Você está na página 1de 3

ESTÉTICA – TERCEIRA AVALIAÇÃO NO MODELO REDE

José Vitor Goulart Zuccolo

1. Defina as características e principais artistas do Barroco Italiano.


Compare com as versões e principais artistas do período Barroco na
Espanha e na Holanda. Estabeleça as principais diferenças.
A arte barroca tinha como suas principais características ser uma arte rebuscada e
exagerada, mas que ao mesmo tempo se atentava aos detalhes na obra, o dualismo e
contradições e por ser uma arte que dominou não só a pintura, era também caracterizada
por um Barroco literário: cultismo e conceptismo entre seus principais artistas estavam:
Caravaggio, Bernini, Pietro de Cortona e Borromoni.

O barroco na Espanha se desenvolveu principalmente na arquitetura, nos entalhes e nas


decorações requintadas das construções, fossem religiosas ou não. Grande emoção,
drama, composição teatral, uso de claros e escuros, iluminação a partir de um ponto,
pinceladas soltas, cores luminosas, invariavelmente junto aos temas religiosos. De modo
geral, eram proibidos: os nus, as figuras sensuais e os temas pagãos estas eram alguamas
das caracterisiticas do barroco Esoanhol.

Já na Holanda, o barroco se desenvolveu junto com a economia do país e diferente da


Itália e Espanha, a Holanda não era um país católico, fazendo com que as artes fossem
um pouco diferentes, trazendo dificuldades aos pintores. produzindo uma arte voltada
preferencialmente para os espaços domésticos, a vida cotidiana e o mundo do trabalho,
dando prioridade para a pintura de gênero, retratos e natureza-morta. Além das
representações do dia a dia da classe média.

2. Faça uma análise comparativa entre o Romantismo e o Neoclássico.


O Neoclassicismo foi um movimento artístico e cultural europeu datado do século
XVIII. Influenciou a literatura, a pintura e a arquitetura da época. Suas principais
características são: ideais iluministas, valorizava o passado e a história, procurava imitar
a natureza e tinha simplicidade em suas formas. No neoclássico há um predomínio da
razão, um culto às formas clássicas, um apego à mitologia, um aspecto mimético
(imitação) da natureza. O Romantismo é mais emocional, menos apegado a questões
universais e mais ligado à valorização do “eu”. Já o romantismo era um movimento
artístico literário considerado a mais importante forma de gênero narrativo escrito. Sua
evolução vem desde a história romanesca na Idade Média. A palavra romance começou
a ser introduzido no cenário literário a partir do século XVIII.

3. Avalie as características do Realismo.


As características do realismo se davam majoritariamente em tentar fazer a arte da
forma mais verossímil possível a realidade, junto a isso, o realismo foi um movimento
oposto ao Romantismo, escola literária anterior e por conta disso artistas desse período
buscavam retratar a sociedade de maneira mais real, sem idealizações e subjetividade.

Por isso, as obras desenvolvidas nesse período descrevem objetivamente e de maneira


mais fiel possível a realidade e as personagens que a compõem. Além destas
características notórias, o realismo trazia uma crítica aos valores burgueses e as
instituições da época, como o casamento e a igreja.

Alguns temas explorados desse universo são: a hipocrisia, a fraqueza humana, o


egoísmo, a falsidade, os adultérios, o casamento por interesse, a impotência do ser
humano diante das instituições.

4. Estabeleça uma análise do Impressionismo e seus principais


representantes.
O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou fortemente a pintura e
deu início às grandes tendências da arte do século XX. Havia algumas considerações
gerais, mais teóricas do que práticas, que os artistas seguiam em seus procedimentos
técnicos para obter os resultados que caracterizaram a pintura impressionista. Neste
movimento pode-se dizer que a ciência e matemática entraram em questão, muito por
conta de por exemplo A pintura deve registrar as tonalidades que os objetos adquirem
ao refletir a luz solar num determinado momento, pois as cores da natureza se
modificam constantemente, dependendo da incidência da luz do sol, as figuras não
deviam ter contornos nítidos e também os contrastes de luz e sombra devem ser obtidos
de acordo com a lei das cores complementares. Entre os principais autores da época, se
destacavam: Claude Monet, Édouard Manet, Pierre-Auguste Renoir e Vincent Van
Gogh
5. Disserte sobre as origens e o desenvolvimento das vanguardas do
século XX.
No começo do século XX, a criação artística passa por uma ruptura radical. Os diversos
movimentos que se sucedem, desde os primeiros anos até 1940, são chamados de
vanguardas europeias.

As vanguardas europeias mudaram o rumo da arte ocidental e revelaram o talento de


alguns artistas geniais no século XX: Picasso, Kandmsky, Duchamp, Dalí e Miró, que
hoje são artistas “clássicos” e fizeram parte de movimentos que romperam com a visão
usual de ver a produção da arte. A grande característica comum de todas as vanguardas
é a noção de que haviam inúmeras maneiras de enxergar e perceber a arte. A arte deixa
de ser expressão de um ideal coletivo unitário, porque já se entende que a sociedade não
é uniforme. O artista já não reproduz somente aquilo que considera belo, mas investiga
formas de encontrar a beleza ou a singularidade, mesmo que para isso precise romper
com padrões estéticos tidos como normais.

Cada movimento de vanguarda do início do século XX teve características próprias,


mas todos procuraram de alguma forma conectar a arte com a vida, outorgando ao
artista uma capacidade transformadora, como nunca houvera antes. Por tudo isso, seus
princípios estéticos muitas vezes são indissociáveis de sua biografia e cotidiano.