Você está na página 1de 15

PLANO DE

CONTINGÊNCIA

SARS-CoV-2 e
COVID-2019

Creche Jardim Infantil “ O


Caracol”

2ª Versão Maio 2020


ÍNDICE
ENQUADRAMENTO…………………………………………………………………………………………2

OBJETIVO……………………………………………………………………………………………………..3

IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR E DAS EQUIPAS

OPERATIVAS………………………………………………………………………………………………...3

IDENTIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES ESSENCIAIS E PRIORITÁRIAS/

RESPONSÁVEIS……………………………………………………………………………………………..4

IDENTIFICAÇÃO DAS MEDIDAS DE MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES

INERENTES AO FUNCIONAMENTODA INSTITUIÇÃO, EM SITUAÇÃO DE CRISE………………..5

ABSENTISMO DE EDUCADORAS……………………………………………………………….5

ABSENTISMO DA FUNCIONÁRIA DO SERVIÇO ADMINISTRATIVO……………………….5

ABSENTISMO DE ASSISTENTES OPERACIONAIS…………………………………………..5

ABSENTISMO DE AUXILIARES…………………………………………………………………..6

FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS……………………………………………………..6

MEDIDAS DE HIGIENE DOS ESPAÇOS DA INSTITUIÇÃO…………………………………………….6

IDENTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO/MATERIAL NECESSÁRIO……………………………………6

PROCEDIMENTOS…………………………………………………………………………………………..7

ACESSO À INSTITUIÇÃO………………………………………………………………………….7

SALAS DE ATIVIDADES…………………………………………………………………………...9

REFEIÇÕES………………………………………………………………………….…………….10

REPOUSO………………………………………………………………………………………….10

ATIVIDADES PEDAGÓGICAS, LÚDICAS E DE MOTRICIDADES………………………....11

MEDIDAS DE ISOLAMENTO E DISTANCIAMENTO SOCIAL……………………………….………..11

ÁREA DE ISOLAMENTO…………………….…………………………………………………………….12

PLANO DE COMUNICAÇÃO………………………………………………………………………………13

AVALIAÇÃO…………………………………………………………………………………………………13

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 1


IPSS, Queluz
ENQUADRAMENTO

A COVID-19 é uma doença causada pela infeção pelo novo Coronavírus (SARS-
CoV-2). A doença manifesta-se predominantemente por sintomas respiratórios,
nomeadamente, febre, tosse e dificuldade respiratória, podendo também existir
outros sintomas, entre os quais, odinofagia (dor de garganta), e dores musculares
generalizadas.

Com base na evidência científica atual, este vírus transmite-se principalmente


através de:

• Contacto direto: disseminação de gotículas respiratórias, produzidas quando


uma pessoa infetada tosse, espirra ou fala, que podem ser inaladas ou
pousar na boca, nariz ou olhos de pessoas que estão próximas (< 2 metros).
• Contacto indireto: contacto das mãos com uma superfície ou objeto
contaminado com SARS-CoV-2 e, em seguida, com a boca, nariz ou olhos.

A 11 de março de 2020, a COVID-19 foi considerada uma Pandemia pela


Organização Mundial de Saúde. Em Portugal, as medidas de Saúde Pública têm
sido implementadas de acordo com as várias fases de preparação e resposta a
situações epidémicas, por forma a diminuir a transmissão do vírus, prestar os
cuidados de saúde adequados a todos os doentes e proteger a Saúde Pública.

É sabido que o risco de transmissão aumenta com a exposição a um número


elevado de pessoas, especialmente em ambientes fechados. Por isso, medidas
adicionais devem ser tomadas para assegurar a minimização da transmissão da
doença nestes contextos. Devido às características das respostas sociais, com as
como a nossa Instituição e à maior dificuldade em aderir às medidas preventivas
por parte das crianças deste grupo etário, existe potencial de transmissibilidade de
SARS-CoV-2, pelo que devem ser devidamente implementadas medidas de
prevenção e controlo de infeção.

O sucesso das medidas de Saúde Pública depende da colaboração de todos os


cidadãos, das instituições e organizações. Assim, neste documento, constam
pontos importantes na prevenção da transmissão da COVID-19 nas instituições de
Creche Jardim Infantil “O Caracol” 2
IPSS, Queluz
apoio a crianças, assim como os procedimentos a adotar perante um caso suspeito.
Com esta orientação pretende-se diminuir a transmissão de SARS-CoV-2 nestes
contextos.

Objetivo

O Objetivo do Plano de Contingência, para além de referir procedimentos de


prevenção da transmissão do vírus, é definir um conjunto de orientações para que,
de forma segura para os utentes e colaboradores, seja possível manter as
atividades essenciais ao funcionamento da Instituição, em face dos possíveis
efeitos de pandemia, nomeadamente o absentismo dos profissionais e dos utentes
e respetivas repercussões nas atividades lúdico-pedagógicas e no ambiente familiar
e social de toda a comunidade.
O Plano de Contingência define, também, um conjunto de medidas e ações que
permitem conhecer os procedimentos a adotar perante um caso suspeito de COVID-
19, a definição de uma área de isolamento e os circuitos para o caso suspeito chegar
e sair da área de isolamento. Estas medidas devem ser aplicadas oportunamente,
de modo articulado, na atual fase da pandemia do vírus, permitindo que a
Instituição, além de cumprir os procedimentos preventivos, esteja preparada para
enfrentar, de modo adequado, qualquer situação decorrente da pandemia, em
estreita articulação com as famílias, os serviços de saúde, os organismos tutelares
e outras estruturas da comunidade.

Identificação do Coordenador e das Equipas Operativas

Coordenador do Plano:
 Sandra Aires
 Paula Muge (Substituto)

Coordenador Geral:
 Sandra Aires
 Raquel Bandeiras (1º Substituto)
 Victoria Marques (2º Substituto)

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 3


IPSS, Queluz
Equipas operativas:
 Educadoras
 Auxiliares
 Assistentes Operacionais (Cozinheira, Serviço de Limpeza)
 Administrativa
Organigrama

COORDENADOR DO PLANO
( SANDRA AIRES/ PAULA
MUGE)

COORDENADOR GERAL
(SANDRA)

EDUCADORAS AUXILIARES ASSISTENTES ADMINISTRATIVA


(SANDRA, (ADÉLIA, DANIELA, LAURA, OPERACIONAIS (PAULA
FILIPA, MANUELA) (PAULA MUGE)
RAQUEL, VITÓRIA) MARIA JOSÉ)

Identificação das actividades essenciais e prioritárias/ Responsáveis

Direção Deliberações de caráter Direção


Institucional
Educadoras Atividades Pedagógicas Sandra, Raquel
e Vitória
Auxiliares Atividades de Acompanhamento Adélia, Laura,
Pedagógico; Daniela, Maria
Higiene no espaço escolar; José, Aurélia*
Acolhimento e entrega de
crianças. *De baixa e substituída
por Daniela
Assistentes Alimentação e higienização.
Operacionais– Paula Filipa
Cozinheira
Assistentes Limpeza e higiene em todo o Manuela Sousa
Operacionais-Limpeza espaço e equipamentos.
Correio; Atendimento público;
Vencimentos; Procedimentos Paula Muge
institucionais, de caráter pontual
ou sistemático; Procedimentos
Administrativa
relacionados com Pessoal,
utentes e famílias;
Fornecedores (Alimentação,
material de higienização, material
escolar, bens e serviços gerais)
Creche Jardim Infantil “O Caracol” 4
IPSS, Queluz
Identificação das medidas de manutenção das atividades inerentes ao
funcionamento da instituição, em situação de crise

Absentismo de Educadoras
As Educadoras devem providenciar:
- A existência de materiais de trabalho no âmbito de todos os conteúdos de cada
uma das Respostas Sociais/Sala, passíveis de ser trabalhados pelas crianças sob
orientação de uma Educadora de qualquer outra Resposta Social/Sala.
- Listagem atualizada dos contactos telefónicos de todo o Pessoal e Encarregados
de Educação do seu grupo de crianças.
- Avaliação da possibilidade de realizar atividades através de e-mail, Whatsapp e
reuniões na plataforma Zoom.

Absentismo da funcionária do Serviço Administrativo


Fica assegurada a formação de uma Colaboradora para o desempenho das funções
prioritárias, de modo a garantir o exercício das mesmas, em caso de ausência da
funcionária habitualmente responsável por essa tarefa.
Avaliação da possibilidade de realizar funções a partir de casa, em regime de
teletrabalho.

Absentismo de Assistentes Operacionais


Fica assegurada a substituição, por outro elemento da Equipa, para o desempenho
das funções prioritárias, de modo a garantir o exercício das mesmas em caso de
ausência da funcionária habitualmente responsável por essa tarefa. Na ausência da
Cozinheira ficará responsável por esta tarefa quem a Direção nomear, estando
prevista a contratação externa, se necessário.

Absentismo de Auxiliares
Fica assegurada a substituição, por outro elemento da Equipa, para o desempenho
das funções prioritárias, de modo a garantir o exercício das mesmas em caso de
ausência da funcionária habitualmente responsável pelas funções que lhe estão
atribuídas.

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 5


IPSS, Queluz
Fornecedores de bens ou serviços essenciais para o funcionamento da
Instituição
Os fornecedores estão todos devidamente identificados e com contactos acessíveis
a todo o Pessoal da Instituição.
Fica assegurada a existência de uma reserva estratégica de bens e/ou produtos,
cuja falta possa comprometer o exercício das atividades mínimas ou consideradas
prioritárias.

Medidas de higiene dos espaços da Instituição

Identificação do equipamento/material necessário:

• Dispositivo com soluções de limpeza das mãos à base de álcool:


o Entrada
o Todas as salas de atividades
o Sala de isolamento
o Secretaria
o Cozinha
o Refeitório
• Caixotes do lixo fechados nos WC´s, na entrada e na sala de isolamento;
• Dispositivos para fornecimento de toalhetes de papel, para secagem das
mãos, nos WC’s;
• Sacos herméticos para forrar caixotes do lixo, em todos os espaços
interiores;
• Máscaras protetoras;
• Toalhetes de papel para uso único;
• Lenços de papel;
• Produtos de desinfeção para limpeza de superfícies;
• Rolo de papel;
• Termómetro de Infravermelhos (leitura de testa)

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 6


IPSS, Queluz
PROCEDIMENTOS

Deve garantir-se a utilização de máscara cirúrgica por parte dos trabalhadores


(e, quando necessário, luvas ou outro equipamento).

Em nenhuma situação são colocadas máscaras às crianças, de acordo com


orientações da DGS;

No final do dia, as Assistentes Operacionais deverão repôr o stock de máscaras,


lenços de papel, solução desinfetante nos dispositivos, em cada uma das salas e
dos consumíveis utilizados em todas as áreas. Serão responsáveis por esta tarefa
as Assistentes Operacionais destacadas para a limpeza de cada um destes
espaços.
O responsável pelas compras deverá proceder, semanalmente, à avaliação dos
stocks e proceder à sua reposição, sempre que se justifique.

Acesso à Instituição

• A entrega das crianças será efetuada a partir do portão de acesso à Rua


Afonso de Albuquerque (imagem em anexo) estando vedada a entrada
na Instituição de quaisquer pessoas alheias à mesma.

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 7


IPSS, Queluz
• Caso algum elemento da comunidade ou fornecedor de bens e serviços
essenciais, tenha, imperativamente, de entrar na Instituição, devem, logo à
entrada, proceder à limpeza das mãos e utilizar capas protetoras, de
utilização única, para os sapatos. Para tal, será designado uma funcionária,
que supervisionará o procedimento, e disponibilizará um dispositivo com
solução de limpeza à base de álcool, assim como o material descartável
necessário.
• Nos períodos de acolhimento, as crianças devem ser entregues/recebidas
individualmente apenas por um familiar, à porta do estabelecimento, sendo
acompanhadas por uma colaboradora destacada para o efeito;
• As crianças e os profissionais devem ter calçado confortável para uso
exclusivo no interior do estabelecimento. À entrada e saída da Instituição,
uma colaboradora irá proceder à troca de calçado da criança,
separando o calçado “limpo” do “sujo” em sacos distintos,
previamente organizados pela Instituição;
• Os Pais e Encarregados de Educação deverão ser sensibilizados para a
importância dos procedimentos de higienização e para a necessidade de

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 8


IPSS, Queluz
os seus educandos comparecerem no Caracol com alguma antecedência,
relativamente ao horário de entrada, de modo a facilitar a exequibilidade do
processo; preferencialmente, devem cumprir os horários que serão,
posteriormente acertados, no sentido de evitar aglomeração de pessoas,
quer à entrada, quer à saída.
• O horário de funcionamento da Instituição deverá ser flexibilizado,
adequando-o às necessidades dos Pais/Encarregados de Educação, não
devendo a criança permanecer na mesma por período superior ao
estritamente necessário;
• Deve restringir-se o acesso a crianças e/ou profissionais com sintomas
de qualquer doença.

Salas de atividades

• Deve ser mantida a mesma sala de atividades para cada grupo, de forma a
evitar a circulação das crianças e profissionais (a cada funcionário deve
corresponder apenas o grupo de crianças da sua sala) e os espaços/circuitos
devem restringir, dentro do possível, o contacto entre pessoas de grupos
diferentes;
• Deve ser assegurada a higienização frequente dos brinquedos, materiais
lúdico-pedagógicos e equipamentos utilizados pelas crianças (acessórios em
instalações sanitárias, fraldário, colchões, etc.) com produtos adequados,
várias vezes ao dia. A higienização deve ser especialmente rigorosa nas
superfícies que estão à altura das crianças.
• Deve proceder-se à renovação de ar das salas e espaços fechados,
mantendo, sempre que possível, as portas e janelas abertas. Os
Equipamentos de ar condicionado nunca devem ser ligados em modo de
recirculação de ar;
• O número de brinquedos por sala deve ser reduzido; removendo-se os
brinquedos que não são facilmente laváveis (ex. peluches, plasticinas,
almofadas, entre outros);

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 9


IPSS, Queluz
• Garantir material individual necessário para cada atividade (Cada criança
que frequente o Pré-Escolar, terá um estojo com canetas de feltro e lápis de
cor, a providenciar pela Instituição);
• Não será permitido trazer objetos/brinquedos de casa.

Refeições

Durante o período de refeições as medidas de distanciamento e higiene devem ser


mantidas:
• A deslocação para a sala de refeições, deve ser desfasada para diminuir o
cruzamento de crianças, ou, em alternativa, considerar fazer as refeições na
sala de atividades;
• Antes do consumo das refeições, as crianças devem ser levadas a lavar as
mãos e ajudadas para a sua realização, de forma correta;
• Os lugares devem estar marcados, de forma a assegurar o máximo de
distanciamento físico possível entre pessoas;
• Deve ser realizada a adequada descontaminação das superfícies utilizadas
entre trocas de turno (mesas, cadeiras, bancadas, etc.).

Repouso

• Assegurar a ventilação no interior das salas;


• Será utilizado um colchão por criança, e esta deverá utilizar sempre o
mesmo;
• Os colchões devem ser separados, de forma a assegurar o máximo de
distanciamento físico possível, mantendo as posições alternadas, entre os
pés e as cabeças das crianças;
• Os serviços de limpeza e descontaminação devem ser reforçados antes e
depois da sesta.

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 10


IPSS, Queluz
Atividades pedagógicas, lúdicas e de motricidade

• Nesta fase, deverão ser cancelados os espetáculos, as festas internas, as


reuniões de pais presenciais, as idas à praia, ginástica, etc.
• As atividades devem ser desenvolvidas, preferencialmente, em pequenos
grupos ou individualmente, apoiadas pelos profissionais que se encontram
com as crianças;
• Os Projetos Pedagógico e Curricular, da Creche e Pré-Escolar devem sofrer
as devidas adaptações, sendo eliminadas todas as atividades extra ou com
participantes externos (com exceção de atividades terapêuticas e/ou de
intervenção precoce na infância).

Medidas de isolamento e distanciamento social

Atuação Perante um Caso Suspeito


• Para apoio à sala de isolamento fica destacada a Colaboradora que, na
altura, seja designada pela Coordenadora do Plano. Perante a identificação
de um caso suspeito, este deve ser encaminhado para a área de isolamento,
pelo circuito previamente definido;
• Os Encarregados de Educação do caso suspeito devem ser, de imediato,
contactados, para levar a criança e contactar o SNS 24 (808 24 24 24), ainda
antes de sair da Instituição;
• Qualquer criança que apresente alguma sintomatologia ou alteração do seu
estado de saúde, independentemente da sua história clínica, será
considerada como um caso suspeito devendo proceder-se em conformidade.
• Todos os Encarregados de Educação devem ser informados em situação de
existência de um caso suspeito na Instituição;
• A Autoridade de Saúde Local deve ser imediatamente informada do caso
suspeito, bem como das pessoas com quem contactou, de forma a facilitar a
aplicação de medidas de Saúde Pública aos contactos próximos;
• Deve reforçar-se a limpeza e desinfeção das superfícies mais utilizadas pelo
caso suspeito e da área de isolamento, nos termos da Orientação 014/2020
da DGS;
Creche Jardim Infantil “O Caracol” 11
IPSS, Queluz
• Os resíduos produzidos pelo caso suspeito devem ser acondicionados em
duplo saco de plástico e resistentes, fechados com dois nós apertados,
preferencialmente com um adesivo/atilho e devem ser colocados em
contentores de resíduos coletivos após 24 horas da sua produção (nunca em
ecopontos).
Nota:

A Autoridade de Saúde Local informa dos resultados dos testes laboratoriais e:

• Se o caso for “não confirmado”: este fica encerrado para COVID-19, sendo
aplicados os procedimentos habituais de limpeza e desinfeção. Nesta
situação são desativadas as medidas do plano de contingência;

• Se o caso for “confirmado”: a área de “isolamento” deve ficar interditada até


à validação da descontaminação (limpeza e desinfeção) pela Autoridade de
Saúde Local. Esta interdição só poderá ser levantada pela Autoridade de
Saúde.

Área de Isolamento – Sala de Reuniões

Esta sala deve, dentro do possível, ser utilizada apenas para este fim, deve ser
arejada frequentemente, a porta deve permanecer fechada sempre que estiver a
ser utilizada e deve dispor de:
• dispositivo dispensador de solução antisséptica de base alcoólica para
desinfeção das mãos;
• Água e alguns alimentos não perecíveis;
• Telefone;
Deve ser limpa e arejada após a sua utilização por eventuais crianças doentes. A
sala será utilizada para o isolamento de utentes e profissionais que evidenciem
sinais do vírus, durante a permanência na Instituição.

O circuito utilizado para o caso suspeito chegar e sair da área de isolamento será
desinfetado após a sua passagem, que decorrerá sem cruzamento com outros
elementos da comunidade educativa.

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 12


IPSS, Queluz
Nota:
Em caso de encerramento, a Direção informará a CMS, ISS, DGS, ME e PSP.
Plano de comunicação

• Divulgar o Plano de Contingência junto dos profissionais da Instituição, dos


Pais e Encarregados de Educação e da restante comunidade através de e-
mail, publicação no site institucional, na página Web
http://ocaracolcji.blogspot.com/ e da afixação de informação em suporte
escrito;
• Manter uma lista atualizada dos contactos dos Encarregados de Educação e
de todos os profissionais (telefone, telemóvel e e-mail);
• Manter uma lista atualizada dos contactos (telefone, telemóvel, e e-mail) da
Equipa de Saúde Escolar e da Autoridade de Saúde Local;
• Manter uma lista atualizada dos contactos (telefone, telemóvel, e e-mail) dos
Fornecedores de bens e serviços habituais e alternativos.
• Todos os contactos referidos estarão acessíveis para consulta de qualquer
Colaborador da Instituição

Avaliação

Este Plano de Contingência está baseado nas indicações dadas pelas entidades
competentes, nomeadamente Direção Geral de Saúde para a Resposta Social
Creche.
O Plano será reavaliado e/ou reajustado, de forma sistemática, sempre que
necessário ou quando as orientações superiores assim determinarem. Terminada a
fase pandémica proceder-se-á à elaboração de um breve relatório.

Nota:
Recomenda-se que todos os intervenientes no processo educativo sigam as
orientações do Ministério da Saúde, nomeadamente as difundidas através do Portal
www.dgs.pt

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 13


IPSS, Queluz
A ativação/desativação do Plano de Contingência é declarada pela Direção do
Caracol. Uma vez ativado, os membros da comunidade educativa obrigam-se ao
seu cumprimento rigoroso, executando com consciência e responsabilidade as
medidas nele contidas, respeitando as orientações que lhes forem transmitidas e
adotando comportamentos individuais que não coloquem em risco a sua própria
saúde nem a de terceiros.

A Direção

Creche Jardim Infantil “O Caracol” 14


IPSS, Queluz