Você está na página 1de 3

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA JARI DO DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA - SP

Augusto Laio Mesquita Pinto, brasileiro, solteiro, advogado, portador do RG


2001002025492, inscrito no CPF sob o nº 044.784.653-12, CNH nº 0577633343, residente e
domiciliado na Rua Papi Júnior, nº 2347, CEP 60.441-690, Cel: 85-9972-66330, vem
respeitosamente à presença de Vossa Senhoria, com fundamento na Lei nº 9.503/97, interpor o
presente recurso contra à decisão exarada no Auto de Infração M505419536, expedido pela
Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania, lavrado em 08/11/2019, às 00:41 Horas, no
cruzamento da Avenida Treze de maio com Rua Senador Pompeu , o que faz pelos motivos de fato e
de direito a seguir aduzidos.

I – CIRCUNSTÂNCIAS DA INFRAÇÃO

De acordo com mencionada notificação, o veículo de propriedade do requerente, um Veículo


HB 20, de placa PMA 8863, avançou o sinal vermelho do semáforo no dia 08/11/2019, às 00:41
na Av. Treze de Maio X Rua Senador Pompeu.
Em vista disso apontou-se violação ao Artigo 208 do Código de Trânsito Brasileiro.

II – DO AVANÇO DO SINAL VERMELHO

Não se pretende aqui negar os fatos que ensejaram a infração, realmente o condutor do
veículo avançou o sinal vermelho na data e local mencionados, porém busca-se trazer à baila
argumentos modificativos da infração que deverão torná-la inócua e por isso reconsiderado pelo
órgão de fiscalização e controle de trânsito.
Conforme se aduz da “Notificação de Autuação de Infração de Trânsito” em anexo, o avanço
do sinal vermelho ocorreu às 00:41 da manhã do dia 08/11/2019, uma madrugada de quinta
para sexta-feira,.
Conforme é de conhecimento público, Fortaleza é uma cidade perigosa, logo, conta com um
alto índice de roubo a mão arma, furtos e homicídios, tanto é que a Autarquia Municipal de Trânsito
em nota afirma que avançar sinal vermelho entre 20h e 5:59 não gera multa, vejamos:

“Em nota, a AMC informou que estimula que os condutores a não


ultrapassarem o semáforo ou praticar qualquer outra irregularidade. Porém, a
autarquia confirmou que "nos locais controlados por semáforos, onde
existe fiscalização eletrônica, o equipamento não registra a infração do
avanço do sinal vermelho durante a madrugada, entre 20h e 05h59".”
(Disponível em: https://g1.globo.com/ceara/noticia/amc-esclarece-
que-avancar-sinal-vermelho-entre-20h-e-5h59-nao-gera-multa-em-
fortaleza.ghtml). (grifo nosso)

Além disso, a manobra foi realizada com uma grande margem de segurança. Durante a
madrugada o fluxo de veículos e pessoa naquele local é muito reduzido, portanto, tal conduta
não gerou grandes riscos para eventuais pedestres ou outros condutos, risco maior seria ter
ficado parado esperando o sinal abris, pois, como dito, nesse horário há pouco fluxo de
pessoas e veículos no local, o que até estimula a atuação de bandidos.
Dessa forma, não havia naquele momento quaisquer condições que legitimassem e
validassem a fiscalização de semáforo por radar, sendo a infração de trânsito autuada pelo órgão
competente totalmente desarrazoada pelas circunstâncias.

IV – DO PEDIDO

Dessa forma, a decisão imposta pela autoridade de trânsito deve ser cancelada por esta JARI,
eis que desprovida de fundamentos razoáveis.
Ante o exposto, requer o cancelamento da penalidade imposta com a consequente revogação
dos pontos do prontuário do requente.

Termos em que pede deferimento.

____________________________
Augusto Laio Mesuita Pinto
Fortaleza, 04 de dezembro de 2019