P. 1
Apresentação - Ligas Metálicas

Apresentação - Ligas Metálicas

|Views: 15.738|Likes:
Publicado porMarisa Milhano
© Copyright Marisa Milhano 2011
© Copyright Marisa Milhano 2011

More info:

Published by: Marisa Milhano on Aug 31, 2011
Direitos Autorais:Traditional Copyright: All rights reserved

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

06/18/2013

pdf

2 de Dezembro de 2010

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
PROPRIEDADES CARACTERÍSTICAS DOS METAIS:

Dureza

METAIS
Condutividade térmica Condutividade eléctrica

Apesar disso, nem sempre existe um metal que, na sua forma pura, apresente as características exactas pretendidas para uma determinada aplicação. Para estas situações, recorre-se às ligas metálicas.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
FORMAÇÃO DAS LIGAS METÁLICAS:

Metal Metal Não-metal

Processo de Fusão
Liga metálica Processo de Compressão

As ligas metálicas formam-se através de alterações na estrutura do metal principal, que é normalmente um metal de transição, como por exemplo:
Níquel (Ni)

Cobre (Cu)

Tungsténio (W) Ouro (Au)

Zinco (Zn)

Mercúrio (Hg)

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
As alterações que ocorrem na estrutura do metal principal são normalmente alterações por substituição de átomos de outros elementos:

Liga metálica substitucional
Figura 1: Exemplo duma liga metálica substitucional, a liga de cobre e níquel, em que os átomos de cobre substituem as posições atómicas dos átomos de níquel.

Este tipo de liga ocorre quando os átomos dos elementos possuem dimensões semelhantes, estruturas electrónicas similares ou a mesma estrutura cristalina.

Por outro lado, quando os raios atómicos são muito diferentes, os átomos mais pequenos ocupam os intervalos entre os átomos maiores

Liga metálica intersticial
Figura 2: Comparação entre uma liga metálica substitucional e uma liga metálica intersticial.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
PRINCIPAIS VANTAGENS DAS LIGAS METÁLICAS

Poder-se controlar as • O que resulta numa infinidade de possibilidades para a composição percentagens dos qualitativa e quantitativa das ligas seus constituintes metálicas

Poder-se realizar a adição de diferentes componentes

• O que conduz a propriedades bastante diferentes das originais.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
CLASSIFICAÇÃO DAS LIGAS METÁLICAS

Metal predominante:
• Ligas de Cobre • Ligas de Alumínio • Ligas de Chumbo

Número de componentes que as constituem:
• Ligas Binárias • Ligas Terciárias

Principal propriedade que apresentam:
• Ligas Leves • Ligas de elevado ponto de fusão

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS PELO CONSUMO DOS METAIS E DAS LIGAS METÁLICAS

Indústria Automotiva

Indústria aeronáutica

Indústria naval

Indústria da construção civil

Indústria electrónica

Comunicação

Medicina

Produção de ornamentos

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO

Alumínio

Cobre, Zinco, Alumínio, Chumbo

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
Alumínio

Ferro, Níquel, Crómio

Ferro, Alumínio, Cobre

Platina, Alumínio, Níquel

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
Cobre, Estanho, Chumbo, Alumínio, Ferro, Crómio, Níquel

Cobre, Estanho, Chumbo, Alumínio, Ferro

Alumínio

Alumínio

Alumínio

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO

Alumínio, Cobre, Zinco Alumínio Cobre, Estanho, Chumbo, Alumínio, Ferro, Crómio, Níquel

Alumínio

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
Titânio

Estanho
Cobre Chumbo

Alumínio

Níquel

Ferro Crómio

Ligas Metálicas: composição e aplicações

INTRODUÇÃO
EXERCÍCIOS DE CONSOLIDAÇÃO Ferro Titânio Metal Metal

Aço
Bronze Platina Amálgama Estanho Latão

Liga Metálica
Liga Metálica Metal Liga Metálica Metal Liga Metálica

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE

Coloração avermelhada

Dúctil

Maleável

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE
BRONZE
O estanho aumenta a resistência mecânica e a dureza do cobre, sem alterar a sua ductibilidade. TIPOS DE BRONZE
- Bronzes de fósforo (Cu, Sn, P)
- Bronzes de silício (Cu, Si). - Bronzes de alumínio (Cu, Al). - Bronzes de estanho (Cu, Sn).

Figuras 11, 12, 13 e 14: Bronze de fósforo, Bronze de alumínio, Bronze de silício e Bronze de estanho, respectivamente.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE
BRONZE
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Resistência estrutural

Não corrosão atmosférica

Facilidade de fundição

Óptimo acabamento (excelente polimento e uso de diversas cores)

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE
BRONZE
APLICAÇÕES

Armas

Ferramentas Metálicas

Peças de maquinaria

Moedas

Estátuas

Sinos

Bocais para saxofones

Bocais para trompetes

Bocais para trombones

Figuras 15, 16, 17 e 18: Estátuas, moeda e trompete com bocal em bronze.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE
LATÃO
Liga metálica de cor amarelo metálico, semelhante à do ouro, podendo ter pequenas quantidades de outros elementos, como o alumínio, o estanho, o chumbo ou arsénio, o que amplia algumas características da liga. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Altamente resistente à corrosão Mais forte, mais duro e mais resistente que o cobre puro

Excelente acabamento

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE
LATÃO
TIPOS DE LATÃO

Latão vermelho

• Contém cerca de 20% zinco, é muito maleável e pode ser convertido em lâminas finíssimas.

Latão amarelo
Latão branco

• Contém 20% a 40% de zinco, e utiliza-se sobretudo no fabrico de peças de maquinaria.

• Contém 80% de zinco, e é bastante quebradiço, e portanto só pode ser usado em fundição.

Figuras 19, 20 e 21: Peças dum barco, âncora e peças de maquinaria em latão.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE
LATÃO
APLICAÇÕES

Armamento

Ornamentação casas de banho

Ornamentação de cozinhas

Constituição de tubos condensadores

Terminais eléctricos

Tachos

Instrumentos musicais de sopro

Jóias
Figuras 22, 23, 24, 25 e 26: Torneira, dobradiça taça, harmónica e portajóias em latão.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE
CUPRONÍQUEL
É a liga de cobre que apresenta a maior resistência à corrosão, devido ao efeito do níquel, que influencia a estrutura da liga e aumenta a sua passividade, em comparação com o cobre puro. APLICAÇÕES

Manufactura de moedas

Condensadores

Equipamentos de destilação
Figura 27: Moedas em cuproníquel.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE COBRE
CUPRONÍQUEL
CONSTANTAN

Produção de instrumentos de medição

Fios para resistências eléctricas

Aplicações de altas tensões e temperatura

Figura 28: Fios para resistências eléctricas de constantan.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE ESTANHO

Coloração prateada

Pouco dúctil

Maleável

Figura 36: Estanho puro.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE ESTANHO
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS O estanho sólido tem duas variedades alotrópicas, ou seja, duas formas estruturais. - A baixas temperaturas, existe na forma "cinzenta" ou estanho alfa (α), que apresenta estrutura cristalina cúbica. - Quando aquecido acima de 13,2 °C, muda para a forma "branca" ou estanho beta (β), com estrutura cristalina tetragonal.

Frágil quando aquecido

Baixo ponto de fusão

Altamente cristalino

Elemento relativamente escasso na crosta terrestre, com uma abundância de 2 ppm (m/m)

Resistente à corrosão

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE ESTANHO
APLICAÇÕES

Armas

Utensílios

Revestimentos e acabamentos

Soldas

Fusíveis

Fios de circuitos eléctricos e electrónicos

Ligas supercondutoras

Âncoras

Decoração de objectos

Fixador de tintas

Vidros e espelhos

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE ESTANHO

Figuras 37, 38, 39, 40, 41, 42 e 43: Aplicações do estanho.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE ESTANHO

ESTANHO

Revestimento acabamento

Fixador de tintas

Solda

Vidros e Espelhos

Supercondutor eléctrico

Cloreto de Estanho

Outros sais de Estanho
Liga Estanho/Nióbio

Tabela 1: Identificação de diversas aplicações de algumas ligas de estanho e compostos derivados.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE FERRO

Coloração cinzenta

Duro

Maleável

Dúctil

Ferromagnético

Figura 44: Torre Eiffel – exemplo de aplicações no ferro na construção.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE FERRO
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS É o elemento mais pesado que se produz por um processo de fusão exotérmico, e o mais leve produzido por fissão, isto porque o seu núcleo tem a mais alta energia de ligação nuclear (energia necessária para remover um protão ou um neutrão do núcleo).

Figura 45: Peças em Aço.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE FERRO
AÇO
O aço é mais dúctil e mais facilmente moldado através da forja, laminação e da extrusão. Existem vários tipos de ferro, podendo variar a sua quantidade de carbono, a sua composição química, a sua estrutura e a sua aplicação.

Figura 45: Cabos de Aço.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE FERRO
Quantidade de impurezas entre 2% e 5% Quantidade de impurezas acima de 5%

Baixa-Liga
APLICAÇÕES

Alta-Liga

Produtos laminados

Ferramentas

Construção

Turbinas a vapor

Utensílios domésticos

Lâminas de barbear

Navios
Figuras 46 e 47: Monitor fixo de um canhão e panelas feitas em aço

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE FERRO
AÇO INOXIDÁVEL
O aço inoxidável é bastante mais resistente à oxidação atmosférica do que o anterior devido à presença do crómio, que resiste muito mais facilmente à corrosão. Isto porque o crómio existente na liga oxida-se em contacto com o oxigénio do ar, dando origem a uma fina película estável, de óxido de crómio (Cr2O3) que se forma na superfície exposta ao meio, protegendo assim o aço da corrosão.

APLICAÇÕES
Talheres Utensílios domésticos

Facilidade de limpeza Resistência mecânica Resistência às variações bruscas de temperatura Material reciclável

Electrodomésticos

Relação custo/benefício favorável

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE FERRO
AÇO-NÍQUEL
Principal característica: - Resistência à mecânica
Canhões Material de blindagem

AÇO-TUNGSTÉNIO
Principal característica: - Alta dureza
Brocas Pontas de canetas
Figuras 48 e 49: Aplicações do aço-níquel e do açotungsténio

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE OURO

Coloração amarelada

Quebradiço

Maleável

Figura 60 e 61: Ouro puro.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE OURO

A quantidade de ouro nas suas ligas é expressa, geralmente, em quilates (K), que indicam o número de partes de ouro em 24 partes da liga.

Assim, se uma jóia de ouro tiver, por exemplo, 75% em ouro, o número de quilates é igual a 24 x 0,75 = 18K.

Ouro puro

24 quilates

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE OURO
APLICAÇÕES Ouro 24K (puro) 22K 20K 18K 16K 14K 12K 9K Liga (prata, cobre, paládio, níquel, etc.) 0% 9,17% 20,04% 33,33% 50,15% 71,52% 100,00% 166,66%

Moedas

Joalharia

Adornos religiosos

Reservas bancárias

Medalhas

Tabela 2. Relação entre quilates e percentagem de outros metais nas ligas de ouro.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE OURO
TIPOS DE OURO O ouro de lei é a liga de ouro cujo número de quilates é determinado por disposição governamental, variando de país para país.
Tipo de Ouro Cor

Ouro + 2/3 de prata + 1/3 de cobre
Ouro + 1/3 de prata + 2/3 de cobre Ouro + prata + zinco Ouro + prata + ferro (ou aço) Ouro + cobre (18%) + prata (15%) Ouro + paládio (16,66%) + prata (16,66%) Ouro + prata
Tabela 3. Relação entre diferentes tipos de ouro e a respectiva cor predominante.

Ouro Amarelo
Ouro Rosa Ouro Azul Ouro Negro Ouro Vermelho Ouro Branco Ouro Verde
Figuras 69, 70, 71 e 72: Ouro amarelo, ouro branco, ouro negro e ouro rosa, respectivamente.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE OURO
APLICAÇÕES INDUSTRIAIS

Escudos de calor

Díodos

Circuitos impressos

Pinos de Ligação

Contactos eléctricos

Próteses dentárias

Tratamento de artrite

Fotografia

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE MERCÚRIO

Metal líquido à temperatura ambiente

Bom condutor da electricidade

Inodoro

Elemento extremamente raro 0,08 ppm
Figura 50: Mercúrio puro.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE MERCÚRIO
APLICAÇÕES
Instrumentos para laboratórios Termómetros Eléctrodos

Instrumentos para medir pressão do sangue

Lâmpadas

Espelhos

Figuras 51 e 52: Termómetro e lâmpadas de mercúrio.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE MERCÚRIO
AMÁLGAMAS
Combina-se facilmente com outros metais formando ligas metálicas e produzindo

Amálgamas
Substâncias formada pela reacção do mercúrio com outro metal Ouro-mercúrio Prata-mercúrio

Extracção do ouro dos minérios

Muito importantes na medicina dentária

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE MERCÚRIO
AMÁLGAMAS
As amálgamas são usadas na medicina dentária por um número variado de motivos: primeiro porque são baratas e relativamente fáceis de utilizar e manipular (mesmo após a colocação) e segundo porque têm uma grande longevidade. Contudo, estas têm sido ultimamente substituídas pelo bismuto que apresenta propriedades semelhantes, sendo no entanto menos tóxico.

Figura 53: Amálgama de prata-mercúrio a preencher um molar.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE NÍQUEL
Muito similar ao Ferro

Não se transforma facilmente em lâminas

Bom condutor da electricidade e do calor

Dúctil e Maleável

Figura 55: Níquel puro.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE NÍQUEL
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DAS SUAS LIGAS

Possui um elevado ponto de fusão

Elevada resistência das suas ligas a temperaturas elevadas

Suportam condições extremas de corrosão Suportam condições extremas de temperatura Suportam condições extremas de tensão

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE NÍQUEL
NÍQUEL COMERCIALMENTE PURO

Que contém cerca de 99,5% de Níquel. Exemplos: Níquel 200 e Níquel 201, Duraníquel 301
LIGAS BINÁRIAS Essencialmente ligas de Níquel e Cobre, denominada liga Monel, que também pode apresentar pequenas quantidades de Alumínio, Ferro e Titânio;
Figura 57: Liga Monel.

LIGAS TERNÁRIAS

Onde se destacam as ligas de composição Ni-Cr-Fe (Níquel, Crómio e Ferro) e Ni-Cr-Mo (Níquel, Crómio e Molibdénio)
LIGAS COMPLEXAS

Sendo a liga principal é de Ni-Cr-Fe-Mo-Cu (Níquel, Crómio, Ferro, Molibdénio e Cobre)
SUPERLIGAS Ligas de grande importância, especialmente desenvolvidas para serviços sob condições de alta resistência mecânica e altas temperaturas.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE NÍQUEL
APLICAÇÕES
Serviços submetidos a altas temperaturas e à corrosão
Protecção de campos magnéticos

Motores marítimos

Turbinas de avião

Instalações químicas e petroquímicas

Dispositivos de robótica

Centrais nucleares

Cordas de guitarra e de outros instrumentos

Catalisador de hidrogenação de óleos vegetais

Material para laboratórios químicos

Figuras 57, 58 e 59: Turbina dum avião, parafusos e pistola fabricados com níquel.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE NÍQUEL
Ligas de Níquel Elevada Permeabilidade Magnética  Elevada resistência à corrosão Apresenta carácter de liga de memória de forma Superelasticidade Elevada resistência às altas temperaturas  Algumas Aplicações

Mu-metal (ligas Ni-Fe)

- Protecção de campos magnéticos; - Motores marítimos; - Turbinas de avião; - Instalações químicas e petroquímicas;

Monel (ligas Ni-Cu) Nitinol-55 (ligas Ni-Ti)

- Dispositivos de robótica; - Catalisador de hidrogenação de óleos vegetais; - Cordas de guitarra e de outros instrumentos; - Centrais nucleares; - Material para laboratórios químicos.

Outras ligas de Ni

Tabela 4: Identificação das diversas características e respectivas aplicações de algumas ligas de níquel.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE PRATA

Metal mais branco que se conhece Poder de reflexão da luz elevado

Maleável

Figura 73: Prata.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE PRATA
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS
Grande brilho metálico

A prata é conhecida pelo Homem desde a PréHistória, estimando-se que a sua descoberta se realizou pouco tempo depois da do ouro e do cobre.
A prata possui várias gradações que indicam o seu nível de pureza. PRATA 1000
1000 partes de prata

Muito maleável

Óptimo condutor da corrente eléctrica

Liga de prata utilizada apenas em casos especiais, como a filigrana, onde se ornamentam trabalhos com fios muito finos e pequeninas bolas de pratas, soldadas de forma a compor um desenho. Peças confeccionadas com prata 1000 ficam com um grau de dureza muito baixo, arranhandose e deformando-se facilmente.

Figura 74: Coração em filigrana de prata.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE PRATA
PRATA 950
950 partes de prata para 50 partes de cobre

Liga maioritariamente utilizada na joalharia artesanal, por ser mais macia ao trabalhá-la. Apresenta muito brilho e uma grande dureza.
Figura 75: Colar em prata 950.

PRATA 925
925 partes de prata para 75 partes de cobre

Esta liga é a mais usada na indústria de jóias em prata. É mais dura e resistente que a anterior.
Figura 76: Pulseira em prata 925.

Prata 950

Prata de Lei

Prata 925

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS DE PRATA
Abaixo dessas ligas temos a Prata 900 e a Prata 800, de qualidade inferior, que é a usada apenas para banhar outros metais como latão, estanho e ferro, para fazer, por exemplo, talheres. PRATA 600
60% Ag + 40%Cu

Muito usada na fabricação de objectos decorativos.

APLICAÇÕES Radiadores para automóveis Peças para automóveis

Produção de pelas de instrumentos musicais

Figuras 77, 78 e 79: Talheres em prata 800, escultura em prata 600, e jante com peças em prata

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS COM MEMÓRIA DE FORMA
Ligas com memória de forma ou SMA (Shape Memory Alloys) são ligas que possuem a capacidade de, depois de sujeitas a uma deformação severa, recuperar a sua forma original. A primeira liga de memória de forma a ser descoberta foi o NiTinol, abreviatura de Níquel (Ni), Titânio (Ti) e Naval Ordeance Laboratory (NOL).
Figura 80: Liga com memória de forma, o NiTinol

Quando combinados em ligas, possuíam propriedades de impacto invulgares As suas tiras de metal podiam ser dobradas e desdobradas inúmeras vezes sem se quebrarem Quando aquecidas as tiras voltavam à sua forma inicial

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS COM MEMÓRIA DE FORMA
Esta liga tem um número aproximadamente igual em átomos de níquel e titânio, e volta a adoptar a sua forma original quando deformado, devido ao seu arranjado cristalino no estado sólido.

Arranjo cristalino simétrico

Austenite

Quando os metais são arrefecidos abaixo da temperatura de transição de fase

Martensite

A partir desta temperatura de transição para baixo, o material é maleável, podendo ser dobrado em diversas formas.

Figuras 81 e 82: Austenite e martensite.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS COM MEMÓRIA DE FORMA
Outras ligas de memória são as de ligas de ouro-cádmio, cobre-alumínio e cobre-alumínio-níquel (apesar de algumas serem mais plásticas que propriamente ligas de memória).
Figura 83: Liga de memória de forma, cobrealumínio-níquel, utilizada nas cordas duma guitarra.

APLICAÇÕES
Aeronáutica Cateteres

Aparelhos dentários

Juntas para tubagens
Em robótica para simular tendões e músculos

Instrumentos cirúrgicos

Ar condicionados

Extintores de incêndios

Interruptores sensíveis a temperaturas

Armações de óculos

Filtros para a veia cava que retêm os coágulos

São usadas para substituir ossos fracturados (ex: anéis para as vértebras)

Ligas Metálicas: composição e aplicações

LIGAS COM MEMÓRIA DE FORMA

Figuras 84, 85, 86, 87 e 89: Utilizações de memórias de forma num avião caça F1, óculos, próteses, fios e tubagens.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

RECICLAGEM DE MATERIAIS (METAIS E LIGAS METÁLICAS)
RECICLAR
- dar um novo uso a um material que já foi utilizado, transformando-o noutro material útil.
- é um método de diminuir a quantidade de resíduos, poupando recursos naturais e energéticos. - para que os materiais possam ser reciclados, é necessário que sejam separadamente depositados, recolhidos e transportados.

Regra geral, todos os materiais metálicos usados podem ser recuperados e novamente fundidos.

Figura 96: Processos de reciclagem dos metais.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

RECICLAGEM DE MATERIAIS (METAIS E LIGAS METÁLICAS)
- Recolha

RECICLAR

- Separação - Remoção/separação de impurezas - Compactação

- Conformação - Fundição

Os metais são materiais resistentes, de elevada durabilidade e facilidade de conformação, sendo amplamente usados na sociedade. Quanto à sua composição, os metais podem ser classificados em dois grandes grupos: os ferrosos (compostos por ferro) e os não-ferrosos. Esta classificação baseia-se na predominância do ferro nos primeiros, cuja liga mais importante e utilizada é o aço. Entre os metais não-ferrosos, destacam-se o alumínio, o cobre e suas ligas (como latão e o bronze), o chumbo, o níquel e o zinco.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

RECICLAGEM DE MATERIAIS (METAIS E LIGAS METÁLICAS)
METAIS FERROSOS

Metais ferrosos

Indústrias metalúrgicas

Aço

Sucata

- 1140kg de minério de ferro

Por cada tonelada de aço reciclado

- 154kg de carvão

- 18kg de cal

Ligas Metálicas: composição e aplicações

RECICLAGEM DE MATERIAIS (METAIS E LIGAS METÁLICAS)
METAIS FERROSOS A reciclagem do aço, um metal ferroso, é algo muito importante hoje em dia. Uma lata de aço reciclada pode voltar às nossas casas sob a forma de, por exemplo, uma maçaneta, uma tesoura, um automóvel ou uma outra lata. O aço pode tomar uma nova forma no processo de fundição da sua reciclagem, sem perder as suas características, sendo por isso totalmente (“infinitamente”) reciclado.

Figura 97, 98, 99 e 100: Exemplos da reciclagem de uma lata.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

RECICLAGEM DE MATERIAIS (METAIS E LIGAS METÁLICAS)
METAIS NÃO-FERROSOS Já no caso dos metais não-ferrosos, estes são encaminhados para indústrias de fundição, respeitando parâmetros específicos de processamento. O alumínio é um dos metais não ferrosos mais usados. É totalmente reciclável. A reciclagem deste metal é feita a partir de sobras do próprio processo de produção como da sucata gerada por produtos de uso corrente. A reciclagem dos metais a partir de objectos usados é essencial para a poupança de recursos naturais (minérios), que são finitos, limitados e permite grande redução de gastos energéticos na sua extracção.

Figuras 101 e 102: Sucata de Alumínio e mina a céu aberto.

Ligas Metálicas: composição e aplicações

RECICLAGEM DE MATERIAIS (METAIS E LIGAS METÁLICAS)
PRINCIPAIS VANTAGENS Assim, a grande vantagem da reciclagem dos metais é evitar as despesas da fase de redução do minério a metal, visto que esta envolve um elevado consumo de energia e requer transporte de grandes volumes de minério, assim como instalações caras, destinadas à produção em grande escala.

Sendo assim, as principais vantagens da reciclagem de metais são:
• a economia de minérios/matérias-primas • a poupança de energia • a poupança de água • a diminuição das áreas degradadas pela extracção dos minérios • a diminuição de resíduos/poluição • a criação de empregos e recursos económicos para os intermediários no processo da reciclagem

Ligas Metálicas: composição e aplicações

CONCLUSÃO

As ligas metálicas ganharam muita importância na sociedade, facto principalmente justificado pela vasta gama de aplicações que lhes foram dadas. Com a evolução da Ciência e da Tecnologia, o homem ganhou novas necessidades na sua vida e as ligas metálicas foram acompanhando-as. Actualmente, é possível fazer uma escolha dos materiais componentes das ligas adequada não só às necessidades, assim como também à rentabilização e reutilização das mesmas. Assim, ao compreendermos a importância das ligas metálicas, é fundamental haver uma gestão racional e sustentável dos recursos naturais que o homem tem à sua disposição. Por fim, concluímos então o quão importantes são as ligas metálicas na sociedade contemporânea e que o seu estudo é cada vez mais importante.

Figura 103: Burj Khalifa, o edifício mais alto do Mundo (com 828m de altura).

Ligas Metálicas: composição e aplicações

CONCLUSÃO
EXERCÍCIOS DE CONSOLIDAÇÃO Liga Metálica Bronze Constituição Cobre + Níquel

Latão
Amálgama Constantan Solda

Cobre + Zinco
Cobre + Estanho Chumbo + Estanho Mercúrio + Prata

Ligas Metálicas: composição e aplicações

CONCLUSÃO
EXERCÍCIOS DE CONSOLIDAÇÃO Liga Metálica Bronze Aplicações Instrumentos para medição

Aço inoxidável
Amálgama Constantan Prata de Lei

Estátuas
Jóias Talheres Restauração dos dentes

Ligas Metálicas: composição e aplicações

CONCLUSÃO
EXERCÍCIOS DE CONSOLIDAÇÃO

1. As ligas são soluções sólidas formadas exclusivamente por metais. 2. Uma jóia de ouro de 24K possui 75% de ouro puro.

F F

V

3. O NiTiNol é uma liga com “memória de forma” constituída essencialmente por níquel e ferro. 4. O bronze é uma liga de cobre e zinco que apresenta grande resistência à corrosão. 5. As amálgamas são ligas de Mercúrio com outros metais.

F

V

6. O aço é uma liga de titânio e carbono que pode apresentar propriedades diversas, dependendo da sua composição

F

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Bibliografia
COSTA, Alexandre, FERREIRA, Ana Margarida, COSTA, Ana Maria, “Química 12ºano – volume I” Plátano Editora, Lisboa, 2ª edição, Agosto 2009. ISBN: 978-972-770-676-1 Páginas: 59 a 73. DANTAS, Maria da Conceição, RAMALHO, Marta Duarte, “Jogo de Partículas – Química 12ºano”, Texto Editores, Lisboa, 1ªedição, 2009. ISBN: 978-972-47-3874 Páginas: 37 a 42. GIL, Vitor, PAIVA, João, FERREIRA, António José, VALE, João, “12Q – Química 12ºano”, Texto Editores, Lisboa, 1ªedição, 2009. ISBN: 978-972-47-3877-2 Páginas: 31, 32 e 33

Webgrafia
Ciências 3C’s, “A reciclagem”, http://ciencias3c.cvg.com.pt/reciclagem.htm Escola Secundária Aquilino Ribeiro, “Ligas com memória de forma”, http://page.esec-aquilinoribeiro.rcts.pt/quimica/album/metaismem.pdf IPL, “Níquel e as ligas de Níquel”, http://www.estg.ipleiria.pt/files/288121 _trab_nique_459256a9a9488.pdf Lasul – Metais decorativos, “Latão”, http://www.lasul.com.br/pages/veja-mais/o-que-e-latao.php Moreira, Marcelo F., “Ligas Metálicas”, http://www.dalmolim.com.br/EDUCACAO/ MATERIAIS/Biblimat/ligas.pdf MSPC, “Estanho – Sn”, http://www.mspc.eng.br/quim1/quim1_050.asp

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia
Mussoi, Carlos Roberto Santana, “Corrosão Seletiva Nas Ligas Cuproníquel (90-10) Empregadas Em Trocadores De Calor De Usinas Hidrelétricas”, COTEQ, http://www.aaende.org.ar/ sitio/biblioteca/material/PDF/COTE043.PDF
Química 12, “Liga Metálica com Memória de Forma”, http://quimica12 mafra.blogspot.com/2009/09/liga-metalica-com-memoria-deforma.html Seed - Schlumberger Excellence in Educational Development, “Resistividade - Temperatura e resistividade do Constantan”, http://www.seed.slb.com/v2/faqview.cfm?id=397&Language=PT Shvoong, “Reciclagem dos Metais e Ligas com Memórias de Forma”, http://pt.shvoong.com/books/490546-reciclagem-dos-metais-ligascom/ Wikipédia, “Aço”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/A%C3%A7o Wikipédia, “Aço Inoxidável”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/ A%C3%A7o_inoxid%C3%A1ve Wikipédia, “Alpaca (liga metálica)”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org /wiki/Alpaca_(liga_met%C3%A1lica Wikipédia, “Amalgam”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://en.wikipedia.org/wiki/ Amalgam_%28dentistry%29 Wikipédia, “Bronze”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Bronze Wikipédia, “Bronze (escultura)”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/ wiki/Bronze_(escultura) Wikipédia, “Cobre”, Wikipédia - A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Cobre Wikipédia, “Cuproníquel”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/ Cupron%C3%ADquel

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia
Wikipédia, “Estanho”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Estanho Wikipédia, “Ferro”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Ferro Wikipédia, “Konstantan”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Konstantan Wikipédia, “Liga Metálica”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/ Ligas_met%C3%A1licas Wikipédia, “Mercúrio (elemento químico)”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia. org/wiki/Merc%C3%BArio_%28elemento_qu%C3%ADmico%29#Aplica.C3.A7.C3.B5es Wikipédia, “Monel”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Monel Wikipédia, “Níquel”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/N%C3%ADquel Wikipédia, “Ouro”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Ouro Wikipédia, “Prata”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Prata Wikipédia, “Tungsténio”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/ Tungst%C3%AAnio Wikipédia, “Zamac”, Wikipédia – A enciclopédia livre, http://pt.wikipedia.org/wiki/Zamac WorldLingo, “Constantan”, http://www.worldlingo.com/ma/enwiki/pt/Constantan WorldLingo, “Nicromo”, http://www.worldlingo.com/ma/enwiki/pt/Nichrome

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura da Capa http://fc05.deviantart.net/fs10/i/2006/156/d/a/Metal_Hurlant_by_paikan07.jpg Figura 1 http://www.dalmolim.com.br/EDUCACAO/ MATERIAIS/Biblimat/ligas.pdf Figura 2 http://www.dalmolim.com.br/EDUCACAO/ MATERIAIS/Biblimat/ligas.pdf Figura 3 http://blogoexisto.blogspot.com/2008_10_01_archive.html Figura 4 http://www.agentedesportivo.com/?p=2948 Figura 5 http://www.transportabrasil.com.br/2009/02/alianca-navegacao-e-logistica-incorpora-novos-navios-no-servico-de-cabotagem/ Figura 6 http://www.94fm.com.br/editorias_noticia.asp?nomeEditoria=Geral&idNoticia=2861&nomeNoticia=Crise+faz+fam%EDlia+viver+sozinha+ em+pr%E9dio+de+32+andares+na+Fl%F3rida Figura 7 http://www.electronica-basica.com/electronica-basica.html Figura 8 http://www.educ.fc.ul.pt/icm/icm99/icm42/conicas2.htm Figura 9 http://portuguese.alibaba.com/product-tp/surgical-instruments-100643588.html

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 10 http://theglam.blogtv.uol.com.br/2008/04/18/joias-online Figura 11 http://portuguese.alibaba.com/product-gs/c51000-phosphor-bronze-rod-202099296.html Figura 12 http://www.vidropaulo.com.br/23.html Figura 13 http://www.zeusdobrasil.com.br/linha-viva-linha-morta Figura 14 http://lista.mercadolivre.com.br/ANTIGO-CRUCIFIXO-BRONZE-E-ESTANHO Figura 15 http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Persee-florence.jpg Figura 16 http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Statua_Marco_Aurelio_Musei_Capitolini_Fronte.JPG Figura 17 http://www.quebarato.com.br/moeda-500-reis-brasil-republica-bb-1922-bronze-aluminio-s-numistar-__AEE83.html Figura 18 http://www.trevorjonesltd.co.uk/Stagg_Marching_Trombone_88-MTB.htm Figura 19 http://www.ptnauticmodel.net/forum/viewtopic.php?t=735

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 20 http://www.emule.com.br/lista.php?categoria=9177&pag=1&ordem=MENOS_OFERTADOS Figura 21 http://www.dtamangueiras.com.br/?p=produtos&cat=5 Figura 22 http://www.aquariofilia.net/forum/lofiversion/index.php/ Figura 23 http://shopping.tray.com.br/oferta/1002979-torneira-de-latao-conexao-34-bsp-bremen-2979/id:176566 Figura 24 http://www.misticky.com.br/index.asp?PagAtual=1&VarPagMax=10&NumPagMax=10&Submit=3&secao=18&categoria=45&subcategoria Figura 25 http://www.silentrunningaudio.com/ImageGallery/SRAmisc.asp Figura 26 http://todaoferta.uol.com.br/comprar/porta-joias-madeira-detalhe-em-latao-modelo-caixa-bau-08FGOVPJGC Figura 27 http://moedas-do-mundo.blogspot.com/2009/11/200-escudos-1996-portugal-comemorativa.html Figura 28 http://www.apxfr.com/produits.php?lang=en Figura 29 http://bragacity.olx.pt/moeda-muito-bonita-de-alpaca-1-00-de-1964-5-00-iid-89885073

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 30 http://colecionavel.blogspot.com/2008_02_01_archive.html Figura 31 http://ilovemusicnet.blogspot.com/2010/05/violao.html Figura 32 http://forum.jogos.uol.com.br/Eu-sou-o-cara-mais-frouxo-do-VT-e-neste-topico-eu-digo-o-porque_t_551506?page=17 Figura 33 http://redlinegrandprix.com/Redline_GP_Chaparral.html Figura 34 http://www.obravip.com/produto/4698-macaneta-interna-cromada-conjunto-arquiteto-6235-zamac-la-fonte Figura 35 http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-155214180-espada-napoleo-com-bainha-medieval-coleco-decoraco-_JM Figura 36 http://www.emovendo.net/magnet/tin-metal-element-1lb-shot-9996.html Figura 37 http://www.noticiasautomotivas.com.br/img/b/bmw-m3-motor-v8.jpg Figura 38 http://bp0.blogger.com/_k0ndYMcXTL0/SHYGpGS8h4I/AAAAAAAAAPM/L3xhg8CzmMU/s1600-h/cassiterita.gif Figura 39 http://www.dforceblog.com/wp-content/uploads/2008/12/reciclar-aluminio.jpg Figura 40 http://www.alumaci.com.br/telhas.htm

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 41 http://www.chipplaza.com.pt/fusivel%5B1%5D.jpg Figura 42 http://ericeira-lisboa.olx.pt/tabuleiro-estanho-iid-3979622 Figura 43 http://www.defesanet.com.br/tecno/niobio1.htm Figura 44 http://turismonospaises.blogspot.com/2010_04_01_archive.html Figura 45 http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Steel_wire_rope.png Figura 46 http://www.centralparkfire.com.br/canhao-portatil/canhao.html Figura 47 http://www1.tescoma.com/pt/scripts/katalog.php?gid=3010020000&id=726010 Figura 48 http://darozhistoriamilitar.blogspot.com/2009/07/o-navio-construido-com-o-aco-do-world.html Figura 49 http://www.bosch-do-it.com.pt/bricoleiros/sabermaissobrebricolage/gloss%C3%A1rio/tipos-de-broca.shtml?alpha=84 Figura 50 http://divyanshparmar.fastpage.name/mercuryliqued/ Figura 51 http://maisindaia.com.br/site/?p=5813

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 52 http://portuguese.alibaba.com/product-gs/mercury-lamps-209555635.html Figura 53 http://en.wikipedia.org/wiki/File:Filling.jpg Figura 55 http://www.vmetais.com.br/SiteCollectionImages/_imgsConteudo/Niquel/imgInterna_Niquel_niquelEletrolitico.jpg Figura 56 http://11afqa.wikispaces.com/file/view/petroleo.jpg/64923774/petroleo.jpg Figura 57 http://www.monelcomponents.com/ Figura 58 http://www.ping.blog.br/a380-maior-aviao-do-mundo/ Figura 59 http://www.aceros-de-hispania.com/norica-carabinas-pistolas/pistola-government-niquel.asp Figura 60 http://www.niquelacaobrilhante.com.br/html/niquelacao.html Figura 61 http://www.mindat.org/photo-15167.html Figura 62 http://www.atggems.com/Photos_Other3.htm Figura 63 http://tudojoia.blog.br/blog/2009/09/02/ouro-simbolo-de-riqueza/

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 64 http://joias.sthefani.com.br/crucifixo-em-ouro-amarelo-18k-com-brilhantes-p-4333.html Figura 65 http://www.comproouro.com.br/ Figura 66 http://blog.adamnash.com/2007/06/19/the-2007-24k-gold-first-spouse-coins-are-now-available/ Figura 67 http://cidadesaopaulo.olx.com.br/par-de-aliancas-ouro-18k-750-com-brilhante-iid-46649776 Figura 68 http://www.prettygadgets.com/2007/06/14k-gold-and-diamond-usb-drive/ Figura 69 http://www.cydneysantiques.com/index.php?main_page=index&cPath=30_3_37 Figura 70 http://www.casadasaliancas.com.br/produto/985592/Pulseira-Feminina-em-Ouro-Amarelo-PS6157 Figura 71 http://www.submarino.com.br/produto/25/1058091/anel+flores+de+ouro+branco+c/+6+brilhantes+14.1782.1.004 Figura 72 http://msn.bolsademulher.com/moda/acessorios-em-flor_galeria-100387.html?foto=6 Figura 73 http://www.mii.org/Minerals/photosilver.html Figura 74 http://www.feitoria.com.pt/pt/catalogo/feitoria/acessorios/coracao-de-filigrana

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 75 http://portuguese.alibaba.com/product-free/solid-950-silver-margot-de-taxco-design-necklace-104705564.html Figura 76 http://www.bombayharbor.com/products/1681/Silver_Sterling_Silver_Jewelry.html Figura 77 http://afgen.com/silver_investment.html Figura 78 http://myminiaturesite.altervista.org/Spoiler/SpoilerDungeonsofDread.htm Figura 79 http://www.mx5centre.com.au/index.php?main_page=index&manufacturers_id=9 Figura 80 http://3.bp.blogspot.com/_a-cYR4s788c/SpuZHPOVgtI/AAAAAAAAFSU/OpIXV9MEARc/s1600-h/Metal+Rubber+%28A%29.jpg Figura 81 http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Stainless-steel-304-austenite-fracture.jpeg Figura 82 http://www.positive-feedback.com/Issue22/weiland_cryo_interview.htm Figura 83 http://www.ofacil.net/app/sc/gui/Produto.aspx?cnt=49_1_67_1&html=produto&prod=101042&cat=48 Figura 84 http://www.alide.com.br/wforum/viewtopic.php?f=4&t=753&start=1005 Figura 85 http://www.ufrgs.br/ldtm/pesquisa/nitinol/nitinol.htm

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 86 http://www.netzsch-thermal-analysis.com/pt/segmentos-de-mercado-industrias/detail/bid,7.html Figura 87 http://www.eyeglasses-online.com/frames_features.html Figura 88 http://www.g-rau.de/produkte/01memory_e.htm

Figura 90 http://www.dicafeminina.net/wp-content/uploads/2010/02/cozinha-americana.jpg
Figura 91 http://jemiespecialhistoria.blogspot.com/2010/02/casa-de-joe-e-demi.html Figura 92 http://www.ruadireita.com/decoracao/info/como-ter-uma-sala-de-estar-mais-aconchegante/ Figura 93 http://coxixo.com.br/moveis-para-escritorio-%E2%80%93-fotos-e-modelos/ Figura 94 Figura 95 Figura 96 http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/meio-ambiente-reciclagem/imagens/reciclagem-25.jpg

Ligas Metálicas: composição e aplicações

Webgrafia - Imagens
Figura 98 http://meu.submarino.com.br/produto/24/21315658/tesoura+cabeleireiro+fio+navalha+fn+aco+inoxidavel+225c+5.5+-+proart Figura 99 http://www.obravip.com/produto/4698-macaneta-interna-cromada-conjunto-arquiteto-6235-zamac-la-fonte Figura 100 http://www.grzero.com.br/79%C2%BA-salao-do-automovel-de-genebra-2009-fotos-dos-carros/

Figura 101 http://www.ferametais.com.br/sucata-de-aluminio.htm
Figura 102 http://topazio1950.blogs.sapo.pt/235351.html

Ligas Metálicas: composição e aplicações

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->