Você está na página 1de 6

11/12/2015

Púlpitonãoéaltar

Dica: Para ver a continuação de um texto ou outras postagens use as setas do teclado

Umabismochamaoutroabismo.

Tudooqueestamosvendoagora­todoesseabsurdonomeioevangélico­,nãocomeçouagora.Esses

desviosvêmocorrendohámuitotempo,inclusivequandoseconvencionouchamaropúlpito­queéum

palanque­dealtar.

SegundooDicionárioMichaelis,púlpitosignifica"Tribuna,naigreja,daqualosacerdotepregaaosfiéis". AWikipédia trazuma descrição maisapropriada: "Opúlpitoé o local dentro de uma igreja onde são proferidas as leituras da Sagrada escritura Nas igrejas católicas mais modernas e em praticamente todasasprotestantes[evangélicas],opúlpitoécompostodeumpequenopódio[pedestal]comumatril [estanteinclinada]ondegeralmenteaBíbliaseencontraedeondeosleitoresepregadorescostumamse dirigiràcongregação.Etimologicamente:"pulpeto".Dolat."pulpitum".Também:Tribuna,estrado.Local elevadodeondefalaumorador,geralmentedentrodeumtemploreligioso”.[Colchetesexplicativos meus].

Púlpito,portanto,éapenasumlugaremposiçãoelevadaourebaixadaparaqueooradorpossaser

vistoportodos.Opúlpitoéumatribuna,lugarqueencontramosemváriosauditórioscomoascâmaras

legislativaseasuniversidades,porexemplo.Nasigrejaspossuiamesmafinalidade,queépermitirqueo

pregador/palestrantepossaservistoportodos.

pregador/palestrantepossaservistoportodos. Ainda segundo o Michaelis, altar significa “ 1 Espécie

Ainda segundo o Michaelis, altar significa “1 Espécie de mesa destinada aos sacrifícios e outras

cerimôniasreligiosas,emqualquerreligião.

comcincocruzesgravadas,umaemcadacantoeaúltimanocentro,sobreatampadeumpequeno

sepulcroescavado,contendorelíquias,sobreasquaissecelebraosacrifíciodamissa.3Lugarelevado

paraoferecersacrifíciosaosdeusesouheróis.

assentooveneráveleoutrosdignitários”.AWikipédiadescreveosignificadodealtar assim:“Altar,do latim altare ou ara (lat. class.), plataforma semelhante a uma mesa constituída por uma rocha, elevação ou outraestruturaquepossibiliteao sacerdotelíderou mentorespiritual,sacrificarà divindade,oudivindades,emumtemploreligiosooulocalsagrado.Nocultocatólico,porexemplo, é a mesa onde se celebra amissa.No protestantismo é a mesa de onde os pastores consagram e administramaSantaCeianoscultos.Paraocatolicismo,oaltardispostonasigrejasecapelaséobjeto consagradoerepresentaaRochasobreaqualJesusCristooCordeirodeDeus(termoqueassociao sacrifício deste aos antigos sacrifícios de animais praticados pelos povos cujas religiões e cultos precederamaliturgiacristã)foiimoladoesacrificadonacruzpelaredençãodahumanidade.Sacrifícios

Mesa,ordinariamentetriangular,emquetomam

2

Pedraretangular,maisoumenosdoformatodeumamesa,

4Maçon

11/12/2015

Púlpitonãoéaltar

de animaisainda são praticadosem rituaisem diversasregiõesdo planeta, geralmente associadosa oferendasadivindades.Numaigrejacatólica,oaltar­moréoaltarprincipal,geralmentemaisadornado, dispostoemfrenteàentradaprincipal”.

dispostoemfrenteàentradaprincipal ”. Altar, na Bíblia, no antigo testamento e na antiga

Altar, na Bíblia, no antigo testamento e na antiga aliança, era o lugar onde se oferecia sacrifícios de

animaiseincenso(vejaGn.8:20;12:7).Apráticadeoferecersacrifícioseofertasnumaltarjáexistia

antes,sendoposteriormenteinstituídadeformaordenadanaleimosaica(videEx.20:24­26;29:12­46;

30:1­10; 40:26­29; Lv. 1­7). Haviam cinco tipos de sacrifícios e ofertas feitos pelo povo, que estão

descritosnolivrodeLevíticocapítulos1ao7:a)Ofertaqueimada,sendooanimaltotalmentequeimado

noaltar,emdemonstraçãodeconsagração;b)Ofertademanjares,i.e,decereais,porgratidão;c)Oferta pacífica,voluntária,deaçãodegraçasevotos;d)Ofertapelopecado,paratirarpecados;e)Ofertapela culpa, oferecida como prova de que o culpado havia restituído à vítima o de direito. É interessante observarquenãoexistiasacrifícioembuscaderecompensamaterial,sendoomaispróximodissoas ofertasoferecidascomvoto,sendoqueovotanteéquesecomprometiaacumpriralgumacoisa­ovoto­ quandorecebesse a benção pedida. O principal sacrifício, obviamente, era a oferta pelo pecado em buscadoperdão,prefigurandoosacrifíciodeJesusnacruz.

Oaltarparaossacrifícios,assimcomoosacerdóciolevíticoqueerapartedocerimonialismojudaico pertencenteàAntigaAliançaeàLei(AntigoTestamento),firmadaporDeuscomopovoisraelitaatravés de Moisés, se encerrou na cruz do calvário onde Jesus estabeleceu a NOVA ALIANÇA no seu

sangue(Mc.14:24),oferecendo­seasimesmonumsacrifícioúnico,perfeitoeeficaz,tendoefetuado

ETERNAREDENÇÃO(Hb.9).PorissolemosnaCartaaosEfésios:“MasagoraemCristoJesus,vós,

queantesestáveislonge,jápelosanguedeCristochegastesperto.Porqueeleéanossapaz Nasua carnedesfezaleidosmandamentos,queconsistiaemordenanças ”(Ef.2:13­16).

Ora,seosacrifíciodeJesuséúnico,claroestáquenãohánecessidadedeoutros.Seéperfeito,claro estáquenãohánecessidadedecorreção.Seéeficaz,claroestáqueésuficientementeeficiente.Se efetuou eterna redenção, claro está que sendo atemporal não necessita de coisas temporais, sendo plenamenteeficientenopassado,nopresenteenofuturo.PortantoosacrifíciodeJesuscontinuasendo único,perfeitoeeficaz,tendosidooferecidonacruz,comsanguequenospurificadetodopecado.

Diantedestasconsideraçõespodemosconcluirqueopúlpitonãoéumaltar,porquetodoaltarrequer um sacerdote, e a existência de sacerdote leva à necessidade de sacrifício, porque a função do sacerdoteémediareoferecersacrifícios.ÉoqueencontramosnaprimeiraCartaaosCoríntios:“Vedea

11/12/2015

Púlpitonãoéaltar

Israelsegundoacarne;osquecomemossacrifíciosnãosãoporventuraparticipantesdoaltar?(1Co.

10:18).Contudo,notocanteaNovaAliança,encontramosnaCartaaosHebreus:“Temosumaltar,de

quenãotêmdireitodecomerosqueservemaotabernáculo(Hb.13:10).Ora,aprincipaldiferençada

antigaaliançaparaanovaaliançaéquenoevangelhoTODOHOMEMÉSEUPRÓPRIOSACERDOTE

(Ap.1:6e5:9,10).OtemploéaprópriapessoaondeDeuspassouahabitarmedianteseuEspírito.

ComolemosemAtos7:48e17:24,Deusnãohabitaemprédios­templosconstruídosporhomens.

Quandoalguémapresentaumprédiocomosendoa"casadeDeus"jácometeumdesvio,edaíparao

púlpitosetornaroaltareolídersetornarosumosacerdoteéumpulo.Ora,oqueaBíbliaSagradanos

ensinaéquenanovaaliançatodohomeméseuprópriosacerdote,tendoJesuscomoSumoSacerdote,

tendosidoElemesmooCordeiroquetiraopecadodomundo,tendoderramadoseusanguenacruz.

Oaltar do crente é a cruz onde o Cordeiro foi morto, tendo seu corpo partido e seu sangue derramado em expiação, nos purificando de todo pecado: “E, tomando o pão, e havendo dado graças,partiu­o,edeu­lho,dizendo:Istoéomeucorpo,queporvósédado;fazeiistoemmemóriade mim.Semelhantemente,tomouocálice,depoisdaceia,dizendo:Estecáliceéonovotestamentonomeu

sangue,queéderramadoporvós”(Lucas22:19­20).Eoquenosédito,apartirdeentão,équecada

sacerdote, i.e, cada um tome a sua própria cruz, negue­se a si mesmo e se apresente como sacrifíciovivo,santoeagradávelaDeus,quedeveseronossocultoracional,nossomododevida (Rm.12:1). Ora, o que se pede do discípulo é que seja igual o seu Mestre: Sendo Jesus o Sumo Sacerdoteetambémoprópriosacrifício,odiscípulo­sacerdotedeveigualmenteapresentaroseucorpo comosacrifíciovivonegando­seasimesmoemobediênciaàspalavrasdoMestre,quepelaobediência

negou­seasimesmoatéamortenacruz(Fp.2:8).OapóstoloPaulodeclarouaoscoríntios:“Porque

nadamepropussaberentrevós,senãoaJesusCristo,eestecrucificado.Porqueosjudeuspedemsinal, eosgregosbuscamsabedoria;masnóspregamosaCristocrucificado,queéescândaloparaosjudeus, e loucura para os gregos”.(1Co. 1:22­23; 2:2). E assim, igualmente hoje, o evangelho da cruz é escândaloparaunseloucuraparaoutros.Masparanósquesomossalvos,éopoderdeDeus.

Portanto,meusamados,essacoisadesechamar púlpitodealtar éapenasum dosdesviosque,por conseguinte,podelevarquempensaqueestáno"altar"asesentiropróprioelodeligaçãoentreopovo e Deus. E aí inicia­se uma nova religião onde a palavra “função” (no corpo) perde a letra “f” e é transformadaem“unção”,eondeo"sacerdote­pastor­bispo­apóstolo­patriarca"passaaserolíderaser seguido, o “ungido do Senhor”, a “cobertura espiritual” que tem a palavra final sobre qualquer coisa, infalível,umevangélicoadotandoodogmacatólicodainfalibilidadepapal.Nãoestoudizendoqueseja erradoexistiremigrejas­prédios,conquantoissosejaumfacilitadorparaareuniãodaigreja­gente.Oerro estáemdizerqueaigrejainstitucional(pessoajurídicapordeterminaçãodalei)edenominacionalsejaa igreja de Cristo. Não é. As pessoas que congregam em tais igrejas podem ou não ser da Igreja do Cordeiro,anoiva,daqualJesuséoúnicopastor,onoivo,equesomenteElesabequemsãoosseus.A

paráboladasdezvirgens(Mt.25)eosoperadoresdesinais,curaseexorcismosdeMateus7:20­23sãoa

provadisto:Estavamnasigrejas,masnãoeramdaIgrejadoSenhor.

Outrodesvioquetemosvistoconstantementeéoensinodequeocrentedeveterumsacrifícionoaltar, sacrifício esse em forma de dinheiro, mediante ofertas pré­fixadas em campanhas, carnês de patrocinador,colunadaobra,Gideãodaconquista,eporaívai.Asigrejaselíderesquepregamessetipo decoisarecorremfreqüentementea“testemunhos”degentequedizteralcançadoalgumtipodebenção (prosperidade, cura, etc) porque tinham “um sacrifício no altar”. Conforme já citado acima, no 5º parágrafodessetexto,nãoexistianasordenançasdaleinenhumtipodesacrifícioparaquesebuscasse ofavordeDeusparaalcançarprosperidadematerial,sendoomaispróximodissoosacrifíciocomvoto, onde o votante – a pessoa que fazia o voto – é que se comprometia a cumpriro que tivesse votado caso recebesse a benção pedida. Um exemplo desse tipo de voto encontramos no livro de Juízes:“EJeftéfezumvotoaoSENHOR,edisse:SetotalmentederesosfilhosdeAmomnaminhamão, aquiloque,saindodaportademinhacasa,mesairaoencontro,voltandoeudosfilhosdeAmomempaz,

11/12/2015

Púlpitonãoéaltar

issoserádoSENHOR,eooferecereiemholocausto”(Jz.11:30­31).Ofinaldahistóriaéconsiderado

trágicoporalguns,jáquequemsaiuaoencontrodeJeftéquandoelevoltoudapelejafoisuafilhaúnica,

eportantonelaovototeriaquesercumprido.(Esclarecendo,nãopensoqueafilhadeJeftétenhasido

queimadanumaltar,conformeovotodeseupai,masquepermaneceuatéasuamortenacasadopai

semsecasar,emcondiçãodevirgem.OsacrifíciodepessoaseraterminantementeproibidoporDeus).

Portantooensinodessapráticadequecrentetemqueterum“$acrifícionoaltar”nãotemfundamento

bíblico,sendomeroardilcomafinalidadedearrancardinheirodegentedesavisada,quedesconhecea

Bíblia.

Avidacomunitária­vidaemcomum­éamensagemdoevangelho,epensonãosererradoterumlugar parasereunir,lugarqueconvencionamoschamardeigreja.AverdadeiraIgreja–quesãopessoas,a igreja­gente,podesereunirnaigreja­prédio,numacasa,numclube,napraça,ounabeiradeumrio­

"ondeestiverem2ou3reunidosaliestareinomeiodeles",disseJesus(Mt.18:20).Oerroestáemtentar

fazerdainstituiçãoaIgrejadeCristo,dizendoquequemnãoestiverarroladonoroldemembrosestá desviado e perdido. Recentemente foi veiculada numa rádio uma propaganda com a seguinte mensagem:"Dentrodaigrejainstitucionalhávida,eforadelahámorte.Aigreja(institucional)éaarca". Ora, um grande desvio, que na verdade é uma tremenda duma mentira. Basta observar o comportamentodealgunslíderesreligiososparaperceberqueaigrejadelesépuramenteumnegócio, ummeiodeseenriquecer,ondeJesuséapenasogarotopropaganda.

Enfim,seJesusfossecumprirseuministérioterrenohojeaquinoBrasil,certamentetambémnãoseria

recebido,assimcomonãoofoiemIsrael.Ora,comoofilhodeumcarpinteiro,semdiploma,semcurso

superior,semcursoteológico,quediziaquealindacatedraldepedraseriadestruídaenãoficariapedra

sobrepedra,comoessepoderiaseroSalvador,RedentoreReisdosreis?AténosmilagresJesusseria

consideradofichinha.

Nada mudou, queridos irmãos, não há nada novo debaixo do sol: Uma geração má e adúltera pede sinais,masnenhumsinallheserádado,senãoodeJonas.

Euvoupassarpelacruz

Emequebrantar

Voupassarpelacruz

Emearrepender

Voupassarpelacruz

Queaindaestámanchadadesangue

Portantomeamar

Voupassarpelacruz

Enelamever

Voupassarpelacruz

Eerguerumaltar

Ondeaofertasoueu

Crucificoomeueu

Teagradeço,oh,Jesus

Pelacruz

Fuicompradonacruz

Geradonacruz

Redimidonacruz

11/12/2015

Púlpitonãoéaltar

Restauradonacruz

 
 

ERROR

 

TherequestedURLcould

notberetrieved

OseguinteerrofoiencontradoaotentarrecuperaraURL:

 

AcessoNegado.

Accesscontrolconfigurationpreventsyourrequestfrombeing

allowedatthistime.Pleasecontactyourserviceproviderifyou

 

feelthisisincorrect.

Seuadministradordocacheéwebmaster.

Seuadministradordocacheé webmaster .

Jesus,averdadequeliberta.

Mario.

Postadohá9thDecember2011porMarioCorrea

Mario. Postadohá 9thDecember2011 por MarioCorrea 2 Visualizarcomentários SalimDutra24março,201402:21

2 Visualizarcomentários

SalimDutra24março,201402:21 eutambémtenhocombatidoestafalsaideiadechamarpúlpitodealtar. Responder
SalimDutra24março,201402:21
eutambémtenhocombatidoestafalsaideiadechamarpúlpitodealtar.
Responder
Anonymous19outubro,201518:21
Otimotexto
Responder

11/12/2015

Púlpitonãoéaltar

Digite seu comentário Comentarcomo: ContadoGoo Publicar Visualizar
Digite seu comentário
Comentarcomo: ContadoGoo
Publicar
Visualizar