Você está na página 1de 12

4º Simulado

OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado


Direito Constitucional
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

PEÇA PROCESSUAL – VALOR 5,0

O atual Presidente da República, Sr. Antônio, sancionou a Lei Federal 888/2018, que
determina que os jornalistas que pretendam se utilizar da trucagem, da montagem ou de outros
recursos de áudio e vídeo como técnicas de expressão da crítica jornalística, em especial nos
programas humorísticos, até mesmo para difundir opinião favorável ou contrária a candidato ou
partido político, devem enviar o material jornalístico previamente ao órgão federal JJ, para que este
autorize aquela determinada pauta a ser televisionada.
O Presidente do Partido Político da Liberdade, com representação no Congresso Nacional,
indignado, destacou que na atual ordem constitucional, o princípio da livre expressão da atividade
intelectual, artística, científica e de comunicação deve ser considerado em primeiro plano. E,
também, que a citada lei não se preocupa com matérias jornalísticas que façam propaganda
política, mas sim pretende censurar um estilo peculiar de fazer imprensa, o que não é possível na
atual ordem constitucional. Dessa forma, o Partido sustenta que a Lei Federal 888/2018 violou
dispositivos constitucionais basilares e, então, já anunciou na imprensa que questionará a
qualidade da referida legislação.
Na qualidade de advogado (a) do partido político, elabore a peça cabível, observando: a)
competência do juízo; b) legitimidade ativa e passiva; c) fundamentos de mérito constitucionais e
legais vinculados; d) requisitos formais da peça; e) tutela de urgência.
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24
25
26
27

28

29

30
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51
52
53

54

55

56

57
58
59
60
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

81

82

83

84
85
86

87
88

89

90
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115
116
117
118

119

120
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

121

122

123

124

125

126

127

128

129

130

131

132

133

134

135

136

137

138

139

140

141

142

143

144
145
146
147
148

149

150
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

Questão 1
Sobre o controle concentrado de constitucionalidade brasileiro, sabe-se que após a promulgação
da CRFB/88, o Supremo Tribunal Federal passou a fazer interpretação restritiva da legitimação para
agir, procedendo a uma classificação dos autores das ações do referido controle em dois grupos, o
dos legitimados universais e o dos especiais, exigindo do último grupo a demonstração de
pertinência temática.

Responda aos seguintes questionamentos sobre o tema:

A) Em que consiste a pertinência temática? Explique detalhadamente. O Governador do Estado da Alegria


pode ajuizar ADI em face de Lei do Estado da Paz? Justifique. (Valor: 0,65)
B) Sindicatos e federações sindicais podem ajuizar ações do controle concentrado? E as associações de
segundo grau? Justifique. (Valor: 0,60)

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

Questão 2
Deputados Federais e Senadores dos Partidos Políticos UNIDOS BRASIL, PARA FRENTE BR e
FORÇA UNIÃO estão sendo investigados por uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI),
aberta para apurar possíveis irregularidades praticadas, tendo em vista que seus nomes foram
citados por alguns delatores em uma grande operação realizada no país. Se comprovados os fatos,
suas condutas podem se configurar nos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de
dinheiro, falsidade ideológica, além de outros ilícitos.

Com base na situação hipoteticamente apresentada acima, responda aos seguintes


questionamentos:

A) Tendo em vista o farto e consistente conjunto probatório já organizado pela CPMI, esta pode vir a
decretar a prisão preventiva, presentes todos os requisitos, de alguns dos parlamentares investigados?
Explique e fundamente. Qual (ais) espécie (s) de prisão pode (m) ser decretada (s) pela referida
comissão? (Valor: 0,65)
B) Amanda, principal testemunha dos fatos, não compareceu espontaneamente para prestar depoimento,
nem mesmo justificou a sua ausência. O Presidente da CPMI determinou a sua condução coercitiva. Agiu
corretamente? Fundamente. (Valor: 0,60)

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

Questão 3
Carolina, servidora pública, respondeu a processo administrativo disciplinar que culminou em sua
suspensão. Indignada, propôs ação em face do Estado alegando que durante o Processo
Administrativo Disciplinar (PAD) não contou com a presença de advogado, tendo sido prejudicada
por tal fato. O juiz de primeiro grau julgou procedente a ação entendendo que Fabiana sofreu
efetivo prejuízo. Responda fundamentadamente aos questionamentos abaixo:

A) O juiz agiu de forma acertada? Explique. Há algum instrumento jurídico apto a levar a questão
diretamente ao Supremo Tribunal Federal? Fundamente. (Valor: 0,65)
B) É possível impetrar Habeas Data para acessar a autoria do denunciante em um PAD? Justifique.
(Valor: 0,60)

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

Questão 4
O Poder Legislativo realiza como uma de suas atividades típicas a função de fiscalização contábil,
orçamentária, operacional e patrimonial da União e das entidades da administração direta e
indireta, quanto à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das subvenções e renúncias
de receitas, mediante controle externo, auxiliado pelo Tribunal de Contas. Sobre o tema, responda
aos seguintes questionamentos:

A) É obrigatória a criação da Corte de Contas nos Estados? Explique. Poderia uma Constituição de Estado
outorgar competência para que a Assembleia Legislativa julgue as próprias contas sem o auxílio da Corte
de Contas Estadual? Justifique. (Valor: 0,65)
B) Qual o órgão judicial competente para processar e julgar os conselheiros dos Tribunais de Contas
Estaduais quando cometem crimes comuns e de responsabilidade? (Valor: 0,60)

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
4º Simulado
OAB 2ª Fase XXVI Exame de Ordem Unificado
Direito Constitucional

Realização