Você está na página 1de 27
CONTEMPORÂNEA 2 Prof. Ms. Juliana Valentini

CONTEMPORÂNEA 2

Prof. Ms. Juliana Valentini

Aproximadamente 9 Milhões de Combatentes Avanços tecnológicos e industrial 7 milhões de civis Alemanha

Aproximadamente 9

Milhões de Combatentes

Avanços

tecnológicos

e industrial

de Combatentes Avanços tecnológicos e industrial 7 milhões de civis Alemanha Unificação tardia França

7 milhões

de civis

Alemanha Unificação tardia França perde regiões a região de Alsácia e Lorena
Alemanha
Unificação tardia
França perde
regiões a região
de Alsácia e
Lorena

Itália (1859-70) e Alemanha (1861-71)

* Disputas por Matérias-primas, Mercados consumidores e Mão de obra barata*.

* Nacionalismo

e Alemanha (1861-71) * Disputas por M atérias-primas, M ercados consumidores e M ão de obra

Partilha

colonial

CAUSA DO

CONFLITO

Política imperialista e neocolonial

Estopim
Estopim

Assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando

da Áustria, em Sarajevo (Bósnia)

Movimento pela Grande Sérvia

Autor: Gavrilo Princip (Mão Negra)

pela Grande Sérvia – Autor: Gavrilo Princip (Mão Negra) TRIPLECE ENTENTE FRANÇA INGLATERRA RÚSSIA ITÁLIA EUA
pela Grande Sérvia – Autor: Gavrilo Princip (Mão Negra) TRIPLECE ENTENTE FRANÇA INGLATERRA RÚSSIA ITÁLIA EUA

TRIPLECE ENTENTE

FRANÇA

INGLATERRA

RÚSSIA

(Mão Negra) TRIPLECE ENTENTE FRANÇA INGLATERRA RÚSSIA ITÁLIA EUA JAPÃO TRIPLECE ALIANÇA POTÊNCIAS CENTRAIS

ITÁLIA

EUA

JAPÃO

TRIPLECE ALIANÇA POTÊNCIAS CENTRAIS

REINO DE IMPÉRIO AUSTRIA- ALEMANHA BULGÁRIA OTOMANO HUNGRIA
REINO DE
IMPÉRIO
AUSTRIA- ALEMANHA
BULGÁRIA
OTOMANO
HUNGRIA
A estratégia de guerra alemã, consistia em derrotar primeiramente a França e depois a Rússia.

A estratégia de guerra alemã, consistia em derrotar primeiramente a França e depois a Rússia.

Preparam a invasão da França pela Bélgica, mas uma ofensiva russa obriga a Alemanha a dividir seus exércitos em duas frentes o que enfraquecendo os ataques aos franceses e detém o avanço alemão. BATALHA DE MARNE (1914).

e detém o avanço alemão. BATALHA DE MARNE (1914). Canhão metralhadora s u b m a

Canhão

metralhadora

submarinos

Carro de combate

Avião de combate piloto alemão Gás Mostarda* Zeppelin- dirigível
Avião de combate
piloto alemão
Gás Mostarda*
Zeppelin- dirigível

Caracterização

• Guerra tecnológica: uso de granadas, gases venenosos, tanques, submarinos, metralhadoras e aviões

• Guerra de trincheiras

FRENTES DE COMBATE

FRENTES DE COMBATE Front ocidental – Plano alemão: Schliefen - realizaria uma ágil tomada do norte

Front ocidental Plano alemão: Schliefen - realizaria uma ágil tomada do norte da França. Plano frustrado pela Inglaterra: desenvolvimento das trincheiras

1915 – Itália contra Alemanha e Áustria: possibilidade de conseguir a chamada “Itália irredenta ”

1915 Itália contra Alemanha e Áustria: possibilidade de conseguir a chamada

“Itália irredenta(movimento político anti-austríaco com vista à finalização do

projeto do risorgimento de unificar dentro dos confins do Estado italiano ainda sob domínio do Império Austro-Húngaro).

Ano crítico: 1917

Abril: entrada dos EUA no conflito

Ano crítico: 1917 – Abril: entrada dos EUA no conflito – Outubro: Revolução Bolchevique na Rússia

Outubro: Revolução Bolchevique na Rússia

• 1918: tratado de Brest-Litovsk

(Rússia sai da Guerra) • Ofensiva norte-americana contra alemães

na Rússia • 1918: tratado de Brest -Litovsk (Rússia sai da Guerra) • Ofensiva norte -americana
na Rússia • 1918: tratado de Brest -Litovsk (Rússia sai da Guerra) • Ofensiva norte -americana
na Rússia • 1918: tratado de Brest -Litovsk (Rússia sai da Guerra) • Ofensiva norte -americana
na Rússia • 1918: tratado de Brest -Litovsk (Rússia sai da Guerra) • Ofensiva norte -americana
Novembro/1918 – Rendição alemã • Resultados da guerra: – Destruição dos impérios centrais – Formação

Novembro/1918 Rendição alemã

• Resultados da guerra:

Destruição dos impérios centrais

Formação da Iugoslávia, da Polônia, da Tchecoslováquia e da Hungria

Proclamação das repúblicas da Áustria e da Alemanha

– Proclamação das repúblicas da Áustria e da Alemanha As negociações iniciadas pelo governo alemão com

As negociações iniciadas pelo governo alemão com o objetivo de assinar o armistício coincidiram também no tempo com os acontecimentos revolucionários na Alemanha, que levaram à abdicação, no dia 9 de novembro, do imperador Guilherme II e ao final do II Reich Alemão.

As vitórias dos aliados fizeram com que no final de setembro o comando alemão começasse
As vitórias dos aliados fizeram com que no final de setembro o comando alemão começasse
As vitórias dos aliados fizeram com que no final de setembro o comando alemão começasse

As vitórias dos aliados fizeram com

que no final de setembro o comando

alemão começasse a exigir a imediata conclusão da paz com base

nos 14 pontos do presidente dos

Estados Unidos Woodrow Wilson

(1856-1924)

Já dois dias depois, no dia 11 de novembro de 1918, nas florestas de Compiègne, em Rethondes, foi assinado o armistício entre os aliados e a Alemanha

Dos 14 pontos de Wilson à paz de Versalhes (1919) • Alemanha foi a única responsabilizada

Perda da Alsácia-Lorena

– Cessão do “corredor polonês”

Fim das possessões alemãs ultramarinas

Desmilitarização da Alemanha

Pagamento de indenização (5 bilhões)

Proibição de união com a Áustria

Ocupação militar estrangeira

REVOLUÇÃO RUSSA

REVOLUÇÃO RUSSA

1. Dificuldades internas

• Economia de base agrária (50 milhões de camponeses)

• Métodos rústicos e baixa produtividade

• Industrialização tardia

• Poder autocrático (burocracia poderosa e ineficiente)

• Agitações nacionalistas (ódio à política de “russificaçãodo Império)

(ódio à política de “ russificação ” do Império) 2. Expansionismo russo e colapso do império
(ódio à política de “ russificação ” do Império) 2. Expansionismo russo e colapso do império

2. Expansionismo russo e colapso do império • Nicolau II (1894-1917)

Choque de imperialismos: Rússia X Japão

Interesse: Manchúria e península da Coreia

(minério

de ferro e carvão)

1904-05 Guerra Russo-Japonesa

Derrota russa e crise política (agitações)

Revolução de 1905: estabelecimento da Duma

(Parlamento)

3. Rússia e a Primeira Grande Guerra • Acordos com Sérvia (interesse nos Bálcãs –

3. Rússia e a Primeira Grande Guerra

• Acordos com Sérvia (interesse nos Bálcãs – Bósforo e Dardanelos) • Dependência de capitais franceses

Aliança político-militar (Tríplice Entente)

Apoio às pretensões sérvias contra o Império Austro--Húngaro 1914 Entrada na Primeira Grande Guerra

– 1914 – Entrada na Primeira Grande Guerra 4. A crise do governo czarista – Perdas
– 1914 – Entrada na Primeira Grande Guerra 4. A crise do governo czarista – Perdas

4. A crise do governo czarista

Perdas no front

Carestia (colapso da economia)

Greves operárias

Revolução de fevereiro de 1917

Abdicação de Nicolau II

– Governo oficial: Duma – Governo paralelo: sovietes Partido Operário Social Democrata Russo e apoio

Governo oficial: Duma

Governo paralelo: sovietes Partido Operário Social Democrata Russo e apoio aos sovietes

• Mencheviques: aceitação do jogo político, defesa das eleições

• Bolcheviques: proposta revolucionária (líder: Lenin)

O governo liberal

• Comando: Kerenski e o príncipe Lvov

• Pressões inglesa e francesa: continuidade da Rússia

na guerra

• Revoltas populares Retorno de Lenin

Rússia na guerra • Revoltas populares Retorno de Lenin Lenin: as teses de abril • Ditadura

Lenin: as teses de abril

• Ditadura do proletariado

• Terras aos camponeses

• Nacionalização das empresas

• Paz sem anexações e sem

indenizações

do proletariado • Terras aos camponeses • Nacionalização das empresas • Paz sem anexações e sem
do proletariado • Terras aos camponeses • Nacionalização das empresas • Paz sem anexações e sem

8. Apoio do governo alemão aos bolcheviques

8.2. A Revolução Bolchevique

• “Todo o poder aos sovietes.” Paz imediata; decreto sobre as terras e soviets

7/11/1917 Controle de Petrogrado e de Moscou

pelos revolucionários

• Negociações com a Alemanha: tratado de Brest-

Litovsk (perdas territoriais e indenização à Alemanha)

• Apoio inglês e francês ao exército

contrarrevolucionário: “Exército Branco”

ao exército contrarrevolucionário: “Exército Branco” Confisco de recursos financeiros, produção e propriedades

Confisco de recursos financeiros, produção e propriedades para enfrentar a contrarrevolução

• Líder: Trótski

• “Exército Vermelho” X “Exército Branco”

• 1921: vitória dos bolcheviques

• Líder: Trótski • “Exército Vermelho” X “Exército Branco” • 1921: vitória dos bolcheviques
• Líder: Trótski • “Exército Vermelho” X “Exército Branco” • 1921: vitória dos bolcheviques
A NEP (1921-29) • Estímulo à produção: possibilidade de ganhos com uma pequena iniciativa privada

A NEP (1921-29)

Estímulo à produção: possibilidade de ganhos com uma pequena iniciativa privada

Controle estatal sobre fábricas e meios de transporte 1924:

morte de Lenin

Disputa no Politburo (Trótski X Stalin)

Trótski: “a revolução permanente”

Stalin: “socialismo num só país”

Vitória de Stalin: início dos expurgos e organização do Estado totalitário

início dos expurgos e organização do Estado totalitário Stalinismo (1924-53) Planos quinquenais –

Stalinismo (1924-53)

Planos quinquenais

Industrialização forçada

Coletivização das terras

Eliminação sistemática das oposições

Crise do socialismo

Gorbatchov: perestroica e glasnost (abertura econômica e transparência política)

• 1989: Queda do Muro de Berlim

Dissolução do bloco socialista (Polônia, Tchecoslováquia, Hungria e Romênia) • 1990/91

Dissolução da URSS (Letônia, Estônia, Lituânia e Ucrania)

Nova Ordem Mundial

Hungria e Romênia) • 1990/91 – Dissolução da URSS (Letônia, Estônia, Lituânia e Ucrania) Nova Ordem
Hungria e Romênia) • 1990/91 – Dissolução da URSS (Letônia, Estônia, Lituânia e Ucrania) Nova Ordem
CRISE DE 1929

CRISE DE 1929

CRISE DE 1929

• Importância dos EUA

Maior parte da produção

– – – – dos EUA
dos EUA

industrial do mundo

Investimentos na Europa e

na América Latina

Aumento da

interdependência dos países tem por base os EUA.

• Reconstrução econômica europeia Interesse dos governos: autonomia Criação de impostos sobre produtos

1924: queda na procura de produtos alimentícios dos EUA

Preços despencam

Endividamento e crise no campo

A especulação financeira

• Clima de euforia

• Facilitação de crédito para a compra de ações

• Altos investimentos no mercado financeiro

• Altas cotações sem correspondência no consumo (superprodução)

• Ação de grandes especuladores

A quebra da bolsa – colocados à venda
A quebra da bolsa
colocados à venda
especuladores A quebra da bolsa – colocados à venda 24/10/1929: 16 milhões de títulos sem comprador

24/10/1929: 16 milhões de títulos

sem comprador

Preços das ações despencam

Falências e desemprego

Aqui, família desempregada, vivendo em condições miseráveis, em Elm Grove, Oklahoma, Estados Unidos. Florence Owens

Aqui, família desempregada, vivendo em

condições miseráveis, em Elm Grove, Oklahoma,

Estados Unidos.

1936.

Consequências: falência de milhares de empresas e bancos, desemprego em massa,

fome e miséria atingindo a todo o mundo

capitalista.

massa, fome e miséria atingindo a todo o mundo capitalista. Apreensão em frente à Bolsade Valores,

Apreensão em frente à Bolsade Valores, em

Wall Street(24 de outubro de 1929)

à Bolsade Valores, em Wall Street(24 de outubro de 1929) Desempregados esperam sopa distribuída pelo governo

Desempregados esperam sopa distribuída pelo governo norte-americano em um albergue

A propagação da crise • Fim de linhas de crédito para outros países • Repatriamento

A propagação da crise

• Fim de linhas de crédito para outros países

• Repatriamento de capitais investidos no exterior

• Execução de dívidas sem refinanciamento

• Falências no mundo inteiro

• Crise mundial (Grande Depressão)

no mundo inteiro • Crise mundial (Grande Depressão ) A superação da crise nos EUA •
no mundo inteiro • Crise mundial (Grande Depressão ) A superação da crise nos EUA •

A superação da crise nos EUA

• Teoria econômica de John Maynard Keynes: Teoria geral do emprego, do juro e da moeda

• Defesa da intervenção do Estado na economia de mercado

• Nos EUA: Franklin D. Roosevelt (1932-45) defende o New Deal

O “New Deal(Novo Acordo) Conjunto de medidas visando solucionar a crise.

O New Deal

• Ação do Estado na criação de emprego e renda

• Medidas

Desvalorização do dólar

Ato de ajustamento da agricultura

– Criação de “frentes de trabalho”: construção de estradas,

de prédios públicos, de barragens e de usinas no vale

do Tennessee

Ato de restabelecimento industrial nacional: acordos com industriais e trabalhadores

• Investimento na indústria bélica

• Expansão sobre o Pacífico

nacional: acordos com industriais e trabalhadores • Investimento na indústria bélica • Expansão sobre o Pacífico

A ascensão dos regimes totalitários

Para conter o avanço dos movimentos Nazismo - socialistas, industriais, Ale banqueiros, latifundiários, setores
Para conter o avanço
dos movimentos
Nazismo -
socialistas, industriais,
Ale
banqueiros,
latifundiários, setores
da igreja optaram por
apoiar regimes de
Fascismo – ita
Franquismo -
ESP
extrema direita,
conhecidos como
totalitários

Salazarismo - POR

Burguesia
Burguesia