Você está na página 1de 5

Funcionamento da ampola de Raios-X

O tubo de raios-x é constituído por uma anódo (polo positivo) e um catodo(polo negativo)
dentro de uma ampola fachada à vácuo(para não haver interação do elétron com a matéria).

O catódo(-) quando aquecido pela corrente elétrica gera uma nuvem de elétrons no filamento
,os mesmos são repelidos em direção ao alvo de tungstênio do anodo(+). O choque desses
elétrons com o alvo dão origem aos fótons de raios-x. Na proporção 99% de calor e 1% de
raios-x.

Composição da sala de exames

• Torre e braço para ampola de raios-x

• Mesa de exames

• Estativa ou mural Bucky

• Mesa de comando

Chassis

Envólucro do filme radiográfico(placa) Tamanhos: 18x24 , 24x30, 35x35, 35x43

Porção anterior radiotransparente – Porção posterior densa para barrar a radiação

Ecran

Placa que produz luz ao receber radiação.

Radiação secundária

Radiação secundária é proveniente da interação do feixe primário com o corpo do paciente.


Radiação espalhada para todas as dirações.

Componentes da ampola de raios-x

Catódo(-) Filamento de tungstênio(disposição de elétrons), capa focalizadora

Anódo(+) Alvo de tungstênio, ponto focal que direciona a radiação.

Componentes fechados à vácuo.

Fatores de exposição

KV(kilovoltagen)- Poder de penetração do feixe de raios-x

mA(miliamperagem)- quantidade de elétrons

mAs(miliamperagem por segundo)- quantidade de elétrons em um determinado tempo

Efeito termoiônico

Resultante do choque do elétron com o alvo. Resultanto em 99% de calor e 1% de raios-x.

Fatores de risco tratáveis e não tratáveis em osteoporose


Não tratáveis: Sexo feminino,Raça branca,Idade avançada...

Tratáveis: Alimentação pobre em cálcio, sedentarismo, tabagismo, alcoolismo...

Tecido ósseo analisado na Densitometria óssea

Tecido trabecular (coluna Lombar)

Tecido cortical (colo do fêmur)

Sítios de interesse da Densitometri a óssea

Coluna Lombar(principal) – De L1 a L4

Fêmur proximal (principal) Fêmur D

Antebraço (sítio alternativo)

Corpo inteiro – fornece os valores de massa óssea, massa magra e de gordura do corpo inteiro
ou de segmentos.

Fan Beam, Pencil Beam e flash Beam

Pencil Beam: Feixe puntiforme de radiação, 1 detector

Fan Beam: Feixe em forma de leque , múltiplos detectores

Flash Beam: Placa detectora digital, exposição AP(ampola em cima)

T-Score e Z-Score

T´Score – comparação com as valores de referência de uma população de adulto jovens da


mesma raça e sexo (25-30 anos) RELAÇÂO COM O ADULTO JOVEM

Z-Score- comparação com os valores de referêcias com as mesma características (idade,peso


e altura) RELAÇÂO COM A IDADE

Pontuação da osteoporose na Densitometria

Indice de massa mineral óssea

Acima de -1= normal

-1 à -2,5= osteopenia

abaixo -2,5= osteoporose

Finalidade Medicina Nuclear

Tem a finalidade de estudar a fisiologia. Utiliza substâncias radioativas(radioisótopos) em


fontes não seladas, emissoras de radiação beta e gama.

Principal Radioisótopo

Tecnécio (99m Tc)

Meia Vida

È o tempo que leva para cair pela metade a radioatividade do elemento radioativo.
Funcionamento Gama Câmara

A radiação é emitida pelo paciente

1° fase- Colimador – grelha de chumbo filtra a radiação. Só atravessa os raios perpendiculares


ao cristal.

2° fase- Cristal – (iodeto de sódio ativado em Tálio). A radiação em contato com o cristal a
transforma em fótons de luz. Luminosidade proporcional a intensidade da energia da radiação.

3° fase- Fotomultiplicadora- convesão da luz em sinal elétrico, que são representados em


números binários no computador.

A Transformada de Fourier converte esses dados em imagem.

1- Como deve ser descrito o laudo radiográfico?

Primeiramente quem ira laudar o exame será medico radiologista não


compete outro profissional realizar tal laudo.

Será descrito a anatomia do paciente, caso haja alguma alteração


significante será descrita como observação e talvez sugerindo outros
métodos para diagnostico mais precisos.

2- Quando é utilizado o termo de consentimento na radiologia?

Quando o paciente ira receber meios de contraste (Bário ou Iodo), este


devera ser orientado qual serão os efeitos e também a toxicidade do
mesmo.

3- Porque os raios-x foram considerados como a descoberta do século?

Com esta descoberta pode-se visualizar estrutura sem precisar abrir o


paciente, a partir deste feito pode-se descobrir outras formas de utilizar a
radiação.

4- Porque a radiação é contra indicada às gestantes?

Por se tratar de radiação ionizante não é aconselhável pois pode causar


efeitos nocivos ao feto, como alteração celular.

5- Diferencie dose efetiva , equivalente e absorvida.

Dose efetiva: indica a dose que o paciente recebeu de raios-x.

Dose equivalente: indicador de probabilidade de ocorrência de efeitos


subsequentes.

Dose absorvida: expressa a energia absorvida num ponto.

6- Diferencie efeitos determinísticos e estocásticos.

Efeitos determinísticos: Os danos só aparecem a partir de um


determinado limiar de dose. A gravidade da resposta aumenta com o
aumento da dose.

Efeitos estocásticos: São efeitos em que a probabilidade de ocorrência


é proporcional à dose de radiação recebida , sem a existência de limiar.

7- Qual a finalidade da portaria 453?

Estabelece as diretrizes básicas da proteção radiológica.

8- Explique o processo de funcionamento da ampola de raios-x.

O catódo(-) quando aquecido pela corrente elétrica gera uma nuvem de


elétrons no filamento ,os mesmos são repelidos em direção ao alvo de
tungstênio do anodo(+).O choque desses elétrons com o alvo dão
origem aos fótons de raios-x. Na proporção 99% de calor e 1% de raios-
x.
9- Diferencie mAs e kV

KV: é a capacidade de penetração do feixe de raios-x. É o principal


fator de controle do contraste da imagem.

mAs: quantidade de elétrons disponíveis em um determinado tempo de


exposição. Está relacionado com a densidade radiográfica(fator de
enegrecimento)

10-Explique efeito termoiônico

efeito termoiônico: Quando os elétrons se chocam contra o anodo, 99%


de suas energias cinéticas são transformados em calor e 1% de raios-x.

11-Qual a importância do cobre e tungstênio na ampola de raios-x?

Tungstênio é utilizado pois permite alto ponto de fusão (3.370°C) e o


cobre e o mais indicado para a dissipação do calor, para não derreter o
anodo.

12-Quais dispositivos compõem a sala de exame?

Torre e braço para a ampola de raios-x.

Mesa de exames

Estativa ou mural bucky

Mesa de comando

13-Defina capa focalizadora.

Capa focalizadora: Envolve o filamento do catodo(-), é carregada


negativamente para manter os elétrons unidos e concentrados numa
pequena área, podendo definir o foco. Foco fino- pequenas cargas de
radiação e maior resolução. Foco grosso- maior carga de radiação e
menor resolução.

14-Explique radiação secundária.

Radiação secundária: É resultante das interações dos fótons primários


com o paciente, objeto. A radiação é espalhada em todas as direções .

15-Qual a função do colimador?

Limitar a área de exposição de feixe de raios-x.

16-Quais os dispositivos encontrados no diafragma?

Filtro de alumínio, lâmpada, interruptor e botões de ajuste da colimação.

17-Qual a função do Bucky?

O Bucky é composto por uma gaveta de fixação do chassi que contém


uma grade (fixa ou móvel) que filtra a radiação secundária.

18-Como funciona o ECRAN?

Absorção: os fótons incidentes de raios X são absorvidos no fósforo e


resulta na emissão de elétrons livres;
Conversão: a energia que se obtém deste elétron é então convertida em
fótons de luz através do processo de Luminescência;
Emissão: os fótons produzidos pelo processo acima mencionado saem
do fósforo e expõe a película.