Você está na página 1de 10

A G R U PA M E N T O DE E S C O L A S A U G U S T O C A B R I TA

Escola Secundária Augusto Cabrita


Rua Maria Lamas – 2830-088 Barreiro
Código: 170628 Te l e f o n e : 2 1 2 0 5 9 2 2 0 Fax: 212 059 228

1
G U I Ã O D O R E L ATÓ R I O DA PA P
CURSOS PROFISSIONAIS | ANO LETIVO 2013/2014

As normas que se apresentam têm por objetivo uniformizar a apresentação do relatório de PROVA DE
APTIDÃO PROFISSIONAL.

As normas não deverão limitar a criatividade do autor, nem substituir-se aos orientadores na definição
das linhas mestras em que decidam orientar a estruturação dos trabalhos dos seus alunos.

Estas normas pretendem ser para o aluno um guia de orientação para a redação do seu relatório.

Elas deverão facilitar a apresentação dos trabalhos e a sua consulta.

As normas conferem ao relatório uma identidade disciplinar e institucional.

As normas apresentadas abordam dois aspetos de um relatório:

 Formato geral da redação

 Estrutura e conteúdo do relatório

 Estrutura linguística

1
Entregar aos alunos

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 1 de 10


1 - ESTRUTURA

Papel – É primordial que o papel seja opaco e com qualidade suficiente para a reprodução. Assim é
aconselhado usar papel com gramagem de uso corrente, ou seja, 80g/m 2.

Encadernação – É fundamental que sejam utilizados materiais resistentes que garantam a preservação e
conservação do relatório.

Formato e Apresentação – O formato recomendado para ilustrações e texto é o A 4.


Para se conseguir uma boa leitura é indispensável que:
 O papel seja impresso de um só lado da folha;
 O texto deve ter um espaço entre linhas de 1,5.

Aconselha-se as seguintes medidas para a zona de impressão no formato A 4:


o 3 cm de margem superior (top);
o 2 cm de margem inferior (bottom);
o 3 cm de margem esquerda (lef);
o 2 cm de margem direita (right).

Tipo de Letra (font) – O tipo de letra normalmente adotado na elaboração de trabalhos técnicos e/ou
científicos é o “Arial” tamanho 11. Outros tamanhos são sugeridos para os títulos de capítulos (Arial, 12),
legenda de tabelas/figuras (Arial, 10) e rodapés (Arial, 9).

Estilo do Texto – A generalidade dos editores de texto permite uma grande variedade de estilos de
textos (ie. normal, negrito, itálico e sublinhado). Procura escrever o texto em estilo normal, reservando
os outros estilos para realçar determinados aspetos do texto. Sugestões:
Negrito e Sublinhados – para títulos e palavras-chave (identificação de métodos, processos,...);
Itálico – para citar outros autores, escrever palavras em línguas estrangeiras, etc..

Procura evitar a utilização indiscriminada de efeitos no texto (ex. sombras) de modo a conferir ao
trabalho um aspeto sóbrio e uniforme.

O Relatório, que não deve exceder as 40 páginas, deve ser:


- Apresentado num único exemplar encadernado e devidamente validado;
- Gravado em formato PDF.

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 2 de 10


CAPA E PÁGINA DE TÍTULO
Estrutura da capa

A G R U PA M E N T O D E E S C O L A S A U G U S T O C A B R I TA
Escola Secundária Augusto Cabrita
Rua Maria Lamas – 2830-088 Barreiro

RELATÓRIO DA PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL


CURSO …………………………

«TÍTULO DO TRABALHO (ARIAL, 14 negrito)»

«Nome do autor (ARIAL, 12)»

«Mês, ano»

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 3 de 10


Sugestão para a estrutura da Página de Título

A G R U PA M E N T O D E E S C O L A S A U G U S T O C A B R I TA
Escola Secundária Augusto Cabrita
Rua Maria Lamas – 2830-088 Barreiro

RELATÓRIO DA PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL


CURSO …………………………

«TÍTULO DO TRABALHO (ARIAL, 14 negrito)»

«Nome do autor (ARIAL, 12)»

Nome do autor:
Nome do professor orientador:

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 4 de 10


DEDICATÓRIA
3 ou 4 palavras situadas na metade superior da página e à direita.

AGRADECIMENTOS
No máximo ½ página. Agradecimento a todas as pessoas/instituições que diretamente contribuíram para
a realização do trabalho.

PÁGINAS SUBDIMENSIONADAS
Frequentemente mapas, tabelas, figuras, gráficos, …, são superiores ao formato A 4 o que dificulta a
qualidade de leitura e apreciação de dados, assim como a qualidade da reprodução. Caso se consiga
ajustar a dimensão desses elementos ao tamanho A 4 sem perda de qualidade, então, este ajustamento
pode ser efetuado. Mas, caso tal não seja possível, então deve-se apresentar estes objetos de texto no
tamanho natural, em folhas de maiores dimensões mas perfeitamente dobradas e ajustadas ao tamanho
A4.

FOTOGRAFIAS
Nenhuma fotografia proveniente de documento protegido com direitos de autor pode ser reproduzida
sem a devida autorização dos proprietários dos direitos. Para efeitos de estudo, e não visando mais-
valias comerciais, as fontes das imagens devem ser citadas ou, se possível, substituídas por esquemas
descritivos realizados pelo autor.
Se possível deve optar-se por fotografias próprias.
Os documentos fotografados devem ser perfeitamente contrastados e nítidos.

Quadros, tabelas, gráficos e outras figuras devem ilustrar e elucidar o texto. Se não o fizerem, só servem
para ocupar espaço.

FIGURA
É toda a ilustração que documenta e explicita o texto. Tem como função enriquecer o texto (utilizada
quando necessário). Deve ser numerada consecutivamente ao longo do trabalho e acompanhada de
uma legenda explicativa, de forma sintética e elucidativa, colocada por baixo da figura, em letra
8/negrito.

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 5 de 10


Exemplos:
Figura Gráfica Figura explicativa do texto

Fig. 1 – Temperaturas dos quatro últimos trimestres


Fig. 2 – O presente

TABELA
É um suplemento do texto e deve dar uma leitura rápida. As tabelas têm títulos e devem ser numeradas
consecutivamente ao longo do trabalho. Deve ser numerada ao cimo (centrado) e o título coloca-se em
posição de triângulo equilátero invertido, espaço simples.

Tabela 1: Temperaturas dos últimos quatro trimestres do ano 200.. obtidas nas três principais regiões da zona da Grande Lisboa

10º Ano 11º Ano 12º Ano

INFOR 20,4 27,4 30


GEST 30,6 38,6 34,6
MKT 45,9 46,9 45

Quadro – Enquanto as tabelas utilizam palavras e números, com predominância destes últimos, os
quadros apenas usam palavras. Seguem as mesmas regras de identificação das tabelas.

CABEÇALHO E RODAPÉ

As notas explicativas devem ser incluídas em rodapé na página do texto a que se referem. As citações, as
publicações citadas e as notas são identificadas por um número colocado em índice, na parte superior da
linha, ou então na linha mas dentro de parêntesis retos, após o nome, a palavra ou frase a que dizem
respeito.

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 6 de 10


O Cabeçalho e Rodapé (sugestão) de um documento são sempre uma referência durante o processo de
leitura deste. Assim, é conveniente que nesta parte do texto apareçam os seguintes dados:

No cabeçalho à esquerda: No cabeçalho à direita:


Referência ao Curso (e empresa se aplicável) O nome do Trabalho

No rodapé à esquerda: No rodapé à direita:


O nome do autor O número de página/ total de páginas

ÍNDICE
O índice é a lista dos títulos dos capítulos (divisões e subdivisões com respetiva referência numérica),
acompanhada dos números de página onde se situam. O índice é colocado após o resumo e a página de
agradecimentos.

Exemplo:

1. Introdução.......................................................................................12
2. «Capítulo de desenvolvimento do trabalho»..................................13
3. «Capítulo de desenvolvimento do trabalho»..................................15
3.1..................................................................................«Subtítulo» 16
3.1.1. X .....................................................................................16
3.1.2. Y .....................................................................................17
3.2........................................................................................«Subtítulo» 18
4. Conclusão/Reflexão final.................................................................30
Referências Bibliográficas......................................................................34
ANEXO A: «Curriculum Vitae» – Modelo Europass................................35
ANEXO B: «Título do ANEXO B».............................................................36
ANEXO C: «Título do ANEXO C».............................................................37

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 7 de 10


2 - CONTEÚDO

INTRODUÇÃO

Esta secção deve fazer referência aos seguintes aspetos:


 Enquadramento legal da prova (Portaria n.º 74-A/2013, de 15 de fevereiro)
 Justificação do tema e eventual historial do processo
 Objetivos
 Metodologia
 Cronograma da prova
 Recursos humanos e materiais utilizados
 Referência ao parecer da equipa pedagógica de acompanhamento
 Eventual referência à estrutura do relatório
 Outros elementos.

DESENVOLVIMENTO
«Capítulo de desenvolvimento do trabalho»
«Capítulo de desenvolvimento do trabalho»

Estes capítulos constituem o corpo do trabalho e a sua organização decorre, principalmente, da sua
própria especificidade. Devem, no entanto, e por isso mesmo, estar organizados de uma forma bem
justificada, reconhecida como lógica para o problema em questão.
Poderão incluir títulos relativos à apresentação do problema com detalhe, à apresentação da solução
proposta, aos materiais e métodos, ao produto desenvolvido, resultados, discussão, etc.
Assim, é dada uma certa flexibilidade à apresentação do trabalho desenvolvido, sem se perder a
estrutura geral do relatório.
A estrutura de cada capítulo poderá conter subcapítulos de forma equilibrada.

CONCLUSÃO/REFLEXÃO FINAL

Aqui devem ser apresentados os resultados do trabalho, para além de uma análise crítica dos mesmos e
do trabalho geral desenvolvido. Deverão ser indicadas ainda possíveis direções de trabalho futuro, na
continuidade do que foi desenvolvido.
Uma autoavaliação do percurso de concretização do projeto, destacando as principais aprendizagens,
dificuldades e obstáculos.

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 8 de 10


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Critério Americano (Sistema Autor-Data):

1 – Referências Bibliográficas/Citações:

O critério americano, assim designado por ser o método mais utilizado nos EUA, “consiste em intercalar
no texto, entre parêntesis, a seguir às citações, o apelido dos autores, a data da publicação das obras e o
número da página ou páginas a que correspondem as citações”. (FERNANDES, 1994: 200)
Por outro lado, deverá indicar-se apenas “a data da publicação e o número da página, se o apelido do
autor já foi referido na citação.” (1994:200)

De facto, para FERNANDES (1994:2001), “o método americano de referências bibliográficas é mais


simples e prático do que o método tradicional, na medida em que não obriga a uma numeração
sucessiva, em pé de página ou noutro local de trabalho, nem à indicação dos nomes dos autores, dos
títulos das obras, das editoras e dos locais das publicações, ficando esta tarefa para a parte reservada à
classificação e ordenamento da bibliografia.” 2

2 – Bibliografia:
Apelido ou sobrenome do autor (maiúsculas), iniciais do nome próprio (seguidas de ponto), data da
publicação (entre parêntesis e seguida de ponto), título da obra (seguido de ponto), número de edição
(seguido de ponto), local de edição (seguido de dois pontos), nome da editora, volume, coleção e
número (entre parêntesis).

A BIBLIOGRAFIA deverá ser organizada por ordem alfabética e, caso haja mais que uma obra por autor,
tais obras serão referenciadas ainda por ordem cronológica.
FERNANDES, A. J. (1994). Métodos e Regras para Elaboração de Trabalhos Académicos e Científicos.
Porto: Porto Editora (coleção educação).

FRADA, J. J. C. (1994). Guia Prático para a Elaboração e Apresentação de Trabalhos Científicos. 4ª edição.
Lisboa: Edições Cosmos.

3 – Outras Referências Bibliográficas:

Capítulo, partes e páginas de monografia:

APELIDO, iniciais do nome (data). Título do capítulo. In apelido, iniciais do nome dos autores da obra
principal. Título da obra principal. Local de publicação: editora, primeira e última páginas.

2
Investigadores, professores universitários e equipas de elaboração de manuais escolares em algumas editoras (entre outros) já
há anos que privilegiam o critério americano, por se tornar mais simples. Julga-se, assim, importante que os alunos da escola
detenham, também, este conhecimento para poderem dispor de mais essa ferramenta na sua vida profissional.

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 9 de 10


Artigos de publicação em série: de revistas, etc.:
APELIDO, iniciais do nome. Título do artigo. Título da publicação. Local de publicação. Ano. Volume nº,
primeira e última páginas.

Artigos de jornais:
APELIDO, iniciais do nome. Título: complemento do título. Nome do jornal: suplemento. Data (nº),
página.

3 - ESTRUTURA LINGUÍSTICA

Preferir:
 a palavra corrente à rebuscada;
 a palavra concreta à abstrata;
 a palavra portuguesa à estrangeira;
 a expressão simples à complexa;
 as frases curtas às longas.

Evitar:
 a subjetividade;
 as figuras de estilo;
 as palavras desnecessárias;
 as repetições;
 o excesso de adjetivação;
 as palavras ambíguas;
 os lugares comuns.

Ter em atenção:
 a pontuação e ortografia;
 a divisão do texto em parágrafos que facilitem a leitura;
 a utilização de títulos, subtítulos, numerações, alíneas, entre outros, quando necessário;
 a apresentação;
 a inclusão da bibliografia dos documentos consultados;
 que não deve elaborar um trabalho tão longo que se torne maçador;
 não tentar impressionar com a quantidade, mas sim com a qualidade do trabalho;
 não deve incluir em anexo publicações ou documentos desnecessários;
 não deve copiar integral ou parcialmente os textos consultados, mas deve identificar as citações
e fazer resumos.

NOTA: O texto deve ser agradável de ler e esclarecedor, mesmo quando o leitor não é especialista na matéria. Em caso de
dúvida deverá consultar o prontuário ou o dicionário.

GUIÃO DO RELATÓRIO DA PAP PÁGINA | 10 de 10