Você está na página 1de 33

1

Como se aposentar antes dos 40 anos


Como se aposentar com 40 anos

Sumário

1 Introdução......................................................................................... 3

2 VIVER VIAJANDO x AMARRAS SOCIAIS......................................... 4

3 O QUE É INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA ........................................... 7

3.1 Conquiste o tempo e tenha liberdade................................... 9

3.2 Tempo: Diferença Entre o Turista e o Viajante....................... 10

4 COMO CONQUISTAR A LIBERDADE FINANCEIRA............................ 12

4.1 A Fórmula da Riqueza............................................................... 12

4.2 O Segredo da Independência Financeira............................. 14

4.3 Como economizar 10% da renda todo mês.......................... 16

4.4 Consumo Consciente ............................................................... 18

4.5 A Regra do 1 para 10 ............................................................... 19

5 POUPANÇA E JUROS: ELEMENTOS FUNDAMENTAIS PARA


ACUMULAR PATRIMÔNIO................................................................. 21

5.1 O Poder dos Juros Compostos................................................. 21

6 O INVESTIMENTO EM AÇÕES............................................................. 25

6.1 Ações - O foco deve ser o longo prazo.................................. 27

6.2 Como investir em ações........................................................... 28

6.3 Como Você Ganha Investindo em Ações?........................... 29

6.4 Investimentos em Ações & Liberdade Financeira................. 31

7 CONSIDERARAÇÕES FINAIS............................................................... 33

2
Como se aposentar antes dos 40 anos
1. INTRODUÇÃO
Oi! Antes de ler esse livro pense e responda as seguintes perguntas:

1 – Você gostaria de ter tempo e dinheiro para viver fazendo o que mais
gosta?

2 – Você tem dificuldades para economizar dinheiro?

Se respondeu SIM as perguntas acima, esse e-book poderá te ajudar!

Este livro é destinado as pessoas, casais e famílias que querem tempo


para curtir plenamente a vida, com liberdade proporcionada pela
independência financeira.

O objetivo deste livro é te dar um guia para você se aposentar num


prazo de até 10 anos. Antes ou na faixa dos 40 anos.

Este livro poderá te ajudar a ter um padrão de vida confortável com


dinheiro e tempo para você fazer aquilo que mais gosta. Isto é ter
INDEPENDENCIA FINANCEIRA.

Independência financeira é diferente de ser RICO, veremos a diferença


também aqui no e-book.

Apesar do e-book ter foco em “viver viajando” as informações


compartilhadas são uteis para quem deseja viver fazendo tudo aquilo
que mais gosta, seja viajar, seja pescar, mergulhar, ir ao cinema todos os
dias, ler, escrever poemas, surfar, etc. Não importa a sua paixão.

Assim, se você tiver sucesso em seguir todos os passos propostos nesse e-


book você conseguirá alcançar seus objetivos. Vamos lá!

3
Como se aposentar antes dos 40 anos
2. VIVER VIAJANDO x AMARRAS SOCIAIS
Você é doido! Quer largar tudo para sair viajando pelo mundo!

Em todos os relatos que já li e ouvi de viajantes essa frase é a mais


comum...

Geralmente vinda de familiares e amigos. Possivelmente você vai


escutar essa frase em tom de crítica, espanto ou de julgamento das
pessoas que você mais ama.

O julgamento que outras pessoas fazem sobre nós é uma das coisas que
mais nos limitam psicologicamente. Essa é uma das amarras que você
deverá superar antes de pensar em iniciar a sua jornada. Não
desconsidere o poder que o julgamento alheio pode ter em sua vida e
como pode afetar o seu sonho.

Lembre-se. Estamos falando de obter Independência Financeira. Então


o que você vai fazer com seu TEMPO e DINHEIRO só compete a você.

O padrão de vida atual. Vamos Largar Tudo?

A ideia do livro não é que você largue tudo na sua vida e saia por aí
viajando como um nômade e vivendo precariamente.

Muitas pessoas deram um basta completo às amarras sociais e hoje


vivem a vida de forma livre e despreocupada. Dormem em qualquer
lugar, viajam pedindo carona, comem quando podem, fazem
pequenos trabalhos em troca de hospedagem, vendem artesanatos,
etc.

Sinceramente eu tenho uma ponta de inveja desse total desapego


material. Mas esse padrão de vida nunca me atraiu. Essas pessoas não
são independentes financeiramente porque não possuem uma renda
vitalícia. Por mais simples que seja o padrão de vida elas ainda
precisam ganhar algum dinheiro para se manter.

Eu gosto desse TEMPO livre para viver viajando e conhecer novas


culturas, mas também gosto de ter algum DINHEIRO para poder me
manter de forma confortável. Isso é o objetivo do nosso livro.

Mas um ponto é importante. Você precisa se livrar de algumas amarras


sociais.

Qual o padrão de vida que você tem hoje? Trabalhar feito um doido,
consumir tudo que aparece, acumular dívidas, rezar para chegar o final

4
Como se aposentar antes dos 40 anos
de semana? Ter aquele “medo da segunda-feira”? Tentar chegar ao
fim do mês com saldo positivo na conta? Ter férias corridas de 10 dias?

Isso é aquilo que temos na limitação imposta pelo nosso dia a dia. Essa
vida atribulada que nos limita, estressa e deprime.

E o consumismo em que vivemos? Vivemos para dar nosso tempo


precioso para comprar coisas que não precisamos, não usamos, ficam
empoeiradas. Damos nosso tempo para construir e manter um status.

Esse consumismo nos coloca num ciclo vicioso: mais consumo  menos
tempo  menos dinheiro. Neste processo ficamos, cada vez mais
dependentes de um sistema que nos leva a fazer coisas por mera
convenção social.

Nossos objetivos têm que ser maiores

Nossos objetivos têm que ser maiores do que meros sonhos materiais de
consumo: carro 0Km, celular de ultimo tipo, TV de 50 polegadas, roupas
de marca, compra de enxoval em Miami.

Com INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA você pode traçar novos objetivos e


padrões para a sua vida. Quais seriam os seus objetivos? Você já
pensou sobre isso?

O ideal para mim é poder fazer o que se ama, ir para onde quiser na
hora que quiser, poder viver a vida plenamente, conhecer novos
esportes, culturas, línguas, gastronomias, lugares, pessoas, etc.

Ter tempo para a pessoa amada, para os amigos e para os filhos. Ter
tempo para acordar e fazer um café sem pressa, ler um livro na rede,
tirar uma foto com calma esperando a melhor luz, parar na estrada
para um pic-nic, viajar 24 horas para tomar um sorvete ou para
conhecer uma praia.

Qual são os seus objetivos? Pense sobre isso e escreva em algum lugar...

Quando você tem LIBERDADE FINANCEIRA você tem liberdade para


fazer o que quiser na hora que quiser. Você não irá ficar milionário, mas
terá domínio sobre os fatores bem mais importantes TEMPO e DINHEIRO.

Lógico que isso não é fácil. Exige disciplina e trabalho. Esse livro não tem
como objetivo deixar você rico. Mas sim, te ajudar a conquistar sua
independência financeira.

Para isso, provavelmente, você terá que abrir mão de certas mordomias
e confortos (futilidades) da vida moderna. Aprender a consumir melhor,

5
Como se aposentar antes dos 40 anos
economizar dinheiro e investir de forma inteligente. É hora de pensar em
ter uma vida mais simples (porém confortável) mas plena de
experiência e realizações.

Se você está disposto a isso agora então continue a leitura.

6
Como se aposentar antes dos 40 anos
3. O QUE É INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA?
Ter independência financeira significa ter dinheiro suficiente para
manter um estilo de vida, ter tempo para gastar esse dinheiro e não
precisar gastar tempo para ganhar esse dinheiro.

Ter independência financeira é diferente de ser RICO. Isso porque quem


é RICO tem um patrimônio que supre todas as necessidades de
consumo, com sobras, e ainda propicia uma vida de luxo e alto padrão.

Toda pessoa rica é independente financeiramente?

Não. Nem todas... em sua maioria as pessoas ricas tem dinheiro mas
não tem tempo. Elas estão completamente presas no seu mundo de
trabalho, luxo e consumismo. A sua grande maioria não consegue
deixar tudo de lado e aproveitar a vida plenamente (apesar de ter total
capacidade de fazer isso pelo resto da vida). Mas não estou aqui
julgando ou criticando. Muitas pessoas ricas fazem aquilo que mais
amam que é ganhar e acumular dinheiro.

Como você pode notar, Independência financeira gira em torno do


TEMPO e do DINHERIO. Para ter independência financeira é necessário:

i) ter DINHEIRO - uma fonte de renda vitalícia para manter um


padrão de vida.

ii) ter TEMPO - Não necessitar investir tempo para manter esta fonte
de renda.

Os tipos de renda

Existem dois tipos de fonte de renda: Temporal e Vitalícia.

A Renda Temporal exige o investimento de tempo pelo indivíduo em um


determinada atividade. De forma simplificada, você troca seu tempo
por dinheiro. A fonte de renda é de caráter temporário e só ocorre se
houver o trabalho. O melhor exemplo é o salário, se você trabalha -
investe tempo naquela atividade - e recebe seu salário. Se você sair
daquela função você não receberá mais seu rendimento. O mesmo
serve para os rendimentos dos empresários, profissionais liberais,
autônomos, etc.

A Renda Vitalícia não exige o dispêndio de tempo. A renda é gerada


“automaticamente” sem que seja necessário trabalhar (investir tempo
na atividade) pelo resto da vida da pessoa. Em alguns casos essa renda
ainda beneficia os seus descendentes.

7
Como se aposentar antes dos 40 anos
As duas principais fontes de renda vitalícia são aposentadoria e renda.

O aposentado recebe o rendimento (pensão) independente do que


acontecer enquanto ele estiver vivo. A aposentadora não é hereditária.

A renda é o resultado econômico obtido sobre algum tipo de bem ou


patrimônio material ou imaterial. Por exemplo: renda de aluguéis de
imóveis, direitos autorais de livros e músicas, royalties sobre patentes,
dividendos de ações, rendimentos de fundos de investimento, etc. A
renda geralmente é hereditária e beneficia os descendentes por
herança.

Se você não é rico, nem recebeu uma herança milionária você vai
precisar acumular patrimônio para poder obter uma renda passiva. Ou
seja: trabalhar, ganhar dinheiro e economizar. O que nos interessa aqui
neste livro é como gerar renda passiva e vitalícia a partir de um
patrimônio acumulado durante o tempo.

Para pensar: Todo aposentado é independente financeiramente?

Não, nem todos. Muitos ganham tão pouco para manter seu padrão de
vida que precisam voltar ao mercado de trabalho para complementar
a renda.

A renda vitalícia, para garantir INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA, deve ser


suficiente grande para manter um padrão de vida. Então
aposentadoria não significa independência financeira.

Isso é crucial. De nada adianta ter uma renda vitalícia de apenas R$


500,00. Com esse dinheiro não será possível manter um padrão de vida
mínimo, sendo necessário complementar a renda com outras fontes ou
então dilapidando algum patrimônio (vender imóveis, ações, terrenos,
etc.).

A fonte de renda vitalícia – PARA GERAR INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA –


tem que ser suficientemente grande para o sustento econômico do
indivíduo (e da sua família).

8
Como se aposentar antes dos 40 anos
3.1. Conquiste o Tempo e Tenha Liberdade
Um dos pontos mais fundamentais para a liberdade do indivíduo é a
conquista do seu TEMPO. Viajar ou qualquer outra atividade se torna
mais prazerosa quando você tem tempo para desfrutar aquele
momento.

Imagine você com apenas 15 minutos para almoçar num restaurante?


Possivelmente você terá que “engolir” a comida.

Outro exemplo: você está em Paris e tem 4 dias livres na cidade. Será
que você terá tempo para conhecer tudo? Vai ter tempo de sentar
num café e ficar lá despreocupado lendo um livro? Vai conseguir
conhecer os 60 mil metros quadrados do Museu do Louvre? Não né...

Hoje em dia temos pouquíssimo TEMPO livre. E isso afeta em muito a


nossa qualidade de vida. Não temos tempo para nossa família, nossos
amigos, nossos filhos.

Nossa vida gira em torno da necessidade de trocar tempo por dinheiro


para consumir. Pense sobre isso. Quando você trabalha você doa seu
tempo para aquela atividade em troca de dinheiro. Então esse dinheiro
custou o seu tempo, a sua vida. Isso não tem volta.

Não sou contra o trabalho. Sou contra a pessoa desperdiçar o dinheiro


que é fruto de um trabalho que custou horas de sua vida. Sou contra a
pessoa ser extremamente consumista e comprar coisas de que não
precisa. Isso é jogar sua vida fora.

Quanto mais você consome mais tem que doar o tempo de sua vida ao
trabalho.

A melhor forma de conquistar o TEMPO é reduzir essa dependência com


os bens materiais. Assim você poderá - com o suor do seu trabalho -
investir o seu dinheiro em coisas mais importantes, em lazer, em
conhecimento, na sua saúde, em uma poupança para o futuro.

9
Como se aposentar antes dos 40 anos
3.2. Tempo: Diferença Entre o Turista e o Viajante
Muitas pessoas me perguntam lá no meu Blog Viagens à América do
Sul: Quantos dias eu tenho que ficar para conhecer o Atacama? A
resposta ideal seria: Você precisa de 3 meses. Na verdade, essa não é
esta resposta que as pessoas querem. Mas para você conhecer
realmente um lugar, sua cultura, seu cotidiano, entender sua culinária,
fazer amigos, esse seria um prazo interessante.

Todos os “turistas” querem otimizar o POUCO TEMPO que tem. Se for


possível conhecer tudo em 5 dias ótimo! Serão 5 dias de “corrida
maluca”. Quem nunca passou por isso? Chega aqui, dorme ali, planilha
de passeios, lista de lugares, come mal, dorme pouco, etc.

Eu sei disso porque eu já fiz muito disso. Afinal é melhor viajar com pouco
tempo do que ficar em casa vendo televisão.

A diferença entre o turista e o viajante está no tempo disponível.

Viajante é a pessoa que conhece cada lugar de verdade, faz uma


imersão em sua cultura, sua comida, sua musica, faz amizades e
conhece pessoas diferentes. O viajante tem tempo (e não
necessariamente tem muito dinheiro).

Turista é a pessoa que até pode ter dinheiro mas não tem tempo. Ele
conhece cada lugar de forma superficial, visita apenas os pontos
turísticos mais badalados. Cada atração é visitada em poucos minutos
com o objetivo de tirar fotos para guardar de recordação ou para
postar nas redes sociais.

Não existe uma imersão cultural verdadeira. A relação com o local é


aeroporto-hotel-atrativos-hotel-aeroporto. Muitas vezes não dá nem
tempo de caminhar nas ruas, comer uma comida típica, conversar com
pessoas locais, etc.

Viajante é aquela pessoa que tem um modelo de vida que lhe permite
ter TEMPO para conhecer o mundo de forma independente. É a pessoa
que realmente consegue obter uma experiência verdadeira no ato de
viajar. Ele não só vê ou fotografa o lugar... Ele está vivenciando o lugar.

Para se tornar um viajante e poder ir e vir na hora que quiser você


precisa dominar dois fatores TEMPO e DINHEIRO. A melhor forma para
isso é se tornando uma pessoa com INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA.

10
Como se aposentar antes dos 40 anos
Quanto Custa Viver Viajando?

O custo de viver viajando é um tema controverso. Quanto custa viver


viajando? Ou poder viajar quando quiser? Ter liberdade de ir e vir?

Evidente que estamos falando de um padrão de vida. Não de uma


viagem de turismo de luxo, com compras, restaurantes caros, locais
sofisticados, esse tipo de turismo é algo caríssimo.

Lembre-se da diferença entre turista e viajante. No que se refere aos


gastos da viagem existem muitas diferenças.

Pense bem, geralmente quando viajamos como turistas adotamos um


padrão de vida acima de nossa realidade. Almoçamos e jantamos fora
todos os dias, fazemos lanches na rua, tomamos sorvete a cada
quarteirão, bebemos vinho em cada refeição, compramos um monte
de coisas e lembrancinhas, fazemos passeios caros, andamos pra cima
e pra baixo de taxi. Por isso tudo fazer turismo é muito caro. Em média
gastamos mais em uma semana de turismo do que em um mês inteiro
de nosso gasto normal mensal.

Assim, amigo leitor, é impossível (a não ser que você seja RICO) manter
um padrão de vida de “turista” no longo prazo, uma vez que os gastos
são muito maiores que o nosso padrão de vida.

Quem vive viajando se comporta de forma diferente. O viajante age


como um morador local. Tem o mesmo padrão de consumo no dia-a-
dia que o morador local tem: janta fora uma vez por semana, gastos
com compras e consumo limitados ao necessário, passeios feitos de
forma mais econômica (caminhando, de bike, onibus ou metrô).

O custo de vida de um viajante é igual ou menor que o custo de vida


de morar em uma grande cidade brasileira hoje em dia. Esse deve ser o
seu objetivo se você quer Viver Viajando. Para viver viajando é
necessário adequar seus padrões de consumo e suas expectativas ao
custo de vida de um viajante. Pronto para isso?

Hoje em dia, com a cotação dólar/real, o custo de vida de lugares


exóticos com a Índia, Indonésia, Tailândia ou Malásia é MUITO BAIXO.
Pelo preço de um mês de aluguel na Zona Sul do Rio de Janeiro você
paga um ano de aluguel nesses lugares. Outros países belíssimos
também têm custos bem atrativos, como muitos países da América do
Sul e do Leste Europeu. Em suma, é possível ter uma vida de viajante
gastando menos do que o custo de morar num apartamento pequeno
no Rio de Janeiro ou em São Paulo.

11
Como se aposentar antes dos 40 anos
4. COMO CONQUISTAR A LIBERDADE FINANCEIRA

Qual Renda Você Precisa para ter Liberdade Financeira? Esse é o ponto
é fundamental, pois irá definir o seu objetivo final. Só você será capaz
de definir o valor de um rendimento mensal que cubra suas despesas e
te deixe em situação confortável.

Por exemplo alguns pessoas ou casais conseguirão viver bem com R$


3.000,00 por mês. Outros irão querer R$ 5.000,00 ou R$ 10.000,00.

Quanto maior o valor desejado maior deverá ser o patrimônio


acumulado. Após definir esse VALOR você precisa acumular capital
para ter este VALOR como renda vitalícia. Com isso você terá a sua
sonhada Independência Financeira. Para conseguir sua Liberdade
Financeira você tem que entender e seguir a Fórmula da Riqueza.

4.1. A Fórmula da Riqueza


A formula da acumulação de RIQUEZA é:

Patrimônio = ( Receitas – Gastos ) x Taxa de Juros

Patrimônio: dinheiro, investimentos financeiros, ações de empresas,


imóveis, joias e demais objetos de valor, etc.

Receitas: Salário, aluguéis, juros de investimentos, dividendos, etc.

Gastos: impostos, moradia, consumo, serviços, juros pagos, depreciação


de bens, perdas, etc.

Taxa de Juros: valor % que remunera seus investimentos (ou onera as


suas dívidas)

Para aumentar o Patrimônio você precisa, obviamente, FAZER COM


QUE AS RECEITAS SUPEREM OS GASTOS. O item da fórmula ( Receitas –
Gastos ) tem que ser positivo para você acumular patrimônio.

A taxa de crescimento do seu patrimônio também será dada pelo


tamanho da diferença entre Receitas e Gastos. Quanto maior a
diferença melhor. Em outras palavras: quanto mais dinheiro você
acumula, mais próximo você estará de sua independência financeira.

12
Como se aposentar antes dos 40 anos
Cuidado com as Dívidas !!

Perceba na fórmula que o resultado ( Receitas – Gastos ) é multiplicado


pela taxa de juros. Ou seja, se seus gastos forem maiores que suas
receitas você estará acumulando dívidas e elas são multiplicadas pela
taxa de juros.

Assim, ao mesmo tempo que esta é a fórmula da RIQUEZA também


pode ser a fórmula da POBREZA. Cuidado com suas dívidas! Elas são
multiplicadas pela taxa de juros ao longo do tempo. E o pior! As taxas
de juros sobre as dívidas sempre são maiores que as taxas de juros
sobre o patrimônio investido.

13
Como se aposentar antes dos 40 anos
4.2. O Segredo da Independência Financeira
Se você não nasceu rico, não ganhou uma herança e não espera ficar
rico ganhando no Jogo do Bicho você só tem um caminho para
conquistar sua liberdade financeira

Você deve economizar no mínimo 10% da sua renda mensal

Este é o ponto mais importante do livro. É simples porque é fácil de


entender. Porém, nem tudo que é simples é fácil de fazer. Esse é o
ponto mais difícil porque você terá que fazer algumas mudanças nos
seus padrões de consumo, ter muita disciplina e auto-controle. Você
terá que ser capaz de gerar uma economia mensal, controlando gastos
e evitando dívidas.

Sem fazer economia e aportes mensais constantes, de no mínimo 10%


de sua renda, você nunca será independente financeiramente. Quanto
maior o % da sua renda aportado mais rápido será o processo. Se você
puder economizar 20% ou 30% de sua renda, melhor ainda. Conheço
investidores que investem mais de 50% de sua renda mensal.

Se você acha que poupar 10% ao mês é impossível, saiba que não é...
Talvez você precise de orientação financeira. Isso é super comum
porque as pessoas têm mesmo muita dificuldade de rever seus padrões
de consumo e de investir de forma segura e rentável.

Orientação de um especialista em finanças

Eu acho muito interessante como as pessoas são irracionais quando a


questão é lidar com o próprio dinheiro.

As pessoas quando estão doentes procuram o médico...

Quando a pia entope chamam o bombeiro hidráulico...

E quando o carro estraga levam no mecânico...

Mas quando se tem problemas financeiros e gastam mais do que


ganham o que as pessoas fazem? Geralmente acumulam dívidas. Seja
no cartão de crédito, no cheque especial ou fazendo empréstimos, etc.
Quando se trata de dinheiro as pessoas erram muito. Isso, obviamente,
custa muito caro (literalmente).

Geralmente quando as pessoas buscam conselhos sobre finanças


procuram as pessoas erradas.

14
Como se aposentar antes dos 40 anos
Muitos se aconselham com o gerente do banco ou o assessor da
corretora de investimentos. Esses profissionais não querem te ajudar, eles
querem te empurrar “soluções” que são lucrativas apenas para as
instituições financeiras em que eles trabalham. Cuidado com isso!
Cuidado com que você se aconselha!

Muito pior são as pessoas que buscam aconselhamento em “gurus”


financeiros do Youtube. É evidente que existem muitos profissionais sérios
na internet. Mas na grande maioria, são pessoas sem preparo, mal
informadas e muitos outros, o que é pior, que são picaretas que vendem
promessas de enriquecimento rápido.

O correto seria buscar orientação de um especialista em finanças. As


vezes o gasto com um consultor financeiro é mínimo frente ao
diferencial que isso pode criar na sua vida e na sua perspectiva de
liberdade financeira.

15
Como se aposentar antes dos 40 anos
4.3. Como economizar 10% da renda todo mês
Essa passo-a-passo irá te ajudar muito a conseguir economizar com
consistência.

Saiba exatamente qual a renda de sua família

Parece incrível, mas muitas pessoas não sabem ao certo quanto


recebem de renda mensalmente. Saber qual a sua renda bruta e
líquida (com os descontos de impostos) é fundamental para planejar
sua vida financeira. Caso a sua renda seja inconstante, como no caso
de profissionais liberais e vendedores, é importante ter um registro
anotado de todas as receitas recebidas.

Saiba exatamente quais são os seus gastos

Controlar gastos é FUNDAMENTAL. Saber tudo que se gasta e onde se


gasta. A dica é anotar tudo que for gasto e depois passar para uma
planilha. Especifique os tipos de gasto: moradia, mercado, alimentação,
farmácia, educação, supérfluos, etc... “Ihh... Mas isso dá trabalho...”.
Concordo, eu sei disso, mas é melhor do que passar o resto da vida
pagando dívidas e contando tostões na conta corrente concorda?

Livre-se imediatamente das dívidas

Você tem que se livrar de todas as dívidas que cobram altas taxas de
juros como: a dívida do cartão de crédito, do cheque especial e de
empresas de crédito. Vender bens, pegar empréstimos com familiares
ou conseguir renegociar dívidas é caminho mais rápido. Eu conheço
muitas pessoas que tem dividas enormes no cartão de crédito e
passeiam em carros novinhos de luxo. Isso faz algum sentido?

Controle seus impulsos consumistas

Você não precisa de 30 sapatos, 10 calças jeans, 50 camisetas. Isso fora


o monte de bugigangas que compramos e que mal tiramos da caixa.
Consumir com sabedoria é uma arte. Eu não promovo o “pão-durismo”
mas sim a inteligência na hora de comprar algo. Só compre algo que
você realmente necessita, compre à vista e pesquise os melhores
preços.

As vezes o consumismo exagerado não é sua culpa. Algumas pessoas


têm distúrbios psicológicos ligados ao consumismo, colecionismo e
acumulação. Esses distúrbios são muito mais frequentes do que
imaginamos e são facilmente identificados e tratados em suas fases
iniciais. Se você acha que se enquadra nessa categoria busque uma

16
Como se aposentar antes dos 40 anos
opinião profissional. Esse distúrbio destrói a saúde financeira de muitas
famílias.

Invista com foco no longo prazo

Invista com inteligência. Não busque fórmulas mágicas de


enriquecimento instantâneo. Opte por investimentos seguros: renda fixa,
fundos de investimento, imóveis e ações de boas empresas.

17
Como se aposentar antes dos 40 anos
4.4. Consumo Consciente
Um passo determinante para a liberdade financeira é o controle do
nível de gastos. As pessoas que geralmente conseguem independência
financeira são aquelas que tem um padrão de consumo mais
controlado. Isso é bem fácil de entender. Quem gasta pouco consegue
economizar mais e precisa de uma renda vitalícia menor para custear
esse padrão de vida.

Não use o consumo como uma forma obter status. As pessoas gastam
milhares de reais comprando produtos muito mais caros apenas para
ostentar uma marca.

Normalmente as pessoas tem um padrão de consumo acima de suas


possibilidades não conseguem acumular patrimônio. Elas acumulam
dívidas, pagam fortunas em juros de cheque especial, juros de cartão
de crédito, etc.

Lembre-se do que falamos anteriormente. Seu dinheiro é fruto do TEMPO


de vida que você dedicou ao trabalho. Seu dinheiro é muito valioso!

Controlar gastos não é complicado mas é muito difícil. Isso porque


vivemos uma cultura do consumismo, do supérfluo, da grife, do status.

Queremos ter coisas e não experiências. As pessoas na sociedade são


valorizadas pelo que elas têm e não pelo são ou fazem. Isso é um
comportamento comum e normal, embora não seja bom para a nossa
vida e para a nossa independência financeira.

Pense agora em como você pode ter uma vida mais simples e mais
livre. Você precisa mesmo do carro 0km mais moderno e completo?
Pensando bem, você precisa mesmo ter um carro? Precisa trocar de
celular a cada ano? Precisa comprar uma camisa três vezes mais cara
por causa da marca? Precisa de um guarda-roupas lotado de roupas?
Precisa de uma coleção de relógios? Precisa ter dezenas de sapatos?

Tudo isso reflete padrões consumistas modernos. Fuja disso. Se


reeduque. Comece a se desapegar de bens de consumo. Esse é o
primeiro e enorme passo da sua caminhada.

18
Como se aposentar antes dos 40 anos
4.5. A REGRA DO 1 PARA 10
Quando eu tive acesso a esta informação eu sofri uma espécie de
choque. Eu fiquei surpreso como pequenas atitudes no presente tem um
impacto imenso no nosso futuro.

Para facilitar o aprendizado eu criei uma regra, ela poderá mudar a


forma que você encara seu consumo e sua vida financeira, é a Regra
do 1 para 10

Essa regra consiste no seguinte: cada um real consumido hoje equivale


a dez reais num prazo médio de 20 anos.

Ou seja, se você não gastar esse R$ 1 e o investir (por exemplo, num


fundo de renda fixa com taxa de juros média de 1% ao mês) você terá
R$ 10 depois de vinte anos. Em outras palavras, esta Regra diz o
seguinte:

Cada real não gasto hoje e investido multiplicará 10 vezes no longo


prazo!

Isso não parece muito. Claro! Isso porque estamos falando de valores
pequenos ainda.

Imagine o seguinte: uma bolsa de grife custa R$ 3.000. Esse valor em


vinte anos seria igual a R$ 30.000. Pense assim, a bolsa custa R$ 3.000 ou
R$ 30.000? Se você decide comprar a bolsa o preço HOJE é de R$ 3.000
mas o PREÇO FUTURO dela é de R$ 30.000. Um dia, o futuro irá chegar, e
esses 30.000 farão muita falta na sua conta corrente! Provavelmente a
bolsa já estará velha e fora de moda, possivelmente já terá virado lixo.

Agora, vamos usar como exemplo a aquisição de um automóvel 0km


de último tipo e que custe R$ 100.000. Agora pense no mesmo carro, de
um modelo mais simples, usado, mas ainda super novo (com 2 anos de
uso) e com menos itens de luxo. Ele pode custar cerca de R$ 50.000 ou
menos. Quem adquirir o modelo usado terá uma economia de R$
50.000. Esses R$ 50.000 economizados e investidos virarão R$ 500.000 no
futuro. Quer quinhentos mil reais na conta? Quem não quer?

Imagine agora o caso daquela pessoa que troca de carro todo o ano...
Nem precisamos fazer as contas correto?

Essa Regra de 1 para 10 se aplica a tudo na sua vida financeira. Lembre-


se disso: Cada real economizado pode virar 10 reais no futuro. Isso vai te
ajudar muito a pensar e repensar seus padrões de consumo.

19
Como se aposentar antes dos 40 anos
Isso também ajuda a entender porque é importante economizar 10% de
nossa renda bruta todo mês. Cada real economizado hoje valerá 10
vezes no futuro!

Pense nos preços imaginando o seu preço futuro. Por exemplo:

Café R$ 3  R$ 30
Sobremesa R$ 10  R$ 100
Tênis da moda R$ 500  R$ 5000
Bicicleta importada R$ 5.000  R$ 50.000

20
Como se aposentar antes dos 40 anos
5. POUPANÇA E JUROS: ELEMENTOS FUNDAMENTAIS
PARA ACUMULAR PATRIMÔNIO
Como salientamos anteriormente a poupança é o principal elemento
para a construção de sua independência financeira. Quando escrevo
poupança não se confunda. Eu não estou me referindo à caderneta de
poupança (tipo de investimento) mas sim à poupança econômica
(receitas – gastos).

Quanto maior a sua poupança (receitas – gastos) maior será o seu


potencial de crescimento patrimonial e mais perto da independência
financeira você estará.

A poupança mensal deve ser investida mensalmente. Os aportes são os


valores que você direciona para seus investimentos. Os seus
investimentos (frutos de sua poupança) serão potencializados pela taxa
de juros (J).

Quanto maior o aporte, a taxa de retorno de seus investimentos e o


tempo de investimento, maior será o poder de multiplicação do seu
patrimônio. Então é muito importante você ser capaz de ter constância
nos seus aportes, ser consistente ao longo do tempo e de identificar os
melhores investimentos em cada momento econômico.

Se você não tem conhecimento para isso é recomendável buscar


conhecimento sobre o assunto, lendo, fazendo cursos ou buscando
uma assessoria independente.

5.1. O Poder dos Juros Compostos


Se você toma um empréstimo no banco você paga juros. Quando você
faz um investimento (você empresta dinheiro ao banco) recebe um
percentual de juros (rendimentos) pelo valor emprestado.

Por exemplo: Se você aplicou R$ 1.000 no banco a uma taxa de juros


mensal de 1% você receberá mensalmente de R$ 10.

Os juros compostos incidem sobre o investimento inicial, sobre os


aportes mensais e também sobre os juros já recebidos. É o famoso “juros
sobre juros” e é isso que gera o incrível poder multiplicador dos juros
compostos.

Lembre-se da Regra do 1 para 10 que vimos anteriormente. Esta regra


nos diz que cada real hoje vale 10 reais no futuro. Esta regra existe e é
possível devido aos juros compostos.

21
Como se aposentar antes dos 40 anos
“Os juros compostos são a maior força da natureza”

Essa frase é atribuída à Albert Einstein ilustra o poder que os juros


compostos podem ter na construção do seu patrimônio e de sua
independência financeira.

Os juros compostos são a melhor forma de fazer o seu dinheiro trabalhar


ao seu favor gerando resultados incríveis no médio e longo prazo.

Exemplo: Um jovem com um salário de R$ 3.000 decide investir


mensalmente 10% deste valor em um Fundo de Renda Fixa. Ele decide
fazer isso durante 30 anos. Vamos supor que este Fundo irá render 0,8%
ao mês e que todos os rendimentos serão reinvestidos (mantidos na
conta).

O que acontece no final do primeiro mês? Ele terá R$ 302,40 (R$ 300
alocado inicialmente + o rendimento de 0,8% que representa R$ 2,40)

No início do segundo mês ele deposita mais R$ 300. Assim ele terá R$
602,40. O rendimento de 0,8% incidirá sobre R$ 602,40. Assim ao final do
mês ele terá R$ 607,22.

Como se percebe, no início os rendimentos são baixos em relação ao


aporte mensal. No segundo mês o aporte foi R$ 300 e o rendimento de
R$ 4,82. Com o passar do tempo o rendimento será cada vez maior, pois
incidirá sobre todo o montante aplicado (juros sobre os valores
investidos e juros sobre juros). Esse rendimento, associado aos aportes
mensais, irão multiplicar exponencialmente o patrimônio total.

Veja na tabela abaixo o desempenho deste investimento ao longo do


tempo:

Exemplo 1 – Aporte mensal de R$300 com taxa de 0,8%


Período Valor na Conta Rendimento Mensal
1 ano R$ 3.793 R$ 30
5 anos R$ 23.170 R$ 184
10 anos R$ 60.540 R$ 480
20 anos R$ 218.000 R$ 1.700
30 anos R$ 627.900 R$ 4.980

A partir do décimo ano o patrimônio investido começa a se beneficiar


do efeito multiplicador dos juros compostos.

22
Como se aposentar antes dos 40 anos
O valor do patrimônio total inicia uma curva ascendente exponencial a
partir do décimo ano e os valores começam a se tornar interessantes.
Ao final dos 30 anos ele já tem um valor investido de R$ 627 mil reais que
lhe rende mensalmente R$ 4.980.

Este investidor pode agora tomar a decisão de utilizar este rendimento


para complementar a sua renda ou utilizar o montante total da forma
que quiser.

Você esperava que um aporte de apenas 300 reais por mês gerasse
uma renda passiva e vitalícia de quase R$ 5.000 ?

Estes são os segredos para aproveitar o efeito multiplicador dos juros


compostos:

• Paciência – O tempo é o seu maior aliado. Quanto mais tempo o


dinheiro permanecer investido maior a curva exponencial

• Consistência – Os aportes devem ser constantes para fazer o


“bolo” crescer

• Reaplicar os rendimentos – É fundamental reaplicar os


rendimentos recebidos para potencializar os resultados

O exemplo anterior foi feito sobre uma base de valores bem modesta e
conservadora, como o aporte mensal de R$ 300 e o rendimento de 0,8%
ao mês. Historicamente o Brasil tem elevadas taxas de juros o que
favorece o investidor de longo prazo. Em alguns períodos essa taxa
chegou a incríveis 40% ao ano.

Hoje em dia (2017) as taxas estão menores, devido à atual realidade


econômica. Atualmente uma carteira de investimentos bem montada e
assessorada pode render facilmente 2% ao mês, em média. Vamos
retornar com outro exemplo, tomando como base um retorno médio
histórico de 1,2%.

23
Como se aposentar antes dos 40 anos
Exemplo2: Um investidor decide alocar mensalmente R$ 1.000. Ele
decide fazer isso durante 30 anos. Vamos supor sua carteira de
investimentos renderá em média 1,2% ao mês e que todos os
rendimentos recebidos serão reinvestidos (mantidos na conta).

Período Valor na Conta Rendimento Mensal


1 ano R$ 12.978 R$ 154
5 anos R$ 88.182 R$ 1.045
10 anos R$ 268.570 R$ 3.185
20 anos R$ 1.392.500 R$ 16.500
30 anos R$ 6.095.000 R$ 72.280

Neste exemplo temos resultados muito mais expressivos. Vemos também


que a partir do décimo ano os valor do patrimônio assume um
crescimento exponencial.

Após 20 anos o investidor já tem um patrimônio superior a um milhão de


reais e poderia obter uma renda passiva e vitalícia de R$ 16.500 por
mês. Em 30 anos de investimento ele teria R$ 6 milhões em conta e um
rendimento mensal vitalício de R$ 72.000

Isso mostra o incrível poder dos juros sobre juros. A capacidade de


multiplicação dos juros compostos. Um aporte mensal de R$ 1.000 não é
algo inatingível e os resultados são surpreendentes.

Mas será que a taxa de 1,2% ao mês é realista? Claro que sim. Uma
carteira de bons investimentos consegue ser altamente rentável. Com
taxas médias de retorno superiores inclusive. Neste caso uma forma de
alavancar este desempenho é com o investimento de parte de sua
carteira de investimento em ações.

24
Como se aposentar antes dos 40 anos
6. O INVESTIMENTO EM AÇÕES
Você sabia que o investimento em ações é o investimento de maior
rendimento e lucratividade no longo prazo.

Porque podemos afirmar isso? Quando você compra a ação da


empresa XPTO você está injetando capital nesta empresa, estará se
tornando dono e sócio de uma pequena parte da XPTO.

Nós vivemos em uma economia capitalista e o investimento produtivo


(que inclui o investimento em ações de empresas) sempre será o mais
rentável (em média e no longo prazo).

Pense da seguinte forma. Se o investimento em empresas não fosse o


mais lucrativo o que as pessoas, bancos e demais instituições fariam?
Com certeza elas iriam alocar seu dinheiro em outro tipo de
investimento (renda fixa, títulos do governo, ouro, etc).

Isso é um contrassenso porque vivemos num mundo capitalista. Sem


esse fluxo de investimento (capital) novas empresas não iriam existir, as
empresas existentes não poderiam crescer. Sem novas empresas e sem
crescimento haveria um colapso no sistema capitalista.

A economia capitalista se sustenta no fato de que o “capital produtivo”


tem o maior retorno

O fato do retorno do investimento em ações ser o mais rentável já foi


exaustivamente estudado e comprovado em todas as bolsas de valores
mundiais. Um célebre estudo compilado por Jeremy Siegel no Livro
“Investindo em Ações no Longo Prazo” apresenta um resultado
contundente. O gráfico abaixo representa o resultado geral da
pesquisa do autor.

Retorno histórico em classe de ativos nos EUA - Jeremy J. Siegel

25
Como se aposentar antes dos 40 anos
O gráfico demonstra o resultado do investimento de um dólar em 1802
em várias opções diferentes de investimento. Reparem que a linha azul
que representa o investimento em ações foi o que teve maior retorno.
Quem investisse 1 dólar em 1802 teria US$ 930.550 em 2013. Um resultado
muito superior ao bonds (títulos) que geraram US$ 1.505 ao fim do
mesmo período.

Mas então porque as pessoas perdem dinheiro na Bolsa de Valores?

É muito comum ouvir casos de pessoas que perderam fortunas na Bolsa


de Valores. Você mesmo deve conhecer algum... Então, isso não
parece ser contraditório?

Se o investimento em ações é o mais lucrativo no longo prazo porque


90% das pessoas físicas que investem em ações perdem dinheiro?

Os investidores individuais geralmente iniciam seu processo de


investimento na bolsa sem muito conhecimento do que estão fazendo.
Iniciam ouvindo dicas, seguindo notícias, acreditando em promessas de
enriquecimento fácil... O foco está no preço e em negociações de alto
risco envolvendo empresas da moda (o caso recente da OGX é
famoso, muitas pessoas perderam dinheiro investindo nessa empresa).

Além disso, geralmente as pessoas iniciam seus investimentos na bolsa


no momento errado. Compram ações quando o mercado está
aquecido e otimista. Ou seja, quando os preços das ações já estão
muito valorizados. Isso reduz a margem de segurança. Caso haja uma
flutuação negativa no preço as pessoas se desesperam e vendem suas
ações com prejuízo. Geralmente os bons investidores fazem o contrário.
Vendem nos momentos de euforia e compram nos momentos de medo.

26
Como se aposentar antes dos 40 anos
6.1. Ações - o foco deve ser o longo prazo.
Um célebre investidor afirmou que as pessoas comuns dificilmente
perdem dinheiro quando compram um imóvel para morar. Porque isso
ocorre?

Elas estudam muito antes de comprar o imóvel. Pesquisam sobre a


construtora (se ela tem problemas financeiros, se os prazos de entrega
foram respeitados, se os clientes estão satisfeitos, etc.), sobre o local (se
existe transporte, se é seguro, se tem um bom comércio, se o IPTU é
caro), consultam um advogado para verificar o contrato e a
documentação do imóvel, etc.

Depois da compra do imóvel a pessoa acredita que ficará com aquele


imóvel por vários anos. Ou até pela vida toda. Esse sujeito não ficará
consultando diariamente a cotação dos imóveis do bairro, o preço do
metro quadrado... Também duvido que se os preços caírem 5% na
região ele decida vender o imóvel porque “está perdendo dinheiro”.

Quando as pessoas compram um imóvel elas tomam uma decisão de


investimento muito bem fundamentada e de longo prazo.

A grande maioria das pessoas que compra ações não se comporta


dessa forma. O comportamento é justamente o inverso. Não se estuda
a empresa (seu setor de atuação, qual o tipo de produto, a sua posição
no mercado de atuação, as metas de produção e lucratividade, a
gestão) nem o seu mercado de atuação (posição de mercado, seus
concorrentes, desafios, etc). Compra-se a ação sem nenhum
conhecimento seguindo uma dica, notícia ou indicação.

Quando a ação está comprada o foco é o preço no curto prazo.


Acompanha-se diariamente (quando não a cada minuto ou hora) as
cotações da empresa. Pequenas valorizações são comemoradas e
pequenas desvalorizações causam pânico. Isso não é investir em
ações... Isso é especular com ações. Se houver sorte se ganha, senão é
perda certa. É como jogar em um cassino.

27
Como se aposentar antes dos 40 anos
6.2. Como investir em ações
É possível investir em ações com boa margem de segurança e obter
excelente retornos? Sim claro!

Para investir em ações você deve se comportar da mesma forma que


se comportaria ao comprar um imóvel (como explicitado no item
anterior). Deve estudar antes de fazer o investimento e deve ter um foco
no longo prazo.

Ao estudar a empresa é importante conhecer seus produtos e seus


resultados. Deve verificar se o produto tem perenidade ou é algo que
pode deixar de existir (ex: máquina de escrever, fax, filme fotográfico).
Deve verificar a posição de mercado da empresa frente aos seus
concorrentes.

Em certos casos é sábio recorrer a um assessor ou profissional


especializado (da mesma forma que você recorre à um advogado
antes de comprar um imóvel). Essa assessoria será útil para direcionar
seus estudos ou apresentar à você alguns estudos já realizados para
confirmar/subsidiar a sua decisão.

Quando você decide comprar as ações de uma empresa, você se


torna sócio daquela empresa. Como sócio, você deve encarar esta
relação como uma relação comercial de longo prazo. Deve-se focar
em acompanhar o negócio e os seus resultados e não apenas o preço
(que tende a variar muito no curto prazo). Se a empresa tem e mantém
bons fundamentos o desempenho tende a ser positivo e rentável para o
investidor.

28
Como se aposentar antes dos 40 anos
6.3. Como Você Ganha Investindo em Ações?
Quando você compra uma ação você se torna sócio da empresa.
Assim, por menor que seja sua participação acionária você passa a ter
direito a compartilhar os ganhos gerados por esta empresa enquanto
você for acionista.

Uma ação pode gerar ganhos de duas formas:

1) Valorização Patrimonial (aumento do preço da ação)

2) Participação nos Lucros (dividendos)

Valorização Patrimonial (variação do preço) é forma mais conhecida e


popular de se ganhar (ou perder) dinheiro com ações. Comprar “na
baixa” e vender “na alta” é o sonho de todos os especuladores do
mundo.

Os preços variam muito no curto prazo. A cotação das ações se


valorizam ou desvalorizam seguindo movimentos de zig-zag. Como no
gráfico do Bradesco abaixo. Veja que a tendência de longo prazo é de
crescimento. Mas o preço não segue em linha reta, alternando
momentos de alta e de baixa.

Gráfico – Comportamento dos Preços das Ações do Bradesco

Mesmo as ações de empresas lucrativas e com bons fundamentos


podem apresentar flutuações negativas no CURTO PRAZO e ter seus
preços em queda. Isso é comum. Entretanto, a tendência de LONGO
PRAZO é que o preço siga a direção dos fundamentos de cada
empresa. Assim se a empresa é bem gerida, tem receitas sólidas e lucros
consistentes os preços irão invariavelmente ter um desempenho positivo.

Dividendo é a parte do lucro da empresa que cabe aos seus acionistas.


Quanto maior o lucro da empresa maior o potencial de distribuição de
dividendos. Obviamente somente empresas lucrativas pagam
dividendos.

29
Como se aposentar antes dos 40 anos
Por outro lado, se a empresa tiver prejuízo, vc não precisará “pagar por
isso”. Não existe dividendo negativo. Em caso de prejuízo é esperado
que o preço das ações caia (e nisso você terá uma perda de valor
patrimonial).

30
Como se aposentar antes dos 40 anos
6.4. Investimentos em Ações & Liberdade Financeira
Os dividendos são uma forma poderosa de construir uma renda passiva
vitalícia o que pode contribuir decisivamente com a sua LIBERDADE
FINANCEIRA.

Investir em ações com foco em dividendos é uma forma segura e


rentável de investir no mercado acionário. Entenda porque:

- Empresas que pagam dividendos são lucrativas, tem receitas sólidas e


resultados resilientes (resistentes aos momentos de crise);

- Geralmente são empresas consolidadas em seus mercados de


atuação;

- As ações de empresas pagadoras de dividendos são menos voláteis;

- As ações e os dividendos são hereditários.

Como acionista de uma boa empresa pagadora de dividendos você


ganhará: a apreciação do valor da ação no longo prazo e,
principalmente, dividendos cada vez maiores sobre os lucros (uma vez
que os lucros tendem a crescer também ao longo do tempo).

O Itaú, por exemplo, é uma empresa com excelente desempenho e


que tem agraciado seus acionistas com dividendos vultosos e
crescentes. O banco teve uma evolução do lucro líquido de R$ 2
bilhões em 1999 para cerca de R$ 22 bilhões em 2016. Um crescimento
excepcional de mais de 10 vezes. Quem comprou ações da empresa
em 1999 com certeza recebeu dividendos consideravelmente maiores
em 2016.

Itaú – Evolução do Lucro Líquido entre 1999 e 2016

Fonte: Suno Research

31
Como se aposentar antes dos 40 anos
O investimento em ações, quando feito de forma correta fica longe de
ser algo perigoso e arriscado. A seleção de boas empresas, com
excelente histórico de rendimentos e pagadoras de dividendos é uma
estratégia poderosa e construção de patrimônio e de liberdade
financeira.

32
Como se aposentar antes dos 40 anos
7. MENSAGEM FINAL
Caro leitor. Espero que este e-book tenha sido uma leitura útil para
você. Apesar de ser uma obra bastante resumida e com abordagem
simples e direta, tudo aquilo que é mais fundamental foi transmitido.

Ficarei feliz se algum dos conceitos colocados no livro fizer sentido para
você. Espero que essa leitura lhe ajude a tomar uma decisão de
mudança de comportamento em relação à sua vida financeira e ao
seu futuro.

Consumo consciente e investimentos inteligentes são o único caminho


para a independência financeira. Existem grandes dificuldades nesta
jornada e isso é comum e compreensível.

Sinta-se à vontade para entrar em contato para consultar nossos


serviços ou para deixar sua opinião sobre o Livro.

Obrigado e Boas Viagens!

Vicente Guimarães

Email: vicenteguimaraes@hotmail.com

Whatsapp: 21-988937881

33
Como se aposentar antes dos 40 anos