Você está na página 1de 5

1.

Dada a sondagem, calcule o número de estacas para a um pilar com carga de


5000kN. (500 tf)
Usar estacas hélice continua com comprimento total de 13 m (descontando 1m do
bloco) e diâmetro de 50cm

Método empririco de Decourt e Quaresma

PR  Pl  PP

PR = Carga de ruptura ou capacidade de carga de uma fundação em estaca

PL = parcela da carga de ruptura devido ao atrito lateral solo – estaca desenvolvido ao longo do fuste
da estaca (capacidade de carga do fuste)

PP = Parcela da carga de ruptura resistida pela ponta da estaca (capacidade de carga de pon

O valores de PL e PP podem ser determinados respectivamente, por meio das seguintes expressões
(Alonso 1983)

PL  AL  rL
E

PP  AP  rP
Onde:

rL : atrito lateral desenvolvido no contato fuste –solo

rP : resistência de ponta

AP : Area da ponta da estaca

AL : Area lateral da estaca


Coeficientes

Agora deve-se calcular o:

rL : atrito lateral desenvolvido no contato fuste –solo

rP : resistência de ponta

Logo, segundo o método de decourt e quaresma (1978) apud Schnaid (2000), as resistências de
ponta e lateral são calculadas, respctivamente, pelas seguintes expressões:

rP    K  N P
E

N 
rL   10   m  1
 3 
K: coeficiente que relaciona a resistência de ponta com o valor de Np, dado na tabela 4.12

 e  : determinados em função do tipo de estaca e apresentados na tabela 4.13 e na tabela 4.14


Np: Média dos valores de Nspt na ponta da estaca, imediatamente acima e abaixo
Nm = : é o valor médio de N ao longo do fuste.

É a media aritimetica dos valores de spt (golpes) ao longo da estaca ( soma todos e divide pelo
número deles)

A expressão independe do tipo de solo.

Na determinação de Nm os valores de N maiores que 50 devem ser considerados iguais a 50.

A carga sdmissivel de uma estaca cravada é determinada aplicando-se um coeficiente de segurança


global igual a 2 na soma das cargas de ponta e lateral , existem bibliográfica que é 1,3 e para carga de
ponta 4.

Logo,

Pproj  Padm 
PL PP
 e tbm
1,3 4

Pproj  Padm 
PR
2

Rersolvendo o exercício

1. Dada a sondagem, calcule o número de estacas para a um pilar com carga de


5000kN. (500 tf). Usar estacas hélice continua com comprimento total de 13 m
(descontando 1m do bloco) e diâmetro de 50cm

Calculo do Atrito lateral = PL -

  1 (hélice continua)
PL  AL  rL
Onde (olhar o laudo para Nm) aqui é um exemplo.

Nm  22  10  16  9  23  12  26  39  50  45  16 / 11  24,35

Logo

N   24,35 
rL   10   m  1 ------- rL  1 10    1  91,2 -------- rL  91,2KPa
 3   3 
Calcular AL (área lateral da estaca)

AL    D  L ------------- AL    0,5 12  18,85m2


Logo,
PL  AL  rL -------- P  91,2 18,85  1.719,0795kN
L

Calculo de Pp (carga de ponta)

PP  AP  rP logo   0,3 (hélice continua) e K  120kN / m2 (solo argila silto arenosa)


Np: Média dos valores de Nspt na ponta da estaca, imediatamente acima e abaixo

36  34  31
NP   33,66 (valor de spt de cima, da ponta e de baixo da estaca)
3
Logo,

rP    K  N P --- rP  0,3 120  33,66  1.212,00KPa

AP : Area da ponta da estaca

  D2   0,52
AP  ------------ AP   0,1963
4 4
Logo,

PP  AP  rP ---- PP  0,19631.212,00  238kN


Logo, carga de ruptura igual a:

PR  PL  PP PR  1.719,0795  238  1957kN


Logo,

Pproj  Padm 
PL PP

1,3 4

Pproj  Padm 
PR
2
Portanto:

1.719,0795 238
Pproj  Padm    1.381,9kN e tbm
1,3 4

1.975
Pproj  Padm   987,5kN
2
Numero de estacas:

Psolici tan te 5000


N est    5,1
Pproj 978,5

Portanto: 6 estacas