Você está na página 1de 137

TTTRRRAAABBBAAALLLHHHOOOSSS PPPUUUBBBLLLIIICCCAAADDDOOOSSS PPPEEELLLOOO IIIBBBRRRAAACCCOOONNN

TEMAS

Os assuntos que se encontram à disposição são:

Aditivos e Adições (adi)

Agregados (agr)

Alvenaria (alv)

Argamassa (arg)

Aspectos Históricos (his)

Assuntos Jurídicos (jur)

Cálculo Estrutural (est)

Concreto Armado (cam)

Concreto Compactado com Rolo (ccr)

Concreto de Alto Desempenho (cad)

Concreto em Clima Quente (que)

Concreto Leve (cle)

Concreto Massa (cma)

Concreto Projetado (cpj)

Concreto Protendido (cpr)

Controle de Qualidade (cqu)

Dosagem (dos)

Durabilidade do Concreto (dur)

Ensaios e Processos (enp)

Fôrmas (for)

Impermeabilização (imp)

Industrialização das Construções de Concreto (ind)

Informática Aplicada (inf)

Inspeção do Concreto (ins)

Manutenção e Controle de Estruturas (mce)

Materiais (mat)

Monitoramento de Estruturas (mon)

Normalização (nbr)

Obras Hidráulicas e Marítimas (hid)

Patologia e Recuperação do Concreto (prc)

Pavimentos e Pisos (pvm)

Processos Construtivos (pco)

Produção do Concreto (pro)

Retração e Fluência (ref)

Anais das Reuniões do Ibracon, 40ª Reibrac (update), 39ª Reibrac, 38ª Reibrac, 37ª Reibrac, 36ª Reibrac, 35ª Reibrac, 34ª Reibrac, 33ª Reibrac, 32ª Reibrac, 31ª Reibrac e 30ª Reibrac

ADITIVOS E ADIÇÕES

Aditivos Impermeabilizantes do Concreto. Análise dos fatores que interferem na permeabilidade do concreto, e estudo do emprego de aditivos para obtenção desta característica no concreto. ( pg) Eládio G. R. Petrucci Aditivos para Concreto Massa. Análise das finalidades básicas e características do concreto massa produzido com aditivos. (79 pg) Luiz Alfredo Falcão Bauer, Maria A. A. Noronha Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 Algunas Experiências de Utilizacion de "Fly Ash" en Hormigon Masa. Apresentação de alguns resultados obtidos com o emprego de "fly-ash" em concreto massa. (13 pg) Benigno O. Negri Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 Estudios Y Experiencias sobre Compuestos Liquidos Capaces de Formar Membranas para Curado del Hormigon. Relato dos estudos e experiências realizadas com compostos líquidos para cura do concreto. (43 pg) A. S. C. Fava, M. Wainsztein, W. Olazábal Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa

Assunção,jul-74

Argamassa de Cimento Impregnada com Enxofre. Relato de experiências realizadas e os resultados obtidos com a impregnação com enxofre na argamassa de cimento.(11 pg) Lafael Petroni e A.N. Cavalcanti XVIII Jornadas Sul- Americanas de Engenharia Estrutural - Tecnologia BA,dez-76

A Pozolana Artificial como Meio de Melhorar a Qualidade dos Pavimentos de Concreto de Cimento Portland.

Apresentação da tecnologia adotada na fabricação de pozolana artificial em laboratório e em escala industrial, e como ela pode melhorar a qualidade de pavimentos de concreto.(16 pg) Aníbal de Andrade Câmara 1º Congresso Brasileiro de Pavimentos de Concreto - PAVICON MG, out-78 Atividade Pozolânica da Cinza de Casca de Arroz. Apresentação dos resultados das investigações sobre a atividade pozolânica da cinza de casca de arroz e procedimentos para sua obtenção. (24 pg) José Dafico Alves e Benedito da Costa Goulart Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Materiais Pozolânicos - Utilização e Benefícios. Descrição das vantagens decorrentes da utilização de materiais

pozolânicos quer sob a forma de reposição a parte do cimento, quer a forma de cimento pozolânico. (27 pg) Luércio Scandiuzzi e Francisco Rodrigues Andriolo Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81

O Emprego de Cinzas Volantes nos Concretos da Obra de Salto Santiago. Estudo desenvolvido para a

determinação das percentagens de substituição de parte do cimento dos concretos por cinzas volantes, levando-se em consideração os aspectos técnico-econômicos. (23 pg) Luiz Carlos Ferreira de Souza Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81

A Utilização de Amônia como Retardador da Liberação de Calor do Concreto. Relato da pesquisa efetuada no

laboratório de concreto da barragem de Itumbiara, utilizando uma solução de amônia para retardar a liberação de calor do concreto.(92 pg) Walton Pacelli de Andrade, José Thomas França Fontoura, Rubens M. Bittencourt e Elcio Antonio Guerra Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Avaliação das Propriedades Pozolânicas de Argila e Cinzas Volantes. Apresentação da sistemática adotada pela CESP para avaliação das propriedades pozolânicas de argilas e cinzas volantes, através de ensaios de laboratório.(24 pg) Miguel N. A. Saad, Paulo J. R. Oliveira e Flávio Moreira Salles Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Microssílica: Aplicações no Brasil. Apresentação das características da microssílica e sua ação sobre o concreto

com exemplos de aplicação no exterior e no Brasil.(34 pg) Cláudio Kerr do Amaral Reunião de 1987 - Tema Livre

SP,jul/87

A Influência dos Aditivos na Durabilidade do Concreto. Considerações sobre os benefícios do uso de aditivos na

durabilidade do concreto.(08 pg) Curt Walter Otto Baumgart Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88

A Utilização de Aditivos na Produção da Argamassa Armada: Vantagens e Desvantagens. Análise dos

benefícios e inconveniências resultantes do uso de aceleradores, redutores de água, retardadores e superplastificantes, na confecção de peças de argamassa armada.(16 pg) Jefferson B. L. Libório Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Aditivos para Argamassas. Comentários sobre os aditivos mais empregados em argamassas para assentamentos, revestimentos e impermeabilizações.(06 pg) Egon Katz de Castro Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88

Aditivos Plastificantes. Descrição de aplicações não usuais de aditivos plastificantes em concretos, pastas e argamassas.(18 pg) Geraldo Mortiz Piccoli Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Aplicação e Uso de Concreto Modificado com Latex. Estudo sobre dados e propriedades físicas de concretos modificados com latex de estireno butadieno.(15 pg) Ana Beatriz Teixeira Reunião de 1988 - Tema Livre RJ,ago-88 Argamassas com Microssílica Estudo de Consistência e Resistência. Resultados comparativos de resistência à compressão simples e tração na compressão diametral, bem como, consistência e trabalhabilidade de argamassas com e sem microssílica.(13 pg) Laércio Ferreira e silva Reunião de 1988 - Tema Livre RJ,ago-88 Desempenho de Aditivos Plastificantes em Concretos para Pavimentos. Apresentação de um estudo experimental da influência de aditivos sobre as propriedades e custo de concretos para pavimentos.(16 pg) Geraldo C. Isaia Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Desempenho de Aditivos Redutores de Água de Alta Eficiência em Pastas, Argamassas ou Concretos. Análise do comportamento dos principais superplastificantes em relação aos tipos e classes dos cimentos nacionais.(18 pg) Hans Roman Edmundo Bucher Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Emprego de Aditivos Plastificantes na Redução do Consumo de Cimento dos Concretos. Apresentação de um programa de ensaios capaz de qualificar técnica e economicamente um aditivo plastificante/redutor de água com base no seu desempenho na redução do consumo de cimento.(16 pg) Ivan Ramalho de Almeida Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Estudo Comparativo de Adesivos para Argamassa. Apresentação dos resultados de ensaios de visualização da aderência com microscópio e tração de argamassas com aditivos.(16 pg) José Antonio do Nascimento Pinto, Margareth Schmidt Jobim e Pedro Luiz Pretz Sartori Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Influência que as Adições ao Cimento Portland Exercem no Efeito de Aditivos Superplastificantes. Avaliação

da influência de diversos fatores no efeito de aditivos superplastificantes em pastas e concretos frescos.(11 pg) Paulo Roberto do Lago Helene e Kai Loh Uemoto Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Microssílica em Concreto e Argamassas de Alta Resistência. Descrição das características da microssílica e sua forma de atuação em concretos e argamassas de maneira a se obter alta resistência.(15 pg) Cláudio Kerr do Amaral Reunião de 1988 - Colóquio Sobre Concretos de Alta Resistência RJ,ago-88

O Uso de Superplastificantes na Obtenção do Concreto Fluído. Apresentação de dados obtidos em publicações

do ACI e revistas especializadas sobre a obtenção de concretos fluídos ou auto-adensáveis.(16 pg) Osny Pellegrino Ferreira e Laércio Ferreira e Silva Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa

RJ,ago-88

Os Aditivos na Tecnologia do Concreto. Descrição dos principais aditivos com estudos sobre seus efeitos no concreto fresco e endurecido.(14 pg) Salvador Eugênio Giammusso Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Uso de Aditivos em Concreto Dosado em Central. Considerações sobre como o uso de determinados aditivos pode melhorar o desempenho e ampliar o campo de aplicação do concreto dosado em central.(10 pg) Comissão Técnica da ABESC Reunião de 1988 - Seminário Sobre Aditivos para Concreto e Argamassa RJ,ago-88 Concretos Especiais para Pavimentação. Apresentação dos resultados do estudo de laboratório do comportamento de concretos com látex, microssílica e fibras de aço.(15 pg) Sylvio Ferreira Junior Reunião de 1990 - Materiais

CE,ago-90

Estudo de Inibidores da Reação Álcali-Agregado através de Ensaios Acelerados. Apresentação de pesquisa da capacidade de inibição, da reação álcali-agregado, de materiais pozolânicos.(14 pg) José Tomaz França Fontoura, Márcia Campos dos Santos, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de .Andrade Reunião de 1990 - Assuntos Diversos CE,ago-90 Tendências Atuais de Aplicações de Concreto Modificado com Látex 460 B. Descrição das características de concretos e argamassas modificadas com látex.(15 pg) Ana Beatriz Teixeira Reunião de 1990 - Materiais CE,ago-90 Influência da Finura e da Porcentagem de Adição de Escória de Alto-Forno na Porosidade de Pastas de Cimento Portland de Alto-Forno. Apresentação de resultados sobre a interferência da porosidade de pastas de

cimento variando-se a finura e a quantidade de adições de escória de alto-forno de diversas procedências.(13 pg) Antônio Luiz Guerra Gastaldini e Yasuko Tezuka Reunião de 1991 - Materiais Santos,ago/91

O Emprego de Altos Teores de Cinzas Volantes em Concretos de Alta Resistência. Apresentação de resultados

que indicam a possibilidade de obtenção de concretos de alta resistência com adição de grandes teores de cinza volante.(14 pg) Geraldo Cechella Isaias Reunião de 1991 - Materiais Santos,ago/91

Lignosulfonatos e suas Aplicações em Concreto. Este artigo técnico tem por objetivo apresentar os aspectos fundamentais da estrutura química dos lignosulfonatos, além de seu emprego na fabricação de aditivos para concreto. (5 pg) Altair Bezerra da Silva Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 Adição de Pó ao Concreto como Fator Econômico e de Durabilidade. Comportamento técnico e econômico de concretos confeccionados com pó de pedra.(15 pg) Antonio Fernando Krempel, Celso Chinelli Crevilaro e Vladimir Antonio Paulon Reunião de 1992 - Como Executar e Controlar para Garantir a Vida Útil Especificada

Curitiba,jun/92

Efeitos da Adição de Escórias no Comportamento das Pastas e Argamassas de Cimento Portland de Alto- Forno. Apresentação do estudo realizado para verificar os efeitos da escória em pastas e argamassas.(15 pg) Antonio Luiz Guerra Gastaldini e Yasuko Tezuka Reunião de 1992 - Como Executar e Controlar para Garantir a Vida Útil Especificada Curitiba,jun/92 Enfoque Crítico sobre Concretos com Altos Teores de Cinzas Volantes Frente a Corrosão das Armaduras. Comentários sobre o efeito das cinzas volantes em concretos e armaduras.(15 pg) Geraldo Cechella Isaias Reunião de 1992 - Como Executar e Controlar para Garantir a Vida Útil Especificada Curitiba,jun/92 Influência da Adição de Álcalis na Expansão de Barras de Argamassa. Apresentação dos resultados dos ensaios de expansilbilidade em barras de argamassa confeccionadas com adição de álcalis.(10 pg) Elcio Antonio Guerra, Márcia Campos dos Santos e Walton Pacelli de Andrade Reunião de 1992 - Como Executar e Controlar para Garantir a Vida Útil Especificada Curitiba,jun/92 Dispersão Aniônica com Resinas Acrílicas para Concretos e Argamassas. O presente trabalho tem por finalidade apresentar os resultados obtidos com a polimerização de argamassas e concretos, visando a melhoria da qualidade.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 35ª REIBRAC Vladimir Antonio Paulon e Lélio Teodósio Rodrigues 35ª REIBRAC - Controle da Qualidade do Concreto - Processos Construtivos em Obras de Concreto Brasília,jun-93 Evolução da Resistência de Concreto com e sem Introdução de Aditivo IAR. Este trabalho compara a evolução da resistência à compressão de concretos, onde se utilizou aditivo incorporador de ar, com a obtida a partir dos concretos fabricados com os mesmos materiais, mesmo abatimento, igual relação água-cimento, onde o teor de ar foi aprisionado acidentalmente.(6 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 35ª REIBRAC Minos Trocoli de Azevedo, Antônio Freitas da Silva Filho e Antônio Sérgio Ramos da Silva 35ª REIBRAC - Controle da Qualidade do Concreto - Processos Construtivos em Obras de Concreto Brasília,jun/93 Concreto Projetado com Adição de Microssílica. Este trabalho pretende avaliar a influência da adição de microssílica ao concreto projetado via-seca (processo de produção e propriedades físicas e mecânicas).(14 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 36ª REIBRAC Maristela Gomes da Silva e Paulo Roberto do Lago Helene 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94

A Contribuição dos Aditivos nas Características do Concreto. Este trabalho apresenta as características dos

seguintes aditivos: Incorporador de ar, Redutor/Retardador, e Superplastificante.(9 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Edvaldo Fábio Carneiro e João Tarallo Junior 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95

A Utilização de Material Pozolânico na UHE Xingo. Neste trabalho são apresentados os resultados efetuados e

principais conclusões, relativos à verificação da eficiência de pozolana para neutralização de efeitos de expansão indesejável.(16 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Francisco Gladston Holanda e José Edson Furtado de Mendonça 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95 Aditivos para Concreto Projetado. O presente trabalho tem por fim apresentar resultados reais de estudos da influência dos aditivos sobre as propriedades do cimento e do concreto sob o ponto de vista de trabalhabilidade, da resistência e da durabilidade.(7 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Paulo Fernando A. Silva, Fernando Jardim Mentone, Osvaldo Enrich Guaracy e Antonio Carlos Pitta 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95 Análise Térmica do Concreto Massa com Emprego de Microssílica. Neste trabalho estão apresentados os resultados das análises das evoluções das temperaturas e das tensões horizontais instaladas em concretos massa, com e sem adição de microssílica.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Eduardo de Aquino Gambale, José Tomaz França Fontoura, Marcos de Ávila Pimenta, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95 Considerações sobre a Adição de Cinzas Volantes no Concreto. O presente trabalho enfoca os efeitos de cinzas nas propriedades do concreto, destacando a influência de sua finura e a resistência à compressão do concreto.(18 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Geraldo Moritz Piccoli 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95

Efeito de Aditivo Superplastificante na Evolução da Resistência do Concreto com o Tempo. Este trabalho compara a evolução da resistência do concreto com o tempo em corpos-de-prova com os teóricos propostos no Código Modelo e na nova NB1.(11 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Cláudio Matias da Silva e Normando Perazzo Barbosa 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95 Eficiência do Uso de Microssílica na Redução da Expansão Álcali-Agregado. O objetivo deste trabalho é apresentar as pesquisas realizadas com a adição de microssílica na argamassa, visando a redução da expansão, provocada pela reação álcali-agregado.(13 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Eduardo Ferreira da Rocha Alves, Élcio Antonio Guerra, Fernando Nogueira Veiga e Márcia Campos dos Santos 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95 Estudo de Métodos para Avaliação do Efeito de Aditivos Superfluidificantes na Trabalhabilidade do Concreto Fluído. Neste trabalho, apresentam-se alguns aspectos conceituais referentes aos aditivos superfluidificantes e sua atuação no sistema água-cimento, no sentido de fluidificar as misturas.(12 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Roberta Rodrigues Alves e Paulo Roberto do Lago Helene 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95 Influência de Aditivos Superfluidificantes na Resistência ao Fogo de Concretos de Elevado Desempenho. Neste trabalho será realizado um estudo do comportamento de concreto com superfluidificante comparativamente ao concreto comum, em relação ao efeito de altas temperaturas na resistência à compressão.(12 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC R. J. Falcão Bauer, R. R. Alves, S. Takashima e I. Levy 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95 Módulo de Deformação de Concretos com e sem Microssílica, Utilizando Materiais do Distrito Federal. Neste trabalho são apresentados os resultados experimentais de ensaios para determinação do módulo de deformação secante e da resistência do concreto, considerando carregamento inicial, para resistências de 18, 25 e 40 MPa com e sem microssílica, nas idades de 7, 14 e 28 dias.(12 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC A. A. Nepomuceno, G. S. S. A. Melo, T. C. Maldonado e F. F. P. Oliveira 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95 Propriedades do Concreto Impregnado com Resina Poliuretana Derivada do Óleo de Mamona. Este trabalho apresenta o resultado de estudos sobre a influência da adição de resina poliuretana nas propriedades do concreto.(11 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC Osny Pellegrino Ferreira e Isac José da Silva 37ª REIBRAC - Durabilidade do Concreto GO,jul-95 Algumas Aplicações da Resina Poliuretana Derivada do Óleo Mamona para Proteção de Estruturas de Concreto. Neste trabalho apresentam-se algumas possibilidades de aplicação da resina poliuretana na Engenharia Civil, mormente no comportamento como impermeabilizante, além de realçar outros parâmetros.(14 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 38ª REIBRAC Osny Pellegrino Ferreira, Jefferson Benedicto Libardi Libório e lsac José da Silva Reunião de 1996 -Reabilitação de Estruturas de Concreto SP,ago/96 Influência da Microssílica nas Propriedades de um Concreto com Seixos Rolados para Utilização em Pavimentos de Concreto. Este trabalho apresenta os resultados de testes feitos na Universidade Federal da Paraíba, empregando-se com agregado graúdo o seixo rolado da região, para identificação do efeito da microssílica nas resistências à compressão, à tração na flexão e à tração por compressão diametral.(10 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 38ª REIBRAC Sebastião Batista dos Santos, Cláudio Matias da Silva e Normando Perazzo Barbosa Reunião de 1996 - Pavimentos de Concreto SP,ago/96 Aditivos Superfluidificantes. Este artigo apresenta como avaliar o efeito de superfluidificantes na trabalhabilidade do concreto fluido. (6 pg) Roberta Rodrigues Alves e Paulo Helene Revista de 1996 (junho/julho) ano VI no. 13 Influência do Tipo de Cimento em Algumas Propriedades do Concreto. Este artigo enfoca o comportamento dos concretos produzidos com alguns tipos e classes de cimento portland disponíveis no mercado nacional. (28pg) José Eduardo Kattar, José Vanderlei de Abreu e Carlos Eduardo X. Regattieri CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto RJ - Agosto/98 Concreto com Adições: Uma proposta para o Estudo da Reação Pozolânica da Microssílica. Este artigo é uma proposta para o estudo da reação pozolânica da microssílica por meio da técnica de difração por raios-X. (21pg) Felipe Gustavo de Souza Peñaloza e Moema Ribas Silva- CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Adição de Cinza de Lodo Sanitário gerado na cidade de Porto Alegre ao Concreto. Este artigo é um estudo para utilização dos lodos, após um processo de incineração, como adição ao concreto produzido com cimento Portland. (16 pg) André L. B. Geyer, Denise C. C Dal Molin e Nilo C. Consoli - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Adição de Escória de Aciaria no Concreto. Este artigo é um estudo com o intuito de utilização deste material, após moagem, como adição ao cimento Portland comum, procurando-se aproveitar as propriedades pozolânicas e

cimentantes desta escória. (19 pg) Rejane Tubino Geyer, Denise C. Dal Molin, Itajaíba Mafaldo e Antônio Vilela - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Estudo Comparativo do Desempenho da Sílica Ativa, Cinza Volante e Cinza de Casca de Arroz Residual em Concreto de Cimento Portland. Este artigo tem como propósito comparar o desempenho, sob o ponto de vista da resistência à compressão, de concretos contendo CCA residual, CV e sílica ativa. (17pg) Sílvia Santos e Luiz R. Prudêncio Jr. - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Influência da Adição de Filler Calcário na Carbonatação do Concreto. Este trabalho tem como objetivo apresentar os resultados experimentais de ensaios de carbonatação de concretos, preparados com cimento Portland contendo teores variáveis de filler Calcário (25pg) Fernando Nogueira Veiga, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade- CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 O Endurecimento inicial com Cimentos contendo Flúor. Neste trabalho são apresentados os resultados de cimentos preparados a partir de clínqueres de laboratório e industrias, cuja modificação de composição, envolvendo a presença de flúor, implicou em alterações substanciais no desempenho do cimento. (15 pg) Manuel Vitor dos Santos - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Influência do Teor de Escória na Permeabilidade a Cloretos de Concretos com Adições Minerais. Neste trabalho investigou-se a influência do teor de escória, em misturas binárias e ternárias compostas com pozolanas, na permeabilidade a cloreto do concreto. (27 pg) Antônio Luiz Guerra Gastaldini, Geraldo Cechella Isaia e Renato Zanella - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Superplasticizers for Concrete Application. Eeste trabalho apresenta primeiramente uma visão geral sobre superfluidificantes e suas aplicações. Em seguida, descreve um novo tipo de aditivo para a redução da retração e por último trata alguns aspectos ambientais, considerando o impacto do PMS no meio ambiente e sua utilização no concreto. (20 pg) Jens Engstrand - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Efeitos de Misturas Pozolânicas sobre a Carbonatação do Concreto de Cimento Portland. Este trabalho estuda as interações entre as reações pozolânicas e de carbonatação de 10 misturas binárias e ternárias de cimento portland de alta resistência inicial com cinza volante e sílica ativa. (29 pg) Geraldo C. Isaia, Marcos Vaghetti e Antônio Luiz Guerra Gastaldini - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Utilização de Escórias de Aciaria Elétrica e de Cobre como Adições para Concretos. Neste trabalho a utilização de escórias de aciaria e de cobre se torna uma alternativa, em potencial, à adições empregadas em concretos e argamassas. (29 pg) Angela B. Masuero, Washington A. Moura, Denise C. C. Dal Molin e Antonio C. F. Vilela-CD- Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Influência do Tipo de Cimento em Algumas Propriedades do Concreto. Este artigo enfoca o comportamento dos concretos produzidos com alguns tipos e classes de cimento portland disponíveis no mercado nacional. (28pg) José Eduardo Kattar, José Vanderlei de Abreu e Carlos Eduardo X. Regattieri CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto RJ - Agosto/98 Concreto com Adições: Uma proposta para o Estudo da Reação Pozolânica da Microssílica. Este artigo é uma proposta para o estudo da reação pozolânica da microssílica por meio da técnica de difração por raios-X. (21pg) Felipe Gustavo de Souza Peñaloza e Moema Ribas Silva- CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Adição de Cinza de Lodo Sanitário gerado na cidade de Porto Alegre ao Concreto. Este artigo é um estudo para utilização dos lodos, após um processo de incineração, como adição ao concreto produzido com cimento Portland. (16 pg) André L. B. Geyer, Denise C. C Dal Molin e Nilo C. Consoli - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Adição de Escória de Aciaria no Concreto. Este artigo é um estudo com o intuito de utilização deste material, após moagem, como adição ao cimento Portland comum, procurando-se aproveitar as propriedades pozolânicas e cimentantes desta escória. (19 pg) Rejane Tubino Geyer, Denise C. Dal Molin, Itajaíba Mafaldo e Antônio Vilela - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Estudo Comparativo do Desempenho da Sílica Ativa, Cinza Volante e Cinza de Casca de Arroz Residual em Concreto de Cimento Portland. Este artigo tem como propósito comparar o desempenho, sob o ponto de vista da resistência à compressão, de concretos contendo CCA residual, CV e sílica ativa. (17pg) Sílvia Santos e Luiz R. Prudêncio Jr. - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Influência da Adição de Filler Calcário na Carbonatação do Concreto. Este trabalho tem como objetivo apresentar os resultados experimentais de ensaios de carbonatação de concretos, preparados com cimento Portland contendo teores variáveis de filler Calcário (25pg) Fernando Nogueira Veiga, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade- CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 O Endurecimento inicial com Cimentos contendo Flúor. Neste trabalho são apresentados os resultados de cimentos preparados a partir de clínqueres de laboratório e industrias, cuja modificação de composição, envolvendo

a presença de flúor, implicou em alterações substanciais no desempenho do cimento. (15 pg) Manuel Vitor dos Santos - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Influência do Teor de Escória na Permeabilidade a Cloretos de Concretos com Adições Minerais. Neste trabalho investigou-se a influência do teor de escória, em misturas binárias e ternárias compostas com pozolanas, na permeabilidade a cloreto do concreto. (27 pg) Antônio Luiz Guerra Gastaldini, Geraldo Cechella Isaia e Renato Zanella - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Superplasticizers for Concrete Application. Eeste trabalho apresenta primeiramente uma visão geral sobre superfluidificantes e suas aplicações. Em seguida, descreve um novo tipo de aditivo para a redução da retração e por último trata alguns aspectos ambientais, considerando o impacto do PMS no meio ambiente e sua utilização no concreto. (20 pg) Jens Engstrand - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Efeitos de Misturas Pozolânicas sobre a Carbonatação do Concreto de Cimento Portland. Este trabalho estuda as interações entre as reações pozolânicas e de carbonatação de 10 misturas binárias e ternárias de cimento portland

de alta resistência inicial com cinza volante e sílica ativa. (29 pg) Geraldo C. Isaia, Marcos Vaghetti e Antônio Luiz Guerra Gastaldini - CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Utilização de Escórias de Aciaria Elétrica e de Cobre como Adições para Concretos. Neste trabalho a utilização de escórias de aciaria e de cobre se torna uma alternativa, em potencial, à adições empregadas em concretos e argamassas. (29 pg) Angela B. Masuero, Washington A. Moura, Denise C. C. Dal Molin e Antonio C. F. Vilela-CD- Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Avaliação da compatibilidade físico-química entre cimento e aditivo superplastificante. Neste trabalho é apresentada uma avaliação da compatibilidade entre cimento e aditivo superplastificante através do ensaio de fluidez usando o cone Marsh. ( 16 pg) J. C. Cassa, A. P. Carneiro, A. S. R. Silva, A. O. Gomes, R. M. Mota, D. B. Costa. F.

C. Carneiro. G. S. Pereira e A. D. Costa

Aderência Concreto - armadura: Influência de revestimentos para proteção catódica tipo galvânica. Neste trabalho, as armaduras são tratadas com jato de areia ( referência ) e reparadas por três revestimentos ricos em zinco, dois de base orgânica e um inorgânica. Estes revestimentos proporcionam à armadura proteção catódica do tipo galvânica. ( 17 pg) Mário Morio Isa e Paulo Roberto do Lago Helene

Avaliação da durabilidade de concretos com e sem adição de sílica ativa para resistências entre 50 e 60 MPa. Este artigo apresenta e discute os resultados de um trabalho experimental que visou o estudo da durabilidade de concretos com resistências aos 28 dias, entre 50 e 60 MPa, com e sem sílica ativa. ( 13 pg) Anne Nery de Mendonça Lopes, Eugênia Fonseca Silva e Antônio Alberto Nepomuceno Avaliação da durabilidade do concreto com adição de escória de aciária através do estudo de vigas de concreto armado. O objetivo deste trabalho é o de se fazer uma avaliação comparativa de vigas de concreto armado moldadas com diferentes adições de escórias de aciária e fatores água/cimento (a/c). (15 pg) Rejane Tubino Geyer, Regilane Ribeiro Paula, Silvano Soares Rodrigues e Warley Dourado Vianna Benzotriazol como inibidor de corrosão para aço carbono para construção civil. Neste trabalho o BTAH, ainda não utilizado em aço de construção civil e aço 1008, está sendo investigado através de ensaios gravimétricos. ( 12 pg) Marcos Crivelaro, Isolda Costa, Isis Valença de Sousa e Sílvia M. L. A. Agostinho Influência das adições do cimento na resistência à penetração dos ions cloretos. Este trabalho avalia a eficiência do emprego de cimentos com adições ativas para elevar a resistência à penetração de ions cloretos. É apresentada uma breve discussão sobre o tema, complementada por ensaios realizados em concretos preparados com cimentos com diferentes tipos e teores de adições. ( 15 pg) Carlos Eduardo X. Regattieri, Maristela Gomes Silva e Paulo Roberto do Lago Helene Comportamento Reológico de alguns cimentos e aditivos superplastificantes comerciais. Este trabalho apresenta um estudo sobre as possíveis interações físico-químicas entre alguns componentes do CAD ( cimentos de

químicas diferentes e aditivos superplastificantes disponíveis comercialmente ). (16pg) J. C. Cassa, A. P. Carneiro,

A. S. R. Silva. A. O. Gomes, R. M. Mota, D. B. Costa, F. C. Carneiro, G. S. Pereira e A. D. Costa

Composição da solução aquosa de pastas com adições minerais. Neste trabalho investigou-se a composição da solução dos poros de pastas compostas de misturas binárias e tenárias de cinza volante, cinza de casca de arroz, sílica ativa e escória granulada de alto forno nas finuras Blaine de 400 e 700 m2/kg, em idades de 28 e 91 dias e relações água/aglomerantes igual a 0,4 e 0,6. (16pg) Antônio Luiz Guerra Gastaldini, Geraldo Cechella Isaia e Renato Zanella Concreto com cinza de casca de arroz frente ao ataque por sulfato. Esta pesquisa tem o intuito de avaliar o ataque dos corpos de prova submetidos a este tipo de agressão, através de ensaios de resistência à tração na flexão, análises de difração por raio X, microscopia eletrônica por varredura e análise de EDS, por um período de 180 dias, permitindo com isso, uma visualização sobre o comportamento do concreto, com ou sem adição de cinza de casca de arroz. (16 pg) Ariane Bretanha e Denise Dal Molin

Evolução da resistência à compressão de concretos convencionais e de alta resistência - efeito da presença de superplastificantes e sílica ativa. No presente trabalho estudou-se o desenvolvimento das resistências iniciais para diferentes tipos de concreto convencional e de alta resistência, onde se avaliou a influência da presença de aditivos redutores de água e sílica ativa. (8 pg) Leila C. Meneghetti, Ivo José Padaratz e Luiz Prudêncio Júnior Evolução e Contribuição dos aditivos na durabilidade das estruturas. O presente trabalho é o resultado de um estudo sobre a evolução dos aditivos e de sua contribuição na produção de concretos duráveis. (9 pg) José Dafico Alves Influência da Relação água/cimento e abatimento na carbonatação do concreto. O presente trabalho analisa a influência da relação água/cimento e do abatimento no desempenho do concreto quanto à profundidade de carbonatação. ( 13pg) Paulo Roberto do Lago Helene, José Orlando Vieira Filho, Tibério Andrade, Carlyson Delgado e Angelo Just Influência de cimentos com adições pozolânicas na fase de iniciação da corrosão de armaduras devido a ação de cloretos. Neste trabalho são apresentados os resultados experimentais da avaliação de um estudo com cimentos nacioanais, sob o ponto de vista da fase de iniciação da corrosão, devido a ação de cloretos. (12pg) L. S. T. Lima, M. H. F. Medeiros, E.C.B. Monteiro e B. Barkokébas Júnior Efeito da cinza de casca de arroz e sílica ativa na reação álcali-agregado. O presente trabalho objetiva apresentar o efeito da cinza de casca de arroz e sílica ativa na reação álcali-agregado, fazendo um comparativo entre o comportamento das duas pozolanas. (16pg) Nicole Pagan Hasparyk, Paulo J. M. Monteiro e Helena Carasek Estudos com Aditivos para Concreto. Neste trabalho são apresentados os estudos realizados com aditivos para o concreto da UHE Luís Eduardo Magalhães, aditivos estes modificados em relação a linha tradicional dos fabricantes de modo a atender às características e condicionantes preconizados na obra (12pg). Newton Goulart Graça; José Flauzino Moreira; Ananias Gonçalves e Welson C. Pinto Avaliação da Tenacidade do Concreto Reforçado com Fibras de Aço com Adições do Látex SBR e da Sílica Ativa. Este trabalho demonstra que as fibras adequadamente incorporadas à matriz de concreto incrementam sua resistência à propagação de fissuras, à impactos, à abrasão e, principalmente, sua capacidade de absorção de energia ( tenacidade ), característica analisada neste trabalho conforme a norma japonesa. ( JAPAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS, JSCE-SF4, 1984) (12pg). Carlos Eduardo Marmorato Gomes e Osny Pellegrino Ferreira Concreto de Pós-Reativos: Eficiência de Aditivos e Utilização do Cone de "Minislump" e Cone de Marsh como forma de Avaliação da Trabalhabilidade. Este estudo busca o esclarecimento das particularidades tecnológicas necessárias para o domínio da preparação e produção dos Concretos Pós-Reativos, iniciando pela escolha e determinação do teor ideal de aditivo (14pg). Newton de Oliveira Pinto Júnior; Vladimir Antonio Paulon e Carlos Eduardo Biz Influência da Brita 2 em Concretos com Fibras de Aço. Esta pesquisa foi desenvolvida para avaliar a influência da brita 2 nos compósitos com fibras de aço, para potencial aplicação em dormentes ferroviários de concreto protendido (15pg). Paulo Sérgio dos Santos Bastos e Libânio Miranda Pinheiro Um Estudo da Argamassa de Cimento com Adição de Fibras de Borracha Vulcanizada para a Construção Civil. Efetuou-se um estudo de dosagem de argamassa com adição de grânulos de borracha vulcanizada, resíduo proveniente da indústria de recauchutagem de pneus usados, analisando suas propriedades para fins de obtenção de um material alternativo para a construção civil (16pg). Igor Silva Lima; Francisco dos Santos Rocha e José Bento Ferreira Efeito da Incorporação de Fibras de Aço nas Resistências Mecânicas de Concretos Comuns e de Alto Desempenho. Este trabalho apresenta resultados de estudos desenvolvidos em concretos comuns e de alto desempenho reforçados com fibras metálicas (12pg). Fabiana Holanda Pereira da Silva; Francisco de Assis de Morais Lisboa; Cláudio Matias da Silva; Sebastião Batista dos Santos e Normando Perazzo Barbosa Tipos de Fibras e Propriedades do Concreto com Fibras. Neste artigo propõe-se mostrar os diversos tipos de fibra utilizado para reforço do concreto, suas principais características, as vantagens e as desvantagens da utilização de cada uma. Além disso, propõe-se ressaltar os benefícios que cada tipo de fibra proporciona, orientando os tecnologistas do concreto e suas decisões (16pg). Kristiane M. Accetti e Libânio Miranda Pinheiro Estudo de Concreto Subaquático. Neste trabalho estão apresentados os resultados dos ensaios realizados em concretos e argamassas com adição de aditivos antidispersantes ( antiwashout admixtures ) e com graute, ambos para uso subaquático (14pg). Eduardo Ferreira da Rocha Alves; Guilherme Leroy; Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade Adição de Fibras Orgânicas no Concreto. O trabalho apresenta resultados iniciais de ensaios de adição de três tipos diferentes de fibras orgânicas em concretos. O objetivo principal do estudo é a pesquisa de novos materiais

para reforço do concreto, visando desempenho e durabilidade de acordo com os novos padrões de qualidade atualmente almejados (13pg). Vladimir Antonio Paulon; Newton O. Pinto Junior e Danniel de Jesus Cestari Avaliação do Efeito da Adição de Sílica Ativa no desempenho do Concreto como Proteção da Armadura Contra a Corrosão em Presença de Cloretos. Este trabalho apresenta um estudo do efeito da adição de sílica ativa no desempenho do concreto como proteção da armadura contra a corrosão em presença de cloretos, avaliado através de ensaio acelerado com corrente externa (16pg). Gustavo Arnaldo Melgarejo e Denise Carpena Coitinho Dal Molin Avaliação do Emprego de Sílica Ativa em Concretos Convencionais na Região de Belém. Este trabalho procurou estudar a viabilidade da utilização de concretos de melhor qualidade, fazendo uso de adição mineral ao concreto, visando aumentar a durabilidade dos concretos na região de Belém (15pg). Marcus Valente de Oliveira e Márcio Santos Barata Carbonatação em Concretos com Misturas Binárias e Ternárias de Pozolanas. Este trabalho verificou a influência de misturas aglomerantes compostas com cinza volante e/ou cinza de casca de arroz sobre a resistência à carbonatação, propriedade particularmente afetada negativamente pelo aumento do teor destes materiais na composição aglomerante dos concretos (16pg). Alex Severo Alves, Antonio Luiz Guerra Gastaldini e Geraldo Cechella Isaia Caracterização de Escórias de Aciaria para Utilização como Adição ao Cimento Portland. Este trabalho visa caracterizar as escórias de aciária elétrica no seu uso como pozolana em adição ao cimento Portland comum. É feita uma caracterização física, química e ambiental apontando as faixas de adição ótimas para seu uso na melhoria de características do concreto gerado com esta escória (10pg). Rejane Tubino Geyer, Denise Dal Molin e Antonio C. F. Vilela Estudo Comparativo entre Adições Calcária e Pozolânicas sobre a Penetração de Cloretos em Concreto Armado. Neste trabalho investigou-se a influência do teor de substituição, em massa, de cimento por adições minerais em relação a penetração de cloretos (16pg). Maristela de Lima Winck, Geraldo Cechella Isaia e Antônio Luis Guerra Gastaldini Efeitos da Cinza Volante, Cinza de Casca de Arroz e Filler Calcário sobre a Resistência Mecânica do Concreto. Este trabalho teve como objetivo investigar a influência da substituição parcial do cimento por cinza volante, cinza de casca de arroz e filler calcário, conjunta e separadamente, sobre a resistência mecânica e o grau de hidratação definido pelo ensaio de determinação do teor de água combinada (14pg). Regis da Costa Moraes, Geraldo Cechella Isaia e Antônio Luiz Guerra Gastaldini Influência das Adições ao Concreto na Durabilidade das Estruturas. O objetivo principal deste trabalho é relatar a importância das adições para aumentar durabilidade das estruturas, promovendo maior desempenho na combinação concreto-armadura de forma a aumentar sua vida útil (9pg). José Dafico Alves Potencialidades Química, Física e Morfológica das Cinzas de Lodos de Esgotos Sanitários de Porto Alegre serem aproveitadas como Adição ao Concreto. Neste trabalho apresenta-se a caracterização das cinzas de lodos da Estação de Tratamento de Esgotos Sanitários ETE IAPI da cidade de Porto Alegre, com o objetivo de verificar as possibilidades de seu aproveitamento como adição mineral ao cimento Portland ou concretos (16pg). André Luiz Geyer, Denise Dal Molin e Nilo Consoli. Um Estudo Comparativo da Influência da Adição de Nanosílica e Sílica Ativa na Permeabilidade dos Concretos. Este trabalho tem como objetivo analisar a contribuição do efeito da adição de sílicas na permeabilidade do concreto, através da determinação da penetração de água sob pressão, visando, assim, torná-lo mais durável graças à utilização das adições de sílicas (11pg). Vladimir Antonio Paulon e Carolina Alexandra Marchant Dinten Utilization of New Chemical Admixtures in Concrete: Implications for Construction Practice. The present work treats some aspects relevant to these problems concerning the utilization of the superplasticizing admixtures (26pg). Ravindra Gettu, Joana Roncero and Paulo César Correia Gomes

AGREGADOS

Agregados para Hormigon Masa en la Cuenca del Rio Paraná. Características e propriedades dos materiais encontrados na região do rio Paraná. (7 pg) R. Altamirano Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 Seleção de Fontes de Agregados e Dosagens Racionais dos Concretos da Barragem de Sobradinho. Apresentação do roteiro seguido na prospecção das jazidas de materiais a serem utilizados como agregados nos concretos da Barragem de Sobradinho. (33 pg) Wanderley G. Corrêa, Ruy Talles Baillot Colóquio Paraguayo- Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 Agregados Leves em Pré-moldados de Concreto. Considerações sobre os tipos de agregados leves existentes e

suas principais aplicações no concreto.(15 pg) Ayrton Mitidieri Colóquio sobre Pré-Moldados de Concreto SP,fev-

76

Utilização de Britas de Arenito nos Concretos Estruturais da Barragem e Usina III do Rio da Casca e do

Aeroporto Internacional de Manaus

de Manaus.(39 pg) A. Gonçalves, R. Kimura, F.J.R. Camargo e Wander Miranda de Camargo Colóquio sobre Dosagem do Concreto SP,mai-77

A Influência dos Agregados no Custo do m³ de Concreto. Apresentação de uma forma de escolher o melhor traço

de concreto a partir da minimização da função custo do metro cúbico. (27 pg) Carlos E. Siqueira Tango e Paulo Roberto do Lago Helene Colóquio sobre Agregados para Concreto SP,mai-79 Agregados Leves Estruturais de Argila Expandida. Análise do comportamento de agregados leves de argila expandida utilizados em concreto submetidos à flambagem. (58 pg) Alcina Koenow Pinheiro Colóquio sobre Agregados para Concreto SP,mai-79 Comparação de Desempenhos de Agregados para Concreto. Comentários sobre resultados de ensaios e sugestões de uma metodologia de comparação do desempenho de agregado para concreto. (19 pg) Carlos E. Siqueira Tango e Claudio Sbrighi Neto Colóquio sobre Agregados para Concreto SP,mai-79 Ensaios com Areia Artificial - Como Melhorar seu Concreto. Apresentação dos resultados obtidos com a utilização de areia artificial no preparo de concretos. (29 pg) Francis Robert Nugent Colóquio sobre Agregados para Concreto SP,mai-79

Informe sobre o Projeto da Pesquisa de Viabilidade Técnica Econômica para Implantação de Fábrica de Argila Expandida na Região Amazônica. Descrição das diversas fases dos estudos econômicos, metrologia e plano de trabalho, desenvolvidos para verificação da viabilidade de instalação de uma fábrica de argila expandida. (27 pg) Protásio Ferreira e Castro Colóquio sobre Agregados para Concreto SP,mai-79 Investigação e Seleção de Agregados para Concreto. Descrição dos procedimentos adotados para investigação e seleção de agregados para concreto, abrangendo as fases de sondagens, amostragens das jazidas e análise do material através de ensaios. Apresentação de resultados com vários materiais com enfoque especial sobre alcali- agregado. (38 pg) Miguel N.A. Saad, Paulo J. Oliveira e Flávio M. Salles Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Pesquisa de Agregados para o Projeto Básico da Usina Hidrelétrica de Ilha Grande. Apresentação de dados relativos a agregados para concreto, estudados quando da elaboração do Projeto Básico para a Usina Hidrelétrica de Ilha Grande. (50 pg) Luiz Carlos Souza, Luiz Prado Vieira Jr. e Nelson Infati Colóquio sobre Concreto Massa

SP,jul-81

A Vermiculita como Agregado para Concreto. Enumeração das características da vermiculita e fornecimento de

dados técnicos e resultados obtidos com nove traços estudados.(15 pg) José Dafico Alves Reunião Comemorativa do Décimo Aniversário - CT501 - Alvenaria Estrutural SP, jul-82

A Laterita Acreana Utilizada como Agregado Graúdo no Concreto. Investigações das propriedades do concreto

executado com agregado graúdo de laterita, proveniente do município de Rio Branco, Estado do Acre.(63 pg) Atabyrio Bayma Azevedo Reunião de 1983 - Seminário Sobre Controle da Resistência do Concreto SP,jun/jul-83 Influência das Propriedades de Algumas Rochas nas Propriedades do Concreto. Apresentação dos resultados de ensaios com testemunhas de rocha e agregado, bem como do concreto realizados no laboratório de Concreto de Furnas - Centrais Elétricas S.A.(39 pg) Walton Pacelli de Andrade, José Thomas França Fontoura, Rubens M. Bittencourt e Elcio Antonio Guerra Reunião de 1983 SP,jun/jul-83 - Colóquio Sobre Concreto Massa Argila Expandida como Agregado para Concreto Leve. Apresentação dos resultados obtidos pelo CEPED na pesquisa para produção de argila expandida e seu emprego em painéis.(35 pg) Marcos Edilton Santos, José Roberto Salomão, Roberto Farias e Eduardo Costa Reunião de 1986 - Tema Livre SP,jul-86

Descrição do estudo do emprego de britas de arenito no concreto na região

Estudo de Rochas Sedimentares, suas Características Reativas com Álcalis do Cimento e suas Potencialidades Pozolânicas. Apresentação de resultados de estudos sobre a reatividade de rochas sedimentares (arenito e siltito).(16 pg). Jorge Faber Junior, Luiz Carlos Gomide, Marcia Campos dos Santos, Walton Pacelli de Andrade e Zsolt M. Gombossy Reunião de 1990 - Assuntos Diversos CE,ago-90 Utilização de Agregado Cerâmico. Estudo para utilização de agregados cerâmicos como substitutos de agregados graúdos.(15 pg) Élcio Antonio Guerra, Eduardo Guimarães Dias, José Tomaz França Fontoura, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade Reunião de 1990 - Assuntos Diversos CE,ago-90

Reações Álcalis - Agregados

conhecimentos difundidos para uma maior segurança e traquilidade do engenheiro. (4 pg) Francisco Rodrigues Andriolo Revista de 1992 (janeiro/fevereiro/março) ano II no. 3 A Deterioração de Barragens e Usinas Hidroelétricas Provocadas pela Reatividade Álcali-Agregado. Pretende-

se neste trabalho apresentar uma análise da reatividade álcali-agregado em barragens, incluindo seus efeitos na operação dos equipamentos eletromecânicos de casas de força e nas estruturas de vertedouros. (10 pg) J. F. A. Silveira Revista de 1994 (dezembro) ano IV no. 11 Influência dos Agregados na Qualidade dos Concretos de Alto Desempenho. Este trabalho analisa os níveis de resistência em concretos de alto desempenho conforme os agregados utilizados. (6 pg) Ivan Ramalho de Almeida Revista de 1994 (agosto/setembro) ano IV no. 9 Estudo petrográfico de alguns agregados brasileiros, com ênfase na avaliação de sua reatividade potencial

frente aos álcalis do cimento

e óptico de luz transmitida. (15 pg) Silvia Regina S. S. Vieira, Maria Alice Fernandes de Oliveira Anais vol. I da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Adequação de Agregados para o Concreto de Alto Desempenho visando o uso no Concreto Arquitetônico. Estudo de um método de avaliação do agregrado graúdo, que pudesse proporcionar uma maior resistência à

compressão ao concreto arquitetônico usando o concreto de alto desempenho. (14 pg) Emília M. Ribeiro CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/1998 Agregado Proveniente de Assoreamento de Lagoa na Produção de Concreto. Este trabalho objetiva a viabilidade de emprego do sedimento na Construção Civil. (20 pg) Bernadete Trifílio e Abdias Magalhães Gomes CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/1998 Estudo de Concretos preparados com Agregado Miúdo Artificial e Areia Silicosa. O presente trabalho apresenta

o estudo de dosagens de concreto, com emprego de vários tipos de agregados miúdos, levando-se em consideração

as propriedades do concreto fresco, resistência mecânica e durabillidade, com relação ao concreto preparado com areia natural de leito de rio. (52 pg) Roberto José Falcão Bauer, Shunji Takashima e Rubens Curti CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/1998 Influência do Agregado Graúdo, proveniente da Reciclagem de Rejeitos de Construção e Demolição ( Entulho ), na Perda do abatimento do Concreto Fresco e nas propriedades mecânicas do Concreto Endurecido. Este trabalho relata a influência do agregado graúdo, reciclado de entulhos de construção e demolição, nas propriedades físicas e mecânicas do concreto fresco e endurecido, observada durante a investigação do potencial de utilização de rejeitos de obras, como agregado graúdo no preparo de concretos de baixa resistência. (31 pg) Eloy Ferraz Machado Junior, Luciano M. Latterza e Cristiane L. Mendes CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/1998 Agregado Reciclado para Concreto: Proposta de Desenvolvimento de um Método para Determinação da Taxa de Absorção do Material. Este trabalho tem como objetivo apresentar o desenvolvimento de um método para determinação da taxa de absorção do agregado reciclado. Serão apresentados todas as etapas para determinação da absorção, bem como resultados obtidos com o ensaio em agregados de resíduos de construção e demolição (12pg). Mônica B. Leite; Patrícia H. Pedrozo e Denise C. C. Dal Molin Escória Bruta e Granulada de Alto Forno em Concretos. Aplicação em Blocos utilizados como Quebra-Mar. Este trabalho apresenta o potencial de utilização da escória como agregado para concreto, apesar da heterogeneidade do material (14pg). Lúcio Flávio Arrivabene; João Luiz Calmon e Fernando Lordêllo dos Santos Souza Influência do Procedimento de Cura e da Relação Polímero/Cimento na Resistência à Compressão e à Tração Indireta em Concretos de Agregados Reciclados de Resíduos de C&D modificados com Látex. O objetivo do presente trabalho foi verificar a influência do procedimento de cura e da relação polímero/cimento na resistência á compressão e à tração indireta em concretos com agregados reciclados de entulho de obra modificados co látex, usando como referência concretos de agregados naturais, de mesmas características, sem adição de látex (16pg). Luiz Paulo Zuppani Ballista; Bruno Campos Carvalho e Eloy Ferraz Machado Júnior Estudo do Uso de Agregados Reativos em Concretos adicionando-se Materiais que minimizem a Reação Álcali-Agregado. O presente estudo tem como objetivo propor alternativas técnicas visando o aproveitamento de

e o Convívio?. Este artigo apresenta a importância do domínio dos novos

Apresentação dos resultados de estudos petrográficos, ao microscópio estereoscópio

agregados reativos em concreto mediante adição de materiais alternativos como pozzolana, escória, filer e ou sílica ativa, em locais onde não existam outros substitutos (9pg). Roberto José Falcão Bauer, Shingiro Tokodume e Shunji Takashima Resistência à Corrosão de Armaduras em Microconcretos com Agregado Reciclado modificado com Látex Estireno-Butadieno. O objetivo deste trabalho foi o de investigar a influência da adição de látex SBR na resistência à corrosão de armaduras em microconcretos com agregados reciclados, em comparação a microconcretos com agregados reciclados e naturais sem adição de látex (14pg). Eloy Ferraz Machado Júnior, Luiz Vicente Vareda e Luiz Paulo Zuppani Ballista Determinação do Teor de Cloretos em Areias pelo Método de Mohr. O presente trabalho tem como objetivo determinar o teor de cloretos das areias utilizadas na confecção de concretos e argamassas da cidade de Natal, através do método volumétrico de Mohr (8pg). Nielsen José Dias Alves, Iramar Gomes P. R. de Holanda e Djalma Ribeiro da Silva

ALVENARIA

Controle da Execução de Alvenaria Estrutural de Blocos Vazados de Concreto. Apresentação de procedimentos para o controle tecnológico e acompanhamento da execução de uma alvenaria estrutural.(16 pg) Wanderlei G. Corrêa Colóquio sobre Pré-Moldados de Concreto SP,fev-76

Propriedades Mecânicas de Alvenaria de Tijolos e sua Contribuição na Resistência de Pórticos de Concreto Armado. Relato das experiências realizadas para a determinação das propriedades mecânicas da alvenaria de tijolos

e análise dos resultados obtidos, nos ensaios de pórticos de concreto, com enchimento de tijolos.(27 pg) João Cesar Hellmeister XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Tecnologia BA,dez-76 Argamassas de Assentamento e Micro-Concretos de Enchimento para Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto. Considerações gerais a respeito das características desejáveis dos componentes de um projeto de alvenaria estrutural de blocos de concreto e das argamassas de assentamento e micro-concretos de enchimento.(46 pg) Simão Priszkulnik e Fernando J.R.Camargo Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Aspectos Técnico-Econômicos de Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto. Considerações sobre os parâmetros técnicos e construtivos envolvidos em uma obra de alvenaria estrutural.(21 pg) Hamilton Vieira de Andrade Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Blocos de Concreto para Alvenaria Armada. Exposição de procedimentos para produção dos materiais, dosagem

e cura de blocos para alvenaria armada.(18 pg) Alberto Calegari Nunes Colóquio sobre Dosagem do Concreto e

Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Comportamento Estrutural da Alvenaria - Conceito de Rigidez e Fundações Apropriadas. Estudo do comportamento estrutural das alvenarias destinadas a absorver os carregamentos que atuarão em um prédio e considerações a respeito do conceito de rigidez e sobre as fundações.(23 pg) Marcello Cunha Moraes Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Diretrizes para Normalização e Normas. Proposta de texto para normalização de: blocos de concreto com função estrutural, argamassa de assentamento e concreto "grout", e disposições construtivas.(10 pg) Carlos Alberto Tauil Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Equipamentos para Blocos de Concreto Estruturais, Tecnologia do Processo - Controle da Qualidade. Comentários sobre equipamentos para fabricação de blocos e concreto estruturais e processos de controle da qualidade.(7 pg) Cid Luiz Racca Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Projeto das Paredes Estruturais em Alvenaria de Blocos de Concreto. Definição da geometria e organização do sistema estrutural.(25 pg) Jorge Kurken Kurkdjian Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Resistência do Prisma Cheio e do Prisma Oco de Alvenaria Estrutural: Influência das Resistências dos Constituintes. Apresentação da pesquisa visando quantificar a influência das resistências à compressão de prismas cheios e ocos na alvenaria estrutural.(33 pg) Carlos E. Siqueira Tango, Paulo Roberto do Lago Helene e W. Caiaffa Hehl Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Uso da Escória Granulada de Alto-Forno como Agregado na Fabricação de Blocos de Concreto. Apresentação das possibilidades e vantagens da utilização de escória de alto-forno como agregado em concreto para blocos (35 pg) Joaquim do Nascimento Mourão e Evandro Wilson Cardoso Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Ensaios de Controle de Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto. Relato de experiências efetuadas no Agrupamento de Tecnologia de Concreto do IPT, visando a obtenção de parâmetros sobre ensaio de controle de argamassas, granilites, blocos de concreto e paredes de alvenaria estrutural.(30 pg) Carlos E. Siqueira Tango Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jul-81 Graute para Enchimento de Vazados em Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto. Análise das características e do desempenho tecnológico de grautes empregados em alvenaria estrutural, e a influência de suas resistências mecânicas da aderência graute-bloco no comportamento da estrutura.(39 pg) Luiz Antonio Pereira de Oliveira Reunião de 1983 - CT501 Alvenaria Estrutural SP,jun/jul-83 O Desempenho de Grautes com Adições para Alvenaria Estrutural. O trabalho orientou-se para o caminho da procura de materiais alternativos para adição em grautes de enchimento de vazados em alvenaria estrutural. (19 pg) Luiz Antonio Pereira de Oliveira CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98

Análise de Edifícios em Alvenaria Estrutural considerando-se a Deformação por Cisalhamento das Paredes. Nesse trabalho, incorpora-se a deformação por cisalhamento dos painéis de contraventamento, objetivando-se analisar sua influência na distribuição das ações horizontais, devida à modificação que ocorre na distribuição da rigidez relativa desses painéis. (16pg) Joel Araújo do Nascimento Neto, Márcio Roberto Silva Corrêa e Márcio Antônio Ramalho Incidente e reparo de revestimentos cerâmicos em paredes de concreto armado. Este trabalho enfoca os procedimentos adotados para sanar as anomalias presentes em revestimentos cerâmicos sobre paredes de concreto e alvenaria do Ed. Marechal Adhemar de Queiroz, situado em Salvador. ( 6 pg) José Marcílio Ladeia Vilasboas, Pitágoras José Bourscheid e Givaldo Neri Lima Utilização do Graute na Alvenaria Estrutural. Este trabalho descreve uma investigação da influência do graute no comportamento de prismas de blocos cerâmicos empregados na alvenaria estrutural, comprimidos axialmente. ( 8pg) Jefferson Sidney Camacho e Rogério de Oliveira Rodrigues Análise do Comportamento de Paredes de Alvenaria submetidas à Compressão Axial e Diagonal Reforçadas com Aplicação de Revestimentos Resistentes. Este trabalho apresenta os resultados obtidos na pesquisa sobre o uso de revestimentos resistentes de argamassas de cimento e areia na reabilitação de paredes de alvenaria (13pg). Fabiana Lopes de Oliveira; João Bento de Hanai e Toshiaki Takeya Análise Tridimensional de Edifícios em Alvenaria Estrutural submetidos a ações Horizontais. As análises apresentadas neste trabalho têm por finalidade avaliar o comportamento global do sistema de contraventamento de edifícios em alvenaria estrutural (14pg). Joel Araújo do Nascimento Neto; Márcio Roberto Silva Corrêa e Marcio Antonio Ramalho Comportamento à Flexão e ao Esforço Cortante de Vigas em Alvenaria Estrutural. Este trabalho apresenta a comparação entre os resultados experimentais obtidos e os teóricos esperados de acordo com os procedimentos de dimensionamento à flexão e ao esforço cortante prescritos pelo código normativo Americano (16pg). F. S. Landini; J. B. Batista e Armando Lopes Moreno Júnior Blocos de Concreto para Alvenaria Estrutural. Este trabalho procura agrupar o máximo de informações disponíveis em artigos científicos, teses e manuais recentes de forma a caracterizar os blocos estruturais de concreto como material de construção, englobando histórico, fabricação e dosagem de concreto (16pg). Osvaldo Gomes de Holanda Júnior

ARGAMASSA

Tecnologia de Argamassa Armada em Salvador. Descrição da aplicação da tecnologia da argamassa armada empregada, em vários programas de urbanização em Salvador/BA, pela RENURB, Companhia de Renovação Urbana de Salvador.(48 pg) Robério Ribeiro Bezerra Reunião Comemorativa do Décimo Aniversário - Colóquio sobre Concreto em Fundações Subterrâneas SP, jul-82 Aproveitamento de Materiais Residuais na Produção de Cimentos de Alvenaria - Metodologia (Propriedades das Argamassas cimento:cal:areia). Análise das propriedades de misturas de cimento:cal:areia, nas proporções 1:0:3, 1:0,25:4, 1:1:6 e 1:2:9. Utilizou-se cales auto-cálcio, dolomítica e sub-produto de carbeto de cálcio, comparando-se os resultados.(13 pg) Maria Alba Cincotto, João Carlos Marques e Paulo Roberto do Lago Helene Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Aproveitamento de Materiais Residuais na Produção de Cimentos de Alvenaria - Metodologia. Descrição das atividades de um programa de estudo sobre o aproveitamento de materiais residuais na produção de cimentos de alvenaria.(20 pg) Maria Alba Cincotto, João Carlos Marques e Paulo Roberto do Lago Helene Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Argamassa Armada: Pesquisas e Aplicações. Apresentação das características básicas da tecnologia da argamassa armada, as pesquisas e aplicações no Brasil e no mundo e perspectivas de emprego da tecnologia na construção civil.(26 pg) João Bento de Hanai Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Argamassa como Selante de Juntas de Revestimento Pré-Moldado de Túnel. Apresentação dos critérios teóricos, experimentais e ensaios realizados para a utilização de argamassa como selante de juntas de anéis pré- moldados, que constituem revestimentos definitivos do túnel interceptor do sistema SANEGRAN.(82 pg) R. P. Mazzilli, Simão Priszkulnik, Ivo Assad Ibri, Eduardo Antonio Serrano e Sérgio E. E. Monteclaro Cesar Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Argamassa de Assentamento para Paredes de Alvenaria Resistente. Estabelecimento de conceitos no sentido de subsidiar a compreensão do papel da argamassa na parede de alvenaria resistente ressaltando a necessidade de se realizar pesquisas.(44 pg) Fernando Henrique Sabbatini Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Argamassa Semi-Preparadas. Exposição das características das argamassas semi-preparadas para: revestimentos; assentamento de alvenaria estrutural e de vedação, de azulejos e de peças cerâmicas e pisos industriais.(8 pg) Egon Katz de Castro Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Argamassas de Alta Resistência Mecânica para Revestimento de Pisos. Apresentação do estágio técnico em que se encontram as argamassas de alta resistência mecânica no Brasil e as diretrizes que estão sendo seguidas para a sua normalização.(18 pg) Públio Penna Firme Rodrigues e Paulo E. C. Ligório Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Estudos de Argamassa de Vermiculita para o Encapsulamento do Rejeito da Unidade I da CNAAA. Apresentação dos estudos realizados com argamassa de cimento e vermiculita, para a embalagem dos rejeitos da Unidade I da CNAAA, através de encapsulamento à vácuo em tambores especiais.(32 pg) Walton Pacelli de Andrade, José Thomaz França Fontoura, Rubens Machado Bittencourt e Élcio Antonio Guerra Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Evolução da Consolidação dos Revestimentos das Alvenarias com Argamassas Contendo Cal Hidratada. Apresentação dos resultados das análises químicas, físicas e mineralógicas, realizadas pelo IPT para estudar a forma de evolução da consolidação dos revestimentos das alvenarias com argamassas contendo cal hidratada.(32 pg) José Epitácio Passos Guimarães, Maria Alba Cincotto e Maria Tereza da Nóbrega Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa SP,jul/85 Utilização de Argamassa para Reparos de Vertedouros. Descrição sucinta dos procedimentos adotados para os reparos com argamassa de superfícies hidráulicas sujeitas à abrasão.(21 pg) José Thomaz França Fontoura, Rubens Machado Bittencourt, Élcio Antonio Guerra e Weverton Maciel Reunião de 1985 - Seminário sobre Argamassa

SP,jul/85

Abrigos em Argamassa Armada para a Rede Metropolitana de Trólebus. Apresentação do projeto, Processo de produção, execução, montagem e custos comparativos de abrigos de argamassa armada.(27 pg) Eliana Bonfim Thomé, Lucília M. D. Carajoinas e Eliete Mariani Reunião de 1987 - Tema Livre SP,jul/87 Avaliação da Deformação Sofrida pelas Argamassas de Cimento Portland e agregados utilizados no Assentamento de Lajotas - Uma Proposta de Simulação. Proposta de simulação para assentamento de lajotas com a finalidade de avaliar as deformações sofridas pelas argamassas de assentamento.(9 pg) Carlos Augusto de Alcântara Gomes Reunião de 1991 - Diversos Santos,ago/91

Argamassa Polimérica como Revestimento Impermeável. Demonstração das características de argamassas modificadas com a adição de polímeros com exemplos de aplicações práticas de sua impermeabilidade.(9 pg) Marcos Storte Reunião de 1992 - Como Executar e Controlar para Garantir a Vida Útil Especificada Curitiba,jun/92 Estudos de Caldas e Argamassas para Injeção dos Tirantes das Vigas das Pontes Rolantes da Casa de Força da Usina Hidrelétrica Serra da Mesa. Apresentação dos procedimentos e resultados dos estudos das caldas com adição de microssílica para injeção de tirantes.(19 pg) Elcio Antonio Guerra, João Carlos Faig de Oliveira, José Tomaz França Fontoura, Marcos de Ávila Pimenta, Newton Goulart Graça e Walton Pacelli de Andrade Reunião de 1992 - Como Executar e Controlar para Garantir a Vida Útil Especificada Curitiba,jun/92

O Emprego do Cimento Portland de Alta Resistência Inicial Composto com Escória de Alto-Forno (CP-

ARI/E), para Execução de Pré-Moldados de Argamassa Armada. Apresentação dos resultados de ensaios realizados para uso do CP-ARI/E em peças de argamassa armada.(14 pg) Marcos V. C. Agnesini e Jefferson B. L. Libório Reunião de 1992 - Como Executar e Controlar para Garantir a Vida Útil Especificada Curitiba,jun/92 Argamassa Polimérica Impermeabiliza e Protege o Concreto. O presente trabalho apresenta as vantagens de ter a argamassa polimérica como aliada na proteção do concreto. (3 pg) Marcos Storte Revista de 1992 (outubro/novembro/dezembro) ano II no. 6

Aspectos da Durabilidade de Argamassas Contendo Escória Granulada de Alto-Forno como Agregado Miúdo. O presente trabalho enfoca a preocupação dos siderúrgicos e cimenteiros com vistas a utilização racional da escória granulada de alto-forno como agregado miúdo das argamassas. (8 pg) Luércio Scandiuzzi e Arnaldo Forti Battagin Revista de 1992 (janeiro/fevereiro/março) ano II no. 3

Reações Álcalis - Agregados

conhecimentos difundidos para uma maior segurança e traquilidade do engenheiro. (4 pg) Francisco Rodrigues Andriolo Revista de 1992 (janeiro/fevereiro/março) ano II no. 3

A Produção de Elementos Estruturais de Argamassa Armada Utilizando Argamassa Modificada com Látex

de Estireno-Butadieno. O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma nova técnica de produção de argamassas modificadas com látex de estireno butadieno destinadas à elaboração de argamassa armada.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 35ª REIBRAC Osny Pellegrino Ferreira e Jefferson B. L. Libório 35ª REIBRAC - Controle da Qualidade do Concreto - Processos Construtivos em Obras de Concreto

Brasília,jun-93

Cura Acelerada de Argamassas Estruturais Mediante Cura Térmica (Vapor), sob Pressão Atmosférica. Neste trabalho apresenta-se um estudo experimental relacionado com a obtenção de argamassas estruturais curadas mediante cura térmica (vapor), sob pressão atmosférica.(16 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 36ª REIBRAC Aluísio Bráz de Mello e Jefferson B. L. Libório 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94 Argamassas Estruturais - Algumas Características da Argamassa para a Produção de Elementos Pré- Moldados de Pequena Espessura. O presente trabalho apresenta um quadro de sugestões para a constituição de argamassas para elementos estruturais pre-moldados considerando-se a agressividade do meio a que estará submetido, cobrimento de proteção da armadura, cimentos Portland, agregados e uma faixa de traços mais utilizáveis.(15 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC Jefferson B. L. Libório, Aluísio Bráz de Melo e Marcos Vinício C. Agnesini 37ª REIBRAC - Durabilidade do Concreto GO,jul-95 Reciclagem do Resíduo da Serragem de Ágatas e Ametistas para o aproveitamento em Argamassas na Construção Civil. O objetivo deste trabalho foi caracterizar este resíduo e estudar a utilização em argamassas. (18 pg) André Luiz B. Geyer e Ivo André H. Schneider CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Influência do Uso da Água do Mar e Areia da Praia em Argamassas. Para se comprovar a viabilidade de uso deste materiais foi executado um estudo comparativo entre argamassas utilizando materiais de uso corrente e os materiais da praia, através do estudo da evolução de sua resistência até os 90 dias de idade. (14 pg) Sílvia Beatriz Beger Uchôa CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Argamassa Expandida Reforçada ( Concreto Celular ). Este artigo consiste na mistura de argamassa comum, ainda no misturador, com os produtos químicos plastificantes, fibras e espuma pré-formada num gerador específico, resultando em uma massa homogênea, que dependendo do traço, vai adquirir a resistência pré-estabelecida. (19 pg) José Rizel CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Argamassas Poliméricas Celulares. Argamassas e concretos leves com aglomerantes à base de polímeros de origem vegetal vêm revelando um excelente material para uso na construção, quer na forma de blocos de alvenaria, quer como placas e painéis, tanto no ponto de vista de suas características intrínsecas, como sob a ótica ambiental .(16pg) Osny Pellegrino Ferreira e Flávio Cesar Mirabelli Marchesoni

e o Convívio?. Este artigo apresenta a importância do domínio dos novos

A Utilização de Argamassa Polimérica no Trecho Sumaré-Vila Madalena do Metrô de São Paulo. O trabalho apresenta os resultados obtidos de ensaios de argamassa projetada com utilização de polímero, aplicada entre a 1ª a 2ª fases do concreto de revestimento dos túneis metroviários, do trecho Sumaré-Vila Madalena da Extensão Oeste do Metrô de São Paulo. (13pg) Francisco José Martin, Jelson antônio Sayeg de Siqueira, Mario Gallo, Orlando Ferreira Filho e Yasushi Uema Argamassa de Revestimento: Estudo das Propriedades decorrentes da Modificação com Copolímero. Este trabalho apresenta resultados iniciais de estudo da adição do copolímero acetato-versatato em argamassa de revestimento. ( 15pg) Daniel de Jesus Cestari e Vladimir Antonio Paulon Durabilidade das Construções de Argamassa Armada: Influência da Sílica Ativa. Este trabalho verifica os efeitos da adição de diferentes teores de sílica ativa e um teor de aditivo superplastificante na argamassa composta de cimento, areia e água, visando avaliar, principalmente, a durabilidade das estruturas de argamassa armada. ( 16pg) P. M. Rodolpho e M. M. Isa Estudo das Propriedades da Argamassa de cimento Portland modificada com Látex de estireno-butadieno, empregada em revestimentos de fachadas. Neste artigo é apresentado um estudo comparativo entre duas argamassas para revestimento de fachadas. (14pg) João Adriano Rossignolo e Marcos Vínicio Costa Agnesini Estudo da Retração de argamassas com adição de sílica ativa para reparos estruturais. Neste trabalho são apresentados os resultados de ensaios de retração restringida e a avaliação da abertura de fissuras dessas argamassas ao serem aplicadas em uma peça de concreto simulando o reparo estrutural. (15 pg) Chenia R. Figueiredo e Antonio A. Nepomuceno Estudo do Comportamento Térmico e Mecânico da Argamassa com Agregado Leve em Relação às Argamassas Convencionais. O objetivo deste trabalho é otimizar as propriedades que as argamassas de revestimentos devem possuir e avaliar o comportamento térmico e mecânico da argamassa com agregado leve, em comparação à argamassas com agregado arenoso, geralmente utilizadas em construção civil (12pg). Vladimir Antonio Paulon e Augusto Cesare Stancato Influência do Tipo de Cura nas Propriedades de Durabilidade de Argamassas de Cimento Portland de Alto- Forno. O objetivo deste trabalho é esclarecer a influência da cura térmica nas propriedades de transferência de argamassas produzidas com alto teor de escória. Os resultados permitem observar que a cura térmica proporciona um aumento da porosidade aberta, diminuindo a durabilidade de argamassas e concretos (12pg). Gladis Camarini, Fernando Augusto Emlund de Freitas e Aline Rosa Martins

ASPECTOS HISTÓRICOS

Homenagem do Instituto Brasileiro do Concreto ao Engº Ary Frederico Torres Concretos Leves SP,fev-73

A Experiência Brasileira nas Adutoras do Rio de Janeiro. Histórico e causa fundamental do insucesso da 2ª

Adutora do Ribeirão das Lajes ao Rio de Janeiro. (7 pg) Fernando Luiz Lobo Barboza Carneiro Corrosão do Concreto RJ,mai-74

O Atual Estágio Tecnológico do Concreto Protendido. A história e a evolução da tecnologia do concreto

protendido no Brasil. Considerações sobre os processos existentes. (23 pg) João Antonio Del Nero Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Visão Histórica Nacional e Internacional. História da evolução da tecnologia da alvenaria estrutural, desde sua origem aos dias atuais. Menção de obras notórias.(6 pg) Fuad Jorge Cury Colóquio sobre Dosagem do Concreto e Alvenaria Estrutural de Blocos de Concreto SP,dez-77 Histórico da Tecnologia do Concreto Massa no Brasil. Histórico da origem e da evolução da tecnologia do concreto massa no Brasil. (11 pg) Epaminondas M. Amaral Filho Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Honra à Memória do Engº Wander Miranda de Camargo. Relação dos trabalhos efetuados pelo Engº Wander Miranda de Camargo.(7 pg) Reunião de 1983 - Seminário Sobre Produção do Concreto SP,jun/jul-83

História do Concreto Protendido no Brasil (Pré-Tração). Relato sobre o início das pesquisas de Hoyer, sua evolução e apresentação de algumas realizações de indústrias de pré-fabricação no Brasil.(39 pg) Augusto Carlos de Vasconcelos Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido SP,ago/84 Trinta Anos Dedicados à Protensão. Descrição da evolução do concreto protendido no Brasil de 1953 até o presente, salientando os sistemas "Rudloff" e "VSL".(33 pg) José E. Rudloff Manns Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido SP,ago/84 Mudanças no Concreto na Virada do Século. Considerações sobre a evolução do concreto nas últimas décadas e possíveis mudanças futuras.(14 pg) José Dafico Alves Reunião de 1990 - Assuntos Diversos CE,ago-90

A Importância da Análise Histórica na Evolução da Tecnologia da "Argamassa Armada". Retrospectiva

histórica da tecnologia da argamassa armada com comentários dos problemas ocorridos.(12 pg) Jefferson B. L. Libório e Marcos V. C. Agnesini Reunião de 1992 - Aspectos Históricos Curitiba,jun/92 Edifício Guinle: Como Está o Pioneiro? - Aspectos Históricos. Relatório histórico da construção do edifício

Guinle e dados de acompanhamento de seu estado.(13 pg) Hélio Júlio Gordon e David Cecchetti Reunião de 1992 - Aspectos Históricos Curitiba,jun/92 Encontro com o Futuro. Reunião Anual do Ibracon em Porto Alegre (36( REIBRAC) anima o meio técnico e coloca a entidade como promotora da produção tecnológica setorial. (4 pg) Sem autor Revista de 1994 (outubro/novembro) ano IV no. 10 Justas Homenagens. O presente artigo apresenta os homenageados na 36( REIBRAC e lista os trabalhos nela apresentados. (6 pg) Sem autor Revista de 1994 (outubro/novembro) ano IV no. 10 Concretes of Yesterday, Today and Tomorrow (37 pg) Pierre Claude Aitcin

A Evolução do Concreto: Uma Viagem no Tempo. Este trabalho tem como objetivo contar um pouco da história

das construções e do concreto, em particular (16pg). Tatiana Bittencourt Dumet e Libânio Miranda Pinheiro

(13 pg) Gilberto Molinari

ASPECTOS JURÍDICOS

Disputes Review Boards for the Constrution Industry. This paper describes a system of adjudication which is being used with remarkable sucess in constrution projects. It is the adjudication of disputes by Disputes Review Board, DRB.(17 pg) Artigo em inglês. Peter H. J. Chapman

CÁLCULO ESTRUTURAL

Algunas Consideraciones sobre Puentes Atirantas - La Variante Carretera - Ferroviaria del Complejo Zarate Brazo Largo - Su Ubicacion dentro del Contexto Mundial. Considerações sobre as características e vantagens das pontes atirantadas. Seu emprego no complexo ferroviário Zarate Brazo Largo e sua situação no contexto mundial.(30 pg) R.A.Maglie XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural BA,dez-76

Análise de Estaqueamentos com Construção Lateral. Estudo do cálculo elástico de estaqueamento utilizando-se

o método da rigidez, admitindo-se o engastamento perfeito das estacas com o bloco de fundação.(27 pg) Ilo D.

Borba da Costa XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Estruturas Marítimas - Fundações, Estruturas de Aço BA,dez-76 Analisis Estructural de Plataformas Marinas Fijas. Análise da estrutura de plataformas fixas para exploração e exportação de petróleo, utilizadas em profundidades de 100 a 200 metros.(24 pg) C. A. Brebbia, A. J. Ferrante e E. C. P. de Lima XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Estruturas Marítimas - Fundações, Estruturas de Aço BA,dez-76 Analisis No Lineal (Fisico) con Aplicacion a Vigas de Hormigon Armado. Descrição de um método numérico

para a análise não linear de vigas contínuas, particularmente as de concreto.(23 pg) L.B.J. Rodriguez e G.J. Creus

XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Teoria - Processos de Cálculo (Elementos Finitos,

Computação, etc.) BA,dez-76 Analisis Viscoelastico de Estructuras Laminares. Apresentação de uma formulação para resolver estruturas laminares constituídas por materiais viscoelásticos.(13 pg) Andrés L. Halbritter XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76

Aplicabilidade da Teoria de Bernoulli - Euler a Peças com Variação Linear ou Parabólica da Altura da Seção Transversal. Avaliação dos resultados obtidos ao se adotar a hipótese das seções planas na análise de elementos com mísula.(27 pg) W. J. Mansur XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Concreto Armado

BA,dez-76

Cable-Stayed Girder Bridge Analysis by Numeral Integration. Apresentação do processo de integração

numérica para análise linear e não linear de vigas de pontes atirantadas.(17 pg) Carlos A. Prato XVIII Jornadas Sul- Americanas de Engenharia Estrutural BA,dez-76 Cabos Deformáveis com Arranques Deslocáveis. Fornecimento de elementos que permitem avaliar deslocamentos de arranques e cabos suspensos.(9 pg) Dante A.O. Martinelli XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Diversos BA,dez-76 Cálculo das Cascas de Revolução Mediante Diferenças Finitas de Ordem Superior. Contribuição para o cálculo das cascas finas de revolução sujeitas a carregamento de revolução mediante a aplicação de diferenças finitas de

ordem superior à teoria de flexão.(22 pg) Mouner Khalil El Debo e Dante A.O.Martinelli XVIII Jornadas Sul-

Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 Cálculo de Cabos Mediante Aplicação das Funções Ressalto e Impulso. Apresentação do procedimento de cálculo para cabos inextensíveis submetidos a carregamentos não uniformes.(13 pg) P. Santos Netto e Dante A.O. Martinelli XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Diversos BA,dez-76 Cálculo de Coberturas Pênseis em Casca Protendida de Revolução. Descrição de duas coberturas construídas em Araraquara e Rolândia. Expressões fundamentais para o cálculo dos esforços no cabo e na casca.(24 pg) R.L.A.

Barbato e Dante A.O. Martinelli XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 Cantos em Concreto Armado Submetidos à Momento Fletor Positivo. Estudo do comportamento de cantos estruturais quando submetidos à tração na sua parte interna. Apresentação de resultados sobre o desempenho com

relação a fissuração e eficiência.(22 pg) Anna Christina Cruz Dias XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Concreto Armado BA,dez-76 Cargas Móveis em Vigas de Seção Celular. Análise dinâmica de estruturas prismáticas laminares de eixo reto sob

a ação de carregamento móvel com ou sem massa.(22 pg) J.N.C. Guerreiro, A.F. Loula e A.C. Galeão XVIII

Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural BA,dez-76 Comentários sobre os Intervalos de Interação entre Momento Fletor e Força Normal no Dimensionamento por Flexão Normal Composta. Comentários sobre a interação entre momento fletor e força normal no dimensionamento para flexão compacta em seção retangular.(22 pg) Gilson B. Fernandes XVIII Jornadas Sul- Americanas de Engenharia Estrutural - Concreto Armado BA,dez-76

Comparacion entre Pórticos de Aceros Contínuos Y Separados de un Piso. Comparação das vantagens e desvantagens de pórticos de aços contínuos e separados.(24 pg) L.F.Z. Baglietto e J.E.A. Freyre XVIII Jornadas Sul- Americanas de Engenharia Estrutural - Diversos BA,dez-76 Comportamento Pós-Crítico de Placas e Cascas pelo Método dos Elementos Finitos. Apresentação de uma formulação lagrangeana tridimensional, diretamente obtida da mecânica dos sólidos, particularizada para o problema de comportamento não linear geométrico de estruturas laminares.(14 pg) Luiz C. Wrobel, Luiz Landau e Nelson F. Favilha Ebechen XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 Consideraciones sobre Métodos Racionales de Cálculo de Estructuras Sometidas a la Accion Sismica. Considerações sobre os métodos de cálculo, para estimação das forças sísmicas, utilizados na Venezuela.(25 pg) Eduardo Jakubowicz XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Diversos BA,dez-76 Contribuição à Computização e à Otimização de Traçados de Cabos de Vigas Contínuas Protendidas. Apresentação de processo de cálculo dos esforços devidos à protensão, através da utilização de computador.(30 pg) A.E. Assan, L.R.S. Agostini e Dante A.O. Martinelli XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Teoria - Processos de Cálculo (Elementos Finitos Computação, etc.) BA,dez-76 Contribuição à Sistematização do Dimensionamento para Flexão Normal Composta no Estado Limite Último. Apresentação de uma forma de sistematização do dimensionamento para flexão normal simples ou composta de seções retangulares no estado limite último.(27 pg) Gilson B. Fernandes XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Concreto Armado BA,dez-76 Critério Econômico para a Fixação da Linha Neutra nas Seções Retangulares Submetidas à Flexão Normal Simples ou Composta. Apresentação dos procedimentos para o dimensionamento econômico de seções retangulares de peças de concreto armado, solicitadas à flexão normal simples ou composta.(21 pg) Lauro Modesto dos Santos XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Concreto Armado BA,dez-76 Dimensionamento Econômico de Seções Retangulares de Concreto Armado sob Compressão Excêntrica. Apresentação de tabelas simplificadas para a obtenção da armadura mais econômica para seções retangulares de concreto sob compressão excêntrica.(27 pg) Telemaco Van Langendonck XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Concreto Armado BA,dez-76 Dimensionamento Econômico de Vigas Protendidas de Aço. Apresentação de um processo de dimensionamento econômico de vigas protendidas de aço, baseado no trabalho de Tochacek e Mehta.(20 pg) Cassio F. Sampaio e Tioeturo Yagui XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Diversos BA,dez-76 Diretrizes para Projeto e Verificação de Resistência de Tubulões de Concreto com Camisa de Aço. Diretrizes para projetos de tubulões de concreto de seção circular, com camisa de aço permanentemente enterrada, e armadura na transição fuste-base capaz de transmitir a parcela de carga suportada pela camisa.(15 pg) Fernando Luiz Lobo Barboza Carneiro XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Estruturas Marítimas - Fundações, Estruturas de Aço BA,dez-76 Distribuicion de los Momentos de Empotramiento en la Placa Retangular, Empotrada em sus Cuatro Lados y Sometidas a Carga Hidrostática. Apresentação da teoria de S. Timoshenko para o cálculo dos momentos, decompondo-se a carga em simétrica e assimétrica.(27 pg) G. Rodriguez XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 El Analisis Limite de las Placas Rectangulares y su Verificacion Experimental. Apresentação das diversas investigações realizadas com a finalidade de confrontar com a experiência, os resultados da análise do limite plástico em placas retangulares.(26 pg) Luis E. Del Rio Cabrera XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 El Estado Plano de Tensiones y su Relacion con la Fotoelasticidad. Estudo do estado de tensões segundo a proposta de Love, mediante uma função de tensões que obedece a todas as condições gerais de equilíbrio.(12 pg) J.A. Ricaldoni XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 El Pretensado Parcial em Puentes Carreteros - Sus Possibilidades. Análise das características que devem reunir uma estrutura parcialmente protendida e comparação numérica dos resultados obtidos com diferentes graus de protensão.(14 pg) Luis Julián Lima XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural BA,dez-76 Elementos Estruturais em Rotação como Fonte de Vibrações Estruturais. Determinação teórica e experimental de velocidades críticas e tensões em uma barra em rotação, visando conhecer possíveis fontes de vibrações estruturais.(86 pg) Mário Pinotti Jr., Nelson Tahashi Onuma e Paulo Seleghim XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Solicitações Repetidas ou Dinâmicas - Fluência BA,dez-76 Elementos Finitos Taylorianos. Apresentação de um modelo matemático de elementos finitos, o qual em lugar das clássicas funções polinomais faz emprego das séries de Taylor para representar as funções de interpolação.(26 pg) Ihor Dionizio Kotchergenko XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Teoria - Processos de Cálculo (Elementos Finitos, Computação, etc.) BA,dez-76

Estudo da Associação Plana de Pórticos e Pilar - Parede pelo Processo Contínuo. Estudo da associação plana de pórtico e pilar-parede, sob carga lateral, pela técnica contínua, que admite a interação entre os elementos componentes distribuída ao longo da altura do painel.(22 pg) L.F.D Ferreira e E. Mancini XVIII Jornadas Sul- Americanas de Engenharia Estrutural - Teoria - Processos de Cálculo (Elementos Finitos, Computação, etc.)

BA,dez-76

Flexion Cilindrica de Placas "Largas" Retangulares Uniformemente Cargadas com Apoyos Elasticamente Empotrados. Apresentação de tabelas e gráficos que permitem calcular de forma rápida, momentos máximos, esforços de tração, e deformações máxima.(15 pg) G. Rodriguez e José A. de Almeida XVIII Jornadas Sul- Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 Instabilidade Elástica de Pórticos Retangulares Indeslocáveis. Estudo do problema de flambagem elástica dos

pórticos planos retangulares que são comumente usados em estruturas de edifícios.(22 pg) R.G. Figueiredo e D.C. dos Santos XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Teoria - Processos de Cálculo (Elementos Finitos, Computação, etc.) BA,dez-76 Instabilidade Elástica do Conjunto para Estruturas de Viadutos. Fornecimento de subsídios para a determinação expedita do comprimento de flambagem de pilares de viadutos.(18 pg) B.E.Diaz e A.V.Costa e Silva

XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural BA,dez-76

Integração de Funções em Domínios Triangulares Planos. Apresentação da teoria dos elementos finitos e os aspectos computacionais inerentes ao problema. Reprodução de programa elaborado e resultados obtidos.(21 pg) Walter Savassi XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Teoria - Processos de Cálculo (Elementos Finitos, Computação, etc.) BA,dez-76

Investigação Experimental de Tensões Dinâmicas em uma Placa Engastada em uma Parte de uma de suas Arestas. Investigação experimental das tensões em um ponto de concentração onde podem aparecer trincas, de uma placa plana engastada em uma parte de uma de suas arestas.(13 pg) Mário Pinotti Jr. e Paulo Seleghim XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Solicitações Repetidas ou Dinâmicas - Fluência BA,dez-76 Método de Solução de Vibrações em Elementos Estruturais em Rotação. Aplicação do método de Proh e análise do comportamento estrutural dos eixos escalonados com ou sem discos em rotação, determinando as velocidades críticas dos mesmos.(21 pg) Mário Pinotti Jr., M. Inouye e Paulo Seleghim XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Solicitações Repetidas ou Dinâmicas - Fluência BA,dez-76 Metodos Varicionales em Cascaras Axisimetricas Sometidas a Cargas Arbitrarias. Análise de cascas assimétricas submetidas a cargas arbitrárias e efeitos de temperatura segundo a teoria de Love e de Flugge.(27 pg) Raul A. Feijóo, Héctor A. Rojas, Edgardo O. Taroco e Luiz Bevilacqua XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Teoria - Processos de Cálculo (Elementos Finitos,Computação,etc.) BA,dez-76 Modelos Reduzidos de Cinco Tabuleiros de Pontes. Apresentação dos resultados obtidos em cinco modelos reduzidos de tabuleiros de pontes ensaiadas até a ruína.(26 pg) Ilio Montanari XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural BA,dez-76 O Comportamento Elástico dos Cabos. Estabelecimento de formulação do comportamento elástico dos cabos de enrijecimento ou suspensão usados em diversas tipos de estruturas, tais como mastros, ou torres de televisão e estruturas marítimas ancoradas.(12 pg) Oscar Tapias XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Estruturas Marítimas - Fundações, Estruturas de Aço BA,dez-76 Predimensionamento de Tabuleiros de Pontes. Apresentação de processo de cálculo que permite decidir quanto à escolha do número de vigas longitudinais e transversais de tabuleiros de pontes.(12 pg) Ilio Montanari XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural BA,dez-76 Processo Discreto de Análise de Estruturas Constituídas de Chapas. Apresentação de novo processo de análise de estruturas constituídas de chapas.(23 pg) T. Yagui e Almir M. Faria XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 Programas HP 65 para Avaliação de Flexas em Vigas Fissuradas. Apresentação de programas para a calculadora programável HP 65, segundo o ACI 318/71 proposto por Branson, para avaliação de flexas em vigas fissuradas.(18 pg) Moacir U.F.Pereira Leite e Murilo Alves Miranda XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural -

Teoria - Processos de Cálculo (Elementos Finitos, Computação, etc.) BA,dez-76

Ruína de Lajes de Pontes. Apresentação de resultados de ensaios de modelos reduzidos de lajes de pontes, que

foram projetadas segundo as prescrições da NB2. Cálculo e execução de pontes de concreto armado item 24.(17 pg)

Ilio Montanari e José Samuel Giongo XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Placas - Chapas - Cascas BA,dez-76 Sobre a Contribuição dos Estribos na Resistência das Laje-Pilar. Comentários sobre o comportamento até a ruína de ligações laje-pilar e cantos e bordas de lajes cogumelo sem capitéis, ressaltando o aumento das cargas de

ruína observado com a presença de estribos.(14 pg) Dante A.O.Martinelli, Jorge C.Ferreira e Toshiaki Takeya

XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Concreto Armado BA,dez-76

Sobre o Método Aproximado do CEB-FIP para Dimensionamento de Colunas Longas em Flexão Reta.

Apresentação dos resultados da verificação da estabilidade de colunas longas, em flexão reta, dimensionadas de acordo com o método aproximado proposto pelo CEB-FIP.(15 pg) Luiz Fernando Taborda Garcia e José Claudio F. Telles XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Concreto Armado BA,dez-76 Sobrecarga en Oficinas - Resumen del Estudio en Base a la Encuesta del Ano 1972. Apresentação de dados e resultados das investigações realizadas pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo a respeito de sobrecarga em oficinas.(27 pg) Marcelo M. Guttero XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Diversos BA,dez-

76

Teoria de Segunda Ordem no Cálculo das Peças Sujeitas à Flexão Composta - Oblíqua com Flambagem. Apresentação de subsídios ao estudo da teoria de segunda ordem no cálculo de pilares sujeitos à flexão composta e oblíqua.(43 pg) Aderson Moreira da Rocha XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Diversos

BA,dez-76

Velocidade Básica do Vento para o Projeto de Estruturas no Brasil: Antecedentes para Revisão na NB-5. Resumo dos resultados que serviram de base para a elaboração das recomendações do Projeto de Norma NB-5 para cálculo da velocidade básica do vento para o projeto de estruturas.(27 pg) J.D.Riera e Ivo Padaratz XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Diversos BA,dez-76

Um Processo Simplificado para o Cálculo da Espessura de Pavimentos de Concreto Simples Submetidos a Cargas Uniformementes Distribuídas. Apresentação de um processo simplificado para o dimensionamento de pavimentos de concreto com cargas uniformemente distribuídas. Exemplificação do método com uso de ábaco.(22 pg) Márcio Rocha Pitta 1º Congresso Brasileiro de Pavimentos de Concreto - PAVICON MG,out-78 Dimensionamento das Armaduras para Combate às Fissuras de Serviços nos Túneis do Metrô de São Paulo. Apresentação de como se desenvolveu o projeto estrutural da linha Leste/Oeste do Metrô de São Paulo. Detalhamento do dimensionamento das armaduras de combate às fissuras.(24 pg) Henrique V. Cruz, Sérgio E. Salvadori, Antonio S. Peron e Érico S. Guerra Colóquio Sobre Concreto em Clima Quente SP, dez-81 Cálculo Atualizado de Peças Pré-Moldadas Protendidas Complementadas com Concreto Local (Método dos

Estados Limites). Dimensionamento de peças compostas de vigas pré-moldadas protendidas pelo sistema de pré-

tração completadas na obra com lançamento de concreto em diferentes etapas.(20 pg) Augusto Carlos de

Vasconcelos e Márcio de Oliveira Ferreira Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido SP,ago/84 Capacidade de Deformação do Concreto - Comparação Entre Valores Obtidos pela Expressão de Houghton e os Valores Obtidos pelo Ensaio de Flexão em Vigas. Descrição resumida dos procedimentos para a determinação da capacidade de deformação do concreto, fazendo uma comparação entre os valores obtidos pela expressão de Houghton e aqueles obtidos pelo ensaio de flexão em vigas com carregamento lento.(27 pg) Miguel Normando Abdalla Saad, Paulo José Ribeiro de Oliveira e Flávio Moreira Salles Reunião de 1985 - Tema Livre SP,jul/85 Critérios para Dispensa de Consideração do Efeito de 2ª Ordem. O trabalho mostra como aplicar o critério contido no Código modelo do CEB, art. 14.1.2 - Comentários, pelo qual se pode considerar uma estrutura como indeslocável quando o coeficiente de instabilidade "alfa" é inferior a certo limite.(37 pg) Augusto Carlos de Vasconcelos Reunião de 1985 - Colóquio sobre Estabilidade Global das Estruturas de Concreto Armado SP,jul/85 Determinação dos Momentos Adicionais para Pilares Esbeltos. Proposta de nova equação para a determinação dos momentos adicionais para pilares esbeltos.(14 pg) Newton Fernando Brant Reunião de 1985 - Colóquio sobre Estabilidade Global das Estruturas de Concreto Armado SP,jul/85 Exemplo de Cálculo do Esforço de 2ª Ordem Global em um Edifício de Concreto Armado. Exemplo de como se determina o esforço de 2ª ordem global de um edifício de 12 pavimentos, analizando-se 3 variantes para o

esquema estrutural básico.(45 pg) Ricardo Leopoldo e Silva França Reunião de 1985 - Colóquio sobre Estabilidade Global das Estruturas de Concreto Armado SP,jul/85 Pilares Esbeltos de Concreto Armado - Um Método Aproximado. Proposta de adaptação à NB-1/78, do método aproximado para dimensionamento direto de pilares de concreto com "lambda" menor ou igual a 140. Comparação entre excentricidades de 2ª ordem obtidas por este método e as obtidas pela fórmula simplificada da NB-1/78.(33 pg) José Roberto Hoffmann Reunião de 1985 - Colóquio sobre Estabilidade Global das Estruturas de Concreto Armado SP,jul/85 Problemas de Estabilidade nos Edifícios de Concreto Armado. Apresentação dos problemas de flambagem, 2ª

ordem e ponto limite. Definição do parâmetro de instabilidade que permite classificar os edifícios de acordo com a

mobilidade dos nós, indicando os procedimentos apropriados ao dimensionamento dos pilares no caso de nós fixos e móveis.(20 pg) Mário Franco Reunião de 1985 - Colóquio sobre Estabilidade Global das Estruturas de Concreto Armado SP,jul/85

Procedimento Simplificado para Verificação da Segurança à Flambagem de Pilares de Seção Retangular sob Flexo-Compressão Oblíqua. Apresentação de um procedimento, originalmente proposto por Kardina, adaptado ao

formato e às hipóteses da NB-1,que apesar de simplificado, fornece resultados satisfatórios para os casos de pilares de edificações.(9 pg) Antonio Carlos Reis Laranjeiras Reunião de 1985 - Colóquio sobre Estabilidade Global das Estruturas de Concreto Armado SP,jul/85 Muros Flutuantes. Descrição dos procedimentos de dimensionamento e execução de muros guias flutuantes de concreto.(31 pg) Rui Watanabe Reunião de 1987 - Colóquio sobre Industrialização das Construções de Concreto

SP,jul/87

Aplicação do Círculo de Mohr na Avaliação da Resistência do Concreto. Interpretação através do círculo de Mohr dos resultados de resistência à compressão, tração e solicitações múltiplas no concreto.(18 pg) Jorge Alberto Guberman e Magno José Hecksher Reunião de 1988 - Tema Livre RJ,ago-88 Estruturas Bidimensionais de Concreto Submetidas a Deformações Variáveis ao Longo do Tempo. Análise de estruturas bidimensionais de concreto sujeitas a deformações devidas a várias causas.(15 pg) Henrique Longo Reunião de 1988 - Tema Livre RJ,ago-88 Plataforma de Rejeitos Radioativos de Goiânia. Descrição do projeto, especificações e execução das plataformas para guarda transitória de rejeitos radioativos.(11 pg) José Dafico Alves Reunião de 1988 - Tema Livre RJ,ago-88 Thermal Load in a Circular Concrete Shaft Due to Solar Radiation Heat. Apresentação de um modelo matemático para medir temperaturas numa torre cilíndrica de concreto exposta a radiação solar.(18 pg) L. Claess Reunião de 1988 - Tema Livre RJ,ago-88 Análise Cinemática das Peças de Concreto Armado Sujeitas à Torção de Saint-Venant. Fornecimento de dados para análise cinemática de peças de concreto sujeitos à torção de Saint-Venant.(13 pg) Emil Sánchez Reunião de

1990 - Cálculo Estrutural CE,ago-90

Avaliação do Coeficiente de Minoração do Concreto em Estruturas Acabadas. Apresentação de uma pesquisa visando determinar o coeficiente de minoração efetivo em estruturas acabadas em função do padrão de qualidade da execução.(07 pg) Ruy Alberto Cremonini Reunião de 1990 - Cálculo Estrutural CE,ago-90 Ligações em Peças Pré-Moldadas Fletidas - Estudo da Tensão de Cisalhamento. Análise do comportamento da seção de ligação entre um concreto velho e um concreto novo, submetido a flexão.(07 pg) Protásio Ferreira e Castro e Vicente C. M. Souza Reunião de 1990 - Cálculo Estrutural CE,ago-90 Modelos Teóricos para o Dimensionamento à Torção de Saint-Venant de Peças de Concreto Armado. Apresentação dos resultados obtidos em modelos para o cálculo de peças de concreto armado, submetidas à torção de Saint-Venant.(15 pg) Emil Sánchez Reunião de 1990 - Cálculo Estrutural CE,ago-90

Processo Simplificado de Cálculo para o Dimensionamento de Componentes, Executados em Argamassa Armada e Concreto para Superestruturas Mistas de Pontilhões Rodoviários. Relato do processo de cálculo dos componentes da superestrutura de um pontilhão de argamassa armada e concreto.(15 pg) Marcos Vinício Costa Agnesini Reunião de 1990 - Cálculo Estrutural CE,ago-90 Projeto de Torre Seca em Casca de Concreto - Usina Termelétrica Paulínia. Apresentação dos aspectos mais

importantes do projeto estrutural e executivo de uma casca hiperbólica de concreto. (17pg) Antonio René Camargo Aranha de Paula Leite, Carlos Alberto Fontes, Joaquim Antonio Araújo e Dante Angelo O. Martinelli Reunião de

1990 - Assuntos Diversos CE,ago-90

Tensões Térmicas em Estruturas de Concreto - Aplicações e Tendências dos Métodos de Cálculo. Análise dos principais métodos utilizados para determinação das tensões térmicas e perspectivas futuras.(15 pg). Lucy Inês O. Birindelli, Luércio Scandiuzzi e George lnoue Reunião de 1990 - Assuntos Diversos CE,ago-90 Dimensionamento à Torção - ACI 318. Apresentação do método para dimensionamento à torção recomendado pelo ACI - American Concrete Institute.(18 pg) Emil de Souza Sanchez Filho Reunião de 1991 - Diversos

Santos,ago/91

"Laje Livre" gera economia. Pelo processo de cálculo de lajes sem vigas, "lajes livres", não é necessário utilizar os pórticos múltiplos preconizados na normalização brasileira para as lajes-cogumelo, mas simplesmente considerar a rigidez efetiva dos pilares. (4 pg) José A. S. Gante Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 Cálculo Estrutural de Usinas Hidrelétricas. A finalidade do presente artigo é descrever a metodologia de cálculo estrutural atualmente utilizada pela Cesp para os projetos básicos e executivos dos novos empreendimentos energéticos da empresa. (3 pg) Antonio René Camargo Aranha de Paula Leite Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 O Método dos Elementos Finitos na Construção Civil. As crescentes dificuldades econômicas levam os profissionais a buscar soluções mais eficientes, baratas e seguras para elaboração das estruturas de concreto. (2 pg) Giuseppe Mirlisenna Revista de 1991 (setembro/outubro) ano I no. 2

A Resolução Numérica do Modelo Viscoelástico Linear com Envelhecimento do Concreto e sua Aplicação no

Cálculo das Tensões de Origem Térmica em Barragens de CCR. Descrição do cálculo de tensões no concreto compactado a rolo a partir da determinação da temperatura no tempo.(13 pg) Eduardo de Aquino Gambale, José Tomaz França Fontoura, Quintiliano Mascarenhas Guedes e Walton Pacelli de Andrade Reunião de 1992 - Como Projetar para Garantir a Vida Útil Esperada Curitiba,jun/92 Bielas de Concreto Armado - Ruptura e Fissuração. Apresentação de resultados de ensaios visando melhor entendimento do método de dimensinamento no CEB-1990.(15 pg) Eduardo Thomaz e Cristina Haguenauer Naegeli Reunião de 1992 - Como Projetar para Garantir a Vida Útil Esperada Curitiba,jun/92 Edifício Guinle: Como Está o Pioneiro? Aspectos Estruturais. Descrição do estado atual em que se encontra a estrutura e ensaios realizados.(20 pg) Nelson dos Santos Gomes e Ivanísio de Lima Oliveira Reunião de 1992 - Como Projetar para Garantir a Vida Útil Esperada Curitiba,jun/92

O Cálculo Estrutural de Usinas Hidrelétricas na CESP - Evolução Histórica, Situação Atual e Evolução

Futura Prevista. Análise dos métodos de dimensionamento de usinas hidrelétricas desde o de estruturas de caixa

espiral. Método dos elementos finitos e tendência de incluir as ações dinâmicas.(14 pg) Antonio René Camargo Aranha de Paula Leite e Miguel Normando de Abdalla Saad Reunião de 1992 - Como Projetar para Garantir a Vida Útil Esperada Curitiba,jun/92 Cálculo de Concreto Armado. Este artigo apresenta fórmulas para o cálculo analítico direto da resultante de compressão do concreto e do respectivo momento resistente, para seções sob flexão composta. (8 pg) Lauro Modesto Santos e Flávio Mendes Neto Revista de 1992 (janeiro/fevereiro/março) ano II no. 3 Cálculo de Lajes Contínuas no regime de Ruptura. O chamado método das charneiras plásticas é apresentado

nesse trabalho, com sugestão para incentivar aqueles que se dedicarem ao estudo de lajes contínuas pelo cálculo das lajes contínuas no regime de ruptura. (4 pg) Anderson Moreta da Rocha Revista de 1992 (abril/maio/junho) ano II no. 4 Flexão Normal Composta em Concreto Armado - Curvas Analíticas de Interação v-y. O presente artigo apresenta a potência e simplicidade do método de programação em computadores. (6 pg) Eldon Londe Mello Revista de 1992 (abril/maio/junho) ano II no. 4

O projeto de Estrutura do Hospital da Mulher. Neste artigo, descrevem-se alguns aspectos mais importantes da

elaboração do projeto de estrutura do Hospital da Mulher, seu acompanhamento e execução. (3 pg) Carlos A. Leal e Roberta Collet Revista de 1992 (janeiro/fevereiro/março) ano II no. 3 Resistência do Concreto Comprimido. Este trabalho esclarece as idéias envolvidas no problema da resistência do concreto comprimido.(17 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 35ª REIBRAC Péricles Brasiliense Fusco 35ª REIBRAC - Controle da Qualidade do Concreto - Processos Construtivos em Obras de Concreto Brasília,jun-93 Análise Comparativa entre os Métodos para Determinação dos Esforços Solicitantes em Vigas de Edifício. Este trabalho tem como objetivo apresentar e analisar resultados de esforços solicitantes,oriundos de ações verticais, obtidos para vigas de edifícios através de vários métodos baseados em modelos de cálculo usualmente considerados.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC José Fernão Miranda de Almeida Prado e José Samuel Giongo 36ª REIBRAC - Novas Normas de Concreto RS,set-94 Cálculo de Armadura Contra Colapso Progressivo em Lajes Cogumelo. Este trabalho apresenta um exemplo de cálculo de armadura contra colapso progressivo em uma laje de um edifício residencial.(11 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC Renata Loubet Guimarães e Guilherme Sales de Melo 36ª REIBRAC - Novas Normas de Concreto RS,set-94

Determinação da Esbeltez Limite de Pilares de Concreto Armado. O trabalho mostra a formulação de um método prático para a determinação da esbeltez a partir da qual os efeitos de segunda ordem devem ser considerados no dimensionamento de pilares de concreto armado.(12 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC Tarcisio José Marques de Souza, Giuseppe Barbosa Guimarães e Ney Augusto Dumont 36ª REIBRAC - Novas Normas de Concreto RS,set-94 Limitação de Deformações em Lajes de Concreto Armado. O presente trabalho apresenta um procedimento para cálculo de lajes no estádio II, considerando-se a não-lineridade física, onde a estrutura é transformada numa grelha constituída de "vigas chatas".(11 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC Silvio Romero Fonseca Lima 36ª REIBRAC - Novas Normas de Concreto RS,set-94 Punção em Lajes Cogumelo de Concreto Armado com Furos. Neste trabalho apresenta-se os resultados experimentais dos ensaios de lajes cogumelo de concreto armado com furos próximos à coluna.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC M. A. S. Andrade, Rogério Salez Góz, Ronaldo B. Gomes e Maurice Antoine Traboulsi 36ª REIBRAC - Novas Normas de Concreto RS,set-94

Tabelas para Cálculo de Lajes Retangulares com Base no Método dos Elementos de Contorno. Este artigo

trata do cálculo de esforços e deslocamentos em lajes usuais, com carga uniforme.(14 pg) Artigo também disponível

no

volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC José Luiz P. Melges e Libânio M. Pinheiro 36ª REIBRAC - Novas Normas

de

Concreto RS,set-94

Uma Comparação dos Métodos de Cálculo para Puncionamento em Lajes Cogumelo de Concreto Armado. Pretende-se apresentar uma análise comparativa dos métodos de cálculo recomendados pelas normas americana e

européia, com base nos resultados encontrados na literatura e ensaios realizados nos Laboratórios de Furnas Centrais Elétricas S.A.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC M. A. S. Andrade e Ronaldo B. Gomes 36ª REIBRAC - Novas Normas de Concreto RS,set-94 Estudo de Consolos em Concreto Armado Através de Análise Experimental e Computacional. Este artigo apresenta um estudo que compara a análise experimental e computacional de consolos de concreto armado, verificando o que pode influenciar no comportamento dos elementos construtivos. (7 pg) Cristina Haguenauer Naegeli Revista de 1994 (agosto/setembro) ano IV no. 9 Verificação Simplificada de Seções Retangulares Sujeitas à Flexão Composta Oblíqua. O presente trabalho estuda uma forma específica de equação de interação que relaciona as componentes do momento fletor resistente para uma seção oblíqua. (4 pg) Bernardo Horowitz e Carnot Leal Nogueira Revista de 1994 (agosto/setembro) ano

IV no. 9

Estudos Térmicos para a Viga Munhão - UHE Corumbá I. Este trabalho tem como objetivo mostrar as hipóteses

de cálculos térmicos estudadas para a viga munhão da UHE Corumbá I.(15 pg) Artigo também disponível no

volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Carlos Alencar Dias Sobrinho, Celso Augusto Pires de Almeida, João Bosco Moreira do Carmo, Moacir Alexandre Souza de Andrade e Renato Lemos Silveira 37ª REIBRAC - Uso de Aditivos e Adições GO,jul-95

O Arranjo Estrutural, a Tecnologia dos Concretos e a Durabilidade das Estruturas de Concreto Armado e

Protendido. O presente trabalho tratará da quantificação e das considerações dos carregamentos que atuarão nas

estruturas com a ótica do projetista de estruturas.(11 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC Marcello da Cunha Moraes 37ª REIBRAC - Durabilidade do Concreto GO,jul-95

O Edifício Maria Clarisse (Contribuição para a Revisão de 1994 da NB-1). Neste trabalho procura-se mostrar as

diferenças dos resultados de cálculo dos esforços solicitantes e dimensionamento de seções de vigas em 1954 e hoje.(18 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Augusto Carlos de Vasconcelos, Nelson Covas e Luiz Aurélio Fortes da Silva 37ª REIBRAC - Informática Aplicada ao Concreto GO,jul-95 Esforços ao Longo do Tempo em Estruturas de Concreto (1( parte). Neste trabalho, é apresentada uma metodologia revolucionária e extremamente simples para calcular os esforços do tempo nas estruturas de concreto,

permitindo utilizar processos de cálculo usuais, inclusive por computador. (12 pg) Sérgio Augusto Mangini Revista

de 1996 (junho/julho) ano VI no. 13

Esforços ao Longo do Tempo em Estruturas de Concreto (2( parte). Neste trabalho, é apresentada uma metodologia revolucionária e extremamente simples para calcular os esforços do tempo nas estruturas de concreto, permitindo utilizar processos de cálculo usuais, inclusive por computador. (8 pg) Sérgio Augusto Mangini Revista de 1996 (agosto/setembro) ano VI no. 14 Origem dos Parâmetros de Estabilidade Alfa e GamaZ. Este trabalho é uma retrospectiva atualizada para a prática da estabilidade global dos edifícios altos. A constatação de que podem ser usados diferentes valores de ( para diferentes tipos de estruturas. (10 Pg) Augusto Carlos de Vasconcelos Revista Nº 20 - Ano VI - Jan/Mar/98 Utilização da Teoria das Charneiras Plásticas em Análise e Dimensionamento de Lajes de Edifícios. Este

trabalho tratará de vários aspectos referentes à utilização da Teoria das Charneiras Plásticas em análise e dimensionamento de Lajes de Concreto Armado em Edifícios. (29 pg) Daniel Domingues Loriggio Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98

Verificação da Punção em Lajes Segundo o CEB/95. Este trabalho apresenta o roteiro de cálculo para verificação

da punção em lajes, segundo o Bulletin d`Information Nº 223 ( CEB/95), comparando-o com algumas

recomendações do CEB/90. (11 pg) José Luiz Pinheiro Melges e Libânio Miranda Pinheiro Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Concepção Estrutural e Concreto de Alta Resistência - Fatores Relevantes no Projeto Estrutural de Edifícios. Este trabalho é fruto da experiência profissional desenvolvida por um escritório de Engenharia Consultiva para Projetos Estruturais que visando atender a demanda de mercado propões uma nova alternativa ao Projeto Estrutural, já existente, de um edifício. (11pg) Argemiro A. F. Mendonça Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Consideração simplificada da Não-Linearidade física no Projeto de Edifícios de Concreto Armado. Neste trabalho são discutidos os procedimentos simplificados, baseados na redução da inércia à flexão dos elementos

estruturais, para a consideração de não linearidade física na análise de edifícios de concreto armado. (28 pg) Rivelli da Silva Pinto, Márcio Antonio Ramalho e Márcio Roberto Silva Corrêa Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Um Sistema para Determinação de Modelos de Bielas e Tirantes. Este trabalho tem por objetivo apresentar uma formulação e um sistema que seja uma ferramenta auxiliar para o engenheiro na definição de modelos de bielas e tirantes de estruturas bi-dimensionais. (35 pg) E. C. Alves, L. E. Vaz e M. S. L. Velasco Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Tomadas de Decisão em Projetos Estruturais de Edifícios em Alvenaria. Neste artigo, serão levantados alguns itens com os quais se depara o projetista, durante as várias etapas de um projeto estrutural de edifícios em alvenaria de blocos de concreto. (28 pg) K. M. Accetti, M. Corrêa e M. A. Ramalho Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Resistência ao Cortante de Vigas de Concreto de Alta Resistência. Neste trabalho é levantado o nível de segurança dos métodos usuais de cálculo de resistência ao cortante para o caso de vigas de concreto de alta resistência ( CAR ) (27 pg) Renata S. V. Cardoso, Lídia da Conceição Domingues Shehata e Eduardo C. S. Thomaz Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Reações nas Vigas de Apoio em Pavimentos executados com Lajes Pré-Moldadas. Neste estudo são analisadas divesas situações, buscando verificar qual a parcela de carga realmente absorvida pelas vigas paralelas às longarinas. (24 pg) Robert Chust Carvalho, Sydney Furlan Junior e Jasson Rodrigues de Figueiredo Filho Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Dimensionamento à Flexão de Vigas Protendidas de CAD. Neste trabalho, mostra-se a aplicação do CAD em elementos fletidos e apresenta-se o seu dimensionamento de acordo com um diagrama retangular adequado, comparando os resultados com os obitdos de acordo com o diagrama parábola-retângulo da Norma Brasileira (NB- 1/78). (28 pg) João Paulo de Andrade Junior e Libânio M. Pinheiro Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Previsão de Altura de Vigas de Concreto para evitar a Verificação do Estado Limite de Deformação Excessiva. Neste trabalho apresentam-se alguns exemplos em que os valores estimados pela expressão da Norma são inadequados, ora resultando em alturas insuficientes para observar os valores limites das deformações, ora conduzindo a seções antieconômicas. (24 pg) Sydney Furlan Junior, Roberto Chust Carvalho e Jasson Rodrigues Figueiredo Filho Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Otimização de Vigas de Concreto Armado. Este trabalho apresenta um estudo da otimização do custo de vigas de concreto simplesmente armadas.Propõe-se uma nova técnica de otimização do custo de vigas de concreto armado e comparam-se os resultados obtidos com aqueles indicados por outras técnicas (27 pg) Ibrahim Abd El Malik Shehata e Breno Ferreira Grossi Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 O Misterioso Módulo de Elasticidade. Numa introdução é apresentado o histórico do aparecimento do módulo de elasticidade com Hooke e Young. Em seguida é feita uma comparação com o comportamento dos tecidos vivos. Em seguida é feita a particularização ao caso do concreto como material composto de pedra e pasta de cimento. Mostra- se então que o valor do módulo a ser usado nos projetos depende da finalidade, sendo possíveis variações normais de 25%. (30 pg) Augusto Carlos de Vasconcelos e Salvador E. Giammusso Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Estudo de Estruturas de Contraventamento em Edifícios de Concreto Armado. Este trabalho tem como objetivo apresentar a formulação das matrizes de rigidez de elementos de analogia de pórticos que podem ser implementados em um programa de pórtico espacial, e serem aplicados em um escritório de projetos de tais estruturas. (25 pg) André Kraemer Souto Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro -

Agosto/98

Procedimentos de Projeto Estrutural das Torres de Concreto Armado para Telecomunicações, conforme a Prática Telebrás 240.430-601. Neste trabalho são apresentados os principais aspectos dos procedimentos de projeto da estrutura e das fundações das torres de concreto armado para telecomunicações, conforme as recomenda- ções práticas da Telebrás 240.430-601 (1997). (28 pg) Tarcísio José Marques de Souza Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Determinação de Armaduras em Lajes de Concreto Armado considerando a Resistência do Concreto ao Momento Volvente. Neste trabalho através da composição entre tensões cisalhantes desenvolvidas a partir de forças cortantes e a partir do momento volvente, foi possível determinar um critério para cálculo do máximo momento volvente resistido pelo concreto. (24 pg) Guilherme Aris Parsekian, Márcio Roberto Silva Corrêa e Márcio Antônio Ramalho Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Avaliação da Deformação de Lajes Nervuradas considerando a Não-Linearidade Física: Comparação entre Valores Teóricos e Experimentais. Neste trabalho são utilizadas duas formulações para a incorporação da não-

linearidade física, aplicáveis ao pavimento de concreto armado: a formulação empírica proposta por Branson e um modelo simplificado que baseia-se em uma relação constitutiva entre o momento fletor e curvatura a partir de um diagrama trilinear cujos pontos de inflexão coincidem com os limites dos estádios I, II e III do comportamento mecânico do concreto armado. (25 pg) R. S. Oliveira, D. L. Araújo, M. R. S. Corrêa e M. A. Ramalho Cd-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Cisalhamento na Interface entre Concreto Pré-Moldado e Concreto Moldado no Local em Vigas Submetidas à Flexão. Comparação entre resultados experimentais e Valores de Normas. Neste trabalho são apresentadas as recomendações para avaliação da resistência da interface de vigas compostas da NBR-9062- Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado e das principais organizações internacionais. (32 pg) Daniel de Lima Araújo e Mounir Khalil El Debs CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Análise Estrutural de Grelhas de Pavimentos de Concreto Armado considerando-se Modelos Fundamentados na Mecânica do Dano Contínuo. O trabalho consta da exposição e aplicação de dois modelos de dano para o

concreto propostos por Mazars e Cervera et alli que tem por finalidade a determinação de esforços e deslocamentos em grelhas de pavimentos de concreto armado supondo a armadura concentrada em uma única camada obedecendo

a um regime de comportamento elasto-plástico com encruamento. (29 pg) A S. Botta e W. S. Venturini CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98

Análise de Alternativas Estruturais para Edifícios. Com este trabalho pretende-se estabelecer uma relação entre os índices de consumo de materiais e os respectivos custos dentre vários sistemas estruturais em concreto armado. (27 pg) Augusto T. de Albuquerque e Libânio Miranda Pinheiro CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto

- Rio de Janeiro - Agosto/98

Eclusa de Porto Primavera Modelos Matemáticos empregados no Desenvolvimento do Projeto Estrutural. Este trabalho apresenta a descrição e comparação entre dois modelos matemáticos utilizados na elaboração do projeto estrutural da Eclusa de Porto Primavera, localizada no Rio Paraná. (26 pg) Sérgio Cifú e Marcos Antonio Pereira de Godoy CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Cálculo da Fadiga das Armaduras nas Galerias do Metrô do Rio de Janeiro. Este trabalho apresenta uma análise dos critérios de cálculo à fadiga das armaduras adotadas nas galerias do Metrô da cidade do Rio de Janeiro.(15 pg) Plácido Barbosa CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Análise de Pavimentos de Concreto Armado com a consideração da Não-Linearidade Física. Eeste trabalho propõe um modelo simples no qual a não-linearidade é tratada mediante emprego de diagrama momento-curvatura trilinear para o concreto armado, respeitando-se, basicamente os limites dos estádios I, II e III. (33 pg) R. S. Oliveira, M. R. S. Corrêa e M. A Ramalho CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro -

Agosto/98

Análise Comparativa entre Métodos Plásticos e Elásticos no dimensionamento de lajes armadas nas duas direções. Os métodos de Marcus, Johansen e do prof. Aderson Moreira da Rocha foram utilizados para o dimensionamento de lajes maciças de concreto armado com o objetivo de quantificar a economia de área de armadura e comprimento total de ferragem em relação ao método de Marcus ( Elástico ). (16 pg) Renato César Gavazza Menin e Guilherme Sales Melo Análise em Regime Plástico de Placas de Concreto Reforçado com Fibras de Aço sobre base Elástica. Neste trabalho é apresentada uma análise em regime plástico, através da teoria das linhas de ruptura, de placas de concreto reforçado com fibras de aço sobre base elástica. (12pg) Marco Antonio Carnio e Newton de Oliveira Pinto Júnior Análise Não-Linear de Lajes Pré-Moldadas com Armação Treliçada: Comparação de Valores Teóricos com Experimentais e Simulações Numéricas em Painéis Isolados. Apresenta-se neste trabalho uma análise comparativa de valores teóricos com experimentais para um painel de laje bidirecional e simulações numéricas de casos representativos. (16pg) Alonso Droppa Júnior e Mounir Khalil El Debs Aplicação de Modelos Computacionais à Análise de Estruturas de Betão. No presente trabalho pretende-se descrever o procedimento utilizado com vista a uma análise mais rigorosa de estruturas laminares de betão, e apresentar algumas aplicações práticas efectuadas nos últimos anos. (19pg) Joaquim A. Figueiras Avaliação dos Parâmetros de Instabilidade. Este trabalho objetiva, principalmente, expor a origem do parâmetro ( proposto por Beck & Konig, bem como avaliar os seus valores limites. (16pg) George Magalhães Maranhão Contribuição ao Estudo de Lajes Pré-Fabricadas com Vigas Treliçadas. Neste trabalho, através de ensaio de flexão, simples em dez modelos, quatro em seção retangular e seis em seção T, procurou-se representar de forma satisfatória o modo real de sua utilização em obra, buscando a caracterização da vigota treliçada. (9pg) Delma Pereira Caixeta e Luiz Roberto Sobreira de Agostini Influência das Fundações no Custo das Alternativas Estruturais para Edifícios. Neste trabalho consideram-se os casos de estrutura convencional com lajes maciças e com lajes nervuradas, estrutura com laje lisa e estrutura

utilizando protensão, com a inclusão das fundações, sendo admitidas sapatas isoladas. (16pg) Augusto T. de Albuquerque e Libânio M. Pinheiro

Lajes Cogumelo - Influência do Posicionamento da Armadura de Cisalhamento em relação à Armadura de Flexão. Neste trabalho procurou-se estudar a resistência à punção de lajes cogumelo de concreto armado com armadura de cisalhamento posicionada ao redor da coluna e internamente às armaduras de flexão dos bordos superior e inferior. (15pg) Moacir Alexandre Souza de Andrade e Ronaldo Barros Gomes Influência da Rigidez Transversal à Flexão das Lajes e os Parâmetro de Estabilidade Alfa e GamaZ. Este trabalho tem o objetivo de mostrar que os parâmetros de estabilidade Alfa e GamaZ precisam ser revistos, em função da contribuição da rigidez transversal à flexão das lajes, na análise de estruturas tridimensionais de edifícios de andares múltiplos. (16pg) Carlos Humberto Martins e Helena M. c. Carmo Antunes Utilização do Coeficiente GamaZ como majorador de Efeitos de Primeira Ordem em Edifícios Altos Este trabalho apresenta um estudo do coeficiente GamaZ exercendo esta função de majorador, através da análise de dez estruturas convencionais de edifícios em concreto armado com diferentes números de pavimentos. (15pg) Juliana Soares Lima e Mônica Cristina Cardoso da Guarda Estudo da Deformabilidade de Ligações entre Elementos Pré-Fabricados de Concreto e sua Influência no Comportamento Global da Estrutura. Este artigo refere-se ao estudo da deformabilidade à flexão de uma ligação viga-pilar executada através de consolo e chumbador, e da sua influência na distribuição de esforços solicitantes destas estruturas.(16pg) Anamaria Malachini Miotto Soares e João Bento de Hanai Comportamento Estrutural de Pilares Recuperados submetidos à Compressão Centrada. O objetivo principal da pesquisa é se obter uma melhor compreensão do comportamento estrutural de pilares recuperados com substituição, que ainda têm estudo incipiente. (14pg) Jorge Fortes Filho e João Bento de Hanai Considerações sobre o Coeficiente de Minoração da Resistência à Compressão do Concreto (c usando a Teoria da Confiabilidade Estrutural. Neste trabalho pretende-se fazer algumas considerações sobre a necessidade de se estudar a formulação de um coeficiente de minoração da resistência como função das variáveis básicas dos modelos de comportamento do concreto armado e de suas distribuições de probabilidade. (14pg) Tibério R. R. Bernardo e Wilson S. Venturini Análise Teórica de Blocos sobre Três Estacas submetidas a Força Centrada. Este trabalho apresenta resultados da análise numérica não linear do comportamento estrutural de blocos sobre três estacas, dispostas em triângulo, submetidos à força centrada, através do programa computacional FEA-LUSAS em elementos finitos. (16pg) Míriam Gonçalves Miguel, José Samuel Giongo e João Batista de Paiva Comparação entre o Parâmetro Alfa e o Coeficiente GamaZ na Análise da Estabilidade Global de Edifícios Altos. Este trabalho apresenta um estudo comparativo entre os dois métodos de avaliação dos efeitos de segunda ordem sugeridos pelo Texto-Base para Revisão da NB-1/78, o parâmetro alfa e o coeficiente (z, realizado através da análise de dez estruturas convencionais de edifícios de concreto armado com diferentes números de pavimentos. (12pg) Juliana Soares Lima e Mônica Cristina Cardoso da Guarda Critérios para Dimensionamento das Armaduras e Verificação do Concreto em Estruturas Laminares submetidas a Solicitações de Chapa e Placa. Neste trabalho, inicialmente são apresentados os fundamentos teóricos que orientam o dimensionamento das armaduras e verificação do concreto nas estruturas laminares submetidas a solicitações de membrana e placa, quando as direções em que estão dispostas as armaduras, não são coincidentes com as direções das tensões principais (18pg). João Carlos Della Bella e Sérgio Cifú Método da Amplificação do Momento. Este artigo apresenta um processo aproximado para o cálculo dos efeitos de segunda ordem em elementos esbeltos, conhecido co o Método da Amplificação do Momento (13pg). Kristiane M. Accetti e Vanessa C. Castilho. Recomendações e Cuidados na Modelagem e Interpretação de Resultados de Estruturas Analisadas a partir

de Modelos Matemáticos com base no M.E.F

tomados quando a elaboração de modelos matemáticos para a análise de estruturas, notadamente pelo crescente grau de automação dos programas ofertados (18pg). Sérgio Cifú; Marcos Antonio Pereira de Godoy; João Carlos Della Bella e Gustavo de O. Serrano Efeitos de segunda ordem em Estruturas de Contraventamento. Este trabalho mostra estudos de estruturas de edifícios, com estruturas resistentes a esforços horizontais compostas por pórticos planos e pilares paredes trabalhando conjuntamente. São apresentados modelos planos e tridimensionais, onde os feitos de primeira e segunda ordem e sua distribuição ao longo da estrutura são analisados (16pg). Daniel Domingues Loriggio e André Luiz Banki Estudo da Ductilidade de apoios de altura reduzida em vigas com incorporação de fibras de aço. Este trabalho apresenta uma investigação experimental sobre a influência da tenacidade do concreto com adição de fibras e o tipo

Este trabalho apresenta alguns cuidados básicos que devem ser

de modelo biela-tirante sobre o comportamento dos apoios de altura reduzida em extremos de vigas (16pg). Rosangela de Fátima Zalochi; Bryan Erick Barrragán; Ravindra Gettu e Pedro Afonso de Oliveira Almeida Ações Decisórias na Engenharia Estrutural com enfoque na visão e nas necessidades do Arquiteto. Este trabalho tem por objetivo discutir alguns aspectos importantes da relação engenheiro estrutural x arquiteto. Expõe-se aspectos da sua seqüência de raciocínio no lançamento estrutural, algumas de suas necessidades e seus objetivos (13pg). Petrus Gorgônio B. da Nóbrega e Selma H. Shimura da Nóbrega Dimensionamento de Aduelas Pré-Moldadas em Concreto Reforçado com Fibras de aço para Revestimento de Túneis. Estuda-se neste trabalho as várias solicitações a que são submetidas as aduelas, passando pelas fases de desmoldagem, transporte, armazenamento e serviço (15pg). Marco Antonio Carnio; Newton de Oliveira Pinto Júnior; Daniela Gutstein e Carlos Correa Aspectos de Projeto e Construtivos do Alteamento de Ponte na Avenida Celso Garcia sobre o Córrego Aricanduva. Este trabalho descreve o problema enfrentado e aspectos de projeto e construtivos da solução adotada (16pg). Marcos Antonio Pereira de Godoy e Luiz Prado Vieira Júnior Peças Compostas de Concreto formadas por Viga e Laje Pré-Moldadas ligadas mediante Nichos. Neste trabalho é discutida, a partir do estudo de uma viga composta simplesmente apoiada, a eficiência da ligação entre viga e laje pré-moldadas formada por vergalhões de aço dobrados em forma de laço os quais são inseridos em nichos preenchidos com concreto moldado no local (15pg). Daniel de Lima Araújo e Mounir Khalil El Debs Projeto de Passarelas Estaiadas na BR116 em Fortaleza. Este trabalho apresenta o projeto com a descrição do seu sistema estrutural discutindo-se o modelo de cálculo e suas particularidades como: a representação dos estais e sua protensão, a consideração das não linearidades presentes no sistema e ainda os critérios de projeto e verificações no estado limite último e de utilização (8pg). Hugo Alcântara Mota; Joaquim Eduardo Mota e Magnólia M. Campelo Mota A Importância da consideração da Interação Solo-Estrutura para Edifícios de Múltiplos Andares. O objetivo deste trabalho é mostrar a importância da consideração da interação solo-estrutura no comportamento global de edifícios altos (11pg). Helena Maria Cunha do Carmo Antunes e Roberto Kunihiro Iwamoto Comparação entre os esforços em Pilares de Edifício Alto calculados no Regime Elástico linear com os calculados no regime elástico não linear geométrico. Neste trabalho, será desenvolvido primeiramente a análise estrutural de um edifício idealizado em lajes tipo cogumelo e sujeito a ações laterais de vento admitindo-se comportamento elástico linear. Posteriormente, esta análise será comparada com a análise no regime elástico não linear geométrico, por um procedimento geral que admite grandes translações e rotações com matriz de tensões (16pg). Claudio Cruz Nunes e Luis Cesar Pereira Lima Interação Núcleo Estrutural e Lajes de Pavimentos. Neste trabalho, será apresentada a análise de um edifício que possui um núcleo estrutural como estrutura de enrijecimento. O núcleo estrutural deste edifício será discretizado como elementos de casca e com elementos de núcleo (13pg). Helena Maria Cunha Carmo Antunes; Edgard Sousa Junior e Carlos Humberto Martins Desenvolvimento de um Modelo de Cálculo de Tensões em Whitetopping Ultradelgado com base no Método dos Elementos Finitos. Este artigo traz o desenvolvimento desse modelo bidimensional baseado no método dos elementos finitos, sendo descritos todos os passos da modelagem, bem como uma comparação com um modelo proposto anteriormente por outros autores (19pg). José Tadeu Balbo; Márcio Rocha Pitta e Marcos Paulo Rodolfo

CONCRETO ARMADO

Daño Acumulado por Repeticion de Alternancias en Miembros Rectos de Concreto Armado. Resumo dos resultados obtidos com a aplicação do critério de energia dissipada, acumulada como índice do dano sofrido por elementos estruturais de concreto armado, submetidos a cargas oscilantes.(19 pg) J. Creus XVIII Jornadas Sul- Americanas de Engenharia Estrutural - Solicitações Repetidas ou Dinâmicas - Fluência BA,dez-76 Fadiga de Barras de Aço para Concreto Armado. Estudo do comportamento de barras de aço para concreto armado diante do fenômeno de fadiga. (78 pg) Einih Leiderman e Simão Priszkulnik Colóquio sobre Concreto Protendido - Seminário Durabilidade do Concreto SP,mai-80 Concreto Armado com Fibras. Caracterização do desempenho dos concretos com fibras de aço curtas e longas, a serem utilizados, em superfícies em contato com fluxo de água em alta velocidade, para prevenir os fenômenos de cavitação e fissuramento.(41 pg) Maria Aparecida Azevedo Noronha e Fabiano Cossich Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jul-81 Lajes sem Armadura de Cisalhamento. Abordagem das limitações que devem ser impostas para a dispensa da armadura de cisalhamento das lajes. Comentários sobre a NB 1/78 e sua aplicação à lajes de concreto massa. (15 pg) Péricles Brasiliense Fusco Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Lajes em Painéis Treliçados. Descrição de como se utilizar treliças para construção de lajes em painéis; sua fabricação, seu controle, seu cálculo e sua colocção na obra.(8 pg) Luiz Augusto Penna Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido SP,ago/84 Estudo do Comportamento de Vigas em Concreto Armado Comum e com Vermiculita, Adotando-se Armaduras Mínimas. Comparação dos resultados obtidos em ensaios realizados em vigas moldadas com concreto comum e com vermiculita com armaduras mínimas.(19 pg) Nilson Paulo de Siqueira Reunião de 1985 - Tema Livre

SP,jul/85

Lajes em Painéis Treliçados. O trabalho indica como utilizar, fabricar, controlar e calcular treliças metálicas para a confecção de lajes.(14 pg) Luiz Augusto Moreira Penna Reunião de - Tema Livre SP,jul-86 Pontes Notáveis I. Relato sobre as pontes de Lussanvira e de Ayrosa Galvão, hoje submersas pelas águas das barragens de Três Irmãos e de Bariri, respectivamente. (3 pg) Augusto Carlos de Vasconcelos Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 As Obras de Fundação e Contenção. O presente artigo tem por objetivo fazer uma análise das obras de fundação e contenção utilizadas no Hospital Instituto da Mulher. (3 pg) Luis Rogério Martinati, Eduardo Cerqueira do Val e Luis Guilherme L. S. de Melo Revista de 1992 (janeiro/fevereiro/março) ano II no. 3 Estudos de Tomografia Computadorizada em Peças de Concreto Armado. O presente artigo apresenta as vantagens da utilização da tomografia computadorizada na construção civil. (6 pg) Paulo José Melaragno Monteiro Revista de 1992 (julho/agosto/setembro) ano II no. 5 Análise de Consolos em Concreto Armado Segundo o Método de Modelos de Treliça. O artigo apresenta uma análise detalhada do comportamento de consolos, de acordo com o método de modelo das treliças. (6 pg) Eduardo Thomaz e Cristina Haguenauer Naegeli Revista de 1993 (janeiro/fevereiro/março) ano III no. 7 Resistência a Punção de Lajes Cogumelo d Concreto Armado com Furos Próximos da Coluna e Armadura de Cisalhamento. O presente trabalho apresenta os resultados obtidos em ensaios de ruptura em 12 lajes, mostrando as influências que podem ter as armaduras de cisalhamento e a existência de furos próximos ao apoio de lajes- cogumelo. (4 pg) Moacir A. de Souza Andrade e Ronaldo B. Gomes Revista de 1994 (outubro/novembro) ano IV no.

10

Panorama sobre Ações Construtivas em Estruturas de Edifícios em Concreto Armado. O presente trabalho apresenta as ações atuantes durante as etapas de construção que podem ser bem diferentes das ações normalmente consideradas em projetos . Essas ações construtivas freqüentemente atuam em idades iniciais do concreto, antes de seu total amadurecimento, tendo sido responsáveis por diversas casos de colapso estrutural. ( 11g) José Fernão Miranda de Almeida Prado, Márcio A Ramalho e Márcio R. S. Corrêa Revista de 1998 (abril/julho) ano VI no. 21

Otimização das Qualidades do Concreto Armado frente à Corrosão das Armaduras - Escolha do Tipo de Cimento. Este trabalho tem por objetivo comparar o desempenho de concretos feitos com diferentes tipos de cimento Portland frente à ação de íons cloreto. (19 pg) Ricardo Tessari e Denise C.C. Dal Molin CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Ago/98 Um Estudo sobre Reforço em Vigas de Concreto Armado. O presente trabalho apresenta uma série de ensaios em vigas simplesmente apoiadas de concreto armado reforçadas com o emprego de técnicas distintas. (29 pg) João Luiz

Campagnolo, Américo Campos Filho e Luiz Carlos Pinto da Silva Filho CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Reforço de Vigas T com Estribos Externos Pré-Tracionados. Este trabalho apresenta um estudo sobre comportamento de vigas de concreto armado de seção T reforçadas ao cisalhamento utilizando estribos pré- tracionados. (27 pg) Ibrahim A. M. Shehata e Maria del Carmen Landeira Fernandez CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Ago/98 Reforço à Flexão e ao Cisalhamento de Vigas de Concreto Armado. Este trabalho apresenta um estudo do comportamento estrutural de vigas de concreto armado reforçadas simultâneamente à flexão e ao cisalhamento. (28 pg) Ibrahim A. M. Shehata, Luiz Antonio Vieira Carneiro e Lídia da C. Domingues Shehata CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Ago/98 Emprego de Armaduras de Aço Inoxidável para Estruturas de Concreto Armado. Neste trabalho apresenta-se uma breve revisão bibliográfica atualizada sobre o tema e a metodologia experimental, que tem por objetivo avaliar o desempenho de armaduras de aço austenítico 316L. (21 pg) Leonel Tula e Paulo Roberto do Lago Helene CD- Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Ago/98 Concreto Armado com Fibras: Fundamentos do Dimensionamento à Flexão. Neste trabalho apresenta-se os fundamentos para o dimensioanamento à flexão do concreto armado com fibras. (25 pg) Emil Sánchez CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Ago/98 Comportamento de Vigas Parede com Concreto Armado Reforçadas ao Cisalhamento. Neste trabalho são apresentados alguns resultados experimentais de ensaios realizados em 9 ( nove ) vigas parede. Os resultados experimentais obtidos indicaram que a técnica de reforço ao cisalhamento utilizada foi bastante eficiente e satisfatória, e comprovou-se que o acréscimo de armadura de cisalhamento, inclusive como reforço, proporcionou uma elevação da carga de ruptura e melhorou o comportamento em serviço das vigas parede ensaidas. (30 pg) Liana de Lucca Jardim, Ronaldo Barros Gomes e Guilherme Sales de Melo CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Ago/98 Análise Numérico-Experimental de Pilares Esbeltos de Concreto Armado Reforçados. Este trabalho apresenta um estudo sobre reforços em pilares esbeltos confeccionados em concreto armado. Com o objetivo de se analisar a técnica de reforços com concreto armado, foram reproduzidos casos correntes em obras. (23 pg) Gustavo André Zanato, Américo Campos Filho e João Luiz Campagnolo CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Ago/98 Análise de Pavimentos de Edifícios com a Consideração de Modelos de Comportamento do Concreto Armado. Este trabalho propõe a definição de diretrizes para a aplicação de modelos, levando-se em conta a taxa de armadura e a consideração ou não da deformação lenta, objetivando a aplicação na análise estrutural de barras de pavimentos de edifícios de concreto armado. (32 Pg) Faustino Sanches Junior e Wilson Sérgio Venturini CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Ago/98 Análise Comparativa entre os Métodos P-Delta e da Matriz de Rigidez Geométrica para a Análise e Modelamento de Estruturas de Concreto Armado. Neste trabalho, o método da Matriz de rigidez Geométrica será utilizada para uma análise comparativa, uma vez que não possui formulação complexa mas consegue representar os efeitos não lineares com precisão. Não apresenta problemas numéricos significativos. (16pg) Fabiano Luis Zermiani e Daniel Domigues Loriggio Estudo dos efeitos de longa duração na confiabilidade de Estruturas de Concreto Armado. O objetivo deste trabalho é a análise da confiabilidade de uma estrutura de concreto armado levando-se em conta os efeitos de longa duração. A análise é feita empregando-se o método de simulação direta de Monte Carlo com Amostragem por Importância. (13pg) Herbert M. Gomes e Armando M. Awruch Análise Numérica de Vigas Parede de Concreto Armado. O objetivo deste trabalho é validar uma proposta de modelo constitutivo consistente para o concreto armado fissurado. (14pg) Virgínia Maria Rosito d´Avila e Américo Campos Filho Análise Numérica não linear de Pilares de Concreto Armado sob Carga Excêntrica. O presente trabalho apresenta um estudo de pilares de concreto armado, submetidos à flexão composta reta, através de um modelo numérico que incorpora efeitos não lineares de natureza física e geométrica.(15pg) Severino Pereira Cavalcanti Marques e Dilze Codá dos Santos Cavalcanti Marques Avaliação da Rigidez Efetiva das Vigas de Concreto Armado. Neste trabalho, avaliou-se a rigidez efetiva de vigas de concreto armado por meio de ensaios estáticos e dinâmicos, tendo em vista obter uma estimativa mais realista da rigidez a ser considerada em projetos. (12pg) Ricardo de C. Alvim Comportamento de Lajes Cogumelo de Concreto Armado com Estribos Inclinados ao Puncionamento. Neste trabalho são apresentados alguns resultados de ensaios realizados em 10 (dez) lajes cogumelo de concreto armado, com dimensões de 1800x1800x130mm, e com concreto com resistências variando de 28,7 a 33,4 Mpa, submetidas a

puncionamento simétrico, com o objetivo de se investigar a eficácia de dois tipos de estribos como armadura de cisalhamento no comportamento de tais lajes, um retangular fechado convencional e um novo tipo inclinado aberto. (15pg) Ana Elisa Godoy Coelho e Guilherme Sales S. A. Melo Confiabilidade de Seções de Concreto Armado submetidas à Flexo-Compressão. Neste trabalho é feita uma análise quanto à confiabilidade em estruturas de concreto armado. (8pg) Herbert M. Gomes e Armando M. Awruch Estudo Comparativo entre Métodos de Reforço à Flexão em Vigas de Concreto Armado. O objetivo principal deste trabalho foi a investigação experimental do comportamento de vigas de concreto armado reforçadas à flexão. (15pg) Sílvia Maria Ascenção Guedes e Armando Lopes Moreno Júnior Estudo Comparativo entre Métodos de Reforço ao Esforço Cortante em Vigas de Concreto Armado. O objetivo deste trabalho foi a investigação experimental do comportamento de vigas de concreto armado reforçadas ao esforço cortante. (16pg) Gustavo de Oliveira Gallardo e Armando Lopes Moreno Júnior Estudo Experimental sobre Componentes da Resistência ao Esforço Cortante de Vigas de Concreto Armado. O mecanismo de resistência ao esforço cortante de vigas de concreto armado é complexo, envolvendo diversas parcelas: resistência ao esforço cortante da zona comprimida do concreto, efeito de pino da armadura de flexão, esforço cortante resistido pelos estribos verticais, efeito de engrenamento dos agregados, influência da armadura longitudinal de pele. O objetivo deste trabalho é apresentar o estudo realizado e suas conclusões. (16pg) Kleber Cavalcanti Cabral e Yosiaki Nagato Estudos sobre o Estado Limite Ultimo de Instabilidade de Estruturas de Concreto Armado. Neste trabalho são apresentados resultados de um modelo computacional que leva em consideração as não-linearidades físicas e geométricas em estruturas de concreto armado. (16pg) Daniel Domingues Loriggio e André Banki Modelo Elastoplástico para Avaliação da Capacidade Resistente de Pórticos Planos de Concreto Armado. Este trabalho apresenta um modelo elastoplástico para análise e verificação aos estados limites últimos de pórticos planos de concreto armado, visando a avaliação da capacidade resistente. (17pg) E.L.Mello e J.L.Q. Farias Estudo Experimental de Vigas Reforçadas à Flexão por meio de Barras ou Chapas de Aço e Argamassa de Alto Desempenho. Este trabalho apresenta uma comparação entre os resultados de sete ensaios de vigas de concreto armado de seção transversal em forma de T, reforçadas à flexão mediante o uso de técnicas distintas. (16pg) Andréa Prado Abreu Reis e João Bento de Hanai Associação entre Modelos de Dano e Modelos Fundamentados nas Relações entre Momento Fletor e Curvatura para o Concreto Armado. Neste trabalho mostra-se que existe uma relação entre os modelos simplificados e os modelos de dano para a análise de estruturas reticulares de concreto armado.(15pg) Faustino Sanches Júnior e Wilson Sérgio Venturini Influência da Interação Solo-Estrutura em Edifícios de Concreto Armado sobre Fundações Diretas submetidas a Ações Verticais. Neste trabalho comparam-se os resultados de análises com e sem a consideração da interação solo-estrutura para dois exemplos de edifícios usuais em concreto armado. (9pg) Osvaldo Gomes de Holanda Júnior, Márcio Antônio Ramalho e Márcio Roberto Silva Corrêa Análise da Confiabilidade em Pavimentos de Edifícios de Concreto Armado. Neste trabalho analisa-se estruturas de pavimento de edifício com modelo de grelha. (14pg) Tibério R. R. Bernardo e Wilson S. Venturini Estudo da Confiabilidade em Vigas de Concreto Armado. Este trabalho apresenta uma análise da confiabilidade e da segurança em vigas de concreto armado usando conceitos probabilísticos e estatísticos aplicados com o emprego do modelo de Ghali & Favre. (15pg) Tibério R. R. Bernardo e Wilson S. Venturini Análise de Pilares Esbeltos de Concreto Armado solicitados a Flexo-Compressão Oblíqua. Este trabalho apresenta a análise de alguns parâmetros que influenciam no comportamento de pilares de concreto armado, a exemplo da esbeltez, resistência do concreto, taxa de armadura e excentricidade de aplicação da força, além de uma análise detalhada dos métodos e processos de cálculo existentes, para solução de problemas envolvendo pilares e índices de esbeltez variados. (16pg) Ana Cláudia Leão Borges e Ana Lúcia Homce de Cresce El Debs Análise Experimental de Vigas de Concreto Armado Utilizando Fotoelasticidade. O objetivo principal deste trabalho é investigar a viabilidade do uso da fotoelasticidade, por reflexão, em estruturas de concreto armado para estudar o mecanismo de transferência de tensão do concreto para o aço. (10pg) Aellington Freire de Araújo, Humberto Correia Lima Júnior e José Luiz Freire Ensaio de Blocos Simulando um Modelo Local da Escora Principal de um Modelo Global de Dente Gerber. Este trabalho apresenta o ensaio de blocos, com tipo alternativos de armaduras, simulando a escora geralmente assumida na extremidade da viga nos modelos de escoras e tirantes, principalmente em dentes Gerber, onde uma modelagem local dessa escora foi recentemente proposta por Souza. (16pg) Kleber Cavalcanti Cabral e Yosiaki Nagato Resistência ao Cisalhamento de Vigas de Concreto Reforçado com Fibras de Aço. Este trabalho busca avaliar a influência da incorporação de baixos teores de fibras de aço em concretos de resistência usual e alta, nos

mecanismos de resistência ao cisalhamento das vigas de concreto armado. (12pg) Armando Lopes Moreno Júnior e Newton de Oliveira Pinto Júnior Emendas com solda - Cuidados e Procedimentos Básicos na confecção de emendas. Este trabalho apresenta uma compilação das várias normas brasileiras referentes à utilização de emendas com solda e os cuidados básicos a tomar a garantir a segurança da estrutura. São apresentados ainda as características do eletrodo e os parâmetros da máquina de solda a serem utilizados na confecção da emenda, bem como o procedimento básico para a execução e controle de emendas executadas em campo. ( 15 pg) José L. M: Andrade e Arnaldo M. R. Secco Influência da variabilidade das dimensões e das propriedades mecânicas dos materiais no comportamento de estruturas de concreto armado. O objetivo deste trabalho é apresentar um modelo que considera os efeitos das variações das características geométricas da estrutura e da dispersão existente nos valores das propriedades mecânicas dos materiais aço e concreto no comportamento de estruturas de concreto armado.(16 pg) Mauro de Vasconcellos Real e Américo Campos Filho Estudo sobre índice de falhas em estruturas de concreto armado - paralelo entre a situação mundial e a brasileira. Muitas pesquisas sobre falhas em estruturas de concreto armado situam a sua origem nas diversa etapas do processo construtivo: Planejamento, Projeto, Execução, Uso e Manutenção. Este trabalho faz um estudo amplo e comparativo entre dados recentes sobre estas falhas, considerando a situação no Brasil e em outros países. ( 13 pg) Sandra Carla Lima Dórea e Laércio Ferreira e Silva Avaliação de Desempenho em Postes de Energia Elétrica em concreto Armado ( Região não agressiva). A metodologia utilizada neste trabalho foi da durabilidade através do método do índice de degradação, que consiste na inspeção visual de campo de postes, atribuindo-se, com base em uma escala gráfica previamente definida, para cada poste um índice de degradação. (15 pg) Vanderley M. John, Carlyson B. Delgado e Tibério C. Andrade Estudo da Confiabilidade de Estruturas de Concreto Armado. O objetivo deste trabalho é determinar o Índice de Confiabilidade e a correspondente Probabilidade de Falha, de vigas e pilares projetados de acordo com a norma NBR 6118, tanto no que se refere aos Estados Limites de Utilização, como aos Estados Limites Ùltimos (16pg). Mauro de Vasconcellos Real e Américo Campos Filho Comportamento de Lajes Nervuradas de Concreto com Armadura Convencional e Treliçada. Neste trabalho são analisadas experimentalmente 06 ( seis ) faixas de lajes de concreto armado com seção em forma de T, moldade "in loco", simplesmente apoiadas, submetidas a duas cargas concentradas situadas no bordo superior, simulando lajes nervuradas, com o objetivo de se invetigar o comportamento desse tipo de estrutura com dois tipos de armadura, convencional e treliçada simples (16pg). Jocinez Nogueira Lima; Guilherme Sales Mello e Eldon Londe Mello Métodos de Dimensionamento de Lajes de Concreto Armado. O objetivo deste artigo é descrever e resumir diversos métodos, apresentando as vantagens e desvantagens de cada um deles, e descrever alguns casos em que um ou outro método é mais apropriado para ser utilizado, tanto do ponto de vista técnico como do ponto de vista do engenheiro projetista (14pg). Nara de Azevedo Ikeda; Gilson Natal Guimarães e Ademir Aparecido do Prado Utilização de Analogia de Grelha para Análise de Pavimentos de Concreto Armado quanto à Flexão Deformação. Neste trabalho mostra-se como pode ser simples, dispondo de ferramentas adequadas, analisar com rapidez e precisão o comportamento de um mesmo pavimento em situações distintas de esquemas estruturais (10pg). Jasson Rodrigues de Figueiredo Filho; Roberto Chust Carvalho; Sydney Furlan Júnior e Fábio Dias Baptista Vigas de Concreto Armado reforçadas com Polímero reforçado com Fibras de Carbono (PRFC). Neste trabalho estuda-se o comportamento de vigas de concreto armado reforçadas com polímero reforçado com fibras de carbono (PRFC), mediante a técnica de colagem com adesivo epoxídico no banzo tracionado das peças (16pg). Adriano Silva Fortes e Ivo José Padaratz Comportamento e Dimensionamento de Vigas Reforçadas à Flexão e ao Cortante com Lâminas de Fibras de Carbono. Este trabalho resume estudo feito sobre reforço de vigas de concreto armado utilizando lâminas de fibra de carbono (16pg). Ibrahim Abd El Malik Shehata; Eliete Conceição Cerqueira; Cristina Travessa Martins Pinto e Lídia da Conceição Domingues Shehata Comportamento de um Edifício de Concreto Armado considerando a Interação Solo-Estrutura e o efeito incremental construtivo. O objetivo deste trabalho é verificar a influência do efeito incremental construtivo no comportamento das estruturas. A partir de um edifício usual tomado como exemplo, são realizadas quatro análises distintas: uma sem considerar nenhum dos fatores, duas outras com consideração de cada um dos fatores separadamente, e uma última, com consideração tanto da interação solo-estrutura, quanto da seqüência construtiva (12pg). Osvaldo Gomes de Holanda Júnior; Marcio Antonio Ramalho e Márcio Roberto Silva Corrêa Reforço ao Esforço Cortante em Vigas de Concreto Armado através da Colagem Externa de mantas flexíveis de fibras de carbono ( PRFC). O objetivo principal deste trabalho é analisar o comportamento estrutural de vigas

de concreto armado reforçadas ao esforço cortante com mantas unidirecionais de fibra de carbono ( PRFC ) (16pg). Lizette Elena Mazzocato; Gustavo de Oliveira Gallardo e Armando Lopes Moreno Júnior

CONCRETO COMPACTADO COM ROLO

"Rollcrete", Concreto do Futuro?. Apresentação de informações sobre a aplicação de "rollcrete" em obras

nacionais e estrangeiras. Discussão das diretrizes e de controle deste tipo de concreto. (52 pg) Francisco Gladston Holanda e Humberto R. Gama Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Willow Creek - Primeira Barragem de Gravidade Projetada e Construída em Concreto Rolado. Comentários sobre a construção em concreto rolado da barragem de Willow Creek.(34 pg) Francisco Gladston Holanda Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Características e Aplicações do Concreto Rolado em Pavimentação. Levantamento das principais obras de pavimentação com concreto rolado no Brasil e fornecimeto de dados práticos sobre suas características tecnológicas.(38 pg) Dalter Pacheco Godinho, Marcos Dutra de Carvalho e Sylvio Ferreira Junior Reunião de

1987 - Seminário sobre Aplicação do Concreto Compactado com Rolo SP,jul/87

Concreto Compactado a Rolo para Barragens. Descrição e comentários sobre a construção de diversas barragens nos EUA, Japão e Brasil que empregaram a tecnologia do concreto compactado a rolo.(101 pg) Walton Pacelli de andrade, José Tomaz França Fontoura, Rubens Machado Bittencourt e Rogério Sales Góz Reunião de 1987 - Seminário sobre Aplicação do Concreto Compactado com Rolo SP,jul/87 Estudos de Laboratório para Concreto Compactado com Rolo Vibratório, com Alto Teor de Pozolana. Apresentação dos resultados de estudos de laboratório, realizados para se conhecer algumas características do concreto compactado com rolo vibratório e com alto teor de pozolana.(48 pg) Walton Pacelli de andrade, José Tomaz França Fontoura, Rubens Machado Bittencourt e Elcio Antonio Guerra Reunião de 1987 - Seminário sobre Aplicação do Concreto Compactado com Rolo SP,jul/87 Concreto Compactado a Rolo - CCR - Com Utilização de Escória de Alto Forno Moída. Estudo de dosagem para concreto compactado a rolo, utilizando escória de alto forno moída.(15 pg) João Bosco M. do Carmo, José Francisco F. do Nascimento, José Tomaz França Fontoura e Walton Pacelli de Andrade Reunião de 1990 - Materiais CE,ago-90

Concreto Compactado a Rolo - CCR - Comportamento Térmico das Ensecadeiras Galgáveis da Usina Serra da Mesa. Apresentação dos resultados das medições das tensões térmicas no concreto compactado a rolo na Usina Serra da Mesa.(16 pg) Eduardo de A. Gambale, José Tomaz França Fontoura, Marcos de Ávila Pimenta, Quintiliano M. Guedes, Rogério Sales Góz, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade Reunião de

1990 - Materiais CE,ago-90

Desempenho do Concreto Compactado a Rolo - CCR - Através de Ensaios com Carotes da Usina Serra da Mesa. Apresentação dos resultados de um programa de ensaios realizado com testemunhos extraídos de pistas

experimentais e ensecadeiras da Usina Serra da Mesa.(15 pg) Élcio Antonio Guerra, Guilherme Leroy, José Tomaz França Fontoura, Marcos de Ávila Pimenta, Newton Goulart Graça e Walton Pacelli de Andrade Reunião de 1990

- Materiais CE,ago-90

Concreto Compactado a Rolo em Barragens. Apresentação da evolução ocorrida na tecnologia do atual concreto compactado a rolo. (4 pg) Selmo Chapira Kuperman Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 Aplicação de Concreto Compactado a Rolo com Adições. Neste trabalho estão apresentados estudos de concreto compactado a rolo - CCR - com adições de diferentes tipos de materiais pulverulentos.(17 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 35ª REIBRAC João Bosco Moreira do Carmo, José Francisco Farage

Nascimento, José Tomaz França Fontoura, Márcia Campos dos Santos e Maurice Antoine Traboulsi 35ª REIBRAC

- Controle da Qualidade do Concreto - Processos Construtivos em Obras de Concreto Brasília,jun/93

Importância do Controle da Densificação das Camadas de Pavimentos Rodoviários de Concreto Compactado a Rolo na Qualidade Final do Produto. O presente trabalho relata a importância do controle do peso específico aparente seco nas propriedades mecânicas do Concreto Compactado a Rolo - CCR, empregado em camadas de pavimentos rodoviários no Brasil.(16 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 35ª REIBRAC Glicério Trichês 35ª REIBRAC - Controle da Qualidade do Concreto - Processos Construtivos em Obras de Concreto Brasília,jun/93 Proteção do Maciço Galgável da Barragem de Enrocamento da UHE Xingó com Concreto Compactado a Rolo - CCR. Neste trabalho é apresentada a solução adotada para a proteção do maciço galgável incorporado à barragem de enrocamento com face de concreto, utilizando-se a técnica de concreto compactado a rolo (CCR).(13 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 35ª REIBRAC Francisco Gladston Holanda, Jorge Luiz Vieira Carvalho, Alberto Jorge C. T. Cavalcanti, José Edson Furtado de Mendonça e Lucas Suassuna Filho 35ª REIBRAC - Controle da Qualidade do Concreto - Processos Construtivos em Obras de Concreto Brasília,jun-93

Desempenho de Barragens de Concreto Compactado a Rolo. O presente trabalho apresenta considerações quanto ao comportamento das estruturas hidráulicas construídas em CCR.(14 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 36ª REIBRAC Antonio René Camargo Aranha de Paula Leite, Julio Cesar Astolphi, Selmo Chapira Kuperman e Luiz Prado Vieira Junior 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94 Estudo Comparativo entre as Propriedades do Concreto Convencional e Concreto Compactado a Rolo. Este trabalho visa comparar as propriedades mecânicas, elásticas, térmicas e características de fluência do concreto compactado a rolo com o concreto convencional.(11 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 36ª REIBRAC José Francisco Farage do Nascimento, João Bosco Moreira do Carmo, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94 Estudo da Aderência da Argamassa entre Camadas de CCR - Concreto Compactado a Rolo. Neste trabalho está apresentado o estudo de aderência de argamassas entre camadas de concreto compactado a rolo.(16 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 36ª REIBRAC Élcio Antonio Guerra, João Bosco Moreira do Carmo, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94 Do Problema Térmico em Barragens Tipo CCR: Determinação da Distância entre Juntas de Retração. O artigo apresenta uma metodologia de cálculo que ajuda na determinação da distância adequada entre juntas de

retração, de modo a evitar problemas com fissuras de origem térmica em barragens de concreto rolado. (6 pg) Sérgio Gouvêa Franco, Aluízio Fontana Margarido e Luércio Scandiuzzi Revista de 1994 (outubro/novembro) ano IV no.

10

Metodologia de Construção do Maciço da Barragem da obra Ampliação da Usina Hidrelétrica Rio do Peixe. O artigo apresenta a execução do Maciço com adoção de alternativas bem particulares para a produção e o lançamento do Concreto Compactado com Rolo, sem que o prazo fosse o fator principal a ser considerado, pois o fundamental era a redução dos custos. (29 pg) Saulo Silva Lacerda e Miguel Alfredo Golik CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Projeto e Construção da 2ª Etapa do CCR Aplicado como Proteção do Espigão de Jusante da UHE Eng.º Sérgio Motta ( Porto Primavera ). No presente trabalho apresentam-se aspectos relativos ao projeto, aos estudos de dosagem, às características dos materiais empregados, às diretrizes técnicas e à metodologia construtiva, incluindo-se equipamentos de produção, transporte, lançamento e compactação/adensamento dos concretos e a sistemática adotada para controle da qualidade do CCR. ( 13pg) Waldomiro Almeida Júnior, Flávio Moreira Salles, José Renato Arantes Andrade e Luiz Prado Vieira Júnior. Comportamento e Análise Térmica do concreto com rolo - UHE Salto Caxias. O presente trabalho trata do comportamento térmico do concreto compactado com rolo aplicado nas estruturas de barragens. ( 13 pg) Eduardo Alberto Garotti Orlowski, Eduardo de Aquino Gambale, João Bosco Moreira do Carmo, José Marques Filho e Walton Pacelli de Andrade Equipamento para produção de pista experimental de concreto compactado com rolo em laboratório. Neste trabalho é apresentado o equipamento para o estudo do concreto compactado com rolo (CCR) instalado no Centro Tecnológico de Engenharia Civil de FURNAS Centrais Elétricas S.A. em Goiânia. ( 12 pg) Antônio Rodrigues Gallego, José Gonçalves Junior, Moacir Alexandre Souza de Andrade, Rogério Sales Góz, Rubens Machado Bittencourt e Walton Pacelli de Andrade Método da Água sem Saco Plástico: Uma Alternativa para o Controle Tecnológico das Camadas do Concreto Compactado com Rolo. Este trabalho apresenta o Método da Água sem saco plástico, cujos resultados podem ser corrigidos pela determinação de um fator (9pg). Sebastião Batista dos Santos e Luiz Hernani de Carvalho Análise Comparativa entre a Temperatura calculada e a determinada no concreto do maciço experimental de CCr da UHR Tucuruí. O presente trabalho trata do comportamento térmico do concreto compactado com rolo utilizado para a construção da Pista Experimental da UHE Tucuruí (15pg). Maurice Antoine Traboulsi; Eduardo de Aquino Gambale; Josué Dourado da Silva; Oscar Machado Bandeira e Saulo Silva Lacerda Influência da Dosagem de Aglomerante na Resistência às Tensões do Concreto Compactado com Rolo. Neste trabalho foi efetuado um estudo englobando a determinação das resistências à compressão, à tração direta, à tração por flexão, ao cisalhamento e à abrasão, em concretos com dosagens de aglomerante variando entre 88 Kg/m3 e 191 Kg/m3, utilizando três diferentes tipos de agregados (15pg). Antônio Bettencourt Ribeiro

CONCRETO DE ALTO DESEMPENHO

O Concreto de Alta Resistência do Edifício Trianon-Masp. Descrição da execução do concreto de alta resistência

do edifício Trianon e apresentação dos resultados obtidos.(16 pg) A.D'Andrea Pinto e R.C. Rochelitz Colóquio sobre Dosagem do Concreto SP,mai-77 Comentários Sobre o Dimensionamento de Peças de Concreto com Microssílica. Apresentação das hipóteses adotadas para o projeto de um edifício a ser executado em concreto com microssílica e as conclusões decorrentes.(11 pg) Fernando Rebouças Stucchi e Mauricio Gertsenchtein Reunião de 1988 - Colóquio Sobre Concretos de Alta Resistência RJ,ago-88 Concreto de Alta Resistência - Desempenho como Material e Comportamento Estrutural. Descrição das

características e propriedades do concreto de alta resistência com análises de seu comportamento estrutural.(30 pg) Arthur H. Nilson Reunião de 1988 - Colóquio Sobre Concretos de Alta Resistência RJ,ago-88

O Concreto de Alta Resistência e a Estrutura do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand.

Comentários sobre o concreto de alta resistência na obra do Museu de Arte de São Paulo.(8 pg) José Carlos de Figueiredo Ferraz Reunião de 1988 - Colóquio Sobre Concretos de Alta Resistência RJ,ago-88 Tecnologia do Concreto de Alta Resistência: Considerações Gerais e Sucintas. Considerações sobre os requisitos necessários e as características de concretos de alta resistência apresentando exemplos de aplicações práticas.(21 pg) Hugo da Costa Rodrigues Filho e Manuel Vitor Santos Reunião de 1988 - Colóquio Sobre Concretos de Alta Resistência RJ,ago-88 The Use of High Strength Concrete. Apresentação de como conseguir concretos de alta resistência (HSC) mencionando suas propriedades com exemplos e estudos de casos de aplicação na Noruega.(23 pg) Steinar Helland Reunião de 1988 - Colóquio Sobre Concretos de Alta Resistência RJ,ago-88 Concreto de Alta Resistência com Cimento Portland de Alto-Forno. As necessidades de projetistas e consultores para a elaboração de estruturas mais arrojadas vêm sendo suprimidas pelo desenvolvimento e conhecimento de novos materiais , com possibilidade de formulação de concretos de alta resistência.(4 pg) Fernando Lordêllo dos Santos Souza e Francisco de Assis Souza Dantas Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 Concreto de Alta Resistência dosado em central. Este artigo apresenta os motivos do empenho das concreteiras no desenvolvimento de estudos e pesquisas a respeito do concreto de alta resistência. (2 pg) Jairo Abud Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 Concreto de Alta Resistência (1( parte). Este trabalho apresenta explicações sobre o que é, quais os campos de atuação, materiais componentes e a tecnologia do concreto de alta resistência com microssílica. (10 pg) Epaminondas Melo do Amaral Filho Revista de 1992 (abril/maio/junho) ano II no. 4 Concreto de Alta Resistência (2( parte). Neste artigo consta a 2( parte da publicação anterior, apresentando os parâmetros possíveis, o comportamento elástico, o cálculo de peças e as normas de cálculo para o concreto de alta resistência. (8 pg) Epaminondas Melo do Amaral Filho Revista de 1992 (julho/agosto/setembro) ano II no. 5 Concreto de Alta resistência Proporciona Ganhos às Obras de Metrô. Apresentação das vantagens do uso do concreto de alta resistência, visando a diminuição de custo e maior durabilidade nas obras do Metrô. (8 pg) Giovanni Palermo Revista de 1992 (outubro/novembro/dezembro) ano II no. 6 Desempenho Econômico de Concreto de Alta Resistência com Cinzas Volantes. Este trabalho apresenta avaliação econômica de concreto de alta resistência com adição cinzas volantes. (5 pg) Geraldo Cechella Isaia Revista de 1992 (janeiro/fevereiro/março) ano II no. 3 Estudos e Aplicação de Concreto de Alta Resistência com Microssílica. O trabalho mostra a influência do teor de microssílica nas propriedades do concreto fresco e endurecido. (5 pg) Minos Trócoli de Azevedo, Antônio Freitas da Silva e Antônio Sérgio Ramos da Silva Revista de 1993 (abril/maio/junho) ano III no. 8 Pilares de Concreto de Alta Resistência. Apresenta-se, neste trabalho, o estudo de pilares de concreto de alta resistência com microssílica, solicitados à compressão simples, com o objetivo de encontrar respostas a seus problemas de utilização e dimensionamento. (4 pg) Luiz Roberto Sobreira de Agostini e Péricles Brasiliense Fusco Revista de 1993 (janeiro/fevereiro/março) ano III no. 7 Influência do Tipo de Agregado Graúdo nas Propriedades do Concreto de Alta Resistência. Neste trabalho são apresentados os resultados parciais de uma série de ensaios de concretos onde foram empregados agregados graúdos de diferentes tipos de rocha.(14 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 36ª REIBRAC José Roberto A. Gonçalves, Ivan R. Almeida e Lídia C. D. Shehata 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94

O Uso do Concreto de Alta Resistência - Comentários sobre Produção e Comportamento no Estado Fresco.

Neste trabalho procura-se relatar as experiências realizadas durante a produção do concreto de alta resistência para a obra do Edifício Suarez Trade em Salvador,BA.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC João Guilherme Cerqueira Valois 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto

RS,set-94

Concretos de Alta Resistência X Concretos de Baixa Resistência - Materiais Diferentes?. Este artigo apresenta uma comparação entre os concretos de alta e os de baixa resistência mostrando que é possível compreender aqueles como uma evolução natural do desenvolvimento tecnológico do concreto tradicional. (7 pg) João Alberto Kerber e Humberto Ramos Roman Revista de 1994 (agosto/setembro) ano IV no. 9 Aderência das Barras de Aço em Concretos de Alta Resistência com Adição de Microssílica. Este trabalho é um estudo do comportamento da aderência de barras nervuradas em concretos de alta resistência com adição de microssílica.(13 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Fenanda Vieira e Denise C. C. Dal Molin 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Algumas Características de Módulo de Elasticidade de Concretos de Alta Resistência. Este trabalho procura dar subsídios para um maior entendimento do comportamento do concreto de alto desempenho.(14 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC Paulo Martins Pereira Neto e João Gaspar Djanikian 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Análise de um Método de Cura Adequado para Concretos de Alta Resistência. Este trabalho procura definir critérios para a definição da cura de concreto com resistência em torno de 70 MPa.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Luiz Roberto Sobreira de Agostini e Nelson Lucio Nunes 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95

Avaliação Técnica do Uso de Escória Britada como Agregado Graúdo para Concreto de Elevado Desempenho. Neste trabalho busca-se a verificação da viabilidade técnica do uso do resíduo de uma siderúrgica, como agregado graúdo para concreto estrutural convencional e de elevada resistência, com uso de microssílica.(14 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC João Guilherme Cerqueira Valois e Antônio José Leão Teixeira 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Contribuição do Concreto na Resistência ao Cisalhamento nas Vigas de Concreto de Alta Resistência. Este trabalho apresenta conclusões de investigações experimentais sobre a resistência ao cisalhamento de vigas de concreto de alta resistência, em especial a respeito da contribuição do concreto.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Gilson Battiston Fernandes 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho

GO,jul-95

Elaboração de Concreto de Alta Resistência com a Utilização de Seixo Rolado. Este trabalho apresenta a elaboração de corpos-de-prova de concreto, desenvolvidos com seixos rolados.(8 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC Jairo José de Oliveira Andrade, Márcio Santana de Carvalho e Rosele Correia de Lima 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Estudo Comparativo de Materiais para Produção de Concretos de Alta Resistência. Neste trabalho são apresentados os resultados de ensaios à compressão de concretos onde foram variados alguns materiais e/ou seu proporcionamento, ajustando-se as composições de maneira a manter a consistência constante.(13 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC Paulo César C. Gomes, Lídia C. D. Shehata e Ivan R. Almeida 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Exemplos de Obras em Concreto de Alta Resistência Realizadas no Brasil. O trabalho relaciona algumas obras realizadas no Brasil cujas estruturas foram concebidas e executadas em concreto de alta resistência.(16 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Ivan Ramalho de Almeida, José Roberto A. Gonçalves e Lídia C. D. Shehata 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95

O Efeito de Adições na Obtenção de Concretos de Alta Resistência. O trabalho tem por finalidade estudar a

influência que diversos tipos de adições poderão ter sobre a resistência mecânica dos concretos de alta resistência.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Vladimir Antonio Paulon e Flávio Luiz Ibraim 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Pilares de Concreto de Alta Resistência Submetidos à Compressão Simples. Neste trabalho, resultados experimentais obtidos por alguns pesquisadores, para pilares com carga axial, são comparados com valores teóricos, calculados com procedimentos relativos a concretos de resistência usual.(14 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 37ª REIBRAC Libânio M. Pinheiro e I. S. Silva 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Propriedades Mecânicas de Concreto de Alto Desempenho - Influências do Tipo de Corpo-de-Prova. Esse artigo tem o objetivo de esclarecer melhor certos comportamentos do concreto de alto desempenho (CAD), bem como apresentar a influência da forma do corpo-de-prova nos ensaios de resistência a tração e a compressão.(13 pg)

Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC Marcel O. F. Oliveira, Ana Emília Brasiliano e Antonio Aguado de Cea 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Utilização de Concreto de Alto Desempenho nas Vigas Pré-Moldadas da Ponte Ferroviária da Usina Hidrelétrica de Porto Primavera. Este trabalho tem por objetivo apresentar as dosagens utilizadas, os parâmetros e controle adotados e as condições de lançamento para produção do concreto de alto desempenho.(5 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 37ª REIBRAC Waldomiro Almeida Junior, Antonio Celso de Abreu Junior, Rubens Eid da Silva, Nelson Takashi Onume e Edison Hirofumi Kataoka 37ª REIBRAC - Concreto de Alto Desempenho GO,jul-95 Concreto de Alta Resistência com Inibidor de Corrosão à Base de Nitrito de Cálcio - Algumas Características.

Este artigo apresenta resultados de estudos experimentais sobre a influência de um aditivo inibidor à base de nitrito de cálcio sobre algumas propriedades de um concreto de alta resistência.(12 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 38ª REIBRAC Paulo Martins Pereira Neto, Renato Luiz Macedo Fonseca e João Gaspar Djanikian Reunião de 1996 -Reabilitação de Estruturas de Concreto SP,ago/96 Concretos de Alta Resistência. Este trabalho apresenta algumas características do módulo de elasticidade de concretos de alta resistência e a influência do tipo de agregado nestes concretos. (7 pg) Paulo Martins Pereira Neto e João Gaspar Djanikian Revista de 1996 (abril) ano VI no. 12 Método de Cura para Concreto de Alta Resistência. Neste trabalho são apresentadas as influências da cura na qualidade final do concreto. (8 pg) Luiz Roberto Sobreira de Agostini e Nelson Lucio Nunes Revista de 1996 (agosto/setembro) ano VI no. 14 O Uso do Concreto de Alto Desempenho em Instalações Agropecuárias. Este artigo apresenta os benefícios da utilização do concreto de alto desempenho em instalações rurais, considerando suas características físico-mecânicas. (7 pg) Richard Gagné, Denis Chagnon e Richard Parizeu Revista de 1996 (agosto/setembro) ano VI no. 14 Resistência ao Cisalhamento nas Vigas de Concreto de Alta Resistência. Este trabalho trata do cisalhamento em vigas de concreto de alta resistência e apresenta resultados de algumas investigações experimentais. (8 pg) Gilson Fernandes Revista de 1996 (outubro/novembro) ano VI no. 15

Concreto de alto desempenho (CAD) - Ponte sobre o Rio Maranhão

caracterização das propriedades de uma dosagem de concreto delato desempenho - alta resistência. (15 pg) José Francisco Farage do Nascimento, José Tomaz França Fontoura, Luiz Gonzaga Mello, Weldson Bella de Castro Anais vol. I da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Concretos poliméricos

Chodounsky, Paulo Bina Anais vol. I da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97 Pilares de concreto de alto desempenho submetidos a compressão excêntrica

de seção transversal retangular de dimensões 15 cm x 30 cm. (15 pg) Flávio B. Lima, José S. Giongo, Toshiaki Takeya Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97 Analise experimental de pilares de concreto de alto desempenho solicitados a compressão centrada

Apresentação de um estudo teórico-experimental para analisar o comportamento de pilares. (16 pg) Flávio B. Lima, José S. Giongo, Toshiaki Takeya Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Sobre a estabilidade global de edifícios altos de concreto de alto desempenho

global de esbeltez para edifícios altos de concretos de alto desempenho. (12 pg) Janes Cleiton Alves de Oliveira, Eldon Londe Mello, Marcello da Cunha Moraes Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97 Utilização do concreto de alto desempenho reforçado com fibras de aço nas ligações laje-pilar em lajes sem

vigas

possibilidades de melhoria de desempenho. (14 pg) João Bento de Hanai, Elioth Neyl Zambrana Vargas Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Armadura reduzida de cisalhamento para vigas de concreto de alta resistência submetidas à flexo-

compressão

Moreno Junior, Péricles Brasiliense Fusco Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Uma experiência de edificação em CAD em Santa Maria - RS

construção de um prédio residencial com 10 pavimentos, com 12 apartamentos duplex e 3 coberturas triplex. (16 pg) Geraldo Cechella Isaia, Paulo Sarkis, Marcos Vaghetti Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Obtenção de um concreto de alta resistência com adição de sílica ativa e fibras metálicas para utilização em

pilares

Estudo de dosagem de concreto de alta resistência com adição de sílica ativa e fibras de aço. (16 pg) Ana E.

P. Guimarães, José Samuel Giongo, Flávio B. Lima Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97 Verificação da influência do tipo de cura na resistência à compressão de concreto de alto desempenho Apresentação de resultados de compressão de concretos curados totalmente úmidos, totalmente secos ao ar,

Apresentação dos dados obtidos para

Controle, tecnologia das propriedades dos concretos poliméricos. (14 pg) Marcel Aranha

Análise experimental de pilares

Tentativa de definir um índice

Investigação do comportamento resistente de lajes-cogumelo de concreto armado, analisando as

Apresentação dos resultados da investigação do procedimento proposto. (16 pg) Armando Lopes

Apresentação de uma experiência inédita, na

parcialmente úmidos complementados com cura seca ao ar e em água em ebulição. (16 pg) Márcia Eloisa Speglich, Vitor Antonio Ducatti Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Aspectos gerais e reológicos do concreto de alta resistência

conceitual, analisando suas principais características sob o aspecto mecânico. (17 pg) Emil Sánchez Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Concreto fluído de alto desempenho para aplicação em elementos pré-moldados

utilização de concretos fluídos de alto desempenho. (7 pg) Roberto José Falcão Bauer, Shunji Takashima, Ioel Levy Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Concreto auto-adensável de alto desempenho - CAAD

relação água/cimento e elevada trabalhabilidade. (9 pg) José Carlos Barreto de Almeida Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Concreto submerso de alto desempenho

submerso. (7 pg) Roberto José Falcão Bauer, Shunji Takashima, Ioel Levy, Edgar Reinald Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Propriedades Mecânicas do concreto de alto desempenho para aplicação em edifícios

propriedades mecânicas e apresentação de valores teóricos com resultados experimentais. (14 pg) Antonio Guilherme C. Baccin, Libânico M. Pinheiro Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Base de alto-forno em concreto-massa de alta resistência

forno siderúrgico, um bloco com volume total de 277m3 de concreto e densidade de armadura de cerca de

350kg/m3. (15 pg) Ivan Ramalho de Almeida, Fernando Sarto Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Concreto de alto desempenho para obras convencionais no Rio Grande do Sul

alto desempenho, minimizando ao máximo as dificuldades de sua aplicação. (9 pg) Isabel Cristina Weber Figueiró, André Luiz Bortoloacci Geyer Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97

Analogia de Treliça aplicada a vigas de concreto de alta resistência com aberturas na alma

conclusões de investigação experimental sobre a resistência ao cisalhamento de vigas de concreto de vigas de concreto de alta resistência. (16 pg) Gilson Battiston Fernandes Anais vol. II da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97 Aderência dos Concretos de Elevado Desempenho: Influência da Posição das Armaduras em Relação ao sentido de Concretagem. Este estudo busca colocar em evidência a influência da posição das barras em relação ao sentido de concretagem sobre a resistência de arrancamento da ligação armadura/concreto de elevado desempenho, de maneira a fornecer aos engenheiros e construtores elementos quantitativos que possam servir como referência prática. (10 pg) Mônica Pinto Barbosa, Abdemajid Hamouine e Michel Serge Lorrain Revista Nº 21 - Ano VI

Abril/Julho/98

Estudo Comparativo de Diferentes Metodologias para a seleção de Aditivos Redutores de Água para o Concreto de Alto Desempenho. O presente trabalho objetiva estudar a eficiência de duas metodologias alternativas para o estudo de desempenho de aditivos redutores de água: consistência de pastas e consistência de argamassas. (28 pg) Ildo Sponholz, Luiz Roberto Prudêncio Jr. E Rafael Steil CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Concretos Comum e de Alto Desempenho: Análise do Comportamento através da Microscopia Eletrônica de Varredura. As análises deste estudo permitiram reconhecer diferenças microestruturais significativas e determinantes do aumento de qualidade do concreto de alto desempenho relativamente ao concreto comum. (23 pg) Sílvia Regina Soares Silva Vieira CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Tenacidade e Resistência equivalente à Tração na Flexão de Concretos de Alto Desempenho Reforçados com Fibras de Aço de Baixo e Alto Teor de Carbono. Neste trabalho são apresentados os resultados de um programa experimental desenvolvidos para avaliar a tenacidade e a resistência equivalente à tração na flexão de um concreto de alto desempenho, com resistência média à compressão aos 28 dias de idade ao redor de 100 Mpa, reforçado com fibras de aço. (24 pg) Antonio Alexandre de Moraes, Marco Antonio Carnio e Newton de Oliveira Pinto Júnior CD- Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Influência dos Materiais do Estado de Alagoas nas Propriedades do Concreto de Alto Desempenho ( CAD). A seleção adequada dos materiais é de grande importância para se alcançar as propriedades desejadas do C.A.D. Esta importância é exemplificada neste trabalho, que teva como objetivo verificar a viabilidade da produção de C.A.D. utilizando os materiais disponíveis no mercado local, além de superplastificantes e sílica ativa, comercializados ou não na região. (29 pg) Paulo C.C. Gomes, Flávio B. Lima e Sílvia B.B. Uchôa CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 A Utilização do Concreto de Alto Desempenho na Construção do Porto do Pecém. Este trabalho tem como objetivo apresentar de forma sucinta, as dosagens utilizadas e os parâmetros de controle tecnológico adotado na produção do concreto de alto desempenho utilizado na construção do complexo portuário do Porto Pecém-CE, tendo

Estudo do concreto de alta resistência de modo

Avaliação das vantagens da

Estudo sobre este concreto que é fabricado com baixa

Estudo a dosagem e o comportamento do concreto fresco quando

Análise de algumas

Relata-se o caso da concretagem da base de um alto-

Promover o uso de concreto de

Apresentação de

em vista proporcionar uma maior durabilidade à obra. (17 pg) Afrodízio Durval G. Pamplona, Antônio Telmo N. Bessa e José Ramalho Torres CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Concreto de Alto Desempenho - Exemplo de Aplicação em Obra Portuária. Este trabalho enfoca a utilização de concreto de alto desempenho no reforço estrutural de concreto armado em lajes de piso no Terminal de containers do Porto do Rio Grande, cujo projeto especificou resistência característica fck=60 Mpa, aos 28 dias de idade. (24 pg) Geraldo Moritz Piccoli CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Apoios de Altura Reduzida em Vigas de Concreto de Alta Resistência ( Dentes Gerber ). Neste trabalho estudou-se a influência da variação de alguns destes parâmetros referentes ao comportamento à ruptura do dente:

como o esquema de armação e a rigidez do concreto. A análise final baseou-se em resultados que dizem respeito à fissuração, ductibilidade e resistência das peças (26 pg) Rosangela de Fátima Zalochi e Luiz Roberto Sobreira de Agostini CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Comportamento de Lajes Cogumelo de Concreto de Alta Resistência com Estribos Inclinados. O presente trabalho trata do ensaio de onze lajes de concreto armado de alta resistência ( 60 MPa) submetidas a puncionamento simétrico. Pode-se observar claramente que o desempenho das lajes com estribos inclinados foi bastante satisfatório em virtude das cargas de ruptura destas lajes, terem sido, na maioria dos casos, superiores às cargas estimadas pelas normas analisadas. (31 pg) Dênio Ramam Carvalho de Oliveira e Guilherme Sales S. A. Melo CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Comportamento de Consolos Curtos de Concreto de Alta Resistência: Abordagem Teórica e Experimental. O presente trabalho apresenta resultados de investigação experimental realizada com consolos curtos de concreto de alta resistência, com diferentes taxas de armadura principal e complementar, e sua interpretação pela aplicação do modelo proposto. (31 pg) Gilson Battiston Fernandes CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Cisalhamento em Vigas de Concreto de Alta Resistência, sem Armadura de Alma, submetidas a Carregamento Reverso. A investigação, aqui descrita, teve sua motivação em dúvidas levantadas quanto ao comportamento ao cisalhamento de vigas de concreto de alta resistência submetidas a carregamentos reversos e, consequentemente, quanto aos procedimentos de projeto a serem adotados para estes elemetos estruturais. (27 pg) Gisleiva C. S. Ferreira e Armando L. Moreno Junior CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Cisalhamento em Vigas de Concreto de Alta Resistência, armadas ao Esforço Cortante, submetidas à Carregamento Reverso. Este trabalho, vem dar prosseguimento aos estudos do comportamento estrutural de elementos executados com concreto de alta resistência desenvolvidos no Laboratório de Engenharia Civil da UNICAMP. (28 pg) J. M. Arroyo e Armando L. Moreno Junior CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Armaduras de Suspensão em Vigas de Concreto de Alta Resistência com Abertura na Alma. Este trabalho trata da resistência à flexão e ao cisalhamento de vigas de concreto com abertura na alma em região de cisalhamento. (31 pg) Gilson Batistton Fernandes CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Análise Experimental de Pilares de Concreto de Alto Desempenho com Adição de Fibras submetidos à Compressão Axial. Este trabalho apresenta um estudo experimental de pilares de concreto de alto desempenho com adição de fibras metálicas, submetidos à compressão centrada, onde o concreto apresentou uma resistência média à compressão de 80 Mpa. (31 pg) A E. P. Guimarães, José Samuel Giongo e T. Takeya CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto Rio de Janeiro - Agosto/98 Ações Decisórias em Engenharia Estrutural com enfoque na viabilidade do concreto e projetos de alto desempenho. Analisamos as variações dimensionais e de custos de estruturas de concretos ( modelo pilar, viga e lajes maciças ) entre 20 e 80 Mpa e demonstramos que é viável financeiramente a execução destes concretos. (9pg) Frank Guimarães Vaz de Campos Distribuição de Tensões em Seções de CAD submetidas à Flexo-Compressão. O trabalho tem como finalidade avaliar a distribuição de tensões de compressão em seções de Concreto de Alto Desempenho (CAD), enfocando sua aplicação no estudo de pilares.(16pg) Eduardo Aurélio Barros Aguiar e Libânio Miranda Pinheiro Apoio e Carregamento indiretos em Vigas de Concreto de Alta Resistência: Estudo Experimental. Este trabalho aborda as situações de apoio e carregamento indiretos em vigas de concreto de alta resistência. Apresenta soluções para o problema e resultados de investigação experimental. (14pg) Flávia Conceição Veneziani Ribeiro e Gilson Battiston Fernandes Resistência e Ductilidade das Ligações Laje-Pilar em Lajes-Cogumelo de Concreto de Alta Resistência Armado com Fibras de Aço e Armadura Transversal de Pinos. Este trabalho analisa a resistência à punção e a ductilidade das ligações laje-pilar em doze modelos de lajes-cogumelo de concreto armado, nas quais se efetuam

combinações de emprego de concreto de alta resistência, diferentes volumes de fibras de aço e uso de armadura transversal na forma de conectores de aço tipo pino. (16pg) Aline Passos de Azevedo e João Bento de Hanai Comportamento de Pilares Mistos Aço-Concreto Preenchidos com Concreto de Alta Resistência. Neste trabalho o comportamento do materiais foi estudado através da investigação experimental de 6 pilares mistos, preenchidos com concreto de alta resistência média igual a 50 Mpa. (15pg) Silvana De Nardin e Ana Lúcia H. de C. El Debs Análise Experimental de Pilares de Concreto Armado de Alta Resistência sob Flexo Compressão Reta. Com este projeto pretendeu-se obter informações sobre o comportamento de pilares sob compressão excêntrica, executados com concreto de alta resistência, com resistência média à compressão de 80 Mpa. (16pg) Romel Dias Vanderlei, José Samuel Giongo e Toshiaki Takeya Pilares de Concreto com Resistência Média de 60 MPa submetidos á Compressão Simples. Neste trabalho tentou-se obter os subsídios para o projeto de pilares de concreto de alta resistência, submetidos à compressão simples, com concreto de resistência média à compressão de 60 MPa. (16pg) Marcos Vinícios M. de Queiroga, José Samuel Giongo e Toshiaki Takeya

Análise Experimental e Analítica Via MEF de Pilares em Concreto de Alta Resistência com Adição de Fibras Metálicas. Este artigo mostra uma comparação entre os resultados experimentais obtidos em pilares de concreto de alta resistência com adição de fibras metálicas sob compressão centrada, sendo que o ensaio foi realizado com controle de força, e os resultados computacionais obtidos via Método dos Elementos Finitos. (16pg) Ana Elisabete Paganelli Guimarães e José Samuel Giongo

A Influência do Tipo de Agregado Graúdo nos Módulos de Elasticidade e na Resistência a Tração dos

Concretos de Elevado Desempenho. Este trabalho concentra-se no estudo da influência do tipo de agregado graúdo

( Brita e Seixo Rolado ) no CED, já que é sabido que o módulo de elasticidade do concreto varia com o tipo de agregado. (16pg) Mônica Pinto Barbosa, Jorge Luís Akasaki, Marco Antônio de M. Alcântara e Fábio Neves Garcia

A tecnologia dos Concretos de Alto Desempenho Aplicada na Execução de Reatores Anaeróbicos (UASB)

utilizados para Tratamento de Esgoto Doméstico. Neste trabalho procura-se mostrar a potencialidade de aplicação dos Concretos de Alto Desempenho numa estrutura hidráulica (reator UASB). (16pg) Luana M. Marelli, Jefferson B. L. Libório e Aluisio Bráz de Melo Determinação de Módulo de Elasticidade em um Concreto de Alto Desempenho. Neste trabalho os autores discutem a necessidade de uma análise criteriosa, caso a caso, dos diagramas tensão x deformação com vistas à obtenção dessa constante em um concreto de alto desempenho. ( 15pg) Cláudia Henrique de Castro, João Luiz Armelin, Maurice Antoine Traboulsi e Rubens Machado Bittencourt Influência da Dosagem de Materiais Cimentícios na Resistência à Compressão do Concreto de Alto Desempenho. Neste trabalho estudou-se a influência da dosagem de materiais cimentícios em algumas propriedades dos concretos de alto desempenho, em especial a resistência à compressão ( 15pg) Geraldo Moritz Piccoli, Gerson Luiz Araújo Rodrigues, Ivan Ramalho de Almeida, Luiz Otávio Maia Cruz e Renê Ramalho Sader Influência do Agregado Miúdo na Obtenção e Características do Concreto de Alto Desempenho. Este trabalho estuda a influência das características do agregado miúdo na obtenção e algumas propriedades do concreto de alto desempenho. São analisados quatro tipos de agregados miúdos, naturais e artificiais, disponíveis no Estado de Alagoas para a produção de concreto. (11pg) Flávio Barboza Lima, Laura A. Acioli e Fábio H. B. Silva

Um Estudo Experimental com diferentes Tipos de Agregados Graúdos para a Verificação da Resistência Mecânica à Compressão de Concreto de Elevado Desempenho. Este trabalho apresenta os resultados de um programa de ensaios desenvolvidos para a verificação da performance do CAD, confeccionado com agregados graúdos do tipo britado e seixo rolado, avaliando-se em especial a resistência a compressão. ( 12pg) Mônica Pinto Barbosa, Flávio Moreira Salles, Marco Antônio de Morais Alcântara e Janaína dos Santos. Concreto de Alto Desempenho com Fibras de Polipropileno e sua aplicação em Vigas Ensaiadas à Flexão. Este trabalho apresenta os resultados de estudos desenvolvidos em concretos comum e de alto desempenho (CAD) reforçados com fibras. ( 15pg) Francisco de Assis Morais Lisboa, Fabiana Holanda Pereira da Silva, Cláudio Matias da Silva, Sebastião Batista dos Santos e Normando Perazzo Barboza

A influência do Processo de Cura nas Propriedades Mecânicas dos Concretos de Elevado Desempenho

(CED). Este trabalho descreve uma investigação experimental sobre as propriedades mecânicas dos Concretos de Elevado Desempenho, fabricados com cimentos Portland CPV-ARI-Plus e CPII-F-32, e com adição de sílica ativa, onde se procurou pesquisar a evolução e as correlações. (14pg) Mônica Pinto Barbosa, Jorge Luís Akasaki e Marco Antônio de M. Alcântara.

Influência da esbeltez e diâmetro de testemunhos extraídos de concretos convencionais e elevado desempenho. Este trabalho visa adequar as divergências entre o procedimento da norma ASTM C-42 e a ABNT, NBR-7680/83,

quanto a correção de relação altura/diâmetro de corpos de prova de concreto extraídos de estruturas. ( 7 pg) Roberto José Falcão Bauer, Rubens Curti e Shunji Takashima Análise Experimental ao Cisalhamento de vigas de concreto de alta resistência com armadura não metálica tipo FRP. São apresentados alguns resultados de ensaios realizados em sete(sete) vigas de concreto de alta resistência armadas com armadura não metálica tipo FRP, com o objetivo de se investigar o comportamento estrutural ao cisalhamento de tais vigas. ( 15 pg) Jorge A. S. Rayol e Guilherme Sales S. A. Melo A durabilidade do concreto de alto desempenho e o meio ambiente: um estudo sócio-econômico. Este trabalho apresenta retrospectiva sobre as inter-relações entre consumo de energia, impacto ambiental e custo econômico de obras construídas com concreto de cimento portland, assim como o papel que o concreto de alto desempenho apresenta no contexto da produção de construções mais eficientes e duráveis. (18pg) Geraldo Cechella Isaia Armaduras Mínimas de Flexão em Vigas de Concreto de Alto Desempenho - Uma Análise Comparativa entre Recomendações Vigentes. Neste trabalho, resultados obtidos a partir de metodologias disponíveis na literatura, incluindo códigos aceitos internacionalmente, são comparados entre si e com resultados experimentais obtidos de ensaios realizados em vigas de concreto de alto desempenho carregados em quatro pontos (12pg). Rafael Alves de Souza, Leandro Vanalli, Luciano Passos, José Luiz Antunes de Oliveira e Sousa e Newton de Oliveira Pinto Júnior Concreto de Alta Resistência e Normal submetido ao Estado Triaxial. Este trabalho apresenta ensaios triaxiais à compressão em corpos-de-prova cilíndricos de 150 mm x 300 mm. Foram usados dois níveis de resistência à compressão do concreto, 25 e 70 Mpa (13pg). Juliana Ferreira Fernandes; Carlos Máximo Aire Untiveros; Ravindra Gettu e Luis Aguilló Ligações Viga-Pilar em Ângulo Reto nas Estruturas de Concreto. Este trabalho trata da avaliação do desempenho das ligações viga-pilar em ângulo reto nas estruturas de concreto de alta resistência, sujeitas a momentos negativos (14pg). Luísa Andréia Gachet Barbosa e Gilson Battiston Fernandes Reforço à Flexão de Vigas em Concreto Armado pelo Acréscimo de Altura na Região Comprimida, utilizando-se Concreto de Alta Resistência. Este trabalho tem como principal objetivo um estudo sobre o comportamento de vigas de concreto armado reforçadas à flexão pelo acréscimo de altura no banzo comprimido (12pg). Eunice Sumie Ando e Armando Lopes Moreno Júnior Vigas de Concreto sob Cargas Concentradas próximas dos Apoios. Este trabalho apresenta os resultados das investigações experimental realizada com vigas de concreto de alta resistência sob cargas concentradas a diferentes distâncias dos apoios e sua interpretação pela aplicação dos modelos bielas e tirantes (16pg). Gilson Battiston Fernandes e Ricardo Corte Reforço à Flexão em Vigas de Concreto de Alta Resistência à Compressão através da Colagem Externa de Mantas Flexíveis de Fibras de Carbono ( PRFC). O objetivo principal deste trabalho é oferecer contribuição ao estudo do comportamento de vigas de concreto de alta resistência à compressão reforçadas por intermédio de mantas flexíveis de fibras de carbono ( PRFC) (16pg). Augusto Ottoni Bueno da Silva; Sílvia M. Ascenção Guedes e Armando Lopes Moreno Júnior Avaliação do Dimensionamento de Vigas Sujeitas a Flexão Simples em Concreto de Alto Desempenho. Neste trabalho é feita uma análise do dimensionamento dos elementos estruturais em CAD sujeitos à flexão simples.Os resultados obtidos nesta análise com os modelos propostos pelos códigos internacionais são comparados com os critérios vigentes para concretos convencionais (13pg). Marcello Martins; Ricardo Amorim Einsfeld e Marcus Peigas Pacheco Pilares Mistos: Tubos Metálicos de seção quadrada e retangular com núcleo de Concreto de Alta Resistência solicitados à Flexo-Compressão. O presente trabalho faz parte de uma linha de pesquisa desenvolvida sobre a tecnologia do concreto de alta resistência e seu desempenho como elemento estrutural (14pg). Everaldo Bonaldo e Luiz Roberto Sobreira de Agostini Concretos Especiais: A Aplicação de Concreto de Alto Desempenho na Ponte Rio-Niterói. Um caso real. O presente trabalho tem por finalidade apresentar os estudos teórico-prático do concreto, as recentes metodologias de sua fabricação e os cuidados na aplicação, acabamento e cura do mesmo (5pg). Francisco Mendes de Moraes Neto; Nilton Velihovetchi; Paulo Trebilcock; Sandra Maria Fonseca; Mário Vila Verde; Ricardo C. Secondo; Paulo Fernando A. Silva; Gerson Luis e René Sader Execução de obras de Concretos de Alto Desempenho com Alta Trabalhabilidade por Tempo Prolongado. Neste trabalho, exporemos a forma como produzimos concretos com alta trabalhabilidade por um tempo prolongado em nossas obras (6pg). Frank Guimarães Vaz de Campos Fluência e Retração por Secagem do Concreto de Elevado Desempenho. Este trabalho apresenta um estudo sobre a fluência e a retração por secagem do concreto de elevado desempenho, analisando-se a influência da relação água/aglomerantes e do grau de hidratação (14pg). Cassiana Ap. Augusto Kalintzis e Selmo Chapira Kuperman

Influência da Resistência à Abrasão do Agregado Graúdo na Resistência à Abrasão de Concretos de Alto Desempenho. Este trabalho apresenta uma análise de dados obtidos, percebendo-se que é muito forte a influência da resistência à abrasão dos concretos de alto desempenho, mas também que esta relação não é simples, pois interfere na questão outros aspectos, como por exemplo, a aderência agregado-pasta (18pg). Ivan Ramalho de Almeida Modelagem do Comportamento de Concreto de Alta Resistência sob Condições de Confinamento. O trabalho apresenta procedimentos para a descrição do comportamento do concreto de alta resistência comprimido e confinado lateralmente, tendo como base um modelo constitutivo uniaxial que utiliza como parâmetro de controle da degradação de rigidez do material a deformação de área do concreto (16pg). Severino Pereira Cavalcanti Marques e Dilze Codá dos Santos Cavalcanti Marques Avaliação das Propriedades de Concretos de Alto Desempenho com Fibras de Aço. Este trabalho objetivou investigar algumas das propriedades deste concreto: resistência à flexão, módulo de elasticidade longitudinal e coeficiente de Poisson (16pg). Flávia Moll de Souza Júdice; Luciana Barbosa de Freitas; Luiz Antonio Vieira Carneiro e Lídia da Conceição Domingues Shehata Análise das Propriedades Mecânicas do Concreto de Alto Desempenho submetido à Cura Térmica. Este trabalho experimental procura verificar as propriedades do concreto de alto desempenho, fabricado com cimento Portland CPV-Ari Plus com adição de 10% de microssílica ativa em sua composição (11pg). José Américo Alves Salvador Filho e Mônica Pinto Barbosa Concreto de Elevado Desempenho utilizado no Túnel do Metrô de Brasília - Especificação, Estudo de Dosagens, Propriedades Mecânicas e Técnicas de Execução. Este trabalho apresenta toda a metodologia utilizada no Túnel do Metrô de Brasília com a utilização do concreto de alto desempenho (16pg). Flávio Mamede Pereira Gomes; Elcio Antônio Guerra; Cláudia Henrique de Castro; Marco Aurélio Bessa e José Cândido de Oliveira Análise e Aplicações de Concretos de Alto Desempenho no Complexo Penitenciário da Grande Goiânia. Este trabalho apresenta um estudo científico e paralelamente um estudo prático de concretos para execução de centros penitenciários, com o fim de confinar vidas humanas (14pg). Frank Guimarães Vaz de Campos

A Importância do Uso do Concreto de Alto Desempenho nas Obras Civis da Via Costeira do Estado do

Ceará. O presente trabalho apresenta o processo de escolha de utilização do concreto de alto desempenho (CAD)

em obras civis na via costeira do Estado do Ceará (14pg). Hilda de Castro Pamplona e Olga Regina Cardoso

A Utilização de Sílica Ativa no Concreto de Alto Desempenho e a sua Influência em algumas Propriedades

deste Material. Este trabalho tem por objetivo pesquisar a influência exercida pela utilização de sílica ativa no

comportamento do concreto de alto desempenho, denominado CAD, em relação a algumas propriedades mecânicas e físicas (16pg). Rafael Moreno Júnior e Mário Morio Isa Penetração de Água e Ìons Cloretos em Concretos de Alto Desempenho. Este trabalho visa avaliar o

comportamento de concretos, com e sem sílica ativa, com resistências em torno de 60 MPa, no tocante à penetração de água e principalmente à penetração e íons cloretos, um dos principais agentes responsáveis pela corrosão das armaduras (16pg). Anne Neiry de Mendonça Lopes, Antônio Alberto Nepomuceno e Eugênia Fonseca da Silva

O Papel do Concreto de Alto Desempenho na Durabilidade das Estruturas. O presente trabalho consiste no

estudo da durabilidade dos concretos perante a alguns agentes agressivos, baseando-se em uma pesquisa

bibliográfica da literatura técnica.Conclui-se que o concreto de alto desempenho é o material mais apropriado para garantir uma vida útil longa à estrutura (16pg). Paulo César Correia Gomes e Flávio Barboza de Lima

A Utilização do Concreto de Alto Desempenho na Construção do Porto do Pecém. Este trabalho tem como

objetivo apresentar as dosagens utilizadas e os parâmetros de controle tecnológico adotado na produção do concreto

de alto desempenho utilizado na construção do complexo portuário do Porto do Pecém-CE, tendo em vista proporcionar uma maior durabilidade à obra (10pg).

CONCRETO EM CLIMA QUENTE

Climatologia Aplicada. Conceitos dos principais elementos do clima que podem influenciar no concreto. Definição das características climáticas típicas de cada região do Brasil.(19 pg) Paulo Marques dos Santos Colóquio Sobre Concreto em Clima Quente SP, dez-81 Concreto em Clima Quente. Análise das interferências do ambiente no comportamento do concreto e indicação de processos para minimização dos efeitos indesejáveis e aproveitamento dos benéficos.(50 pg) Luiz Alfredo Falcão Bauer e Maria Aparecida Azevedo Noronha Colóquio Sobre Concreto em Clima Quente SP, dez-81 Considerações das Condições Climáticas na Concretagem - Alguns Exemplos de Brasília. Considerações que devem acompanhar os serviços de concretagem em clima quente e seco. Conceitos relativos às propriedades do concreto fresco e endurecido, que podem se alterar com as condições ambientais. Ex. práticos.(19 pg) Moema Ribas Silva, Antonio Campolina e Alberto M. Maccheroni Colóquio Sobre Concreto em Clima Quente SP, dez-81 Cuidados para Cura de Pavimentos Executados em Climas Quentes. Análise e recomendações práticas quanto a aplicação de métodos de cura para pavimentos de concreto executados em climas quentes.(18 pg) Márcio Rocha Pitta Colóquio Sobre Concreto em Clima Quente SP, dez-81 Procedimento Recomendado para Concretagem em Dias de Calor. Apresentação de sugestões para se realizar concretagens sob condições severas de alta temperatura, enunciando providências a serem tomadas antes, durante e depois da concretagem.(6 pg) Dante Bianco Colóquio Sobre Concreto em Clima Quente SP, dez-81

CONCRETO LEVE

Argilas para Fabricação de Agregados Leves. Descrição dos requisitos necessários para que argilas possam ser utilizadas na fabricação de agregado leve para uso em concreto leve estrutural. Estudo particular de argila do Reconcavo da Bahia com fins de emprego para agregados leves. (47 pg) Persio de Souza Santos Concretos Leves

SP,fev-73

Cálculo Estrutural de Concretos Leves de Argila Expandida. Análise da influência do uso de concreto leve de argila expandida no cálculo de peças fletidas e suas características elásticas. (14 pg) Augusto Carlos de Oliveira Concretos Leves SP,fev-73 Concretos Leves Celulares e Sem Finos. Análise das propriedades e características dos concretos leves celulares e sem finos. (14 pg) Eládio G. R. Petrucci Concretos Leves SP,fev-73 Concretos Leves na Construção Civil. Classificação e características gerais dos concretos leves e aplicações na construção civil. (98 pg) Teodoro Rosso Concretos Leves SP,fev-73 Desenvolvimento de Uma Fábrica de Agregado Leve em São Paulo. Detalhes do estudo realizado para a instalação de uma fábrica de agregados leves. Critérios de escolha da matéria-prima. (32 pg) P. S. Santos,Ayrton Mitidieri Concretos Leves SP,fev-73 Concreto Leve de Alto Desempenho. Este trabalho apresenta resultados de investigações experimentais, no Brasil, assim considerações técnico-econômicas sobre o concreto leve de alto desempenho.(14 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 36ª REIBRAC Antonio Luiz Fernandes dos Santos, Therezinha do Menino Jesus Alves, Luiz Cézar de Almeida, Cipriano José de Medeiros Junior, Geraldo Moritz Piccolli e Hamilce S. Iozzi Codá 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94 Propriedades de Concretos Leves de Alta Resistência com Argila Expandida Nacional. Face a crescente utilização do concreto leve em obras de alta responsabilidade, este trabalho tem por objetivo avaliar a potencialidade dos agregados leves de argila expandida fabricados no Brasil.(6 pg) Hugo S. Armelin, Maryangela G. Lima e Silvia M. S. Selmo Revista de 1994 (agosto/setembro) ano IV no. 9 Estudo Comparativo das Propriedades Físicas e Mecânicas de Microconcretos Leves Produzidos com Argila Expandida e com Agregados Reciclados de Rejeitos de Construção e Demolição. Este trabalho tem como objetivo caracterizar a semelhança entre o concreto de agregados graúdos reciclados de entulho de construção e demolição e o concreto de agregados leves de alto poder de absorção de suas principais propriedades físicas e mecânicas. (19pg) Eloy F. Machado Júnior e Marcos V. C. Agnesini Comportamento Mecânico do Concreto Leve com Poliestireno Expandido visando a sua Utilização em Pré- Moldados. Neste trabalho apresenta-se resultados de um estudo de dosagem deste tipo de concreto leve, realizado com a finalidade de utilizá-lo em tavelas de concreto pré-fabricadas (13pg). Cláudio de Souza Kazmierczak; Ivana Suely Soares dos Santos e Karla Schuck Saraiva Estudo da Influência da Cura nas Resistências Inicias dos Microconcretos Leves modificados com Polímero. Com os resultados deste trabalho é possível, além de analisar a influência do tipo de cura no desenvolvimento das resistências iniciais, avaliar a melhor forma de cura para os microconcretos leves de alto desempenho modificados com látex de estireno-butadieno, visando a garantia das propriedades no estado endurecido e a otimização da produção das peças pré-fabricadas de pequena espessura (16pg). João Adriano Rossignolo e Marcos Vinício Costa Agnesini Pré-Fabricados de Pequena Espessura: Materiais e Dosagem de Microconcretos Leves de Alto Desempenho - Estudo de Caso. Este trabalho apresenta um recente estudo sobre os materiais componentes e dosagem de microconcretos leves de alto desempenho para pré-fabricados de pequena espessura (16pg). Marcos Vinício Costa Agnesini e Jerusa Alessandra de Morais Propriedades Mecânicas dos Microconcretos Leves de Alto Desempenho para Pré-Fabricados de Pequena Espessura. Este trabalho apresenta um estudo experimental que analisa cinco dosagens de microconcretos leves de alto desempenho (CLAD), com agregados leves brasileiros selecionados (argila expandida ), com o propósito de produzir pré-fabricados de pequena espessura (16pg). João Adriano Rossignolo; Marcos Vinício Costa Agnesini e Jerusa Alessandra de Morais

CONCRETO MASSA

Caracteristicas de los Cementos Argentinos - Su Aptitud para la Construccion de Grandes Presas de Hormigon. Características e especificações de cimentos argentinos próprios para concretos massa. (33 pg) José F. Colina Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 Cimento Portland para Barragens de Concreto. Propriedades, características e especificações de cimento portland para serem utilizados em concreto para barragens. (19 pg) Francisco de Assis Basílio Colóquio Paraguayo- Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 Concreto Massa. Considerações gerais sobre os materiais, propriedades, dosagem e controle tecnológico do concreto massa. (47 pg) Eládio G. R. Petrucci Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 Execuções de Obras de Concreto Massa - Fenômenos Térmicos- Refrigeração. Características do concreto massa e seus processos de execução e refrigeração. (26 pg) Epaminondas Melo do Amaral Filho Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 O Controle das Tensões em Concreto Massa de Grandes Barragens pelo Método dos Elementos Finitos e suas Repercussões sobre as Modernas Tecnologias de Construção. Apresentação do método dos elementos finitos para medição das tensões de origem térmica em concreto massa. (69 pg) Horst R. Eckschmidt, Emerson P. Tagliatella Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa Assunção,jul-74 Proporcionamento de Concreto Massa. Requisitos para um concreto de barragem e fundamento para sua dosagem. (20 pg) Hernani Sávio Sobral Colóquio Paraguayo-Brasileiro sobre Tecnologia do Concreto de Massa

Assunção,jul-74

Influência das Fibras nas Propriedades do Concreto. Estudo sobre o concreto armado com fibras, e suas aplicações na construção civil.(27 pg) José Dafico Alves XVIII Jornadas Sul-Americanas de Engenharia Estrutural - Tecnologia BA,dez-76 Algumas Informações Sobre o Concreto Massa Utilizado na Construção da Usina de Ilha Solteira. Descrição sucinta dos materiais utilizados na constituição do concreto, suas principais características e dados obtidos no controle de qualidade. Apresentação dos traços obtidos com agregados de tamanho máximo 76 mm e 152 mm.(36 pg) Miguel N.A. Saad, Flávio M. Salles e Paulo J. Oliveira Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jul-81 Critérios Executivos para Espalhamento do Concreto Massa Utilizando-se Trator de Lâmina. Apresentação da prática adotada pela obra de Tucuruí para lançamento do concreto para espalhamento com trator e dos procedimentos para controle durante a produção, transporte, lançamento, adensamento e cura do concreto. (17 pg) Francisco Gladston Holanda e Gustavo Reis Lobo Vasconcelos Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Estruturas Delgadas Também Exigem a Tecnologia do Concreto Massa. Apresentação dos estudos de casos de peças delgadas, associados ao desempenho do concreto, face ao balanço térmico resultante da geração de calor na hidratação do aglomerante e das condições de sua dissipação. (35 pg) Wander Miranda de Camargo, Simão Priszkulnik e Ivo Assad Ibri Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Estudo das Condições de Lançamento de Concreto para a Usina Hidrelétrica - Ilha Grande. Apresentação dos estudos preliminares sobre as condições de lançamento de concretos, considerando-se o cronograma, intervalos e temperaturas, realizados para a Usina Hidrelétrica de ILHA GRANDE. (33 pg) Nelson T. Onuma, Selmo Chapira Kuperman e Joaquim C. Cunha Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Estudo das Principais Propriedades de Concreto Massa. Procedimentos para verificação das propriedades elásticas e térmicas de concreto massa, enfocando ensaios especiais como: capacidade de deformação, fluência, difusibilidade, calor específico e elevação adiabática de temperatura. Dados sobre os traços dos concretos das usinas de Porto Primavera e Nova Avanhadava. (36 pg) Miguel N.A.Saad, Paulo J. Oliveira e Flávio M. Salles Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Evolução da Temperatura do Concreto Ciclópico de Nova Avanhadava. Apresentação das condicionantes que motivaram a adoção de concreto ciclópico e como se determinou seu traço e suas formas de lançamento. (18 pg) Paulo A. Carvalho e Makoto Yendo Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Interpretação Quantitativa dos Deslocamentos Medidos no Vertedouro da Barragem de Ilha Solteira. Apresentação da metodologia utilizada para analisar quantitativamente ao deslocamentos horizontais, medidos através de pêndulo direto. (17 pg) Marcos A. Pimenta, Lucy I.O.Birindelli, Selmo Chapira Kuperman e Antranig Kullukian Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Otimização da Temperatura de Lançamento do Concreto dos Vertedores e Muros da Usina Hidrelétrica Tucuruí. Apresentação das diretrizes e critérios adotados no estudo térmico do concreto das estruturas dos muros e

vertedores da Usina Hidrelétrica Tucuruí visando a otimização da temperatura de lançamento dos concretos.(41 pg) Wanderley G. Corrêa, Nelson T. Onuma e Lucy I.O. Birindelli Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jul-81 Principais Fatores que Influenciam as Tensões de Origem Térmica. Análise dos principais fatores que influenciam as tensões de origem térmica e a importância da instrumentação no seu controle. (27 pg) Vladimir A. Paulon e Selmo Chapira Kuperman Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Refrigeração do Concreto na Construção da Hidrelétrica Tucuruí. Apresentação dos resultados medidos e analisados, durante o funcionamento do sistema de refrigeração do concreto de Tucuruí e fornecimento dos recursos analíticos e gráficos para se avaliar os consumos de gelo por m³. (50 pg) Francisco G. Holanda, Gustavo Reis Lobo Vasconcelos e Wanderley Guimarães Corrêa Colóquio sobre Concreto Massa SP,jul-81 Registros Tecnológicos das Estruturas de Concreto do Aproveitamento de Sobradinho. Descrição sumária do aproveitamento de Sobradinho, fornecendo dados sobre os materiais empregados e os estudos preliminares do concreto, suas propriedades e rotinas de controle.(45 pg) Simão Priszkulnik, Marcelo C. Gontijo, Ivo A. Ibri, Raymundo Kimura e Diogenes José de Paiva Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jul-81 Tecnologia do Concreto Massa Aplicada em Edificações Urbanas - Estudos do Caso: Edifício Citibank/Rio de Janeiro. Explicação dos motivos pelos quais se aplicou a tecnologia do concreto massa nos blocos de fundação do Ed. Sede do Citibank.(20 pg) Paulo Roberto Derene, Silvio F. Oliveira e Roberto H. Thomas Colóquio Sobre Concreto em Clima Quente SP, dez-81 Tensões de Origem Térmica no Concreto Massa. Apresentação de processo para calcular tensões de origem térmica. Indicação de medidas para baixar a temperatura de lançamento de concreto, e para combater a fissuração.(19 pg) Carlos Henrique Holck Colóquio Sobre Concreto em Clima Quente SP, dez-81 Algumas Considerações Sobre Critérios de Projetos de Estruturas de Concreto nas Barragens. Análise crítica do procedimento adotado para avaliação da segurança das estruturas das barragens de gravidade de concreto, à luz dos conceitos atuais a respeito da teoria da segurança.(33 pg) Francisco Brasiliense Fusco Jr. Reunião Comemorativa do Décimo Aniversário - CT204 - Concreto Massa SP, jul-82 Estudo da Influência das Classes de Concreto e da Subdivisão dos Lances de Concretagem Junto à Fundação. Análise da influência, da subdivisão dos lances de concretagem e do tipo de concreto, nas tensões de origem térmica.(40 pg) Nelson T. Onuma, Reginaldo Durval Rocha e Lucy I. O. Birindelli Reunião Comemorativa do Décimo Aniversário - Colóquio sobre Concreto em Fundações Subterrâneas SP, jul-82 Parâmetros de Concretos Destinados à Fundação de Obras em Concreto Massa. Apresentação dos resultados de propriedades de concretos de caráter massivo obtidos através de ensaios realizados em laboratórios, comparando- os com recomendações usuais em Especificações Técnicas para aplicação do concreto, junto à fundação de obras de concreto massa.(36 pg) Luércio Scandiuzzi e Francisco Rodrigues Andriolo Reunião Comemorativa do Décimo Aniversário - Colóquio sobre Concreto em Fundações Subterrâneas SP, jul-82 A Utilização de Cimento Pozolânico com Elevado Teor de Pozolana em Obras de Barragem. Apresentação do programa de estudos e procedimentos adotados pela CESP na pesquisa de um aglomerante adequado às necessidades das barragens de Taquaruçu, Rosana e Porto Primavera.(29 pg) Miguel N. A. Saad, Flávio Moreira Salles e Paulo J. R. Oliveira Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP, jun/jul-83 Algunas Experiências Sobre la Permeabilidad Al Agua de Hormigones Masa. Apresentação dos resultados de experiências realizadas no Instituto Tecnológico do Hormigon (Argentina), sobre a permeabilidade de concretos massa, descrevendo-se a metodologia e os equipamentos empregados.(24 pg) Milan E. Klaric e Juan L. Giacometti Reunião de 1983 - Seminário Sobre Produção do Concreto SP,jun/jul-83 Aplicação de Concreto Rolado em Estruturas Definitivas da Eclusa da Usina Hidrelétrica Tucuruí. Apresentação das principais características observadas quando da aplicação de aproximadamente 12000 m3 de concreto rolado nos muros da eclusa de Tucuruí.(53 pg) Gustavo Reis Lobo Vasconcelos, Hélio C. B. Franco e J. M. Manhago Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Aspectos Sobre as Construções de Concreto - Aproveitamento Hidroelétrico de Itaipú. Considerações sobre a tecnologia do concreto empregado na barragem de Itaipú.(110 pg) José Augusto Braga e Ademar Sonoda Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Condições de Lançamento e Escolha do Material de Revestimento do Túnel da Usina Hidrelétrica Tucuruí. Apresentação dos estudos de análise dos efeitos térmicos para a definição das condições de lançamento e escolha do material a ser utilizado no revestimento do túnel de Tucuruí.(32 pg) Odécio F. Menezes, Lucy I. O. Birindelli e Francisco Gladston Holanda Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Estudo Sobre Refrigeração do Concreto com Utilização de Nitrogênio Líquido. Relato dos estudos efetuados com o nitrogênio líquido como alternativa ou como auxiliar para a refrigeração do concreto.(49 pg) Walton Pacelli de Andrade, José Thomas França Fontoura, Rubens M. Bittencourt, Elcio Antonio Guerra, Vera Lucia Amaral

Sardinha, Estevão Morinigo Jr., Nelson K. Vieira Jr. e Miguel A. C. Paladino Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83

O Concreto nas Hidrelétricas da Copel: Capivari-Cachoeira e Foz de Areia. Apresentação dos detalhes de

projeto e tecnologia do concreto das barragens de Capivari-Cachoeira e Foz de Areia.(49 pg) Edilberto Maurer Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Procedimentos Adotados na Minimização da Fissuração de Origem Térmica em Algumas Estruturas Massivas do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira do Projeto Ferro Carajás. Enfoque dos procedimentos adotados na obra do terminal de Ponta da Madeira do Projeto Ferro Carajás, para redução do consumo de cimento nos concretos de baixo fator água/cimento.(17 pg) Geraldo Moritz Piccoli Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Propriedade do Concreto Massa Contendo Pozolana de Argila. Apresentação das propriedades de uma pozolana obtida por calcinação e moagem de argila caulinítica, usada como aglomerante para o concreto de quatro grandes barragens.(18 pg) Miguel N. A. Saadd, Walton Pacelli de Andrade e Vladimir A. Paulon Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83 Relatório das Atividades do Comitê Técnico CT 204 - Concreto Massa. Exposição da situação atual dos trabalhos desenvolvidos pelo comitê técnico de Concreto Massa - CT 204 do IBRACON.(38 pg) CT 204 - Concreto Massa - Colóquio Sobre Concreto Massa Reunião de 1983 SP,jun/jul-83 Registro das Propriedades e Controle do Concreto da Usina Hidroelétrica de Itumbiara. Apresentação dos estudos para a caracterização das propriedades do concreto massa da Usina Hidrelétrica de Itumbiara.(95 pg) Walton Pacelli de Andrade, José Thomas França Fontoura, Rubens M. Bittencourt e Elcio Antonio Guerra. Reunião de 1983 - Colóquio Sobre Concreto Massa SP,jun/jul-83

Análise do Comportamento Térmico da Usina Hidroelétrica Rosana - Comparação entre os Valores Previstos no Projeto e os Valores Obtidos através da Instrumentação. Apresentação de uma síntese das propriedades térmicas, mecânicas e elásticas do concreto nas estruturas da Usina Hidroelétrica de Rosana.(22 pg) Antonio René Camargo Aranha de Paula Leite, Miguel N. Abdalla Saad e Julio Cesar Astolphi Reunião de 1988 - Colóquio Sobre Obras Hidráulicas e Marítimas RJ,ago-88 Influência dos Parâmetros Térmicos do Concreto na Temperatura de Lançamento - Estudo Paramétrico - Obra de Porto Primavera. Apresentação dos resultados dos ensaios realizados em Porto Primavera para determinar

a influência térmica do concreto na sua temperatura de lançamento.(15 pg) Yssamu Miyaji, George Inoue, Lucy Inês O. Birindelli e Luércio Scandiuzzi Reunião de 1988 - Colóquio Sobre Obras Hidráulicas e Marítimas RJ,ago-88 Concreto Massa em Estruturas de Médio Porte - Casos Práticos e Soluções Adotadas. Apresentação de casos práticos de concreto massa em meios agressivos ou não com enfoque na fissuração de origem térmica.(13 pg) Orlando Pardelhas Villela e Luiz Carlos Ferreira de Souza Reunião de 1992 - Como Executar e Controlar para Garantir a Vida Útil Especificada Curitiba,jun/92

O Emprego de Granulometria Imposta para Produção de Concreto Massa e Estrutural. Este trabalho enfoca o

emprego de misturas de concreto com granulometria imposta na execução do conjunto de obras do Metrô-DF -

Brasília.(10 pg) Artigo também disponível no volume 2 dos anais da 36ª REIBRAC José James Zanetti e Francisco Gladston Holanda 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94

A Importância da Utilização do Cimento Portland CPIV - CESP no Concreto da UHE Porto Primavera. Para

a construção da Usina Hidrelétrica Porto Primavera, a CESP estabeleceu, junto a um fabricante, a produção de um

cimento especialmente formulado. Tal decisão é justificada pela ocorrência de agregrado reativo no local e pela

adoção da metodologia construtiva específica, com concreto massa. (22 pg) Flávio Moreira Salles, José Roberto Arantes Andrade, Waldomiro Almeida Junior e Luiz Prado Vieira Junior CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - agosto/1998

CONCRETO PROJETADO

Concreto Projetado "Jatocret". Características, propriedades e técnicas de aplicação do concreto projetado. (28 pg) Sérgio G. Ferreira Durabilidade do Concreto Armado SP,jun-72 Estudo de Aderência em Concreto Projetado da Obra de Extensão Norte do Metropolitano de São Paulo - Controle e Propriedades do Concreto Projetado Empregado na Extensão Norte do Metropolitano de São Paulo. Apresentação do método empregado para o controle de qualidade do concreto projetado utilizado na abertura de túneis pelo novo método austríaco(NATM).(43 pg) Giovanni Palermo e Edson Lourenção Marques Reunião Comemorativa do Décimo Aniversário - Colóquio sobre Concreto em Fundações Subterrâneas SP, jul-82 Utilização de Concreto Projetado como Revestimento Definitivo de Túnel Escavado em Solo. Descrição da aplicação do método NATM, que utiliza concreto projetado, como revestimento definitivo do túnel escavado em solo.(54 pg) Sérgio Simondi, Arsênio Negro Jr. e Selmo Chapira Kuperman Reunião Comemorativa do Décimo Aniversário - Colóquio sobre Concreto em Fundações Subterrâneas SP, jul-82 Controle da Resistência do Concreto Projetado na Execução de Túneis. Sugestão de método de controle de resistência de concreto projetado quando utilizado como revestimento de 1ª fase na abertura de escavações subterrâneas.(34 pg) Luiz A. P. Amaral, Arom D. Davidovitsch e Carlos Serman Reunião de 1983 - Seminário Sobre Controle da Resistência do Concreto SP,jun/jul-83 Concreto Projetado - Contribuição para Limites de Especificações. Apresentação de um estudo teórico e laboratorial realizado para delimitar o tempo de início e fim de pega para o ensaio de Agulha de Guilmore.(12 pg) Giovanni Palermo Reunião de 1987 - Seminário sobre Aspectos Conflitantes em Normas Brasileiras SP,jul/87

Avaliação do Concreto Projetado Reforçado com Fibras de Aço e Polipropileno na Construção de Túneis - NATM. Estudo de avaliação da influência da adição de fibras de aço e polipropileno ao concreto projetado via seca no revestimento de túneis pelo método NATM.(13 pg) Hugo S. Armelin e Luiz Tsuguio Hamassaki Reunião de 1990 - Materiais CE,ago-90 Concreto Projetado: Determinação na Resistência à Compressão a Baixas Idades. Descrição e análise de alguns métodos de ensaios para a determinação da resistência à compressão em baixas idades do concreto projetado.(14 pg) Luiz Roberto Prudêncio Junior Reunião de 1990 - Materiais CE,ago-90 Estudo do Coeficiente de Perrneabilidade em Concreto Projetado. Análise do coeficiente de permeabilidade e outras propriedades ligadas à durabilidade do concreto projetado.(15 pg) Francisco de Assis Souza Dantas e Carlos Eduardo de Siqueira Tango Reunião de 1990 - Assuntos Diversos CE,ago-90 Concreto Projetado com Fibras Metálicas. Neste trabalho são apresentados estudos de concreto projetado para uso em estruturaas da UHE Xingo.(12 pg) Artigo também disponível no volume 1 dos anais da 36ª REIBRAC Francisco Gladston Holanda e José Edson Furtado de Mendonça 36ª REIBRAC - Novas Práticas de Execução de Obras de Concreto RS,set-94 Compatibilidade Cimento/Aditivo Acelerador de Pega para Concreto Projetado. O presente trabalho visou analisar a correspondência entre os parâmetros de início e final de pega da pasta de cimento aditivada no ensaio de Gilmore. (8 pg) Luiz R. Prudêncio, Hugo S. Armelin e Paulo Helene Revista de 1994 (dezembro) ano IV no. 11 Qualificação do Mangoteiro de Concreto Projetado Via Seca. Este trabalho apresenta como verificar a capacitação e a habilidade de um candidato a mangoteiro. (3 pg) Antonio D. Figueiredo e Paulo R. Helene Revista de 1996 (outubro/novembro) ano VI no. 15

Revestimento definitivo de túneis empregando concreto projetado com fibras-controle tecnológico

crítica dos resultados em diversas metodologias de ensaios. (19 pg) Giovanni Palermo, José Gilberto Braud Sanches Anais vol. I da 39ª REIBRAC São Paulo, Ago/97 Metodologia para Seleção de Aditivos Redutores de Água para Concreto Projetado Via Úmida. O presente trabalho propões uma nova metodologia para a seleção de aditivos. Propõe-se a determinação da consistência do concreto a partir da utilização da mesa de queda livre com os mesmos procedimentos utilizados para o ensaio de cimento, porém utilizando-se o concreto em misturas com traço similar ao utilizado em obra. (19 pg) Giovanna Patrícia Gava e Luiz Roberto Prudêncio CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro -

Agosto/1998

A Utilização do Concreto Projetado reforçado com Fibras de Aço no Revestimento de Túneis. Neste trabalho apresenta-se uma metodologia de cálculo que leve em conta estes fatores, mostrando-se os avanços que se pode obter no dimensionamento de revestimento de túneis em concreto projetado reforçados com fibras de aço. (23 pg) Marco Antonio Carnio, Sérgio de Gouvêa Franco e Newton de Oliveira Pinto Júnior CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/1998

Análise

Acréscimo de Resistência de Concretos obtidos com a Aplicação de Gradientes Elétricos. Este trabalho apresenta os resultados obtidos com um método alternativo para aumento da resistência ao concreto projetado jovem, sem o uso de aceleradores de pega. (15pg) Danieli Aparecida Ferreira e Tarcísio Barreto Celestino

CONCRETO PROTENDIDO

Aços Estabilizados e Relaxação de Tensões. Comportamento dos aços estabilizados e a relaxação de tensões. (9 pg) Terence Cahill Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Cálculo das Perdas de Protensão por Relaxação do Aço. Apresentação de um gabarito de cálculo de perdas de protenção por relaxação do aço. (24 pg) Augusto C. Vasconcelos Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Condutos Forçados em Concreto Protendido. Descrição das vantagens do uso de concreto protendido em condutos forçados e processos construtivos. (12 pg) Manfred T. Schmid Colóquio sobre Concreto Protendido

SP,mai-75

Especificação Brasileira para Ancoragens Usadas no Concreto Protendido. Relato das atividades do grupo do CB-18, organizado para redigir um projeto para especificação das ancoragens usadas no concreto protendido. (4 pg) Carlos Freire Machado Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Incidentes na Execução de Obras em Concreto Protendido (Pós-Tensão). Relato de incidentes ocorridos em obras de concreto protendido, quer por falha do projeto e/ou da execução. (26 pg) Alex Barros de Sá Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Injeção para Concreto Protendido. Considerações sobre os processos e injeção de pastas em bainhas. Métodos de ensaios para a aferição da qualidade das pastas. (68 pg) Luiz Alfredo Falcão Bauer Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Novos Aços para Concreto: Menores Perdas e Maior Segurança. Informação sobre a evolução dos arames e cordoalhas de aço para concreto protendido, até o aparecimento dos produtos estabilizados. (28 pg) Alexandre H. de Carvalho Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Propriedades Mecânicas dos Aços para Armadura de Concreto Protendido. Características e propriedades físicas e mecânicas de aços para concreto protendido. (21 pg) Rafael Pinto Fiuza Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Tecnologia do Concreto e o Concreto Protendido. Propriedades e características tecnológicas do concreto e do concreto protendido. Finalidade e situação atual do CB 18 -ABNT- Cimento, Agregados e Concreto. (28 pg) Francisco de Assis Basílio Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-75 Aços Brasileiros para Concreto Protendido. Características e propriedades dos aços produzidos no Brasil para utilização em concreto protendido.(18 pg) Augusto Carlos de Vasconcelos Reunião sobre Concreto Protendido

BA,ago-76

Cálculo das Peças Parcialmente Protendidas - Concreto e Normas. Análise dos conceitos de protensão parcial e suas implicações com a segurança das peças. Considerações sobre a fissuração e a fadiga, e comparação das normas em vigor. (18 pg) Antonio Carlo Reis Laranjeiras Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-80 Programas HP 67/97 para Protensão Parcial. Apresentação de programas para HP 67/97 para cálculo de flexas, controle de fissuração e eventualmente estudo de fadiga e tensões de serviço. (18 pg) Moacir Leite Colóquio sobre Concreto Protendido SP,mai-80 A Execução de Protensão em Obras de Concreto Protendido. Apresentação de um texto-básico para uma norma de procedimentos e de sugestões para novas especificações e ensaios sobre protensão.(40 pg) Fernando A. Lapa Ferreira Reunião de 1983 - Seminário Sobre Produção do Concreto SP,jun/jul-83 Ensaio em Verdadeira Grandeza do Sistema de Injeção dos Cabos de Protensão dos Pilares e Vigas do Munhão da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. Apresentação dos estudos efetuados para definição da calda e dos procedimentos e serem adotados na execução da injeção dos cabos de protensão dos pilares e vigas do munhão.(48 pg) Gustavo Reis Lobo Vasconcelos, Hélio C. B. Franco e Marcos Elias Reunião de 1983 - Seminário Sobre Produção do Concreto SP,jun/jul-83 Aspectos Práticos da Proteção e Tratamento Contra a Corrosão dos Aços para Concreto Protendido. Recomendações práticas sobre proteção e tratamento dos aços para concreto protendido de modo a evitar problemas de corrosão.(17 pg) Luiz Carlos Petrocchi Corrêa Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido

SP,ago/84

Evolução dos Aços para Concreto Protendido. Informações sobre a evolução e desenvolvimento dos aços empregados em concreto protendido.(35 pg) José Ivo de Brito Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido SP,ago/84 Lajes Cogumelo Protendidas. Comentários históricos, técnicos e econômicos, mostrando o roteiro de cálculo seguido por autores suiços, para lajes cogumelo protendidas.(27 pg) Manfred Theodor Schmid Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido SP,ago/84

Lajes Pré-Moldadas Alveoladas em Concreto Protendido. Apresentação do histórico, desenvolvimento e processos de cálculo de lajes pré-moldadas alveoladas em concreto protendido.(14 pg) Carlos Alberto Tauil e Ibsen Puleo Uvo Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido SP,ago/84 Pré-Tração em Canteiro com Pistas Desmontáveis. Descrição de metodologia para a construção de pistas desmontáveis auto-portantes para a produção de pré-moldados protendidos por aderência inicial.(12 pg) J. Moisés Spiguel Reunião de 1984 - Colóquio sobre Concreto Protendido SP,ago/84 Algumas Idéias sobre Controle de Protensão nas Obras. Considerações sobre parâmetros que interferem na protensão e sugestões para seu controle.(19 pg) João Ricardo de Carvalho Reunião de 1985 - Tema Livre SP,jul/85 Detalhes Construtivos e Marcha de Cálculo para Lajes de Concreto Protendido. Considerações sobre os aspectos construtivos de lajes protendidas a apresentação de um roteiro para o seu cálculo.(30 pg) Danilo Ventoja Peres Reunião de 1986 - Trabalhos do Comitê 301 - Concreto Protendido SP,jul-86 Estruturas de Concreto Parcialmente Protendidas. Apresentação de um procedimento para projetar estruturas de concreto com protensão parcial mostrando suas vantagens.(34 pg) Dr. A. S. G. Bruggeling (tradução do Engº Andreas G. Matthes) Reunião de 1986 - Trabalhos do Comitê 301 - Concreto Protendido SP,jul-86 Pistas Protendidas para Aeroportos. O trabalho ora apresentado é uma apreciação técnico-econômica sumária sobre o pavimento rígido de concreto protendido em aeroportos e pistas rodoviárias. (2 pg) José Rudloff Mans Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 Protensão Parcial e Lajes Planas. Este artigo apresenta as técnicas de protensão que podem ser utilizadas para diferentes casos no dimensionamento moderno. (5 pg) Malfred Theodor Schimd Revista de 1991 (setembro/outubro) ano I no. 2 Vigas Pré-moldadas de concreto protendido em viaduto no interior de São Paulo. Apresentação do processo construtivo do viaduto localizado na SP-326, em Bebedouro, com vigas pré-moldadas de concreto protendido. (3 pg) Catão Francisco Ribeiro Revista de 1991 (julho/agosto) ano I no. 1 "40 Anos dedicados à Protensão". Este trabalho tem por objetivo apresentar de forma suscinta a história e evolução do protendido no Brasil, nos últimos 30 anos. (10 pg) José Rudloff Mans Revista de 1992 (abril/maio/junho) ano II no. 4 Dormentes de Concreto Protendido Monobloco - Tensões e Deformações no Lastro ferroviário. O presente artigo faz uma comparação dos resultados obtidos em ensaios com dormentes de aço, madeira e concreto protendido. (3 pg) Rudney C. Queiroz e Nélio Gaioto Revista de 1993 (abril/maio/junho) ano III no. 8 Reforço em Vigas I Protendidas com Estribos Externos Pré-Tracionados. Este trabalho descreve o programa experimental desenvolvido para avaliar o comportamento de vigas pré-fabricadas protendidas reforçadas com estribos externos pré-tracionados. (26pg) Ibrahim A. E. M. Shehata e Flávia M. S. Júdice CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 Dormentes de Concreto Reforçados com Fibras de Aço. Este trabalho apresenta as principais considerações e especificações de projeto dos dormentes monoblocos de concreto protendido. (28pg) Paulo Sérgio dos Santos Bastos e Libânio Miranda Pinheiro CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro -

Agosto/98

Cálculo Automatizado para Tabuleiros Rodoviários de Vigas Múltiplas. Este trabalho apresenta uma metodologia automatizada para realização do cálculo estático de tabuleiro rodoviários de vigas múltiplas no qual faz-se avaliação da configuração deformada e da distribuição dos esforços internos, devidos ao trem-tipo recomendado pelo Norma, nos diversos elemetos. (19pg) A A D. Almeida e J. L. Roehl CD-Room do 40º Congresso Brasileiro do Concreto - Rio de Janeiro - Agosto/98 A Protensão em Edifícios sem vigas - Novas Técnicas aumentam a qualidade e reduzem o custo total do edifício. O objetivo deste trabalho é sintetizar a nova maneira que encontramos para a execução dos edifícios altos, com a utilização da cordoalha engraxada na execução de lajes planas, tirando partido de todas a vantagens delas decorrentes, para se conseguir grandes reduções de custos. (14pg) Eugênio Luiz Cauduro e Airton Jerry Holtz Leme Análise Não-Linear do Comportamento de Vigas Contínuas com Protensão Mista. Este trabalho apresenta a análise do estudo do comportamento até a ruptura de vigas de concreto com protensão mista, obedecendo a leis tensão-deformação não-lineares para concreto e o aço. (14pg) L.P. Lima Junior, P.C.R. Martins e J. M. Désir Análise Numérico-Experimental de Elementos Pré-Moldados Protendidos com Continuidade Posterior por Adição de Armadura. Este trabalho tem como objetivo uma análise numérico-experimental da continuidade posterior de lajes alveolares através da introdução de armaduras nos vazios longitudinais, na região do apoio intermediário, após o posicionamento, das peças em obra. (16pg) Ranier A.Barbieri e Francisco P. S. L. Gastal Cálculo Automatizado para Resolução de Lajes Mistas Protendidas, utilizando Vigotas Pré-Moldadas Protendidas com seção Transversal em forma de Invertido. Este trabalho teve como objetivo desenvolver uma rotina para o cálculo automatizado de lajes mistas protendidas, compostas por vigotas pré-moldadas com seção

transversal em forma de invertido, protendidas pelo sistema de pré-tração e complementadas na obra com o lançamento de concreto local. (7pg) Audrey Gregori Melchert de Almeida e Luiz Roberto Sobreira de Agostini Análise Numérico-Experimental de Lajes Pré-Moldadas Protendidas com Continuidade Posterior por Adição de Sobrecamada de Concreto Armado. Este trabalho apresenta uma análise numérico-experimental de lajes alveolares premoldadas protendidas, com continuidade sobre apoios intermediários, visando sua aplicação na execução de pavimentos contínuos. (16pg) Rafael Soeiro Rezende e Francisco P. S. L. Gastal Teste de Injeção de Calda de Cimento em Verdadeira Grandeza para Preenchimento das Bainhas de Cabos Protendidos na UHE Eng.º Sérgio Motta. Este trabalho leva em conta os enormes esforços envolvidos nas operações das comportas do vertedouro da UHE Eng.º Sérgio Motta, as operações de concretagem, protensão e injeção de cabos de sustentação das vigas munhão foram executados com extremo cuidado e rigor técnico. (11pg) Luiz Prado Vieira Júnior, Waldomiro Almeida Júnior, José Renato Arantes Andrade e Flávio Moreira Salles Execução de Radiers Protendidos - Simplicidade e Economia. Este trabalho apresenta a tecnologia para a execução de radiers protendidos, sua vantagens e economias (15pg). Eugenio Luiz Cauduro Design of Concrete Floors With Particular Reference to Post-Tensioning. This paper presents the key features of concrete floor design and highlights its differences from design of other materials (19pg). Bijan O. Aalami and Gail S. Kelley