ALENTEJO – uma SEARA VOCABULAR – 16

“GRITOS na SOLIDÃO – Décimas de Inocêncio de Brito”

“PRESÉPIO – Auto de Natal – S Matias - Beja” in ARQUIVO DE BEJA e-libro.net. 2006 e BUBOK Editora, 2012

16 – S. MATIAS - BEJA

Teatro Casa do Povo – S. Matias - Beja Pode ver em: http://www.joraga.net/iBrito/index.htm e http://www.joraga.net/gilvicente/pags/auto_natal.htm José Rabaça Gaspar – 2013 04

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

2

NOTAS DÉCIMAS de INOCÊNCIO DE BRITO – POETA POPULAR de S. Matias, Beja ‑ GRITOS NA SOLIDÃO – UM POETA ESQUECIDO Inocêncio de Brito, com Recolha e Coordenação e esboço de estudo de José Rabaça Gaspar; e colaboração de Cremilde Brito e José Fialho, bisnetos do Poeta, em representação da família que forneceu fotocópias dos manuscritos; e Maria de Fátima da Vinha Borges e Manuel Alexandre de Sousa Aleixo, em representação do Grupo de jovens de Abril que nos anos setenta andaram a recolher os textos do poeta esquecidos e dispersos; e Manuel de Sousa Aleixo, em representação daqueles que guardam na memória episódios da vida e dos versos que ecoam no presente e no futuro como GRITOS na imensa SOLIDÃO... afinal, Todo o Povo de S. Matias... Pode ver em: http://www.joraga.net/iBrito/index.htm PRESÉPIO – AUTO de NATAL – SÃO MATIAS – BEJA - Por se tratar de um DOCUMENTO bastante extenso e apresentar 3 versões para estudo e possível re/CRIAÇÃO... e já ter sido publicado na REVISTA ARQUIVO DE BEJA - Volume XV - Série III - DEZ. 2000 - em breve será apresentado como eBook ou noutra PÁGINA PRÓPRIA (auto_natal_saomatias_beja) nesta TEIA interminável desta REDE inesgotável - em joraga.net/a_minha_teia_na_rede ... ou, enviada a pedido..

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

GLOSSÁRIO
TERMO origem provável CITAÇÃO / INFORMAÇÃO / Significado
linguagem para imitar a algaraviada cigana?

3
OBRA PÁG.

a lo terceiro dia recurgerás dantre los muertos... Abigail Ana andar lendo comédia antes quero lidar com lobos... ao nosso primitivo viver aos oito dias de nado isto no m’apraj atenta a minha idade atreves-te a dizeres palavras tão discurtezes bailando de-

AUTO SMATIAS – BEJA

Nome inventado de origem bíblica? Nome bíblico e muito comum... Andar a ensaiar para fazer teatro Género de praga ou desabafo viver como antigamente Em vez de nascido há oito dias Em vez de isto não me apraz... tendo em conta a minha idade descorteses, com falta de cortesia

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

em vez de enforcado

AUTO SMATIAS – BEJA

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

4

pendurado Baltazar, que lente é de juízo beber com taxa bem sabeis que meu sentimento que este humilde alargamento nestas palhas e neste feno estais meu divino amante do frio a rigor bastante bom caminho vão levando busque onde estar cabra queixada, que estava muito prenhada caldeira cantar a contrapasso cestinha de

uma forma de elogio ao sábio beber com pose, ou com pinta de bebedor Fala alentejana na boca da Virgem

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

Forma de dizer: Boa Viagem Procurar onde ficar cabra que berra e está prenha

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

utensílio dos pastores - ver outros como ferrada cantar desafinado Cestinho de ovos ou?...

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

ócios compadri, chegue-se às migas co(u)stado cobre por nome tirano com ingrato desvario com realidade de vivo com suas naturezas começando pela circunscrição comer duas figas como empina, tu que la engatis como vossa esposa, prestada a vossos pés Concovidade confundarei o bem com o inferno

Convite típico popular para uma comida regional Em vez de custado será: corre por nome... Com fama de?... Sem pensar bem ou por maldade Em vez de só vivo!... Como homem ou pessoa humana Em vez de circuncisão Gesto / fala para mandar alguém embora, recusar Talvez uma expressão, meio Espanholada, que não descortino Em vez de prostrada

AUTO SMATIAS – BEJA

5

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

Concavidade Confundar ou confundir!?...

AUTO SMATIAS – BEJA

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

6

a vista da cidade se nos tirou de improviso dai pela saúde, de vosso pai João Toicinho dá-lhe lá a borracha depojar-se... descomunidade desmorecereis... desmeresi despojarios

Desapareceu de repente

AUTO SMATIAS – BEJA

Pode ser referência a casos e pessoas conhecidas... Forma de oferecer algo para beber, em especial, vinho, a beber pela "borracha" típica espanhola Desposar?... Descomodidade ou falta de comodidade? de desmorecer - desmerecer...? Talvez de desmorecer - desanimar desposórios ou esponsórios?.. Desposários... ~ desposórios ou esponsórios? Saudação popular com pretensões… elaborada…

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

Deus vos salve companheiros, e vos dê seus auxílios em palhas tão amoentemecido encha a barriga de vento enmaculada

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA Passar fome…? ou comer à tripa forra,? encher a pança imaculada AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

Entenrimento enxugando as pelavancas era um poço sem fundo de canadas e quartilhos escreva-se em mármores brancos escuta(executa) o meu mandado Está de largo Estava com os olhos no caminho este gato pingado estou sem mim estou arrenegado estive dois anos de assistência Estou fora de mim eu e todos os meus à profia...

Entendimento... ou?

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

7

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

8

porfia Eu não como pão de igreja Eu não posso sofrer-te Eu não te sofro amigo façamos a malhada Fala lá dessas arengas eu para aqui me verei Falar com agudeza Fuzil Glutão, glumaz Grandessíssimo velhaco Gravato Grisante homem de rei bizanos! Homens de Cachaço Homens de grande trato

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

Ide sem detença ilucidada isca jaz sentada no outro mundo juro pela minha avó torta largar o gado levo fingida alegria na cara e verdadeira mágoa no coração lhe dermos salvo de Rei Logo se lhes meteu nos cascos mãi mais fera que um crocodilo manha é estar faminto manha é só das bestas Maria encarnou

AUTO SMATIAS – BEJA Por elucidada AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

9

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

10

obra do Espírito Santo Matar o fastio mim não penetras em enigma tão escuro mim ser pleto mas dos blancos irmão mim ter uns papesinhos Minha memória não podia sonhar tão alto mistério Não me quebra a cabeça com o teu paternear não podemos Herodes mais Pilatos Não vos afligeis neste alforge trago pão, nozes e figos e uma posta de cação e uma

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

borracha com vinho O degalo foi uma guerra viva O que digo na matéria... ó rei maldito mandaste por nada matar vossos filhos o sangue para ser bom há-de nas veias correr O teu negócio é comer Este vinho é singular Obrigado ficarei dos vossos termos tão gratos ofereço senhor esta pele já cevada e este tarro com leite olhos que não

A degola?...

11
AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

12

vêem coração que não sente olvideis Onipotente para que lhe destes salvo de rei para que são conferências para um consilhio os chamo Parecem três defuntos mortos o ano passado parte do meu puovelhar, aquela que a rosto vai Pelica... Pelico perguntar esposo pinturas alvaiades pois cá este managata por devoção te-

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

nho vindo a pé descalço por quem vindes procurar... Procuramos pelo rei Pregas de coletes probreza prognesticou Proporidade tenho desconfianças de ter rotas as goelas que me folga o corpo e o pêlo Quebrando as pernas … rompendo solas e fatos quem não fora nascido neste mundo de trabalhos roem-me os ratos as tripas sangue humano

13
AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

14

a correr rios e regatos Se acha de borrasca cheio sereis por feras berdugas açoutado sinto muita fraqueza nas pernas, na barriga e no umbigo só tenho em mira sofro de mil mortes por dia sou eu do Céu remetido surrão tarro Tem a barriga forrada Tem o andar miudinho Tende mão Isácio na vossa muita esperteza tens na cabeça

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

o vinho tó Mourão tó texugo tocando solfa com os pés tomais este sinal Tomaram o recado às avessas Uma sala com assuntos bem armados um portal Vai mentir ao Carrascal valha-te o demo Vamos às migas Vamos já sem demora os passos continuando vara seca de amendoeira vergindade viangas - viandas

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

15

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

expressão arcaica para carnes

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

16

vindo eu lá da lamêda Vinho a moços é mal feito virá em humildade e modéstia vou a dar ordens às migas vou-me dar ordem às migas

AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA AUTO SMATIAS – BEJA

AUTO SMATIAS – BEJA

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

Gritos na Solidão – DÉCIMAS DE INOCÊNCIO de BRITO – (por páginas 5ª coluna) TERMO origem provável CITAÇÃO / INFORMAÇÃO / Significado
Talvez sentisse a nostalgia… da “vida reinadia…” (Cremilde) …sem pompas nem gabarito… (J Fialho) …p’ra lavrar com meu arado, já falei ao Carrapiço… (João da Torre)

17

OBRA

PÁG.

Vida reinadia gabarito Carrapiço popias
alcunha

DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO

23 25 28 29

bolo

- espécie de biscoito seco, em forma de argola, típico do Alentejo, feito de farinha, açúcar, vinho branco, azeite, banha e canela pupia In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 20032013. [Consult. 2013-04-02]. <URL: http://www.infopedia.pt/lin gua-portuguesa/pupia>.
…conversas com o Blezinho, como era conhecido o Sr. Ma-

DÉCIMAS IBRITO

DÉCIMAS IBRITO

Blezinho

alcunha

DÉCIMAS IBRITO

29

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

18

Apariça Morena Campilhas Selmes Camacho choça denegrida vario maltezóte Sagorro tramela dispoder rudo onipotente excéta

monte monte ribeira povoação nome cabana

nuel Aleixo… As duas herdades que limitam São Matias… (Apariça e Morena) As duas herdades que limitam São Matias… (Apariça e Morena) Na ribeira de Campilhas… Cruzamento para Selmes… Brito Camacho Ai que choça que lá está… Se essa feia denegrida (a fome)… Sinto-me louco, ando vario…

DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO

31 31 32 55 32 32 36 45 47 55 55 59 67 73 93 95

maltez incerto

Agora sou malltezóte… Por aqui tudo me aclama / pelo Sagorro da afama… Perde por dar à tramela… Dispoder dela muito bem… Rudo é quem não percebe… E sêres adorado no mundo / Como um onipotente… A excepta entre as nações…

dispor rude omnipotente

excelsa? Excepto?

DÉCIMAS IBRITO

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

escampar exceta apreteixo dolento Pôtra a(o) rigor de nação RUAZ
nascer pretexto

Não aparece um artista / Que faça chover e escampar… Sua exceta honestidade… Circular no mesmo eixo / Quem não tem o apreteixo… (para rimar com Aleixo) Um pessegueiro mais dolento / Veio-me logo ao pensamento… Um pastor de São Matias que encontrou, um dia Frei Manuel do Cenáculo (1724?) Tem que usar este sistema / Numa Décima a rigor. (José fialho) Nasce logo com a pessoa / O dote é de nação (Augusto José de Almodôvar) David Ruaz (1812 – 1895)

DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO

103 109 124 125 128 130 131

19

dolente alcunha

DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO

DÉCIMAS IBRITO

DÉCIMAS IBRITO

nome

DÉCIMAS IBRITO

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

20

Gritos na Solidão – DÉCIMAS DE INOCÊNCIO de BRITO – (alfabética - 1ª coluna) TERMO origem provável CITAÇÃO / INFORMAÇÃO / Significado
Tem que usar este sistema / Numa Décima a rigor. (José fialho) As duas herdades que limitam São Matias… (Apariça e Morena) Circular no mesmo eixo / Quem não tem o apreteixo… (para rimar com Aleixo) …conversas com o Blezinho, como era conhecido o Sr. Manuel Aleixo… Brito Camacho Na ribeira de Campilhas… …p’ra lavrar com meu arado, já falei ao Carrapiço… (João da Torre) Ai que choça que lá está…

OBRA

PÁG.

a(o) rigor Apariça apreteixo Blezinho Camacho Campilhas Carrapiço choça
monte pretexto

DÉCIMAS IBRITO

130 31 124 29 32 32 55 28 36

DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO

alcunha

DÉCIMAS IBRITO

nome ribeira alcunha

DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO

cabana

DÉCIMAS IBRITO

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

de nação denegrida dispoder dolento escampar exceta excéta gabarito maltezóte Morena onipotente popias

nascer

dispor dolente

Nasce logo com a pessoa / O dote é de nação (Augusto José de Almodôvar) Se essa feia denegrida (a fome)… Dispoder dela muito bem… Um pessegueiro mais dolento / Veio-me logo ao pensamento… Não aparece um artista / Que faça chover e escampar… Sua exceta honestidade… A excepta entre as nações… …sem pompas nem gabarito… (J Fialho) Agora sou malltezóte… As duas herdades que limitam São Matias… (Apariça e Morena) E sêres adorado no mundo / Como um onipotente…

DÉCIMAS IBRITO

131 45 67 125 103 109 95 25 55 31 93 29

21

DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO

excelsa? Excepto?

maltez monte omnipotente bolo

- espécie de biscoito seco, em forma de argola, típico do Alentejo, feito de farinha, açúcar, vinho branco, azeite, banha e canela pupia In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

22
Pôtra RUAZ rudo Sagorro Selmes tramela vario vida reinadia
alcunha

2013. [Consult. 2013-04-02]. <URL: http://www.infopedia.pt/lin gua-portuguesa/pupia>.
Um pastor de São Matias que encontrou, um dia Frei Manuel do Cenáculo (1724?) David Ruaz (1812 – 1895) Rudo é quem não percebe… Por aqui tudo me aclama / pelo Sagorro da afama… Cruzamento para Selmes… Perde por dar à tramela… Sinto-me louco, ando vario… Talvez sentisse a nostalgia… da “vida reinadia…” (Cremilde) DÉCIMAS IBRITO

128

nome rude incerto povoação

DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO DÉCIMAS IBRITO

73 55 32 59 47 23

Alentejo – seara vocabular 16 – Auto de Natal – S. Matias; DÉCIMAS – Inocêncio de Brito

23 trabalho realizado por @ JORAGA Vale de Milhaços, Corroios, Seixal 2013

JORAGA JORAGA

contributo para uma imensa SEARA VOCABULAR – JRG 2013

24

16 – S. Matias - BEJA

Corroios - www.joraga.net - 2013