Você está na página 1de 37

Aprimoramento em Fluência

2018
Procedimentos de
avaliação
para gagueira
Mirela Pollini Caputo

Mirela Pollini Caputo Astrid Mühle Ferreira


mirelacaputo@gmail.com astridmuhleferreira@gmail.com
+55 11 98196-3329 +55 11 99191-9812
Processo de AVALIAÇÃO
Anamnese Avaliação Análise Devolutiva

•Investigar história clínica •Avaliar fluência em •Transcrever a amostra •Apresentar relatório e


diferentes tipos de lgg conduta
•Inserir questões •Análise quanti e quali
dirigidas sobre fluência •Avaliações •Orientações pontos
complementares •Elaborar relatório positivos e promoção da
fluência
Mirela Pollini Caputo

• Processo → hierarquia de ações


• Pular qualquer etapas coloca em risco:
• diagnóstico,
• planejamento
• evolução clínica
Momentos para avaliar

Avaliação Inicial

Avaliação Processual
Mirela Pollini Caputo

Avaliação Final
O que avaliar?

• SINTOMAS  Queixas
• SINAIS  Observáveis

 MULTIFATORIAL
• Fatores inerentes à pessoa
Mirela Pollini Caputo

• Fatores externos
INERENTES (Sujeito)

Habilidade Habilidade Aspectos Personalidade


Genótipo SNC Outros
Linguística Motora Auditivos
Mirela Pollini Caputo
EXTERNOS (Ambiente)

Demanda Pressão do Taxa de Gênero


Familiaridade
Linguística Tempo Elocução Discursivo
Mirela Pollini Caputo
Investigar aspectos Inerentes ao Sujeito
• Por meio de Histórico (Anamnese/Entrevista) - SINTOMAS
• Anamnese: protocolos ou questionários prontos.
• Entrevista: perguntas abertas direcionadas ao entrevistado

• Por meio de Avaliações específicas - SINAIS


• Fluência
• Fala
• Auditivo
Mirela Pollini Caputo

• Linguístico
• Cognitivo
• Leitura-escrita
Por meio de Histórico (Anamnese/Entrevista)

Queixa ● Início
01 ● Duração
Sintomas ● Descrição

● Gestação e Parto
Mirela Pollini Caputo

● Infecções vias aéreas superiores


02 Saúde em geral (PANDAS)
● Medicamentos
● Acidentes; traumatismos
Por meio de Histórico (Anamnese/Entrevista)
● Fala e linguagem (1as palavras; pragmática)

03 Desenvolvimento ● DNPM (marcos de aquisição, motor global e fino)


● Saúde geral

● Peso ao nascimento
Mirela Pollini Caputo

04 Fatores de risco ● Amamentação


● Hereditariedade (gagueira, fala rápida)
Por meio de Histórico (Anamnese/Entrevista)

● Sono: duração, privação, agitação


● Consciência
● Fatores que pioram
05 Complementares ● Personalidade,
● Relacionamentos, impacto social
Mirela Pollini Caputo

● Avaliações, tratamentos
anteriores
Por meio de Histórico (Anamnese/Entrevista)
Queixa ● Início
01 ● Duração
Sintomas ● Descrição
● Gestação e Parto
● Infecções vias aéreas superiores (PANDAS)
02 Saúde em geral
● Medicamentos
● Acidentes; traumatismos
● Fala e Lgg (1as palavras; pragmática)
03 Desenvolvimento ● DNPM (marcos de aquisição, motor global e fino)
● Saúde geral
● Peso ao nascimento
Mirela Pollini Caputo

04 Fatores de risco ● Amamentação


● Hereditariedade (gagueira, fala rápida)
● Sono: duração, privação, agitação
● Consciência, o q.piora,
05 Complementares ● Personalidade, relacionamento, impacto social
● Avaliações, tratamentos anteriores
Fatores que pioram ou afetam
• Sons ou Fonemas mais difíceis?

• Pressão do tempo?

• Quais situações comunicativas?

• Tensão muscular?

• O que é mais difícil? Falar ou ler?

• Telefone é difícil?
Mirela Pollini Caputo

• A privação de sono piora a fluência?

• Álcool, melhora ou piora? Depende da quantidade ingerida?

• Influência de alimentos e/ou drogas e/ou temperatura?

• Emoções? Evitações?
HEREDOGRAMA

Jadyr Roberto Paulo M. Helena

Paulo Roberto Ana Paula Paulo Mirela Cláudia Daniel Telma

Murilo Liara

Gagueira Fala Rápida Taquifemia Carregam os genes


Mirela Pollini Caputo
Disfluências Comuns (DC) Disfluências Típicas da Gagueira
Ou
(DTG)
Outras Disfluências (OD)
Tipologia das disfluências segundo Yairi (1981), Yairi; e Ambrose (1992) e Oliveira et al (2017),

Repetição de palavras não monossilábicas (porque- Palavras rompidas - interrupção entre sílabas de uma palavra (fa ca)

porque)
Repetição de palavra monossilábica (eu-eu-eu-eu)

Repetição de segmento (eu vou-eu vou)


Repetição de parte de palavra (bo-bo-bola) // (escola-la)

Repetição de frase (ontem dormi cedo-ontem dormi cedo)


Repetição de som (c-c-c-casa)

Revisão (eu - ele saiu)


Prolongamento (sssssofá)

Hesitação - silenciosa de 1 a 2seg. ou preenchida (ãh, hum,


Bloqueio - postura articulatória fixa, oral ou laríngea, com duração de
eh)
Mirela Pollini Caputo

tempo variável (/pato)

Interjeição (então, né, tipo)


Ribeiro e Caputo (2018).

Pausa - silêncio superior a 2 seg.

Palavra incompleta - quando há desistência (eu quero um


Intrusão - sons verbais ou não verbais, intrusos ao discurso (meu nome
ca-livro) é RRRRR Paulo)
O que esperar?
• DTG: máximo adultos 2% e crianças 3%.
• OD ou DC: máximo adultos 10% e crianças 12%.

• Exclusivamente DC chegam para avaliação?


• Até 10%: ?
• Acima de 10%: Taquilalia ou taquifemia.
Mirela Pollini Caputo

• DTG chegam para avaliação


• Até 3%: ?
• Sim, intermitência
Mirela Pollini Caputo

Gagueira Fisiológica
Análise do Risco de Cronificação da Gagueira
Maior Risco Menor Risco
Gênero Menino Menina
Idade da gagueira Mais de 3 meses Menos de 3 meses
Tipo de surgimento Intermitente ou Gradual Abrupto
Idade na época do surgimento 4 anos de idade, ou mais Até 3 anos de idade
Histórico familial de alt. Fluência Família imediata Família extendida
Temperamento da criança Desiste da fala Não desiste da fala
Concomitantes físicos associados Presentes Ausentes
Duração das gagueiras mais longas Maior do que 1 segundo Menor do que 1 segundo
Mirela Pollini Caputo

Tipologia das disfluências DTG DC ou OD

• Fatores de maior risco → fonoterapia especializada imediatamente.


• Fatores de menor risco → orientar a família e acompanhar periodicamente.
Avaliação
• Considerar a intermitência da gagueira
• Diversos tipos de linguagem em contextos variados

• 3 filmagens em dias diferentes


• Crianças: ambiente clínico, ambiente familiar, opcional:
ambiente escolar
Mirela Pollini Caputo

• Adultos: ambiente clínico em dois dias diferentes, leitura,


opcional: ambiente familiar
Avaliação - Materiais
• Câmera
• Computador
• Material de avaliação apropriado à idade
• Lista de palavras
• Lista de frases
• Texto para leitura
Mirela Pollini Caputo

• Figuras para nomeação


• Figura de ação para descrição
• Crianças: + brinquedo que favoreça interação
Avaliação - Tipos de Linguagem

1. Fala seriada - números de 1 a 20


2. Nomeação de figuras
3. Repetição de palavras
4. Repetição de frases
5. Fala semi-dirigida
6. Fala espontânea
7. Leitura e adaptação
Mirela Pollini Caputo

8. Canto

→ Prognóstico
Análise dos dados - 1
 Acumulativo ? Di Ninno, Caputo, Ribeiro, 2017

Canto Fala Seriada Rep. Palavras Nomeação Rep. frases Espontânea

 Leitura → individual

● Assistir TODOS os vídeos.


Mirela Pollini Caputo

● Anotar em quais tipos de linguagem aparecem disfluências

● Observar se há adaptação na leitura

● Transcrever e analisar fala espontânea ou semi-dirigida


Protocolos de Avaliação da Fluência - 1
Andrade, 2017

200 sílabas expressas


Transcrever apenas fala do paciente
Analisar e marcar tipologias
Calcular frequência das rupturas
Mirela Pollini Caputo

de fala
Calcular velocidade de fala
Protocolos de Avaliação da Fluência - 2

Bohnen, 2005
 300 palavras expressas
Transcrever apenas fala do paciente
Analisar e marcar tipologias
Cronometrar a duração da palavra
Mirela Pollini Caputo

gaguejada
Calcular frequência das rupturas de fala
Calcular velocidade de fala
Protocolos de Avaliação da Fluência -3
Riley, 2009  SSI-4
150 a 500 sílabas expressas
Transcrever apenas fala do paciente
Analisar e marcar tipologias
Cronometrar a duração das 3 DTG mais longas
Calcular frequência das rupturas de fala
Calcular velocidade de fala
Mirela Pollini Caputo

Registrar e classificar concomitantes físicos


Analisar naturalidade de fala
Auto avaliação subjetiva
Análise dos dados - 2

• Transcrever amostra de fala (mais espontânea possível) → só a fala do


paciente → 150 a 500 sílabas expressas
• Analisar quali e quanti:
• marcar os tipos de disfluências
• cronometrar duração das disfluências mais longas

Mirela Pollini Caputo

anotar concomitantes físicos


• outros aspectos qualitativos
• calcular frequência das disfluências
• calcular velocidade de fala
Disfluências

Disfluências Comuns – DC Disfluências Típicas da Gagueira - DTG


(Outras Disfluências - OD)
Palavras Rompidas (Broken words) - entre sílabas
Hesitação # Repetição de palavras monossílabas
Interjeição Repetição de sílabas
Revisão Repetição de sons
Palavra não terminada Prolongamento _
Repetição de palavras Bloqueio /
Mirela Pollini Caputo

Repetição de segmentos Pausa -----


Repetição de frases Intrusão de sons ou segmentos

Referências:
Yairi, 1999; Gregory, 2005; Campbell, J. Andrade 2006; Ribeiro, IM; Oliveira et al, 2017; Caputo, 2017.
Cálculos  Frequência das disfluências
• Porcentagem de descontinuidade da fala:
• = (No de DC+DTG *100) / No sílabas
• Referência: até 10%.

• Porcentagem de disfluências típicas da gagueira:


Mirela Pollini Caputo

• = (No de DTG *100) / No sílabas


• Referência: até 3%.
Cálculos  Taxa de elocução verbal
• Fluxo de palavras por minuto  taxa de conteúdo por minuto
• = (No de palavras / tempo) * 60

• Fluxo de sílabas por minuto  taxa da velocidade articulatória


• = (No de sílabas / tempo) * 60
Mirela Pollini Caputo

• Em amostras de monólogos: considerar tempo total da amostra


• Diálogos com muita intervenção do interlocutor: considerar apenas o
tempo de fala do paciente
Vamos assistir e praticar!
Mirela Pollini Caputo
Gagueira e trato vocal

• Queixas:
• Cansaço
• Dor muscular
• Pescoço
• Rosto
• Língua

• Sinais:
Mirela Pollini Caputo

• Incoordenação pneumofonoarticulatória
• Instabilidade de pitch e loudness
Protocolo de Análise do exame de nasofibrolaringoscopia
Protocolo de avaliação dos ajustes do trato vocal durante o canto (versão adaptada de Andrada e Sil va e Dupra t, 2010)

Em trecho de fala fluente (FF) Em trecho de fala gaguejada (FG)

Pregas Vocais ( ) Neutra ( ) Neutra


(PPVV) ( ) Estirada ( ) Estirada
( ) Encurtada ( ) Encurtada
( ) Não visualizada ( ) Não visualizada
Coaptação ( ) Completa (sem fenda) ( ) Completa (sem fenda)

Protocolo para glótica ( ) Fenda triangular (POSTERIOR)


( ) Fenda em ampulheta
( ) Fenda triangular (POSTERIOR)
( ) Fenda em ampulheta
( ) Fenda fusiforme/paralela ( ) Fenda fusiforme/paralela
Nasofibrolaringoscopia ( ) Não visualizada ( ) Não visualizada
Supraglote ( ) Neutra ( ) Neutra
( ) Constrição medial (látero-lateral) ( ) Constrição medial (látero-lateral)
__Leve: invade parcialmente pregas __Leve: invade parcialmente pregas

 Ver todo trato vocal! __Intensa: cobre pregas vocais __Intensa: cobre pregas vocais
( ) Constrição anteroposterior ( ) Constrição anteroposterior
__Leve: aproxima aritenóides de epiglote __Leve: aproxima aritenóides de epiglote
__Intensa: cobre pregas vocais __Intensa: cobre pregas vocais
Faringe ( ) Ampla ( aberta todo o tempo) ( ) Ampla ( aberta todo o tempo)
( ) Neutra ( sem mudança ) ( ) Neutra ( sem mudança )
( ) Constrição medial (látero-lateral) ( ) Constrição medial (látero-lateral)
__Leve: visão parcial do recesso __Leve: visão parcial do recesso
__Moderada: cobre o recesso __Moderada: cobre o recesso
__Intensa: faringe comprime laringe __Intensa: faringe comprime laringe
Mirela Pollini Caputo

( ) Constrição: ( ) Constrição:
( ) anterior ( ) anterior
__Leve: base de língua apaga valécula __Leve: base de língua apaga valécula
__Intensa: base de língua desloca __Intensa: base de língua desloca epiglote
epiglote posteriormente posteriormente
( ) posterior ( ) posterior
__Leve: invade meia prega vocal __Leve: invade meia prega vocal
__Intensa: não visualiza pregas vocais __Intensa: não visualiza pregas vocais
Deslocamento ( ) Ausente ( ) Ausente
vertical da ( ) Cranial ( ) Cranial
laringe ( ) Caudal ( ) Caudal
OUTROS
Configuração do trato vocal na
FALA FLUENTE

PPVV Coaptação Supraglote Faringe Base da Laringe:


Glótica Língua Movimento
vertical
Neutra Completa Constrição Constrição AP Ausente Ausente
Ou Ou AP e /ou LL e/ou LL
Encurtada Incompleta
Mirela Pollini Caputo

Mirela Caputo, 2017


Configuração do trato vocal na
FALA GAGUEJADA

PPVV Coaptação Supraglote Faringe Base da Laringe:


Glótica Língua Movimento
vertical
Neutra NV Constrição Constrição AP Ausente Ausente
Estirada Incompleta AP e LL e LL leve e Cobre valécula Caudal
Encurtada Completa intensa Cranial
Antagônico
Mirela Pollini Caputo

s
Freeze

Mirela Caputo, 2017


Configuração do trato vocal na gagueira

• Vídeo
Mirela Pollini Caputo
Para casa!
• Transcrever amostra de fala:
https://www.youtube.com/watch?v=l5LrglNe7Kw

• Analisar quanti e qualitativamente


• Tipos de disfluências
• Duração das disfluências
Mirela Pollini Caputo

• Concomitantes físicos
• Calcular frequência das rupturas
• Calcular taxa de elocução verbal
Obrigada!

mirelacaputo@gmail.com
Mirela Pollini Caputo