Você está na página 1de 17

FACULDADE PIO DÉCIMO

COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM

ENGENHARIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR

RICARDO ALEXANDRE S. DA SILVA

JOÃO GALVÃO NETO

ARACAJU – SERGIPE

DEZEMBRO DE 2004
FACULDADE PIO DÉCIMO

COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM

ENGENHARIA ELÉTRICA

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR

Relatório de estágio supervisionado


apresentado à coordenação do curso
de engenharia elétrica, em
cumprimento ao pré-requisito para
obtenção do grau de graduado em
Engenharia Elétrica.

RICARDO ALEXANDRE S. DA SILVA

JOÃO GALVÃO NETO

ARACAJU – SERGIPE

DEZEMBRO DE 2004
FACULDADE PIO DÉCIMO

COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM

ENGENHARIA ELÉTRICA

RICARDO ALEXANDRE S. DA SILVA


RELATÓRIO DE ESTÁGIO

APROVADA DATA _______/_______/________

BANCA EXAMINADORA

1- Examinador: ______________________________

2- Examinador: ______________________________
SUMÁRIO

RESUMO V

1 INTRODUÇÃO 06

2 A EMPRESA 08

3 ATIVIDADES EXECUTADAS 10

4 CONCLUSÃO 12

5 REFERÊNCIA BIBIOGRAFICA 13

6 ANEXOS 14

IV
RESUMO

A finalidade do estágio do curso de Engenharia Elétrica, assim como

dos demais cursos oferecidos pela Faculdade Pio Décimo, é a complementação

curricular, através da aproximação do acadêmico à realidade do ambiente de

trabalho em uma empresa, proporcionando, desta forma, a utilização prática de

toda teoria exposta em sala de aula, motivando o espírito de trabalho em uma

equipe.

Portanto, as atividades desempenhadas por um técnico estagiário

em tal setor baseiam-se na instalação, manutenção preventiva e, quando

possível, manutenção corretiva dos equipamentos instalado no tal setor.

Tendo como objetivo de descrever as atividades durante o período

de estágio, apresentando uma visão geral dos procedimentos realizados com o

material técnico, oferecendo oportunidade para os acadêmicos desenvolverem,

na prática, os conhecimentos adquiridos no curso, que serviram para o maior e

melhor aprimoramento profissional.

V
1 - INTRODUÇÃO

O presente relatório apresenta as atividades desempenhadas na

empresa Norcon – Sociedade Nordestina de Construções S.A., no setor de

Gerência de execução de Instalações, situado na Rua Basílio Rocha, n° 216,

bairro Getúlio Vargas, Aracaju/Sergipe, no período de 17 de maio de 2004 à 12

de novembro de 2004, perfazendo o total de 960 horas de trabalho.

Na Norcon, o GEI (Gerência de execução de instalações) é o setor

responsável pela execução das instalações Elétricas e Hidráulicas dos prédios em

obra. Neste setor estar contido uma fábrica de kit´s hidráulicos, que tem por

objetivo de realizar montagem de Kit ´s de tubulações de água quente, fria e

esgoto nos apartamentos e pavilhões no mesmo.

A idéia principal da Fábrica de Kit´s hidráulico é reduzir o tempo

gasto de montagem em obra, reduzir gastos excessivos de materiais de água e

esgoto e o controle de estoque de entrada peças de montagem e saída do Kit´s

já em acabamento final.

A fábrica de Kit´s é uma idealização da Gerência administrativa de

instalações, com um desafio de realizar um conjunto de processo de qualidade

interna da norcon. É composto de um encarregado de instalação , três

encanadores e um ajudante.

As orientações de montagem são acompanhadas pelo técnico

edificação da obra, na qual estar sendo executada. O técnico por sua vez informa

ao encarregado, e que também é o responsável pela fábrica e montagem dos

7
Kits, como será realizado a montagem de kits e a quantidade de peças

necessário para a montagem do mesmo.

Como estagiário do GEI, fui deslocado para a fábrica de Kits para

melhorar a qualidade dos equipamentos e automatizar com baixo custo de

montagens dos mesmo, reduzindo o trabalho manual dos operários da fábrica,

passando para um processo automático, na qual o funcionário passaria a

exercer uma tarefa de operador de equipamentos de montagem de kits.

Responsável também pela informação ao analista de sistema de

informar e servir com meio de comunicação das tarefas na qual estava sendo

realizando na fábrica, colocando em prática a gestão de qualidade do setor e

orientando os funcionários da mesma, no manuseio e operação dos

equipamentos, como também na manutenção preventiva e corretiva.

8
2 - A EMPRESA

Após sua fundação, em 1958, a Norcon volta suas atenções apenas


para o ramo das obras públicas e industriais. Em 1965, a sua gestão passa a ser
feita pelos irmãos Luiz Antônio Mesquita e Tarcísio Mesquita Teixeira.

Dez anos depois, a empresa direciona seu foco à Construções de


unidades residenciais voltadas para as classes média e alta, investindo cada vez
mais no setor de matéria-prima e em tecnologia da Construções.

Em 1980 é criada a Unidade Industrial, inicialmente destinada a


fabricação de blocos de concreto, ampliando a sua função à fabricação de pré-
moldados estruturais, com a consultoria permanente da Pedreira de Freitas S/C
Ltda. A implantação desta tecnologia se deu em 1982, reduzindo custos e
favorecendo o repasse aos clientes.

Em 1984, a Norcon passa a dispor dos sistemas de pré-viga e pré-


laje, mantendo um excelente padrão de acabamento.

Pensando mais uma vez no bem estar dos aracajuanos, a Norcon


tenta através da criação e desenvolvimento dos planos de financiamento Plano
Maior e Qualidade de vida, ampliar o privilégio da casa própria em Aracaju. Com
esse intuito, uma equipe foi treinada visando oferecer aos seus clientes um
atendimento personalizado, com sugestões de planos de pagamento que se
encaixem no orçamento de cada futuro morador, atendendo às necessidades de
cada um através da análise de todas as propostas.

Em 1996, a Norcon entra em parceria com a Decide e em 1997 é


inaugurada uma obra marcante para a história do comércio e do entretenimento
de Aracaju, o Shopping Jardins, marco inicial para a consolidação das obras que
dariam origem ao bairro Jardins. Além da população, foram beneficiadas em
Aracaju diversas empresas, tais como o G. Barbosa, o Mc Donald's, a C&A, a

9
Cinemark, as Lojas Americanas, a Esplanada e mais de 100 lojas satélites.

A partir de 1998, buscando pontualidade na entrega e produtos de


alta qualidade, a Norcon inicia um programa de Gestão pela Qualidade Total,
alcançando novamente um grau máximo de satisfação, reconhecido através de
vários prêmios.

Qualidade de vida. Muito mais que um slogan, traduz o nosso ideal.


Há quase 45 anos a Norcon vêm investindo em tecnologia da Construções e em
inovações arquitetônicas, a fim de satisfazer um público cada vez maior que
busca sempre conforto e segurança associados ao prazer de morar bem.

A Norcon, responsável por mais da metade dos apartamentos de


ótimo padrão construídos em Aracaju, faz jus à confiança dos sergipanos,
ultrapassando atualmente a marca de 11.720 unidades residenciais entregues,
armazenando no seu histórico de empreendimentos residenciais mais de 1 milhão
e 60 mil metros quadrados de terreno de área construída.

Atualmente a Norcon concentra sua atenção nas obras residenciais,


entretanto, ao longo da sua jornada, já atuou em construções que vão desde
edificações comerciais à redes de esgoto e revestimento de canais, investindo em
tecnologia de ponta tanto na produção das matérias-primas utilizadas nas
edificações, quanto nos próprios equipamentos utilizados pela sua equipe e nos
recursos de segurança do trabalho.

O esforço e a dedicação de todos que fazem a Norcon beneficiam


tanto o progresso tecnológico em Construções civil na cidade de Aracaju, que
cada vez mais se aproxima dos grandes centros, quanto os Aracajuanos que
dispõem do que a Norcon oferece de melhor: qualidade de vida.

10
3 - ATIVIDADES EXECUTADAS

Os Trabalhos ou atividades denominadas atividades em campo, de

acordo com o nosso estágio na Norcon, setor GEI, corresponde àquele que foi

desenvolvido na Fábrica de Kits, no seu campo interno.

Os serviços desenvolvidos foram a melhoria dos equipamentos de

modelagem de kits, como o dimensionamento da serra de usinagem de alumínio

para PVC. Fazendo o calculo de dentes da serra, calculo quanto ao diâmetro

interno e externo do disco, calculo de rotação do motor, calculo de potência

(considerando quanto ao tempo de utilização), calculo da transmissão da polia

do motor ao disco, afim de diminuir o barulho da policorte, na qual estava

prejudicando na execução do trabalho e também provocando sérios riscos de

saúdes nos operários que ali trabalham.

Este projeto foi colocado em prática e estar em funcionamento até

os dias de hoje, tendo um bom rendimento e um corte perfeito na tubulação de

PVC, tendo em vista que, todo os esforços foi de grande avalia, mostrando que

os conhecimentos adquirido em sala de aula usando métodos de calculo para

dimensionar e estruturar uma máquina de serra para outro material foi muito

aproveitado.

Outro projeto muito bem aceito foi a criação de um forno elétrico,

todo automatizado, tendo como finalidade de eliminar o gasto de gás de

cozinha, o botijão de 13 kg e aumentar a modelagem de luvas para conexão de

PVC. O funcionamento baseia no tubo, que tem uma resistência helicoidal, que

11
serve para aquecer o tubo e colocado dentre dele o tubo PVC para realizar a

modelagem da luva. O controle de temperatura é controlado pelo um termostato,

que estar conectado na parte interna do tubo, onde também estar contido um

controle externo na qual realiza todo controle elétrico e instrumental. O custo do

projeto estar avaliado hoje em, R$ 4.880,00, a empresa na qual foi solicitada a

fazer a montagem do forno elétrico foi a ASEJ, empresa de usinagem

industrial, a planta do projeto estar anexado.

Um outro projeto, na qual engloba mais dois e a confecção de

chapas para fixar eletrodutos no teto, afim de eliminar as braçadeiras, onde o

custo de uma chapa confeccionada na fábrica sairia muito mais barato e em

conta do que as braçadeiras.

O 1° projeto estar constituído de uma mosa para chapa de PVC, foi

adaptado para modelar a chapa através de um turbo PVC, o 2° projeto é uma

máquina de corte leve tipo PVC, esta máquina faz o corte de uma chapa

retangular de 50 x 30 cm , uma chapinha de 4 x 1,5 cm, isso já estabelecido

pela gerência, a planta dos dois projeto estar anexado.

Todo o controle de estoque desde a idealização da montagem de

uma planilha até a sua logística, foi elaborado com grande êxito, aprimorando

dentro de uma fábrica de Kits, o controle de material, deste o seu recebimento,

até o produto já acabado pelo operadores da fábrica.

12
4 - CONCLUSÃO

É de fundamental importância o papel desempenhado pelo

acadêmico no seu estágio. Para tanto, faz-se necessário que estes acadêmicos

participem ativamente de um processo mais intenso de divulgação e orientação.

Durante o período de estágio, foram desempenhadas as funções

normais, pois me permitiu acompanhar a rotina de execução, elaboração de todas

as atividades, bem como os serviços realizados.

Todos os conceitos vistos em sala de aula foram aplicados em

atividades técnicas elétricas e no gerenciamento e organização da unidade de

trabalho, e a experiência profissional anterior de técnico em eletrônica, ajudou no

desenvolvimento das tarefas propostas pela empresa.

O aprendizado adquirido durante o período de estágio curricular com

certeza será de grande valia para toda a nossa vida profissional, deixando-me

pronto para concorrer no mercado de trabalho oferecido.

13
5 - BIBLIOGRAFIA

Porto, Rodrigo de Melo. Hidráulica Básica. 2° Edição, São Carlos :

EESC-USP, 1999.

- Sites de consulta na Internet:

- www.norcon.com.br

6 - ANEXOS

14
NORCON – SOCIEDADE NORDESTINA CONSTRUÇÕES S.A.

15
Aracaju, 28 de dezembro de 2004

RICARDO ALEXANDRE S. DA SILVA MAURICIO GRACO DA SILVA


ESTAGIÁRIO GERENTE DE EXECUCAÇÃO DE INSTALAÇOES

16
17