Você está na página 1de 27
ESCOLA MUNICIPAL “RODOLFO TRECHAUD CURVO” RELATO DE EXPERIÊNCIA: “HISTÓRIA DA DONA BARATINHA” DE ANA MARIA
ESCOLA MUNICIPAL “RODOLFO TRECHAUD CURVO” RELATO DE EXPERIÊNCIA: “HISTÓRIA DA DONA BARATINHA” DE ANA MARIA

ESCOLA MUNICIPAL “RODOLFO TRECHAUD CURVO”

RELATO DE EXPERIÊNCIA:

“HISTÓRIA DA DONA BARATINHA” DE ANA MARIA MACHADO EM SEQUÊNCIA DIDÁTICA

BARATINHA” DE ANA MARIA MACHADO EM SEQUÊNCIA DIDÁTICA Professoras: Márcia Cristiane Ribeiro; Maria Aparecida

Professoras: Márcia Cristiane Ribeiro; Maria Aparecida Domingos; Maria de Fátima dos Santos Silva; Maria Silva Guimarães Okazaki; Silvana Bento de Melo Couto.

Maria Silva Guimarães Okazaki; Silvana Bento de Melo Couto. Público Alvo: 2º Ano - “A”, “B”;

Público Alvo: 2º Ano -“A”, “B”; “C” e “D” do Ensino Fundamental.

Período: Três meses.

Melo Couto. Público Alvo: 2º Ano - “A”, “B”; “C” e “D” do Ensino Fundamental. Período:
RESUMO
RESUMO
RESUMO Este trabalho apresenta um relato de experiência com alunos do 2° ano do Ensino Fundamental

Este trabalho apresenta um relato de experiência com alunos do 2° ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal “Rodolfo Trechaud Curvo”, situada

na Avenida: Sebastião Francisco de Almeida, Nº 471, Bairro: São Sebastião,

CEP: 78260-000, Fone: (65) 3261 2781, Araputanga-MT, por três professoras em formação no PNAIC, Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa. A partir da obra literária “História da Dona Baratinha” de Ana Maria Machado desenvolvemos por meio de uma Sequência Didática um

trabalho interdisciplinar buscando priorizar o Eixo “Apropriação do Sistema

buscando priorizar o Eixo “Apropriação do Sistema de Escrita” e construção do significado do número

de Escrita” e construção do significado do número natural a partir de seus diferentes usos no contexto social, construindo e resolvendo situações- problemas que envolvam contagens numéricas. A história de Dona Baratinha

é

uma reflexão do mundo real, ou seja, é um contexto que abrange uma

do mundo real, ou seja, é um contexto que abrange uma história de um casamento no
do mundo real, ou seja, é um contexto que abrange uma história de um casamento no

história de um casamento no mundo real contado de forma lúdica. O conto da Dona Baratinha é muito interessante, pois revelam traços de época, de como era escolhido à esposa para se casar. No entanto leva as crianças a

a
a
à esposa para se casar. No entanto leva as crianças a a fazer uma viagem ao

fazer uma viagem ao mundo surreal, dentro desse contexto pode se destacar

diversidade de candidatos para se casar com dona Baratinha. Através

desse conto podem-se compreender quais os benefícios e os malefícios que

esses animais podem causar ao ambiente em que vivemos.

PALAVRAS-CHAVE: PNAIC. Apropriação de Escrita. Sistema de Numeração.

animais podem causar ao ambiente em que vivemos. PALAVRAS-CHAVE : PNAIC. Apropriação de Escrita. Sistema de
INTRODUÇÃO O mundo literário é cheio de magia e trabalhar a ludicidade é um complemento
INTRODUÇÃO O mundo literário é cheio de magia e trabalhar a ludicidade é um complemento

INTRODUÇÃO

O mundo literário é cheio de magia e trabalhar a ludicidade é um complemento para que as crianças venham

refletir fazendo uma relação com esse mundo e o futuro

refletir fazendo uma relação com esse mundo e o futuro proveniente de responsabilidade respeitando as diferenças.

proveniente de responsabilidade respeitando as diferenças. A história de Dona Baratinha é uma reflexão do mundo real, ou seja,

de Dona Baratinha é uma reflexão do mundo real, ou seja, é um contexto que abrange
de Dona Baratinha é uma reflexão do mundo real, ou seja, é um contexto que abrange

é um contexto que abrange a história de um casamento no mundo real contado de forma lúdica. Neste trabalho, priorizamos o Eixo “Apropriação do Sistema de Escrita” porque nele estão as capacidades que os alunos desse nível de desempenho, precisam consolidar para avançar no processo de alfabetização, sem perder de vista o letramento.

nível de desempenho, precisam consolidar para avançar no processo de alfabetização, sem perder de vista o
nível de desempenho, precisam consolidar para avançar no processo de alfabetização, sem perder de vista o
nível de desempenho, precisam consolidar para avançar no processo de alfabetização, sem perder de vista o
• •
• • OBJETIVOS: Refletir sobre as características do Sistema de Escrita Alfabética (SEA); Avançar no conhecimento
• • OBJETIVOS: Refletir sobre as características do Sistema de Escrita Alfabética (SEA); Avançar no conhecimento

OBJETIVOS:

Refletir sobre as características do Sistema de Escrita Alfabética (SEA);

Avançar no conhecimento sobre o funcionamento do sistema de escrita e na aquisição da leitura e da escrita convencional;

Desenvolver o comportamento leitor e escritor durante o processo

o comportamento leitor e escritor durante o processo de produção textual; • Ler e desenvolver capacidade
o comportamento leitor e escritor durante o processo de produção textual; • Ler e desenvolver capacidade

de produção textual;

Ler e desenvolver capacidade para selecionar informações;

• • •
•

Trabalhar leitura e interpretação de textos;

Desenvolver habilidades e o raciocínio lógico-matemático;

Ler, interpretar, resolver e elaborar situações problemas;

Ler, interpretar e construir tabelas e gráficos;

Ser cooperativo no trabalho em grupo.

situações problemas; Ler, interpretar e construir tabelas e gráficos; • Ser cooperativo no trabalho em grupo.
•
• Em Língua Portuguesa , os direitos de aprendizagens explorados através dessa obra foram: Eixo da

Em Língua Portuguesa, os direitos de aprendizagens explorados

através dessa obra foram:

Eixo da Leitura

Inicialmente, a história foi apresentada aos alunos em forma de slides, explorando as imagens da capa, o título e a autora e perguntando a eles se já conheciam a história. No decorrer da leitura,

a eles se já conheciam a história. No decorrer da leitura, questionamentos iam sendo feitos aos

questionamentos iam sendo feitos aos alunos para verificar se os

mesmos estavam compreendendo. Logo após, exploramos a relação da imagem com o que está escrito no texto, por meio de desenhos. Após a leitura, fizemos algumas perguntas de localização de

a leitura, fizemos algumas perguntas de localização de informações explícitas no texto. E em seguida
a leitura, fizemos algumas perguntas de localização de informações explícitas no texto. E em seguida
a leitura, fizemos algumas perguntas de localização de informações explícitas no texto. E em seguida
a leitura, fizemos algumas perguntas de localização de informações explícitas no texto. E em seguida

informações explícitas no texto. E em seguida confeccionamos um

cartaz da música “A barata diz que tem” com diferentes tipos de letra para facilitar a leitura, deixando o mesmo exposto na sala de aula. Solicitamos aos alunos que cantassem e fizessem leitura em voz alta.

Foi confeccionado de forma manual, através de recortes e colagem do

vestido de noiva da Dona Baratinha e da própria Dona Baratinha, sendo os mesmos expostos nos murais dentro e fora da sala de aula.

noiva da Dona Baratinha e da própria Dona Baratinha, sendo os mesmos expostos nos murais dentro
•
• Eixo da Análise Linguística / Apropriação do Sistema de Escrita: Foram trabalhadas palavras que rimam,

Eixo da Análise Linguística / Apropriação do Sistema de Escrita:

Foram trabalhadas palavras que rimam, caça-palavras, ditado de

palavras e através das mesmas foi solicitado que os alunos produzissem

frases. Foram apresentadas algumas palavras para verificarem o que elas têm em comum, como: a letra final ou o som final. Significado de expressões, e

também os diferentes significados da palavra “barata”. Produção de frases

significados da palavra “barata” . Produção de frases usando a palavra “barata” com seus diferentes

usando a palavra “barata” com seus diferentes significados e todas as personagens da história. Registrar palavras do texto em forma de tabela classificando-as quanto ao seu número de sílabas. Trabalhamos atividades que enfocam a intervenção nas unidades letras, silabas e palavras. Listas de palavras de mesmo campo semântico. Apresentamos outros textos, onde exploramos o reconhecimento das palavras. Foram trabalhadas as diferenças entre letras, símbolos, gráficos, números, desenhos, correspondências entre

gráficos, números, desenhos, correspondências entre grafemas e fonemas, a segmentação dos espaços em brancos
gráficos, números, desenhos, correspondências entre grafemas e fonemas, a segmentação dos espaços em brancos
gráficos, números, desenhos, correspondências entre grafemas e fonemas, a segmentação dos espaços em brancos
gráficos, números, desenhos, correspondências entre grafemas e fonemas, a segmentação dos espaços em brancos

grafemas e fonemas, a segmentação dos espaços em brancos entre palavras e

a diferença entre letras e sílabas. Gênero, número e grau. Uso da letra inicial maiúscula. Sinais de pontuação. Sinônimos e Antônimos. Artigo definido e indefinido. Ortografia: “r” e rr.

Sinais de pontuação. Sinônimos e Antônimos. Artigo definido e indefinido. Ortografia: “r” e “ rr ”
•
• Eixo da Produção de texto escrito: Primeiramente, trabalhamos a produção textual coletiva de forma oral,

Eixo da Produção de texto escrito: Primeiramente, trabalhamos a produção textual coletiva de forma oral, sendo o professor o escriba. Num outro momento, apresentamos aos alunos um texto enigmático, onde solicitamos que os mesmos transcrevessem em letra cursiva substituindo os desenhos por palavras. Os alunos produziram individualmente um acróstico relacionado a Dona

produziram individualmente um acróstico relacionado a Dona Baratinha e em seguida fizeram a socialização dos mesmos.

Baratinha e em seguida fizeram a socialização dos mesmos. Foram

e em seguida fizeram a socialização dos mesmos. Foram trabalhados os gêneros textuais: convite, aviso e

trabalhados os gêneros textuais: convite, aviso e bilhete. Os alunos

os gêneros textuais: convite, aviso e bilhete. Os alunos ilustraram a história de Dona Baratinha com

ilustraram a história de Dona Baratinha com intuito de montar um

portifólio. Após a produção textual, foi selecionado o texto que

apresentou mais erros na concordância e escrita e transcrito na lousa sem mencionar o nome do aluno, com o intuito de fazer a correção da escrita e concordância.

e transcrito na lousa sem mencionar o nome do aluno, com o intuito de fazer a
• Eixo da oralidade: Primeiramente, trabalhamos a produção textual coletiva de forma oral. O acróstico
• Eixo da oralidade: Primeiramente, trabalhamos a produção textual coletiva de forma oral. O acróstico

Eixo da oralidade: Primeiramente, trabalhamos a produção textual coletiva de forma oral. O acróstico produzidos pelos alunos

relacionado a Dona Baratinha foram socializados pelos mesmos

por meio da leitura em voz alta. Os alunos que apresentam um nível maior de dificuldade foram colocados juntamente com outros alunos de nível de aprendizagem mais elevado para se interagir melhor com o assunto estudado. No momento da exposição, observamos que a timidez de alguns alunos impediu que os mesmos expusessem suas ideias de forma clara e objetiva. Sendo que estes são os alunos que apresentam um maior grau de dificuldade no processo de ensino aprendizagem.

e objetiva. Sendo que estes são os alunos que apresentam um maior grau de dificuldade no
e objetiva. Sendo que estes são os alunos que apresentam um maior grau de dificuldade no
e objetiva. Sendo que estes são os alunos que apresentam um maior grau de dificuldade no
e objetiva. Sendo que estes são os alunos que apresentam um maior grau de dificuldade no
e objetiva. Sendo que estes são os alunos que apresentam um maior grau de dificuldade no
Em
Em

relacionados

alguns conteúdos tais como:
alguns
conteúdos
tais
como:

Matemática,

aos

foi

possível

de

explorar

direitos

aprendizagens,

Números e operações: Foi possível trabalhar algumas resoluções de problemas com significados de juntar, acrescentar quantidades, repartir e retirar quantidades, metade e dobro utilizando estratégias próprias como desenhos, ou seja, utilizando estratégias pessoais, cálculo mental e situações envolvendo desafios. Resumidamente, as situações problemas elaboradas possibilitaram trabalhar as quatro operações fundamentais. Trabalhamos também unidade, dezena e o sistema monetário brasileiro.

trabalhar as quatro operações fundamentais. Trabalhamos também unidade, dezena e o sistema monetário brasileiro.
trabalhar as quatro operações fundamentais. Trabalhamos também unidade, dezena e o sistema monetário brasileiro.
trabalhar as quatro operações fundamentais. Trabalhamos também unidade, dezena e o sistema monetário brasileiro.
trabalhar as quatro operações fundamentais. Trabalhamos também unidade, dezena e o sistema monetário brasileiro.
trabalhar as quatro operações fundamentais. Trabalhamos também unidade, dezena e o sistema monetário brasileiro.
Geometria: Foram desenvolvidas atividades que possibilitaram os alunos a construir e representar formas geométricas
Geometria: Foram desenvolvidas atividades que possibilitaram os alunos a construir e representar formas geométricas

Geometria: Foram desenvolvidas atividades que possibilitaram os alunos a construir e representar formas geométricas planas, tais

como: quadrado, retângulo, círculo e triângulo, reconhecendo e

descrevendo informalmente características como número de lados e de vértices. Linhas abertas e fechadas.

número de lados e de vértices. Linhas abertas e fechadas. Grandezas e medidas: Foram trabalhadas atividades
número de lados e de vértices. Linhas abertas e fechadas. Grandezas e medidas: Foram trabalhadas atividades

Grandezas e medidas: Foram trabalhadas atividades que permitiram comparar comprimento por comparação direta sem o uso de unidades convencionais para identificar: maior, menor, mais alto, mais baixo, mais comprido, mais curto, mais pesado, mais leve.

convencionais para identificar: maior, menor, mais alto, mais baixo, mais comprido, mais curto, mais pesado, mais
convencionais para identificar: maior, menor, mais alto, mais baixo, mais comprido, mais curto, mais pesado, mais
convencionais para identificar: maior, menor, mais alto, mais baixo, mais comprido, mais curto, mais pesado, mais
gráfico.
gráfico.
gráfico. Tratamento da informação: Foi possível trabalhar atividades relacionadas à leitura (explorar a oralidade) e

Tratamento da informação: Foi possível trabalhar atividades relacionadas à

leitura (explorar a oralidade) e interpretação de gráficos e tabelas, resolução

e elaboração de problemas a partir das informações de uma tabela ou

Foi organizado uma Loja De Variedades da Dona Baratinha, em

organizado uma Loja De Variedades da Dona Baratinha , em que os alunos trouxeram as mercadorias

que os alunos trouxeram as mercadorias de casa, com os itens trazidos

formaram montando quatro seções ou repartições, sendotrouxeram as mercadorias de casa, com os itens trazidos de alimentos, higiene pessoal e estética, roupas

de alimentos,

quatro seções ou repartições, sendo de alimentos, higiene pessoal e estética, roupas e brinquedos. Os mesmos

higiene pessoal e estética, roupas e brinquedos. Os mesmos estipularam o

e organizaram

roupas e brinquedos. Os mesmos estipularam o e organizaram preço das mercadorias a loja. Alguns fizeram

preço das mercadorias

a loja. Alguns fizeram o papel de

Dona Baratinha e de vendedores da loja e outros foram os clientes, ou vice e

versa. Cada aluno tinha uma quantidade de duzentos a trezentos reais para

tinha uma quantidade de duzentos a trezentos reais para fazer as compras. Foi necessário estipular a

fazer as compras. Foi necessário estipular a quantidade de itens por aluno,

Foi necessário estipular a quantidade de itens por aluno, devido ao fato deles quererem comprar tudo

devido ao fato deles quererem comprar tudo de uma só vez. ( Consumismo)

Em
Em
foram: Animais
foram:
Animais

Ciências

os

conteúdos

explorados

mamíferos, domésticos, vertebrados e invertebrados, insetos, o tempo

de gestação, genética, higiene pessoal, comportamentos, alimentação,

peso e o cuidado que devemos ter com os animais.

peso e o cuidado que devemos ter com os animais. Na disciplina de Artes , trabalhamos:

Na disciplina de Artes, trabalhamos: cores, textura, recorte,

disciplina de Artes , trabalhamos: cores, textura, recorte, constituição de colagem, ilustrações da história,
disciplina de Artes , trabalhamos: cores, textura, recorte, constituição de colagem, ilustrações da história,

constituição de

colagem, ilustrações da história, música com tema barata (A barata diz

da história, música com tema barata (A barata diz que tem), confecção de cartazes. Em História

que tem), confecção de cartazes.

Em História e Geografia

trabalhamos

família, tipos de moradias e localização.

diz que tem), confecção de cartazes. Em História e Geografia trabalhamos família, tipos de moradias e
RESULTADOS E DISCUSSÃO Percebemos através dos depoimentos dos educandos que eles estão “atentos” a tudo
RESULTADOS E DISCUSSÃO Percebemos através dos depoimentos dos educandos que eles estão “atentos” a tudo

RESULTADOS E DISCUSSÃO

Percebemos através dos depoimentos dos educandos que

eles estão “atentos” a tudo o que é feito em sala de aula, pois a

“atentos” a tudo o que é feito em sala de aula, pois a prática pedagógica é

prática pedagógica é sempre organizada de forma dinâmica, de

pedagógica é sempre organizada de forma dinâmica, de forma que os envolvidos participam ativamente de todo

forma que os envolvidos participam ativamente de todo o processo

aprendizagem,

ou

seja,

quando

as

são bem a
são bem
a
de
de
o processo aprendizagem, ou seja, quando as são bem a de ensino aulas planejadas, os educandos

ensino

aulas

planejadas, os educandos se envolvem mais, são mais participativos,

tornando a aprendizagem prazerosa e significativa, favoráveis

construção de conhecimentos.

são mais participativos, tornando a aprendizagem prazerosa e significativa, favoráveis construção de conhecimentos.
CONSIDERAÇÕES FINAIS Com este trabalho buscamos valorizar os conhecimentos prévios dos alunos e desenvolver o
CONSIDERAÇÕES FINAIS Com este trabalho buscamos valorizar os conhecimentos prévios dos alunos e desenvolver o

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Com este trabalho buscamos valorizar os conhecimentos

prévios dos alunos e desenvolver o gosto pela leitura através de histórias, contextualizando a história a partir das vivências dos alunos em família. Proporcionando aos mesmos a possibilidade de ouvir, sentir, emoções e viver a fantasia por meios da literatura infantil, desenvolvendo a capacidade de relacionar a experiência pessoal com os fatos do cotidiano e ler com fluência, utilizando as diversas

do cotidiano e ler com fluência, utilizando as diversas estratégias de leitura, sabendo fazer antecipação,
do cotidiano e ler com fluência, utilizando as diversas estratégias de leitura, sabendo fazer antecipação,
do cotidiano e ler com fluência, utilizando as diversas estratégias de leitura, sabendo fazer antecipação,
do cotidiano e ler com fluência, utilizando as diversas estratégias de leitura, sabendo fazer antecipação,

estratégias de leitura, sabendo fazer antecipação, inferência,

observando os conhecimentos prévios.

as diversas estratégias de leitura, sabendo fazer antecipação, inferência, observando os conhecimentos prévios.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
O B R I G A D A ! Ano Letivo de 2014
O B R I G A D A ! Ano Letivo de 2014
O B R I G A D A ! Ano Letivo de 2014
O B R I G A D A ! Ano Letivo de 2014

OBRIGADA!

O B R I G A D A ! Ano Letivo de 2014

Ano Letivo de 2014