Você está na página 1de 25

27/08/2014

LÍNGUA PORTUGUESA

PROF. DIOGO ARRAIS


@DIOGOARRAIS

• Julgue os itens que se seguem, acerca das


estruturas linguísticas apresentas no texto
acima.

• No terceiro parágrafo, as palavras “Políticas”,


“âmbito”, “década” e “cônjuges” recebem
acento gráfico com base em diferentes regras
gramaticais.

1
27/08/2014

• Com relação aos sentidos e a aspectos


linguísticos do texto acima, julgue os itens que
se seguem.

• A mesma regra de acentuação gráfica, justifica


o emprego de acento gráfico nas palavras
“construída” e “possíveis”.

• Julgue os itens, relativos a ideias e aspectos


linguísticos do texto acima.

• As palavras “países”, “famílias” e “níveis” são


acentuadas de acordo com a mesma regra de
acentuação gráfica.

2
27/08/2014

• Observe os cinco primeiros versos da letra de “Rosa dos Ventos”, canção


de Chico Buarque: “E do amor gritou-se o escândalo / Do medo criou-se o
trágico / No rosto pintou-se o pálido / E não rolou uma lágrima / Nem uma
lástima para socorrer”. Para terminar seus versos, o autor deu preferência
a palavras

• Oxítonas.
• Paroxítonas.
• Proparoxítonas.
• Polissílabas.
• Átonas.

• Algumas palavras são acentuadas com o objetivo exclusivo de


distingui-las de outras.
• Uma palavra acentuada com esse objetivo é a seguinte:

• Pôr.
• Ilhéu.
• Sábio.
• Também.
• lâmpada.

3
27/08/2014

• De acordo com as regras de acentuação, o grupo de palavras que foi


acentuado pela mesma razão é:

• céu, já, troféu, baú.

• herói, já, paraíso, pôde.

• jóquei, oásis, saúde, têm.

• baía, cafeína, exército, saúde.

• amiúde, cafeína, graúdo, sanduíche.

• Com relação aos sentidos e às estruturas


linguísticas do texto, julgue os itens que se
seguem.

• As palavras “mídias”, “número” e “possível”


são acentuadas de acordo com a mesma regra
gramatical.

4
27/08/2014

• Ainda com referência a aspectos gramaticais


do texto, julgue os itens subsequentes.

• Os vocábulos “indivíduo”, “diária” e


“paciência” recebem acento gráfico com base
na mesma regra de acentuação gráfica.

• Um professor de gramática tradicional, ao corrigir uma redação, leu o trecho a seguir e percebeu algumas
inadequações gramaticais em sua estrutura.

• Os grevistas sabiam o porque da greve, mas não entendiam porque havia tanta repressão.

• O professor corrigirá essas inadequações, produzindo o seguinte texto:

• Os grevistas sabiam o por quê da greve, mas não entendiam porque havia tanta repressão.

• Os grevistas sabiam o porque da greve, mas não entendiam porquê havia tanta repressão.

• Os grevistas sabiam o porquê da greve, mas não entendiam por que havia tanta repressão.

• Os grevistas sabiam o por que da greve, mas não entendiam porque havia tanta repressão.

• Os grevistas sabiam o porquê da greve, mas não entendiam porquê havia tanta repressão.

5
27/08/2014

• O que tanta gente foi fazer do lado de fora do tribunal



• onde foi julgado um dos mais famosos casais acusados de

• assassinato no país? Torcer pela justiça, sim: as evidências

• permitiam uma forte convicção sobre os culpados, muito antes

• do encerramento das investigações.

• Contudo, para torcer pela


• justiça, não era necessário acampar na porta do tribunal, de
• onde ninguém podia pressionar os jurados. Bastava fazer

• abaixo-assinados via Internet pela condenação do pai e da

• madrasta da vítima. O que foram fazer lá, ao vivo? Penso que

• as pessoas não torceram apenas pela condenação dos principais



• suspeitos. Torceram também para que a versão que inculpou

• o pai e a madrasta fosse verdadeira.

6
27/08/2014

• As expressões nominais “os culpados” (L.4),


“os jurados” (L.7), “principais suspeitos” (L.10-
11) e o “o pai e a madrasta” (L.12) formam
uma cadeia coesiva, referindo-se a “um dos
mais famosos casais acusados de assassinato
no país” (L.2-3).

• Com relação às ideias e estruturas linguísticas


do texto acima, julgue o item .

• No trecho “deu início à sua caminhada


cósmica” (l.16 e 17), o emprego do acento
grave indicativo de crase é obrigatório.

7
27/08/2014

• No segmento “isso então nem se fala” (l.8), a


posição do pronome “se” justifica-se pela
presença de palavra de sentido negativo.

• No trecho “Há dúvidas” (L.43), o verbo é


impessoal e, por isso, não se flexiona.

8
27/08/2014

• O emprego de preposição em "da qual" (L1)


atende à regência do verbo "escapar" (L2).

• O verbo auxiliar começar, em “começamos a


conversar” (L.9-10), acrescenta ao significado
do verbo principal a ideia de início de ação.

9
27/08/2014

• O conectivo “Ademais” (L.9) estabelece uma relação de


coesão entre o segundo e o primeiro parágrafos e, de
maneira mais estrita, entre aquele e o período “Não apenas
é o verbo ser o verbo auxiliar típico para a formação da voz
passiva analítica, quanto é o mais adequado para formar
locução verbal com o verbo aprovar” (L.5-8).

• A flexão de plural em "formas" (.12) indica


que, se em lugar do verbo impessoal, em "Não
há" (.11), for empregado o verbo existir, serão
preservadas a coerência textual e a correção
gramatical com a forma existem.

10
27/08/2014

• O verbo alardear, em “Se fosse o tal ser


humano forte que alardeio” (l.16-17), está
empregado no sentido de vangloriar-se,
gabar-se.

• Em “Não se trata” (l.9), a partícula “se”


poderia ser corretamente empregada após o
verbo, escrevendo-se Não trata-se.

11
27/08/2014

• O sentido do verbo "ter" (.9) equivale


semanticamente, no texto, ao sentido da
forma verbal 'Há' (.10).

• Na oração “Todos os momentos em que


deveríamos usar ‘em que’ (L.6), o verbo está
empregado no

12
27/08/2014

• A presença do pronome em "separam-se"


(L.17) indica que o sujeito desse verbo é
indeterminado.

• O fato de o verbo conferir ser transitivo direto


justifica o emprego de "lhes" (l.19).

13
27/08/2014

• A flexão de singular em “trata-se” (L.4) deve-


se à concordância com “trabalho público” (L.4-
5).

• O emprego da forma verbal “resolvera” (L.1),


no pretérito mais-que-perfeito, indica que o
narrador tomou a decisão de “passar o dia
com os trabalhadores da estiva” (L.1-2) antes
da ocorrência do evento narrativo principal do
texto.

14
27/08/2014

• Assinale a opção em que há desrespeito à norma escrita


formal da língua portuguesa quanto ao emprego dos verbos
ou à concordância verbal.
• a
• Enquanto não se oficializam as candidaturas para a eleição da
diretoria, multiplicam-se os boatos na associação.

• b
• Embora houvessem surgido muitas discordâncias entre os
postulantes, os servidores aprovaram uma chapa por
aclamação.

• c
• Já se agendaram várias reuniões para que a plataforma dos
candidatos seja amplamente divulgada e debatida.
• d
• O presidente da associação não interveio nos trabalhos por
considerar que o processo eleitoral está-se desenvolvendo
dentro da normalidade.

• e
• Se ninguém interpor recurso contra o resultado da eleição, os
eleitos serão empossados em poucos dias.

15
27/08/2014

• Mantêm-se as informações originais e a correção gramatical do texto caso


o primeiro parágrafo seja assim reescrito: Em 2003, ligada ao Ministério da
Cultura, com a finalidade de preservar e de valorizar as diferentes
manifestações culturais, principalmente no Brasil, que têm tradições e
costumes diversos, foi criada a Secretaria da Identidade e da Diversidade
Cultural (SID).

• Mantendo-se a correção gramatical e os sentidos originais do


texto, o trecho “No inciso XXIX (...) utilização” (ℓ.6-9) poderia
ser reescrito da seguinte forma: O inciso XXIX determina que
é garantido aos autores a autorização temporária para
utilizarem as criações industriais.

16
27/08/2014

• Não haveria prejuízo para a correção


gramatical do texto nem para seu sentido caso
o trecho “A fim de solucionar o litígio” (L.1)
fosse substituído por Afim de dar solução à
demanda e o trecho “tomem conhecimento
dos atos acontecidos no correr do
procedimento” (L.4-5) fosse, por sua vez,
substituído por conheçam os atos havidos no
transcurso do acontecimento.

• O trecho “o povo brasileiro (...) nos hábitos


cotidianos” (L.7-10) poderia ser reescrito, com
correção gramatical e manutenção das ideias
originais, da seguinte maneira: o povo
brasileiro desenvolveu padrões culturais muito
diversos, que são notados na música, religião,
festas folclóricas, culinária, hábitos cotidianos.

17
27/08/2014

• Permanece gramaticalmente correto o trecho


“Produtos como a gasolina ou o dísel eram
simplesmente descartados” (ℓ.15-16) se
reescrito da seguinte forma: Simplesmente,
descartava-se produtos tais como a gasolina e
o dísel.

• Mantém-se a correção gramatical do período


ao se substituir “milhão” (L.28) por milhões.

18
27/08/2014

• Mantém-se a correção gramatical do período


ao se substituir “criaram-se” (L.20) por foram
criadas.

• Sem prejuízo para a coerência e a correção gramatical, os dois


primeiros períodos do texto poderiam ser condensados no
seguinte período: A discriminação, elemento indissociável do
relacionamento entre seres humanos, reveste-se
inegavelmente de uma roupagem competitiva, porquanto
corresponde a uma tentativa de se reduzirem as perspectivas
de uns em benefício de outros.

19
27/08/2014

• A correção gramatical do texto seria


preservada caso a forma “à qual” (L.5) fosse
substituída pelo pronome que.

• A correção gramatical do texto seria


prejudicada caso, na linha 21, a expressão “daí
em diante” fosse isolada por vírgulas: (...) que,
daí em diante, regeria (...).

20
27/08/2014

• Na linha 1, vírgula logo após “2012” poderia


ser suprimida, sem prejuízo para a correção
gramatical do texto, uma vez que a expressão
“Em 2012” classifica-se como um adjunto
adverbial de pequena extensão.

• O trecho “em parcerias com órgãos do


Executivo e do Judiciário” (L.1-2) está entre
vírgulas porque exerce função de adjunto
adverbial intercalado na oração principal,
estando deslocado em relação à ordem direta.

21
27/08/2014

• O emprego do sinal indicativo de crase em


“ligado à Secretaria de Agricultura” (L.6-7)
justifica-se porque o verbo ligar exige
complemento regido pela preposição a, e a
palavra “Secretaria” (L.6) é antecedida pelo
artigo definido feminino singular a.

• Em “Seguiram-se” (L.22,) o pronome “se”


indica que o sujeito do período é
indeterminado.

22
27/08/2014

• No trecho “A economia solidária vem-se


apresentando” (L.1), o deslocamento do
pronome pessoal oblíquo para depois do
verbo principal da locução não prejudicaria a
correção gramatical do texto: vem
apresentando-se.

• O segmento “em setembro último” (L.2) está


empregado entre vírgulas por constituir
expressão adverbial intercalada entre termos
da oração de que faz parte.

23
27/08/2014

• Em “vinculada à Diretoria Colegiada” (L.15-


16), o emprego do sinal indicativo de crase
deve-se à regência do termo “vinculada”, que
exige complemento regido pela preposição a,
e pela presença de artigo definido feminino
antes da expressão “Diretoria Colegiada”.

• A oração iniciada por “Quando” (L.4) tem


valor condicional e poderia ser reescrita como
Caso discutido no nível teórico, sem que se
alterassem a correção e o sentido original do
texto.

24
27/08/2014

• No trecho “um teólogo inglês do século XIV”


(L.13), que serve como aposto apresentador
de informações acerca de William de Ockham,
o artigo indefinido poderia ser omitido sem
que se prejudicasse a correção gramatical do
texto.

• No trecho “Exceção a essa regra” (L.22), é


opcional o emprego do sinal indicativo de
crase no “a”.

25