Você está na página 1de 8

Como aplicar a Lei

da Gravitação
Universal
B

1. Dois objetos A e B foram colocados em órbita a uma determinada altitude


em relação à superfície da Terra (figura 1).
O objeto A, que tinha um peso de intensidade 500 N à superfície da Terra,
está a uma altitude igual a metade do raio terrestre. Sobre o objeto B, que
A
tinha um peso de intensidade 800 N à superfície da Terra, é exercida uma
força gravítica de intensidade 50 N.
Figura 1

1.1 Determine a intensidade da força gravítica que a Terra exerce sobre o objeto A, na sua órbita.

1.2 A que altitude, em raios terrestres, se encontra o objeto B ?


1

Clique nos números para visualizar as etapas de preparação do exercício.


B
PASSO 1. Recolher os dados fornecidos no enunciado.
1

1. Dois objetos A e B foram colocados em órbita a uma determinada altitude


2
em relação à superfície da Terra (figura 1).
O objeto A, que tinha um peso de intensidade 500 N à superfície da Terra, A

está a uma altitude igual a metade do raio terrestre. Sobre o objeto B, que
tinha um peso de intensidade 800 N à superfície da Terra, é exercida uma
Figura 1
força gravítica de intensidade 50 N. 𝐹gTerra/B = 800 N
𝐹gTerra/A = 500 N
𝑅T 𝐹gTerra/B(órb.) = 50 N
ℎA =
2

1.1 Determine a intensidade da força gravítica que a Terra exerce sobre o objeto A, na sua órbita.

1.2 A que altitude, em raios terrestres, se encontra o objeto B ?


B
PASSO 2. Identificar as grandezas que se pretendem determinar.
1

1. Dois objetos A e B foram colocados em órbita a uma determinada altitude


em relação à superfície da Terra (figura 1). 2
O objeto A, que tinha um peso de intensidade 500 N à superfície da Terra, A

está a uma altitude igual a metade do raio terrestre. Sobre o objeto B, que
tinha um peso de intensidade 800 N à superfície da Terra, é exercida uma
Figura 1
força gravítica de intensidade 50 N.
𝐹gTerra/A(órb.)
ℎB

1.1 Determine a intensidade da força gravítica que a Terra exerce sobre o objeto A, na sua órbita.

1.2 A que altitude, em raios terrestres, se encontra o objeto B ?


1

Clique nos números para visualizar as etapas de resolução do exercício.


Alínea 1.1 Determinar 𝑭𝒈𝐓𝐞𝐫𝐫𝐚/𝐀(𝐨𝐫𝐛.) .
1

Aplicar a Lei da Gravitação Universal:


Dados B
𝑚T 𝑚A 2
𝐹gTerra/A = 500 N 𝐹gTerra /A(órb.) = G
𝑟2
𝑅T
ℎA = 𝑚T 𝑚A
2 ⟺ 𝐹gTerra /A(órb.) = G
𝑟2 1
𝐹gTerra/B = 800 N
ℎA 𝑅T 𝑚T 𝑚A
A ⟺ 𝐹gTerra /A(órb.) = G 2
𝐹gTerra/B(órb.) = 50 N 𝒓 3
2 𝑅T
𝑚T 𝑚A
⟺ 𝐹gTerra /A(órb.) = G 2
Figura 1 9 2
𝑅T 3 𝑅T 4 𝑅T
1 𝑟= + 𝑅T =
2 2 500
⟺ 𝐹gTerra /A(órb.) = ⟺ 𝐹𝑔𝑇𝑒𝑟𝑟𝑎 /A(ó𝑟𝑏.) = 222 N
𝑚A 𝑚B 9
2 𝐹gTerra /A = G = 500 N 4
𝑅T 2
Alínea 1.2 Indicar a altitude de B, 𝒉𝐁 .
1

Aplicar a Lei da Gravitação Universal:


Dados B

𝐹gTerra/A = 500 N 𝑚T 𝑚𝐵 2
𝐹gTerra/B 𝐺 1
𝑅T
ℎB 𝒓 𝑅T 2
3 =
ℎA =
2 𝐹gTerra/B(órb.) 𝐺 𝑚T 𝑚B 2
𝑅T
𝑟2 3
𝐹gTerra/B = 800 N
𝑚 𝑚
𝐺 T 2𝐵
𝐹gTerra/B(órb.) = 50 N A 800 𝑅
⇔ = 𝑚 T𝑚
50 𝐺 T2 B
𝑟

Figura 1
𝑟2
𝑚T 𝑚B ⇔ 16 =
1 𝐹gTerra /B = 𝐺 𝑅T 2
𝑅T 2
⇔ 𝑟 2 = 16𝑅T 2
ℎB = 4𝑅T − 𝑅T
𝑚T 𝑚B ⇔ 𝑟 = 4𝑅T
2 𝐹gTerra /B(órb.) =𝐺 ⇔ ℎB = 3𝑅T
𝑟2 3