Você está na página 1de 8

Tratamentos

Pós-Escleroterapia
Guia de Formulações para Hipercromia Pós-Inflamatória
e Por Deposição de Hemossiderina
Escleroterapia na Cirurgia Vascular
e Dermatologia
Overview, Complicações da Escleroterapia,
Hiperpigmentação Pós-Escleroterapia
Overview
A escleroterapia continua sendo o procedimento mais realizado pelos cirurgiões vasculares brasileiros. Apesar de
ser um procedimento simples, o grau de exigência destes pacientes é muito alto, como costuma acontecer em todos os
procedimentos estéticos onde os insucessos costumam ser fortemente criticados.
Pitta GBB, Castro AA, Burihan E, editores. Angiologia e cirurgia vascular: guia ilustrado.
Maceió: UNCISAL/ECMAL & LAVA; 2003. Disponível em: http://www.lava.med.br/livro

Hiperpigmentação Pós-Escleroterapia
Entre as complicações mais encontradas pós-escleroterapia estão as hiperpigmentações. Há dois tipos básicos de
hipercromia pós-escleroterapia: hipercromia pós-inflamatória e deposição de hemossiderina.

A hipercromia pós-inflamatória é decorrente da resposta tecidual ao resíduo necrótico do vaso destruído.


Obviamente ela é tanto maior quanto mais calibrosa for a veia tratada. Normalmente as telangiectasias finas de até 1-2
mm têm parede muito fina e ao serem esclerosadas deixam pequeno volume de tecido necrótico que não gera um processo
inflamatório suficiente para causar hipercromia. Em veias maiores, normalmente também mais profundas, o risco de
hipercromia pós-inflamatória aumenta.

Outra possível causa para a hipercromia pós-inflamatória é o extravasamento da solução esclerosante. Drogas
menos agressivas como glicose 75% ou polidocanol 0,5% causariam menos risco de hipercromia quando injetadas fora do
vaso, em relação a, por exemplo, etanolamina, glicerina crômica, polidocanol 2%. O resultado destas agressões é uma
estimulação dos melanócitos que passam a liberar grande quantidade de melanina que se aprofunda
anormalmente na derme.

A deposição de hemossiderina tem uma


sequência diferente. Em uma sessão de escleroterpia,
algumas telangiectasias ficam contraídas, sem Hiperpigmentação por
sangue. Outras ficam ectasiadas com grande estímulo de melanócitos ou
deposição de hemossiderina
volume de sangue coagulado. Este coágulo
protegido pela parede do vaso será absorvido mais
lentamente do que se estivesse disperso nos tecidos.
Este tempo prolongado antes que seja reabsorvido
pelos macrófagos permite a transformação da
hemoglobina em hemossiderina e ferro livre. Resposta tecidual ao
resíduo necrótico do
Quando o vaso se rompe há uma dispersão destes vaso destruído ou
componentes, que não serão identificados como extravasamento da
corpo estranho, permanecendo indefinidamente no solução esclerosante
local. Estudos histológicos demonstraram que a Figura: Esquema ilustrativo do pós-procedimento de escleroterapia no qual pode ocorrer
hipercromia pós-inflamatória ou por deposição de hemossiderina.
pigmentação ocre é causada pela alteração da
cor da derme pela hemossiderina. O pigmento
fica predominantemente na derme superficial podendo às vezes estar presente nas regiões perianexiais ou n a d e r m e
média, principalmente em áreas localizadas do tornozelo. Alguns autores acreditam que a oxidação do ferro presente
nas lesões levaria à formação de radicais livres, que por sua toxicidade estimulariam os melanócitos piorando as
lesões.
Pitta GBB, Castro AA, Burihan E, editores. Angiologia e cirurgia vascular: guia ilustrado.
Maceió: UNCISAL/ECMAL & LAVA; 2003. Disponível em: http://www.lava.med.br/livro

>> 02
Tratamento das Hiperpigmentações
Pós-Escleroterapia
Hipercromia Pós-Inflamatória, Deposição de Hemossiderina e
Tratamento Preventivo de Microtrombos Pós-Escleroterapia
Tratamento da Hipercromia Pós-Inflamatória
O tratamento das hiperpigmentações é feito com cremes tópicos que contêm basicamente um ou mais inibidores da
tirosinase (hidroquinona, arbutin, ácido kójico, ácido fítico, vitamina C, complexos vegetais como Skin Ligthning
Complex), associados a adsorventes da melanina (Antipollon HT), um agente esfoliante para acelerar a retirada das
camadas superficiais onde se deposita grande parte do pigmento liberado (ácido retinóico, alfa hidroxiácidos),
corticóide, vitamina K1, anti-inflamatórios, antiedematosos e venotróficos. A combinação destes agentes leva em
conta o grau e tipo de lesão a ser tratada.

O componente mais importante é o ativo clareador. Normalmente se utiliza um ou dois produtos sendo a
hidroquinona a mais receitada. A concentração recomendada é de 2 a 5% e pode ser associada aos outros agentes
como ácido fítico (0,5 a 1%), ácido kójico (2 a 4%) e arbutin (1 a 2%).

Entre os agentes esfoliantes destacam-se o ácido retinoico e o ácido glicólico. O ácido retinoico (0,05 a 0,1%) é o
mais eficiente, além de ter também um efeito normalizador das funções dos melanócitos. No caso de alergia,
irritação ou pele sensível pode-se utilizar o ácido glicólico de 5 a 8%.

Estas fórmulas devem ser usadas 1 a 2 vezes por dia e deve-se evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses
(tempo usualmente necessário para o clareamento das lesões).
Pitta GBB, Castro AA, Burihan E, editores. Angiologia e cirurgia vascular: guia ilustrado.
Maceió: UNCISAL/ECMAL & LAVA; 2003. Disponível em: http://www.lava.med.br/livro

Tratamento da Hipercromia Por Deposição de Hemossiderina


As deposições de hemossiderina são difíceis de serem
tratadas. Os quelantes de ferro têm sido utilizados por via
tópica. A vitamina K1 a 1%, a algum tempo, foi sugerida 1
Ativos Clareadores
como possível solução para este problema e para o
tratamento dos hematomas recentes. Novos relatos
sugerem melhores resultados com esta vitamina a 5%.
Pitta GBB, Castro AA, Burihan E, editores. Angiologia e cirurgia vascular: guia ilustrado.
Maceió: UNCISAL/ECMAL & LAVA; 2003. Disponível em: http://www.lava.med.br/livro

2
5
Tratamento Preventivo de Microtrombos Pós- Quelantes de Ferro
Adsorventes de
Melanina
Escleroterapia Tratamentos da
Hiperpigmentação
No caso de pacientes com risco de microtrombos Pós-Escleroterapia

(telangiectasias grossas), o uso de fórmulas pré-


escleroterapia contendo anti-inflamatórios,
antiedematosos e venotróficos tem se mostrado muito
útil. Estas fórmulas preparadas em gel, loção ou creme,
4 3
usadas 2 vezes por dia durante 2 a 3 dias antes da sessão de Anti-Inflamatórios Ativos Esfoliantes
escleroterapia reduzem a formação de trombos e seus
efeitos maléficos.
Pitta GBB, Castro AA, Burihan E, editores. Angiologia e cirurgia vascular: guia ilustrado.
Maceió: UNCISAL/ECMAL & LAVA; 2003. Disponível em: http://www.lava.med.br/livro

>> 03
Formulário 1
Tratamento da Hipercromia Pós-Inflamatória
Pós-Escleroterapia
1) Creme Redutor de Hiperpigmentações Pós-Escleroterapia
Ação Clareadora e Normalizadora das Funções de Melanócitos
Hidroquinona ..................................................5,0% Funções:
Ácido Retinoico ................................................0,1% 1) Clareadora
Dexametasona ..............................................0,05% 2) Esfoliante
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 3) Normalizadora das funções
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação dos melanócitos
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e 4) Anti-Inflamatória esteroidal
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

2) Tratamento da Hipercromia Pós-Escleroterapia


Efeito Clareador e Anti-Inflamatório Não Esteroidal
Hidroquinona ..................................................4,0% Funções:
Ácido Glicólico.................................................8,0% 1) Clareadora
Ácido Glicirrízico..............................................1,0% 2) Esfoliante
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 3) Anti-Inflamatória
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação não esteroidal
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e 4 )Antialérgica e antieritematosa
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

3) Creme Clareador Hidroquinona-Free Adsorvente de Melanina


Ação Clareadora Potencializada e Antioxidante
Arbutin ............................................................1,0%
Antipollon HT ..................................................4,0% Funções:
VCPMG ...........................................................4,0% 1) Clareadora
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 2) Adsorvente de melanina
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 3) Antioxidante
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

4) Tratamento Clareador de Hipercromias Pós-Escleroterapia


Ação Clareadora Potente + Efeito Esfoliante
Ácido Kójico ....................................................4,0%
Ácido Glicólico.................................................8,0% Funções:
Ácido Fítico......................................................1,0% 1) Clareadora
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 2) Esfoliante
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 3) Antioxidante
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e 4) Quelante de Ferro
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.
Formulário 2
Outros Tratamentos da Hipercromia Pós-Inflamatória
Pós-Escleroterapia
1) Creme de Tratamento de Hipercormias Pós-Inflamatórias
Efeito Antioxidante Plus e Ação Clareadora
Alpha-Arbutin® ................................................2,0%
NIKKOL® VC-IP ................................................1,0% Funções:
Vital® ET...........................................................3,0% 1) Clareadora
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 2) Antioxidante
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 3) Anti-inflamatória e
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e antieritematosa
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

2) Creme Clareador Potencializado Pós-Escleroterapia


Efeito Clareador Sinérgico e Antioxidante
Ácido Kójico ....................................................3,0%
Albatin® ...........................................................1,5% Funções:
Ácido Alfa-Lipoico............................................5,0% 1) Clareadora potente
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 2) Antioxidante
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 3) Antienvelhecimento
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

3) Creme Ultraclareador de Tratamento de Hiperpigmentação Pós-Inflamatória


Efeito Anti-Inflamatório Não Esteroidal e Ação Super Clareadora
Alpha-Arbutin® ................................................2,0%
®
Albatin ...........................................................1,5%
Funções:
Kójico Dipalmitato ...........................................4,0% 1) Clareadora potente
®
Vital ET...........................................................3,0% 2) Antioxidante
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 3) Anti-inflamatória
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação e antieritematosa
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

4) Tratamento Super Clareador Hidroquinona-Free Pós-Escleroterapia


Efeito Super Clareador Hiperpigmentações Profundas
EmblicaTM .........................................................2,0%
Licorice............................................................2,5% Funções:
BelidesTM ..........................................................2,5% 1) Clareadora potente
Vital® ET...........................................................3,0% 2) Antioxidante
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 3) Anti-inflamatória
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação e antieritematosa
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.
Formulário 3
Tratamento da Hipercromia Por Deposição de
Hemossiderina Pós-Escleroterapia
1) Creme Redutor da Deposição de Hemossiderina Pós-Escleroterapia
Ação Anti-Hemorrágica e Quelante de Ferro
Vitamina K1.....................................................1,0%
HaloxylTM ..........................................................2,0% Funções:
Ácido Alfa-Lipoico............................................5,0% 1) Anti-Hemorrágica
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 2) Quelante de ferro
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 3) Antioxidante
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

2) Terapia Anti-Hipercromias Por Deposição de Hemossiderina


Efeito Clareador e Anti-Hemorrágico
Vitamina K1.....................................................1,0%
Alpha-Arbutin® ................................................2,0% Funções:
Ácido Fítico......................................................1,0% 1) Anti-Hemorrágica
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 2) Clareadora
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 3) Quelante de ferro
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

3) Tratamento Anti-Hiperpigmentação Arroxeada e Amarelada


Anti-Hemorrágico e Redutor de Hiperpigmentações Associadas
Vitamina K1.....................................................1,0%
Niacinamida....................................................2,0% Funções:
Ácido Fítico......................................................1,0% 1) Anti-Hemorrágica
Ácido Alfa-Lipoico............................................5,0% 2) Quelante de ferro
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 3) Antioxidante
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 4) Redutora de
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e hiperpigmentação amarelada
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

4) Creme Anti-Hemorrágica Com Ação Vasoprotetora Pós-Escleroterapia


Ação Anti-Hemorrágica Potencializada
Vitamina K1.....................................................5,0%
Bioskinup® Contour..........................................5,0% Funções:
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 1) Anti-Hemorrágica potente
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 2) Quelante de ferro
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e 3) Vasoprotetora
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.
Formulário 4
Outros Tratamentos da Hipercromia Por Deposição
de Hemossiderina Pós-Escleroterapia
1) Tratamento das Hipercromias Por Deposição de Hemossiderina
Redução da Hiperpigmentação Arroxeada e Amarelada
Bioskinup® Contour..........................................5,0%
Funções:
HaloxylTM ..........................................................2,0% 1) Anti-Hemorrágica
Niacinamida....................................................2,0% 2) Quelante de ferro
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 3) Antioxidante
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 4) Redutora de
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e hiperpigmentação amarelada
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

2) Creme Antideposição de Hemossiderina Pós-Escleroterapia


Ação Vasoprotetora Potencializada
MDI Complex® .................................................5,0%
HaloxylTM ..........................................................2,0% Funções:
EyelissTM ...........................................................3,0% 1) Vasoprotetora
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 2) Quelante de ferro
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 3) Antioxidante
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

3) Creme Redutor da Hiperpigmentação Por Deposição de Hemossiderina


Ação Vasoprotetora Super Ativada e Anticoloração Arroxeada
Bioskinup® Contour..........................................5,0%
MDI Complex® .................................................5,0%
HaloxylTM ..........................................................2,0% Funções:
Ácido Fítico......................................................1,0% 1) Vasoprotetora
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 2) Quelante de ferro
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação 3) Antioxidante
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.

4) Creme Pós-Escleroterapia Anti-Inflamatório e Antideposição de Hemossiderina


Ação Clareadora e Quelante de Ferro
Hidroquinona ..................................................4,0% Funções:
Acetonido de Fluocinolona.............................0,01% 1) Clareadora
Tretinoína ......................................................0,05% 2) Anti-Inflamatória esteroidal
HaloxylTM ..........................................................2,0% 3) Esfoliante
Creme Não-Iônico .....................................qsp 50 g 4) Normalizadora das funções
Aplicar 1 a 2 vezes por dia nas áreas com hiperpigmentação dos melanócitos
pós-escleroterapia. Usar fotoprotetor de amplo espectro e 5) Quelante de ferro
evitar exposição à luz solar durante cerca de dois meses.
Formulário 5
Tratamento Preventivo das Hipercromias e Microtrombos
no Pré-Escleroterapia
1) Formulação Pré-Escleroterapia Antitrombótica
Ação Anticoagulante e Antioxidante
Heparina...............................................10.000 UI%
Ácido Glicirrízico..............................................1,0% Funções:
Cumarina (Benzopirona) ..................................4,0% 1) Anticoagulante
Gel ou Loção..........................................qsp 100 ml 2) Antioxidante
Aplicar 2 vezes por dia nas áreas desejadas, 3) Anti-Inflamatória
2 a 3 dias antes da sessão de escleroterapia.

2) Gel Preventivo de Microtrombos Para Pré-Escleroterapia


Ação Anticoagulante Potencializada Por Fosfatidilcolina
Escina..............................................................2,0%
Funções:
PHOSAL® 50SA ................................................5,0%
1) Anticoagulante
Heparina...............................................10.000 UI% potencializado
Gel ..........................................................qsp 100 g 2) Fibrinolítica
Aplicar 3 vezes por dia nas áreas desejadas, 3) Anti-Inflamatório
2 a 3 dias antes da sessão de escleroterapia.

3) Loção Pré-Escleroterapia Redutora da Formação de Microtrombos


Ação Vasoprotetora e Antiedematosa
Extrato Glicólico de Aesculus hippocastanum ....2,0%
Extrato Glicólico de Centella asiatica ................4,0% Funções:
Heparina...............................................10.000 UI% 1) Melhora da circulação
Cumarina (Benzopirona) ..................................4,0% e antiedematosa
Loção.....................................................qsp 100 ml 2) Antioxidante
Aplicar 2 vezes por dia nas áreas desejadas, 3) Anticoagulante
2 a 3 dias antes da sessão de escleroterapia.

4) Loção Antitrombose e Pró-Circulatória Para Pré-Escleroterapia


Melhora da Circulação e Efeito Drenante Intensivo
Óleo essencial de alecrim ................................1,0%
Óleo essencial de lavanda ...............................1,0%
Funções:
Drain Intense OE .............................................1,0%
1) Melhora da circulação
Escina..............................................................2,0% e efeito drenante
Cumarina (Benzopirona) ..................................4,0% 2) Anti-Inflamatória
Loção.....................................................qsp 100 ml 3) Anticoagulante
Aplicar 2 vezes por dia nas áreas desejadas,
2 a 3 dias antes da sessão de escleroterapia.