Você está na página 1de 1

Agentes económicos e atividades económicas

Os agentes económicos
Observando atentamente a realidade económica, é percetível que esta é composta por uma
diversidade de intervenientes que estabelecem entre si uma teia de inter-relações. Por exemplo,
trabalhando, prestando serviços, consumindo ou poupando. Estes intervenientes são
designados por agentes económicos.

Agente económico é qualquer indivíduo


ou entidade que intervém na atividade
económica desempenhando, pelo menos,
uma função económica.

Qualquer um dos agentes económicos


pode desempenhar uma ou mais funções
na atividade económica, por exemplo, uma
família pode trabalhar numa empresa.,
consumir bens e serviços, depositar as suas
poupanças no banco, pedir um
empréstimo para adquirir uma casa ou
comprar ações na Bolsa de Valores.

De facto, todos são agentes económicos.


Mesmo uma criança que ainda não
trabalha desempenha pelo menos uma
função económica, a de consumidor.

Para compreender esta teia de relações


que se estabelecem entre os diferentes agentes económicos, é habitual classificar os agentes
económicos de acordo com a função principal que desempenham. Assim, pode-se referir o
agente económico:

> Famílias, cuja função principal é consumir bens e serviços;

> Empresas, cuja função principal é produzir bens e prestar serviços; estas Empresas podem
ainda subdividir-se em Empresas Financeiras (prestam serviços financeiros) e em Empresas não
Financeiras (prestam serviços não financeiros);

> Estado, cuja função principal é satisfazer as necessidades coletivas e redistribuir o rendimento;

> Resto do Mundo, que corresponde ao conjunto de relações económicas que se estabelecem
entre os residentes numa dada economia e os residentes noutra economia.

1 Agentes económicos e atividades económicas Luis Natal Pires