Você está na página 1de 2

Em Português nos Entendemos

Comentário de Texto
COMENTAR um texto é fazer um estudo organizado para salientar, de modo lógico, as ideias do texto, a
maneira como são transmitidas, a intensão com que o autor o faz e a opinião do leitor acerca do texto.
Antes de se proceder à analise de um determinado texto, temos de o ler, em primeiro lugar.

A - Devemos responder a três perguntas:


 O que é dito? (o conteúdo)
 Como é dito? (a forma) - Que recursos usou o emissor para agir sobre o recetor?
 Com que intenção é dito? (esclarecer-nos, comover-nos, indignar-nos, divertir-nos...)

B - Regra fundamental:
O texto deve ser analisado “de dentro para fora”, ou seja, devemos basear-nos apenas no texto e no que ele
contém. Não devemos, portanto, de nos dispersarmos para além do conteúdo do texto.

C - Procedimentos:
1 - Ler o texto até o compreender bem, tendo por vezes de o reler várias vezes. Esclarecer dificuldades
lexicais. Destacar o sentido superficial do texto e tentar atingir o seu sentido mais profundo ou conotativo.

2 - Se se tratar de um excerto de uma obra, devemos localizá-lo na obra.

3 - Destacar o tema do texto a partir do seu assunto, ou seja, encontrar a expressão abstrata que sintetize a
intenção do autor ao tratar tal assunto.

4 - Destacar expressões ou estruturas significativas que evidenciem a intenção fundamental do texto


(polémico, trágico, lírico…) e o tom adotado pelo autor (enfático, fluente, humorístico, amargo, irreverente…)

5 - Destacar a estrutura interna do texto para mostrar como foram articuladas as ideias.

6 - No caso da poesia, analisar a estrutura externa (composição estrófica, métrica, rima …) e a sua relação com
a estrutura interna, relacionando ambas.

7 - Analisar a forma do texto em função do tema e da intenção do autor. (forma e conteúdo são dois aspetos
inseparáveis que se influenciam mutuamente).

Página 1 de 2
D - Plano do comentário:
 Introdução - Devemos mostrar qual é o fio condutor, ou seja, a linha do nosso raciocínio do nosso
comentário.

 Desenvolvimento - Devemos basear-nos no texto e na importância que atribuímos a cada um dos


elementos estudados e das pistas que eles nos sugeriram. Devemos dividir o desenvolvimento em
partes (teses) e demonstrar o valor ou pertinência de cada uma delas. Poderemos apresentá-las de
forma ordenada ou encadeada.

 Conclusão - Neste espaço, podemos referir a forma como recebemos / sentimos o texto
(adesão/recusa, atualidade/anacronismo…).

Página 2 de 2

Interesses relacionados