Você está na página 1de 29

Intradermoterapia

no tratamento da gordura localizada

Dila Luiz Oliveira


Farmacêutica – CRFMG 26452
Especialista em Farmácia Estética e Farmácia Clínica
Gordura Localizada

A gordura localizada é um depósito resistente ao


emagrecimento.

Existem dois tipos de depósitos de gordura:

 depósitos gerais (mobilizam-se facilmente);


 depósitos hereditários (resistentes ao emagrecimento).
Gordura Localizada

Temos uma quantidade maior de receptores ALFA-


ADRENÉRGICO (inibe lipólise) e menor quantidade de
BETA-ADRENÉRGICO (ativa lipólise) nestas regiões, isto
explica a dificuldade de eliminarmos a indesejada
gordura localizada.
Gordura Localizada
Gordura Localizada
INTRADERMOTERAPIA

“Pouco, poucas vezes e no lugar


adequado.”

M. Pistor
Objetivos do tratamento
Efeito ‘depósito’
Via Utilizada

 No caso da gordura localizada, a via será


subcutânea;

 A região subcutânea possui células adiposas


depositadas entre fibras;

 Em pessoas de peso normal, o tecido adiposo


corresponde a 20-25% do peso real na mulher e 15-
20% do homem.
Material Utilizado

 Agulha 0,30mm x 13mm;

 Seringa 3mL, 5mL ou de 1mL;

 Agulha 40mmx12mm para aspiração;

 Algodão;

 Antisséptico.
Substâncias utilizadas
 DESOXICOLATO DE SÓDIO
Possui intensa atividade lipolítica do desoxicolato quando
aplicado pela via subcutânea, auxiliando na redução de medidas
por ação direta sobre as células de gordura.

Mecanismo de ação: promove o rompimento da membrana dos


adipócitos, “desencarcerando” os ácidos graxos, lisando essas
moléculas em suas ligações químicas.

Dose: 1% – amp. 2mL. Aplicar a 90º em relação à pele, com


profundidade de 8 a 12 mm, com distância de 1cm entre cada
ponto, volume de 0,1 a 0,2ml.
Substâncias utilizadas

 DESOXICOLATO DE SÓDIO

CUIDADO!

É uma substância diferente do ácido Deoxicólico;

É mais potente e não deve ser utilizado em papadas.


Substâncias utilizadas
 BENZOPIRONA

É muito utilizada associada por suas propriedades


antiedematosa e anti-inflamatória.

Mecanismo de ação: redução de edema devido por diminuir o


excesso de proteínas teciduais. A ação anti-inflamatória ocorreria
devido a sua provável ação de estímulo dos macrófagos.

Dose/ Cuidados: 0,5mg/ml – amp. 2mL. A benzopirona não deve


ser aplicada em lesões abertas e próximo à mucosas.
Substâncias utilizadas
 L-CARNITINA

Apresenta atividade antioxidante devido à capacidade deste


aminoácido em retirar os ácidos graxos de cadeia média e curta
que possam se acumular no interior da mitocôndria.

Mecanismo de ação: participa do processo de lipólise, realizando


o transporte dos ácidos graxos de cadeia longa para dentro da
mitocôndria onde esses ácidos serão oxidados resultando na
produção de energia na forma de ATP.

Dose/ Cuidados: 600 mg/ml – amp. 2mL.


Substâncias utilizadas
 LIPOSSOMAS DE GIRASSOL

Destrói a célula de gordura, aumenta e melhora a


circulação.

Mecanismo de ação: não esclarecido

Dose/ Cuidados: 6,8% – amp. 5mL. Não deve ser


administrada em hipertensos.
Substâncias utilizadas
 IOIMBINA

É um 2 antagonista e representa uma atraente alternativa


para mobilizar lípideos.

Mecanismo de ação: age direta e indiretamente, aumentando a


noradrenalina sináptica, e com isso o aumento da lipólise por ação nos
receptores  (ação indireta), diminui estimulação de receptores 2 e
bloqueia os receptores 2 pré-sinápticos (ação direta 2 antagonismo).

Dose/Cuidados: 0,2% – amp. 2mL. Contra indicado para pacientes com


histórico de doença hepática ou renal.
Substâncias utilizadas
 LISADO DE TIREÓIDE

Beneficia nutraceuticamente a tireóide, suprindo a com elementos


indispensáveis ao seu bom funcionamento. Tem um verdadeiro
tropismo pelo órgão que lhe deu origem.

Mecanismo de ação: aumento da atividade tireoidiana e com isso


aumento da queima de gordura

Dose/Cuidados: 2,5% – amp. 2mL. Desregula todo o ciclo hormonal


do paciente. Cuidado!
Substâncias utilizadas
 CAFEÍNA

Apresenta atividades farmacológicas que são de suma importância


no processo de lipólise (quebra de gordura.

Mecanismo de ação: O efeito lipolítico é observado devido à dois


fatores: pelo fato da cafeína inibir a fosfodiesterase (enzima que
hidrolisa o 3'5'-AMPc) e prolongar e potencializar os efeitos da
adrenalina.

Dose/Cuidados: 50mg/2ml – amp. 2mL. Reações cutâneas do tipo


alérgica. Palpitações, taquicardia, hipernervosismo, cefaléia.
Substâncias utilizadas

 CRISINA

É extraída a partir de uma rara planta chamada de


Passiflora Caerula, é considerada um flavonóide. Auxilia
na redução da celulite e da gordura localizada

Mecanismo de ação: inibe a enzima aromatase que é


responsável pela reação metabólica de conversão da
testosterona em estradiol.

Dose/Cuidados: 30mcg/mL – amp. 2mL.


Substâncias utilizadas
 BUFLOMEDIL

É utilizado como adjuvante nos tratamentos de celulite e gordura


localizada.

Mecanismo de ação: dados iniciais sugerem que estão envolvidos, em


parte, um fraco efeito antagonista não específico do íon cálcio
(somente in vitro) e um efeito de bloqueio dos receptores alfa, não
específico.

Dose/ Cuidados: 10mg/ml – amp. 2mL. Em raros casos casos, podem


ocorrer efeitos adversos como “Flush” e dor epigástrica, por isso
recomenda-se que não seja aplicado dose maior que 02 (dois) ml por
sessão.
RECOMENDAÇÕES PÓS
PROCEDIMENTO
 Não realizar atividades físicas nas próximas 48h;

 Não associar a outros procedimentos estéticos antes de 72h


após as aplicações;

 Evitar o uso de anti-inflamatórios;

 Não tomar sol imediatamente após as sessões.


Contra Indicações

 Grávidas, lactantes e portadores de doenças auto-


imune;

 Alérgicos;

 Hipertensos, cardiopatas e pacientes com


disfunções lipídicas.
TEMPO DE TRATAMENTO

 Uma sessão por semana ;

 De 05 a 10 semanas de tratamento;

 Prescrição de Home Care.


“Lipo de Papada”
Substâncias utilizadas

 ÁCIDO DEOXICÓLICO

É uma substância endógena, produzida na bile e age


emulsificando as gorduras dos alimentos.

Sua indicação é para papadas consideradas moderadas a


extremas (até 500 ml de gordura). Mais do que isso já é
indicada a cirurgia plástica com liposucção.
Substâncias utilizadas

 ÁCIDO DEOXICÓLICO

Cuidados:

 Não se deve fazer uso de anti-inflamatórios e


gelo;
 Não é necessário comprimir a região com
faixas.
Substâncias utilizadas
 ÁCIDO DEOXICÓLICO

Alertas:

 Dose por sessão;

 Podem ocorrer náusea, vômito e tontura com doses


maiores que a recomendada;
Substâncias utilizadas
 ÁCIDO DEOXICÓLICO

Alertas:

 Local de aplicação
 Intervalo entre sessões
Substâncias utilizadas
 ÁCIDO DEOXICÓLICO

Reações comuns:
 Dor
 Sensação de anestesia
 Edema
 Urticária
 Irregularidades no contorno da pele
“Nenhum trabalho será tão urgente ou
importante, que não possa ser
planejado e executado com segurança.”

@dilaoliveirafarmacia

dilafarmacia@gmail.com
dilafarmacêuticaesteta@gmail.com