MODELO DE PLANO DE CONTAS CONTÁBEIS

1. ATIVO CIRCULANTE 3. PASSIVO CIRCULANTE Caixa; Fornecedores; Depósitos Bancários a vista; Empréstimos e Financiamentos Duplicatas a receber: a) Parcela em curto prazo dos empréstimos Duplicatas descontadas (conta credora); financiamentos; Provisão para Crédito de Liquidação Duvidosa (conta credora); b) Credores por financiamento; Faturamento para entrega futura (conta credora); c) Financiamentos bancários em curto prazo; Títulos a receber: d) Adiantamentos de contratos de câmbio; a) Clientes – renegociação de conta a e) Títulos a pagar; receber; ICMS a recolher; b) Devedores imobiliários; IPI a recolher; c) Empréstimos a receber de terceiros; IR a pagar; d) Títulos descontados (conta credora); Provisão para o Imposto de Renda; Cheques em cobrança; Contribuição Social a pagar; Adiantamentos a terceiros; Provisão para Contribuição Social; Créditos a funcionários: Provisão para o IOF; a) Adiantamento para viagens; ISS a recolher; b) Adiantamento para despesas; PIS a recolher; c) Antecipação de salários e ordenados; COFINS a recolher; d) Empréstimos a funcionários; Adiantame de Clientes; e) Antecipação de 13º salário; Contas a pagar; f) Antecipação de férias. Ordenados e Salários a pagar; Tributos a compensar e recuperar: Encargos Sociais a pagar; a) IPI a compensar; FGTS a recolher; b) ICMS a recuperar; Honorários da Administração a pagar; c) IRRF a recuperar; Comissões a pagar; d) IR e CS a restituir/compensar; Gratificações a lançar; e) IR e CS diferidos; Dividendos a pagar; f) PIS a recuperar; Credores diversos. g) Outros tributos a recuperar.. Depósitos restituíveis e valores vinculados; 4. PASSIVO NÃO CIRCULANTE Estoques de Produtos acabados; Empréstimos e financiamentos: Estoques de Mercadorias para revenda; Em moeda nacional; Estoques de Matérias Primas; Em moeda estrangeira. Prêmios de seguros a apropriar; Credores por financiamentos; Comissões e prêmios pagos antecipadamente; Títulos a pagar Aluguéis pagos antecipadamente; Outros custos e despesas pagos antecipadamente. PATRIMÔNIO LÍQUIDO

e

2.

ATIVO NÃO CIRCULANTE 2.1 – Realizável em Longo Prazo Bancos – contas vinculadas; Clientes; Títulos a receber; Créditos de acionistas – transações não operacionais; Crédito de diretores – transações não operacionais; Adiantamento a terceiros; Provisão para crédito de liquidação duvidosa (conta credora); Tributos a compensar e recuperar; Empréstimos feitos com incentivos fiscais; Depósitos restituíveis e valores vinculados; Provisão para perdas (conta credora); Aplicações financeiras 2.2 - Investimentos Títulos e valores mobiliários; Depósitos e aplicações para investimentos com incentivos fiscais: Participação em fundos de investimentos: Participação não permanente em outras empresas; 1) Participação em sociedade controlada e coligada; 2) Participação em outras empresas; 3) Participação em fundos de investimentos: Obras de Arte; Terrenos e imóveis para futura utilização; Imóveis não de uso (para renda); Provisão para perdas permanentes (conta credora); Depreciação acumulada (conta credora). 2.3 - Imobilizado 2.3.1 – Bens em Operação – custo:

5.1 - Capital Social: Capital Social subscrito Capital a integralizar 5.2 - Reservas: Reservas de Capital; Reserva de Reavaliação; Reservas de Lucros; 5.3 - Lucros ou Prejuízos Acumulados: Lucros Acumulados; Prejuízos Acumulados (conta devedora)

Juros a acionistas na fase de implantação.2 – Depreciação. DEDUÇÕES Devoluções de Produtos ou Mercadorias Abatimentos Concedidos Impostos Faturados 3. DESPESAS DE VARIAÇÕES MONETÁRIAS 10. Estudos.2 – Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos: Custo. Instalações – depreciação. DEMONSTRATIVO DE RESULTADOS 1. Custo (por conta).3. Peças e conjuntos de reposição.3 – Imobilizado em Andamento – custo: Bens de uso na fase de implantação. Constituição em andamento. PROVISÃO PARA O IMPOSTO DE RENDA 18. $ POR AÇÃO DO CAPITAL SOCIAL (21/nº de Ações) . Depreciação. 2. PARTICIPAÇÕES NOS LUCROS Participações de Debenturistas Participações de Empregados Participações de Administradores Participações de Titulares de Partes Beneficiárias Contribuições de Fundos ou instituições de Assistência ou Previdência de Empregados 20. aparelhos e equipamentos – depreciação. Ferramentas.4 – Intangível 2.4 – Gastos de Reorganização: Custo. Gastos preliminares de operação. Direitos sobre recursos naturais – (outros) – florestamento e reflorestamento – exaustão. Obras preliminares e complementares. Equipamentos de processamento eletrônico de dados – depreciação.3.Terrenos. 3.3 – Gastos de Implantação de Sistemas e Métodos: Custo. DESPESAS OPERACIONAIS Despesas Administrativas Despesas com Pessoal Despesas Comerciais Despesas Financeiras Despesas Tributárias Outras Despesas Operacionais Despesas Operacionais Provisionadas 7. Sistemas aplicativos (software) – amortização. Importações em andamento de bens do imobilizado. Marcas.Diferido – custo 3. Outros custos. RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA (1-2) 4.4. aparelhos e equipamentos. RECEITA OPERACIONAL BRUTA Vendas de Produtos ou Mercadorias Prestações de Serviços 2. Amortização acumulada (conta credor 3. DESPESAS DE PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS 12. Direitos de uso de telefones. Amortização acumulada (conta credora). direitos e patentes industriais. Benfeitorias em propriedades arrendadas. Ferramentas – depreciação ou amortização. Peças e conjuntos de reposição – depreciação. Marcas.4. Equipamentos de processamento eletrônico de dados. Amortização acumulada (conta credora). DESPESAS NÃO-OPERACIONAIS 15. 2.4. RECEITAS FINANCEIRAS 13. Adiantamentos para inversões fixas.4. Encargos financeiros líquidos. Direitos sobre recursos naturais. Veículos – depreciação.5 . Máquinas. LUCRO (ou Prejuízo) OPERACIONAL LÍQUIDO (5-6) 8. CUSTOS OPERACIONAIS Custo dos Produtos ou Mercadorias Vendidas Custo dos Serviços Prestados 5. Gastos gerais. Obras civis. LUCRO (ou Prejuizo) OPERACIONAL BRUTO (3-4) 6. RECEITAS DE PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS 11. Amortização acumulada (conta credora). Obras civis – depreciação. DESPESAS PROVISIONADAS NÃO-OPERACIONAIS 16. LUCRO (ou Prejuízo) LÍQUIDO DO EXERCÍCIO (1920) 21. amortização e exaustão acumulada (conta credora): Obras preliminares. projetos e detalhamentos. Móveis e utensílios. RESULTADO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO. Florestamento e reflorestamento. Veículos. Máquinas. Instalações. Móveis e utensílios – depreciação. 2. 3. direitos e patentes industriais – amortização. APÓS O IR 19. Almoxarifado para inversões fixas. Variação monetária. RECEITAS NÃO-OPERACIONAIS 14. RESULTADO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO 17. Salários com encargos. Benfeitorias em propriedades arrendadas – amortização. RECEITAS DE VARIAÇÕES MONETÁRIAS 9. Depreciação acumulada (por contas credoras). Sistemas aplicativos – (software).1 – Gastos de Implantação e Pré-operacionais: Gastos de organização e administração.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful