Você está na página 1de 17

Ligação química

Ligações intermoleculares

Miguel Neta, novembro de 2018 [Imagem: wikipedia.org]


Ligações químicas

Entre moléculas
Entre átomos
(intermoleculares)

Ligações de Forças de van der


Ligação metálica
hidrogénio Walls

Ligação iónica Dipolo - dipolo

Ligação covalente Dipolo - dipolo induzido

Dipolo instantâneo - dipolo induzido


(Forças de London)

Ligação química - Ligações intermoleculares 2


Eletronegatividade

Eletronegatividade é a capacidade que um átomo de um elemento químico tem para atrair para si os
eletrões envolvidos numa ligação química de que faça parte.

Esta propriedade está relacionada com a energia de ionização do elemento químico.

Um elemento com baixa energia de ionização tem baixa eletronegatividade.

Se é fácil retirar um eletrão a um átomo a sua capacidade de atrair eletrões é baixa.

Um elemento com alta energia de ionização apresenta um alto valor de eletronegatividade.

Se é difícil retirar um eletrão a um átomo a sua capacidade de atrair eletrões é alta.

Ligação química - Ligações intermoleculares 3


Eletronegatividade

A escala de eletronegatividade mais usada foi desenvolvida por Pauling.

Linus Carl Pauling (1901-1994).

Aumenta ao longo de um período da Tabela Periódica.

Diminui ao longo de um grupo.

[Imagem: www.findagrave.com]

Ligação química
[Imagem: - Ligações intermoleculares
www.chromacademy.com] 4
Polaridade de uma ligação química

A diferença entre o valor de eletronegatividade de dois átomos ligados entre si define a distribuição de carga
elétrica e, por isso, a polaridade da ligação.

Modos de visualização da diferença de distribuição eletrónica

Isocontornos eletrónicos Mapa de potencial eletrostático

Cada linha representa a Mapa 3D com representação das zonas


mesma densidade eletrónica. de maior e menor densidade eletrónica.
Maior abundância de eletrões [𝛿 − ]

Menor abundância de eletrões [𝛿 + ]


[Imagem: en.wikipedia.org]

Ligação química - Ligações intermoleculares 5


Polaridade de uma ligação química

Entre dois átomos do mesmo elemento químico

Diferença de eletronegatividade nula


(nenhum deles apresenta maior capacidade de
atrair para si a nuvem eletrónica global dos dois
átomos).

A distribuição da carga elétrica é simétrica.

Ligação covalente apolar.

Exemplos: H2, O2, Cl2.

[Imagem: chemwiki.ucdavis.edu]

Ligação química - Ligações intermoleculares 6


Polaridade de uma ligação química

Entre dois átomos de elementos químicos diferentes

Há uma diferença de eletronegatividade.


⇓ δ+ δ-
O átomo mais eletronegativo irá deslocar a nuvem
eletrónica para si.

Irá ser criada uma distribuição de carga elétrica
assimétrica, com maior densidade de carga negativa
ou
junto do átomo mais eletronegativo.
(ocorrendo no outro átomo o fenómeno contrário).

Ligação covalente polar.

Exemplos: HF, NH3, H2O.

[Imagem: chemwiki.ucdavis.edu]

Ligação química - Ligações intermoleculares 7


Polaridade de uma ligação química

Entre dois átomos de elementos químicos diferentes

Uma maior diferença de eletronegatividade entre átomos


implica maior polaridade da ligação.

Se a diferença entre as eletronegatividades for


superior a 1,7 a ligação passa a ser de carácter iónico, e
não covalente.

[Imagem: chemwiki.ucdavis.edu]

Ligação química - Ligações intermoleculares 8


Ligações intermoleculares

Acontecem entre moléculas e são devidas a


forças eletrostáticas.

Explicam porque é que estruturas moleculares


se mantém, ou não, junto de outras.

A partilha de eletrões é insignificante.

Este tipo de forças são mais fracas que as


entre átomos (metálica, covalente e iónica).

Há dois tipos de ligações intermoleculares:

Forças de van der Waals;

Ligação de hidrogénio.

[Ligações intramoleculares = dentro da molécula, nas ligações covalentes]

Ligação química - Ligações intermoleculares 9


Ligações intermoleculares

Forças de van der Waals

Acontecem entre:

Moléculas polares
(dipolo-dipolo);
Força da ligação

Moléculas polares e moléculas apolares


(dipolo-dipolo induzido);

Moléculas apolares e moléculas apolares (ou Forças de London)


(dipolo instantâneo-dipolo induzido).

[Imagens: eng.thesaurus.rusnano.com]

Ligação química - Ligações intermoleculares 10


Ligações intermoleculares

Ligação de hidrogénio
(ou pontes de hidrogénio)

Acontecem em moléculas que tenham na sua


constituição grupos: Ligações de
Hidrogénio
-O-H
-N-H
-F-H

São mais fortes do que as forças de van der Walls.

[Imagem: www.kentchemistry.com]

Ligação química - Ligações intermoleculares 11


Ligações intermoleculares

Ligações de
hidrogénio Forças de van der Waals

Dipolo instantâneo-dipolo
Dipolo-dipolo Dipolo-dipolo induzido induzido (Forças de London)

Força da ligação

Ligação química - Ligações intermoleculares 12


Miscibilidade

A miscibilidade é a capacidade de dois líquidos, ou soluções, se


misturarem ou não.

Líquidos miscíveis – líquidos que se misturam.

Líquidos imiscíveis – líquidos que não se misturam.

Esta propriedade está muito dependente das forças de ligação


intermoleculares que ocorrem entre as moléculas dos dois líquidos
em causa.

A água é miscível com substâncias que possuam moléculas polares ou


que fomentem ligações de hidrogénio.

Ligação química - Ligações intermoleculares 13


[Imagem: www.colegioweb.com.br]
Miscibilidade

É possível prever a miscibilidade ou não entre duas substâncias a partir da sua maior, menor, ou inexistente
polaridade.

A geometria de uma molécula é importante para a polaridade final da estrutura.

Água Etanol Acetona Hexano Xileno

(polar) (polar) (polar) (apolar) (apolar)

Ligação química - Ligações intermoleculares 14


Miscibilidade

Tubo Substância Substância Previsão Experimental


1 Água Etanol M M
2 Água Acetona M M
3 Água Hexano I I
4 Água Xileno I I
5 Etanol Acetona M M
6 Etanol Hexano I I
7 Etanol Xileno I I
8 Acetona Hexano I M
9 Acetona Xileno I I
10 Hexano Xileno M M

Polar
Apolar
M – miscível
I - imiscível

Ligação química - Ligações intermoleculares 15


Ligações químicas

Entre moléculas
Entre átomos
(intermoleculares)

Ligações de Forças de van der


Ligação metálica
hidrogénio Walls

Ligação iónica Dipolo - dipolo

Ligação covalente Dipolo - dipolo induzido

Dipolo instantâneo - dipolo induzido


(Forças de London)

Ligação química - Ligações intermoleculares 16


Bibliografia

▪ J. Paiva, A. J. Ferreira, C. Fiolhais, “Novo 10Q”, Texto Editores, Lisboa, 2015.

Ligação química - Ligações intermoleculares 17