Você está na página 1de 7

Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Indução Matemática (Indução Fraca)


Contato: nibblediego@gmail.com

Escrito por Diego Oliveira - Publicado em 20/12/2014 - Atualizado em 16/07/2017

O que é:
A indução matemática é uma técnica usada para demonstrar proposições a respeito dos
números inteiros. Não sendo possível utiliza-la com números racionais ou irracionais.

Primeiro princípio de indução:

Seja P(n) uma proposição dependente de n (n ∈ Z), com n ≥ , sendo  um inteiro dado,
supondo que se consiga provar que:

) P() é verdadeira.

) Se k ≥  e P(k) é verdadeira, então P(k + 1) também é verdadeira.

então P(n) é verdadeira para todo n ≥ .

Exemplo 1: Demonstre por indução que Exemplo 2: Demonstre por indução:


o sucessor de qualquer inteiro po- sitivo n é
maior que seu antecessor (n ≥ 1).
n(n + 1)
a) 1 + 2 + · · · + n = (n ≥ 1)
Solução: 2
b) 1 + 3 + 5 + · · · + (2n − 1) = n2
Prova de : (n ≥ 1)
c) 13 + 23 + · · ·+ n3 = (1+ 2+ ...+ n)2
Note que a proposição é valida para 1. (n ≥ 1)
Pois, 2 é sucessor de 1 e 2 > 1.
d) 1 · 2 + 2 · 3 + · · · + n · (n + 1) =
n(n + 1)(n + 2)
Prova de : (n ≥ 1)
3
Se a proposição é válida para k então, ele e) n2 > n + 1 (n ≥ 2)
deve ser menor que seu sucessor.

k<k+1 Solução de a:

Somando 1 em cada membro Prova de :

Observe que a proposição é verdadeira


k + 1 < (k + 1) + 1 para n = 1, pois

1(1 + 1)
k+1<k+2 1= =1
2
Prova de :
Como k + 2 é sucessor de k + 1 então,
pela desigualdade acima a proposição tam- Admitindo que a proposição seja ver-
bém deve ser válida para k + 1. dadeira para um k ∈ A então:

k(k + 1)
Desse modo, pelo princípio de indução a 1+ ···+ k =
proposição é válida para todo n ∈ Z, maior 2
ou igual a 1. Somando (k + 1) em ambos os termos

1
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

k(k + 1) 13 + 23 + · · · + k 3 = (1 + 2 + ... + k)2


1 + · · · + k + (k + 1) = + (k + 1)
2
Somando (k + 1)3 em ambos os membros
chegamos á: então

(k + 1)(k + 2) 13 +23 +· · ·+k 3 +(k+1)3 = (1+2+...+k)2 +(k+1)3


1 + · · · + k + (k + 1) =
2
Como visto na letra  do exercício 1 + 2 +
k(k + 1)
O que mostra que a proposição também ... + k = . Assim, podemos fazer a
seria válida para k + 1. 2
seguinte substituição
Assim, pelo princípio de indução a
proposição é valida para todo n ∈ Z maior
ou igual a 1. 2
k(k + 1)

2 3
(1+2+...+k) +(k+1) = +(k+1)3
Solução de b: 2

Prova de :

A proposição é verdadeira para 1 pois, 2 3


(k + 1)2 (k + 2)2
1 = 12 . (1 + 2 + ... + k) + (k + 1) =
22
Prova de :
2
Se a proposição é verdadeira para k en- (k + 1)(k + 2)

tão: (1 + 2 + ... + k)2 + (k + 1)3 =
2

1 + 3 + 5 + · · · + (2k − 1) = k 2
(1+2+...+k)2 +(k+1)3 = (1 + 2 + ... + (k + 1))2
Note que os valores a direita crescem de
2 em 2 (1, 3, 5,...). Assim o próximo termo Com isso mostramos que se a proposição
da sequencia depois de 2k − 1 seria 2k + 1. é válida para k então ela também é válida
para k + 1. Assim, pelo princípio de indução
a proposição é válida para todo n ≥ 1.
1+ 3+ 5+ · · ·+ (2k − 1)+ (2k + 1) = k 2 + (2k + 1)
Solução de d:

Prova de :
1 + 3 + 5 + · · · + (2k − 1) + (2k + 1) = (k + 1)2
A proposição é válida para 1.
Ou seja, se a proposição é valida para k 1(1 + 1)(1 + 2)
então ela é válida para k + 1. Sendo assim, 1·2=
3
pelo princípio de indução a proposição é ver-
dadeira para todo n ≥ 1. 6=6

Solução de c: Prova de :


prova de : Tomando a proposição como verdadeira
para k então:
A proposição é válida para 1, pois 13 = 12 .

Prova de :
k(k + 1)(k + 2)
Se a proposição é válida para k então 1 · 2 + 2 · 3 + · · · + k · (k + 1) =
3

2
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Somando a ambos os membros (k+ 1)(k+ propriedades:


2)
(1) a ∈ Y;
1 · 2 + 2 · 3 + · · · + k · (k + 1) + (k + 1) · (k + 2) (2) n ∈ Y ⇒ n + 1 ∈ Y.
k(k + 1)(k + 2)
= + (k + 1)(k + 2) Prove que Y contem todos os números
3
naturais maiores do que ou iguais a .
1 · 2 + 2 · 3 + · · · + (k + 1) · (k + 2)
(k + 1)(k + 2)(k + 3) Solução
=
3
Considere um conjunto X =  ∪ Y onde
Com isso mostramos que se a proposição  = {n ∈ N; n < }. Se provarmos que X =
é válida para k então ela também é válida N, então logicamente Y = {n ∈ N; n ≥ }.
para k + 1. Assim, pelo princípio de indução Como a primeira demonstração é mais sim-
a proposição é válida para todo n ≥ 1. ples vamos focar nela.

Solução de e: Nova proposição: Se n ∈ N, então n ∈


X.
Prova de :
Prova de :
A proposição é verdadeira para 2.
Para essa prova temos que analisar dois
casos  > 0 e  = 0.
22 > 2 + 1

4>3
ˆ Se  > 0 então 0∈I o que implica
em 0 ∈ X;
Prova de :
ˆ Se  = 0 então 0 ∈ Y que implica
Se a proposição é verdadeira para k en- que 0 ∈ X.
tão:

Assim, como mostrado em ambos os ca-


k2 > k + 1 sos, a proposição é verdadeira para zero.

Somando 1 em ambos os membros en- Prova de :


tão:
Supondo que k ∈ N, então ou k ∈ I ou
k ∈ Y. Vamos considerar ambas as hipóte-
ses.
k2 + 1 > k + 2

Como (k + 1)2 > k 2 + 1 então


ˆ Se k ∈ I a então k <  que im-
plica que:
(k + 1)2 > k 2 + 1 > k + 2
◦ k + 1 ≥ , nesse caso
O que resulta em (k + 1)2 > k + 2 k + 1 ∈ Y;
◦ ou então k + 1 < ,
Com isso mostramos que se a proposição nesse caso k + 1 ∈ I .
é válida para k então ela também é válida
para k + 1. Assim, pelo princípio de indução
a proposição é válida para todo n ≥ 2. Em todo caso k + 1 ∈ X.

ˆ Se k ∈ Y então k ≥  ⇒ k + 1 >
Exemplo 3: Dado o numero natural ,  ∈ Y que implica novamente que
seja Y ⊂ N um conjunto com as seguintes k + 1 ∈ X, pois Y ⊂ X.

3
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Como o 0 e todos os seus sucessores per- Completando a demonstração.


tencem a X então X = N. O que conduz a
conclusão de que Y = {n ∈ N; n ≥ }. Solução da segunda parte:

Prova de :
Exemplo 4: Use o exercício anterior para Para n = 5 temos:
provar que 2n + 1 < 2n em seguida, que
n ≤ 2 < 2n para todo n ≤ 5. 52 < 25

Solução da primeira parte: Logo a desigualdade é valida para n = 5.

Prova de : Prova de :

Essa proposição simplesmente não Se a formula e verdadeira para k, então:


ocorre para n = 2 (verifique!). No entanto
(k + 1)2 = (2k + 1) + k 2 ≤ 2k + k 2
para n ≥ 3 isso ocorre. Vamos prova-la pela
indução já que pro outro caso isso não seria
Vamos provar que 2k + k 2 < 2k+1 .
possível.
2k + k 2 < 2k+1
Para n = 3 temos: k 2 < 2k+1 − 2k
k 2 < 2k (2 − 1)
2(3) + 1 < 23 k 2 < 2k

Logo a desigualdade é valida para n = 3. Essa última inequação e verdadeira por


hipótese assim:
Prova de :
(k + 1)2 < 2k + k 2 < 2k+1
Se a desigualdade é verdadeira para um Que simplificando fica:
k ∈ N, então:
(k + 1)2 < 2k+1
2k + 2 + 1 = 2k + 2
O que completa a demonstração.
2(k + 1) + 1 = 2k + 2

Exemplo 5: Prove por indução que


Acontece que 2k + 2 < 2k+1 . Veja: n+1 n
 
≤ n, para todo n ≥ 3.
n
2k + 2 < 2k+1
Solução:
2 < 2k+1 − 2k
Prova de :
2 < 2k (2 − 1)
Para n = 3 temos:
2 < 2k 3
3+1

<3
3
Como n = k, então k não pode ser menor
que três. O que prova essa ultima desigual- O que é verdadeiro.
dade. Assim:
Prova de :

2(k + 1) + 1 = 2k + 2 < 2k+1 O que desejamos agora é provar que a


desigualdade
k+1
(k + 1) + 1

<k+1
⇒ 2(k + 1) + 1 < 2k+1 k+1

4
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Ocorre que
k(k + 1)(2k + 1)
k+1 k  1+22 +32 +. . .+k 2 +(k+1)2 = +(k+1)2
(k + 1) + 1 k+2 k+2
  
6
= ·
k+1 k+1 k+1
k(k + 1)(2k + 1)
= + (k + 1)2
6
então podemos escrever a desigualdade
como: (k + 1)(k + 2)(2k + 3)
=
k  6
k+2 k+2
 
· <k+1
k+1 k+1 (k + 1)((k + 1) + 1)(2(k + 1) + 1)
=
6
(k + 2)k+1
<k+1 que implica em:
(k + 1)k+1
1 + 22 + 32 + . . . + k 2 + (k + 1)2
(k + 1)((k + 1) + 1)(2(k + 1) + 1)
(k + 2)k+1 < (k + 1)k+1 (k + 1) = (k + 1)k+2 =
6
Completando a demonstração.
Simplificando:

Exemplo 7: Critique a seguinte argu-


(k + 2)k+1 < (k + 1)k+2
mentação: Quer-se provar que todo numero
natural é pequeno. Evidentemente, 1 é um
O que evidencia a afirmação, concluindo numero pequeno. Além disso, se n for pe-
que: queno, n + 1 também sera, pois não se torna
grande um numero pequeno simplesmente
somando-lhe uma unidade. Logo, por in-
k+1
(k + 1) + 1 dução, todo numero natural e pequeno.

<k+1
k+1
Solução:

O problema aqui ocorreria no passo in-


Exemplo 6: Prove por indução que: dutivo. Pois quando tomamos um n natu-
ral "pequeno" temos de nos perguntar, pe-
queno em relação a que? Se em relação
n(n + 1)(2n + 1) ao maior de todos os números naturais pe-
1 + 22 + 33 + ... + n2 =
6 quenos então n + 1 seria grande?

Solução: Exemplo 8: Use indução para provar que


1
Prova de : 13 + 23 + 33 + . . . + n3 = n2 (n + 1)2
4
A igualdade se verifica para 1. Veja:
Solução:
1(1 + 1)(2(1) + 1)
1= Prova de :
6
A igualdade se verifica para 1.
1=1

1
Prova de : 1= · 12 (1 + 1)2
4
Supondo que a proposição seja ver-
dadeira para k ∈ N, então: 1=1

5
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Exemplo 9: Prove por indução que n! >


n2 , para n > 3.
Prova de :

Considerando a proposição verdadeira Solução:


para k então:
Prova de i:
1
13 + 23 + 33 + . . . + k 3 + (k + 1)3 = · k 2 (k + Para n = 4 a proposição é verdadeira pois
4
1)2 + (k + 1)3 4! > 4.

Prova de ii:
Operando com o lado direito da igualdade
acima facilmente se chega á:
Fazendo n = k + 1 então:
1
· k 2 (k + 1)2 + (k + 1)3
4 n! > n2
k 2 (k + 1)2 + 4(k + 1)3
=
4 ⇒ (k + 1)! > (k + 1)2

E após certa álgebra: ⇒ (k + 1)k! > (k + 1)(k + 1)

k 2 (k + 1)2 + 4(k + 1)3 1 ⇒ k! > k + 1


= (k + 1)2 (k + 2)2
4 4
Que de fato ocorre para todo k > 3. Com-
Concluindo a demonstração. pletando a demonstração.

6
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Este trabalho está licenciado com uma


Licença Creative Commons -
Atribuição-NãoComercial-
CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Esse documento está sujeito a constante atualização ou mesmo correções, por isso,
certifique se que o que você têm em mãos é de fato a última versão do mesmo. Para
saber, bem como ter acesso a vários outros exercícios resolvidos de matemática, acesse:
www.number.890m.com

E se alguma passagem ficou obscura ou se algum erro foi cometido por favor entre em
contato para que possa ser feito a devida correção.

.ƒ cebook.com/ theNmberType

nbbedego@gm.com

.nmber.890m.com