Pag.

1 de 6 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP Data da Emissão: Data de Vigência: Próxima Revisão: Versão Nº: Julho/2010 21/06/2010 Julho/2011 01 ÁREA EMINENTE: MÉTODO DE EUTANASIA E ELIMINAÇÃO DO ANIMAL OBJETIVO Proporcionar os meios para que a manutenção dos equipamentos de laboratórios sejam feitas de forma correta, aumentando a vida útil dos equipamentos. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Manual de Mantenimento para Equipo de Laboratório. Organización Panamericana de La Salud, 2005. LOCAL DE APLICAÇÃO Laboratórios da área de saúde da Faculdade Redentor de Campos. GESTOR DO POP Wagner Amado Veiga

Analisador de pH
Procedimentos gerais de manutenção do corpo do analisador de pH Freqüência: Cada seis meses 8. Efetuar uma prova de funcionamento medindo ol pH de una solução conhecida MANUTENÇÃO BÁSICA DO ELETRODO Freqüência: Cada quatro meses Repor a solução eletrolítica: 1. Retirar o eletrodo detector da solução buffer de armazenamento. 2. Enxaguar o eletrodo detector com abundante água destilada. 3. Retirar a tampa superior do eletrodo detector. 4. Encher o eletrodo detector com uma solução saturada de cloreto de potássio (KCl). Utilizar a seringa ou aplicador que acompanha a

Deixar o eletrodo de pH de molho em uma diluição 1:10 de branqueador doméstico. A recarga se efetua através do conduto que protege a tampa superior do eletrodo. Também pode-se usar um pincel de pelo suave para remover as partículas ou a poeira que estiver depositada sobre prato de pesagem. 2 de 6 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO . Limpar o prato de pesagem.POP Data da Emissão: Data de Vigência: Próxima Revisão: Julho/2010 21/06/2010 Julho/2011 ÁREA EMINENTE: MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO 5. a fim de permitir que exista pressões entre o interior e o exterior do eletrodo. 10. A limpeza se efetua com uma peça de pano limpo que pode estar umedecida com água destilada. Enxaguar com água corrente antes de usar. Verificar que a ponta da seringa não toque o interior do eletrodo. 8. 6. Enxaguar o eletrodo com água destilada. Limpar externa e internamente a câmara de pesagem. Pag. Deixar o eletrodo de pH de molho em uma solução 0. Limpeza do eletrodo 9. para que este se encontre livre de poeira ou sujeira. Limpeza geral. Enxaguar com água abundante antes de usar Balanças Atividades diárias 1. Usar a ponta da agulha da seringa para perfurar que cobre a abertura. Manter o eletrodo dentro da solução buffer de sempre que não estiver em uso. Banho . durante 10 minutos. Se for necessário retirar alguma mancha. Verificar que os vidros estão livres de sujeira.1 M de ácido clorídrico (HCl) ou 0.1 M de HNO3. pode-se aplicar um detergente suave. Remoção de depósitos e bactérias.solução de KCl. durante 20 minutos. Versão Nº: 01 do eletrodo para a área da tampa um equilíbrio de armazenamento. 2.Maria . Envolver uma pequena parte da tampa superior cobrir a apertura superior do mesmo. 7.

Centrífuga RECOMENDACIONES DE CONSERVACIÓN Y MANEJO ADECUADO6 Rotores 10. Armazenar os rotores em ambientes secos. em especial. a frente e a parte superior utilizando uma peça de pano úmida. Nunca abrir a tapa de uma centrífuga que esta funcionando e nunca tentar deter o rotor com a mão. a fim de retirar a poeira. Verificar que os componentes externos da centrífuga se encontrem livres de poeira de manchas. Limpar o interior do tanque com um detergente suave. Limpar as superfícies exteriores.POP Data da Emissão: Data de Vigência: Próxima Revisão: Julho/2010 21/06/2010 Julho/2011 ÁREA EMINENTE: MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO Versão Nº: 01 Freqüência: Mensal 1. Descontaminar a superfície de trabalho e as superfícies interiores da capela com etanol a 70 %. utilizando um detergente suave Destilador de água . Pressionar suavemente com esponjas sintéticas ou equivalentes. 6. Evitar que o rotor se afete por derrames. Evitar deixá-los na centrífuga. 20.Limpeza Freqüência: Mensal 4. Limpar o compartimento do rotor. Manutenção preventiva Freqüência: Mensal 1. Limpar com água limpa o exterior e o interior do Banho – Maria. Capela Freqüência: Semanal 1. Lavar o rotor imediatamente no caso de derrames de substâncias corrosivas. 3 de 6 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO . Pag. 13.

Instalar um novo elemento filtrante com as mesmas características do original. acumuladas. Misturar o produto de limpeza com a água do tanque. 2. Aspirar a sujeira e a poeira. lavar e drenar até se certificar que o químico utilizado foi completamente removido. junto com os resíduos minerais removidos das superfícies afetadas. Para a limpeza do condensador. Remover o conjunto do condensador 6. Retirar o elemento filtrante usado. Adicionar água limpa. é necessário retirar os painéis protetores ou abrir a porta que permite o acesso ao condensador 3. 2. Desenroscar a tampa do filtro. Retirar o condensador. 3. 4.Inspeção e limpeza do tanque gerador de vapor Freqüência: Mensal 1. Retirar o painel de proteção ou abrir a porta que permite o acesso ao tanque de ebulição ou gerador de vapor. (Também pode-se utilizar ar comprimido ou uma bucha umedecida com água e sabão). Reinstalar a tampa do filtro Limpeza do condensador Freqüência: Anual 1. 9. Retirar a tampa do tanque de ebulição. Enxaguar o conjunto. Versão Nº: 01 . 3. Verificar se tem depósitos de sólidos nas paredes. 11. Troca do filtro de carbono ativado Pag. na manhã seguinte. 10. 7.POP Data da Emissão: Data de Vigência: Próxima Revisão: Julho/2010 21/06/2010 Julho/2011 ÁREA EMINENTE: MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO Freqüência: Cada três meses 1. 4. Drenar o conteúdo do tanque. Deixar por 24 horas. Reinstalar a tampa. 4 de 6 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO .

Utilizar papel especial para a limpeza de lentes o um pedaço de pano limpo de textura suave. Usar uma seringa para limpar o porta amostras. Abrir o painel frontal para o acesso ao tanque de armazenamento do produto destilado. 5. Drenar novamente o tanque de armazenamento. Espectrofotômetro Mantimento Geral Limpeza de derrames. Limpar o exterior do instrumento com uma peça de tela umedecida com água destilada. Em casos de derrame no porta amostras. Permitir que a solução interaja com o tanque. Secar o porta amostras com um algodão tipo medicinal. Permitir que o destilador encha o tanque de armazenamento com água destilada. 7.POP Data da Emissão: Data de Vigência: Próxima Revisão: Julho/2010 21/06/2010 Julho/2011 ÁREA EMINENTE: MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO Versão Nº: 01 2. 3. O filtro de carbono ativado removerá qualquer remanescente do branqueador de cloro utilizado. Manutenção preventiva . 4. 5 de 6 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO . Absorver a maior quantidade de líquido possível. Retirar o filtro de carbono ativado do alojamento. livre de fiapos. 10. 6. Colocar o filtro de carbono ativado em seu alojamento. para limpar a fotocélula.Esterilização do tanque de armazenamento de água destilada Freqüência: Ocasional 2. devese limpar o derrame mediante o seguinte procedimento: Pag. 3. 4. por pelo menos três horas. 5. Ligar o destilador e deixar que o tanque de armazenamento se encha com água destilada 8. Esvaziar o tanque de armazenamento utilizando a linha de drenagem. 9. Preparar uma solução branqueadora a base de cloro até que se obtenha uma concentração de 200 ppm e adicione ao tanque de armazenamento.

(Desconectar a autoclave da corrente elétrica) Incubadora Recomendações de limpeza 1. 4. Isto se pode realizar com uma peça de pano fino umedecida. Manutenção trimestral 1. 6 de 6 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO . que permite extrair seu conteúdo. Limpar internamente a câmara de esterilização. Autoclave Manutenção semanal Responsável: Operador do equipamento 2. utilizando produtos de limpeza que não contenham cloro. Geralmente. na parte inferior do gerador.POP Data da Emissão: Data de Vigência: Próxima Revisão: Julho/2010 21/06/2010 Julho/2011 ÁREA EMINENTE: MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE LABORATÓRIO Cuidado com o microscópio Freqüência: Diária (depois do uso). Se não funcionar.1. com as mesmas especificações da original. instalar uma nova. Limpar externamente o espectrofotômetro. Limpar as superfícies externas inoxidáveis com um detergente suave. Versão Nº: 01 . Drenar o gerador de vapor. 3. Utilizar produtos adequados. Limpar o interior do gerador de vapor. Verifique se a lâmpada está limpa e em bom estado. Utilizar um detergente suave para limpar as superfícies de fácil acesso. essa limpeza se faz ao finalizar as atividades da semana. Para isto se abre uma válvula. 6. Microscópio Pag.

Limpar o condensador. Não aplicar diretamente esta solução nas lentes. limpar cuidadosamente e reinstalar. 3. 1.2. Utilizar a pêra para soprar o ar. objetivos e do condensador. 2. Freqüência: Cada mês. Retirar o mecanismo de sujeira das placas porta amostras. Retirar as partículas de poeira dos oculares. Na contaminação. Limpar o carro porta amostras. se não em papel para limpar lentes e esfregar suavemente a superfície dos mesmos com papel mencionado. Remover as partículas de poeira que possa ter no corpo do microscópio. limpar a superfície das lentes com solução limpadora de lentes. . 3. Usar uma proteção de tela umedecida com água destilada.