Você está na página 1de 3

1

ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO


Setor: Operacional Função: Mecânico de Refrigeração Turnos: Diurno / Noturno
Controle:
Situação: - Redirecionamento das atividades para outros
Considerar os impactos das alterações profissionais ou cancelamento das mesmas,
AVALIAÇÃO comportamentais relacionadas a considerando as avaliações da chefia imediata;
COMPORTAMENTAL situações laborais e socioeconômicas - Liberação do empregado para auxilio médico externo
dos empregados e prestadores de a empresa quando sentir-se mal;
serviços na atividade. - Encaminhamento para exame médico especial e/ou
avaliação pelo assistente social.
ATIVIDADES
 Transportar o equipamento e os materiais necessários, dirigindo o veículo até o local do evento;
 Montar o equipamento;
 Conectando os cabos; Montando sistemas; realizando testes;
 Desmontar a instalação do equipamento ao final do evento.
Tipo de Risco / Fonte Geradora
Exposição ao ruído durante utilização de ferramentas manuais, batidas de peças, uso do
x FÍSICO compressor, serviços de soldagem (pequenos reparos), pistola para pintura, equipamentos
elétricos (furadeira, esmeril etc.).
Observações: Os equipamentos não são utilizados de forma contínua durante a jornada de
trabalho (esporádico). As frequências de suas utilizações variam de acordo com o processo
corretivo.
Exposição a radiações não ionizantes durante soldagens (oxiacetileno/solda cobre).
Observação: Os serviços de soldagem são realizados esporadicamente, sendo somente na
x FÍSICO
necessidade em pequenos reparos.

Contato com produtos de limpeza pesada dos equipamentos: (detergente acido).


x QUÍMICO Os serviços de limpeza são realizados esporadicamente, sendo somente na necessidade em
pequenas revisões.

Contato e exposição a vapores orgânicos de solvente, querosene e tintas e névoas (pintura)


x QUÍMICO durante manutenção dos equipamentos.
Os reparos são realizados conforme necessidade, sendo somente na necessidade em
pequenas revisões.
Contato com vaselina, óleo lubrificante e graxa durante revisões.
x QUÍMICO Realizados esporadicamente, sendo somente na necessidade em pequenas revisões.

Fonte Geradora: não evidenciado.

BIOLÓGICO

Fonte Geradora:
x ERGONÔMICO Ergonomia de posto de trabalho e exigência de postura inadequada, transporte manual de
peso.

Fonte Geradora: Ferimentos nos membros superiores, projeção de partículas sólidas, queda
x ACIDENTES de material, queda de objetos, choque elétrico(baixa tensão) e queda de nível (trabalho em
altura).
2

RISCOS / EFEITOS
Efeitos: Medidas Preventivas Propostas: Uso obrigatório do protetor
Perda auditiva temporária ou auditivo e conscientização sobre o modo correto de utilização
irreversível, mas com atenuação do bem como manter a higiene e os cuidados necessários com o
FÍSICOS Equipamento de Proteção Individual Equipamento de proteção Individual.
o risco se torna mínimo.
Problemas oculares, queimaduras na
pele.
Irritação e alergia cutânea, irritação Medidas Preventivas Propostas: Uso do Equipamento de Proteção
nos olhos, dores de cabeça, enjoo, Individual e uniformes profissionais.
QUÍMICOS tonturas, etc..

Efeitos: N/A Medidas Preventivas Propostas: N/A


BIOLÓGICOS

Efeitos: LER / DORT, cansaço, Medidas Preventivas Propostas: Treinamento introdutório de


ERGONÔMICOS irritabilidade e estress, cefaléia e integração na admissão e emissão de Ordem de Serviço (OS).
dores de natureza lombar e muscular.
Efeitos: Lesões múltiplas por Medidas Preventivas Propostas: Uso de EPI´s, procedimentos de
projeção de peças, ferramentas e segurança, noções básicas de primeiros socorros e treinamento de
ACIDENTES
queimaduras, Lesões Corporais combate ao princípio de incêndios.
graves.
C x P - Nível de
HC - HIERARQUIA DE CONTROLE C - CONSEQUÊNCIA P - PROBABILIDADE
Risco
Eliminação ou substituição da fonte
A 1 Levemente prejudicial 1 Baixo 1 ou 2 Aceitável
geradora
B Controles de engenharia 2 Prejudicial 2 Médio 3 ou 4 Moderado
Sinalização, alertas e controle Extremamente
C 3 3 Alto 6 Substancial
administrativos prejudicial
Equipamento de Proteção Individual -
D - - - 9 Intolerável
EPI
MEDIDAS DE CONTROLE
HC CONTROLE DISPONÍVEL C P Nível de Risco HC
ADICIONAL
A x Medidas Preventivas Propostas: Uso do
B x Equipamento de Proteção Individual e uniformes
C x profissionais.
Treinamento introdutório de integração na
admissão e emissão de Ordem de Serviço (OS).
Redirecionamento das atividades para outros
2 2 Moderado
profissionais ou cancelamento das mesmas,
D x considerando as avaliações da chefia imediata;
- Liberação do empregado para auxilio médico
externo a empresa quando sentir-se mal;
- Encaminhamento para exame médico especial
e/ou avaliação pelo assistente social.
3

EPI´S UTILIZADOS NO DESEMPENHO DA FUNÇÃO

x Uniforme Luva PVC 46 cm X Luva Látex Avental de Couro

Protetor Facial X Luva de Raspa Respirador semi facial X Óculos de Segurança

Capacete c/ Carneira Luva Raspa C. Longo Prot. Auric.Tipo Fone Perneira de Couro

Luva de Vaqueta x Prot. Auric.Tipo Plug X Mangote Couro Luva Vaqueta C. Longo
Bota PVC x Botina Couro Avental PVC Branco Avental Brim Azul

RELAÇÃO DE C.A´S DOS EPI´S UTILIZADOS NA FUNÇÃO

Tipo EPI C.A Fabricante

Protetor Auricular 17664 VILMAR CACCHERO PLASTICOS - ME


Mascara com lentes contra radiações não Não avaliado Não avaliado
ionizantes
Luvas de látex 1555 FABRICA DE ARTEFATOS DE LATEX SAO ROQUE S A
Mascara respiratória PFF2 – contra vapores e Não avaliado Não avaliado
nevoas.
Capacete, óculos de segurança, cinto de Não avaliado Não avaliado
segurança e luvas de raspa e látex.
ATENUAÇÃO DOS PROTETORES AURICULARES
Descrição do EPI Fabricante C.A Atenuação
Protetor Auditivo Tipo Plug Não avaliado 17664 13 dB(A)
São Paulo, 14 de Outubro de 2014.

Elaborado Por:

_________________________
Eng. Davi Fernando Silvestre Sandins
Engenheiro Eletricista
Técnico de Segurança do Trabalho
CREA 5069161819
MTB SP/017853.5