
: asco dev dro c/tampa heÍmórc.
\
',}-{4 'i

*''- *ffi tq#


, .t
*(
h
":?-t[},
\

Çií
Sdha, cot$, eslet'l)21r bra.scos
Es.a de os f.ascos em águê quentecercô
dê 10 mi.útos ou êqueça-os no forno
pré-aqu6cldo . 100'C, cêrcá dê 10 minLlos
Deve enchê-los âlnda mornos.

ldtnaÀc
Nâ dêepensa, anlês de abrir,6 meses.
No Írigoriliôo, depolsd€ abrir,15 dias.
i I
I
Ir
!
i:

,t

N
,i
N
'Il
'l t-; '§
i,.

h h \!

, 'li
l

_'/,*

I 'À

.i.
l Ç4n uo
f.i

I f
CRÊ HF
'DE í
t
;tttOcOre1r I
Bolachas de gengibre e creme d,e chocolate
[x Ôer-uyr rs-r r.ur, rn zo.r -a5 unidâd* trà. r

hunidâdêi Eíêl!.: 371 ri/8s re uPror.: r snid.eÍb: í ercod:!e,tLb

INGRDDIENTES
Creme dê chocolate Bolachas
50 g Chocolâtê p/ Culinária 150 g mânteigâ
{53o/. cacau) Nêstlé 2 c. chá de gengibre em pó
370 g Leite Condensâdo 100 g açúcar mascavado claro
Nestlé Tradicionôl
220 g Íarinha tipo 55
10 g Leite em Pó Nido 'l c. chá de bicarbonalo de sódio
100 g natas
\ 'I c. chá de sal
% c. chá de flor de sal

I
PREPARAçÀo
\ Creme de chocolôtê
1. Coloque no copo o chocolate e rale 15 sêg/vel7. Eaixê com a âjudâ da espátula
o que Íicou na parêde do copo.
2, Adlcione o leitê condensado, o leitê êm pó, as natas e o sal e cozinhe
'10 min/12o'Clvêl 4 lTM31: 10 min/Varoma/vêl 4). Betire para frâscos previamente
esterilizados com tâmpâ herméticâ, polvilhê com a flor de sal e feche de
imediato. Reservê no írigorífico âté âo momento de ofeÍeceÍ.

Bolâchas
:.. 3. Pré-aqueça o íorno a '180"C. Forre com papel vegetâl um tabuleiÍo dê Íoíno
iq
1à 4. No copo limpo insirE â borboleta. Coloque a manteiga, o gengibre e o açúcêr
i ê bata 6 min/vel3. Baixe com a ajuda dâ espátulâ o que flcou na parede do copo.
5. Retire aboÍbolêta. Adicione a farinha e o bicaÍbonato e envolva 12 sêq/vel4.
Retire, envolva em película aderente s lêve âo ÍrigoÍíÍico ceíca de 30 minutos.
Molde pequenâs bolas, Íorme com um dedo uma cavidâde no cênlro, coloque
no tabuleiro e leve ao forno â 180'C cêrcâ de '12 minutos, Rêtirg ê deixe arÍeÍecer
sobre uma rede antes de guaÍdar numâ caixa com tampa hErmética. Ofereça
com o creme de chocolate para servir com as bolachas.

urENsíuos: Sdbo- covw esteri)iar $roscos


Esêalde os Írascos em água quenre -'É
csrcâ de 10 minulos ou êqu.çâ-os
nolorno prêâquecido â 100'C, cerca
í dê minutos. Deveo^chéros ainda
1O
NI-DO
\
?- ri
t
9r§
ngmal

Bombons rechead,os
ô er-bv., 1s .n rorr,rnr5-r ô puíid.d6 imádà
L u"id.dô, E..ro., am rr2c k FÍôL 3 s/Hid. ..rt: 22 eTcoÍd.i 12 qribD: 4 eÉd6r : 4 m0

INGREDIENTES PREPÁRAçAO
Recheio Recheio
135 g Cârâmêlos WeÍtheÍs 1. Coloque no êopo os caramelos e pique 5 seg/vel 7. Baixe com a ajuda
50 g nâtâs da espátulâ o quê ficou na pâred6 do copo. I

75 g amsndoim torrado 2.Adicionê as natâs e âqueça 5 min/g8oc/vel2 (TÍú31r 6 min/g0'C/vel 2).


3. Adicione o amendoim e triture 1 mln/vel4. Retire, coloque num saco
Chocolaiê de pastelêiro ê rêserve. I
300 g chocolâte p/ culinária pártido
em pedâços Chocolâte
4. No copo limpo ê seco coloque o chocolate e ral€ 10 sêg/vê|9. Retire
urÊNsluos:
5. Coloque no copo 200 g de chocolate ralado e deíreta 5 min/so'c/vel 1.
Cuveles de 3alicone ou moldep/bombons
6.Adicione o reslante chocolâte ralado {100 g âprox.)e misture 2 min/vel L
Caixa c/támpâ hêrhélica z Distribuâ por 12 oÍifícios de uma cuvete de silicone (toto l). Com a ajuda
de uma espátula ou de um pincel preencha o Íundo e â latêrâl de cada
oriÍício com o chocolâte (foto 2). Pâsse â êspátula sobr€ â superfície da
cuvete parâ €liminar o excesso de choaolate, Lêve âo frigorífico cerca de 20
minutos ou âté solidificâr
8. Recheie os bombons com o creme de caramelo reservado, deixando
2-4 mm sem recheâí (Íolo 3). Leve ao ÍrigoríÍico.
9. Coloque no copo o chocolale que sobrou e derreta 3 min 30 sêg/509c/vêl L
Cubrâ os bombons com uma camada de chocolate (Íoto 4), bata ligeirameÍte
com o moldê nâ bâncada para libertar bolhâs de ar, Passe novamente com
uma espátulâ pârâ retirar o excesso. Leve ao congelador cercâ de 15-20
minutos ou atá solidificar, Desenforme os bombons com cuidado e conserve
numa câixa com tâmpa hermética, no frigorífico, até ao momento de

i
I
i
,,ÍfÊ"-

&.úvdádós.ro.m.rrrónâ
**"***-.j
E

<S>li
-\:F
§.r, à.

F.rr!
,, l \ i--t
* ri
.tt
"f) I
:
ã*
çll r'
r
Geleia d,e alho e malaPlueta
,1
it FAÇA tl
ÔBi-6r,rh50." Íoer shqó -600o !mérn .\ ESTAI .//
lklooo Enss E5r ki/132r"arP,o

INGREDIENTI]§ PREPARÀçÂO
1200 g maçã c/ cascâ e c/ câÍoços 1, Coloque no copo a maÇá, o alho e as malaguetas e pique 6 seg/vel4.
cortâda em pedaços 2. Adicione a água e cozaSo minl12o"Clvel L Coloque o cesio sobre a
16 dentes de alho tarnpa, em vez do copo medida, paÍa evitar ô peíigo de salpicos. Coloque
6 malaguetas vêrmelhas cortêdês o"esroda Bimby sooÍÊ um rê.ipiênle. ÍorÍecom urr saco o'óprio pdrê
geleia ou um pano fino de algodão, coe e reserve o líquido no recipiente.
900 g águâ Are o pêno com ô êiuda de um cordel, pendure e coloque o recipientê com o
líquido por baixo. Deixê escorrer cerca dê 2 horas ou até que pare de pingar.
Açúcar q.b.
3. Pese no copo o líquido coado (680 g aprox.) e o mesrno peso em açúcar
(680 g aprox.) e cozinhe 90 min/Varomâ/vel 1. Coloque o cesto sobre
urENsiuos: a têmpa, em vez do copo medida, para evitar o pêrigo de salpicos.

ôu pano Í no de ê19ôdão
4. De seguidâ programe 30 min/Varoma/vêl 1. Coloque o cesto sobre
a tampa, em ve2 do copo medidâ, para evitar o perigo de salpicos.
FÍascos dê vidro c/iâmpâ hermélica que a consistência da geleia {verdlca), retire para fÍascos
esterilizados com tampa hêrméticê e fechê de lmediato.

t*
alfresco e seco até ao momento de seÍvir.

rjiiB'; I

W, t*-.{&e,,

d
r-í{d l

q
:1

*.**"t
: .r' _
I

desô!urançâ, ás receitas exclusivas AlmbyiTMs náo podem ser


est2yützar t ávârôma da Bimby!TM5
scos êm équ3 quênie ce

Noíinê do tempo, veriílque a consistêncla .oioque cerca de 1.. dê chá


de geeia n!m prato bemír o, deixe a êÍecer
1)nl)ànÀp
Se ê supeíicie dâ seleia enrusar, está pronlâ Se a ge
desejâda, prosÍâme mais 5-10 min/Varoma/vêl 1, sem ocopo
^;;;";. "",".,!'#,!|&."' +o ôêsto sobre âtêmpa para 6vilar o perisô de salpicos.
NôÍrLooirÍco deoris
L,,,
abirr,15
de dias

à
Sêo iquidocoêdoJormuiros!peÍorao ndicado (630 s aproi.), prôgrane mais
lempo êré alinsiÍ a consislência deseiada.
Bolachas d.e alecrim e queijo
» la-ur..."", to,o, ro-.
-45úiid!dss
!m.o,:
L ú'idd€: EnsÍs , rú .na5 bufro

I\GREDIENTTIS PR E P-\R rç io
I c. chá de sal 1. Coloque no copo o sal e o alecÍim e triture 10 seg/vel 7. Fletire e reserve.
2 c. chá de âlecrim sêco 2. Coloque no copô 1 c. de chá do sal de alecrim e os queijos e rale
:50 g queijo cheddar laranja I seg/vel Z
aortado em pedaços 3. Adicione a mânteiga, a farinha e a água e misture 10 seg/vel 6. Retire,
ô0 g queijo paÍmêsáo Íorme uma bolê ê eve êo frigorÍíico cerca de 20 minutos,
ô0 g manteigâ bem Íria 4. Pré-aqueÇa o forno a l80oC. Forre com papel vegetâl um tabuleiro
120 g íarinha tipo 65
20 g águô bem fria 5. Estenda a mássâ entre 2 folhâs de papel vegetal, cubra com
o restante sâl dê alecrim e pressione com o rclo. Corte com a aiuda de um
cortador em Íorma de árvore de Natal, disponha no tabuleiro e leve ao
uÍENsiLrosl forno a 180"C cêrca de'12 minutos, Retire e deixe ârrefeceí sobre uma
rede anies de guardar numa côixa com tampa hermética.

aâixa c/tânpâ he.méri.ã

q
t- ./ te'
of o
rty "*9
r a,, *.r4

:, !-
-i YT
.t

FTEry'''

a
#cooKrDoo

Diretamente do Cookidooo francês trazemos-lhe três receitas tradicio-


nais da gastronomia deste país: Sopa de cebola gratinada, Boeufbour-
guignon e Bolachas sablé. Experimente e delicie-se.

Sopa de celrola gratinada Boeuf bourgrdgnon Bolachas sablé


Esta sopafaz parte da cozinha Esta é uma receita da região Originais da região da
europeia há centenas de anos, de Borgonha, feita com carne Bretanha, estas são
pois a cebola eraum inÁredient€ de vaca Eluisada em vinho bolachas têm uma base
abundante e d€ fácil acesso. tinto (originalmente útrho de manteiga e uma textura
A versão que hoje conhecemos de Borgonha) e legumes. ar€ada, característica da E
nasceu em Pads e é feita à base massa sablé.
de caldo de carne, cebola, pào
e queijo denetido.
E

SUíÇA é o nosso próximo destino.


Não perca a edição de dezembro.
gyatina.dn
É%;:;ffim;;ffi::::"Íru.",,,,..,":r#

yv

E
1

1,
['
jr
de carne caseiÍo ou 1 cubo de caldo de caíne
cera coítàdo êm fàtiâs
!
I
ti
t
I
nta \l
:l\
ll
ll
opo o queiio ê rale 10 seg/vel8. Retire e regeÍve. !
iit
1; \
4po a cebola e
pique 5 sêg/vê|5. Bai,(ê com a àjudl
qe ficou na parede do cooo.
ànteiga e refogue, sem o copo medida,
ii:t
it I
/vell TI\rlil : rx !!:,/i1. ír irâl-:/íe i 'L).
íorno no modo gril/. i
ropo a água e o caldo de carne e cozinhe
el 1. DistÍibua o pão por 10 ramequins ou táçâs
_'r- a Bim bYÉ íaz
o sal e pimênta. Cubra com o caldo e polvilhe com
Leve ao íorno â gratinâr cêrcâ de 10 minutos, SiÍvâ
urENsilrôs
de seguida.
10 rãmequ,nsoL raçà|
]f
'i!,
i

Sin*., i--,*,,, ".5ôin,r -6doss


!m,d,a
lIóG, É"àe i61rr-s?k,Fd €ô 6q
'r
GoF . 20 sÉh. a ocde' : r33 m€ 'írid

260 g cebola coÍtada em pedaços


? dêntes de alho
2O.g azeíte
100 g bacon em cubos
â00 g carne de vitela s/nervos
co(ada em cubos
25Ô g vinho tinto
'llO g água
1 .61. chá de sal
1 ôltada de pimentâ
1 tolha de louro
10 g mistura de orvas aromáticas
Írescas atadas {tomilho, salsa

200 g cogumelos laminôdos


109 amido de milho
400 g cenouÍa co(ada em rodelas
\
PREPARAçÁo
I
1. Coloque no copo a cebola, o alho
poazeitee pique3seg/vel5-
2.Adicione o óacone a carne
e refogue, sem o copo medidâ,
A minn20'Cl€zlvêl t
{Ílú31: 8 min/varoma/6rlvel l).
3.Adicione o vinho, a á9ua, o sal,
a pimenla, o louro e as ervas aromáticas
e cozinhe 40 min/l00'Cl6t.luel l.
4.Adicione oscogumelos, o u-ido e a
cenoura qcozinhe 40 min/1o0'C/5tlvêl t.
Coloque o cesto sobre a tampa, ém vêz
do copo medida, para evitar o perigo í
de salpicos. Descarte as ervas aiomátiôas.
Sirva a carne com affoz brancoou puré,

.'.,ti
t.

Bolachas sablé
Ôei-up,ro*s rotr a5.r -r,âdâdês tmêdiã
I
*
t uiidôdê, EâêÍs , 32 kin kcr/R

INCREDIENTES PREPARAçÀo
200 g farinha 1. Coloque no copo todos os ingredie
100 g açúcar e misture 40 seg/vel5. Com um rolo
1c. chá de íermento estenda a massa êntre 2 folhâs de pa
vegetal, com uma espessura de 1 cm
p/ bolos
120 g manteiga
aprox. e leve ao frigoÍííicô cdrcâ dê 20 i
t
3 gemas de ovo
2.Pré-aqueça o forno a '180'C. FoÍê
papel vegetal um tabuleiro de forno.
S.Coloque a massa com o pâpelvêg
urENsluos: sobre a superfície de trabalho e retire
a folha de cima- Com â ajudâ de um
coÍtâdpr (O I cm aprox.)corte âs
!:k
bolachas. Disponha sobre o tâbulêiro
Caixa c/lômpá hôrméticâ leve ao forno a 180'C cêrca de 15 min
Retire, deixe arrefecer sobre umâ.rede
e reseíve numa caixa com tâmpa i
hermética até ao momento de ser!,tÍ.

ir
,I li
ii

lid
ilIi

tI
!'
I
I

eÂrúd* q/t"o no6 k- /"tz t


li
PRATOS I
RECONFORTANTES I

E quando nos apetece algo que nos chegue à alma? Um sabor que nos reme-
te para a segurança da infância, que, por momentos, nos traz de volta al-
guém de quem temos saudades e que, à primeira colherada, nos faz fechar
os olhos e sentir um enorme bem-estar, Uma canja, um prato de massa ou
um doce... Receitas que saciam, confortam e têm um efeito quase terapêu-
tico no estado de humor.

I- ElEtrE6llli:[!#,llE
mtaaanqnrma
etffi
L J

p*.

iãEÍÍ nntll'tidEt
tfilçtnE!
t ttgÍüãíãE
EEaçlnlENüN EEIIE1
.l,

f
Í:ãrllllíÍtlllllã,In'l
i*üdla
,óú.?nürc P8ÁÍOS RECONFORÍÀNTES

I r--
L.
Mt gfatinailacom
-brunelas
5o r, i -adô*" tb"
e
r
\

bacon

.\
ti

í3-
.,À
H
INCREDIENTDS
so s queljo chear;V.1 0 g massa tipo penne
30 g sobras de pao 35 g azeite, mais q.b.
partido em pedaÇos
10 g coentros 200 g bacon em cubos
1000 g água 100 g natas
1%c. chá de sal % c. chá de piripíriem pó
400 g couves de-
-bruxelas cortadas

1, Coloque no copo o queiio, o páo e os coentros


e triture l0 s€g/vel7 Rêtire e reserve,
2.Coloque no copo â água, 1 c, de chá de sale o cesto
com as couves de-bruxelas e coza 10 min/loo'C/vel 1.
't

't_3 a Rêtire o cesto com a ajuda da espátula e reserve.


3.Adicione no copo a massa e coza, sem o copo medida,
o tempo indicado nâ embalagem/'10o'C/arlvel
.Escorra a massa com a ajuda da Varoma e Íeserve
num pirex untado com azeiie.
1.

FIr;3
o'.&r j
4.Pré aqueça o forno â 200"C.
5. Nocopo límpo coloque o azeite e o bâcon e aqueça
7 rninllzo"Clvel I
6,4d,(,o.e ds.ouves cle bruÀelas reservâdas, ês nâtas,
o piipil el/2c.de chá íle sale cozinhe
4 min lg8"C/€rl\el I :
Forire, envolva corr a rrdssd gJar-eçJ com o qre;io
aromatizado e leve ao íoíno a 200'C cerca de 15 minutos.

,l
l"ij;rilil
Rêtirê e slrva de sêguidâ.
BsE*#-
Êí[s6i."o.,'o*'o*r." -u.,,r," '*-*
I *# tf;-dry -
ffi:*.::^::*ffi#m { -*
t

*ü:,;;"-;::w. . F ;**

uffi,ffi**;ç *

d*caldo ##i[ii*ffi
aiit:ffiff,:::
cêseiro ou r cubo
,."r,.rgi-88[e
deresumes "üõo-"
ããt""ãia,iÜ
]000 g água t

T
t /-

"'.rb âr 1g1

qt

iffi \

ltô'ê-
lrfr!!* t
tI@ü:)
rj
ffir<
"ffir
*:; i3ã - rê â.. g
a
do
tqmpa pàra permirira êslabilização
liquidoeevilaro p€rigo de salpicos
fl,U§:.
fr
Ft
I;

,(

jr
t
I -i
,rI,

tt ô
.:2C45 iil533 kârPÍoi:36 srlid. c*b.i ?9 s/cod Àj lriFihÉr4e/cor8. n3ms

TENTES PREPARAçÂO
Pestol
1509 mOzaÍela 1' Coloquê no copo o queijo mozareta e Íale I seg/vêl S.
fresco ido em pedaços
50sq parmesáo 2. Coloque no copo o queijo pârmesão e rale 5 seg/vol IO.
30 g manjd 3. Adicione o mâniericáo, a amêndoa, o sal e o azeite ê
30 g amêndoa s/ pele triture 15 sêg/vêlZ Retire e reserve.
1/2
c. chá de sal
Frango
100 g azeite
4. Coloque no copo 250 g de carne, y, c. de chá de sal
, Frângo ê'l pitada de pimenta e pique t2 seg/vê|6. Retire e reserve.
500 g carnê de frango, 5. Coloque no copo 250 g de cârne, y, c. de chá de sal
í osso e si/ pelê, cortsda e 'l pitada de pjmenta e pique 12 sêg/vê|6. Retire e reserve.
em cubos pequenos 6. No copo limpo coJoqLrê a cebola ê o azeitê, piquê
semicongelada 5 seg/vel5 ê reÍogue 5 min/12o.C/vêl 1
(TM3l: 5 min/Varomâ/vet 1).
1 c. chá de sâl
Pimenta q.b. Z Adicione ê carne reseívâdâ, a Íaspa de timáo. os orégàos.
o tomâte e o vinagÍê e cozinhe t5 min/120.C/vet í
150 g cebota cortada em
rT\43'l: 15 min/Varoma/vet 1).
pedaços
30 g azeite Montagêm
Tr limáo,sóâ raspa 8. Pre-aqueÇa.o forno a 'l8O'C. Cotoque um pouco de írango
'1c. chá de orégàos num prei, clrbra com uma camada de plâcas de lâsanhâ,
coloque uma Ína camâdâ de pesto e uma porçáo do queiio
iil 650 g tomatê em pedaços
mo7ârelâ ralado. Repita este processo até terminar a mês;a
lr
20 g vinagre e o frêngo. Finâli7e a tasanha com uma camada de naras
l-. e os restantes pesto e queijo ralado.
,§ Mohtagêm
L Leve ao foíno â'l8O.C cerca de45 minutos. Sirva
L 2OO g Placasdê Lssanha
de seguida com umâ salads.
,(r l\laclonal

fll#ün*.,--::
!l
tl

rul r,
lr' 8',

t:

:$-{rj'
t'*='
'*r,:
t: i:l -_" í:
(\§ ti -4'4"
.jí . 1l
', .
t'
\r. ", "" ",rl:'
"à'
b,, .r '
j'! i'r.:.*
-'.:r
I
It
h"&
ü

'!
/
I

, .
iorrrtr,! PRÁTOS RECONFORÍANTES

B orre€lo mediterr â.nic o


ó Bi.bv",36 .r" rd', o h"*. é6dq* i-édÉ
tl! Dose Enere 254 kj/6oe bauP,ô

INí;BUt)!FtvI US
Borrego
2 c. chá de sa 130 g sêmola de milho
3 pés de rosmaninho, só as Íolhas 80 g quêijo paÍmesáo
3 pés de hoÍtelã, só as folhês S00 g ág ua
2 piripkis secos i- I c. chá de caldo de legurnes caseiro
100 g azeite ou I cubo de caldo de legLnres
1 perna de borrego (1500 g apÍox.)
100 g vlnho bÍanco 600gbms
150 g á gua 40 g mênteigô

IREPrR,!.ç,iO
Borrego
1. Co oq!e no copo o sê, 1 pé de rosmaninho, a horlelã e o piripiri e trituÍe
5 seg/vel 7
) 2. Adic one o azeite e mlsture 5 seg/vel 3. Ret re, barre o borrego, envolva em
películâ âderente e reserve no fíigoíÍfico cerca de I horas a marinaÍ.
3. Co oque o borrego nLrm tabulelro de forno, guarneça com 2 pés de
rosrnênlnho, regue com o vinho e ê água e leve ao forno pré-âquecido
a 180"C cerca de 2 horas A 30 minutos do fim inicie a polenta.

4. Co oque um reclpiênte sobre a tarnpa da Bimby , pese a sêmola e reserve.


5. No copo limpo co oque o queijo e ra e 8 sêg/vel 10. Retlre e reserve.
6. Co oque no copo a água, o caldo de legumes e o sal. Coloque a Varoma com
os bimls e coza 20 min/Varoma/vel 1. Retlre a Varoma e mantenha quente
7. De seguida cozlnhe 15 min/10o"C/gtlvel 2.5 e âd cione ern chuva, através
do bocal da tarnpa, a sêmola ÍeseÍvada.
8. Adiclone a manteiga e o queljo Ía ado e envolva 25 sêg/O/vel 3. S Íva
o borrego com os blmis e a po enta.

urENsÍuos:
t
r rEJ
a.
*

sd'
ffi ,1k,
ffi,t,r
brioche

Ôai.ryq tr*g ra" I roÉ -6dds lrác

st
h rbs:cma: 1e2 rira4 r6rPó

INCRIDTENTES
Manteiga q.b. p/ untar

rI 250 g pão de brioche cortado


em cubos p€quenos

I 2oo g Chocolate p/ Culinária
{53% cácâu) Nestlé, Panidô
em pedaços
3 ovos
40 g açúcar mascavado
10 g licor de cafe

."p 550 s leite ' .--,

PREPÀRAçÂO
1. Pré-âqueça o íorno a 180'C
i, manlêlga um pirex, cubra com

2.Coloque no copo o chocolate e pique


7 sêg/vê|5. Retire e deite sobre o brioche
3. Coloquê no copo os ovos, o açúcar, o licor,

t@
tr!É4rj
as natas e o leile e misturê lOseg/véI4.
Deite sobrsobrioche e o chocolate e deixe
embebercerca de 10 minqlff! ,
r
o q.ço!i!E
4. L€ve ao forno a 180"C cerca de 45 minutos.
Retire e slrva moan§,
w,, úÍENSILTOS:
k'
r
S S(}BREMI
,i,i I
ADA§ ESTE NATAI
ll
de Ieite c( sad

e arnendo
-*"

' Tarte de doce de leite'


ffi
lÇ Flans de Coco Bimby
chocolate, nâtas e framboesas

m. m*.-*' '*"

ffiffi!
Original. único, rlelicioso,
pârâ r'csullâdos semlrrc po-feftos! f :*D
-+= ,'â
\45ite o nosso site
www.nestlecozinhar.pt
*.-ü
\!.t ' , .ü
j+. \ acEoarÁ coM os qR coDE acrMÂ No
ÁGORA CO[,I NOV,[ IMÀGEMI SEU TÂBLET OU SMARÍPHONE
Fulo.,

@
Rissóis de poluo
ô ar.»., o.. ra,, r r r -r ê 3oúi dâdês t mêdia
lr,u.dade,E*re 34, kr/203 ká /p,ô, :5s/H d c b.:r

IN(iR!tt)tEN T ES PRIP\RÁçAO

150 g pão de vespera 1, Coloque no copo o pão e rale 25 seg/vel 10. Retiíe e reserve.

Rêcheio
15 g salsa 2. Co oqlrê no copo a salsa e pique 2 seg/vêl 7. Retire e reserve.
650 g polvo descongelado 3. Co oque no copo o po vo, 150 g de cebola e a água e coza
conado em pedaços 40 min/100"C/O/vêl 1. Rêr rê o po vo ê rê-F \e. dgud
300 g cebola cortêda 4. Co oque no copo o po vo cozido e pique 4 seg/vel 5. Retire

100 g água
5. ColoqLre no copo 150 g de cebola e o azeite, pique 5 seg/vel 5
50 g azelte e r.'osue 5 min/120"C/vêl 1

100 g íar nhâ 6- Adiclone T 50 g da água de cozedura, a farinha, a sema, o sê1,


â pimenta e a noz moscada e cozinhe 5 min/go'C/vel3.
7. Adiclone o polvo picado e a sa sa e misture 1 min/grlvel3.
1 p tadê de plmenta Retire e deixe aÍÍelecer.
1 p tadê de noz moscada

8. Coloque um reciplente sobre â tan-rpa dâ Blmby', pese


250 g far nha tlpo 65 â fârlnhâ e resêrve
320 g água, mais q.b. S. No copo llmpo coloque a águâ, â Ínanieiga e o sa e aqueÇa
5 min/100'C/vel 1.
60 g manteiga l0.Adicione a faÍinha de uma só vez ê misture 20 sêg/vel4. Retire
e dêixe arrefecer cerca de 5 mlnutos.

3 ovos batidos p/ panâr 11. NLrma superfície isa estenda a massâ flnanreniê, com a ajuda
de um ro o. Com l]m cortador cortê cjrcLrlos (O 10 cm aprox.).
Óleo Fulâ Alimentar
No ceniro de cada circu o coloque um lr'z c. de chá de recheio,
ReduzoCheiroaFritos
q.b. p/ Íritêr pincêle com água o rebordo e feche ênr forma de rissol, Íetirando
bern o aÍ. Passe os rissó s pelos ôvos bâtldos e pelo páo Íalado
reservado e frite errl ó eo abundanie e quênte. Reiire e coloque
sobre papel absorvente para retlrar o excesso de óleo. Sirva

UTENSILIOS
;T
I
!:"
&
§
Bolo d,e cupuaçu com cald,a d,e abacaui,
Ôa;.* r-r ru zr.. -sdosês !ii.,
lL Dôs Eiâ(, r$3 rrra76 hd/P,o

IÀi(itiIlDIliN t t s
Calda
400 g Polpa de Abacaxi BrasÍrut descongeladê
100 g âÇúcar

Bolo
3 ovos

:::::'W
Pàfu
Fo,m. de .ôóà (O rldiÉ-.--;C
#ffi

FT
3
;tÊ-,

il

#
,$
ru
Cookidoo.pt

COLE cAo
-

frt''s"
José AüUez está üÍt pouco por todo
lado: nos liwos que publica, nos seus
progpamas de telwisáo e de rádio
e, claro, bem próximo das pessoas,
na ruapor diferentes Iugares
onde a criatiüdade e paixão pela
gastronomia imperam.
Agora o chefe com duas estÍe1a§
MicheLin está também na sua Bimbyo
numa coleção de receitas deliclosas
para recriar facilmente em casa.

11 Receitas
Uma coleção cheia de boas ideias para
recriàr ê imDressionar a sua Íamília e
amigos com um meinu digno de Chefe.
Nesta edição partilhamos consigo duâs
receltâs, em primeira máo, Peíto de frango
com carile Bolo de chocolate e banana
com coulis de morcngq mas há muito
mais para descobrir

G@
+
Dife táúaro com eúulsão de moslarda . Gel Disponível no Plánô CôôkidooÔ
e coco . Papelores de garoupa, presuto e 6
RêO stê.se o usufrua de30das srâ1uiiós
de batata-doce . Pila de falafel om motho d
de frango com ceil cuacmole com nacho
'
e batraEa com coutis de morango
COLEÇÁO JOSÉ

t.

;,

,\
ri
.i. i.,

Peito defran§o com ca,ril


Ô er.*, m -r Ídr ,2 h"-" e adôsês tiâ. r

U oos Ene.q : ,756 kjl65§ kâr/Prô

I\CREDIINTIS PnrPÁH-{çi.O
Pâsta de caril Molho de caril
100 g gengibre 150 g cebola plcâdâ í. Co oque no copo o gengibre, a erva-príncipe, os coentros, a
cortado eÍn pedaÇos 50 g âze tê v rgem nralagueta, as Ío has de irnô, o alho, a châlota, o óleo, o açafrão da
55 g erva principe indiâ, os cominhos, o cravlnho e â noz-moscada etriture 1 min/vel6.
conada em pedaços 2 maças Grânny Eaixe com a ajuda dê espátula o quê flcou na parede do copo.
20 g coeniros
coítêdâs ern pedaços 2. De seguida úiture 2 min/ve|8.5. Baixe com a aiuda da espátula
240 g malaguetê
veÍmelha s/'sementes o que ficou na parede do copo. Se necessário, triture novamente.
cortada em pedaÇos 130 g p mento DeveÍá flcar com umê pasta muito húmlda. Bellre uma paÍte da
3 fo has de lima kafÍir pasia e unte o peito de frango,lernpere corn um pouco de sale
deixe marinar no Íriqorííico cerca dê l2 horas. Reserve a restante
s/ gérrnen Sal marinho q.b. pastâ de caÍil num Írasco (verdlca).
60 g cha ota cortâda 400 g elte de coco
600 g ásua
Molho de caril
Coentros plcados q.b.
T pltada de açafrão' 3. Num tacho medlo, em lume medio, coloque a cebola e o azelte e

I pltada de comlnhos 4. Adlclone a maçã e o plmento e dêixe refogar 5 minutos. RetiÍique


os temperos com sal.
I pitêdâ dê cravlnho
5. Ad c one 2 c de sopa da pasta de caÍll reservada e o leite de coco
e de xe íerver sobre ume brando cerca de 15 minutos.
6. Coloq ue no copo o pÍeparado e triture 3 min/vel 8. Rêtire para o
têcho, retifique temperos com o sa e reserve quente.
7 \o copo limpo coloque a água, a Varoma com o Írêngo reservado
. coza 30 min/Varoma/vel 1 Bet re, coÍte o Írango em fatias finas
: '.gue com o molho de cari1. P3 ,/ he com coentros e acompanhe
,^r srroz basmatl.
ri/ir 1 ,r ii x, coLEcÁo JosÊ ÂvrLLEz

Bolo de chocolate e bartana corrt coulis d,e moranp{o


Ôe-bvq rg.in r*,,rrm.r -sdôs, !tur

I]'JGR!]DIEN'I'ES
Bolo
400 g amêndoa ou âvelã o iorno ê 180"C- Unte com óleo uma fotma \O 22 cm aüox.).
copo a arnêndoa e triture '10 seg/vel 7. Baixe corn a ajuda
4 bananas maduras que íicou na parede do copo.
200 s mel
-_i 10seg/vel7. Hetire e reserve.
4 c. chá de aroma de bauni ha
copo o banana e triture 1 min/vel 6.
mel, a baunilha, os ovos e o óleo ê envolva 40 seg/vel6
100 g óleo de coco dêrretldo, íarinha dê amêndoa resêrvada, o cacau, o bicarbonato e o sal
seg/vel 6. Retire e dêite na forma- Leve ao íorno a 180oC cerca
90 g cacau em pó
2 c chá de bicarbonaro de sódio
1 plladià de sal marinho Coulis de morango
7. No copo m.c .r .c.r: os morangos, o açúcaÍ, 50 g de sumo dê
Coulis de morango e ê canela e aquê.. 10 min/10o"C/vel1.
400 g morangos corlâdos 8. Retire ê caneiê . - sr!re 15 seg/vel 3. RetiÍe e reserve no fÍigoÍiflco até
êm pedaços peq u enos ao momento de sêr,, r Ouando o bolo esilver cozido, retlÍê-o do forno ê
40 q aÇúcar amarelo delxe arrefecer igeir.nrênie anles de o desenfoÍmâr. Desenforme o bolo,
1 limão, só o súmo regue o com o col]lis de morango.
UTENSILIOS:

Chêíe José Avilez em


pârcêr â com aVoMe.k
JO
EltETÀ ST
'i,
e apreciados queijos portu§ueses, coú.,

t.4r ,-..bordaleira ou de churra mondegN:eira e a sua maturação t


:- ' {i rfum período mínimo de 45 dias; Para. ficarmos a saber tur
. 'i, : este quelio, subimos até Gouveia e à guilrtp Madre de Águá,
:. , produtores de referência deste produto. Venha daí...

, -ô'.," ,"r* o.í* r*, o,*,


'. :1, vrnrro co !€ a

ffi
Tel.:238 490 500

{
noldfiüTo À DESCOBEf,TA,,, OUEIJOOASERBA DA ESTRELÁ

Na Maàc àe Águq a his\óÍia do queiio da seía começou quando A @t ttt1l1ão da qu.ijaria. dd Madre da ,lgua segut'do nos con
lhes bâteÍam à porta a oíeÍeceÍ a possibilidade dê ficarem com tou Lu.des Sanros. foi um autêntico desafio à criatividade face à
um rêbânho dê 60 ovelhas boÍdaleiÍas, qu€ perlenciam a pâstoí especificidade do píojeto. isto poÍque pÍetêndiam consÍuiÍ uma
de idãdê lá muito avançada Depois de o compíarem, tivêram de quelariê que aliasse a tÍadiÇão de faze. o quelo às novas tecno
crar condiÇôes para o aco heÍ, o qlre náo fol féc , já que a arte ogias A quê lariê eocontra'sê bem enq uadrada na pâlsâgem bu
do pâstoíêo está em vas de extinçáo. RedobÍaram esfoíços e cólicê, com recurso a malêria s da região e com condiçóês de tra
hoje ssntêm que valêu a pena Depois, corp.araÍr iêrs rê-as balho de excelência Írabalhâm com uma êquipê espêclalizâda de
para pastagens, construlram um ovil, uma salâ dê ordenhê, uma onze pessoâs, píofundamenle conhecedoía da arte de produzir
queijaria, ehá nove anos pÍoduzem quero da SeÍa, quero de ove- queijo. Com capacidade pâÍa íecebeí 1500litÍos de leite diários,
lha cuÍado, queijo de cabía e requeijão. Agora, lêm mêis de 450 êstá dotada de um rigoroso sstema de controlo de prodlrção ê
ovelhas e 150 cabÍas, quê sáo acompanhadâs por umê equipa de de seguGnçâ a mentar, gêÍantindo a qualldade dos produtos ao
dedicados pastoÍes, que todos os dias in ciá ás suas êiivid6des ongo do procôsso produtivo.
de madrugada e termina após o pôr do So.
À O€SCOAERIA... OUEIJO DA SERRÀ DA ESTnELÁ no.Embro

ii

'"-,--l I
I

I --..1
i

O quei,jo d,a Serra d.a Estrela é curad.o


defabri,co de pasta semi.mole a dura,
branca ou ligei,ramente amarelada
e uniforme. É obti.do pelo lento esgotamento
lqi.
da coalhada após u, coagula@o do lei.te
It de ouelha cru comflor de cardo e sal.

ll Arualnente, só em queijo da send, a queijatia da Madre de


í.""".r'à\
.ri*
Água produ2 ceÍcâ de sête loneládas. Éste queijo é p.odurdo
MADRE DE ÁcUÂ
com leiie cÍu dê ovelha dê duâs íâças âulóctones (a boÍdaeira
e a chuíâ mondegueiía) duÍántê todo o áno ê a sua maluÍaçào
aconlêce num peíiodo mínimo de 45 diâs Consoaniea condução
ra
do procêsso dê íabíico e á sua mãtuíâçáo tornã-se amanteigado
ou màis denso. É um quêiio cuÍado deÍabÍicodê pasia semimole
a dura, bíâncô ou ligeiramente amarelada. uniforme. oblido peio
esgotamenlo lenro da coa hada após a coagulaçao do lele de
ovelha cíLr com Í or de cardo e sal A foÍma e de c ndÍo baixo conl
abaulamento lateÉ e um pouco nê Íace superior, com bordos de-
finldos. Aprêsenta uma crosta mêleáve, bêm foÍmadê, hsa e 1na,
de cor amâre o-pa hâ unlÍoÍme. Exaâ urn aÍomê caÍa1erístico e o
sabor revêlâ um bouquet suâve O seu peso pode oscilaÍ êntÍe
700 qrêmâs ê !m quilo.
DOI Li,I]À DESCOBERÍÂ OUEIJO DA SEABA OÀ ESTRELÁ

ra
rl:\
.

j;:,
;.1.. \

i,
I
i) ),

A OVELHA
BORDALEIRA
O queijo da Serra da Estrêla é produzido com leite cru
de ovelhâ bordale;ra ou de chuÍra mondeguelrâ, mas
fa [r,ladre de Agua a únlca raçâ auióclone existente á â
bordal€lra da Serrê da Estrelâ, sendo esta quem assê9ura
a qua idâde na produçáo dos queiios. Pode ser pretê,
ord, oê <ê,.oberd oT olr-os g'ê10e. P ê\P -'< \o' F
cornos enro ados em espiÍal, uma carateristica comum
L.ons,.lerdod " ovel r" d'n dror
aptldáô elteira, com a principalíinalldade de produzir
qLe jo o" Sê r" od l\Ipld 'DOP. \o Mdo,e dp as o
o Dêstoreiô é sequido de perto, asslm como são l€ tâs
aná ises e nspeçÕes regulares, de modo a asseg!rar a
mals alta quâlidade do lelte. Também nesta quinta se iaz o
controlo do cic o reprodut vo, tendo ern contê as me hores
pastagens que surgem no início do oulono O tempo de
gestação de uma ove ha e de c nco meses, lênÇando_se
êos machos a paÍ1 r de 15 de março.
Sem umâ boa alimentaçáo não é possivel investir em

dê ovelha bordâ e ra. Dai ser necessárlo cu tlvar fotragens


.le ê lo va or nutÍltivo. As pastagens constituem a base
..tLrral e principal da allrnentaÇão dos ovlnos da Madre de
dq r"
" 'ô_rbê.r Í-1o e r quepse-nobtem
-'ro dÊ. eÍe. ..
uma qualidade
E .través dâ sua aliÍnentação
de exce ência no leile e na carne
DO ITYOURSELF now?u Ô70

Vamos ensinar-lhe a ÍazeÍ um avental


Doit,yrutaelp prático e original, a paÍtir dê um
simples pano de cozinha, Crie os seus

AVENTAIS póprios aventais ou oúereça a alguém


um presênte êspecial.

Wafenial
Pano
Fita com 2 metros
Tesou ra
llhoses
Alicate de ilhoses
?.- @o

Paamf Paaao2
Com a ajuda de umalesoura, abrá Lm ôÍiicio em dois cantos Encaixe nosorificios as duas faces de um irhós e press,one com
do pano, no mesmo lâdo
nordmô70 DO lT YOURSELF
:::.. . .

Apção, ,' ,,.,,,,i

PaaaoS
Êaça passarê Ílta pêlos dois orificios, prendendô o âventê âtÍás ô! à frenie dâ cintura

Paaao4
Como a ternálivâ, Íâça !m nó côm á íitâ ôôs dôis ôrlíic os :::ni€ndo o avênralu trás oL à írente dâ ciórLrê
CHEFE oo MÉs cà.Ji,arurx, ,?o.lri.gz.s

Fl"qE
17
f

r$

,--\
(;

l1
O CherêBruno R.disuês âssdôr a.hefi,
do rcstautrntê Okah e.1o b.r e taLnse zazàh

tto LÉban An Centet & stúdtosCannnhitr


í
Con caBtensti.rs d)stlnra. e.te ri. as.lais
espacoscaúpiê e.ran se nê pen,Étcàa,
a ptinena aíercce úna sastanônia
saíisticaàa ôn )nsprn.ào asiática

';;;;#::::::,.
Emait íeseNasaakah pt
b
l. *F, * -Ft
a/r.,. ArunrAodndx?r
!"Ç
CHEFE DO MÊS

l; qÉ,

O seu interese pela @inha A6 § an6. Btuno Rodngues Itabalhóu com Jósé Avillez, Henrique
indu stri al de speúou ér,qua nto tah tu m Étaurant* camo Sá Pessoa e Luis Baena, onde
i. trc halhdv a. n4 ma
ikho5: :
êmpresa Íffi. Màoíestó. Càis .la Pe.1Íâ. a p te n.1 eu m u il os.1 a s co n he.i mentos

j d9 .d Ei@ .lo Avita e Faz oastas .tue atualmente póe en p.ática,

&
ffi {.1 ._
ffi ,hffirsPrnaçõrs
ffiAW ICAS DO CHEFE

ffi;rff ::,i,';;!',r"::;;yi,[n1;:#:;';ffi:x^
ê:: :- '.:*
L, ,1

Wq,niffe"* e . *vo c6eÍe do ôrar um ro . chei a Setj! u se o Bâíro do Avillez, onde estve
;iss o *' -" dê êg ê o o o o rto .o. .o-ÍoL-.o\ e.r.ê I
" ",.,-"
4on,.mpor; ede.on L' rorr.êocd_ o O i sos, reÍerfdo se a José Avllez, que considera um
Fssou também a iderar a cozinha do lar,rh Good ô o Àp ó. d osÁ av prir. ,--.
1, §iFV Lm bà, e roL,.- . ,coo u, o do o
$^no"rdaídoLA( .' o 1' r \ o
" o pê mente enr lern,os de altirde. liderança, a Ío|ma
de se expressêr e conduz rê eqLrpa, o conheclmento
o o l. o oo ê-npê ho... qó oi

I 8, ,""ffi '
sas boas E umá pesson quâ mo diz mullo "

J oeoo, oo c, .o d- o/'r""o" rÊ" " ,,-, *.",,fu-, tt',-tn! uiúelin ê cp .td


de co maçao Pro ro'io po d o \ ô'o i -" n**!Er "- o B ..oRoo,sLê\-êvê
r F
§ Po- .","-r"*" ' o-.'"',oo',"' .'
E 'o^ a,aes !o,ochee o eAvrlle- Le L ,1.
d oÉro , {looe & ap.,,r"
êutononr a e decidiu
._.. Aqo'", qdn o
se!! , o seu cam nho. "Tenlo
r

[ - '- -", p,, pô, enr prátca aqui ro Õk.h todo o conhecimento
ffi,"""." pc'd o rê,rdu,drr. Iv o..,rô. ro
' ô ,:lue êdqu r
Desde ê orqan za.áo ao pensamento,
re t- s ts.e.d dêooF da f osoia ao conceito Àdn 1ô que tem um po!-
I:q ê rc" oelo Io.r ^Lo e. ,boà. Deoo ,..o. . .l co da Íorrnâ de pensa do Cheíe Jose Avllez, do
estlq o -o ,rotê' Le MÂ.1 ê ê-n paÍrs n-n d r_," Chele Henr.rue Sá Pessoa e do Cheíe Luis Bâenâ
"
ém que esle contava com Íês estrelas Miche n taírbérn Pro.!ro iazer a Írsao de sabores nterna'
'Êoí orlentação do CheÍê FausroAiíoldi De reqresso, crorais coír :abores portug!eses. E e essê o nos-
passer pe o Tivo i Oriente e pelo Câis da PedÍa, do so concerlo. neste caso. no Ôtatr, privilegiarnos â
cLô õ rFlr.quê 5d Pês.od \",r" útrrmo F assumi
CHEFE DO MÊS CàCJU r/!no ,C"drigla§

,a
Bruno Rod,rágues não di,spensa
a utilização d.a Bimbgo na
cozi.nha d,o Õkah, seja na criaçã,o
d,e purés, sopas e cald,os.
'A Bimbga é fantástica", af,rmou.

f^*'
Bimby6, paixão a pÍimeira vista
Gastíonomia única, iniensâ ê sofislicadê sao âlguns
dos adlêtivos quê caraterizam a diveísidade dâ caíta
do Okah, restaurâfte lnternacionê, contemporãneo
e com urn toque aslátlco. nspiÍâda nas cores e sa_
boÍes das êspeciarias, â cânâ do Õkâh aprêsêntâ
pratos despretensosos e descomp icados, repletos
de sôboÍ Exemplo dislo é a sugêstáo dê Íeceita dê
Bruno Rodrigues, um caÍil de lêgumês, coníeciona_
do na Bimbye. robor que não dispensa na suâ co_
zinha: "Apaixonei-me pela Biírby@ à prime ra vstâ
A rapidez na execuÇáo, a padíonizâÇão e a cremo'
s dade a qLre se propóe em purés, sopâs e ca dos
sdo alg.i-a: dc5 L.'atelslcas oJe -ês !ao'izo
A Bimbyt é Íaniásiica."
írrli,,l,'"n. Rodn]jl,a CHEFE Do MÊs

Caril d.e lepyumes

tif,r\r{i
L Co.:'r-Ê,5 aopo as cascas e âs cabeças de câmôráo e 400 g águâ
e GJ: 5 Coe com a âjuda do cesto e reservê o fumeú.
-r1úlc/vel3-
Guaâ; a -'roo ale camaÍào paía outras uiilizaçóes,
2. Coi@-Ê.8 cogo ô cebola, o alho, o gêngibre, os talos de coentíos

ffi#r=,",*"" e o aaE
3. Âdc4.€
l€
=
cqrê 5 r6g/vel 5,
ê €íyá-p.incipe e a batata-doce e cozinhe 7 min/120'Clvel 1

ffi;;;; 4.Adicirê o ãn,


.o.rÉúlICrHl.
5,
o bite de coco e zl:10 g de água e cozinhe

AdirixÉ 35O g de á.rmet e a flor de sâ|. Coloque a Vâroma com á c6noura,


a cuÍg€ie- a crÉlo[a ê os cogumelos e cozinhe 25 min/VaÍoma/vêl '1. Betire
ffi:rJ.*'"".'
S0 g teite de coco
a Vaíoínô e nÉnrenhâ quente. Retire a êrva-príncipe com a ajudâ dâ espátula

flgÍtor de sat 6. De seguida rnure l min/vê|5-7, aumêntando pÍogressivamentê â


i,,Éüo,q'ienou ra cortada em palitos velo.iladê- RetiÍe, envolva com os legumes e guarneça com os coentros,
Sirva de sêguida
!i${6i curgote cortaaa em patitos
ir3Ôq d chalota cortaaa em lâminas
t
30ô g cogumelos cortados
em pedaço6
Folhas de coentros
côrtadas em juliana
q.b. p/ guarnecer

pâsso 6,.taça-o proqE sivamênt.


vêr 5-7. E iuhdamental espe.aÍ
3â 5segundos.niesdeabrir

a eíabilizaçào do liqúidô
e êvlraÍ ó porigo de sôlpicôs
if-. n .\lánt de dc.sJrutcLr
o tulfo'rto e elegància
l,o restuurante, uenha
cont LenTpc, para
uisitcLr a atlega da
Malhadin.ha,
onde sc pttttluzetn
os uitthos
d,a lmclade.

d
VINH
,{, ,

- = HERDADE
t MALHADINHA
r,n41i "á.i',

NOVA
Istá iníalâdo Durna adcga c âssum. s.
conD nnr.stâço d. cozinhâ criati!â, .lc
rclerê.cia e de êutor. Procufa IreseNai
os !rcduL,» da l€r.a em inl€ryrela!r'les
D,ode, n,rs. a acon,tanhar os r inhos Lla
herdade. O ClieÍe Jo,rctri,n Koert)er eíá

ll ligrdo à essência dotr.üelo, que {onra


r incla coni a colalôl?!ão da coTirheirn da
Ie ladÉ. \'ilali.a Sanios, qu€ desen!olre
lodo
e
o,e.eiluírio LÉdi(ioial alenlejano.
con o Ch€tê llru.o Antunes. o.oslo
a!fiirino. À mesa, destaque !aü as
iiborlas de tomat€, o queijodeolell,a
grâti.ado com orégios e o fülode
enchidos de lorco lreto rlentejufo. rntre
É'r ospratos de cune..rten!âo ào guis.rdo de
carne aleúejann llol'(om gr:io de bico
eâbóbora, ao .ozido aleúejano de grâo.
{ §; ao ensopa.lo de borrego da lalhadnha
grelhadâ niista .te seleçào de carnes
e,' F e à

alentelaDas ,\ terrnnar, naolcrca o


l.'ite crcme. atarte dc.hocolat. e leitc
\ com nozes. alana.ota dc..qu.ljão oua
encharcada dt pistácios.

HERDADE #' l,r,o


DOS GROUS T
Flstá apouco mais dc l;
minuros de B.ja
e os seus rühos lá beú (onhecidos
são
de todos. Podcniserla )éú rnu boa
desculla paranniâ f.isil,r n eduhe.dâdc c
ao seu r.stâurênre. O nosso anlitrlàofoio
p.óprio chele Irui l,,ado. que nos assistju
na dcguÍâção de algu mas sugestôcs do
menu- harrnonizadas rom os Íifhôs d.
(asa. Foi o.aso.lô9,) a abrir. dâtibomâ,
depois do atum e, por fim, da litc1a â
bri\a temp.raiura co'n legurtres da..poca
l.lsta, serr-idacon Ilerdade.los Crous 2:
Irarri.as. Íica de clorurpor mais.
 iertninar, anl€sdo raféc dcuma
colheiia tardia da h erdade, pudcnos
-?=
saborcar as di lerentes sobrcrnisas.
Duma tábua, eh yersio miniaturas. sem
dúlidâ, um renauruntc e um pass.io
pelos anedores (le Beja... anàop.rd.r.

iêdadedosGÍou§,Albêmoa
1 O naco d,e uitela wmfeijão
d,e azeite, migas d,e espinafres
e ratatotille
rnerece a uisita
e todos os elogios-..

ESPELHO
DE AGUA
É no Pârque da Cidade, nos arredores de Bejâ, que
\ar enconlrâr eete r€stauranlê..ujo nomêjá deixa
antever o espaço onde está integrado. o êdificio é
modê.Dô ê gânha mais interesse ao ffm dâ tarde e
noite, quando o qepúsculo e a iluminação se encon-
tramno€xtenso espel ho de água que tem pordiante.
Sopâs de peixe, sopas de caçâo e açorda debâcâlhau
sâoalgumasdas especialidades, mas não é tudo. Eá
aindâ bâcâlhau à rspelho d Ágrra, espetâdê de polvo
com migas dê hortelÀ e peixes do dia grelhados no
cârvào, Entre a3 carnes, conte comas migas canhâ§,
cârnês dê porco preto grelhâdas no carvâo guÂrne-
cidas com migas, aaút€f de pato e espetadâ de no-
vrlho F.âmârào. A terminar. pudiú dc requeüào.
iârdÊàs, ruârinho ou gclados de, oD lcção propria.

Àrquê da cid..L, Rú. d. uêhô.

F*W
O ARBITRO
carlos Moita, o proFietário, quando era
nais joven ândou pelos campos da bola
â apitar fêltas e a distdbutr cartôes ama-
relos. Já tem este restaurante há cerca
da 31 anos. e a escolha do nom€ foi fácil-
À avaiiar pelo sâbor e pelê clientela Êel,
lalnbém pdece fácil à süa mulher, Mariâ
Moita, tÉzerpara amesa o melhor daco-
zinha regioDar. Borrego à pâstora, sopâ
de caçào, Digas, pezinhos de co€ntrada,
açorde e carDe de porco à alentejâna sào
câbeças-de-cartaz dê um menu que reúne
âiÍda muitas out.âs propostâs.
-hu,
cons.lh.ib Menescr n.'a
ADEGA TIPICA
25 DE ABRIL
rncontra o em pleno ceDtro histórico de Beja. e a de.oraqão
n'osira ob.letos agrícolas pendurados no teto e a adoDiar as pa
Íed€s de tijolo. Ábriuportas em1r80 etornou-se uDia referência
da cidade em cozmharegional. orientado por l$â.1P.r.i.a. a
carne na brasa éuna dâs opçõesin oDtornálcis..ôn dcíaluc
fê.êôlorco preto- que domina arnaioria dos nicDns .ia .i.tadc.
\Íâs nâódeixe deprovara aqordade bacâlhau. a sopâ.Lc tonaic
.oú ovô ou o bo.rego à pastor. l'ode termnar delois coD um
pudin d€ buiat{ doce acomtanha.io deunli.or dâ r.giào.

A ar^4e
CASA DE CHÁ

o rcíaurantc cstá dcntro da pousâda, chá. doccs rcgioDaisl' Un laDchc ou


situâdano ccntro históri.o de B.ia. urn p.!u.no almoço cmpl.Da baixâ da
Àluiio confortár.]. procura dar a cidâdc:'Esta opçào iá ganhou fania. nào
conhecer âs iguarias da coziDha regional, âpcnas cntm os bejcnses, masjunto dos
AF ".'
-
! ã:},;;;1"":il::il't*fi ,l;"J11".
forastcíos quc por aqui !assriam.

r
Teireno dos valeúês, BêF
de porco preto cstaÍam no ponio c
at coniirniarâm a Dossâ aposta nestc locâ].
Num dia d. sol. |e(a fârâ tomar o.afó Bestâurantê D. Dinis
Dojardnn. lü'1tô apir.inà.
i*q" D N,".Á**. P*.
Íe 965 33, 5r8
'a
CâÍé Bêstâurante Luiz da Bocha
Êuê Cápitáo Joáo Frànc sco de Sôusà, n.'63
Íê . 28,1323 179
MEN U SEMAN*
--F!r-t_t_ §-.
aE-. r
t r-G:
I -,G: ,'a@ft.
:-!
'

--
ConÍorto é algo de que todos precisamos nas estaçóes mais frias. Seja uma lareira acesa, uma
chavena de chá, ficar na camã ma s uns minutos ou mesmo um prato quente nas máos. Explore as
I
sugestoes que lhe trazemos este mês e viaje no Cookidoon para descobrir muitas mais
-L\B.*-*:--4i'

.#
É":'t:
soF d. mweior ê âh *dc És 5,

sr4Úddeh4oêa§ânhas.cúrdod

Sopâr L!,uarô sào ít€rúlrl Prdls d€ bnlauaall, m lon,,


tv€ri,.ürnt€'úrar r€c€ito^s coLar sào tt@ dtt,i. secrete" caLtrd
sebores air!:la mis âpürnd4s o irD 1À€ e olule d€t"s
-1
c

J
*
à
i..

il-!
q..it-- § ^

k*íhâdêfiá4ômmFdopágs
I

",b
c.,stcaiur írl /aft
Ct^l^r,t"ló,lora]
tsalo .ó, diútÍol
por ser€m ,lu,Lilo rrar .t oryarúê caL ,tL
Chocolâte :,
,"" . j
"--"-.

BIMBY@ bimby BIMBY'


Descubra um mundo de ideias BIIIII)'
It(I_tls t:
para as suas ofertas de Natal. soBItilllis ts

VALE OFERTA

Cook y."3á:li,% 6.

ll
tr

1. A Bimbyo Íaz, Châvê dê râcêitâs, €35.2, Chocoate, Châvâ d. r.c.it.., €25.3, Bolos e sobÍem€sas, Châvê dâ rêc.lt!s, €35, 4. Bimby§
à PoÍruguesa corn Cêrlêza, Chávê dê rêceitas, €35.5. Côok'KeVo, €129.6, Cook t By BimbyÓ WoÍkshops -Vae OÍsrta, €4S ldlsponÍvel
em www.tckêr nê sapo pt). z chôôôête, Coniunto Livro + ch!v., €s0.8. Verdes e aternatvas. Conjunto Llvto + ch!vâ. €55.9. Coijuntô
B mby6bêby box hzu /rosa), €70.10. A cozl.ha.se conta Lma h s1ór ô, Livro, €22,20.1t, A Bimby!iaz, Livro, €35.12. Forma dê piza aft êdeÍe.te,
€10,50. t3, Formê dê Focêccla anladerenie, €13,80.',14. cô.1!nto de 6lÍêscos de iogurre Nêta, €12,50.15. Gaíêia 1 Lvdro Na1êllamêíela/
vermelhal. €6,20. t6. Conlunto4gâÍâl nhas devidÍo Nôla|, €9,90
Todosos artigos ên.ontrám-se disponiveis através do Asentê Bimby@ ou da Loja Bimbyô Orrhe shop.vorwêrk.Pt
----

-ã--
=

PJ a

-HII

à;

16
O NataL
esLôu i" porLa,...
t cow, eLe Lrazew.os
re c elLo,s Lr ad,LcLo wa,its e
aLLernÂLLv c"s vnaLs fi&ceLs
para a ma ceLa deLLclosa.
Na próxiwun edl4ãn ,
destaravnns aLndn
a bo.La.La-dnce, wrn
superc"LLnnen Lo d,a, ép o ca.

atmby., Moú.ntus de pâdllhâ PropÍiôdadeVorwerkPrêmum,Lda.lRuâOunrâdoPâizinhô,n."3,EdificloY-r.'ândar,2790-143Caínãxldê,Têl.l


2t4 117 315, làx: 2141'72 341 | Conrlbuinre n,' 502633220 | Dnôtorâ l3ebêl Padinhà | Dlrêtôrâ dê Markêting nôs CiÍêra I Coord.ráçõo dê pÍolêto
Marga.ida Feíador lEditorô CâtâÍinô Passos Pesquis!..ri.çâo. pr.p.ráção d$ EcêltৠBáÍbârá Tôma. Canors Freire d'Andrad€, Joãna Avlm,
Margâridá FêÍâdor, Âira Aôtâs ê Suzâna lúota I ConcElto Brandscâpê Làlsur. & Lí*iylê lúârkêiing I Colahoradorês Joana S€ixâs I F.d.çáo Dépt.
Mârk.rinE VorwêÍk PÍêmium, Lda. lFotogralia anrónio N6ô.imênro l6ood Styliíg Anà ÍÍancoso lPuhlicidadô Paulo Per6na 1pp@b.andsc6pe.pt,
Tel.2ra21O17e)llmprBsâoLidêrgraf,Sustalnâb1€P.i^ring-AÍt63GÍáíicã3,SA,AuâdoGslhâno,n,"15,4430039ViladoConde,PoíugallÍÍa9.m
50 OO0 ê*êmorâres lOêpórito t sat 2129t2ba N." Rêgisrô ERc 126706 ISSN 1647.9653 Distíibuida poÍ VASR DisÍibuidoÍa de Pub côqóes, SA, MLP
-OuiniâdocÍálâ1,VêndâSôca,27395Ílasuslvá-Câ.ém,Têl.214337OOOlA.rin.lur.rVASP PA EM lU M EÀtTREGÁ PEBSONALIZADA 0E PUBLICAÇÔES,
LDA, Medià Logi3ri.s Park, ouinla do Grajal-Vándâ sêcâ,2739-Stl Agualvá Cácéh:34,30€llsenla de Íeqisto. nostê.nôsprévisrorp.la àlinea a) do n.'l.
a iqo 12.!, do OR n.'3/99 lÀgradêcimênros alcinâ Florês (Mã,câdo da R,boÍà|, ÉMAÚS, Ce,am'cas na L'nhâ, PêdÍosô & OsóÍio lCol.hor.gtó.ip.ci.l
lnésSéÍgio,lsábêlNoguênaêvandaNãve.

LINHA OEAPOIO AO ÂSSINANTE - rê!.: 214 337 036 | E-môil: ..5in!tur!!@v..p.pr

r99Bdas3 edâplâd8,ala, Bimw


@
1pá0. 331.
êicrúsivas ÍM5: sop.
G.r.i.d..rho. 6rrreúà
mi.. (prs.27), É.rúturro d. hnnlh... c..i.íhr BRANDSCAPE VORWERI(