Você está na página 1de 16

Instituto Tecnológico do Sudoeste Paulista

Faculdade de Engenharia Elétrica – FEE


Bacharelado em Engenharia Elétrica

Aula 7
Energia Potencial Elétrica, Potencial Elétrico e
Diferença de Potencial Elétrico

Física Geral e Experimental III


Prof. Ms. Alysson Cristiano Beneti
IPAUSSU-SP
2012
Energia Potencial Elétrica (U)
Energia associada a um sistema de partículas
carregadas eletricamente.

Q 1 Q.q
U
q
r .
4. . o r

Unidade de medida : J (Joule)


W  U f Ui
Energia potencial
W  U
A energia potencial de um sistema de duas cargas a
uma certa distância corresponde ao trabalho da força
elétrica no transporte de uma das cargas de uma posição
para outra.
Que sinal terá a energia potencial se as cargas (sinais contrários) se atraírem?
A infinito
Q q
r Energia potencial negativa

Que sinal terá a energia potencial se as cargas (mesmo sinal) se repelirem?


A infinito
Q q
r Energia potencial positiva
Exemplos
1. Uma carga elétrica de 20C e uma carga de -30C estão fixas em
pontos do espaço, separadas por uma distância de 200cm. As cargas
são soltas e presas novamente quando estiverem a 15cm de distância
uma da outra. Calcule o trabalho realizado pela força eletrostática
para ocorrer o deslocamento. W  U
20C  30C W  U f Ui
Q
200cm
q  1 Q.q   1 Q.q 
W  .  . 
 4. . r   4. . r
 o final   o inicial 
20C Q
 30C Q.q  1 1 

q W . 
4. . o  r final rinicial 

15cm
20.106.(30.106 )  1 1
W .  
4. .8,85.10 12
 0,15 2 
W  33,27 J
Potencial Elétrico (V)
É uma grandeza associada à energia potencial
elétrica em um ponto qualquer do campo elétrico de
uma carga elétrica.

Carga Q que Carga de


cria o campo prova q
U
do potencial a Q
ser medido
q
V
q
J  Joule 
Unidade de medida :    Volt (V )
C  Coulomb 
Potencial elétrico (V)
Cada carga cria à sua volta, em cada ponto do espaço, um campo elétrico (vetorial) e
um potencial elétrico (escalar).
O potencial elétrico é uma grandeza escalar: a energia potencial por unidade de carga

U
Unidade S.I.: J/C = J C = V (volt) V 
-1 Alessandro Volta
q 1745-1827

Potencial elétrico de uma carga pontual (ou esférica) Q


Carga Carga 1 Qq
criadora de prova U . 0 
4. . o r
Q q0 1 Q
P 1 Qq V .
. 0
4. . o r
r
4. . o r
V 
q0
O potencial em cada ponto do espaço depende da distância à carga
criadora, r, e do valor da carga, Q, tendo o potencial o mesmo sinal da
carga que o criou.
Superfícies equipotenciais Q
V k
Superfícies r
equipotenciais de uma
carga pontual positiva.

DDP

Numa superfície esférica As superfícies equipotenciais são sempre


com centro na carga o perpendiculares às linhas de campo.
potencial é constante.

Superfícies
- equipotenciais de uma
- - carga pontual negativa.

- -
-
- Numa superfície esférica As linhas de campo apontam sempre no
- com centro na carga o sentido dos potenciais decrescentes.
potencial é constante.
Superfícies Equipotenciais de um Campo Elétrico
Uniforme
Potencial elétrico de um sistema de cargas
O potencial elétrico num ponto é a soma dos
potenciais criados por cada uma das cargas. Q3 Carga 3

r3
Carga 1 V  V1  V2  ...
P
Q1 r1 Q1 Q
V k  k 2  ...
r2 r1 r2
Q2
Carga 2

Nas regiões mais “positivas” o potencial é


mais positivo, ou menos negativo.

Nas regiões mais “negativas” o potencial é


mais negativo, ou menos positivo.
Exemplo: 1) (a) Qual o potencial elétrico a 2 m de uma carga
positiva de um nano-coulomb? (b) Qual o potencial elétrico em
qualquer ponto a 1 m da mesma carga?
9
q 1  10
a )V  k  9  109   4,5 V
r 2
9
q 1  10
b)V  k  9  109   9,0 V
r 1

2) Calcule o potencial elétrico no ponto P do sistema de cargas abaixo.


q1 4  10 9
V1  k  9  10 
9
3V
r1 12

q2 6  10 9
V2  k  9 10 
9
2V
r2 27
V  V1  V2  3  2  5 V
Diferença de Potencial Elétrico (V)

V  V2  V1
É representado Como V 
U
por V ou ddp. Esta q
U 2 U1
grandeza representa V  
q q
o desnível de
U 2  U1
potencial elétrico V 
q
existentes entre dois U
V 
pontos quaisquer do q
espaço. Como U  W
W
V 
q
Diferença de Potencial Elétrico (V)

Exemplos de V:

V=127V VIN=15000V
ou
V=220V VOUT=380/220V
V=1,5V
VIN=75000V
VOUT=380/220V

V=12V

VIN=24000V
VOUT=220/110V
V=9V
V=108V
a
V=109V
Diferença de Potencial Elétrico (V)

DDP e Corrente DDP de 850KV com


Elétrica DDP da Pilha
descarga em um carro

Pilha com
limão
Pilhas Igualando ao
Eletroquímicas potencial da linha de
transmissão
Pilha com
batata
Cálculo do Potencial a partir do Campo Elétrico

Em uma região do espaço, se o vetor campo elétrico


for conhecido, é possível calcular a ddp entre dois
pontos.
f

V    E.d S
i
Diferença de Potencial
entre i e f Vetor campo Infinitesimal
elétrico de
deslocamento
Problemas Propostos

1) Determine o valor da energia potencial elétrica de um sistema


de cargas de 42C e -72 C, fixas em pontos do espaço, que
estão inicialmente a uma distância de 15cm e são afastadas a
uma distância de 2m. Calcule o trabalho mecânico do processo
em questão. (R: W=167,83J)
2) Qual é o potencial elétrico em uma superfície equipotencial a
30cm de uma carga elétrica esférica de 25C, situada no vácuo?
(R: V=750000V)
3) Qual é o valor do potencial elétrico no ponto P, situado no
centro do quadrado? (R: V=356,04V)
Dados :
q1  12nC q2  24nC
q3  31nC q4  17nC
d  1,3m
Problemas Propostos

4) Uma placa infinita não condutora possui uma densidade


superficial de cargas =0,1C/m2 em uma das faces. Qual é a
distância entre duas superfícies equipotenciais cujos
potenciais diferem de 50V. (R: 8,85mm)

Dados : Cálculo do campo a partir da densidade de carga E 
2. O
5) No modelo dos quarks das partículas elementares, um próton
é composto de três tipos de quarks: dois quarks up, cada um
deles tendo carga de + 2/3e, e um quark down, tendo carga
–1/3e. Suponha que os três quarks estejam eqüidistantes um
do outro. Considere que a distância seja 1,32 x 10 -15 m e
calcule (a) a energia potencial do subsistema formado pelos
dois quarks up e (b) o potencial elétrico no ponto equidistante
das três partículas. (R: a) V=7,76.10-14J; b) Vp=1,9.106V)