Você está na página 1de 33

Instituto Superior de Contabilidade e Administração

Coimbra

Matemática Financeira I

Ano Lectivo
2002/2003

Caderno de Exercícios Práticos


ISCAC

MF I – 2002/2003 2
ISCAC

1- Defina:

a) Juro;

b) Taxa de juro.

2- Em regime simples ou simples puro, para um capital de 10000 € e para uma


taxa de 5%, determine:

a) O valor acumulado ao fim de dois anos.

b) O juro periódico do segundo ano.

3- Na lotaria saíram 10000 € a um aluno. Ele aplicou esse dinheiro por 4 anos -
empréstimo a um familiar - nas seguintes condições: taxa de juro mensal de
0,5%, com pagamento mensal do juro.

a) Qual o regime de capitalização?

b) Quanto recebe no fim de cada mês?

c) E no final dos 4 anos?

4- Em regime de juro composto determine o capital resultante de uma aplicação


de 5000 € durante 6 anos à taxa anual de 10%.

MF I – 2002/2003 3
ISCAC

5- Diga qual o capital investido num processo de capitalização composta,


sabendo que o capital resultante ao fim de 6 anos foi de 10000 €, com uma
taxa de capitalização semestral de 6,5%.

6- Um aluno colocou um capital de 10000 €, no regime de juro composto e por


um prazo de 8 anos, tendo-lhe sido prometido um valor acumulado de
17181,86 €. Qual a taxa de capitalização anual?

7- Um capital de 2000 € transforma-se 2645 € se aplicado à taxa anual de 15%.


Qual a duração do processo?

8- Calcule, em regime “dito” simples, o valor acumulado ao fim de cinco anos


resultante da aplicação de um capital de 3000 € à taxa anual de 5% e diga qual
o valor dos juros totais a pagar?

9- Dois irmãos, com 13 e 12 anos, receberam uma herança de 8000 €. Essa


quantia deverá ser partilhada pelos dois, à data do testamento, de modo a que
os valores a receber por cada um fossem iguais aquando da maioridade - 18
anos . Quanto coube a cada um se a taxa de juro for de 5%?

MF I – 2002/2003 4
ISCAC

10 - Em todos os aniversários do seu filho, incluindo o dia do nascimento, um pai


deposita 1000 € para que à maioridade (18 anos) o filho receba o valor
acumulado à taxa de 5%.

Quanto receberá o filho no dia do seu 18º aniversário?

11 - Dois capitais iguais são colocados a juros compostos, um a uma taxa anual de
21/8% e o outro a uma taxa de 5%. Qual o tempo em que um dos capitais se
tomará duplo do segundo?

12 - O capital C0 foi colocado durante 2 anos à taxa de capitalização anual i, a juros


compostos. Se o capital tivesse sido colocado mais um ano o valor acumulado
teria aumentado 432,64 €; se pelo contrário tivesse sido colocado menos um
ano o valor acumulado teria diminuído 416 €. Quais os valores de C0 e de i?

13 - Determine a taxa de juro que quadruplicará um capital colocado durante 25


anos no regime do juro composto.

14 - Um montante de 20000 € foi distribuído por três colocações de valor diferente:


depósito a prazo num banco à taxa anual de 5%; empréstimo a uma sociedade

MF I – 2002/2003 5
ISCAC

industrial à taxa de 8%; operação hipotecária à taxa de 9%. O conjunto dos


juros recebidos no fim do 1º ano foi de 1570 €. Ao iniciar-se o 2º ano, os
fundos depositados no banco foram levantados e acrescentados ao empréstimo
feito à sociedade (à taxa convencionada de 8%). No fim do 2º ano, o juro
conjunto foi de 1690 €.

Determine as três componentes iniciais do capital.

15 - Um capital de 20000 € foi colocado a 5% durante 12 anos. No fim de cada


ano, desde o 1º até ao 11º, são retirados 4/5 do juros produzidos, acumulando-
se o restante ao capital. Qual será o valor do capital no fim do 12º ano?

16 - Na compra de uma casa apareceram três pessoas interessadas. A primeira


oferece 60000 € a pronto pagamento; a segunda 74000 € a pagar no fim de 3
anos; e a terceira, 79800 € ao fim de 5 anos. Qual é a proposta mais vantajosa
para o vendedor, supondo que a disponibilidade de liquidez não é relevante e
que ele pode capitalizar à taxa de 5% ao ano?

17 - Uma empresa contraiu um empréstimo de 20000 € que terá de pagar em duas


prestações iguais dentro de 4 e 6 anos. No regime de juro composto e, para
uma taxa de capitalização anual de 10%, indique o valor das prestações.

MF I – 2002/2003 6
ISCAC

18 - Uma empresa contraiu hoje uma divida de 14548 €. Para libertar-se dessa
dívida vai efectuar dois pagamentos iguais de 10000 € daqui a 4 e 8 anos,
respectivamente. Qual a taxa praticada?

19 - Um empréstimo obtido hoje de 16000 € será pago nas seguintes condições:


3000 € daqui a 3 anos, mais 3000 € daqui a 5 anos e ainda 16000 € pagos
daqui a 7 anos. Qual a taxa praticada?

20 - Num empréstimo de 1000 € que capitaliza anualmente à taxa de 6%, o devedor


fará um único pagamento no final do 4º ano liquidando então todo o capital
acumulado. Sabendo que o devedor pagou 1240 € pergunta-se: 6% foi a taxa
de juro efectivamente praticada?

21 - Divida um capital C em duas partes C1 e C2 que colocadas no regime de juro


composto à mesma taxa i durante os prazos t1 e t2, respectivamente, produzam
igual valor acumulado.

22 - Dois capitais C1 e C2 são aplicados às taxas i1 e i2, respectivamente, durante o


mesmo tempo e no regime do juro composto. Diga em que momentos serão

MF I – 2002/2003 7
ISCAC

iguais os seus valores acumulados, indicando as condições em que o problema


é possível.

23 - Sendo K> 1, mostre que no regime do juro composto, o tempo ao fim do qual
o capital C se transforma em KC é dado por t = log K / log (1 + i).

MF I – 2002/2003 8
ISCAC

24 - Defina taxas de juro matematicamente indiferentes.

25 - Utilizando a metodologia que entender adequada demonstre a indiferença


matemática em

a) Regime de juros compostos;

b) Regime de juros “dito” simples.

26 - O que é uma taxa efectiva ? E nominal ? Pode uma taxa de juro ser
simultaneamente nominal e efectiva? Exemplifique.

27 - Quais as taxas anuais efectivas correspondentes a:

a) 5,5% anual nominal, capitalizável por trimestres;

b) 0,5% efectiva ao mês.

28 - Em dado processo de capitalização foi convencionada uma taxa anual nominal


de 5%; qual será a taxa anual efectiva correspondente, em cada um dos casos
seguintes:

MF I – 2002/2003 9
ISCAC

a) a capitalização é anual;

b) a capitalização é trienal;

c) a capitalização é quadrimestral.

29 - Determine a taxa anual nominal de capitalização bienal correspondente à taxa


anual nominal de 15% com capitalização diária.

30 - Se por um investimento financeiro se pagar à taxa trimestral efectiva de 2%,


qual é a taxa mensal efectiva a que se deverá pagar se for mudada deste modo
a frequência anual da capitalização?

31 - Um capital de 1000 € foi colocado num processo de capitalização composta de


período mensal. Qual o juro total, ao fim de 10 anos, à taxa anual de 5%?

a) Admita que 5% é a taxa efectivamente praticada.

b) Interprete a taxa 5% conforme é corrente na banca e no comércio.

MF I – 2002/2003 10
ISCAC

32 - Uma instituição de aforro aceita depósitos a prazo superior a 1 ano, à taxa


anual de 5,25%, sendo pago bimestralmente o juro ao depositante. Quanto
produzirá de juro bimestral um depósito de 100 €?

a) Admita que a taxa de juro declarada é efectivamente praticada.

b) Interprete essa taxa tal como usualmente se faz na actividade bancária.

33 - Qual a expressão do juro composto total produzido por 1000 € durante 5 anos
à taxa anual nominal de 12% quando a capitalização se faz m vezes no ano?

34 - Sendo 1100 € o valor capitalizado de 1000 € ao fim de 4 meses, em regime de


juro composto, calcule:

a) a taxa anual efectiva;

b) a taxa anual nominal.

35 - Dada a taxa de capitalização de 9% para um período de 9 meses, calcule a taxa


de capitalização equivalente para um período de:

a) 2 meses;

b) 12 meses.

MF I – 2002/2003 11
ISCAC

36 - Dada a taxa anual nominal de 21% com um período de capitalização de 7


meses, determine a correspondente taxa anual nominal com um período de
capitalização de:

a) 3 meses;

b) 15 meses.

37 - Dada a taxa de 14,5% referida a um período de 9 meses, determine as taxas


nominais para 9 meses sabendo que a capitalização se refere aos seguintes
períodos:

a) 4,5 meses;

b) 1,5 meses;

c) 18 meses.

38 - Em juros compostos, diga, com aproximação às milésimas:

a) Qual a taxa trimestral indiferente à taxa efectiva de 8% a 11 meses?

b) Qual a taxa trimestral equivalente à taxa bimestral de 2%?

MF I – 2002/2003 12
ISCAC

39 - Calcule, no regime do juro composto, o valor acumulado de 5000 € colocados


durante cinco anos à taxa anual de 5,72%.

Diga, também, qual o montante conseguido se a aplicação feita tivesse sido


acrescida de 9 meses?

40 - O capital de 1000 € foi colocado a produzir juro composto durante 8 anos e 7


meses, à taxa anual nominal de 4% com capitalização semestral. Qual o capital
acumulado no fim do processo?

Contemple as hipóteses que achar convenientes.

41 - Calcule, no regime do juro composto, os valores acumulados resultantes de


uma aplicação de um capital de 1000 € para cada uma das taxas e prazos
seguintes:

a) trimestral de 1,5%, durante 8 anos, 5 meses e 16 dias;

b) quadrimestral de 1,75%, durante 2 anos, 3 meses e 20 dias;

c) anual de 7%, durante 3 anos, 8 meses e 15 dias;

42 - Qual o juro de um depósito de 1000 € feito à taxa de 3,65% ao ano, realizado


em 2 de Maio e levantado em 16 de Setembro do mesmo ano.

MF I – 2002/2003 13
ISCAC

43 - Calcule, pela teoria e pela prática, o valor acumulado de 1000 € às seguintes


taxas e prazos:

a) 2% quadrimestral, 2 anos e 1 mês;

b) 4,5% a 7 meses, 3 anos e 28 dias.

44 - Qual o capital resultante da colocação de 1100 € a 6% ao ano, a juro


composto, durante 7 anos e 11 meses?

a) Utilize interpolação linear entre 7 e 8 anos para calcular o factor de


capitalização composta.

b) A que corresponde o cálculo feito em a): a utilizar, para a fracção 11


meses do ano, uma taxa proporcional a 6%, ou a uma taxa equivalente?
Justifique.

45 - Da aplicação de um capital de 1000 € num regime de capitalização composto,


resultou um juro de 1190,4 € ao fim de 4 anos. Sabendo que o capital foi
colocado a uma taxa anual nominal de 24%, diga qual foi o período de
capitalização utilizado.

MF I – 2002/2003 14
ISCAC

46 - Segundo a teoria matemática do juro, no regime “dito” simples, a taxa


declarada é sempre uma taxa nominal? Porquê?

Determine a taxa efectiva de uma aplicação de 1000 € em regime “dito”


simples durante a 2 anos à taxa anual de 8%?

47 - Determine, em capitalização composta, a taxa de capitalização real a que ficou


sujeito um empréstimo de 2000 € feito, por dois anos, à taxa de 15% ao ano e
cujos juros foram pagos na totalidade antecipadamente.

MF I – 2002/2003 15
ISCAC

48 - O Sr . A assumiu há 10 anos uma divida cujo valor era então de 10000 € e


comprometeu-se a pagá-la ao fim de 12 anos, com acumulação de juros
compostos à taxa anual de 18%.

Hoje, quando faltam ainda 2 anos para o vencimento, o Sr. B, credor, propõe-
lhe que antecipe o pagamento. O Sr. A acede. Quanto deverá pagar?

49 - Dada a taxa de juro anual de 20% com capitalização ao semestre, calcule a


taxa de desconto equivalente cujo período é de:

a) 12 meses;

b) 2 meses.

50 - Dada a taxa de desconto de 12% cujo período é de 7 meses, calcule a taxa de


desconto equivalente para um período de:

a) 14 meses;

b) 2 meses.

51 - Calcular o desconto por dentro sofrido por um capital de 5000 € com


vencimento daqui a 4 meses à taxa anual de 8%.

MF I – 2002/2003 16
ISCAC

52 - Uma dívida no valor nominal de 20000 € vence-se daqui a 2 anos. Se a taxa de


desconto por fora for de 12%, quanto deverá ser pago daqui por 2 meses para
proceder à sua integral liquidação?

53 - Um dívida de 5000 € vencível daqui a 11 anos deverá ser paga 10 anos antes
do vencimento. Quanto deverá ser entregue ao credor se a taxa de desconto por
fora acordada for de 10% ao ano?

MF I – 2002/2003 17
ISCAC

54 - Uma empresa detinha uma letra sobre um cliente cujo valor nominal era de
10000 €. Solicitando ao seu banco o desconto da mesma 30 dias antes do
vencimento obteve anuência nas seguintes condições:

- Taxa de desconto 16%


- Comissão 1%
- Portes 140$

Qual o valor creditado pelo banco na conta da empresa?

55 - Um determinado equipamento é adquirido através de aceite de duas letras que


vencem daqui a 30 e 60 dias no valor de 200 e 400 €, respectivamente. As
letras englobam os encargos de uma possível negociação bancária:

- Juros à taxa anual de 19%;


- Comissão de cobrança de 0,5%;

Determine o preço do equipamento.

56 - O senhor A adquiriu hoje equipamento informático cujo preço a pronto


pagamento é de 1000 € nas seguintes condições: entrega no acto da compra de
200 € e aceite de 4 letras de igual valor nominal e com vencimentos daqui a 3,
6, 9 e 12 meses.

Sabendo que o vendedor, B, tenciona ficar com as duas primeiras letras em


carteira até à data do seu vencimento e que pretende descontar imediatamente

MF I – 2002/2003 18
ISCAC

as duas últimas, determine o valor nominal das letras supondo que o banco de
que B é cliente oferece as seguintes condições:

- Taxa de juro anual para colocação de capitais até seis meses: 7,5%;
- Taxa de desconto: 18%;
- Comissão bancária: 1%;
- Imposto de selo: 4%.

57 - Uma letra de 1000 €, hoje vencida, é reformada por inteiro a 90 dias. No


cálculo do valor nominal da nova letra pressupõe-se a negociação bancária
imediata. Condições do desconto:

- Taxa: 14%;
- Comissão bancária: 1%;
- Imposto de selo: 4%.

Qual o valor nominal da nova letra?

58 - O Sr. B aceitou uma letra de 1500 € com vencimento para o dia 1 de Julho.
Sabendo que dificuldades de tesouraria o vão impedir da liquidar a letra no seu
vencimento, 30 dias antes do prazo propôs ao sacador a sua reforma parcial (a
50%) e o seu vencimento a 45 dias, pretendendo que os encargos do desconto
sejam englobados na nova letra. As condições de desconto são:

- Juros à taxa anual de 16%;


- Imposto de selo de 4%;

MF I – 2002/2003 19
ISCAC

- Comissão bancária de 0,55%;


- Portes de 200$.

Calcule o valor nominal da nova letra e determine a taxa custo anual efectiva
inerente à operação de desconto?

MF I – 2002/2003 20
ISCAC

59 - Supondo uma taxa de capitalização anual de 12%, calcule, no regime de juro


composto, o capital que deveria pagar daqui a 2,5 anos para liquidar as
seguintes três dívidas:

- 20000 €, exigível daqui a 1 ano:


- 50000 €, exigível daqui a 3 anos;
- 9000 € exigível daqui a 4 anos.

60 - Por acordo entre devedor e credor foi fixado o valor comum de 75000 € em
substituição das seguintes dívidas:

- 25000 €, exigível daqui a 10 anos;


- 35000 €, exigível daqui a 15 anos;
- 40000 €, exigível daqui a 25 anos.

Admitindo o regime composto e supondo que a taxa de capitalização anual


convencionada foi de 10%, determine o vencimento comum.

61 - Adoptando o regime do juro composto e utilizando a taxa de capitalização


anual de 8%, determine o vencimento médio para as dividas seguintes:

- 5000 € exigível daqui a 2 anos;


- 15000 € exigível daqui a 3 anos;
- 10000 € exigível daqui a 4 anos.

MF I – 2002/2003 21
ISCAC

62 - Na compra de um equipamento no valor de 10000 € o comprador pagou


imediatamente 30%, devendo o remanescente ser pago em duas prestações
iguais passados 12 e 18 meses. Quanto deve entregar o comprador se pretender
pagar toda a dívida remanescente 6 meses após a compra. Suponha uma taxa
de avaliação de 12%.

MF I – 2002/2003 22
ISCAC

63 - Para uma taxa de 6%, calcule os seguintes valores:

a) a 10 6%

b) 5 a 8 6%

c) a 6%

d) a
6 6%

e) 6 a 11 6%

f) 6 a 6%

g) s 180 6%

h) s
12 6%

64 - Uma empresa adquiriu uma máquina cujo preço liquida por meio de uma
renda imediata de 10 anuidades antecipadas no valor de 20000 € cada.
Supondo que a taxa de capitalização anual é de 20%, determine o custo da
máquina.

65 - Durante os últimos 15 anos e no final de cada um dos anos, um indivíduo


depositou 1000 € numa conta de poupança.

a) Supondo que a taxa anual de capitalização é de 3%, diga qual será o


crédito da referida conta imediatamente após o décimo quinto depósito.

b) Qual a perda do indivíduo, supondo que o mesmo tinha uma aplicação


alternativa que lhe garantia uma remuneração anual efectiva de 12,5%
no decurso de todo aquele período.

MF I – 2002/2003 23
ISCAC

66 - Determine o valor actual de uma renda semestral imediata, com a duração de


oito anos, de termos normais, constantes e iguais a 5000 €, supondo uma taxa
de capitalização anual de 14%.

67 - Determine, à data de vencimento do último termo, o valor de uma renda


imediata de 15 trimestralidades normais, constantes e iguais a 6000 €, supondo
que:

a) a taxa anual nominal é de 14%;

b) a taxa anual efectiva é de 13,5%.

68 - Supondo uma taxa de capitalização trimestral de 4%, calcule o valor actual de


uma renda temporária de termos normais no valor de 500 €, pagáveis todos os
oito meses, diferida de um ano e compreendendo 32 termos.

69 - Considerando a taxa anual efectiva de 18,5%, calcule o valor actual das


seguintes rendas:

a) renda com 20 termos semestrais, sendo os termos de ordem impar iguais


a 1000 € e os termos de ordem par iguais a 500 €;

b) renda com 10 termos iguais a 2000 € vencíveis de 5 em 5 meses,


supondo que o primeiro vencimento tem lugar daqui a um mês.

MF I – 2002/2003 24
ISCAC

70 - Determine o valor de cada prestação mensal postcipada necessária à formação


de um capital de 16000 €, em três anos, supondo uma taxa de capitalização
mensal de 3%.

71 - Determine a quantia que é necessário depositar no inicio de cada trimestre, e a


partir de hoje, para constituir ao fim de 10 anos um capital de 6000 €, à taxa de
capitalização anual de 11%.

72 - Determine o valor de cada trimestralidade de uma renda fraccionada de termos


normais cuja duração é de 10 anos e que tem o mesmo valor actual que a renda
inteira de igual duração com anuidades normais, constantes e iguais a 500 €,
supondo que a taxa de capitalização anual é de 113/4 %.

73 - Para reembolsar uma divida de 20000 €, foi convencionado que o devedor


pagaria 5000 € no fim de um ano e mais 5 anuidades de 4000 € com o primeiro
vencimento em data a determinar.

Supondo que a taxa de capitalização anual é de 6%, diga quais são os


vencimentos das ditas anuidades.

MF I – 2002/2003 25
ISCAC

74 - Um banco emprestou 20000 € que deverão ser reembolsados por meio de 14


anuidades de 2000 €, vencendo-se a primeira no final do primeiro ano.
Determine a taxa de capitalização anual a que foi convencionada a operação.

75 - Foi convencionado reembolsar uma divida de 10000 € por meio de uma renda
anual de 2000 €, vencendo-se a primeira anuidade dentro de um ano. Supondo
uma taxa de capitalização anual de 6%, diga quantos termos deverá ter a renda.

76 - No dia 1 de Junho de 2000, o Sr. B pede 5000 € emprestados a uma instituição


financeira que cobra juros à taxa anual de 20% com capitalização ao trimestre.
Foi acordado que o débito seria liquidado através de pagamentos trimestrais de
400 € cada um, sendo o 1º efectuado a 1 de Setembro do mesmo ano.

a) Em que data será efectuado o último pagamento de 400 €?


b) Que pagamento final 3 meses mais tarde lhe será exigido?
c) Que quantia estará a dever ao banco, logo após o 8º pagamento?

77 - Demonstre que o termo constante de uma renda imediata de termos normais,


necessária para constituir um capital unitário ao fim de n períodos, à taxa i, se
obtém subtraindo i ao termo constante de uma renda imediata de termos
normais, necessária para amortizar o capital unitário em n períodos à taxa i.

MF I – 2002/2003 26
ISCAC

78 - Demonstre que o termo constante de uma renda imediata de n termos


antecipados e de valor actual unitário é igual ao produto de V pelo termo
constante de uma renda imediata de n termos postcipados e de valor actual
unitário.

79 - Um banco concede a uma empresa um empréstimo dividido em duas partes: a


primeira de 50000 €, pagável imediatamente e uma segunda de igual montante,
mas apenas descativável passado um ano.

Contratualmente, a empresa deve reembolsar o empréstimo em 5 anuidades


constantes, vencendo-se a primeira a um ano após o recebimento da segunda
tranche do empréstimo concedido pelo banco. Supondo uma taxa de
capitalização anual de 8%, calcule as anuidades.

80 - Uma empresa pretende atribuir ao ISCA uma renda perpétua de 5000 € por
ano destinada à concessão de um prémio escolar. A uma taxa anual de 12%,
determine o valor actual da renda no momento do contrato, supondo que o
primeiro termo da mesma se vence:

a) no momento do contrato;

b) um ano após o momento do contrato;

c) três anos após o momento do contrato.

MF I – 2002/2003 27
ISCAC

81 - Uma empresa decide financiar a aquisição de um automóvel cujo valor é de


20000 €, através de uma operação de locação financeira nas seguintes
condições:

- pagamento de 30 mensalidades de 851,79 €;

- a 1ª mensalidade será liquidada no acto de celebração do contrato de


leasing;

- o valor residual de 1000 € será pago 2 meses após o vencimento da


30ª mensalidade.

Determine a taxa anual nominal com capitalização mensal implícita na


operação de locação referida.

82 - Perante a necessidade de comprar determinado equipamento, uma pessoa


solicita a 2 empresas de leasing as condições para um possível financiamento
obtendo as seguintes propostas:

Empresa A: Renda constante e antecipada de 36 mensalidades de 37201 € por


cada 1000000 €, sendo o valor residual de 6% a pagar na data do
vencimento do último termo.

Empresa B: Renda constante e antecipada de 12 trimestralidades de 109838 €


por cada 1000000 €, sendo o valor residual de 6% a pagar na data
do vencimento do contrato.

MF I – 2002/2003 28
ISCAC

Determine a taxa efectiva subjacente a cada uma das propostas de modo a


poder concluir qual a mais vantajosa.

83 - O Sr. A decide depositar todos os anos 500 € na conta do seu filho, desde o dia
do seu nascimento até ele completar 17 anos (inclusive), à taxa anual nominal
de 16% com capitalização semestral, com o objectivo de ele poder levantar
uma quantia fixa nos 5 primeiros anos da sua maioridade.

No entanto, 2 meses após o 30 levantamento, ou seja 2 meses depois de


completar 20 anos, ficou decidido que o restante capital passaria a ser
levantado em quotas trimestrais, sendo a 1ª paga 4 meses após esta decisão.

Determine o valor do levantamento trimestral.

84 - Uma pessoa aplica hoje 2500 € à taxa anual efectiva de 13,5% ao ano.
Tenciona, também, depositar no mesmo fundo, 100 € no fim de cada mês
durante os próximos dois anos. Após esta data, pretende levantar 500 € ao
trimestre por forma a esgotar completamente o fundo.

Calcule o número total de levantamentos completos e o montante do


levantamento residual a efectuar dois meses após o último levantamento
normal.

MF I – 2002/2003 29
ISCAC

85 - Uma instituição de crédito concedeu um empréstimo no valor de 200000 € a


uma taxa anual nominal de 14% ao ano, amortizável por meio de 30
semestralidades constantes, vencendo-se a primeira 6 meses após a data da
concessão do empréstimo.

Após o pagamento da oitava semestralidade, a instituição de crédito alterou a


taxa nominal para 16%.

Porém o devedor pediu que, em vez de lhe ser acrescido o valor de cada uma
das 22 semestralidades restantes, lhe fosse aumentado o número de
semestralidades.

Quantas semestralidades deverá o devedor pagar (bem como a eventual


importância a adicionar à última semestralidade), para além das 8 já liquidadas,
de forma a solver a dívida.

86 - Em 01.02.1997 foi emprestada uma determinada quantia à taxa de


capitalização de 5,25% ao ano com capitalização ao quadrimestre, a liquidar
por meio de quadrimestralidades constantes, incluindo juro, no valor de 42700
€ cada uma, a primeira das quais se venceu em 01.08.1998. Em 01.10.2000 foi
acordado alterar as condições do empréstimo, sendo o capital ainda em dívida
nessa data liquidado em 7 anuidades constantes, incluindo juro, no valor de
200000 € cada uma, tendo-se vencido a primeira em 01.10.2001, passando a
taxa de capitalização a ser de 6,5% ao ano. Determine:

a) o número de quadrimestralidades inicialmente acordado;

b) a quantia emprestada em 01.02.1997.

MF I – 2002/2003 30
ISCAC

87 - Um indivíduo coloca no final de cada um dos próximos 10 anos, uma quantia


que, igual a 100 € no primeiro ano, cresce 20 € em cada ano. Sabendo que a
aplicação de capital se faz à taxa anual de 10%, calcule:

a) o valor actual da renda;

b) o valor acumulado, imediatamente após o vencimento do décimo termo.

88 - Recalcule as alíneas a) e b) da questão anterior para o caso de se tratar de uma


progressão geométrica de razão 1,1 e supostamente mantidas as outras
condições.

89 - Calcule, para uma taxa de 12% ao ano com capitalização ao semestre, o valor
em 31/12/97 de uma renda com quarenta termos anuais, crescentes em
progressão aritmética de razão igual a 800 €, tendo sido de 2800 € o primeiro
termo, vencido em 31/12/1953.

90 - Uma pessoa contraiu um empréstimo de 20000 € a amortizar em 10 anos


através de mensalidades postcipadas e crescentes em progressão aritmética de
razão igual a 5 €, à taxa de juro anual nominal de 18%. Determine o valor da
primeira e da última mensalidade.

MF I – 2002/2003 31
ISCAC

91 - Foi contraído um empréstimo de 10000 €, à taxa anual nominal de 18% a ser


liquidado por 120 mensalidades postcipadas crescentes em progressão
geométrica em 1% em cada mês e com um prazo de diferimento de 6 meses.
Determine o valor da primeira e da última mensalidade.

92 - Uma escola pretende depositar uma certa quantia numa instituição financeira,
destinada a premiar no início de Janeiro de cada ano e durante 10 anos, o
melhor aluno dos seus cursos.

A taxa de juro praticada pelo banco é de 20% ao ano com capitalização ao


semestre e o prémio é aumentado anualmente em 20000 €.

Quanto deve ser depositado, se a operação tiver lugar em 2 de Janeiro, o 1º


prémio de 100000 €, e:

a) For entregue nesse mesmo dia;

b) For entregue daí a um ano;

c) For entregue daí por 3 anos.

93 - Foi efectuado um empréstimo à habitação, para um financiamento de 220000


€, à taxa de juro anual de 13%, através de prestações crescentes, com um
índice de crescimento de 0.25% ao mês, por um prazo de 20 anos. No início do
quarto ano, a taxa de juro baixou para 10.5%, entendendo o mutuário aumentar
o índice de crescimento das prestações para 0.5% ao mês e reduzir o prazo
global do empréstimo para 15 anos.

MF I – 2002/2003 32
ISCAC

Determine:

a) o valor da 1ª prestação;

b) o valor da 1ª prestação, após a alteração da taxa de juro.

94 - Em 02.01.98 uma empresa adquiriu a crédito um equipamento industrial no


valor de 6505,5 €. O seu pagamento será efectuado, após um período de
diferimento inicial, através de 12 mensalidades (de capital e juros)
postcipadas, variando segundo uma progressão aritmética de razão igual a -100
€. Considerando uma taxa de juro efectiva anual de 14% e uma primeira
mensalidade de 1200 €, determine a data em que a dívida ficará totalmente
liquidada.

MF I – 2002/2003 33