Você está na página 1de 3

Estrutura tridimensional da célula

Os resíduos hidrofóbicos estão, em sua maioria, mantidos no interior da molécula


proteica, afastados da água;
O número de ligações de hidrogênio dentro da proteína é maximizado;

Conformação = Arranjo espacial dos átomos de uma proteína; É estabilizada em


grande parte por interações fracas;

Proteínas Nativas = Conformações enoveladas funcionais;

* Estrutura:

- Primária: Nível mais simples de organização, informando a seqüência dos


aminoácidos. A única interação existente é a ligação peptídica. Geralmente linear.

- Secundária:
Alfa-Hélice = Nessa estrutura, a cadeia polipeptídica é fortemente retorcida em
torno de um eixo imaginário longitudinal que passa pelo centro da hélice, com os
grupos R dos resíduos de aminoácidos projetando-se para a face externa da
hélice. A estrutura é estabilizada por uma ligação de hidrogênio entre o átomo de
hidrogênio ligado ao átomo de nitrogênio eletronegativo de uma ligação peptídica
e o oxigênio eletronegativo de um grupo carbonila do quarto aminoácido na
extremidade aminoterminal dessa ligação peptídica. A cinco restrinções que
afetam a estabilidade de uma alfa-hélice:
1) Repulsão eletrostática entre resíduos de aminoácidos sucessivos com grupos R
carregados;
2) O volume dos grupos R adjacentes;
3) Interações entre cadeias laterais de aminoácidos espaçados entre si por três ou
quatro resíduos;
4) A ocorrência de resíduos de prolina e glicina;
5) Interação entre os resíduos de aminoácidos nas extremidades do segmento
helicoidal e o dipolo elétrico inerente a uma alfa- hélice;

* Desnaturação protéica e enovelamento

Desnaturação = Uma perda da estrutura tridimensional suficiente para causar


perda de função.

O estado desnaturado não necessariamente corresponde a um desenovelamento


completo da proteína e a uma randonização da conformação.

Este processo é, freqüentemente, irreversível e pode ser causado por vários


agentes;
a) Calor: O aumento da temperatura leva a um aumento da energia cinética do
sistema e ao rompimento das fracas ligações que estabilizam a forma da proteína.

b) Ph: Dependendo do PH do meio, o grau de ionização dos rísiduos de


aminoácidos pode mudar, alterando principalmente ligações iônicas.

c) Algumas substâncias químicas, como por exemplo, a uréia, também podem


causar desnaturação.

A estrutura terciária de uma proteína globular é determinada pela sua seqüência


de aminoácidos.

Renaturação = Certas proteínas globulares desnaturadas retornaram a sua


estrutura nativa e a sua atividade biológica.
Ex.: Ribonuclease

Obs.: A fibrose cística é provocada por defeitos em uma proteína de membrana,


que atua como um canal para íons cloreto. A mutação mais comum que causa e
doença é a deleção de um resíduo de fenilalanina na posição 508 da CFRT
( regulador da condutividade transmembrânica da fibrose cística), o que causa um
enovelamento incorreto.

Assistentes moleculares = facilitam as vias corretas de enovelamento ou fornecem


microambientes nos quais o enovelamento possa ocorrer.

* Funções das proteínas e Propriedades

1) Fibrosas = Conferir estrutura: colágeno.


Movimento: espectrina que forma o citoesqueleto da hemácia, actina e miosina
responsáveis pela contração muscular e a elastina que atribui elasticidade.

2) Globulares = Transporte: hemoglobina, abulmina, tireoglobulina e transferritina.


chaperona - organização das proteínas.

3) Catálise enzimática

4) Hormônio

5) Defesa - Imunoglobulinas

6) Regulação e organização da expressão gênica


Histona - fita de DNA se enrola para forma cromossomo.

Molécula ligante = É uma molécula que se liga reversivelmente a uma proteína. A


natureza transitória das interações proteína - ligante é essencial para a vida, pois
permite que um organismo possa responder a mudanças ambientais e
metabólicas de maneira rápida e reversível.

Um ligante combina-se a um sítio particular da proteína denominado sítio ligante.

As proteínas são flexíveis.

Ajuste induzido = A ligação de uma proteína com o ligante está associada a uma
mudança a conformação da proteína, possibilitando uma ligação mais firme.

*Características das hemoglobinas

São pequenos discos bicôncavos, ela é uma proteína tetramérica que contém
quarto grupos prostéicos heme, cada um associado a uma cadeia polipeptídica. A
hemoglobina do adulto contém dois tipos de globina, duas alfas e duas betas.

Obs: A hemoglobina passa por uma mudança estrutural com a ligação do


oxigênio. A análise por raios X revelou duas conformações principais da
hemoglobina: o estado R e o estado T. Apesar de o oxigênio ligar-se à
hemoglobina em ambos os estados, é no estado R que ele tem uma afinidade
maior com a hemoglobina.