Você está na página 1de 3

Nome - __________________ PORTUGUÊS – 9ºB

Data - ____________________ GUIÃO DE LEITURA

História sem palavras, Maria Judite de Carvalho Pág. 22 do manual

PRÉ-LEITURA
1. Visiona um pequeno exceto do programa Ler Mais, Ler Melhor - Vida e obra de Maria
Judite de Carvalho da RTP e fornece as seguintes informações sobre a autora desta
crónica.

Maria Judite de Carvalho


Data de Nascimento
Falecimento
Estudos
Locais onde viveu
Tipo de obras publicadas
Obra premiada

2. Observa a mancha gráfica do texto e comprova que esta crónica, publicada


inicialmente na imprensa, foi posteriormente integrada numa obra da autora.

3. Repara na imagem que acompanha o texto e lê o título. Que informações


transmitem?

EDUCAÇÃO LITERÁRIA / LEITURA /GRAMÁTICA


1. Ao longo do texto, a cronista relata ações que fazem parte da sua rotina diária. Identifica-as.

2. Preenche o seguinte esquema com informações do texto.

a) No metropolitano: Quem vende o b) Na loja: Quem atende o cliente? Qual


bilhete? Qual a sua atitude perante a a sua atitude face ao cliente?
utente?_____________________________ _____________________________________
____________________________________ _____________________________________
____________________________________
e) Que conclui_____________________________________
o
____________________________________ _____________________________________
narrador face ao
____________________________________ _____________________________________
que vivenciou nesse
____________________________________
dia? _____________________________________
______ ___________________
___________________
c) De quem ___________________ d) De que tem saudades
tem saudades ___________________ o narrador? Porquê?
o narrador? _____________________________________
___________________
Porquê? _____________________________________
___________________
_____________________________________ _____________________________________
___________________
_____________________________________ _____________________________________
___________________
_____________________________________ _____________________________________
___________________
_____________________________________ _____________________________________
___________________
_____________________________________
___________________
3. Para realçar o ambiente vivido na estação e na viagem de metro, a autora utiliza
várias metáforas. Transcreve do texto:

a) Duas metáforas nas quais a cronista sugere espaços cheios de pessoas que
passam umas pelas outras sem comunicarem, apressadamente, praticamente
sem olharem umas para as outras.

b) Uma metáfora na qual a cronista sugere a fonte de luz arredondada da


primeira carruagem do metro.

c) Uma metáfora que sugira o silêncio dos passageiros dentro da carruagem.

4. Na frase “Volto a casa com as minhas compras, higiénicas, atraentes e silenciosas”


(linha 19), o adjetivo “silenciosas” é bastante expressivo.
Estás de acordo com esta afirmação? Justifica bem a tua resposta.

_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________

5. A loja parece bastante moderna, no entanto o ambiente é pouco acolhedor.

5.1. Seleciona a função sintática da expressão destacada a negrito.


a) Complemento direto
b) Complemento indireto
c) Predicativo do sujeito

(assinala a opção correta)


5.2. A oração sublinhada é …
a) Coordenada disjuntiva
b) Coordenada adversativa
c) Subordinada concessiva
6. Assinala as afirmações que comprovam que este texto é uma crónica.
a) A autora relata e analisa uma situação do quotidiano (a falta de comunicação
no meio citadino) de uma forma pessoal /subjetiva.

b) A autora relata uma situação real e atual (a falta de comunicação no meio


citadino) de forma impessoal /objetiva.

c) Este texto tem por objetivo divertir o leitor, informando-o sobre o


comportamento das pessoas na cidade.

d) Ao escrever este texto, o principal objetivo da cronista foi suscitar no leitor


uma reflexão sobre a impessoalidade nas grandes cidades.

e) A linguagem utilizada é clara e bastante expressiva.

f) A linguagem utilizada é simples, clara e corrente.

7. Para consolidar os teus conhecimentos sobre este texto e as características da


crónica, realiza o seguinte Quizizz:

ORALIDADE
1. Visiona um pequeno vídeo que apresenta uma iniciativa radiofónica brasileira.

1.1. Discute com os teus colegas a relação entre este vídeo e a crónica de Mª
Judite Carvalho e a mensagem que ele pretende transmitir.
ESCRITA

Transforma a crónica de Maria Judite de Carvalho, intitulando-a “História com


palavras” e apresentando uma perspetiva oposta à da autora. Escreve a tua
crónica, partindo desta primeira frase:
Desço a rua, cumprimento os meus vizinhos, entro no metropolitano, sorrio
para a menina que está na prateira e digo-lhe …