Você está na página 1de 26

Controle de Carga-Frequência

Controle Automático de Geração - CAG

O controle de tensão e de frequência são os


principais indicadores da qualidade da
energia fornecida
A frequência do “sistema” depende do
equilíbrio entre a demanda e geração de
potência ativa
A demanda do sistema é fornecida por um
grande número de geradores, portanto,
alguma regra deve ser usada para realizar a
divisão de carga entre usinas “selecionadas”
Controle de Carga-Frequência
Controle Automático de Geração - CAG

Controle Primário: Um regulador de velocidade fornece


controle local, independente, descentralizado, a cada
uma das máquinas do sistema, visando manter a
velocidade próxima da síncrona e realizar a divisão de
carga entre os geradores
Controle Secundário: Um sinal de controle suplementar,
centralizado, coordenado, restaura a frequência do
sistema, bem como os fluxos nos intercâmbios
Controle Terciário: Em sistemas com várias áreas um
nível adicional de controle é usado para o ajuste dos
intercâmbios, denominado despacho econômico
Resposta do conjunto gerador-
turbina sem Regulador de
Velocidade
A resposta a uma variação na carga
depende da constante de inércia e do
coeficiente de amortecimento da
carga
Resposta sem Regulador de
Velocidade
Resposta sem Regulador de
Velocidade
Regulador de Velocidade
Regulador de Velocidade

Gerador isolado
Regulador de Velocidade
Regulador de Velocidade
Regulador de Velocidade
Regulador de Velocidade Isócrono

Ajusta a turbina para manter a


velocidade/frequência constante
Regulador de Velocidade Isócrono
(modo velocidade cte)
Zera o erro em regime, mas não proporciona divisão de
carga entre os geradores paralelos
Acompanha a carga
Regulador de Velocidade com droop

Fornece um meio para a divisão estável de


carga entre os geradores do sistema, no
entanto, mantém um erro em regime
Regulador de Velocidade com droop

Representa um controlador proporcional com


ganho 1/R
R é denominado estatismo
Ajuste do droop (Estatismo)
Ajuste do droop (Estatismo)
Divisão de Carga entre Geradores
operando em paralelo
Comportamento do Regulador
com estatismo
Proporciona a
divisão de carga,
mas mantém erro de
regime na
velocidade
Fundamental para a
operação de
geradores em
paralelo
Ajuste do Setpoint de Geração

Permite o ajuste da potência gerada através do


deslocamento da característica carga-frequência
Ajuste do Setpoint de Geração

Neste modo o gerador ajusta sua própria


geração sem impactar a frequência em regime
Característica equivalente de
geradores coerentes (de área)
b  característica agregada do controle de
frequência da área em MW/Hz
Representa a “rigidez” da frequência do sistema
frente à variações na carga
Modelo de Turbina Térmica à
Vapor
Modelo de Turbina Hidráulica
Exemplo

Tomada de carga
CAG em sistemas isolados
(1 área)
Não existe controle de intercâmbio
Geradores selecionados recebem um controle
integral suplementar
Após a atuação do controle primário em todas as
máquinas em droop, as máquinas do CAG
assumem toda a variação de carga, restaurando a
potência das máquinas em droop para o valor de
referência e zerando o erro de frequência.
CAG em sistemas isolados
(1 área)