Você está na página 1de 13

Tarefa para Ana

Radicais
1) Usando as regras dos produtos notáveis, calcule:

a)  2 7 
2
d)  12  2  2


b) 9  4 5  9  4 5  
e) 2  6 2 2


c) 1 5 3  1 5 3  
f) 4 5  2 7 
2

2) Faça a racionalização das seguintes expressões:

4 2 2 3 5
a) = b) = c) = d) =
2 6 5 3 7 6 5 3

5
e) =
6 2

3) Assinale a alternativa em que temos um par de radicais semelhantes:

(A) 9 2 e 4 3 (B) 5 2 e 43 2 (C)  23 9 e 33 9 (D) 7 5 e 73 2

4) O valor de 0,444... é:

(A) 0,222... (B) 0,333... (C) 0,0444... (D) 0,666...

5) A diferença 270,333...  160,75 é igual a:

(A) 5 (B) 6 (C) – 5 (D) – 6 (E) 2

6) O resultado da expressão 27  3  12 é:

(A) 0 (B) 2 3 (C) 6 (D) 3 3


Potenciação
1) Calcule o valor de:

2) Simplifique:

3)

4)
5) Após estudo sobre potenciação, um aluno formulou as seguintes afirmativas:

I. (1000 + 1100) x 23 = 108 II. (40 x 22 x 2)3 : 26 = 23 III. (315 : 312) x 32 = 36

IV. (m35 : m30) : m4 =m V. x 


2 3
2

 
 x2
3 2

Considerando que este aluno ganhou 3 pontos por cada afirmativa correta que formulou,

podemos verificar que ele recebeu ao todo:

(A) 3 (B) 6 (C) 9 (D) 12 (E) 15

6) A terça parte de 9 8  315 é:

(A) 38  115 (B) 9 2  35 (C) 315  314 (D) 917  316 (E) 27 8  915

7) Qual o valor de 27 33  27 33  27 33 ?

(A) 27 29 (B) 3 99 (C) 8133 (D) 9 66 (E) 3100

8) O triplo de 3 25 dividido pela terça parte de 3 25 corresponde a:

(A) 8 (B) 6 (C) 5 (D) 4 (E) 9

15 30
9) O valor de é de:
4515

15 2
1 1
(A)   (B) 1 (C) 5 15
(D)   (E) 315
3 3

10) O número de divisores não primos que o resultado da expressão a seguir possui é:

(A) 37 (B) 40 (C) 4 (D) 36 (E) 25

11) Qual o valor de 4 3  4 3  4 3  4 3 ?

(A) 4 8 (B) 2 4 (C) 16 2 (D) 8 3 (E) 2 6

Respostas : 04) 05) B 06) C 07) E 08) E 09) C 10) A 11) E


Problemas do 2º grau
1) Calcular dois números cuja soma é 11 e o produto é 30.

2) Achar dois números cuja diferença é 5 e o produto é 36.

3) Calcular dois números naturais consecutivos cujo produto é 72.

4) Qual o número que somado com o seu inverso dá 26/5?

5) Qual o número que somado com o seu quadrado é igual a 42?

6) Dividir 16 em duas partes de modo que o seu produto seja 60.

7) A soma dos quadrados de dois números naturais consecutivos é 313. Quais são esses

números?

8) Dividir 8 em duas partes, de modo que a soma dos quadrados dessas partes seja igual a 34.

9) A diferença de dois números é 2. O número 30 dividido pelo primeiro diminuído do quociente

da divisão de 30 pelo segundo dá 4. Achar os dois números.

10) Lauro comprou certo número de objetos, do mesmo preço, por 60 cruzeiros. Se cada objeto

custasse menos um cruzeiro, teria comprado três. Quantos objetos comprou?

11) Daisy, pelo NATAL, reservou a quantia de Cr$ 840,00 para distribuir entre certo número de

pessoas necessitadas. No dia marcado faltaram duas pessoas. Dividida a quantia, entre as que

compareceram, cada uma recebeu Cr$ 10,00 a mais. Quantas eram as pessoas

primitivamente?
12) Chico comprou dois cortes de fazenda para presentear um casal. Pagou o mesmo preço por

cada um. Porém, o corte que ofereceu ao homem, tinha dois metros mais que o oferecido à

mulher; em compensação, cada metro de fazenda do homem valia Cr$ 70,00 menos. Quantos

metros tinha cada corte?

13) Sônia comprou uma peça de renda por Cr$ 60,00. Se pagasse a mesma quantia por outra

peça tendo 3 metros mais que a primeira, cada metro custaria um cruzeiro menos. Quantos

metros tem a peça que ela comprou?

14) Uma pessoa parte de uma cidade, de automóvel, em direção a outra. Duas horas depois, seu

irmão parte da mesma cidade. Desejando alcançá-lo viaja com urna velocidade de 15 km/h

mais que o outro. Sabendo que o encontro se deu a 600 km de distância do ponto de partida,

qual foi a velocidade do primeiro?

15) Sebastião vai de uma cidade a outra distante 60 km com certa velocidade. No regresso, vem

com a mesma velocidade, porém, uma hora depois de partir, viu-se obrigado a parar durante

20 minutos para reparar um defeito na sua máquina. Para gastar o mesmo tempo que gastou

na ida, aumentou a velocidade de 4 km/h. Qual era a sua velocidade anterior?

16) Francisco conversando com João, ouviu o seguinte: Dentro de um ano a minha idade será

igual ao quadrado da idade que eu tinha, quando o senhor tinha a idade que eu tenho. Francisco

respondeu; Dentro de seis anos a minha idade será igual ao quadrado da idade que você tinha,

quando eu tinha dois anos mais do que você tem atualmente.

Respostas :
1) 5 e 6 2) 4 e 9 ou – 4 e – 9 3) 8 e 9 4) 5 ou 1/5 5) 6 ou – 7
6) 6 e 10 7) 12 e 13 8) 3 e 5 9) 3 e 5 ou – 5 e – 3 10) 12
11) 14 12) 4 m e 6 m 13) 12 m 14) 60 km/h 15) 20 km/h
16) 24 e 43
Notação Científica
1) Escreva os seguintes números na notação científica:

a) 45673. b) 0,0012345. c) – 555. d) 0,09

2) A massa da Terra é 5.980.000.000.000.000.000.000.000 kg. Escreva esse número usando a

notação de potência de 10.

3) Considerando que cada aula dura 50 minutos, o intervalo de tempo de duas aulas seguidas,

expresso em segundos, é de:

(A) 3,0  10 2 (B) 3,0  10 3 (C) 3,6  10 3 (D) 6,0  103 (E) 7,2  10 3

4) (Fundação Carlos Chagas – SP) Um relógio de ponteiro funciona durante um mês. Nesse

período, o ponteiro dos minutos terá dado um número de voltas aproximadamente igual a:

(A) 3,6  10 2 (B) 7,2  10 2 (C) 7,2  10 5 (D) 3,6  10 5 (E) 7,2  10 6

Polígonos regulares inscritos

1) (EsSA/2015) Um hexágono regular está inscrito em uma circunferência de diâmetro 4 cm. O

perímetro desse hexágono, em cm, é

(A) 4 . (B) 8 . (C) 24. (D) 6. (E) 12.


2) No estudo da distribuição de torres em uma rede de telefonia celular, é comum se encontrar

um modelo no qual as torres de transmissão estão localizadas nos centros de hexágonos

regulares, congruentes, justapostos e inscritos em círculos, como na figura a seguir.

Supondo que, nessa figura, o raio de cada círculo seja igual a 1km, é correto afirmar que a

distância d3,8 (entre as torres 3 e 8 ), a distância d3,5 (entre as torres 3 e 5) e a distância d5,8

(entre as torres 5 e 8) são, respectivamente, em km, iguais à

(A) d3,8  2 3, d3,5  3, d5,8  3  2 3. (B) d3,8  4, d3,5  3, d5,8  5.

3 3 3 3
(C) d3,8  4, d3,5  , d5,8  4  . (D) d3,8  2 3, d3,5  3, d5,8  21.
2 2

3 3 9
(E) d3,8  4, d3,5  , d5,8  .
2 2

3) (FRANCO) Numa circunferência está inscrito um triângulo eqüilátero cujo apótema mede 3 cm.

A medida do diâmetro dessa circunferência é:

(A) 10 cm (B) 12 cm (C) 14 cm (D) 16 cm

4) (FRANCO) O perímetro de um hexágono regular inscrito numa circunferência de 14 cm de

diâmetro é:

(A) 36 cm (B) 42 cm (C) 48 cm (D) 54 cm

5) (FRANCO) A medida do diâmetro de uma circunferência é 36 cm. A medida do lado de um

quadrado inscrito nessa circunferência é:

(A) 9 cm (B) 12 2cm (C) 12 3cm (D) 18 2cm


6) (FRANCO) O perímetro de um quadrado inscrito numa circunferência é 40 cm. Então, o raio da

circunferência mede:

(A) 5 2cm (B) 5 3cm (C) 10 2cm (D) 10 3cm

7) (FRANCO) O perímetro de um hexágono regular cujo apótema mede 5 3cm é:

(A) 58 cm (B) 60 cm (C) 62 cm (D) 64 cm

8) (FRANCO) O raio de uma circunferência onde se inscreve um triângulo eqüilátero de 3cm de

lado é:

3 3
(A) 1 (B) 3 (C) (D)
2 4

9) (FRANCO) O perímetro de um quadrado inscrito numa circunferência cujo apótema mede

1
3 cm é:
2

(A) 24 cm (B) 26 cm (C) 28 cm (D) 30 cm

10) (FRANCO) O lado do quadrado inscrito numa circunferência mede 4cm. O lado do triângulo

eqüilátero inscrito na mesma circunferência mede:

(A) 2 3 (B) 2 6 (C) 3 2 (D) 6 2

11) (FRANCO) A distância entre dois lados paralelos de um hexágono regular inscrito numa

circunferência é definida por a  2. 3m . Assim sendo, o raio dessa circunferência tem por

expressão:

a2
(A) 2 3m (B) a 3m (C) a  2m (D) m
2

12) (FRANCO) Numa circunferência inscreve-se um triângulo eqüilátero cujo lado mede 10 3m .

Em seguida, no interior do triângulo constrói-se outro triângulo, também eqüilátero, cujos lados

ficam afastados 1m dos lados do primeiro. O apótema do triângulo menor mede:

(A) 4 m (B) 2 3m (C) 3 2m (D) 5 3m


13) Um carimbo com o símbolo de uma empresa foi encomendado a uma fábrica. Ele é formado

por um triângulo equilátero que está inscrito numa circunferência e que circunscreve um

hexágono regular. Sabendo que o lado do triângulo deve medir 3 cm, então a soma das

medidas, em cm, do lado do hexágono com a do diâmetro da circunferência deve ser:

(A) 7 (B) 1 2 3 (C) 2 3 (D) 1  3 (E) 77/32

Gabarito: 1) E 2) D 3) B 4) B 5) D 6) A 7) B 8) B 9) C 10) B 11) C 12) A 13) B

MAIS EXERCÍCIOS DE POLÍGONOS REGULARES

1) Na figura, os pontos M, N e P são vértices de um triângulo equilátero e os pontos M, Q, R e S

são vértices de um quadrado. O segmento QN corresponde ao lado do:

(A) hexágono regular (B) octógono regular (C) eneágono regular

(D) decágono regular (E) dodecágono regular

2) Na figura abaixo se tem um triangulo equilátero e um hexágono regular, respectivamente,

circunscrito e inscrito numa circunferência de centro O e raio r. A razão entre as medidas dos

lados do hexágono e do triangulo, nessa ordem, é:


3) A distância entre dois lados paralelos de um hexágono regular inscrito numa circunferência é

definida por a  2. 3m . Assim sendo, o raio dessa circunferência tem por expressão:

a2
(A) 2 3m (B) a 3m (C) a  2m (D) m
2

4) Numa circunferência está inscrito um triângulo eqüilátero cujo apótema mede 3 cm. A medida

do diâmetro dessa circunferência é:

(A) 10 cm (B) 12 cm (C) 14 cm (D) 16 cm

5) A diagonal de um quadrado inscrito em uma circunferência mede 5 cm. Calcule o lado do

hexágono regular inscrito nessa mesma circunferência.

6) Um carimbo com o símbolo de uma empresa foi encomendado a uma fábrica. Ele é formado

por um triângulo equilátero que está inscrito numa circunferência e que circunscreve um

hexágono regular. Sabendo que o lado do triângulo deve medir 3 cm, então a soma das

medidas, em cm, do lado do hexágono com a do diâmetro da circunferência deve ser:

(A) 7 (B) 1 2 3 (C) 2 3 (D) 1  3 (E) 77/32


7) As aranhas são notáveis geômetras, já que suas teias revelam variadas relações geométricas.

No desenho, a aranha construiu sua teia de maneira que essa é formada por hexágonos

regulares igualmente espaçados. Qual é a menor distância que a aranha deve percorrer ao

longo da teia para alcançar o infeliz inseto?

(A) 8 cm (B) 10 cm (C) 8 2 cm (D) 10 3 cm

Respostas: 1) E 2) 3) C 4) B 5) 2,5 cm 6) B 7)B

Áreas
1) O decágono da figura foi dividido em 9 partes: 1 quadrado no centro, 2 hexágonos regulares e

2 triângulos eqüiláteros, todos com os lados congruentes ao do quadrado, e mais 4 outros

triângulos. Sendo T a área de cada triângulo equilátero e Q a área do quadrado, pode-se

concluir que a área do decágono é equivalente a:

(A) 14T + 3Q (B) 14T + 2Q (C) 18T + 3Q (D) 18T + 2Q

2) Feito o levantamento das medidas de um terreno pentagonal, foram determinados os lados (em

metros) indicados na figura. Qual a área desse terreno?


3) Na figura, tem –se a planta de um terreno com forma de trapézio e área de 240m². Determine

o perímetro do terreno.

4) A figura representa a planta de um depósito que será transformado em sala de aula. O desenho

for feito na escala de 1:100. Qual a área real da sala?

5) Na figura ao lado, o quadrado ABCD tem área total de 40 cm ². Sabendo-se que E e F são

pontos médios dos lados AB e CD , respectivamente, forma-se então o hachurado FGEH.

Determinar a área do losango FGEH.


6) A figura é um logotipo constituído de 3 losangos iguais. A diagonal maior de cada um mede 4

3 cm, e a área de cada losango é de 8 3 cm² . A diagonal menor de cada losango é igual ao

lado deste. Determinar o perímetro da figura

7) No hexágono regular da figura, a distância do vértice E à diagonal AC é 3. Calcule a área do

polígono hachurado.

Respostas: 1) A 2) 1950 m² 3) 64 m 4) 0,285m² 5) 10cm² 6) 48 cm 7)